Olá amigos do FTB!
Passamos por uma drástica mudança de plataforma, caso você tenha algum problema com seu cadastro, perfil, mensagens e etc, por gentileza nos informe.
arrow:: Sala das Dicas/Sugestões/Reclamações

Caso tenha problemas com sua senha de login, por gentileza siga o tutorial abaixo.
arrow:: Como RESETAR/RECUPERAR sua senha?!?!

 

Welcome to Fórum Turma do Biguá

Pra nós é um enorme prazer tê-lo em nossas páginas. 
Todo o conteúdo postado por nós é aberto a todos, no entanto, para postar suas dúvidas, dicas, vendas ou para comprar um produto e etc, é necessário que você se cadastre em nosso fórum. 

Sinta-se em casa no fórum onde as turmas se encontram!

Fórum Turma do Biguá ::tudo:: 

Olá amigos do FTB!
Passamos por uma drástica mudança de plataforma, caso você tenha algum problema com seu cadastro, perfil, mensagens e etc, por gentileza nos informe.
arrow:: Sala das Dicas/Sugestões/Reclamações

Caso tenha problemas com sua senha de login, por gentileza siga o tutorial abaixo.
arrow:: Como RESETAR/RECUPERAR sua senha?!?!

 

Entre para seguir isso  
Seguidores 0
Adhemar

serra da mesa, reportagem

16 mensagens neste tópico

Publicado em: 21h - 23/10/2007

Lago morto

Represa de Serra da Mesa sofre com a pesca predatória. Turistas e moradores reclamam do desaparecimento de várias espécies. Fiscalização no Estado de Goiás é insuficiente

Ponto de atração de pescadores de todo o país, a represa da Hidrelétrica de Serra da Mesa, no Estado de Goiás, sofre nos últimos anos com a escassez de peixes, segundo queixa de turistas e moradores da região. Distante cerca de 300km de Brasília, o lago é vítima da pesca predatória. Alegando falta de recursos materiais e humanos, os responsáveis pelos órgãos fiscalizadores assumem a incapacidade de ações eficazes na área.

A barragem de Serra da Mesa está situada no curso principal do rio Tocantins, mas também conta com contribuição dos rios Traíras e Maranhão. É o maior reservatório artificial em volume de água do Brasil, com área de 1.784 quilômetros quadrados e 5,4 bilhões de metros cúbicos. Em alguns trechos tem até 10km de largura e 160m de profundidade. É rodeado pelos municípios de Minaçu, Niquelândia, Colinas do Sul, Uruaçu, Campinorte, Campinaçu, Barro Alto e São Luiz Norte.

Apesar de não existir um estudo oficial a respeito do caso, de acordo com freqüentadores do lago, o tucunaré, uma das espécies mais cobiçadas pelos pescadores, está no topo da lista de exemplares ameaçados de extinção. Surubim, pintado, caranha e outros peixes também sofrem bastante pressão. Edlei Costa, gerente de uma pousada à beira da represa, denuncia a pesca predatória como responsável pelo desaparecimento da fauna aquática.

?Há quatro anos, andávamos de barco por 20 minutos e já era possível atingir a cota (5kg + 1 exemplar por pessoa). Hoje, é preciso navegar por mais de uma hora para encontrar um bom peixe. Em nossa pousada, apenas aceitamos hóspedes que pratiquem a pesca esportiva, no sistema pesque-e-solte. Infelizmente, essa não é a realidade dominante em Serra da Mesa. Vários pescadores montam acampamentos à margem do lago, onde permanecem durante vários dias, armam redes, realizam arrastões e depois comercializam os peixes capturados até em restaurantes de Goiânia. Já vi uma camionete sair daqui carregada com quase 600kg de peixes?, reclama Edlei. Desde 13 de janeiro de 1997, a lei estadual n° 13.025 proíbe o comércio de pescado nativo em todo o Goiás.

De acordo com Roberto Róbson, chefe do escritório do Ibama em Uruaçu, a falta de gestão compartilhada entre os oito municípios que cercam o lago de Serra da Mesa é um dos principais problemas para impedir a pesca predatória. ?Alguns municípios sequer possuem uma Secretaria de Meio Ambiente. A fiscalização é dificultada pela dimensão e formato do lago, que tem diversas ilhas e reentrâncias. Além disso, o número de fiscais também é pequeno. Em Uruaçu, por exemplo, temos apenas um fiscal?.

No ano passado, durante a realização de três operações de fiscalização, o município de Uruaçu apreendeu 500kg de pescado, além de 20 redes e tarrafas. Foram expedidos 25 autos de infração, com aplicação de multas que variam de R$ 1.000 a R$ 3.000. Os números poderiam ser bastante superiores. Há ainda relatos de ação de piratas, que roubam barcos, carros e equipamentos de pesca na região.

