Ir para conteúdo

O FTB foi atualizado e otimizado.

Antes, para visualizar todas as nossas salas, era preciso descer a barra de rolagem por muito tempo. Isto dificultava a nossa vida, principalmente a dos novos usuários, que não encontravam as salas/assuntos de interesse.

Agora as salas foram transformadas em "sub salas" e incluídas em grandes fóruns.

Esperamos que tenham gostado. :amigo:

Entre para seguir isso  
Fernando_Oliveira

ECOLODGE DA BARRA - AGO/2016

Posts Recomendados

Blog02.jpg

Desde o primeiro semestre de 2015 já havíamos definido nosso destino para meados de 2016, seria o famoso Ecolodge da Barra, uma espécie de pousada de luxo para pesca, construída em cima de um flutuante e estacionado nas confluências dos Rios Teles Pires (ou Rio São Manoel) com o Rio Juruena, formando o Rio Tapajós.

Nosso grupo era composto por 10 pescadores: Humberto, Osmar, Germano, Zacarias, Rogério, Luís Mário, Luiz Cláudio, João Manoel, João Pedro e Fernando. Partimos de Curitiba no dia 19/08/16 com destino a Manaus, onde ficamos hospedados no Hotel Mercure, reservado pelo próprio lodge. Fizemos nosso tradicional almoço de costelas de tambaqui no restaurante Canto da Peixada e à noite fomos ao Shopping Manauara (duas quadras do hotel) para a compra de iscas, remédios, repelente,..., além de um aperitivo na Cachaçaria da Dedé.

Blog01.jpg

No dia seguinte fizemos o checkout às 07h00 e seguimos para o Aeroporto de Flores para pegar nossos aviões para Barra de São Manoel. Ao nosso grupo juntaram-se mais dois grupos, um de Fortaleza e outro de Londrina, e um total de 23 pescadores foram divididos em 3 aviões da CTA Táxi Aéreo, sendo dois Gran Caravan e um Bimotor Piper Seneca.  O nosso voo durou cerca de 1h45 de muita tranquilidade e expectativa com a nossa casa pelos próximos 7 dias.

Aproveitamos esta viagem para inaugurar nossas novas camisas, feitas em parceria com a Faca na Rede e com 100% de aprovação.

pescadores simulado.jpg

 

Estrutura do Ecolodge.

Descemos na vila de Barra de São Manoel e em menos de meia hora já estávamos no Ecolodge da Barra. A estrutura é das melhores do Brasil em termos de pesca amazônica. São 14 suítes amplas com varanda, ar condicionado tipo split, frigobar e um eficiente serviço de lavanderia 24 horas. A área de convivência compreende um grande salão onde estão a TV via satélite, o bar e onde são realizadas as refeições. O segundo salão é de trabalho, pois é onde armazenamos as varas de pesca e carretilhas/molinetes de forma muito organizada e onde também ocorre a reunião matinal para determinar o destino de cada barco. Esta prática evita grande pressão de pesca em poucos lugares e garante maior segurança aos pescadores. Todos estes detalhes são afixados em um quadro para que todos saibam onde irão pescar e onde seus amigos estarão pescando. Nota: algumas das bebidas que podem aparecer nas fotos foram enviadas antecipadamente por nós, mas o Lodge fornece vinhos e destilados de boa qualidade sem custo adicional.

Blog03.jpg

Blog04.jpg

Blog05.jpg

Blog06.jpg

Blog07.jpg

Para nosso grupo foram destacados 5 piloteiros, a saber: Rogério, Dedê, Rosi, João e Pelado. Parte dos piloteiros são registrados pela pousada e tem trabalho garantido o ano inteiro, parte é contratada na base de diárias, dependendo de boas ocupações na pousada para garantia do trabalho. Conversando com moradores da Barra de São Manoel e com alguns índios Munducurus é fácil perceber a importância deste tipo de empreendimento para a economia sustentável da região.

A comida no lodge é boa, mas falta um pouco de sofisticação (especialmente nos jantares) para a qualidade pretendida pelo projeto. Os almoços são, via de regra, feitos na margem do rio e na beira dos lagos, sendo composto por arroz branco, farofa com bacon, vinagrete e peixe fresco assado (perfeito!). Os piloteiros também levam redes com mosquiteiro para garantir uma soneca com qualidade para nós "turistas".

Blog08.jpg

Blog09.jpg

A pesca.

