Ir para conteúdo

O FTB foi atualizado e otimizado.

Antes, para visualizar todas as nossas salas, era preciso descer a barra de rolagem por muito tempo. Isto dificultava a nossa vida, principalmente a dos novos usuários, que não encontravam as salas/assuntos de interesse.

Agora as salas foram transformadas em "sub salas" e incluídas em grandes fóruns.

Esperamos que tenham gostado. :amigo:

Entre para seguir isso  

Posts Recomendados

Bom dia galera do fórum, aqui estou mais uma vez com dúvidas, espero que consiga saná-las como foram com as outras, graças a ajuda de todos vocês. hahaha

 

Pois então, desde o começo do ano, planejo com alguns amigos de ir no famoso pesqueiro Córrego das Antas de Glicério, uma viagem de aproximadamente 200km de onde moro. Pretendemos ir dia 12/12 e voltar dia 13 ou 14. Mas como nunca fui, venho em busca de dicas e conselhos da galera que já foi, ou que é acostumada a ir lá, pra tentar uma pesca mais produtiva.

Já pesquisei em vários lugares sobre dicas de iscas, montagens do material, "melhores" lugares pra ficar e tudo mais, mas acredito que qualquer dica nova é muito bem vinda.

Iremos tentar os grandes tambas e também tentar as pirararas do lugar (quem sabe até os famosos pirarucus que rondam pelo lago), durante o dia e também a noite. Então gostaria de saber com vocês, algumas dicas, para ter uma pesca mais divertida e produtiva.

Já agradeço a todos pela ajuda, e boa pesca pra todos nós!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pesquei somente uma vez lá e foi recente . 

Infelizmente nem deu pra pescar tamba na ceva . Pegamos o dia inteiro com chuva e muito vento até de madrugada kkk ...

Pois então partimos para as gigantes pirararas do lago . Onde estávamos ( toca 3 eu acho ) bateu só duas piras no canudo ainda , massss ao lado das taboas estava incrível na cabeça de tilápia . Cara , era arremessar e contar até 3 que a pira já pegava kkk . Pegamos piras demais , eram vários dubles . Pois para isso tinha que arremessar no ponto se não não pegava tão rápido assim .

Com o pouco que sai pra bater umas IAs eu peguei bastante pira tbm .

 

Bom , não sou conhecedor do local mas comentei isso pq é recente . Espero ter lhe ajudado .

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, Diogo Andreassa Borges disse:

Pesquei somente uma vez lá e foi recente . 

Infelizmente nem deu pra pescar tamba na ceva . Pegamos o dia inteiro com chuva e muito vento até de madrugada kkk ...

Pois então partimos para as gigantes pirararas do lago . Onde estávamos ( toca 3 eu acho ) bateu só duas piras no canudo ainda , massss ao lado das taboas estava incrível na cabeça de tilápia . Cara , era arremessar e contar até 3 que a pira já pegava kkk . Pegamos piras demais , eram vários dubles . Pois para isso tinha que arremessar no ponto se não não pegava tão rápido assim .

Com o pouco que sai pra bater umas IAs eu peguei bastante pira tbm .

 

Bom , não sou conhecedor do local mas comentei isso pq é recente . Espero ter lhe ajudado .

Olá Diogo, tudo bem?

Vi sua resposta e tive uma dúvida, além das pirararas que capturaram nas iscas de fundo (naturais), você disse que capturou bastante pira na isca artificial, é isso? Conta pra nós melhor.. Obrigado! 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, Diogo Andreassa Borges disse:

Pesquei somente uma vez lá e foi recente . 

Infelizmente nem deu pra pescar tamba na ceva . Pegamos o dia inteiro com chuva e muito vento até de madrugada kkk ...

Pois então partimos para as gigantes pirararas do lago . Onde estávamos ( toca 3 eu acho ) bateu só duas piras no canudo ainda , massss ao lado das taboas estava incrível na cabeça de tilápia . Cara , era arremessar e contar até 3 que a pira já pegava kkk . Pegamos piras demais , eram vários dubles . Pois para isso tinha que arremessar no ponto se não não pegava tão rápido assim .

Com o pouco que sai pra bater umas IAs eu peguei bastante pira tbm .

 

Bom , não sou conhecedor do local mas comentei isso pq é recente . Espero ter lhe ajudado .

É muito bom ter um relato recente, os últimos que vi do pessoal, era tudo no começo de outubro ou novembro.

Espero não pegar chuva lá, senão pode prejudicar um pouco a pesca, e estamos combinando ela a quase um ano já ... hahaha

Numa das pesquisas que fiz, falaram de pegar um "apartamento" de frente ao restaurante, pois todo mundo diz ser um dos melhores lugares. Você sabe algo sobre isso lá ?

Acho que não teremos problemas em pegar o lugar, já que vamos em uma segunda-feira, mas é sempre bom conhecer os que possui mais chances neh

A dica do lugar das piras, já está anotada. hehehe

 

 

19 minutos atrás, João_Medeiros disse:

Olá Diogo, tudo bem?

Vi sua resposta e tive uma dúvida, além das pirararas que capturaram nas iscas de fundo (naturais), você disse que capturou bastante pira na isca artificial, é isso? Conta pra nós melhor.. Obrigado! 

