Ir para conteúdo
joaonun

Dúvidas sobre Sonar

Posts Recomendados

E aí pessoal.

Seguinte. Possuo um Sonar EAGLE CUDA 168. Aparentemente eu estou usando bem. Só que sempre tive uma dúvida e nunca consegui resolvê-la. Consigo ver informações como profundidade, temperatura da água e o mais importante: os peixes.

Só que não sei a que distância a frente do transducer se encontram os peixes. Já li o manual algumas vezes só que não acho nada sobre isso. Alguém poderia me ajudar?

O transducer está instalado conforme a figura abaixo:

Imagem Postada

Muito obrigado!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá João,

Seja Bem vindo!!

Seguinte, já tive um sonar desse e não tem mistério... se vc instalou da forma que está na imagem... ele está direitinho... ele tem no máximo 60° (dependendo dos ajustes) de angulação a partir do transducer, ou seja, 60° a partir do ponto do transduce ele está mapeando...

Agora, só fique atento que o barco em movimento, nem sempre o que ele mostra é peixe.. como o sonar é baseado em enviar um sinal de sonda e verificar onde termina...as vezes a gente passa em uma galhada submersa e ele acusa uma porrada de peixe.... e as vezes não é... mas no geral é muito bom...

Abração!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não é na frente do transducer e sim embaixo. Uma ecosonda só tem a capacidade de mostrar os peixes que estão no fundo do barco ou um pouco em volta dele.

Para mostrar peixes à frente do barco só um sonar profissional.

Funcionamento da ecosonda:

Basicamente ela emite um sinal que se propaga até o fundo. Quando esse sinal toca em algum peixe ou no proprio fundo ele é refletido e analisado pela ecosonda que só o resultado como imagem na tela.

Assim, esse sinal pode "demorar" um pouco para retornar a sonda. O que chamamos de delay. Quanto mais fundo mais demorar para retornar, quanto mais rápido tiver a embarcação mais atraso vc tem no sinal(ou seja, o que é mostrado na tela já ficou pra trás há muito tempo).

Na prática: A profunidade pouco importa para que pesca em profunidades inferiores a 100 mts.

A velocidade da embarcação, essa sim importa muito. O ideal é que vc navegue bem devagar para que o que vc esteja vendo na tela seja exatamente o que está ebaixo de vc.

A profunidade em que o peixe está é facil de ver. Quanto mais alto ele aparecer na tela mais proximo ele estará da superficie.

Agora uma dica:

Todo mundo adora o "Fish Id". Fish id é a analise do sinal feita pela sonda que resulta naqueles simbolos de peixe na tela. É muito legal ver "peixinhos" na tela, dá ânimo a pescaria. Mas essa análise nem sempre é perfeita.

A sonda as vezes pega um sinal fraco como o de uma alga em suspensão e interpreta como peixe. Por isso que muitos pescadores desvalorizam algumas sondas e ficam achando que ela está "mentindo".

O ideal (mesmo que não seja bonito esteticamente) é vc desativar o fish id e observar os arcos formados. Um arco bem feito, grande, é certeza que seja um peixe.

Para vc ter uma idéia do poder de uma sonda: Eu uso uma Raymarine ds600x colorida.

Eu consigo ver nela o trabalho no fundo de meu jumping jig. Consigo saber se um pescador fisgou mais de um peixe na mesma pargueira antes mesmo de chegar na superficie.

Para uma maior entendimento recomendo a leitura do tópico postado no Forum Pescaki:

http://www.pescaki.com/index.php?showtopic=129

Lá vc pode pesquisar melhor sobre isso também! Tem muita informação!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Muito obrigado pessoal agora sim não tenho mais dúvidas quanto a utilização do sonar. Esse fim de semana estou indo pra serra da mesa e espero colocar em prática o que aprendi aqui.

