Ir para conteúdo

O FTB foi atualizado e otimizado.

Antes, para visualizar todas as nossas salas, era preciso descer a barra de rolagem por muito tempo. Isto dificultava a nossa vida, principalmente a dos novos usuários, que não encontravam as salas/assuntos de interesse.

Agora as salas foram transformadas em "sub salas" e incluídas em grandes fóruns.

Esperamos que tenham gostado. :amigo:

Pesquisar na Comunidade

Mostrando resultados para as tags ''Pesca''.



Mais opções de pesquisa

  • Pesquisar por Tags

    Digite tags separadas por vírgulas
  • Pesquisar por Autor

Tipo de Conteúdo


Fóruns

  • Bate Papo Geral e Assuntos Correlatos.
    • Selecione a sala abaixo:
  • Pesca em Água Doce
    • Assuntos Gerais (água doce)
    • Equipamentos de Pesca (água doce)
    • Relatos de pescaria (água doce)
  • Pescaria em Água Salgada.
    • Assuntos Gerais (água salgada)
    • Equipamentos de Pesca (água salgada)
    • Relatos de pescaria (água salgada)
  • Pesqueiros (pesca-e-pague), Fly Fishing e Caiaque.
    • Selecione o tipo de pescaria abaixo:
  • Náutica
    • Tudo sobre náutica
    • BassBoat Brasil
  • Eletrônicos
    • Selecione a sala
  • Aprenda a usar o fórum. Entenda como ele funciona.
    • Selecione a sala
  • Anúncios Globais e Anunciantes
    • Anunciantes do FTB. Promoções aos nossos amigos pescadores!
  • Club das 22lbs
    • Galeria 22lbs. Só monstro acima de 10Kg.
  • Pacotes de pesca dos nossos usuários
    • Em Andamento
  • Classificados
    • Selecione a sala abaixo:
  • Grupos Organizados
    • Traga a sua turma de pesca pra cá. É fácil e rápido.

Encontrar resultados em...

Encontrar resultados que contenham...


Data de Criação

  • Início

    FIM


Data de Atualização

  • Início

    FIM


Filtrar pelo número de...

Data de Registro

  • Início

    FIM


Grupo


Nome + Sobrenome (obrigatório)


