Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
Amayumi

escolhendo molinetes economicos de boas marcas

Posts Recomendados

Prezados

Na juventude, nunca dei bola pra equipo bom.

Uso o q tem, se nao tem, compra outro igual e vamos q vamos.

Ficando mais velho, notei q meu equipo eh feito de molinetes vagabundos, varas idem e linhas horriveis, q ou estao emperrados ou com olhal quebrado etc.

E com menos tempo, o equipo tem q funfar no pouco tempo q me sobra.

Dai decidi investir num equipo melhor, dentro de minhas pequenas possibilidades, para meu tipo de pesca, especificamente tucunares, bicudas e cachorras na isca artificial. Peixes pequenos, ali pelos seus 2 palmos.

Mas nao sabendo onde comecar, pensei em comprar das marcas conhecidas.

Fui no site da daiwa, abu garcia e shimano e listei os molinetes, pois nao me adaptei as carretilhas, mais baratos, achando os seguintes

Daiwa

Me parece q a linha strikeforce, eh a mais barata

http://www.daiwa.com/reel/detail.aspx?id=682

Abugarcia

Me parece q a linha cardinal s e sx, este ultimo com 5 rolamentos, eh a mais barata

http://www.abugarcia.com/products/reels ... ight%20asc

Shimano

Me parece q a linha ix eh a mais barata

http://fish.shimano.com/publish/content ... nning.html

Pronto, jah sei quais sao os modelos de marca boa mais baratos.

Inicialmente pensei em comprar um de cada pra conhecer a qualidade de cada marca mas me ocorreu q sendo suas linhas economicas, eles podem nao me dizer muita coisa sobre o fabricante, criando uma impressao errada.

Adicionalmente, me ocorreu q a linha economica de um fabricante pode ser muito superior a de outro e comprando um de cada ao inves de 3 iguais eu estaria jogando verba fora.

Dai passei aqui pra perguntar aos amigos.

Sendo eu um pescador de poucos recursos, pescando os peixes acima, na isca artificial, que so usou ate hoje molinetes xingling, qual o melhor

Caminho a seguir para montar 3 conjuntos?

Pego um de cada pra conhecer?

Ou 3 de uma marca so?

Ou essa linha economica desses fabricantes eh tao proxima dos meus xinglings q nao vou sentir diferenca e ainda vou me aborrecer de novo?

Queria trocar meus vagabundos por algo melhor

Mas sem poder gastar muito, estou perdido quanto a que fabricante e modelo economico escolher.

Ah

Vou comprar no ebay.

Penso q deve ser mais barato.

Abs e obrigado pela ajuda.

Desculpem os acentos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Na minha opinião. Você está certíssimo. Nunca adquira equipamentos sem pesquisa. Nunca. Se for para comprar um Molinete apenas para "testes pessoais". Digo: Conhecer o Molinete de modo técnico geral somente.

Na minha opinião é com o Kid M aqui do Fórum. Conhece muito do equipamento Molinete. Entanto, para determinar um Molinete especificamente para determinado peixe, Kid M e outros amigos que também utilizam o Molinete podem lhe ajudar a escolher qual modelo X ou Y dará certo para seu caso.Exemplo: peixe tal, rio tal, lagoa tal, etc...

E não erram na escolha. Pois, utilizam o equipamento especificamente direcionado para a espécie. Podem opinar corretamente. Refiro ao Kid como Doutor em Molinete pela sua predileção e seriedade quanto ao uso somente desse equipamento. E, devido suas relevantes informações sobre. Lembrando, dê prioridade por qualidade. Tem vários equipamentos ótimos com preços relativos. Mesmo sendo marcas famosas possuem equipamentos que podem ser baratos, mas a qualidade da estrutura do equipamento? Pesquisando, pesquisando, com calma a atenção, achará um Molinete de sua preferência e com qualidade. Sempre.

Abraço! joia:::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Na minha opinião. Você está certíssimo. Nunca adquira equipamentos sem pesquisa. Nunca. Se for para comprar um Molinete apenas para "testes pessoais". Digo: Conhecer o Molinete de modo técnico geral somente.