Em resumo, eu pensava que o sonar trabalhava assim:

Imagem Postada

Quando na verdade ele trabalha assim:

Imagem Postada

E tomara que eu tenha este resultado: viola:: viola:: babei:: smile:: gorfei::

Imagem Postada

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Muito bom Beto....bem q vc poderia criar um tópico único com o mesmo texto q vc citou acima, né?!?!? hehee...assim wink

Fabrício, eu até poderia escrever um texto para um tópico fixo, mais eu lembrei que já existe um material publicado na net que é de exelentíssima qualidade.

Muito completo mesmo. Só lembrei desse artigo agora...

Acho que se a gente entrasse em contato por email com o autor, poderíamos publicar esse material aqui no site como um tópico fixo.

O Artigo é : " A escolha de uma Sonda " por Jaime Sacadura (http://www.bass-brothers-team.com)

O Link pro artigo é:

http://www.bass-brothers-team.com/forma ... _sonda.htm

Todos que estão começando a usar uma sonda ou até alguns mais entendidos devem ler esse artigo.

Grande abraço

Beto

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Beto Andrade

Sempre tive essas duvidas, e vc me esclareceu! mestre:: mestre:: mestre::

Blz amigão, ficou mais claro agora o uso do sonar!

Fico feliz em saber que pude ajudar de alguma forma! smile::

Aproveita amigão e dá uma olhada nesse artigo:

http://www.bass-brothers-team.com/forma ... _sonda.htm

Abraços

Beto

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Beto, excelente texto.

Sou totalmente leigo nisto e por isso tenho uma dúvida básica... smile::

As sondas devem ser ligadas na bateria do barco ou existe alguma que possa ser operada por pilhas, baterias pequenas, etc.?

Abraços.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Beto, excelente texto.

Sou totalmente leigo nisto e por isso tenho uma dúvida básica... smile::

As sondas devem ser ligadas na bateria do barco ou existe alguma que possa ser operada por pilhas, baterias pequenas, etc.?

Abraços.

A alimentação das Ecosondas são 12v.

Vc pode ligar na bateria de ignição do barco, na bateria do motor elétrico ou fazer o que eu fiz abaixo :

Liguei em uma bateria de moto!

"Oi gente, eu tenho um barco de 5 mts. Um Pety 500 que utilizo no mangue e no mar. Como no mar a aproximação da terra é complicada, com muitas ondas, eu não posso deixar o sensor do sonar preso ao barco pois corre o risco dele tomar um tombo e quebrar.

Por isso eu fiz um sistema com uma garra conhecida como "sargento" ou "grampo motomil" na qual sai um bastão parecido com uma régua de 41 cm e com o sensor na ponta. Assim eu posso colocar e tirar o sensor rapidamente.

Essa garra vc encontra em lojas de materiais de construção ou ferragens, ela é muito usada para colar tábuas, para presionar uma superfície na outra...

Fiz um esquema no Paitbrush, desculpa a falta de qualidade...rsrsrsr

Imagem Postada

Imagem Postada

Olha o meu sonar "portátil" aqui:

Imagem Postada

Usei uma caixa plástica que serve de painel para o suporte do sonar e que serve também para eu transportar o sonar, a bateria de moto 12V que o alimenta e o bastão de aluminio com o sensor na ponta que eu prendo com um adaptador na popa do barco.

Para fazer esse "painel", eu parafusei o suporte do sonar na caixa. O sonar esta sempre seguro dentro da caixa, quando eu quero usar é só tirar e encaixar no suporte."

* Texto retirado duma postagem minha no tópico:

http://www.turmadobigua.com.br/forum/vi ... ?f=3&t=278

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Beto

Eu uso um suporte para radar que comprei aqui em São Paulo na loja Toca do Tubarão

Tem um suporte para o transducer e um suporte para o visor.

O suporte para o visor dá para prender na beira do barco ou na bolsa porta trecos e ele gira para os lados. O suporte do transducer voce pode prender em qualquer lugar, mas normalmente eu uso na popa, e ele sobe e desce de acordo com a altura do casco(deve ter um curso de mais ou menos 50 cm).

