Ir para conteúdo
Kid M

Transcrição de dicas solicitadas por um iniciante...

Posts Recomendados

Depois de investir algum tempo nesse material, até por conta de atender a solicitação recebida, acredito que também possa ser útil para outros que estão se iniciando nas pescarias, e sonham ( quem sabe quando ) programar uma pescaria daquelas inesquecíveis !

Tenham sempre em mente, que o propósito é apenas passar uma experiência adquirida ao longo de diversas pescarias em várias décadas, e não tem conotação de assegurar qualquer "verdade", estando aberto ( o tópico ) para comentários e complementos que julgarem pertinentes...

Vejam o texto inicial, e o desenrolar das diversas "conversas" havidas...

Bom dia Kid,

Sou um iniciante na pesca com iscas artificiais, e pretendo realizar uma pescaria em Serra da Mesa ou Barcelos ainda esse ano. Tenho algumas iscas, mas sei que preciso de mais para os locais onde estou pretendendo ir. Gostaria que você me desse algumas dicas de iscas para eu comprar e de como melhor trabalhar as que eu ja possuo.

Eu fiz um arquivo com fotos das iscas, se você puder me passar seu e-mail eu te envio.

Será de grande ajuda, pois todos já foram iniciantes um dia e sabem como é.

Grato pela atenção

Bom dia !

Agora com um pouco mais de tempo / calma, dá para trocar umas idéias...

Por ter um pouco mais de tempo que você nessa atividade ( pesca com artificiais ) é possível que possa lhe dar uma ajuda, embora sempre estejamos aprendendo no dia a dia...

Independente das iscas que já possui, algumas coisas são fundamentais ( independente da isca ), que antecedem até mesmo a escolha delas...

arrow:: O equilíbrio do material usado é fundamental ! Isso significa que é preciso fazer com que o conjunto que vá utilizar, esteja adequadodentro das especificações do fabricante, ou seja, respeitar os limites definidos pelo equipamento é explorar ao máximo sua capacidade de trabalho ! Complicado ? Vamos lá...

1. De que adianta usar uma vara pesada, com uma carretilha ( ou molinete ) pequeno, um linha grossa, para lançar uma isca leve ! Evidente que não irá funcionar a contento e trará mais frustração que alegrias !

2. Procure as informações das especificações de todos os materiais nos equipamentos, pois elas serão fundamentais para a montagem adequada do seu conjunto ! Pode parecer "bobagem", mas esse é um dos principais pontos a serem observados...

3. Ainda dentro dessas características, lembre-se que o MAIS IMPORTANTE ( sempre ) é usar o seu BOM SENSO na definição das escolhas !

Exemplo : Que tamanho de vara deverá ser usado ? A pergunta precisa ser complementada para "que tipo de pescaria/peixe desejo fazer/pescar" ? Claro que as adaptações funcionam, mas isso sempre tem uma razão de ser... ( veremos adiante )

arrow:: Treino prévio com o conjunto é importantíssimo ! Essa é uma ação que muitos dos pescadores só percebem ( na dificuldade ) quando estão pescando ! Lançar iscas artificiais com precisão ( e isso é a questão ) é algo que precisa ser feito da forma mais automatizada possível, para que seu foco de atenção seja com o local onde vai jogar a isca, e não com o lançamento da mesma... ( deu para entender ? É como dirigir um carro - você fica focado no trânsito, e não em como passar as marchas, acelerar ou frear, certo ? ). Isso só se consegue com treino, muito treino... ( não tem jeito de ser diferente ). Assim sendo :

1. Não importa onde vá pescar ( Serra da Mesa ou Barcelos ), prepare-se para essa pescaria previamente !

2. "Treino é treino, jogo é jogo", de modo que até numa piscina, lago sem peixe, ou em um gramado, é local de treinar ! Lançar e recolher, buscando as formas em que isso lhe seja mais confortável e prático é uma forma de assegurar melhor resultado e desempenho na pescaria que irá fazer...

3. Retire as garatéias das iscas que for usar em treinamento, pois elas são inúteis nesses momentos e simplificam o recolhimento, além de evitar acidentes...

arrow:: Planejamento prévio arrow:: Esse é o segredo... Qualquer pescaria se inicia muito antes da viagem ! Ter claro o que irá pescar e dentro disso o que irá precisar levar, é fundamental ! Normalmente temos a tendência ( e isso é normal ) de acreditar que são necessárias "zilhões" de iscas, diversos conjuntos e tralha a não ter sequer lugar para ser transportada... ( é assim sempre ) ! Mais uma vez, o BOM SENSO é fundamental ! Vamos lá :

1. Conjuntos confiáveis são o que mais você precisa levar ! Confiáveis para você ( tá lembrado da questão dos treinos ? Pois é... ), que já vai estar tranquilo em como usá-los na pescaria... ( falaremos sobre ele num outro momento ).

2. Iscas - quais as opções que devem estar disponíveis na sua caixa ? Mais uma vez, o planejamento prévio serve para essas respostas, pois já deve ter sido pesquisado o tipo de peixe a ser encontrado, evitando levar padrões ( peso e tamanho) desnecessários - voltaremos a conversar sobre isso mais adiante numa outra oportunidade.

3. Preparo físico - Tá pensando que é exagero ? Dependendo do local onde vá pescar, vai executar ( pelo menos ) de 500 a 1000 lançamentos por dia ! Ninguém está preparado para isso ! Sem falar que não acontece em apenas um dia, e sim em diversos... ( tá lembrado do que mencionei sobre o treino prévio e o grau de conforto que precisa ter com o equipamento equilobrado, pois é... ). Quanto mais preparado ( fisicamente ) estiver, maior será sua relação de benefício na pescaria...

Vou dar uma parada por agora, até porque esse é apenas um "comecinho" ( quase uma "introdução" ) a resposta da sua MP !