Isso, conta melhor. hahaha

Eu nem sabia que os peixes saiam em IA lá, acho que é a primeira vez que vejo falar disso

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
3 horas atrás, João Victor Passareli disse:

Bom dia galera do fórum, aqui estou mais uma vez com dúvidas, espero que consiga saná-las como foram com as outras, graças a ajuda de todos vocês. hahah

Pois então, desde o começo do ano, planejo com alguns amigos de ir no famoso pesqueiro Córrego das Antas de Glicério, uma viagem de aproximadamente 200km de onde moro. Pretendemos ir dia 12/12 e voltar dia 13 ou 14. Mas como nunca fui, venho em busca de dicas e conselhos da galera que já foi, ou que é acostumada a ir lá, pra tentar uma pesca mais produtiva.

Já pesquisei em vários lugares sobre dicas de iscas, montagens do material, "melhores" lugares pra ficar e tudo mais, mas acredito que qualquer dica nova é muito bem vinda.

Iremos tentar os grandes tambas e também tentar as pirararas do lugar (quem sabe até os famosos pirarucus que rondam pelo lago), durante o dia e também a noite. Então gostaria de saber com vocês, algumas dicas, para ter uma pesca mais divertida e produtiva.

Já agradeço a todos pela ajuda, e boa pesca pra todos nós!!!

Olá João, beleza? Já fui para o Córrego algumas vezes (muito menos do que eu gostaria, rs), e gosto demais do local. Não tenho ido pois gosto de pesqueiros no meio de semana, quando está mais vazio e fica difícil pra mim ir nessas datas, quem sabe agora nas férias.

É um dos pesqueiros que mais gosto pelo tamanho do lago, tamanho dos peixes e rusticidade do local, dando um ar mais selvagem de natureza. Além de ser um desafio enorme pescar lá, nem sempre é fácil capturar os gigantes.

Mas de qualquer maneira tem muitos amigos próximos que vão com frequencia e posso tentar de dar algumas dicas, daquilo que eu, particularmente, uso/usaria por lá:

Pesca de redondos, 2 conjuntos:

O primeiro com bóia torpedo grande (apoitada, com chumbo de furo largo), chicote de 1 a 2m (tem que ir mudando e ver qual da mais resultado) e iscas variadas como minhocossú, lesma, tripa, minhoca, sebo, tripa, pão, cabeça de tilapinha ou ração de cachorro furada (deli dog). Arrremesse no meio do lago.

O segundo conjunto com uma chumbada de uns 45g, girador, chicote e anzol, com essas mesmas iscas acima, no fundo. Nessa modalidade pode incluir como isca a tilapinha pequena viva ou mussarela, devida a probabilidade aumentar de entrar uma pirarara. Arremesse no meio do lago. 

*Não uso encastoado nos anzóis.

*Iscas que são ruins de fixar no anzol, use um elastricô.

*Varas de 2,40 a 2,70. Linha 0,37mm, chicote 0,47mm.

*Caso as ações se concentrem em sua maioria para o fundo ou para a bóia. Mude o segundo conjunto para a que tiver pegando mais.

*Se você levar um bote inflável e um balde, nos finais da tarde ou de manhãzinha o pesqueiro permite que pode despejar ração no meio do lago e depois voltar, para que você e sua equipe arremessem bóia torpedo com chicote curto e miçangas médias/grandes (gosto do modelo natalina) ou iscas naturais como o próprio minhocossú ou ração de cachorro.

Pesca de piraras:

Primeiro conjunto arremessando mais para a frente, de uns 15 a 25m.

Segundo conjunto arremessando mais na margem, de 3 a 10m.

Depende muito da pescaria, conforme elas forem saindo você vai percebendo quais distâncias e locais insistir.

*Uso sempre com chumbada.

*normalmente a produtividade é bem maior durante a noite.

Iscas como Mussarela, Tuvira e cabeça de tilápia.

*Não uso encastoado nos anzóis.

*Varas de 1,90 a 2,10. Linha 0,47mm a 0,52mm.

*O local do lago é uma questão de sorte, já vi o local arrebentar em uma semana e quase nada do outro lado, e vice versa na semana seguinte, pescaria é assim.

Se tiver interesse, no meu site tem algumas matérias do Córrego, mas não são muito recentes. Segue os links:

http://historiadepescador.com/post.php?id=78

http://historiadepescador.com/post.php?id=56

http://historiadepescador.com/post.php?id=99

http://historiadepescador.com/post.php?id=49

http://historiadepescador.com/post.php?id=46

Espero ter contribuido. Boa sorte!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
9 minutos atrás, João Victor Passareli disse:

É muito bom ter um relato recente, os últimos que vi do pessoal, era tudo no começo de outubro ou novembro.

Espero não pegar chuva lá, senão pode prejudicar um pouco a pesca, e estamos combinando ela a quase um ano já ... hahaha

Numa das pesquisas que fiz, falaram de pegar um "apartamento" de frente ao restaurante, pois todo mundo diz ser um dos melhores lugares. Você sabe algo sobre isso lá ?

Acho que não teremos problemas em pegar o lugar, já que vamos em uma segunda-feira, mas é sempre bom conhecer os que possui mais chances neh

A dica do lugar das piras, já está anotada. hehehe

 

 

Isso, conta melhor. hahaha

Eu nem sabia que os peixes saiam em IA lá, acho que é a primeira vez que vejo falar disso

João, em uma vez um amigo meu capturou dois grandes dourados, no local do lago conhecido como aterro, arremessando em direção ao aerador, com isca de meia água, e em uma dessas tentativas ele engatou uma pirarara de 31kg, mas pelo que lembro pegou na cara dela e não na boca, não sei se atacou. Eu gosto muito de isca artificial mas lá não de tempo, tem muita vara pra armar, muita isca, monta tralha etc, não dou conta kkkkk

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

João Victor

As iscas que tem saído os tambas são sebo moído de fundo ou boiando, ração Deli Dog ou Special dog na cevadeira palminho ou chicote curto no torpedo na ceva, pão de dia e de noite, Lesma

Piras estão saindo na cabeça de tilapia, tuvira, piramboia viva ou pedaço  (viva entra pira maior) Minhocucu no torpedo chicote de 1 metro (entra muita baby) e ovo cozido

Mas as piras estão alucinadas estão comendo até pedra 

Lugar todos são bons lá, acertar a isca e melhor que o lugar.