Localização

Encontrado 144 registros

  1. OPA AMIGOS PESCADORES, PARA FINALIZAR A TEMPORADA DE PESCARIAS DE 16\17 NA NOSSA TURMA UMA PESCARIA MUITO DIFÍCIL PELO GRANDE REPIQUETE OU INICIO DA CHEIA.... FIZEMOS UMA PESCARIA MUITO BEM HOSPEDADO NO BARCO HOTEL PORAQUÊ SOLAR PARA ATÉ 8 PESCADORES NO RIO NEGRO E SEUS AFLUENTES. OPTAMOS A SUBIR NO RIO DEMENI QUE ANTES DE SUBIRMOS ERA UM DOS RIOS QUE ESTAVAM SEM O TEMIDO REPIQUETE E EM UM NÍVEL BOM. VAMOS LÁ POSTAR OS PEIXES QUE SAÍRAM NESSA SEMANA DE PESCA. UMA PEQUENA PIRARARA PARA ALEGRAR UM POUCO MAIS NAS PESCARIAS DE PEIXES DE COURO. O BELO LUAU A BORDO DO PRÓPRIO BARCO PORAQUÊ PELO FATO DE NÃO HAVER MAIS PRAIAS. AGRADECER AOS MEUS AMIGOS LEONARDO MARTELLI, MARY E CLAUDIO RAMENZONI DO BARCO HOTEL PORAQUÊ SOLAR E A TODOS OS PARCEIROS DA TURMA DO CHICÃO PESCARIAS. PARA FINALIZAR OS RELATOS DA TEMPORADA 16/17 AS FOTOS DA NOSSA MÃE NATUREZA. ABRAÇÃO E QUE VENHAM AS PRÓXIMAS SE DEUS QUISER..
  2. Parabéns à equipe Pit Stop do Pescador. Atendimento rápido, belos produtos, bons preços e agilidade no envio. Inclusive com contato personalizado via WhatsApp.
  3. 1º TORNEIO ENTRE AMIGOS QUEST / FTB - LAGO DO PEIXE - 2017 Data: de 18 a 20 de janeiro de 2017. Local: Retiro - TO (Pousada Pesca e Lazer). Fotos: Todos os pescadores. Amigos...tivemos o prazer de começar o ano de 2017 com o pé direito. Logo nos primeiros dias conseguimos reunir uma pequena turma (7 barcos) para uma pescaria que seria realizada no Lago Angical, mais especificamente na Pousada Pesca e Lazer, que fica localizada na cidade do Retiro - TO. Apenas para q a turma tenha uma noção do local, a pousada fica a 530km de Brasília, destes, 22km de estrada de chão. Como disse acima, a nossa ideia era apenas a de fazer a primeira pescaria do ano no Lago do Peixe. A By Biguá tinha acabado de montar 2 New 268 (do Emerson e do Zequinha), além e ter reformado a carreta do 290 do @Rodrigo Leme...e a hora de colocar os itens à prova era essa. Como a turma da Quest também queria testar seus novos barcos, vieram de Curitiba os nossos amigos Miguel e Marcelo Suchek. Amigos do Goiás, Mato Grosso do Sul, São Paulo e outras partes do Brasil estiveram presentes. Ao todo foram 7 barcos pra água...isso, pq outros 3 grupos de amigos não puderam ir em cima da hora. Mas nada disso tirou o brilhantismo do encontro. Essa ideia de torneio surgiu do amigo Gargamel, vulgo @Emerson Matias...rsrs...O cara tinha uns 18 peixes amarrados lá e queria arrancar um dinheirinho mole da gente...rsrs... Mas vamos logo a pescaria...Foram 3 dias inteiros de pura pescaria e boa prosa. Sabe aquele espírito de competição que encontramos na maioria dos torneios de pesca q vemos por aí?!?!? Pois é, não existiu aqui...A turma queria mesmo era pescar. A turma queria estar na água, batendo isca, tomando uma cervejinha e fazendo um churrasco na margem do lago. No meu barco estavam eu, meu irmão, meu sobrinho (de 5 anos), e o nosso amigo Salsicha. Eu e o Salsicha pescamos os 3 dias com isca de superfície...rsrs... Aqui algumas fotos... Primeiro encontro da turma.... E vamos aos peixes... Sempre comentamos que as condições climáticas influenciam muito em uma pescaria...mas houve algo muito interessante em nossa pescaria. Por mais que um enorme lago se mantenha estável (temperatura da água, nível, pressão e etc), tudo pode mudar em pouquíssimo tempo. Nosso primeiro dia de pescaria foi uma quinta-feira. Saímos da pousada e logo nos primeiros pontos começamos a levar porradas na superfície. Foram mais de 40 peixes capturados durante o dia (contando desde os pequenos)...Mas, passando por um local com apenas 1.5m de profundidade deu pra perceber a água correndo lentamente.......Comentei com meu irmão e logo ele me repreendeu: "ô retardado, estamos pescando num lago gigante"....E foi aí q começamos a reparar mais atentamente e não era que a água estava correndo!!! Estávamos há mais de 40km da barragem e mesmo assim a água estava sendo puxada pra lá. Prova disto foi que ao chegamos na praia no final da tarde, dava pra ver a marca na areia (coisa de 15cm/20cm a menos), mas essa foi nova pra mim...rsrs...rsrs Fato é q depois do lago começar a abaixar os peixes deram uma sumida. Antes levávamos porradas o dia inteiro na superfície...na sexta e no sábado os bichos afundaram e ficaram bem manhosos....mesmo assim a média de captura diária (por barco) não era menor q 30 peixes (mas 90% entre 30cm e 40cm)... Gostaria de agradecer a cada um dos amigos pela brilhante companhia...Pescaria não