Como vê, é assunto comprido e que se alongará por muitas MP's, que terei o maior prazer de construir...

:amigo:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Muito obrigado pelo primeira aula, como iniciante, preocupa-se muito com o material a levar e o peixe que vai pegar e acaba esquecendo de algumas coisas básicas, mas não menos importantes para uma boa pescaria.

Vou te mandar no e-mail as iscas e posteriormente o material que possuo.

Agradeço mais uma vez a grande ajuda e espero a próxima aula. Valeu

Seguindo na nossa "conversa"...

Já falamos de alguns pontos importantes, e agora como reconhecer alguns desses aspectos ( não menos importantes ). Vamos iniciar com as varas...

arrow:: Que tipo ou modelo deve ser usado ?

Essa é uma pergunta que mais se faz quando se pensa em montar um conjunto... Começa-se sempre por perguntar o que se vai pescar ? Esquisito ? Nem tanto... ( a "estrutura da boca do peixe" tem tudo a ver... ). Vamos lá :

1. Para peixes de boca dura ( tucunarés, dourados, traíras e assemelhados ), é preciso que a fisgada seja efetivada de modo mais imediato possível, ou seja, a resposta da sua "puxada" se reflita na boca ossuda do peixe, facilitando a entrada do anzol ( ou garatéia ).

Nessas condições, as varas usadas devem ser de ação rápida ( fast ) ou extra-rápida ( extra-fast ), informações que são quase sempre fornecidas nos materiais industrializados !

2. Para peixes de boca "mole" ( robalos, bagres, e assemelhados ), quando a resposta da fisgada não precisa ser tão "forte" assim, a recomendação é que o trabalho da vara seja de ação moderada, evitando lascar a boca do peixe ( isso acontece principalmente no caso dos grandes bagres de fundo - pirarara, filhote, piraíba, etc... ). São varas mais "moles" de resposta e que permitem um trabalho mais "longo" com os peixes...

arrow:: Qual o tamanho da vara ?

Outro ponto que costuma ser bastante questionado, e a resposta - mais uma vez - depende do "gosto do cliente", lembrando que :

1. Quanto maior o tamanho da vara, menor o esforço com o peixe, em função da "alavanca" criada ! Melhor dizendo, é preciso ter em mente que a depender do que se pretenda pescar ( qual peixe ), pode-se ter ajuda do conjunto usado ! Vamos lá e na simples questão do velho Bom Senso ! Compare o esforço de uma "alavanca" de uma vara de 6'6" com uma de 5'3" ( apenas como exemplo ) ! Nem dá para comentar, não é ? E nesse caso, o por que de TODAS as varas não serem grandes ? Muito simples, existem pescarias em que esse requesito não é tão fundamental assim, ou até ( e mais importante ) a comodidade do pescador "fala mais alto" ! Pescando em rios estreitos, o propósito dos lançamentos não é tão longo assim, e com isso, a vara pode ( e deve ) ser menor... Outro aspecto, é que o pescador deve se ater naquilo em que se sentir mais confortável, já que com o passar do tempo ( e de treino ) ele saberá impor a força adequada no braço para lançar a isca no ponto desejado, independente do tamanho da vara ! Resumindo, busque sempre um padrão que lhe dê conforto e que atenda a suas expectativas ! No meu caso particular, que pesco com molinetes ( sempre ), todas as minhas varas são de 6' ( independente de qualquer outra especificação ), de modo que faço inúmeras trocas ao longo da pescaria, sem perder o "tunning" do braço... Se usar carretilha, pode ser 5'6", pelo tipo de trabalho produzido nos arremessos !

2. Libragem do equipamento ( você já percebeu essa indicação no blank da vara ) ? Na verdade, os principais indicadores ( características ) do equipamento ( vara ) estão impressas na própria vara ! Comecemos pela indicação de libragem...

Toda vara é feita através de um trabalho de esforço à fadiga ( resistência ) que induz algumas observações a serem levadas em consideração ! Dentre elas, a "faixa de melhor performance" ou "recomendação do fabricante" para ser usada, quase sempre através de um parâmetro máximo e mínimo ! No caso das linhas ( apenas como exemplo - 8 à 17 lb ) a indicação traz ( quase sempre em "libras" ) a espessura mínima e máxima a ser observada ! Por tradição, essa referência diz respeito a espessura de linhas de monofilamentos ! Significa dizer que o equipamento está preparado para trabalhar bem, com linhas cujo diâmetro estejam entre 8 e 17 lb ! Nessas bitolas, as linhas correrão com facilidade pelos passadores e atingirão os pontos desejados com maior facilidade ! Observe contudo, que mesmo fora de uma recomendação feita, podemos usar ( com êxito ) linhas diferentes das indicadas, como é o caso das multifilamento ( muito mais finas ), desde que existam cuidados complementares ( veremos oportunamente quais são eles... )

3. Peso das iscas usadas - já reparou que também se torna importante dimensionar esse peso para trazer o equilíbrio desejado ao conjunto ? Pois é, isso sim é de suma importância ! Repare no "blank" da vara, que a exemplo da libragem, também haverá uma informação sobre o peso recomendado das iscas ( em "onças" - oz ). Os parâmetros de máx e mínimo seguem as mesmas observações que fiz para a libragem, só que desta feita para o peso das iscas a serem utilizadas ! Pode não parecer, mas o uso indevido de uma isca mais pesada, poderá quebrar a ponta da vara, assim como uma mais leve do que o mínimo informado, fará com que seu esforço para arremessá-la seja enorme e desconfortável ! Detalhe aparentemente pequeno, mas que faz a diferença...

4. Ação da vara - apenas para fechar o processo de "compreensão" de leitura das informações existentes no "blank", existe também impresso o tipo de ação / resistência da vara, ora sob a informação de ação ( fast, regular, etc... - que é menos comum ), ora dentro de um contexto mais comercial de Heavy, Medium Heavy, medium, etc... Quanto mais "pesada" ( na informação ), maior tenderá ser o trabalho que dela se espera, ou seja, menos flexibilidade terá !