Na minha opinião é com o Kid M aqui do Fórum. Conhece muito do equipamento Molinete. Entanto, para determinar um Molinete especificamente para determinado peixe, Kid M e outros amigos que também utilizam o Molinete podem lhe ajudar a escolher qual modelo X ou Y dará certo para seu caso.Exemplo: peixe tal, rio tal, lagoa tal, etc...

E não erram na escolha. Pois, utilizam o equipamento especificamente direcionado para a espécie. Podem opinar corretamente. Refiro ao Kid como Doutor em Molinete pela sua predileção e seriedade quanto ao uso somente desse equipamento. E, devido suas relevantes informações sobre. Lembrando, dê prioridade por qualidade. Tem vários equipamentos ótimos com preços relativos. Mesmo sendo marcas famosas possuem equipamentos que podem ser baratos, mas a qualidade da estrutura do equipamento? Pesquisando, pesquisando, com calma a atenção, achará um Molinete de sua preferência e com qualidade. Sempre.

Abraço! joia:::

Disse tudo! É preciso saber exatamente o que você quer e isso vai depender do tipo de pesca, local, peixe, linha etc...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Concordo com tudo dito acima, mas destes que vc listou iria ver um Abu SX30 ou no minimo um sx20, tive um dos primeiros cardinais de grafite e durou uns 20 anos até meu irmão perder numa pescaria. Os grafites são mais leves e se você cuidar vai pra vida toda. Os Daiwas são fortes mas as buchas da manivela comem com o tempo e fica uma desgraça. Os Shimano IX nunca usei, mas já pequei na mão e parecem de plastico, mas são de grafite. Tem aquele gatilho que ajuda no lançamento mas acho que é uma coisa a mais pra quebrar.

Eu ficaria com os Abus são mais leves e tem a opçao desde o SX5 até o SX40.

Montaria um conjuntinho com Sx30 ou 40, para peixes maiores, outro com o SX20 e um ultra light SX5 para pinchar com iscas leves, linha multi de 10 ou 15 lbs.

Para as cachorras pescaria com o SX30 ou 40, e bicudas com o SX20.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Falou tudo Brava! ::tudo::

Na minha opinião. Você está certíssimo. Nunca adquira equipamentos sem pesquisa. Nunca. Se for para comprar um Molinete apenas para "testes pessoais". Digo: Conhecer o Molinete de modo técnico geral somente.

Na minha opinião é com o Kid M aqui do Fórum. Conhece muito do equipamento Molinete. Entanto, para determinar um Molinete especificamente para determinado peixe, Kid M e outros amigos que também utilizam o Molinete podem lhe ajudar a escolher qual modelo X ou Y dará certo para seu caso.Exemplo: peixe tal, rio tal, lagoa tal, etc...

E não erram na escolha. Pois, utilizam o equipamento especificamente direcionado para a espécie. Podem opinar corretamente. Refiro ao Kid como Doutor em Molinete pela sua predileção e seriedade quanto ao uso somente desse equipamento. E, devido suas relevantes informações sobre. Lembrando, dê prioridade por qualidade. Tem vários equipamentos ótimos com preços relativos. Mesmo sendo marcas famosas possuem equipamentos que podem ser baratos, mas a qualidade da estrutura do equipamento? Pesquisando, pesquisando, com calma a atenção, achará um Molinete de sua preferência e com qualidade. Sempre.

Abraço! joia:::

Disse tudo! É preciso saber exatamente o que você quer e isso vai depender do tipo de pesca, local, peixe, linha etc...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu não disse?Logo apareceria um amigo para dar a opinião.Os citados por ele e que você também os citou creio em ser esses aqui:

SX 30: http://www.amazon.com/Abu-Garcia-Cardin ... dinal+Sx30

SX 5: http://www.amazon.com/Abu-Garcia-Cardin ... B00AU5Y5VA

SX 20: http://www.amazon.com/Abu-Garcia-Cardin ... dinal+Sx20

SX 40: http://www.amazon.com/Abu-Garcia-Cardin ... dinal+Sx40

Tem esse também.Ótimo e indicado outrora pelo Kid para mim:

Pflueger President 6930

http://www.basspro.com/Pflueger-Preside ... /10213341/

Agora vai melhorando para você.Cabe sua escolha após pesquisa e avaliação não somente do modelo.Mas,de "toda a estrutura e disposição para a aplicação pessoal" de cada equipamento.Seja qual for a marca e modelo escolhido:

A "prévia da utilização" é necessária. É pessoal a escolha mas DEVE ter pesquisa sempre.