é barato, ainda mais para esta turma que veio de longe. A Pousada Pesca e Lazer foi impecável conosco. Tudo simples, mas da melhor qualidade. A turma da cozinha, através do nosso amigo Carlinhos que cuidava dos nossos almoços na boca do Tocantins / Paranã, só faltava adivinhar o q precisávamos. O Roberto (dono da pousada), puts, cabra-da-peste...rsrs...Ponta firme em tudo. E a minha equipe de pesca...srs...turma top demais. Salsicha sempre falando muito e pegando pouco..rsrs....mas dessa vez quem arrebentou foi o meu sobrinho Gabriel (apenas 5 anos)...o moleque pegou sozinho 5 tucaninhos...rsrs...Ele já está trabalhando popper, colher e isca de meia água muito bem....rsrs...No final do terceiro dia de pescaria o moleque já se integrava aos mais velhos na caça dos bocudos...Foi top demais...rsrs Quanto ao torneio...o Miguel e o Marcelo levaram....mas tb, com o Roberto de guia até minha vó ganhava...kkkkk... Fato é que foi tão bom que a turma já tá marcando de voltar...rsrsr Aqui vai a foto de toda a turma... Colocar o retratista na foto tb..kkkkk (nosso amigo Roberto)...kkk Quem tiver interesse em conhecer o local, aqui vão os dados do Roberto (o site está em construção). Roberto = (34) 9242 1447 / (63) 3396 3034
  4. Olá Amigos, Recentemente entrei para o time dos Droneiros. Fugindo um pouco do trivial (pra variar)pois não queria nada profissional e acabei por adquirir uma unidade da marca Yuneec de modelo Breeze. Precisava de algo portátil e com bom preço pois ainda acho que este mercado vai evoluir muito nesse sentido. Depois de 6 semanas, as impressões foram as melhores (mesmo não testando em pescarias). Leve e portátil (385gramas e 20x20cm) com um case bem parecido com uma caixa de iscas e que se encaixa perfeitamente em minha bolsa de pesca. Sem título by Rogério Araujo Pinheiro Pinheiro, no Flickr Sem título by Rogério Araujo Pinheiro Pinheiro, no Flickr Excelente imagem (fullHD e 4K para fotos) com câmera móvel. Não possui controle remoto sendo ele controlado na tela do celular/Ipad (inclusive leitura). Modo selfie, follow me, GPS com retorno ao ponto de decolagem facilita bastante... a pilotagem é muito fácil. Duas baterias com 13 minutos de autonomia cada. Só achei que o alcance de 80metros poderia ser um pouco melhor mesmo com proposta de portabilidade. Gostei muito! Óbvio que não se compara com os Phantons, thyphon’s ou Inspires que estão no mercado pois são de propostas bem diferentes, mais para uma boa pescaria vai muito bem... Talvez o Mavic tenha uma proposta parecida, mais o preço é superior. Olha o vídeo demonstração... que massa.
  5. Bom turma, decidimos ir ao lugar que vamos pelo menos 3x ao ano para iniciar a temporada,no meu caso a ultima ate junho pois meu herdeiro chega em fevereiro e vou ficar chocando a cria ,então fomos dia 06/01 ,fizemos uma pescaria muito boa, peixe muito ativo principalmente na superficie(nos nem gostamos!!!)rsrs... pegamos varios peixes pequenos e medios ,cardumes ,enfim nos divertimos muito....Mas ficou para o ultimo dia o maior peixe que ja capturei no lago do peixe , saimos cedo para pescarmos apenas na parte da manha pois na hora do almoço ja iriamos embora ,entramos em uma boca de lago batemos umas iscas e qndo olhei para dentro do lago vi o bruto comendo,fomos rapidamente atras,fiz meu arremesso nao veio,arremessei novamente no meio das estruturas e qndo parei de trabalhar a isca para fazer um novo arremesso....o SUSTO!!!!!! QUASE toma a vara da minha mão,aquela explosao inimaginavel ao lado do barco, venator e enzo 17 lbs em açao como nunca!!!!! peixe direto para o fundo e para as estruturas submersas, o jeito foi arriscar e segurar no dedo,confiar no equipamento (linha,snap,lider,vara,freio,garateia,argola e Deus!!!) , muita coisa podia dar errado mas Deus guardou esse peixe para mim e pedi muito, pois ficaria um tempo sem pescar e fui agraciado por ele!!!! segue o video da captura e soltura!!!!! Espero que gostem e deixem comentarios e da O LIKE!!!!! Boa pescaria a todos!!!!! Material utilizado: vara enzo I 17lbs ,linha vexter 30lb,lider vexter 0,42mm , carretilha venator se , iscas de superficie (sara-sara , z-top,firestick) MUITA EMOÇÃO!!!!!! vara enzo I 17 lbs , linha vexter 30lb,lider vexter 0,42mm , carretilha venator se , iscas (popper,helices) Pouca açao. vara gladius ms , linha Gsoul 40 lbs, lider vexter 0,42mm , carretilha curado 201E7, iscas( jigs,meia agua, subsuperficie) utilizada apenas nos cardumes!!