Mais uma vez o alerta da importância de se adaptar às características do equipamento e apenas como uma provocação, experimente fazer um lançamento ( mesma isca/linha/carretilha ) com uma vara Medium Heavy e outra Medium, para ver quanto mais confortável fica sendo usar a Medium !

Porém, tirar um tucuna ( boca dura ) torna-se mais fácil ( ou menos difícil - em se tratando de um "amazônico" ), com um equipamento mais rígido, onde a alavanca seja utilizada a seu favor, cansando mais o peixe que briga na ponta da linha...

A "percepção" de qual a melhor vara a ser utilizada é que nos faz ter um número cada vez maior de modelos e tipos, e aproveitar ( tecnicamente falando ) esses diferenciais na hora de trabalhar o seu troféu !

Depois continuaremos falando sobre mais itens até chegarmos nas "iscas"... :amigo:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Grande .....,

Nessa MP vamos comentar sobre os molinetes / carretilhas.

Na verdade, alguns conceitos sobre o assunto !

Hoje em dia temos uma oferta crescente em torno desse equipamento, que é um dos principais itens do conjunto ! Mas esse é um "mito" que precisa ser minimizado ( principalmente com relação ao custo / benefício ).

O primeiro alerta diz respeito ( SEMPRE ) a velha pergunta do que se pretende pescar !

Aparentemente "sem sentido", essa questão passa a ser fundamental para a decisão do que se adquirir !

Estou me referindo a velocidade de recolhimento de linha desses equipamentos ( tanto faz ser molinetes ou carretilhas ).

A definição maior, e isso faz sentido , diz respeito a capacidade de linha e o peixe desejado ( como já mencionei antes... ). Pesca com muita linha, para peixes como "dourados" e "de fundo" ou "mar", é um item a ser avaliado, pois esses equipamentos são sempre maiores e mais pesados que o que gostaríamos que fossem...

Por outro lado, ter um produto que possibilite ser usado de várias formas, pode ser algo interessante, desde que se tenha em mente que :

1. Peso do produto - quanto menor, MELHOR !

2. Capacidade de linha - algo próximo a 100 m ( não precisa de mais que isso ).

3. Velocidade de recolhimento - a depender da isca a ser usada, pode ( ou não ) ser um fator de importância ! Quanto maior a velocidade, os preços tendem a ser mais elevados...

4. Freio - Mesmo que a regulagem da frenagem possibilite um grau de confiabilidade em qualquer equipamento, busque algo que tenha um histórico já comprovado, até para não ter "dor de cabeça".

5. "Griffe" - Ninguém faz o "nome" em torno de um marketing duvidoso ! Já fui de testar "novidades baratas", mas hoje recomendo evitar gastos com coisas duvidosas !

Um boa marca ( Daiwa, Shimano, etc... ) não dá margem de erro !

A questão é dimensionar o QUANTO se deseja investir... ( e mais uma vez, melhor um BOM que dois razoáveis... ).

arrow:: Em termos práticos, algo fundamental é que o conjunto tenha equilíbrio ( físico ) ao ser montado ! É necessário que se tenha "conforto" no manejo dele, e que os lançamentos que serão feitos, nos permitam pensar que o "conjunto" se torne uma "continuação" do nosso braço, até para que venha funcionar de forma adequada !

A definição do "lado" da manivela precisa ser um dos pontos a serem ajustados, até porque essa "facilidade" de troca/escolha ( sempre presente nos molinetes ), praticamente inexiste nas carretilhas ( ou é para o lado direito ou para o esquerdo ). Dessa forma, é bom saber o que deve ser escolhido ( e para saber isso, olha o "Bom Senso" de novo fazendo a diferença... ). O "braço da força" é o que segura a vara, enquanto que o "da habilidade" é o que usa a manivela ! Parece "óbvio", mas já vi muita gente se surpreender com isso...

arrow:: Velocidade de recolhimento - para o que serve ( lógico que o nome é auto explicativo ) dentro do estilo de pesca a ser realizado ! Vamos tentar falar um pouco sobre isso...

Os predadores estão sempre a espreita de "presas" que apresentem alguma dificuldade do seu normal, para então aproveitarem o momento ( são essencialmente oportunistas ).

Via de regra, ao darem o bote, e isso quase sempre acontece na apresentação da isca ( mais ainda em se tratando do tucunaré ), não faz qualquer diferença a velocidade com que sejam puxadas... No entanto, o recolhimento da isca pode ( e deve ) apresentar um fluxo de movimento que chame a atenção do predador, até porque o "natural" seria passar despercebido ! Velocidade excessiva é um indício de há algo "diferente" com a presa e isso "chama a atenção" ! Há outras iscas, que para funcionarem "melhor", precisam de velocidade ( as de superfície, notadamente as hélices... ), embora a tração feita por qualquer conjunto, resulta num bom efeito desejado !

Voltamos portanto para um aspecto já mencionado antes, que é a "fadiga do pescador" ao longo da pescaria !

arrow:: Esse é o tema para se pensar no momento :

Pescarias programadas sempre são de vários dias, até por conta do aspecto financeiro envolvido ! Viagens, alugueis, e coisas do tipo, fazem com que venhamos investir o maior tempo possível nesse hobby !

Via de regra são 5 ou 6 dias de pesca, e outros 2 ou 3 para deslocamentos, o que perfazem ( quase sempre ) uma saída num fim de semana e retorno no seguinte...

O que se pode fazer a respeito disso ( "fadiga do pescador" ) :

1. Estar preparado ( fisicamente ) para a pescaria !

2. Controlar a ansiedade dos primeiros dias, lembrando que é preciso dosar as energias para TODOS os dias !

3. Tentar usar conjuntos que lhe sejam cômodos, e leves ( quanto mais, melhor ), pois não são poucas as vezes que fazemos mais de mil lançamentos num dia...