O fundo lago está meio complicado por causa da draga que está limpando o fundo, mas dá para pescar

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
7 horas atrás, João_Medeiros disse:

Olá Diogo, tudo bem?

Vi sua resposta e tive uma dúvida, além das pirararas que capturaram nas iscas de fundo (naturais), você disse que capturou bastante pira na isca artificial, é isso? Conta pra nós melhor.. Obrigado! 

Sim , em todos pesqueiros que eu vou eu pego peixes de couro . Sei que o pessoal estranha isso pq são poucos que vejo batendo IAs em pesqueiros e esse pouco que bate eu não vejo insistência na parte deles , então dificilmente irá pegar . 

Aqui na minha região o que mais pego são as pincacharas ( saudade do pesqueiro Matrinxã ) . 

Cachapira e pirarara saem de vez em quando .

Varias vezes peguei pira pelo rabo . Neste caso eu acho que acabou se enroscando nela . Já quando pego a espécie do pintado eu sei que foi por ataque msm . Isso acontece .

Na maioria das vezes a piras pegam a isca pela cara , pela boca e é Phodis quando ela encharuta a isca , da o que fazer pra tirar a isca pq não consegue abri a boca dela direito kkk .

No Córrego tive uma enorme experiencia de bater IAs de noite e o resultado foi fantástico . Já vi relatos de pegar traíras na IAs de noite e não acreditava muito hehe e agora me surpreendi com as piras pegando na IA de noite . Agora sim eu acredito .

No Córrego com IA eu peguei somente no aterro pois nos outros locais estava lotado de gente , sem condições de bater iscas .

 

Amo bater IAs e pegar peixes de couro pq a tralha sempre é leve e a briga fica loka kkk .

Pra quem ainda não tentou ou tentou pouco , eu aconselho insistência nessa pescaria pq no final vale muito a pena .

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
8 horas atrás, João Victor Passareli disse:

É muito bom ter um relato recente, os últimos que vi do pessoal, era tudo no começo de outubro ou novembro.

Espero não pegar chuva lá, senão pode prejudicar um pouco a pesca, e estamos combinando ela a quase um ano já ... hahaha

Numa das pesquisas que fiz, falaram de pegar um "apartamento" de frente ao restaurante, pois todo mundo diz ser um dos melhores lugares. Você sabe algo sobre isso lá ?

Acho que não teremos problemas em pegar o lugar, já que vamos em uma segunda-feira, mas é sempre bom conhecer os que possui mais chances neh

A dica do lugar das piras, já está anotada. hehehe

 A galera lá disse msm que este apartamento é um dos melhores pontos .

Se vc for do lado das tocas , me disseram que no ''barzinho'' é o melhor lugar . Isso se tratando de tamba .

 

Outra coisa tbm , segundo informações , é que eles não estão tratando com pintinho mais pq fechou a granja . O Sr. Natio disse que a granja voltará a funcionar mas não sabe quando .

Acreditamos que devido a isso as piras estão magrelas . Todas que pegamos percebemos isso . E como o pessoal que estava lá disse que elas não estão brigando como antes .

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
8 horas atrás, João_Medeiros disse:

Olá João, beleza? Já fui para o Córrego algumas vezes (muito menos do que eu gostaria, rs), e gosto demais do local. Não tenho ido pois gosto de pesqueiros no meio de semana, quando está mais vazio e fica difícil pra mim ir nessas datas, quem sabe agora nas férias.

É um dos pesqueiros que mais gosto pelo tamanho do lago, tamanho dos peixes e rusticidade do local, dando um ar mais selvagem de natureza. Além de ser um desafio enorme pescar lá, nem sempre é fácil capturar os gigantes.

Mas de qualquer maneira tem muitos amigos próximos que vão com frequencia e posso tentar de dar algumas dicas, daquilo que eu, particularmente, uso/usaria por lá:

Pesca de redondos, 2 conjuntos:

O primeiro com bóia torpedo grande (apoitada, com chumbo de furo largo), chicote de 1 a 2m (tem que ir mudando e ver qual da mais resultado) e iscas variadas como minhocossú, lesma, tripa, minhoca, sebo, tripa, pão, cabeça de tilapinha ou ração de cachorro furada (deli dog). Arrremesse no meio do lago.

O segundo conjunto com uma chumbada de uns 45g, girador, chicote e anzol, com essas mesmas iscas acima, no fundo. Nessa modalidade pode incluir como isca a tilapinha pequena viva ou mussarela, devida a probabilidade aumentar de entrar uma pirarara. Arremesse no meio do lago. 

*Não uso encastoado nos anzóis.

*Iscas que são ruins de fixar no anzol, use um elastricô.

*Varas de 2,40 a 2,70. Linha 0,37mm, chicote 0,47mm.

*Caso as ações se concentrem em sua maioria para o fundo ou para a bóia. Mude o segundo conjunto para a que tiver pegando mais.