  6. Bom dia amigos pescadores! Pra quem está acompanhando, segue a PARTE 3 da pescaria em BAGÉ, atrás das Traíras. Novamente muitas ações e traíras 50up! Se inscrevam no canal!
  7. Boa tarde amigos! Pra que nos acompanha já e estava aguardando, saiu o segundo vídeo da EXPEDIÇÃO BAGÉ/2016 onde viajamos 1000km para pescar Traíras nos pampas gaúchos e tivemos muita ação. Essa é a PARTE 2, ainda por vir a parte 3 e 4! Ataques espetaculares! Abraços!
  8. Olá amigos pescadores Daqui alguns dias irei fazer uma pescaria na argentina e ainda estou em duvida em qual vara comprar para uma pescaria de dourados no pincho. Vocês podem me dar uma ajuda?
  9. Bom dia amigos! Pra que nos acompanha já e estava aguardando, saiu o primeiro vídeo da EXPEDIÇÃO BAGÉ/2016 onde viajamos 1000km para pescar Traíras nos pampas gaúchos e tivemos muita ação. Segue o primeiro vídeo do total de quatro onde vou relatar toda a expedição e o sucesso! Abraços!
  10. Buenas amigos, Aqui estou eu novamente para contar como foi minha viagem para Bahia nesse ano, para pescar os gigantes do Royal Charlotte Bank. Bem, passei alguns dias na tão famosa Canavieiras, acompanhei muitos barcos que estavam ali na região do banco, pescando os peixes de bico, já que se inicia a temporada em Novembro, e estava muito próximo do campeonato de pesca de Santo André, posteriormente, Canavieiras. Muito peixe como de costume, logo em minha primeira saída para pescar consigo me encrencar muito bem, um belo exemplar de Atum-amarelo (yellowfin tuna) pego em uma carretilha FinNor Classe 30lbs, me rendeu uma boa briga e uma enorme dor nas costas kkk, um peixe na casa dos 30-35kg, meu troféu. Segue fotos: Depois de pegar umas semana de chuva direto, algum incomum pra época, consegui fazer outra saída, já acompanhado do meu amigo Luis Henrique, que fez sua estreia no mar com muitos Atuns pequenos, mas bons de briga. Entre um corrico e outro, uma jigadinha em algumas pedras levantamos alguns Pintagolas. Mais fotos: E também uma bonita Cavala-Verdadeira, na companhia do ilustre Tio Pedro. Após algumas semanas, chegou a vez do grupo formado por: Manoel, Eduardo, Milton e Nelson, entrarem na "brincadeira" do Royal Charlotte Bank, vindos de Cáceres-MT, os pantaneiros não fizeram feio e conseguiram capturar varias especies como: Dourados, grandos Wahoos, Atuns, Sailfish e o grande Marlim Azul Finalizando, queria aproveitar a oportunidade e dizer para os amigos pescadores que desejam realizar o sonho de fisgar os grandes marlins, atuns, dourados e outras espécies oceânicas, que já estamos operando com a lancha Kajiki 30' na região de Canavieiras, com um pacote muito bacana de pesca para até 4 pescadores abordo. Mais informações, Cel/whatsapp: 65-9-9986-1030 (Thyago) ou 73-9-9934-3430 (Silvio Takahashi). Um abraço a todos e espero que curtam meu relato! https://www.facebook.com/Kajikiteam
  11. Fishing Loadge Teles Pires A mais nova opção de pesca em águas doces do Brasil. Localizado na confluência dos rios Teles Pires, São benedito e Apiacás, no Município de Jacareacanga no estado do Pará. Obs: A estrutura esta em um local privilegiado, abaixo das Hidrelétricas e não sofreram com o impacto ambiental. Nossa estrutura é composta com 06 espaçosas suítes com ar split e chuveiro com água quente. E um amplo espaço externo para sua comodidade. Região de Pesca possibilita uma grande variedade de estilos como: 1) Pesca de fundo com iscas naturais 2) Pesca de arremesso com iscas artificiais 3) Pesca com mosca. Na região é possível a captura de mais de 20 espécies de peixes entre as mais esportivas Curvina , Matrinxãs, Bicudas, Trairões, Cachorras, e Tucunarés assim como Pirararas, Jaús, Cacharas, Jundiás, Piranambús, Barbados Capararís e Piraíbas. Como não há época de piracema, apenas o defeso de algumas espécies durante a época das chuvas ainda temos a opção dos redondos , tambaquis pirapitingas e os valentes pacus entre outros. Incluso no Pacote: * Pernoite no dia da chegada na Pousada sem pescaria. * Acomodações na pousada em suítes duplas, 3 refeições diárias, águas, refrigerantes, sucos, cervejas , barco com guia de pesca por dupla, combustível, lanches, frutas, bebidas. Serviços de lavanderia * Transfer, Alta Floresta x Pousada terrestre com camionete 4x4 * Isca viva tuvira (20 por dia por pescador) * Isca branca Obs: O translado é feito em camionetes 4x4 devidamente preparada para acomodar 08 passageiros e estaremos aguardando o grupo no Aeroporto de Alta floresta. Com uma parada para um lanche (não incluso no pacote o consumo) As Diárias não incluem: Bilhetes aéreos até Alta Floresta , Transfer, Alta Floresta x Pousada (Táxi Aéreo), gorjetas e gratificações, minhoca e outros itens que não constam entre os incluídos. Banner de apresentação Vagas Disponíveis Consulte para os meses de julho e agosto. OBS. Grupos somente de 12 pessoas, optando por 6 dias de pesca será cobrada uma diária e será concedido um desconto. Fale conosco: Contato por telefone: (19) 99811-7796 watts Email:contato@pimentafishing.com.br Aproveite e confira todas as nossas operações de pesca em nosso site. www.pimentafishing.com.br