Chefe da Divisão de Gestão e Proteção Ambiental do escritório do Ibama em Goiânia, Pedro Alberto Bignelli lamenta a não renovação do convênio com a maioria dos batalhões ambientais da PM de Goiás, mas diz que esse fato e o baixo de número de fiscais não podem ser usados como desculpa para a crescente degradação. ?Há outros caminhos, como a ação cooperada com a Polícia Rodoviária Federal e a própria Polícia Federal. Além disso, o Ibama lançou o Programa de Revisão, Regularização e Monitoramento das Áreas de Preservação Permanente e Reservas Legais (Prolegal), que é uma espécie de levantamento, com auxílio de satélite, da situação fundiária de todo o Estado de Goiás. Boa parte das ocupações em torno do lago de Serra da Mesa está em Áreas de Proteção Permanente (APP). A tendência é notificar e retirar os ocupantes?. Por conta das invasões nas margens da represa, a vegetação nativa tem dado lugar ao pasto, impedindo que frutos das árvores caiam no lago e alimentem os peixes.

Daniel Vieira Crepaldi, analista ambiental do Programa Nacional de Desenvolvimento da Pesca Amadora (PNDPA), diz que estão em fase de elaboração projetos para a região de Serra da Mesa. ?Infelizmente, a paralisação do Ibama durante o primeiro semestre (devido aos protestos por conta da reestruturação do órgão, promovida pelo Governo Federal) atrasou todo o nosso cronograma. Mas temos grande interesse naquela área e em breve esperamos ter condições de agir?, justifica.

Na ausência de ações mais imediatas, os próprios turistas adeptos da pesca esportiva se encarregam de eliminar alguns riscos aos peixes. ?Sempre que achamos redes ou tarrafas no lago, fazemos a retirada e destruímos tudo. Já encontrei até tartaruga morta nas redes que ficam armadas durante vários dias. Diversos peixes pequenos também acabam sacrificados por pessoas que não respeitam sequer o período de defeso da piracema (época de reprodução dos peixes, quando a pesca é totalmente proibida por lei)?, diz o empresário Marcus Vinícius.

Evidentemente, o voluntariado de alguns turistas e moradores da região é insuficiente para deter os crimes ambientais. Sem efetivas políticas de desenvolvimento sustentável para a região, o futuro de muitos se vê ameaçado em detrimento do lucro e ganância de alguns.

Para pescar legal:

Texto: Fernando Brito

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

:cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry: :cry:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Parece um Déjà vu...

Vamos enumerar:

Tupaciguara, Miguelópolis, Emborcacação, Nova Ponte, Epitácio...etc.

A história é sempre a mesma...todas vítimas destes gafanhotos.

Há 20 anos, Tupaciguara era a Serra da Mesa de 5 anos atrás!

Dúvidas:

- Por que as comunidades locais permitem (ou praticam) este tipo de atividade predatória? Será que não sabem que os recursos são finitos?

- Por que a população compra o pescado de procedência duvidosa?

- Por que as pousadas não se organizam e bancam a fiscalização, visto que é fundamental para a manutenção do negócio? (*)

(*) Apesar do discurso politicamente correto dos donos de pousadas, quem tiver oportunidade, dê uma olhadinha no freezer destas. Sempre que espionei tinha peixe morto de todos os tamanhos e espécies. Em algumas vezes, encontrei até tartaruga e jacaré!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Parece um Déjà vu...

Vamos enumerar:

Tupaciguara, Miguelópolis, Emborcacação, Nova Ponte, Epitácio...etc.

A história é sempre a mesma...todas vítimas destes gafanhotos.

Há 20 anos, Tupaciguara era a Serra da Mesa de 5 anos atrás!

Dúvidas:

- Por que as comunidades locais permitem (ou praticam) este tipo de atividade predatória? Será que não sabem que os recursos são finitos?

- Por que a população compra o pescado de procedência duvidosa?

- Por que as pousadas não se organizam e bancam a fiscalização, visto que é fundamental para a manutenção do negócio? (*)

(*) Apesar do discurso politicamente correto dos donos de pousadas, quem tiver oportunidade, dê uma olhadinha no freezer destas. Sempre que espionei tinha peixe morto de todos os tamanhos e espécies. Em algumas vezes, encontrei até tartaruga e jacaré!!

Vc disse tudo... Eu tb já olhei desses freezer... Até mesmo daqueles, que dizem estimular a "pesca esportiva".

Demorei um pouco a me converter do pescar e soltar, o hj vejo o quanto é importante....