Para atender essa última demanda, é que existe o desafio de montar um conjunto que reuna essas particularidades ( seja confortável, leve, lhe inspire confiança ) antecipadamente !

Nessas horas é que o momento de decidir se o que irá nos acompanhar na pescaria é aquilo que vai nos dar prazer !

Assim sendo, dar uma "testadinha" no conjunto é primordial, até para que se tenha confiança ( e prazer ) em querer usá-lo o quanto antes...

Na próxima MP, vamos comentar sobre as linhas e posteriormente sobre as iscas ( inclusive com uma lista de "recomendações básicas" ), fechando o ciclo dessas informações...

É claro que questionamentos e/ou dúvidas podem ser apresentados a qualquer tempo !

Bom proveito ! :amigo:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Vamos conversar hoje sobre as linhas, até porque é um tema que apresenta algumas variações...

Linhas são o instrumento básico de fazer com que a isca seja apresentada aos peixes, e nos permitam "brigar" com eles, após fisgados !

Assim sendo, entendo que seja algo com que tenhamos a preocupação de tornar esportivo...

Dito isso, é interessante lembrar que até algum tempo atrás, antes da criação do "nylon", a pesca era feita através de linhas trançadas, na busca de uma maior resistência à força dos peixes...

Somente após a chegada do nylon, hoje já "rebatizado" como linha monofilamento ( um único filamento ) é que existiu ( de fato ) o crescimento dessa demanda esportiva !

Os equipamentos de pesca passaram a ser menores, mais leves e fisicamente viáveis, até por conta de possibilitar serem enrolados de forma econômica num carretel ( os molinetes foram os precursores desse avanço ), e a indústria da pesca deslanchou nos países ditos desenvolvidos...

A grande verdade ( inquestionável ), é que a linha monofilamento sempre apresentou um ótimo rendimento e uma durabilidade bastante razoável !

Com uma larga utilização ( no mundo ), teve seu preço reduzido, além de uma enorme fonte de pesquisa em torno de melhorias a serem agregadas no produto !

Rapidamente apareceram linhas especialmente desenvolvidas para determinados equipamentos, com bitolas e elasticidades variadas !

De todo modo, e mesmo com as crescentes descobertas e adaptações, a questão da elasticidade sempre foi algo a ser superado ! Apareceram então as linhas extra-finas e resistentes, e na sequencia natural, o retorno das linhas trançadas, só que desta feita com diâmetros muito inferiores aos inicialmente existentes...

arrow:: Estava criada a linha "multifilamento" !

Em termos práticos, as linhas de monofilamento continuam sendo fabricadas e usadas por muitos dos pescadores mais tradicionais !

Elas também atingiram um bom desenvolvimento técnico, com espessura reduzida e boa resistência, embora mantenham uma condição de flexibilidade que em muitas vezes retardam o efeito da fisgada, ou mesmo gerassem a já conhecida "cabeleira" ( principalmente aos menos experientes ).

Observe que todo o padrão de medição na pesca, segue esses indicadores ( libras ) como marcas a serem usadas no conjunto ( carretilha / molinete e vara ).

arrow:: A resistência das linhas também é algo mais ou menos comum, com o marketing de algumas marcas anunciando "promessas" que pouco significado podem ter...

O que interessa ( nesse caso ) é o diâmetro da linha, pois existe uma limitação de "espaço" no carretel ( tanto do molinete quanto na carretilha ), e dentro disso, a "preocupação" com a resistência ( quanto a linha aguenta ? ).

Um dos aspectos MAIS IMPORTANTES no equilíbrio do conjunto a ser usado, é fazer com que ele trabalhe A SEU FAVOR, e para tanto, as peças chaves ( vara, carretilha / molinete e linha ) estejam alinhados dentro de um padrão comum.

Isso significa dizer que as especificações indicadas pelos fabricantes estão sendo obedecidas e com isso, o "risco de quebra" fica minimizado !

O uso do "freio" do molinete / carretilha contribui com essa "esportividade", já que a recomendação formal é que o freio passe a atuar quando "a força" atinja 1/4 da especificação da linha...

arrow:: Vamos tentar "decifrar" essas informações de forma prática !

Uma linha que esteja especificada para aguentar 10 quilos ( apenas como exemplo ), deve ser ajustada para que o freio do molinete / carretilha comece a atuar quando o empuxo ( força de retirada ) chegar a 2,5 quilos, ou seja, a 1/4 do peso máximo indicado pelo fabricante !

Com isso, o equilíbrio fica garantido e a esportividade do "tira recolhe" assegurada !

Apenas como um "apêndice", a forma de aferir essa medida é bastante simples, pois basta armar o conjunto e colocar na ponta da linha o peso recomendado e ver se a carretilha / molinete começam a "soltar a linha" ! Pronto ! Está feito... ( com o tempo, essa aferição passa ser feita com o "sentimento do braço" ! ).

Com relação às multifilamentos, o que há de tão especial nelas ?

arrow:: Basicamente a possibilidade de usar uma linha bem mais fina ( e com isso aumentar a trajetória do lançamento da isca ), e aumentar a competitividade do conjunto, já que passa a ser interessante buscar o uso de um material ( conjunto ) cada vez mais "leve"...

arrow:: Lembra-se dos mil lançamentos por dia ? Pois é...

Existem também algumas "salvaguardas" a serem registradas em torno do uso das multis, cujas principais ( que me lembro ) são as a seguir enumeradas :

1. Elasticidade ZERO - não há perda de ação, o que se traduz em imediatismo na ferrada do peixe ! Contudo, se é ótimo para pegar peixes de "boca dura" ( dourado, tucunaré, etc... ), há de se ter cuidado para "não arrancar" ( literalmente ) os "beiços" dos que tem boca mole ( bagres, robalos, etc... )

2. Péssima abrasão, ou seja, "triscou" em objetos cortantes, já era, razão pela qual muitos pescadores usam líderes antes das iscas para prevenir essas situações criadas pela corrida do peixe para a galhada ou qualquer outro obstáculo !