  12. Pessoal, às vezes ouço ou leio narrativas sobre acidentes ocorrentes na pesca, envolvendo na maioria dos casos a pesca embarcada. Daí resolvi provocar a turma visando extrair e assimilar informações e conhecimentos que guardem relação sobre o tema, de modo que cada um conheça as principais causas e soluções para se obter uma boa margem de segurança nas pescarias, o que certamente trará por acréscimo a tranquilidade dos familiares que se preocupam bastante conosco quando nos ausentamos em busca de aventuras. Como passo inicial, inicio este painel relatando causas e efeitos de ocorrências fatais que conheço por relatos de terceiros e por experiências próprias, que poderiam ser evitadas com um mínimo de cuidados. Tomo a liberdade de enumerar cada situação abordada, sob pena de acabar me perdendo das digressões, observando que quando me refiro à Amazônia, deve-se entender que falo sobre sua porção ocidental, onde resido. Então vamos ao que interessa: Situação 1 - Rota de navegação: mês passado, no Rio Matupiri (proximidades do médio Amazonas e Madeira). o piloteiro de uma operadora de turismo conduzia o bote próximo da margem, deslocando-se para a área onde dois pescadores iriam pescar. De forma negligente, não se ateve a verificar se os passageiros estavam sentados nem os advertiu da proximidade de uma galhada baixa que se estendia sobre o trajeto do barco, nem tampouco dela se desviou. Por estarem de pé, em consequência ambos se chocaram com a galhada. Um deles teve o pescoço quebrado e faleceu. O outro ficou bastante ferido e foi encaminhado a um hospital nas imediações, creio que na cidade de Borba. Não sei dizer se conseguiu se recuperar. O piloteiro, sentadinho e certo de sua segurança, nada sofreu; Apesar de lamentarmos esse episódio trágico, devemos aprender com ele. Afastar esse risco é coisa simples, basta que se adote como regra nunca ficar de pé num barco em deslocamento, mesmo que não existam galhadas visíveis em sua rota de navegação. O efeito pode ser o mesmo caso haja um choque com pedras e troncos submersos. Situação 2 - Rota de Navegação: há algum tempo, o mesmo tipo de acidente ocorreu no Água Boa do Univini, em Roraima, é relativamente perto de onde moro. Dessa feita o bote seguia só com o piloteiro em idêntica condição. Não viu uma galhada baixa à sua frente, e apesar de estar sentado, com ela se chocou, vindo a falecer. Extraímos daí um acréscimo aos cuidados que devemos tomar, que é o de evitarmos traçar rotas sob galhadas baixas, quando estivermos no controle da embarcação; Situação 3 - Manejo de Combustível: ano passado, no mesmo Água Boa do Univini, um piloteiro da Ecotur transferia gasolina de um tambor para o tanque do motor de popa, já de noite, visto que os pescadores iriam sair para a pesca ao alvorecer. Munido de uma lanterna, executava normalmente a tarefa, até que a carga das pilhas se esgotou, obrigando-o a trocá-las e seguir com a tarefa. Entretanto, ao ligá-la novamente, uma centelha fez com que a gasolina explodisse, provocando queimaduras de terceiro grau no infeliz. Socorrido, ficou internado por um longo tempo e só recentemente voltou à ativa. Como aprendizado, já que muita gente tem o hábito de abastecer à noitinha (e do mesmo modo) para sair bem cedo para pescar, devemos abrir mão desse hábito, executando essa tarefa de dia e longe de qualquer fonte que possa provocar acidentes dessa natureza; Situação 4 - Descer ou subir o rio? Essa é uma questão que em geral não envolve risco de vida, embora eu conheça exceção. Trata-se de decisões que tomamos quando estamos na pescaria com outros colegas que têm barcos. Caso resolva descer o rio, seu barco nunca deve seguir desacompanhado, porque se houver uma pane de motor, é uma roubada. Nada melhor que ter um companheiro por perto para rebocá-lo até o acampamento. Subir o rio não dá esse tipo de problema, porque para baixo todo santo ajuda, embora haja a questão do controle da direção do barco. Extraímos