Concordo com tudo dito acima, mas destes que vc listou iria ver um Abu SX30 ou no minimo um sx20, tive um dos primeiros cardinais de grafite e durou uns 20 anos até meu irmão perder numa pescaria. Os grafites são mais leves e se você cuidar vai pra vida toda. Os Daiwas são fortes mas as buchas da manivela comem com o tempo e fica uma desgraça. Os Shimano IX nunca usei, mas já pequei na mão e parecem de plastico, mas são de grafite. Tem aquele gatilho que ajuda no lançamento mas acho que é uma coisa a mais pra quebrar. Eu ficaria com os Abu são mais leves e tem a opçao desde o SX5 até o SX40. Eu montaria um conjuntinho com Sx30 ou 40, para peixes maior, um de SX20 e um ultra light SX5 para pinchar com iscas leves, linha multi de 10 ou 15 lbs. Para as cachorras pescaria com o SX30 ou 40, e bicudas com o SX20.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Prezados,

Ainda que "corado" vergonha:: pelas afirmações que me foram atribuídas, é preciso que se restabeleça a realidade dos fatos.

arrow:: Pela idade e experiência de tantos anos, agregando a predileção pelo uso de molinetes, dou meus pitacos sobre o tema sem que estes possam servir de referência, mas apenas como uma alternativa a ser avaliada...

arrow:: Importante sim, é ter clareza naquilo que se busca, seja de forma específica (e aí então focar nos principais itens que são fundamentais) seja de forma genérica (se tornando mais flexível quanto as exigências). Claro que o "ideal" é combinar os dois fatores, mas isso quase nunca é possível...

Apenas para esclarecer melhor o que digo, pensem em um molinete para uso em água salgada. Quais os principais pontos a serem observados além de resistência à corrosão marinha ? Que tal capacidade de linha ? E o que dizer da manivela de recolhimento (tem que ser confortável) ? Se lembraram da quantidade de rolamentos & engrenagens necessárias - talvez nem tantas assim... ! E o que dizer do "drag" (freio) para suportar a força dos brutos ? Só como exemplo...

arrow:: Temos trazido a tona o conceito de qualidade como algo inerente e presente ao que se pretende adquirir, e certamente é um dos pontos importantes nas escolhas, mas não necessariamente o essencial ! Qualidade é um conceito presente em qualquer apresentação que se faça de um produto, e mais que isso, é quase que uma "peça" como qualquer outro componente do conjunto. A questão mesmo é saber QUANTO se está disposto a investir nessa chamada qualidade... (claro que isso tem preço e varia de acordo com sua especificação).

arrow:: Tenho apreciado muitos tópicos de pescadores que se esmeram nas "novidades" oferecidas pelo mercado (cada vez mais competitivo e seletivo), principalmente pelo "terreno perdido" para as carretilhas ! Nem entro no mérito de ser "melhor ou pior", pois acredito que isso seja apenas uma questão de preferência pessoal, exatamente como o que escolher ao se pretender adquirir um equipamento. Muitas são as vezes que os "benefícios" que vêm incorporados nos novos modelos não são necessariamente importantes para o que desejamos, embora seja coerente afirmar que eles "não atrapalham" e "causam um conforto adicional" ao serem utilizados... Mas tudo isso está incorporado no preço de venda... ("não tem almoço grátis...").

arrow:: Voltando ao que interessa, a pergunta básica sempre será : "O que se está pretendendo do equipamento" ? Que ele seja específico para determinada pescaria, ou genérico para ser usado para praticamente tudo ?? Capacidade do carretel e peso do molinete é um dos indicadores, mas não os mais importantes. Como adendo, certa feita na Amazônia, encontrei um pescador que trabalhava com um molinete Shimano ("peba") 1500 num conjunto de vara Fenwick 8-20, linha multi de 50 lb para pescar açus (e os embarcava com enorme dose de esportividade - mas esse era o seu foco de pescaria). Quantos de nós se arriscaria a fazer algo parecido ? Pois é isso que estou me referindo...