*Se você levar um bote inflável e um balde, nos finais da tarde ou de manhãzinha o pesqueiro permite que pode despejar ração no meio do lago e depois voltar, para que você e sua equipe arremessem bóia torpedo com chicote curto e miçangas médias/grandes (gosto do modelo natalina) ou iscas naturais como o próprio minhocossú ou ração de cachorro.

Pesca de piraras:

Primeiro conjunto arremessando mais para a frente, de uns 15 a 25m.

Segundo conjunto arremessando mais na margem, de 3 a 10m.

Depende muito da pescaria, conforme elas forem saindo você vai percebendo quais distâncias e locais insistir.

*Uso sempre com chumbada.

*normalmente a produtividade é bem maior durante a noite.

Iscas como Mussarela, Tuvira e cabeça de tilápia.

*Não uso encastoado nos anzóis.

*Varas de 1,90 a 2,10. Linha 0,47mm a 0,52mm.

*O local do lago é uma questão de sorte, já vi o local arrebentar em uma semana e quase nada do outro lado, e vice versa na semana seguinte, pescaria é assim.

Se tiver interesse, no meu site tem algumas matérias do Córrego, mas não são muito recentes. Segue os links:

http://historiadepescador.com/post.php?id=78

http://historiadepescador.com/post.php?id=56

http://historiadepescador.com/post.php?id=99

http://historiadepescador.com/post.php?id=49

http://historiadepescador.com/post.php?id=46

Espero ter contribuido. Boa sorte!

Exatamente disse tudo que me indicaram :good: .

Não tenho mais nada a acrescentar palmas:: .

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

 

9 horas atrás, João_Medeiros disse:

Olá João, beleza? Já fui para o Córrego algumas vezes (muito menos do que eu gostaria, rs), e gosto demais do local. Não tenho ido pois gosto de pesqueiros no meio de semana, quando está mais vazio e fica difícil pra mim ir nessas datas, quem sabe agora nas férias.

É um dos pesqueiros que mais gosto pelo tamanho do lago, tamanho dos peixes e rusticidade do local, dando um ar mais selvagem de natureza. Além de ser um desafio enorme pescar lá, nem sempre é fácil capturar os gigantes.

Mas de qualquer maneira tem muitos amigos próximos que vão com frequencia e posso tentar de dar algumas dicas, daquilo que eu, particularmente, uso/usaria por lá:

Pesca de redondos, 2 conjuntos:

O primeiro com bóia torpedo grande (apoitada, com chumbo de furo largo), chicote de 1 a 2m (tem que ir mudando e ver qual da mais resultado) e iscas variadas como minhocossú, lesma, tripa, minhoca, sebo, tripa, pão, cabeça de tilapinha ou ração de cachorro furada (deli dog). Arrremesse no meio do lago.

O segundo conjunto com uma chumbada de uns 45g, girador, chicote e anzol, com essas mesmas iscas acima, no fundo. Nessa modalidade pode incluir como isca a tilapinha pequena viva ou mussarela, devida a probabilidade aumentar de entrar uma pirarara. Arremesse no meio do lago. 

*Não uso encastoado nos anzóis.

*Iscas que são ruins de fixar no anzol, use um elastricô.

*Varas de 2,40 a 2,70. Linha 0,37mm, chicote 0,47mm.

*Caso as ações se concentrem em sua maioria para o fundo ou para a bóia. Mude o segundo conjunto para a que tiver pegando mais.

*Se você levar um bote inflável e um balde, nos finais da tarde ou de manhãzinha o pesqueiro permite que pode despejar ração no meio do lago e depois voltar, para que você e sua equipe arremessem bóia torpedo com chicote curto e miçangas médias/grandes (gosto do modelo natalina) ou iscas naturais como o próprio minhocossú ou ração de cachorro.

Pesca de piraras:

Primeiro conjunto arremessando mais para a frente, de uns 15 a 25m.

Segundo conjunto arremessando mais na margem, de 3 a 10m.

Depende muito da pescaria, conforme elas forem saindo você vai percebendo quais distâncias e locais insistir.

*Uso sempre com chumbada.

*normalmente a produtividade é bem maior durante a noite.

Iscas como Mussarela, Tuvira e cabeça de tilápia.

*Não uso encastoado nos anzóis.

*Varas de 1,90 a 2,10. Linha 0,47mm a 0,52mm.

*O local do lago é uma questão de sorte, já vi o local arrebentar em uma semana e quase nada do outro lado, e vice versa na semana seguinte, pescaria é assim.

Se tiver interesse, no meu site tem algumas matérias do Córrego, mas não são muito recentes. Segue os links:

http://historiadepescador.com/post.php?id=78

http://historiadepescador.com/post.php?id=56

http://historiadepescador.com/post.php?id=99

http://historiadepescador.com/post.php?id=49

http://historiadepescador.com/post.php?id=46

Espero ter contribuido. Boa sorte!

Isso que são dicas completas hahaha

Vou levar muito em considerações todas essas dicas, muito obrigado mesmo pela postagem, vai ajudar demais!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, GilliamGatto disse:

João Victor

As iscas que tem saído os tambas são sebo moído de fundo ou boiando, ração Deli Dog ou Special dog na cevadeira palminho ou chicote curto no torpedo na ceva, pão de dia e de noite, Lesma

Piras estão saindo na cabeça de tilapia, tuvira, piramboia viva ou pedaço  (viva entra pira maior) Minhocucu no torpedo chicote de 1 metro (entra muita baby) e ovo cozido

Mas as piras estão alucinadas estão comendo até pedra 

Lugar todos são bons lá, acertar a isca e melhor que o lugar.