3. Cuidado com os "dedos", pois a linha corta quando puxada rapidamente ! Há pescadores que têm o hábito de trabalhar com a linha "no dedo", e de repente, o sangue jorra...

4. Indiscutivelmente "mais cara" que a de monofilamento, tem como contrapartida uma durabilidade bastante superior, de modo que o custo x benefício termina se aproximando... ( vale a pena ) !

Acho que já começo a extrapolar o objetivo dessa MP !

arrow:: Já testei diversas marcas e tipos, e hoje estou MUITO SATISFEITO com a Power Pro ( multifilamento ), que trabalha macio e me dá total segurança !

Se tiver dúvidas, não deixe de questionar, pois estamos dialogando, embora - até o momento - apenas eu esteja me manifestando...

Na próxima MP, vamos - finalmente - falar das iscas, enumerando as ações e recomendações, embora - desde já - precisemos definir se serão iscas amazônicas ou para uso na região do sudoeste...

Algumas iscas servirão para ambos locais, mas outras serão específicas... joia:::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Finalmente chegamos no momento de tratar daquilo que sempre nos desperta maior grau de interesse e fascínio, que são as iscas artificiais ! Já é sabido que mais do que os peixes, elas terminam mesmo é atraindo a cobiça dos pescadores, ao se apresentarem nos mais variados modelos, formas e cores, todas - SEMPRE - com uma justificativa diferenciada para serem adquiridas e levadas para a caixa de pesca...

Quantas dessas irão ser usadas ? Difícil dizer, principalmente pelo quase constante hábito de somente usarmos as 10 / 12 iscas que mais deram resultado em pescarias anteriores...

Mas deixemos que essas conclusões sejam percebidas por cada pescador, até porque esse é um prazer intrísceco á propria pesca esportiva, e cada um tem um "limite de investimentos" diferenciado...

A proposta então é comentar sobre as iscas e sugerir alguns modelos já consagradas e mais que testados de forma positiva ! Vamos lá :

arrow:: SUPERFÍCIE - sem dúvida são as iscas que mais "adrenalina" proporcionam ao pescador, quando acontece a explosão do predador atacando a isca !

Existem diversos tipos a saber :

Imagem Postada

arrow:: Hélices - como o proprio nome já indica, são iscas que produzem um barulho / borbulhas ao serem tracionadas, que irritam e/ou aguçam a curiosidade dos tucunas, fazendo-os atacarem-nas sistematicamente ! Seu grande inconveniente é o desgaste físico do pescador ( principalmente os menos acostumados ) em manter o ritmo desses lançamentos / recolhimentos ! Por se tratar de iscas normalmente maiores e mais pesadas, exigem bastante dos pescadores... Mas quem se habitua a elas, dificilmente as trocam...

Imagem Postada

arrow:: Zaras - são as mais tradicionais iscas de superfície ! Seu trabalho em "zig zag" é um convite permanente aos predadores que não resistem ao movimento que provocam ! Podem ter chocalho ( rattlin ), que é preferível, ou não, e tamanhos variados ( de acordo com os peixes da região ), embora seja bastante comum o ataque de filhotes de tamanho menor que o da própria isca, comprovando esse instinto predador do tucunaré...

Imagem Postada

arrow:: Poppers - São iscas que trabalham provocando os predadores pelo barulho que fazem ao serem tracionadas ! Podem ser puxadas com intervalos rápidos, ou com "paradinhas", quando se mostram mais efetivas ! A sensação de pegar um tucuna com uma Popper é única, já que na maior parte das vezes o ataque acontece de baixo da própria isca, sendo esta "sugada" pelo predador ! Muito eficiente em locais espraiados e calmos, ao lado de tocos e galhadas...

Imagem Postada

arrow:: Sub-superfície ( ou twitch bait ) - São as iscas que começam ( cada vez mais ) a serem consideradas como "imprescindíveis" em todas as caixas de pesca ! De nado errático e praticamente submersas à flor d'água, essas opções são sempre fantásticas, principalmente quando o peixe começa se mostrar "manhoso" sem atacar ( rebojando apenas ). Já existe a evolução delas para uma versão ainda mais fantástica em que o nado não mais é errático e sim "zigzagueado" ( como uma zara, só que abaixo d'água ), desenvolvido inicialmente pela Rapala, mas já sendo copiado pelos concorrentes... ( olha ela abaixo )

Imagem Postada

Imagem Postada

arrow:: Stick - Trata-se de uma isca que tenta imitar a dificuldade da presa em nadar, ficando na vertical, quando não tracionada ! É muito usada quando os peixes estão "manhosos" e quase sempre através de leves toques e espera acentuada ! Existem diversas versões, algumas das quais com poppers, e sub superfície, mas sua grande aptidão é dar a sensação de uma "boa oportunidade" ao predador de conseguir uma "alimentação fácil" ( geralmente tem bom êxito ) !

arrow:: MEIA ÁGUA

Imagem Postada

arrow:: São as mais tradicionais e usadas pelos pescadores desde que foram eficientemente criadas há muitos anos atrás ! Mais do que a sensação de esportividade, elas traduzem ( na prática ) produtividade ! Os mais aficcionados preterem esse tipo de isca em função da visualização dos ataques na superfície, mas os mais "fominhas" ( onde me incluo ), não deixam de ter um conjunto de espera com uma isca de meia água pronta para entrar em ação para o caso do peixe rebojar na isca que está sendo usada ! Em 80% das vezes em que entra em ação, o faz com absoluto sucesso ! Não dá para ficar sem elas...