desses casos a importância de termos ao menos um par de remos no barco, que viabilizarão o controle da direção e eventualmente movimentar o barco; Situação 5 - A importância dos remos: apesar de ter abordado essa questão na situação anterior, gostaria de submeter uma situação hilária que testemunhei por causa de remos, ou melhor, pela falta deles. Por uns dois anos, morei numa lancha no Rio Negro, região das Anavilhanas, mais precisamente nas proximidades da cidade de Novo Airão, onde atracava o barco na boca de um igarapé, situado um pouco a jusante da cidade, para ter mais tranquilidade e segurança por conta das tempestades. Via de regra, comunidades rio abaixo faziam festas em que muita gente da região comparecia para beber, dançar e namorar. Na verdade, em nenhum outro lugar do país vi tanta paixão por festas, é festa religiosa, de torneios de futebol, do Tucumã, do Açaí, do peixe ornamental, do boto cor-de-rosa, do peixe-boi, enfim, qualquer coisa é motivo para festejar, e sempre com muita bebida, muita música do boi e muita dança, muito de tudo. À noitinha, minha esposa e eu ouvimos e vimos várias canoas de madeira descendo o rio, todas tocadas por motores rabetinhas, deduzindo que deveriam estar seguindo para alguma festa rio abaixo. A noite passou, e lá pelas cinco da manhã, o sol surgindo preguiçoso, quando ouvimos um chilep chilep constante, como algo batendo incessantemente na água, subindo o rio bem juntinho do costado da lancha. Olhamos pela janela e vimos uma canoa de uns 7 ou 8 metros, nego vazando pelas bordas, todos remando com as havaianas para chegar na cidade. Só risos. Deduzimos que essa turma deveria estar remando madrugada adentro, já que o dia seguinte era dia de branco, todo mundo ao trabalho. Desse dia em diante, jamais deixei de levar os remos no bote, mesmo que meu deslocamento da lancha fosse de 50 ou 100 metros. Macaco velho não pula em galho seco. Essa foi uma boa lição que aprendi, e recomendo que também o façam, por mais que os remos ocupem espaço e incomodem; Situação 6 - Serpentes peçonhentas: pouco tempo atrás, um pescador curioso resolveu fazer uma pequena caminhada por uma trilha na região do Rio Amajaú, sul de Roraima. A intenção era a de tentar a sorte num lago situado atrás da comunidade de Canauini, onde o barco-hotel estava atracado. Orientado por um cara da localidade, entrou mata adentro e ao passar sobre uma árvore caída, foi picado no peito do pé por uma Pico-de-Jaca, a cobra mais peçonhenta da Amazônia, Socorrido e conduzido de avião para a capital do Estado, Boa Vista, ficou internado por vários dias. O estrago foi tamanho que quando deixou o hospital e nos exibiu o local do ferimento, era possível ver o chão através de seu pé, um buraco da dimensão de uma moeda de 1 real. Coisa feia de se ver. Isso ensina que sempre devemos ter um cuidado imenso com incursões na mata. Não basta olhar o chão coberto de folhas onde as cobras se ocultam esperando presas, tampouco troncos caídos que servem de abrigo a elas. Na Amazônia, existem espécies peçonhentas que vivem e caçam em árvores, e é relativamente comum vê-las dependuradas em galhos, do mesmo modo que a cobra Papagaio, não venenosa. Assim, extrai-se o ensinamento que, se adentrarmos a mata ou caminhar junto às margens, devemos observar com cuidado não apenas o chão, mas também por onde todo o corpo vai passar ou possa ser alcançado por um bote de uma cobra; Situação 7 - Insetos voadores venenosos; como muita gente vem para a região amazônica para pescar, vale discorrer sobre os principais insetos voadores venenosos daqui, a começar pelas famigeradas abelhas, fáceis de identificar e totalmente semelhantes às que encontramos no resto do país. As novidades ficam por conta dos cabas (marimbondos) amarelos e os da noite. Em geral têm o corpo avantajado e possuem uma pegada bem dolorida, característica comum dos dois. A diferença é essa "coisa" do caba-da-noite, que só entra em operação quando anoitece, e é bem maior que o caba amarelo, e sua picada injeta mais veneno. As soluções de redução de riscos quanto às abelhas e os cabas diurnos são, no primeiro caso, buscar identificar colmeias em troncos e construções velhas e manter distância, exceto se resolver extrair o mel, aí deve se preparar direitinho, senão...Já os cabas diurnos são preferencialmente encontrados em construções abandonadas, onde instalam suas casas, mas também habitam troncos de árvores mortas em meio à selva, exigindo algum cuidado nesses locais, apesar de ser