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Realmente Nova Ponte e Tupaciguara (as quais frequento) já não são as mesmas a muito tempo...Sempre que ia na feira dos importados dava uma passada nas bancas de pesca, e sempre era aquele papo que SM tem tucunaré demais, que o peixe nunca ia acabar, isso e aquilo..deu no que deu.... hoje eu vou pra SM de teimoso e fominha que sou,e confesso que já joguei muita pedra no meu telhado, mas como meu amigo joelson mesmo disse, me converti a muito tempo. Concordo que a impunidade é um grande atrativo aos criminosos (não consigo achar outra palavra para descrever o certas pessoas fazem por lá) e vamos torcer pra que tudo mude um dia...já ouvi falar em até excesso de mercurio na águas...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Na minha opnião os algumas espécies de peixeis comercializados em peixeirarias deveriam ser TODOS de criatório.

Nos EUA mais precisamente na Flórida - Miami - Key West algumas espécies de peixes esportivos como Robalo (Snooker fish), Tarpom e bone fish são totalmente protegidos a sua comercialização, esclusivos para pesca esportiva. Isso é muito bom.

Tucunaré é um peixe de fácil criação, assim como Tilápia, Pacus, Tambaquis e etc...

Pela sua esportividade ele representa muito para o Brasil, deveria ter um controle diferenciado pelo órgãos ambientais responsáveis.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Adão,

Sabe adão...

Quando cheguei em casa, no sabado a noite, após o retorno do corumba IV, fui mostrar as fotos da pescaria para minha familia....

Meu filho pequeno me perguntou:

- Pai vc soltou os peixes...

Respondi que sim.

Não esqueço da carinha dele... esfregando a mão dizendo... então vou pegar ele, quando ele crescer..

Será que meus filhos vão ter essa oportunidade?

Lembro da epoca em que meu pai ia pescar... cada peixão...

Hj em dia... Não pengamos mais os peixes, que eram pegos a tempos atras...

O que mudou?

Sei que não vou mudar o mundo nem as pessoas mas estou fazendo minha parte.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Esta semana deu em tudo que foi lugar que o Brasil esta se tornando um país sério....Essa foi a piada do ano...sério pra quem? Que se pode investir sem medo...investir o que? Ninguém tem nada...Não tem união, não tem comida, não tem educação, não tem jeito....Vc dizendo isso joelson meu amigo realmente emociona a gente, tomara que a esperança de seu filho não seja em vão....e não vai ser se depender de pessoas como vcs....

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

L A M E N T Á V E L ! ! ! ! ! !

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Gente...não se esqueçam.... nossa terra é a melhor do mundo... o problema é que é tanta sacanagem que a gente desconfia de tudo e de todos.

Mas, precisamos levar em consideração que a grande maioria do povo brasileiro é honesta, gente que trabalha, que luta pela sobrevivência no dia-a-dia. E ainda sobra tempo prá pescar.

Eu estou, praticamente, com 60 anos de idade e estou vendo a geração do meu pai chegando ao fim. Mas, o que ele me passou de bom ninguém tira. E é o que eu estou passando para minha família.

Vamos levantar a cabeça, deixar o pessimismo de lado, acreditar mais nas pessoas, meter o pé na bunda dos desonestos...vamos acreditar mais nas pessoas...

Se eu fizer a minha parte alguma coisa tem que melhorar. Vamos tentar?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Importante é continuar acreditando, não desistir e procurar difundir cada vez mais a pesca esportiva. Ja consegui mudar alguns amigos de "predadores" para verdadeiros pescadores. Ate mesmo desisti de incluir nas minhas pescarias pessoas que insistem em querer levar peixe para casa. Vamos continuar acreditando e difundindo a pesca esportiva, continuar persistente como nas pescarias. Parabéns pela iniciativa do forum. Abraço.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O bicho homem acaba com tudo mesmo, nao tem jeito..

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O bicho homem acaba com tudo mesmo, nao tem jeito..

Realmente, Pedro, no dia em que o homem acabar com ele mesmo, aí a natureza vai ficar dando risadas.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O bicho homem acaba com tudo mesmo, nao tem jeito..

Realmente, Pedro, no dia em que o homem acabar com ele mesmo, aí a natureza vai ficar dando risadas.

E isso ja esta acontecendo Joao ... tem tda razao !

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Homem: Animal "racional" mais "IRRACIONAL" que existe!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar Agora
Entre para seguir isso  
Seguidores 0

Sobre nós

O Fórum Turma do Biguá (FTB) surgiu no ano de 2006. Na época os poucos fóruns de pesca que existiam estavam voltados a divulgação de produtos e marcas, ocasião em que o FTB foi criado com a intenção de reunir amigos e grupos de pesca de todo o Brasil sem vinculação a qualquer empresa ou produto..

Cadastre-se

Se cadastrando no fórum você terá acesso a conteúdos exclusivos e ainda poderá postar sua dúvida, opinião, ajuda e etc..