arrow:: Investir muita grana em artigos "consagrados" é uma opção, mas que seja com foco em algo proporcional ao que se pretende desse investimento ! Quem pesca a cada 5 anos, certamente não deve desejar esse tipo de gasto... (suponho). Nada contra equipamentos "de qualidade", pelo contrário, mas sugiro que esse processo de melhoria aconteça de maneira progressiva, até para ficar mais evidenciado (ao pescador) o que de fato buscar nesses investimentos ? Hoje já existem ótimos molinetes com preços bem mais em conta para esse procedimento. Contenham a ansiedade, pois termina sendo mais interessante e certamente gera um melhor "benefício x custo"...

arrow:: Muita "conversa mole", para a objetividade esperada ! Mas é assim mesmo, já que a "compulsão" (quem de nós não é compulsivo quando se trata de "tralha de pesca" ?) está sempre presente e tende a diminuir a "ansiedade" pela proximidade da próxima pescaria...

arrow:: Recomendo apenas que busquem SEMPRE a adaptação a conjuntos leves (em termos de peso) e esportivos (em termos de balanceamento). Isso irá gerar (sempre) o hábito de buscar uma melhor eficiência e técnica na sua pescaria, e principalmente naquilo que nos atrai na pesca esportiva com iscas artificiais, que é precisão, domínio e conhecimento técnico do comportamento e escolha dos padrões a serem usados em determinados locais de pesca.

arrow:: Para os que possam pensar (ou desejam se enganar) que estão investindo em algo "para sempre", isso é algo que não combina com a realidade. Estaremos sempre em busca de aperfeiçoamento e melhorias contínuas de nossas performances, e isso necessariamente passa pelo desejo crescente de "novos investimentos", melhor qualificados para o que deles esperamos...

arrow:: Por fim, é preciso ter presente que a expectativa (e "necessidade") daqueles que pescam continuamente (tô falando dos fominhas de plantão...) é bem diferente dos que o fazem ocasionalmente. Isso se reflete no desfrute e no investimento realizado no seu conjunto.

Pensem nisso... principalmente ANTES de fazerem as escolhas, sabendo que elas são (e serão sempre) temporárias...

Sucesso a todos nas opções escolhidas ! ::fishing

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Prezados,

Ainda que "corado" vergonha:: pelas afirmações que me foram atribuídas, é preciso que se restabeleça a realidade dos fatos.

arrow:: Pela idade e experiência de tantos anos, agregando a predileção pelo uso de molinetes, dou meus pitacos sobre o tema sem que estes possam servir de referência, mas apenas como uma alternativa a ser avaliada...

arrow:: Importante sim, é ter clareza naquilo que se busca, seja de forma específica (e aí então focar nos principais itens que são fundamentais) seja de forma genérica (se tornando mais flexível quanto as exigências). Claro que o "ideal" é combinar os dois fatores, mas isso quase nunca é possível...

Apenas para esclarecer melhor o que digo, pensem em um molinete para uso em água salgada. Quais os principais pontos a serem observados além de resistência à corrosão marinha ? Que tal capacidade de linha ? E o que dizer da manivela de recolhimento (tem que ser confortável) ? Se lembraram da quantidade de rolamentos & engrenagens necessárias - talvez nem tantas assim... ! E o que dizer do "drag" (freio) para suportar a força dos brutos ? Só como exemplo...

arrow:: Temos trazido a tona o conceito de qualidade como algo inerente e presente ao que se pretende adquirir, e certamente é um dos pontos importantes nas escolhas, mas não necessariamente o essencial ! Qualidade é um conceito presente em qualquer apresentação que se faça de um produto, e mais que isso, é quase que uma "peça" como qualquer outro componente do conjunto. A questão mesmo é saber QUANTO se está disposto a investir nessa chamada qualidade... (claro que isso tem preço e varia de acordo com sua especificação).

arrow:: Tenho apreciado muitos tópicos de pescadores que se esmeram nas "novidades" oferecidas pelo mercado (cada vez mais competitivo e seletivo), principalmente pelo "terreno perdido" para as carretilhas ! Nem entro no mérito de ser "melhor ou pior", pois acredito que isso seja apenas uma questão de preferência pessoal, exatamente como o que escolher ao se pretender adquirir um equipamento. Muitas são as vezes que os "benefícios" que vêm incorporados nos novos modelos não são necessariamente importantes para o que desejamos, embora seja coerente afirmar que eles "não atrapalham" e "causam um conforto adicional" ao serem utilizados... Mas tudo isso está incorporado no preço de venda... ("não tem almoço grátis...").