praticamente impossível evitá-los quando nos visitam. Contra o o caba-da-noite, mais perigoso, só o que resolve e trancar portas e janelas ou se meter sob um mosquiteiro, aí está tudo resolvido; Situação 8 - Insetos voadores transmissores de doenças: seguindo a mesma linha da situação anterior, destaco alguns pontos sobre essa questão. Como se sabe, a incidência de transmissores do vírus da malária na Amazônia Ocidental é considerável. A única forma segura de prevenção é evitar o contato com esses caras, e para isso deve ser observado que, diferentemente do que muita gente pensa e diz, o Anopheles spp ataca também durante o dia, em menor intensidade, dependendo do clima. Se chover ou garoar, atacam mais. Porém, costuma-se dizer que o horário crítico é das seis às seis (da noite até a manhã). Uma curiosidade: caso esteja pescando em local onde há moradias de ribeirinhos por perto, observe se suas casas estão fechadas por volta das cinco da tarde. Se estiverem, é certo que a região é infestadas de pernilongos (carapanãs, para os amazônidas). Prevenção: repelente durante o dia e uma rede de dormir grossa e um mosquiteiro de boa qualidade, ou ainda um camarote fechado e vedado e refrigerado, senão irá morrer de calor; Situação 9 - Formigas Críticas: diz a lenda que Novo Airão, cidade localizada no curso médio do Rio Negro, antes era denominada simplesmente Airão. Assolada por formigas de todos os tipos, credos e raças, mudou-se tempo atrás para a atual localização, bem a jusante da posição geográfica original, ensejando a denominação "Novo" Airão. Fato ou mito à parte, o certo é que aqui as formigas são de lascar. Não se trata de formigas lavapés ou outras mais comezinhas do país, afinal, quem já não foi ferroado por alguma delas? Mas o fato é que aqui as mais parecidas fisionomicamente com as lavapés são as formigas-de-fogo, amarelinhas e não muito graúdas, mas portadoras de uma ferroada pra lá de dolorosa, queima como fogo, como o nome já diz. Porém, a pior delas é a famigerada Tocandira, bem avantajada, preta e menos comum de ser encontrada, e se for, alguém vai ter uma experiência inesquecível. Em geral, são solitárias em suas andanças pela selva, vadiando pelos troncos das árvores à procura de insetos menores que servem de alimento. Os acidentes com elas ocorrem em situações em que incautos resolvem apoiar as mãos ou o corpo nos troncos das árvores, e aí ela não perdoa, acabou o dia para quem for ferroado. A lição que se extrai é que devemos evitar, no caso das formigas-de-fogo, vacilar perto do formigueiros. Já no caso das Tocandiras, é pra lá de recomendável evitar o contado das mãos e do corpo com troncos de árvores, é sempre onde elas estão; Turma, já é madrugada e o sono está pegando. Retornarei com novas experiências e aprendizados. Grande abraço e grato pela atenção, lembrando que seria por demais útil conhecer experiências e medidas preventivas da turma do FTB para garantir nossa segurança. Gllbertinho, pescador da Amazônia
  13. Olá Amigos Pescadores. Realizamos uma pescaria um pouco difícil pois o inicio da temporada não vem ajudando a todos pelo nível dos rios, mas saíram alguns bons peixes e como sempre a nossa Turma e a equipe da Tayaçu II nota 1000. Nossa Turma. Partindo em busca dos Bocudos. A nossa Casa na Pescaria. Agradecer a todos os parceiros que nos proporcionaram essa ótima viagem em especial a Tayaçu II e a Miraguaia Custom & Service. Vamos lá postar os peixes e a nossa viagem: Francisco Jr e Rodolfo. Vara de 5'8 pés 25lbs custom para hélices da Miraguaia Custom do amigo Renato Badejo. Varas Custom Top da Miraguaia de 25lbs 5'10 e pego na isca Sará Sará do Nelson Nakamura. Luis e Lautaro Butti. Fredy e Athayde. Uma das melhores horas da pescaria o belo luau montado pela ótima equipe da Tayaçu II. Equipe de piloteiros nota 1000 pescar com qualquer um deles de "olhos fechados". Para finalizar agradecer a todos que nos proporcionaram essa ótima semana ao lado dos amigos. Grande Abraço.
  14. Oferecemos aos amigos pescadores a interessante opção de pesca no Lago do Peixe. Situada as margens do Rio Maranhão, no Povoado do Retiro, Região Sul do Tocantins, somos a primeira pousada do Brasil especializados na modalidade pesca esportiva com caiaques. Temos uma ampla variedade de marcas e modelos para você testar e tirar suas dúvidas de qual é a melhor plataforma pra você!. Temos opções de pesca tanto em caiaques, como também em Barcos plataformados de borda alta com 5.5 e/ou 6 mts completos. Acesse nosso site ( http://www.pescaiaquegoias.com.br/) e monte o seu pacote, ou ainda, escolha alguns pacotes já oferecidos e consagrados por nossos clientes. Nossas instalações contemplam quartos para 2, 3 ou 4 pescadores, todos climatizados e com Internet Wifi. Deixo aqui os contatos para quem se interessar: Escritório em Brasília 61- 9 8128-4168 WhatsApp Celular Pousada: 63- 9 8454-5040 Abrs,