Imagem Postada

arrow:: Colheres - Essas sim, são as verdadeiras "anciãs" de qualquer material de pesca ! Muito antes do surgimento das iscas de madeira ( plugs ), as colheres já eram usadas para atrair o ataque dos predadores ! Quem nunca ouviu ( ou viu ) um relato de ataque a um arrasto ( ou corrico ) realizado com elas... Até hoje tem sua eficiência, principalmente por possuirem um anzol que garante a fisgada do predador...

arrow:: ISCAS DE PROFUNDIDADE

Imagem Postada

arrow:: Jigs - Cada vez mais presentes nas pescarias, principalmente para "buscar" os peixes nas maiores profundidades em que se encontram, tornaram-se um bom paliativo para se ter na caixa de pesca ! Em alguns locais ( como na região do rio Araguaia ) são as principais iscas usadas para a captura dos tucunas que ficaram presos nos lagos ! Já tive oportunidade de presenciar isso, e de fato são "assassinas" naquela região !

Claro que isso "não esgota" os tipos de iscas existentes, mas reunem aqueles que me parecem mais interessantes de serem apreciadas nesses comentários !

arrow:: Na próxima MP ( possivelmente a derradeira ), vamos falar efetivamente das iscas recomendadas, tamanhos, cores, e uma "listagem básica" do que possuir para "não passar vergonha" ! :gorfei:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Relação ( sugestão ) de iscas básicas a se ter na caixa de pesca ( sem estarem numa ordem de preferência ) :

Superfície :

HÉLICE :

arrow:: Tucuna Bait Turbo ( Deconto ) arrow:: Imagem Postada

arrow:: Rip Roller ( High Lures ) arrow:: Imagem Postada

arrow:: TucunaRex ( Jennerlure ) arrow:: Imagem Postada

arrow:: Bicuda c/hélice ( Deconto ) arrow:: Imagem Postada

arrow:: Dr Hélice ( KV ) arrow:: Imagem Postada

arrow:: Torpedo ( Heddon ) arrow:: Imagem Postada

arrow:: Peacok Bass ( Luhr Jensen ) arrow:: Imagem Postada

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Relação ( sugestão ) de iscas básicas a se ter na caixa de pesca ( sem estarem numa ordem de preferência ) :

Superfície :

ZARAS :

arrow:: Jumping Minnow( Rebel ) arrow:: Imagem Postada

arrow:: Dr Spock ( KV ) arrow:: Imagem Postada

arrow:: Firestick ( Intergreen ) arrow:: Imagem Postada

arrow:: Trairão ( Imatsuku ) arrow:: Imagem Postada

arrow:: Cão Fila ( Aicas ) arrow:: Imagem Postada

arrow:: Skitter Walk ( Rapala ) arrow:: Imagem Postada

arrow:: Tango ( Cultiva ) arrow:: Imagem Postada

arrow:: Z90 ( Deconto ) arrow:: Imagem Postada

arrow:: Miss Carna ( Maria ) arrow:: Imagem Postada

arrow:: Zarari ( Borboleta ) arrow:: Imagem Postada

arrow:: Cascavel ( King Fisher ) arrow:: http://i10.photobucket.com/albums/a140/mpedreira/Iscas/Zaras/dzara2027.jpg

arrow:: Spit'Image ( Heddon ) arrow:: http://i10.photobucket.com/albums/a140/mpedreira/Iscas/Zaras/Heddon-SpitImage.jpg

arrow:: Fish Nose ( Jennerlure ) arrow:: http://i10.photobucket.com/albums/a140/mpedreira/Iscas/Zaras/102-FHN-102verdelimo.jpg

Essas são algumas sugestões, MAS ATENÇÃO, muitas delas são similares... ( depois faremos a relação das indicadas... ) ::tudo::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ainda no esquema de apresentação de diversos modelos e marcas, sem qualquer ordem de preferência...

SUPERFÍCIE

POPPER

arrow:: Premium Popper ( Rebel ) arrow:: Imagem Postada

arrow:: Popper Image ( Heddon ) arrow:: Imagem Postada

arrow:: Vulcan ( MS - Marine Sports ) arrow:: Imagem Postada

arrow:: Pop Queen ( Maria ) arrow:: Imagem Postada

arrow:: Chug Bug ( Storm ) arrow:: Imagem Postada

arrow:: Excalibur Pop ( Rebel ) arrow:: Imagem Postada

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ainda no esquema de apresentação de diversos modelos e marcas, sem qualquer ordem de preferência...

SUPERFÍCIE

SUB-SUPERFÍCIE

( Twitch )

arrow:: Perversa ( Borboleta ) arrow:: Imagem Postada

arrow:: Zagaia ( Hi Tech ) arrow:: Imagem Postada

arrow:: Biruta ( Deconto ) arrow:: Imagem Postada

arrow:: Tan tan ( Borboleta ) arrow:: Imagem Postada

arrow:: Tan tan ( Borboleta ) arrow:: Imagem Postada

arrow:: Flash ( King Fisher ) arrow:: Imagem Postada

SUB-SUPERFÍCIE

( Sub walk)

arrow:: Sub Walk ( Rapala ) arrow:: Imagem Postada

arrow:: Zarari ( Blanc Fish ) arrow:: Imagem Postada

arrow:: Observe as "aletas" laterais existentes nas iscas sub surface !

São elas as responsáveis pelo trabalho "walk the dog" realizado por essas iscas...

SUB-SUPERFÍCIE

( Stick)

arrow:: Stick ( Borboleta ) arrow:: Imagem Postada

Os "sticks", mesmo indicadas como "sub superfície", na verdade poderiam estar em qualquer outra classificação ( superfície ) pois tem como principal forma de trabalho, um peso na parte trazeira fazendo com que se posicione na vertical, gerando essa visualização de "peixe doente"...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ainda no esquema de apresentação de diversos modelos e marcas, sem qualquer ordem de preferência...