A seca foi especialmente forte este ano, talvez a pior dos últimos 20 anos, trazendo maior dificuldade e desafio para a nossa pescaria e alterando o comportamento dos peixes, cabendo a nós identificar os novos padrões. Para piorar, no final do primeiro dia caiu uma verdadeira tempestade amazônica e as temperaturas alcançaram inacreditáveis 15 graus na manhã do segundo dia, recuperando-se ao longo da semana. Este tipo de infortúnio climático é cada vez mais comum e me pergunto até quando ainda poderemos nos dedicar ao nosso esporte preferido.

Os barcos são todos de alumínio com motores de 40 Hps e também equipados com motores elétricos. A pesca ocorre num raio de 60 kilometros do lodge nos leitos e lagoas dos rios Juruena, Bararati, Tapajós e Teles Pires. Nós não fomos pescar no Rio Teles Pires, pois parece haver uma falta de acordo com uma tribo local, mas que estaria em vias de solução.

Não percebemos a presença de pernilongos ou butucas, mas os piuns foram nossos companheiros de pesca todos os dias. A "vantagem" do pium é que é só não deixar partes do corpo expostas que eles não te morderão por cima da roupa, como ocorre com seus primos pernilongos do Pantanal.

Algumas lagoas são numeradas e um barco de apoio a remo já está posicionado nelas, bastando uma pequena caminhada na mata para iniciar os trabalhos. Pela nossa experiência nesta semana, não valia a pena chegar muito cedo nas lagoas, pois os Tucunarés só se mostravam ativos com o sol mais quente. Por causa da seca, para alcançar a trilha de alguns lagos era necessário posicionar escadas ou fazer pequenas escaladas de até 6 metros de altura no barranco do rio.  A movimentação em áreas de pouca água era feita na base do braço.

Blog10.jpg

Blog11.jpg

A técnica de pesca e o tipo de equipamento utilizado variou bastante, em função do tipo de peixe que se buscava e da experiência e preferência de cada pescador. Em geral, cada pescador portava 3 conjuntos: um com vara de 20-25 libras e 5.6" com carretilha rápida para tucunarés, um com varas de 30-45 libras e carretilha ou molinete compatível para força e boa quantidade de linha para Capararis e um terceiro mais robusto com 60-100 libras e carretilhas pesadas para as Pirararas.

Os Tucunarés, Capararis e Pirararas eram nossos objetivos principais de pesca, mas a região possui uma grande variedade de peixes, tendo sido capturados mais de 20 espécies diferentes (bicudas, cachorras, cacharas, traíras, jaús, corvinas, barbados, jundiás, jacundás, arraias,...) nesta região de fauna fluvial tão rica e diversificada. Os piloteiros fazem um relatório diário de capturas, sendo totalizado ao final da semana e entregue a cada pescador.

Blog12.jpg

IMG-20160814-WA0017.jpg

IMG-20160822-WA0021.jpg

IMG-20160825-WA0052.jpg

IMG-20160826-WA0002.jpg

 

IMG-20160822-WA0020.jpg

Blog13.jpg

IMG-20160823-WA0014.jpg

IMG-20160821-WA0003.jpg

IMG-20160821-WA0001.jpg

IMG-20160823-WA0007.jpg

Blog14.jpg

IMG-20160821-WA0002.jpg

Para a pesca dos tucunarés (foram capturados exemplares de até 5 Kg) eram escolhidos os horários de sol mais quente (10h00 - 16h00) e utilizadas iscas artificiais de superfície e sub-superfície. As iscas mais produtivas foram pequenas hélices, zaras, T20s e poppers (especialmente nas cores branca com cabeça vermelha e osso). No caso da meia água utilizamos vários modelos, mas os de maior resultado foram as Bravas 90 da Marine Sports na cor verde limão, as Papa Black, em diversas cores, e as iscas Shad Monster de silicone (cores chá e escuras) iscadas no jig head. Nas horas em que o bicho não aparecia de jeito nenhum também eram utilizadas tuviras, iscadas sem chumbada ou com pesos muito leves e mostrando ótimos resultados.