  15. OLÁ AMIGOS PESCADORES. VENHO A RELATAR A ABERTURA DA NOSSA TEMPORADA NA PESCARIA QUE FIZEMOS COM A TURMA DO CHICÃO E AMIGOS DO HONDA NA INAUGURAÇÃO DO ÓTIMO BARCO AÇU III PARA 12 PESCADORES EM 6 CABINES, COM SALA DE JANTAR CLIMATIZADA E UMA ÓTIMA EQUIPE DE TRABALHO QUE COM CERTEZA VAI FAZER MUITO SUCESSO E TRAZER MUITAS FELICIDADES A NÓS PESCADORES. . A SITUAÇÃO DOS RIOS ESTAVAM UM POUCO COMPLICADAS, MAS COM A COMPETÊNCIA DA EQUIPE DO BARCO CONSEGUIMOS IR ATRAS E SAÍRAM BONS PEIXES PARA ALEGRAR MAIS AINDA A NOSSA SEMANA AO LADO DOS AMIGOS, PORÉM NÃO RECEBI A FOTO DE TODOS E VOU POSTAR AS QUE TENHO. BELOS AÇUZÕES DO AMIGO BRUNO. PEIXES DE COURO FISGADOS NESSA VIAGEM: REALIZANDO A PESCA ESPORTIVA: ÓTIMAS VARAS DO GRANDE PARCEIRO DA TURMA DO CHICÃO, RENATO BADEJO DA MIRAGUAIA CUSTONS. PARA FINALIZAR O BELO LUAU REALIZADO. QUE VENHAM AS PRÓXIMAS PESCARIAS PELA AMAZÔNIA SE DEUS QUISER, QUALQUER INTERESSE ESTOU A DISPOR... ABRAÇÃO
  16. Boa tarde pessoal, desculpem a mega ausência, estou um grupo no zap de uma pescaria. Gostaria de pedir para vocês caso conheçam ou tenham ido, estamos marcando para ir pescar ano que vem, sair de Santo André - SP no feriado de corpus crhist, e voltar no domingo. Vamos dia 14/06 a noite e voltamos no 17/06 a noite ou 18/06 de manhã. Vcs, teriam indicações de lugares que se possa pescar e trazer os peixes nessas localidades Cardoso e Panorama? Eu não tenho nenhum item de pesca para levar, o que aconselhariam com custo beneficio para comprar? Muito obrigado desde já.
  17. Pescaria realizada em Foz do Iguaçu com os amigos da cidade de Toledo - Pr. Obrigado a todos pela parceria e companheirismo, foram dias maravilhosos e esperamos repetir em breve... Lindas piaparas, lindos dourados e maravilhosos momentos entre amigos. Deixo a dica para quem quiser realizar a pescaria lá: www.pescaemfoz.com.br equipe muito qualificada, se sentimos em casa :D
  18. Boa tarde amigos pescadores! Mais um vídeo/relato de uma tarde em busca das traíras! Como podem ver, tive varias ações, mas nem todas entraram!. Abraços!!
  19. Ola Venho aqui por meio deste, Agradecer e indicar o Site http://www.pitstopdopescador.com.br/index.html, onde fui bem atendido, pacientemente por Arthur, e o Paulo Leone Barbosa Ribeiro , OTIMO artendimento, produtos de alta qualidade, e Os melhores preços da Internet, Olha, estao de Parabens, aconselho a todos e Aprovo, sem mais.
  20. Boa tarde meus amigos, Estava um pouco sumido mas ontem fiz uma pescaria muito bacana e queria compartilhar com vocês. Foi um dia muito difícil, pois ventou o tempo todo, tirando assim a oportunidade de desfrutar melhor das iscas de superfície. Com isso comecei a usar um frog anti-enrosco nas piscinas que se formavam dentro dos aguapés e iscas de meia água próximo da vegetação. As ações no frog foram intensas, os bichos atacaram o tempo todo. Entraram vários tricks no frog e na meia água (entrou um também numa vara que deixamos na espera com carne). Os melhores peixes do dia saíram no frog no meio de uma vegetação com muito enrosco e o outro na Curisco 70 com trabalhos lentos próximos já próximo do barco. Espero que curtam as fotos.
  21. pesca e muita diversao esse ano no teles pires kkkkkkkkk = p/ turma curtir = abraço / VID-20160501-WA0022 (2).mp4
  22. Pessoal, estou disponibilizando para venda esse lançamento da Oakley, peça única no Brasil. Trata-se do Radarlock Path Fishing Edition, este modelo, traz o novo conceito PRIZM de lentes, que é o que há de mais tecnológico e eficiente para cada modalidade para que foi desenvolvida. Este óculos acompanha DUAS lentes próprias para pesca, que são a Prizm Deep Water (azul) e a Prizm Shallow water (verde), ambas POLARIZADAS. Veja abaixo o vídeo e tire suas conclusões: *O vídeo possui legendas, basta ativá-las no rodapé do player do youtube. https://www.youtube.com/watch?v=EBTUg6DYCFE Armação extremamente leve e lentes muito relaxantes para atividades outdoor. Acompanha case rígida, bag de microfibra, borrachinhas extras, duas lentes e garantia. Novo na caixa. Preço: 970,00 - Abaixo do preço de custo Frete por conta do comprador.
×
×
  • Criar Novo...