arrow:: Voltando ao que interessa, a pergunta básica sempre será : "O que se está pretendendo do equipamento" ? Que ele seja específico para determinada pescaria, ou genérico para ser usado para praticamente tudo ?? Capacidade do carretel e peso do molinete é um dos indicadores, mas não os mais importantes. Como adendo, certa feita na Amazônia, encontrei um pescador que trabalhava com um molinete Shimano ("peba") 1500 num conjunto de vara Fenwick 8-20, linha multi de 50 lb para pescar açus (e os embarcava com enorme dose de esportividade - mas esse era o seu foco de pescaria). Quantos de nós se arriscaria a fazer algo parecido ? Pois é isso que estou me referindo...

arrow:: Investir muita grana em artigos "consagrados" é uma opção, mas que seja com foco em algo proporcional ao que se pretende desse investimento ! Quem pesca a cada 5 anos, certamente não deve desejar esse tipo de gasto... (suponho). Nada contra equipamentos "de qualidade", pelo contrário, mas sugiro que esse processo de melhoria aconteça de maneira progressiva, até para ficar mais evidenciado (ao pescador) o que de fato buscar nesses investimentos ? Hoje já existem ótimos molinetes com preços bem mais em conta para esse procedimento. Contenham a ansiedade, pois termina sendo mais interessante e certamente gera um melhor "benefício x custo"...

arrow:: Muita "conversa mole", para a objetividade esperada ! Mas é assim mesmo, já que a "compulsão" (quem de nós não é compulsivo quando se trata de "tralha de pesca" ?) está sempre presente e tende a diminuir a "ansiedade" pela proximidade da próxima pescaria...

arrow:: Recomendo apenas que busquem SEMPRE a adaptação a conjuntos leves (em termos de peso) e esportivos (em termos de balanceamento). Isso irá gerar (sempre) o hábito de buscar uma melhor eficiência e técnica na sua pescaria, e principalmente naquilo que nos atrai na pesca esportiva com iscas artificiais, que é precisão, domínio e conhecimento técnico do comportamento e escolha dos padrões a serem usados em determinados locais de pesca.

arrow:: Para os que possam pensar (ou desejam se enganar) que estão investindo em algo "para sempre", isso é algo que não combina com a realidade. Estaremos sempre em busca de aperfeiçoamento e melhorias contínuas de nossas performances, e isso necessariamente passa pelo desejo crescente de "novos investimentos", melhor qualificados para o que deles esperamos...

arrow:: Por fim, é preciso ter presente que a expectativa (e "necessidade") daqueles que pescam continuamente (tô falando dos fominhas de plantão...) é bem diferente dos que o fazem ocasionalmente. Isso se reflete no desfrute e no investimento realizado no seu conjunto.

Pensem nisso... principalmente ANTES de fazerem as escolhas, sabendo que elas são (e serão sempre) temporárias...

Sucesso a todos nas opções escolhidas ! ::fishing

mestre:: mestre:: mestre:: mestre:: mestre:: mestre:: mestre:: mestre:: mestre:: mestre:: mestre:: mestre::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Prezados,

Ainda que "corado" vergonha:: pelas afirmações que me foram atribuídas, é preciso que se restabeleça a realidade dos fatos.

arrow:: Pela idade e experiência de tantos anos, agregando a predileção pelo uso de molinetes, dou meus pitacos sobre o tema sem que estes possam servir de referência, mas apenas como uma alternativa a ser avaliada...

arrow:: Importante sim, é ter clareza naquilo que se busca, seja de forma específica (e aí então focar nos principais itens que são fundamentais) seja de forma genérica (se tornando mais flexível quanto as exigências). Claro que o "ideal" é combinar os dois fatores, mas isso quase nunca é possível...