MEIA ÁGUA

PLUGS

arrow:: X-RAP ( Rapala) arrow:: Imagem Postada

arrow:: Long A ( Bomber ) arrow:: Imagem Postada

arrow:: Juana ( Borboleta ) arrow:: Imagem Postada

arrow:: The First ( Maria ) arrow:: Imagem Postada

arrow:: Inna ( Marine Sports ) arrow:: Imagem Postada

arrow:: Swim'n Image ( Heddon ) arrow:: Imagem Postada

arrow:: Lola ( Borboleta ) arrow:: Imagem Postada

arrow:: Bora ( Nelson Nakamura ) arrow:: Imagem Postada

São algumas das MUITAS existentes...

COLHERES

arrow:: Colher ( Johnson ) arrow:: Imagem Postada

arrow:: Colher ( Tony Acceta ) arrow:: Imagem Postada

Muito usadas no passado, ainda são úteis em algumas oportunidades...

PROFUNDIDADE

JIGS

arrow:: Peninhas ( diversos fabricantes ) arrow:: http://i10.photobucket.com/albums/a140/mpedreira/Iscas/jig7-20g11cmAnzol7PBranca.gif

arrow:: Peninhas ( diversos fabricantes ) arrow:: http://i10.photobucket.com/albums/a140/mpedreira/Iscas/jigA2-10g7cmAnzol10PBranca.gif

Um bom recurso a ser usado, quando os peixes estão sem querer subir...

Pois é isso meu amigo !

Acho que já há material mais que suficiente para que você se divirta !

Posteriormente poderemos fazer a "lista" daquelas que consideraria "imprescindíveis" de se ter numa seleção de iscas de pesca !

Em termos de preferência com relação à Amazônia e Sudoeste, também poderemos ter "listas separadas" ( com algumas iscas "comuns"... )

Bom divertimento ! ::tudo::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Vamos então a escolha daquelas iscas consideradas ( por mim ) como "imprescindíveis" a se ter na caixa ( quem tem uma, não tem nenhuma, portanto procure - dentro do possível - ter dois exemplares de cada, sendo um de reserva... )

Vamos lá ( sem ordem de importância / preferência ) :

arrow:: Iscas de Superfície : ( Twitch bait )

arrow:: Perversa ( SM e AM ) da Borboleta, sendo que a branca da cabeça vermelha é a que mais efetividade tem produzido !

Imagem Postada

Suas irmãs ( Tan tan e Lelé ) são também eficientes, mas a preferência é mesmo a "perversa" !

arrow:: Sub Walk ( SM e AM ) da Rapala, sendo que as cores mais claras são as recomendadas ! Precisa contudo - em se tratando de AM - trocar as garatéias por umas 4x ! Pelo menos duas dessas...

Imagem Postada

arrow:: Iscas de Superfície : ( Zara )

arrow:: Jumping Minnow ( SM e AM ) da Rebel, sendo que a cor osso é obrigatória ( T20 é o tamanho ) ter - pelo menos 2 unidades ! Precisa trocar as garatéias para 3x ( tanto para SM quanto AM ).

Imagem Postada

arrow:: Dr Spock ( SM e AM ) e Dr Spock Jr ( SM ) da KV são iscas tropicalizadas e fantásticamente eficientes para o que delas se espera ! Prefiro as cores claras, mas são efetivas pelo barulho produzido !

Imagem Postada

arrow:: Fish Nose ( SM e AM ) da Jennerlure ( nacional ), com nado espetacular e ótimo rattlin ( chocalho ), produz ótimo efeito alternativo à Dr Spock ! Na cor verde limão são muito interessantes...

Imagem Postada

arrow:: Spit'Image ( SM ) da Heddon, é uma isca pequena e extremamente poderosa pelo nado que apresenta ao ser rapidamente puxada ! Não são fáceis de serem encontradas, de modo que tendo a oportunidade, fique com - pelo menos - 2 delas...

Imagem Postada

arrow:: Skitter Walk ( SM e AM ) da Rapala são sempre mortais ! Acabamento exemplar ( SEMPRE ), embora precisem de mudança nas garatéias ( para 4x ).

Imagem Postada

arrow:: Trairão ( SM e AM ) da Imakatsu, já foram as iscas "da moda" por algum tempo ! Mortal por conta do barulho que produzem, principalmente na cor osso !

Imagem Postada

arrow:: Iscas de Superfície : ( hélice )

arrow:: Tucuna Bait Turbo ( SM e AM ) da Deconto, possui uma dupla hélice com excelente desempenho ! Já peguei muito com elas... ( qualquer cor ) !

Imagem Postada

arrow:: Rip Roller ( SM e AM ) da High Roller são as mais tradicionais e conhecidas hélices do meio esportivo ! Iscas grandes, para peixes grandes é o lema ( haja braço ) ! A cor disparada é essa da imagem abaixo ( Haloween ) - tenha duas !

Imagem Postada

arrow:: Peacok Bass ( SM e AM ) da Luhr Jensen são as minhas preferidas ! Mais leves, mas nem por isso menos eficientes ! Qualquer cor e já possuem ótimas garatéias !

http://i10.photobucket.com/albums/a140/mpedreira/Iscas/Helice/Luhrjensen-PeacokBass.jpg

arrow:: TucunaRex ( SM e AM ) da Jennerlure, é apresentada como a "nova sensação" pela forma revolucionária de seu corpo ! Fabricada em diversos tamanhos, acredito que até a 140 ( 14 cm ) seja suficiente ! Vale o teste !

http://i10.photobucket.com/albums/a140/mpedreira/Iscas/Helice/TucunaRex160.jpg

arrow:: Dr Hélice ( AM ) e Hélice Jr ( SM ) da KV - fazem parte da "família Dr Spock", só que nesta versão ganharam dupla hélice ! Excelentes e com um preço bastante accessível ! Pelo menos uma de cada na cor que mais lhe apetecer...