IMG-20160825-WA0019.jpg

IMG-20160825-WA0020.jpg

IMG-20160825-WA0030.jpg

IMG-20160825-WA0034.jpg

IMG-20160825-WA0042.jpg

IMG-20160814-WA0019.jpg

IMG-20160826-WA0018.jpg

IMG-20160822-WA0010.jpg

IMG-20160822-WA0015.jpg

IMG-20160822-WA0022.jpg

 

IMG-20160824-WA0011.jpg

IMG-20160824-WA0012.jpg

IMG-20160824-WA0018.jpg

IMG-20160824-WA0023.jpg

IMG-20160825-WA0008.jpg

IMG-20160814-WA0016.jpg

Blog15.jpg

Blog16.jpg

Blog17.jpg

Blog19.jpg

Blog18.jpg

IMG-20160830-WA0009.jpg

Os Capararis eram buscados no início e final da tarde em áreas rasas e de fundo arenoso, geralmente vizinhas a praias fluviais, utilizando-se tuviras como iscas. Este peixes são muito bonitos e elegantes, até quando são capturados, pois deixam a briga maior para o final. Eles também são conhecidos como Surubins de Cama, por ficarem muito tempo parados no fundo, como se estivessem deitados. Os Capararis são relativamente raros (algumas tribos os consideram até peixes sagrados) e demandam muita paciência por parte do pescador, desta forma nosso grupo conseguiu capturar alguns exemplares, fotografá-los e soltá-los rapidamente para a natureza.

Esta reserva de energia destes peixes para dar a arrancada quando chegavam próximo ao barco levou a algumas situações quase desesperadoras, daquelas em que o pescador tem vontade de jogar a vara na água. O colega Luiz Cláudio fisgou um dos maiores Capararis da semana, mas ele deu a última mergulhada ao lado do barco não voltando mais para nos visitar. Para falar a verdade, talvez haja uma vara de pesca perdida no leito do rio...

IMG-20160824-WA0027.jpg

IMG-20160823-WA0009.jpg

Blog20.jpg

Blog21.jpg

As Pirararas também eram nosso foco no início e final de tarde em poços profundos e utilizando principalmente cabeças de piranha e de tucunarés como isca, visto serem mais resistentes ao ataque das piranhas, em anzóis de 10/0 a 12/0 . Um dos momentos de maior ação desta semana foi quando os pescadores Rogério e Fernando fisgaram um doublé de belas Pirararas, tendo que trabalhar com bastante calma para evitar que durante o balé da captura as linhas se cruzassem e os troféus fossem perdidos.

IMG-20160823-WA0017.jpg

IMG-20160822-WA0009.jpg

IMG-20160825-WA0010.jpg

IMG-20160825-WA0043.jpg

Blog22.jpg

Blog23.jpg

Definitivamente, o Ecolodge da Barra é um lugar para se conhecer. A estrutura do lodge e a beleza da região são impressionantes. Aproveitamos para agradecer nossos anfitriões Thiago, Wilson (Mick Jagger) e Jô, além de toda a sua equipe, pelo atendimento sempre simpático e profissional nesta inesquecível semana de pesca.

Agradeço também a todos os integrantes dos grupos ÉNóisNaLinha e Pescadores de Verdade, todos grandes companheiros e Amigos de Verdade.

Blog25.jpg

Blog24.jpg

 

 

 

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fantástico relato, Fernando (como sempre)...palmas::

Belíssimas fotos e texto irretocável...Parabéns mesmo...e obrigado por compartilhar mais essa aventura conosco.

E q lugar, hein?!?! A estrutura é fantástica...só os peixes q realmente achei pequenos (mero detalhe) para um operação tão top quanto esta. joia:::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
6 horas atrás, Fabrício Biguá disse:

Fantástico relato, Fernando (como sempre)...palmas::

Belíssimas fotos e texto irretocável...Parabéns mesmo...e obrigado por compartilhar mais essa aventura conosco.

E q lugar, hein?!?! A estrutura é fantástica...só os peixes q realmente achei pequenos (mero detalhe) para um operação tão top quanto esta. joia:::

Obrigado Fabrício. A estrutura e o lugar são realmente fantásticos. Nós também esperávamos peixes maiores, mas foi o quê deu para embarcar e garantir a diversão. 

A seca está muito forte este ano e, segundo nos informaram, as melhores capturas estariam a mais de duas horas da pousada. Na nossa saída estavam chegando o Johnny e o Kid (fish TV) que iriam acampar alguns dias subindo o Bararati, para tentar garantir melhores exemplares.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Fernando_Oliveira que espetáculo de lugar, sem dúvida o Ecolodge da Barra é um dos melhores do Brasil, é sua localização privilegiada faz toda diferença.