O fundo lago está meio complicado por causa da draga que está limpando o fundo, mas dá para pescar

Gilliam, tudo tranquilo? 

Li todos seus posts sobre o córrego já, inclusive aquele do Tutorial que você fez, conteúdo muito bom mesmo, me ajudou bastante pra ir preparando esta pescaria!

Acho que iremos focar na pesca de superfície mesmo (pelo menos pros tambas), mas não adianta ser teimoso, tem que pescar da forma que está saindo, não é !? haha

Essa ração Deli Dog eu nunca usei, mas sempre ouvi falar muito bem dela, deu o maior trabalho pra encontrar aqui onde moro, não achava em lugar nenhum. Encontrei perdida entre outras marcas em um mercado, e acabei comprando os 2 últimos pacotes. Ela usa seca mesmo, sem precisar colocar na pinga, nem nada?

 

1 hora atrás, Diogo Andreassa Borges disse:

Sim , em todos pesqueiros que eu vou eu pego peixes de couro . Sei que o pessoal estranha isso pq são poucos que vejo batendo IAs em pesqueiros e esse pouco que bate eu não vejo insistência na parte deles , então dificilmente irá pegar . 

Aqui na minha região o que mais pego são as pincacharas ( saudade do pesqueiro Matrinxã ) . 

Cachapira e pirarara saem de vez em quando .

Varias vezes peguei pira pelo rabo . Neste caso eu acho que acabou se enroscando nela . Já quando pego a espécie do pintado eu sei que foi por ataque msm . Isso acontece .

Na maioria das vezes a piras pegam a isca pela cara , pela boca e é Phodis quando ela encharuta a isca , da o que fazer pra tirar a isca pq não consegue abri a boca dela direito kkk .

No Córrego tive uma enorme experiencia de bater IAs de noite e o resultado foi fantástico . Já vi relatos de pegar traíras na IAs de noite e não acreditava muito hehe e agora me surpreendi com as piras pegando na IA de noite . Agora sim eu acredito .

No Córrego com IA eu peguei somente no aterro pois nos outros locais estava lotado de gente , sem condições de bater iscas .

 

Amo bater IAs e pegar peixes de couro pq a tralha sempre é leve e a briga fica loka kkk .

Pra quem ainda não tentou ou tentou pouco , eu aconselho insistência nessa pescaria pq no final vale muito a pena .

Eu sou louco pela pesca de IA, infelizmente onde moro, não tem um rio (perto) que valha a pena usar, sem contar que meu equipamento é um pouco mais pesado pra isso, teria que comprar tudo, principalmente as iscas, mas pretendo ingressar nessa modalidade logo logo...

 

45 minutos atrás, Diogo Andreassa Borges disse:

 A galera lá disse msm que este apartamento é um dos melhores pontos .

Se vc for do lado das tocas , me disseram que no ''barzinho'' é o melhor lugar . Isso se tratando de tamba .

 

Outra coisa tbm , segundo informações , é que eles não estão tratando com pintinho mais pq fechou a granja . O Sr. Natio disse que a granja voltará a funcionar mas não sabe quando .

Acreditamos que devido a isso as piras estão magrelas . Todas que pegamos percebemos isso . E como o pessoal que estava lá disse que elas não estão brigando como antes .

É, sobre o pintinho eu fiquei sabendo mesmo, mas pelos comentários que li sobre este assunto, estão atribuindo o desuso dessa isca como um dos motivos pela melhoria da água, que andavam dizendo não estar muito boa. Se é verdade eu não sei, pois não entendo deste assunto, mas de qualquer forma, vamos focar nas outras iscas.

Quanto ao fato delas estarem magrelas, eu confesso que não havia percebido (apesar de só ter visto os peixes de lá em fotos e alguns programas), mas também, nunca fui, então não tenho como comparar, o que é uma pena, porque esperava ter as famosas brigas com as piras de lá, mas quem sabe não damos sorte lá.

 

 

 

Vamos em uma segunda-feira (já feita a reserva), será que corre o risco de estar muito lotado? Devido a muitos problemas com pescadores "sem noção" acabei pegando certo trauma de pesqueiros lotados haha

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
8 horas atrás, João Victor Passareli disse:

Gilliam, tudo tranquilo? 

Li todos seus posts sobre o córrego já, inclusive aquele do Tutorial que você fez, conteúdo muito bom mesmo, me ajudou bastante pra ir preparando esta pescaria!

Acho que iremos focar na pesca de superfície mesmo (pelo menos pros tambas), mas não adianta ser teimoso, tem que pescar da forma que está saindo, não é !? haha

Essa ração Deli Dog eu nunca usei, mas sempre ouvi falar muito bem dela, deu o maior trabalho pra encontrar aqui onde moro, não achava em lugar nenhum. Encontrei perdida entre outras marcas em um mercado, e acabei comprando os 2 últimos pacotes. Ela usa seca mesmo, sem precisar colocar na pinga, nem nada?

Vamos em uma segunda-feira (já feita a reserva), será que corre o risco de estar muito lotado? Devido a muitos problemas com pescadores "sem noção" acabei pegando certo trauma de pesqueiros lotados haha

Superfície é pão e cebo boiando

Na ceva eles estão comendo por baixo, as vezes a ração nem meche na água e o pino afunda.