http://i10.photobucket.com/albums/a140/mpedreira/Iscas/Helice/thdrhelice41.jpg

arrow:: Iscas de Superfície : ( Popper )

arrow:: Chug Bug ( SM e AM ) da Storm, são iscas absolutamente fantásticas ! A melhor opção é a do tamanho maior, em cores metalizadas ! Pelo menos duas !

http://i10.photobucket.com/albums/a140/mpedreira/Iscas/StormChugBug-Popper-1.jpg

arrow:: PopQueen ( SM e AM ) da Maria, são mortais, principalmente no tamanho de 10,5 cm na cor rosa ( essa da foto ) ! Pelo menos duas ( sem medo de ser feliz ) !

http://i10.photobucket.com/albums/a140/mpedreira/Iscas/Maria-PopQueen-1.jpg

arrow:: Vulcan ( SM e AM ) da Marine Sports ( MS ) tem produzido ótimos resultados ! Surpreendeu-me na última pescaria ! Pelo preço, justifica ter umas duas...

http://i10.photobucket.com/albums/a140/mpedreira/Iscas/maior_2_2004095912vulcan_grande.jpg

arrow:: Iscas de Superfície : ( Stick ) arrow:: Borboleta Stick ( SM ) da Borboleta - apenas para figurar, pois não é "gênero" de 1ª necessidade... Pelo preço, pode colocar na caixa...

http://i10.photobucket.com/albums/a140/mpedreira/Iscas/stickborboleta01.jpg

arrow:: Iscas de Meia água : ( barbela )

arrow:: The First ( SM e AM ) da Maria são as mais "venenosas" ! Difíceis de serem encontradas no mercado ! Se for para SM, usar a versão 11,5 cm e para a AM a de 14 cm ( ambas floating ), Cores claras - já possuem ótimas garatéias !

http://i10.photobucket.com/albums/a140/mpedreira/Iscas/Maria-TheFirst-1-1-1.jpg

arrow:: X-RAP ( SM e AM ) da Rapala, são sempre ótimas opções, desde que com suas garatéias substituídas por versões mais reforçadas ( 3x - SM e 4x - AM ). Da mesma forma, as de 8 cm se adaptam melhor em SM e as de 10 ou 12 cm para a AM ! Cor recomendada é a palhacinho ( clown ) - da imagem... ( pelo menos duas )

http://i10.photobucket.com/albums/a140/mpedreira/Iscas/xr_f_cln-1.jpg

arrow:: Long A ( SM e AM ) da Bomber são iscas mais que tradicionais e eficientemente testadas ao longo do tempo ! As versões menores ( A 14 ) são melhores para SM e as maiores ( A15 e A16 ) para a AM, embora possam ser usadas indistintamente ! Sem indicação de cor ( escolha a que mais lhe agradar, lembrando-se sempre que a transparente de cabeça vermelha é "um must"... )

http://i10.photobucket.com/albums/a140/mpedreira/Iscas/Bomber-A-SaltWater-1-1.jpg

arrow:: Iscas de Profundidade :

arrow:: Jig ( ou peninha ) são absolutamente inesquecíveis para os dias de "intensa preguiça" dos peixes em atacar na superfície ! Preferência pelas de cor branca e vermelhas ! Atenção para a resistências dos anzóis, pois geralmente as "encrencas" que pegam são brutas... ( umas 5 ou 6 pois enroscam muito... )

http://i10.photobucket.com/albums/a140/mpedreira/Iscas/jigB1-15g9cmAnzol8PBrancaVermelha.gif

Posso lhe garantir que ainda tem mais para ser sugerido, MAS com essas na caixa, não há como deixar de ter ataques... ( pelo menos na minha opinião ) !

arrow:: Por uma questão de dupla aptidão, verifique que dei preferência as iscas para ambos os locais que pretende pescar ! Investimentos para "múltiplos usos" !

Tão importante quanto a "posse" dessas "meninas", é colocá-las para trabalhar, mesmo que seja em treinamentos periódicos... ( não se esqueça disso ! )

Sucesso para você !

Qualquer dúvida, entre em contato ! joia:::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Parece que eu conheço esse material...eheheheheh....valeu Kid... o seu tempo gasto foi muito proveitoso para mim e agora será para todos do fórum. Você foi muito atencioso e sempre disposto a ajudar, o que hoje em dia dificilmente se encontra. Mas este fórum está repleto destas pessoas, por isso, que a cada dia gosto mais da pesca esportiva e do FTB.

Abraço Kid,

Mais uma vez obrigado.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Realmente, muito bom só que:

Twich Baits não são e nunca foram iscas de superfície, são de sub-superfície ou seja mais para meia-água! rsrsrsrsrsrrs

Abraço!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

simplesmente demais!!!

estava com muitas dúvidas tbm de qual conjunto de carretinha montar pois só pesco com molinete, e vc me tirou muitas dúvidas,

agora é só comprar meu conjunto e treinar bastante heheheheheh...

um abraço grande KID

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

mestre:: mestre:: mestre:: mestre:: mestre:: mestre::

Meu Mestre... Meu Gurú...

Que aula!!! aplauso::

Mesmo não sendo exatamente um novato, não consegui parar de ler suas orientações até o fim.

PARABÉNS!!!

Abs.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Digno do MESTRE que é!!! Parabéns pela inciativa! aplauso:: aplauso:: aplauso::

Mais um influenciado por seus conselhos = menos um influenciado pelos predadores de plantão! bang:: bang:: bang::

Tens a minha admiração, amigo! :amigo: mestre:: :amigo: mestre:: palmas:: mestre::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

mestre:: Não é à toa que, hoje, quem quizer jantar aqui em casa, terá de ir pro fogão! Simples , claro, cativando a leitura: quase um tratado ! mestre:: doutor::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

×