Quanta variedade de peixe! Mesmo com a dificuldade mencionada por você deu para ver que a pesca foi produtiva. Não entrou os brutos, mas pelas fotos deu para perceber que valeu cada minuto de pescaria.

Sensacional, obrigado por compartilhar.

Até o Kid deu o ar da graça, kkk

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Eder Nascimento disse:

@Fernando_Oliveira que espetáculo de lugar, sem dúvida o Ecolodge da Barra é um dos melhores do Brasil, é sua localização privilegiada faz toda diferença.

Quanta variedade de peixe! Mesmo com a dificuldade mencionada por você deu para ver que a pesca foi produtiva. Não entrou os brutos, mas pelas fotos deu para perceber que valeu cada minuto de pescaria.

Sensacional, obrigado por compartilhar.

Até o Kid deu o ar da graça, kkk

 

 

11 minutos atrás, Octávio Justo do amaral disse:

Que belo relato, amigo! Muito bem detalhado...

Fiquei impressionado com a quantidade de espécies diferentes fisgadas! Show!

Parabéns pela jornada!

Abraços,

Éder e Otávio,

com certeza valeu muito a pena. Com uma diversidade tão grande muitas vezes nem o piloteiro acertava a espécie até que desse o ar da graça.

Abraços.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
4 horas atrás, Mauro Maleque disse:

Belo relato com descrição detalhada, parabéns aos grupos de pesca.palmas::

 

3 horas atrás, Felipe Teixeira disse:

belíssimo relato ... cheio de detalhes e dicas ! Meus parabéns e obg por compartilhar

Mauro e Felipe,

Obrigado pelos comentários. Como relator do grupo sempre tenho que me policiar para não escrever nem muito nem muito pouco. Fico feliz que gostaram.

Abraços.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
3 horas atrás, João Neto disse:

Simplesmente topssímooooooooo bela narrativa, cada texto seguido das fotos maravilha de relato, grupo super alegre parabéns pela grandiosa empreitada..

 

Abraços a todos.

Obrigado João Neto. Nós costumamos dizer que com a nossa turma vale a pena até pescar em aquário. 

Abraços.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
3 horas atrás, Ricardo Nagatomo disse:

Top o relato e as imagens.

realmente a estrutura deles impressiona, hotel 5 estrelas no meio da amazônia.

Parabéns pelas capturas e pela união da turma.

Abraço.

 

2 horas atrás, Luiz Mello disse:

Alto nível o lugar. Boas fotos e relato bem escrito.

Obrigado por compartilhar

Ricardo e Luiz,

Obrigado pelos comentários.  O lugar é realmente nota 10, tanto pela natureza quanto pela estrutura do lodge.

Abraços. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
6 horas atrás, Isaias disse:

Parabens

 

A todos envolvidos nesta grande aventura, as imagens e seu relato já nos retrata todos os momentos nesta grande pescaria!

 

joia:::joia:::

 

5 horas atrás, Adriano Andrade disse:

Show. Parabéns pela grande empreitada.

Obrigado Isaías e Adriano. Já estamos preparando a próxima...

Abraços. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
3 horas atrás, FabianoTucunare disse:

ola FERNANDO, showw de pescaria, o lugar ai e chique no ultimo heim... seu relato sempre  bem detalhado e falando realmente a real do que acontece...

parabéns....

boas pescarias

Grande Fabiano,

Obrigado pelos comentários.  Qualquer dia nos encontramos de novo nestes rios que tanto gostamos.

Um grande abraço. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
9 horas atrás, Luiz Transferetti disse:

Bela pescaria Fernando, parabéns. Com certeza nas melhores condições, que são raras e difíceis de acertar, esse lugar é um dos melhores do país e parece que é bem conservado. 

Abraço. 

Boas pescarias!

Obrigado Luiz. Nós também apostamos nisto e esperamos voltar em breve.

Abraços.

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fernando,

Um relato muito legal esse que fez ! Parabéns

Já fiquei com vontade de conhecer o lugar ! palmas::

Se for possível, me passa as coordenadas (custos, impressões, dicas...) para avaliação ! joia:::

A questão dos insetos que abordou me pareceu muito "branda" para a região do Telles Pires...  :black_eye:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

Processando...
Entre para seguir isso  

×
×
  • Criar Novo...