Deli Dog usa assim mesmo, como o furo e grande não precisa amolecer na pinga 

Dezembro e Janeiro é os meses de maior movimento, mas lá é tranquilo lago é gigante 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
10 horas atrás, João Victor Passareli disse:

 

Vamos em uma segunda-feira (já feita a reserva), será que corre o risco de estar muito lotado? Devido a muitos problemas com pescadores "sem noção" acabei pegando certo trauma de pesqueiros lotados haha

Daí já não sei te responder pq fui apenas uma vez e não sei como é o movimento lá .

 

Só para alertar , muitos grupos de zap estão falando que está acontecendo roubos de equipamentos de pesca no local . Os caras vão dormir e deixam os equipamentos nos suportes e tbm ao lado da toca , daí vem os fdp e roubam .

Ah , e cuidado com as sucuris kkk .

 

Boa pesca :good:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
22 horas atrás, João_Medeiros disse:

Anota todas as dicas do @GilliamGatto ele é o cara nesses pesqueiros e está sempre na ativa e tem informações atualizadas rs. Abs!

Anotei todas as dicas dele, não só desta postagem, mas de outras também! haha

 

 

21 horas atrás, Diogo Andreassa Borges disse:

Daí já não sei te responder pq fui apenas uma vez e não sei como é o movimento lá .

 

Só para alertar , muitos grupos de zap estão falando que está acontecendo roubos de equipamentos de pesca no local . Os caras vão dormir e deixam os equipamentos nos suportes e tbm ao lado da toca , daí vem os fdp e roubam .

Ah , e cuidado com as sucuris kkk .

 

Boa pesca :good:

Sério isso, agora fiquei meio preocupado! Não vou poder bobear com o equipamento não!

O aparecimento das Sucuris são frequentes? Não achei que acontecesse isto lá, agora fiquei um pouco alarmado, pois uma das pessoas que vai comigo, tem pavor a cobras... suici::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

João, acho que o caso dos equipamentos roubados foi um caso isolado, fiquei sabendo de apenas um roubo. Mas claro que devemos ficar atentos, em qualquer lugar. 

Sobre as sucuris, eu nunca as vi, mas tenho amigos que já viram, rsrs. É só não mexer com ela rsrssr

Boa pescaria! 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
36 minutos atrás, João_Medeiros disse:

João, acho que o caso dos equipamentos roubados foi um caso isolado, fiquei sabendo de apenas um roubo. Mas claro que devemos ficar atentos, em qualquer lugar. 

Sobre as sucuris, eu nunca as vi, mas tenho amigos que já viram, rsrs. É só não mexer com ela rsrssr

Boa pescaria! 

Que bom que foi um caso isolado, mas é melhor prevenir do que remediar, como diria o ditado! Mas é triste saber que existem pessoas de má fé assim no mundo da pesca 

Bom, se avistarmos uma Sucuri por lá, pode ter certeza que manteremos uma boa distância hahaha

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Saudações João Vitor !

Deixa eu dar o meu pitaco...

Eu moro a 60 km do córrego das antas, de 2008 a 2013 eu ia duas vezes por mês pescar nesse pesqueiro e vou te passar o que sei dele...

Hoje vou à cada 3 meses e olhe lá...

Vi o pesqueiro passar por arrendamento várias vezes, inclusive hj ele está arrendado...

Em seus tempos de glória, que foi de 2005 a 2012 te garanto que era o melhor pesqueiro do Brasil para se pescar pirararas, mas hj o negócio não é mais o mesmo...

Ainda se fazem boas pescarias por lá, mas não é nem sombra do que já foi um dia....

A questão da briga fraca das pirararas é realmente a água, porém os tambas já estão cansados faz tempo...

Hoje não é permitido mais utilizar embarcações como foi dito nesse Post, a não ser que a regra tenha mudado de outubro em diante, caso contrário está proibido...

Para melhorar a qualidade da água, estão dragando o fundo da lagoa desde o começo do ano.. . É um processo lento para não atrapalhar os pescadores...

Sobre a sucuri, é verdade... Eu mesmo já vi e vou te falar... Era de uns 5 metros no mínimo, mas parece que ela não está mais por lá, pelo menos eu nunca mais vi nem ouvi dizer de aparições recentes...

Quanto ao equipamento e iscas todos aqui já te deram as dicas...

Quanto ao local, vou dar minha opinião, no começo da noite (das 18:00 às 22:00)o aterro sempre foi bom.

 

Para as piras não deixe de levar de jeito nenhum queijo e sebo, o queijo pode ser mussarela mas sempre tive sucesso com queijo meia cura.

Se puder levar tuvira e minhocossu as chances sempre melhoram...

Qualquer outra dúvida, é só perguntar.

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Córrego não está mais arrendado, seu Natiu (proprietário) que está tocando.

Ceva de barco esta sim permitida.

As piras estão comendo como nunca 

Quanto as Sucuris é muito verdade  tem muitas lá na fazenda, no Córrego direito a gente vê, essa semana mesmo já recebi foto de um la nas ocas

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
22 horas atrás, Cezar.ATL disse:

Saudações João Vitor !

Deixa eu dar o meu pitaco...

Eu moro a 60 km do córrego das antas, de 2008 a 2013 eu ia duas vezes por mês pescar nesse pesqueiro e vou te passar o que sei dele...

Hoje vou à cada 3 meses e olhe lá...

Vi o pesqueiro passar por arrendamento várias vezes, inclusive hj ele está arrendado...

Em seus tempos de glória, que foi de 2005 a 2012 te garanto que era o melhor pesqueiro do Brasil para se pescar pirararas, mas hj o negócio não é mais o mesmo...

Ainda se fazem boas pescarias por lá, mas não é nem sombra do que já foi um dia....