Apenas para esclarecer melhor o que digo, pensem em um molinete para uso em água salgada. Quais os principais pontos a serem observados além de resistência à corrosão marinha ? Que tal capacidade de linha ? E o que dizer da manivela de recolhimento (tem que ser confortável) ? Se lembraram da quantidade de rolamentos & engrenagens necessárias - talvez nem tantas assim... ! E o que dizer do "drag" (freio) para suportar a força dos brutos ? Só como exemplo...

arrow:: Temos trazido a tona o conceito de qualidade como algo inerente e presente ao que se pretende adquirir, e certamente é um dos pontos importantes nas escolhas, mas não necessariamente o essencial ! Qualidade é um conceito presente em qualquer apresentação que se faça de um produto, e mais que isso, é quase que uma "peça" como qualquer outro componente do conjunto. A questão mesmo é saber QUANTO se está disposto a investir nessa chamada qualidade... (claro que isso tem preço e varia de acordo com sua especificação).

arrow:: Tenho apreciado muitos tópicos de pescadores que se esmeram nas "novidades" oferecidas pelo mercado (cada vez mais competitivo e seletivo), principalmente pelo "terreno perdido" para as carretilhas ! Nem entro no mérito de ser "melhor ou pior", pois acredito que isso seja apenas uma questão de preferência pessoal, exatamente como o que escolher ao se pretender adquirir um equipamento. Muitas são as vezes que os "benefícios" que vêm incorporados nos novos modelos não são necessariamente importantes para o que desejamos, embora seja coerente afirmar que eles "não atrapalham" e "causam um conforto adicional" ao serem utilizados... Mas tudo isso está incorporado no preço de venda... ("não tem almoço grátis...").

arrow:: Voltando ao que interessa, a pergunta básica sempre será : "O que se está pretendendo do equipamento" ? Que ele seja específico para determinada pescaria, ou genérico para ser usado para praticamente tudo ?? Capacidade do carretel e peso do molinete é um dos indicadores, mas não os mais importantes. Como adendo, certa feita na Amazônia, encontrei um pescador que trabalhava com um molinete Shimano ("peba") 1500 num conjunto de vara Fenwick 8-20, linha multi de 50 lb para pescar açus (e os embarcava com enorme dose de esportividade - mas esse era o seu foco de pescaria). Quantos de nós se arriscaria a fazer algo parecido ? Pois é isso que estou me referindo...

arrow:: Investir muita grana em artigos "consagrados" é uma opção, mas que seja com foco em algo proporcional ao que se pretende desse investimento ! Quem pesca a cada 5 anos, certamente não deve desejar esse tipo de gasto... (suponho). Nada contra equipamentos "de qualidade", pelo contrário, mas sugiro que esse processo de melhoria aconteça de maneira progressiva, até para ficar mais evidenciado (ao pescador) o que de fato buscar nesses investimentos ? Hoje já existem ótimos molinetes com preços bem mais em conta para esse procedimento. Contenham a ansiedade, pois termina sendo mais interessante e certamente gera um melhor "benefício x custo"...

arrow:: Muita "conversa mole", para a objetividade esperada ! Mas é assim mesmo, já que a "compulsão" (quem de nós não é compulsivo quando se trata de "tralha de pesca" ?) está sempre presente e tende a diminuir a "ansiedade" pela proximidade da próxima pescaria...

arrow:: Recomendo apenas que busquem SEMPRE a adaptação a conjuntos leves (em termos de peso) e esportivos (em termos de balanceamento). Isso irá gerar (sempre) o hábito de buscar uma melhor eficiência e técnica na sua pescaria, e principalmente naquilo que nos atrai na pesca esportiva com iscas artificiais, que é precisão, domínio e conhecimento técnico do comportamento e escolha dos padrões a serem usados em determinados locais de pesca.

arrow:: Para os que possam pensar (ou desejam se enganar) que estão investindo em algo "para sempre", isso é algo que não combina com a realidade. Estaremos sempre em busca de aperfeiçoamento e melhorias contínuas de nossas performances, e isso necessariamente passa pelo desejo crescente de "novos investimentos", melhor qualificados para o que deles esperamos...

arrow:: Por fim, é preciso ter presente que a expectativa (e "necessidade") daqueles que pescam continuamente (tô falando dos fominhas de plantão...) é bem diferente dos que o fazem ocasionalmente. Isso se reflete no desfrute e no investimento realizado no seu conjunto.

Pensem nisso... principalmente ANTES de fazerem as escolhas, sabendo que elas são (e serão sempre) temporárias...

Sucesso a todos nas opções escolhidas ! ::fishing

Sem tirar nem por, adorei, concordo. Parabéns mestre.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
Entre para seguir isso  

×