O tel desta casa de pesca é 11 5666 1532 procurar o Dico. O preço dos dois suportes deve estar na faixa de R$180,00.

Abraço

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Gostaria de voltar ao assunto depois de algum tempo pois tenho uma pergunta do tipo "ridícula e básica" mas tenho que fazer. Alguém já levou bateria de moto na bagagem no avião? Isto não faz parte de algum item proibido de transporte?

Abraços.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Gostaria de voltar ao assunto depois de algum tempo pois tenho uma pergunta do tipo "ridícula e básica" mas tenho que fazer. Alguém já levou bateria de moto na bagagem no avião? Isto não faz parte de algum item proibido de transporte?

Abraços.

Se faz parte de alguma proibição eu não sei, mas acho difícil deixarem vc embarcar com uma bateria na mala...Talvez se ela estiver lacrada, e tals, passe batido, mas ela não deixa de ser um risco pra quem está dentro do avião, tipo soltar uma faísca, liberar gases tóxicos, ou coisa parecida... wink

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sonar é Diferente de Fish Finder.

Tudo que é vendido como eco-sonda, sonar e etc - não vai identificar PEIXE e sim qualquer obstáculo que o SOM encontre e retorne para o transducer. Nenhum modelo tem REGULAGEM para identificar que TIPO de corpo vai encontrar no fundo, assim quaquer FOLHA, PAU ou até mesmo POEIRA em suspenção, vai acusar "peixe".

20 graus é o máximo que alcança. A verdade é que estes aparelhos são medidores de profundidade.

Fish Finder é profissional. tem modelos que identificam até o volume do cardume. o mais barato gira em torno de USD$2.000.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sonar é Diferente de Fish Finder.

Tudo que é vendido como eco-sonda, sonar e etc - não vai identificar PEIXE e sim qualquer obstáculo que o SOM encontre e retorne para o transducer. Nenhum modelo tem REGULAGEM para identificar que TIPO de corpo vai encontrar no fundo, assim quaquer FOLHA, PAU ou até mesmo POEIRA em suspenção, vai acusar "peixe".

20 graus é o máximo que alcança. A verdade é que estes aparelhos são medidores de profundidade.

Fish Finder é profissional. tem modelos que identificam até o volume do cardume. o mais barato gira em torno de USD$2.000.

Ops!!! Nô, nô,nô...

Não é bem assim...

As ecosondas identificam o peixe através da diferença de densidade entre a carne+escamas e a bexiga natatória. Essa história é justamente pq o "fish id" não é tão preciso... Mas se vc pegar uma sonda relativamente simples tipo Piranhamax ou Eagle Cuda 168 e desativar o fish id e aprender usa-la no manual vc vai identificar peixes com boa precisão sim.

Ninguem de forma alguma vai atrapalhar peixe com folha!!!

Mas como vc mesmo disse, com sondas boas esse trabalho é facilitado.

Nós estamos usando aqui essa ak:

Imagem Postada

οÁоÒ&idparc=&hj=34545354353&lf=doo234&l=&e=12312&ger=354&set=1&org=rtf4&id=1869

Com ela é possível ver quando vem preso à sua linha ( a 30 mts de profunidade ) uma quatinga ( peixinho pouco maior que o lambari ).

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O trem é meio complicado. Instalei um Piranha Max 210 no meu barco mas tá difídil me entender com o bicho. Acabo usando só como identificador de profundidade.

Aproveito para perguntar se em casco de alumínio tambem se pode colocar o transducer por dentro do casco ou é só na fibra?

Abração

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

bom dia caros amigos .

Comprei esta semana um Sonar Humminbird Piranha 210X e eu mesmo vou instalá -lo .

Peço uma dica , fotos e explicações dos amigos de como instalar .

O que mais tenho duvida é onde e como colocar a sonda .

Algumas duvidas também me deixam confuso , a sonda fica submersa todo tempo , ou ela tem que ficar fora d'agua ? Qual a posição que devo colocar a sonda .

Conto com o apoio dos amigos .

Grande abraço a todos .

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora

×