A questão da briga fraca das pirararas é realmente a água, porém os tambas já estão cansados faz tempo...

Hoje não é permitido mais utilizar embarcações como foi dito nesse Post, a não ser que a regra tenha mudado de outubro em diante, caso contrário está proibido...

Para melhorar a qualidade da água, estão dragando o fundo da lagoa desde o começo do ano.. . É um processo lento para não atrapalhar os pescadores...

Sobre a sucuri, é verdade... Eu mesmo já vi e vou te falar... Era de uns 5 metros no mínimo, mas parece que ela não está mais por lá, pelo menos eu nunca mais vi nem ouvi dizer de aparições recentes...

Quanto ao equipamento e iscas todos aqui já te deram as dicas...

Quanto ao local, vou dar minha opinião, no começo da noite (das 18:00 às 22:00)o aterro sempre foi bom.

 

Para as piras não deixe de levar de jeito nenhum queijo e sebo, o queijo pode ser mussarela mas sempre tive sucesso com queijo meia cura.

Se puder levar tuvira e minhocossu as chances sempre melhoram...

Qualquer outra dúvida, é só perguntar.

 

Eu sempre tive vontade de ir no córrego, moro a uns 200km de lá, e finalmente vou matar esta vontade, espero ter uma boa pesca, pois planejamos essa viagem desde março. Mas pesca é sempre uma surpresa, então vamos ver o que vai ser. Só espero não pegar chuva

Eu estava quase desistindo de levar queijo, porque vi poucas pessoas dizendo pra usar, mas acho que agora vou levar, vai que acaba sendo a isca matadora.

Quanto ao minhoco e as tuviras, o rapaz que me atendeu pelo telefone me informou que lá eles vendem estas iscas, mas não falou se eles fornecem ou vendem cabeças de tilápia, você sabe algo sobre isso?

Quanto as sucuris, espero não ter problema nenhum com elas, hahaha

 

 

15 horas atrás, GilliamGatto disse:

Córrego não está mais arrendado, seu Natiu (proprietário) que está tocando.

Ceva de barco esta sim permitida.

As piras estão comendo como nunca 

Quanto as Sucuris é muito verdade  tem muitas lá na fazenda, no Córrego direito a gente vê, essa semana mesmo já recebi foto de um la nas ocas

Ouvi várias pessoas dizendo que a ceva de barco que acabou prejudicando um pouco a água de lá, achei que ainda estivesse proibido.

Espero pegar bastante piras, nos pesqueiros que costumo ir, se pegar uma no dia, é uma sorte enorme.

 

Agora me bateu uma dúvida, o rapaz que me atendeu no telefone informou que lá tem churrasqueiras que podem ser utilizadas, mas esqueci de perguntar se precisa levar espetos ou grelha pra fazer o churrasco, algum de vocês sabe me informar sobre isso?

Também gostaria de saber se alguém tem informação de como está o clima por lá, estou ficando preocupado com as chuvas =(

 

 

Obs.: Galera, gostaria de agradecer muito a todos que estão tirando as dicas, estão sendo super atenciosos, não fazem idéia de como estão ajudando! Sei que perguntei MUITA coisa já, então gostaria demais de agradecer a todos!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
55 minutos atrás, João Victor Passareli disse:

Eu sempre tive vontade de ir no córrego, moro a uns 200km de lá, e finalmente vou matar esta vontade, espero ter uma boa pesca, pois planejamos essa viagem desde março. Mas pesca é sempre uma surpresa, então vamos ver o que vai ser. Só espero não pegar chuva

Eu estava quase desistindo de levar queijo, porque vi poucas pessoas dizendo pra usar, mas acho que agora vou levar, vai que acaba sendo a isca matadora.

Quanto ao minhoco e as tuviras, o rapaz que me atendeu pelo telefone me informou que lá eles vendem estas iscas, mas não falou se eles fornecem ou vendem cabeças de tilápia, você sabe algo sobre isso?

Quanto as sucuris, espero não ter problema nenhum com elas, hahaha

 

 

Ouvi várias pessoas dizendo que a ceva de barco que acabou prejudicando um pouco a água de lá, achei que ainda estivesse proibido.

Espero pegar bastante piras, nos pesqueiros que costumo ir, se pegar uma no dia, é uma sorte enorme.

 

Agora me bateu uma dúvida, o rapaz que me atendeu no telefone informou que lá tem churrasqueiras que podem ser utilizadas, mas esqueci de perguntar se precisa levar espetos ou grelha pra fazer o churrasco, algum de vocês sabe me informar sobre isso?

Também gostaria de saber se alguém tem informação de como está o clima por lá, estou ficando preocupado com as chuvas =(

 

 

Obs.: Galera, gostaria de agradecer muito a todos que estão tirando as dicas, estão sendo super atenciosos, não fazem idéia de como estão ajudando! Sei que perguntei MUITA coisa já, então gostaria demais de agradecer a todos!!!

 

Córrego existe muito mitos sobre a água, então não se deixe levar pelo os outros falam, a ceva de hoje é menor que em outros pesqueiros, por exemplo 3 irmãos de cevadeira, se ceva muito, mas muito mais que o Córrego hoje me dia, com quase o fim das tilápias, meio saco vc pesca um dia inteiro, antes as tilapias não deixavam, hoje só os tambas comem praticamente, seu Natiu liberou a ceva moderada, por enquanto, já  que os peixes estavam bem magros. 

Quanto a água hoje melhorou demais, mas não foi só o excesso de ceva que dava problemas, lá tem muitos outros fatores.

Não sei qual quiosque alugou, todas as churrasqueiras foram reformadas, mas é bom levar grelha, carvão não precisa tem lá

 

Iscas para tamba leve:

Special Dog (na pinga ou furada, furo com furadeira)

Dely Dog (já é furada não precisa por na pinga)

Lesma

Cebo de preferência moído, se não achar leve cebo normal mesmo

Pão borrachento (dica, durante a pescaria deixei dentro do carro fechado, fica sempre borrachento)

 

Montagem Deli Dog e Special Dog, chicote de variando de 1 metro a 50cm (na ceva no pode ser chicote grudado no chumbo), na cevadeira com boinha deixando 2 palmos mais ou menos.

Lesma chicote de 70cm (os verdões quando estão bem ativos comem mais na superfície)   

Cebo móido boiando (faça uma bola com o cebo moído coloque no anzol e prenda com elastricot, enrole bastante que não sai, pode ficar tranquilo, cebo boiando funcionado muito com sol rachando e durante a noite.

Cebo móido geralmente boia, caso não boie, coloque uns 2 evas brancos no olho do anzol.

Variação do cebo moído (misture o pó de tang de uva ou goiaba, tem funcionado bem, pode ser boiando, de fundo, ou chicote de 1mentro a 70 cm no topedo. 

Se não arrumar moído, serve em pedaços também, as dicas são as mesmas

Pão boiando a noite funcionada muito também, pode ser no torpedo com chicote de 1 metro e meio mais ou menos.

 

Pirararas leve:

Tuvira, Piramboia, cabeça de tilápia, guelrra, ovo cozido, cebo, tilapinha viva (pega lá no lago).

Montagem para as piras é simples, normal, como está acostumado.

Só no caso de isca viva, coloque chumbo para elas não se entocarem em alguma estrutura.

Arremesso é bom testar as distancia, tanto no meio do lago, quando mais próximo da margem (durante o dia mais longe da margem é melhor)

 

Em fim, só são algumas dicas que sempre funcionam, mas pesca a gente nunca tem certeza de nada, pode ser que, vc chegue lá e pegue tudo diferente do que estou falando.

 

Qualquer dúvida pode perguntar, estamos aqui para isso!

 

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, GilliamGatto disse:

 

Córrego existe muito mitos sobre a água, então não se deixe levar pelo os outros falam, a ceva de hoje é menor que em outros pesqueiros, por exemplo 3 irmãos de cevadeira, se ceva muito, mas muito mais que o Córrego hoje me dia, com quase o fim das tilápias, meio saco vc pesca um dia inteiro, antes as tilapias não deixavam, hoje só os tambas comem praticamente, seu Natiu liberou a ceva moderada, por enquanto, já  que os peixes estavam bem magros. 

Quanto a água hoje melhorou demais, mas não foi só o excesso de ceva que dava problemas, lá tem muitos outros fatores.

Não sei qual quiosque alugou, todas as churrasqueiras foram reformadas, mas é bom levar grelha, carvão não precisa tem lá

 

Iscas para tamba leve:

Special Dog (na pinga ou furada, furo com furadeira)

Dely Dog (já é furada não precisa por na pinga)

Lesma

Cebo de preferência moído, se não achar leve cebo normal mesmo

Pão borrachento (dica, durante a pescaria deixei dentro do carro fechado, fica sempre borrachento)

 

Montagem Deli Dog e Special Dog, chicote de variando de 1 metro a 50cm (na ceva no pode ser chicote grudado no chumbo), na cevadeira com boinha deixando 2 palmos mais ou menos.

Lesma chicote de 70cm (os verdões quando estão bem ativos comem mais na superfície)   

Cebo móido boiando (faça uma bola com o cebo moído coloque no anzol e prenda com elastricot, enrole bastante que não sai, pode ficar tranquilo, cebo boiando funcionado muito com sol rachando e durante a noite.

Cebo móido geralmente boia, caso não boie, coloque uns 2 evas brancos no olho do anzol.

Variação do cebo moído (misture o pó de tang de uva ou goiaba, tem funcionado bem, pode ser boiando, de fundo, ou chicote de 1mentro a 70 cm no topedo. 

Se não arrumar moído, serve em pedaços também, as dicas são as mesmas

Pão boiando a noite funcionada muito também, pode ser no torpedo com chicote de 1 metro e meio mais ou menos.

 

Pirararas leve:

Tuvira, Piramboia, cabeça de tilápia, guelrra, ovo cozido, cebo, tilapinha viva (pega lá no lago).

Montagem para as piras é simples, normal, como está acostumado.

Só no caso de isca viva, coloque chumbo para elas não se entocarem em alguma estrutura.

Arremesso é bom testar as distancia, tanto no meio do lago, quando mais próximo da margem (durante o dia mais longe da margem é melhor)

 

Em fim, só são algumas dicas que sempre funcionam, mas pesca a gente nunca tem certeza de nada, pode ser que, vc chegue lá e pegue tudo diferente do que estou falando.

 

Qualquer dúvida pode perguntar, estamos aqui para isso!

 

 

 

 

Todas estas dicas estão sendo super úteis, vou seguir todas elas, até descobrir o que está sendo melhor no dia!

Você sabe se pode levar cães lá? Minha mãe vai, e queria levar a Poodle dela, é bem pequena e não dá o mínimo trabalho...

Quanto a chuva, será que corremos o risco de pegar muita chuva lá, nos dias 12 e 13? Ou a chuva não atrapalha a pesca no córrego?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

Processando...
Entre para seguir isso  

×
×
  • Criar Novo...