Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
Fabrício Biguá

Sobre a "licitação" dos rios em SIRN.

Posts Recomendados

Postei este assunto em outro tópico mas eu não sou cadeado para ficar guardando segredo. Pago meus impostos, não devo ninguém, e acho q todos vocês deveriam saber o q ocorreu neste processo.

Na verdade o que ocorreu nessa licitação foi o seguinte:

- Uneiuxi = acima da placa, dentro da tribo, uma empresa que nunca esteve em SIRN ganhou a licitação, mas colocou a velha conhecida de guerra pra operar lá dentro, o que é proibido pelo edital. Vai dar rôlo, mas em nada influenciou a pesca por lá, já que o Roçado era TI.

- Jurubaixi = o rio foi dividido em duas partes (boca para o meio, e do meio para a cabeceira)...Duas empresas (três, na verdade) ganharam e estarão operando nele. Não posso falar nada sobre estes ganhadores porque os conhecidos operadores de SIRN não ofereceram lances neste rio.

- Téa e Aiuanã = apesar de ser considerado "TI", não há comunidade ou povo morando em suas margens. Na verdade foi uma jogada esperta dos órgãos indigenistas para conseguirem arrecadar um trocado futuramente dos operadores.

Essa questão da TI que vem ocorrendo no Brasil é muito desgastante. E por ser desgastante, os interessados, os pseudos índios, os caboclos e espertalhões de plantão, estão conseguindo êxito a cada dia.

Pior, temos pessoas nossas, sim, pescadores esportivos conhecidos que estão trabalhando em prol deste avanço. São técnicos super capacitados que se venderam para as maracutaias lá de cima. Tem um caso que preciso repassar pra vcs.
Estivemos na FUNAI aqui de Brasília para tratar da licitação na região de SIRN. Na reunião, que em princípio achávamos ser séria, foi exposto tudo o q estava ocorrendo lá pra cima, e que aqueles povos precisavam "aproveitar melhor suas terras e águas", que a lei tem evoluído, todo o certame foi lido, e por aí vai....mas um representante da FUNAI, biólogo, e ex-funcionário do Ministério da Pesca (acho q ex) em específico, o cara envolvido nos estudos feitos no rio, disse a todos os operadores que, depois de enviarem as suas propostas, estes não poderiam entrar em contato com as tribos/comunidades ribeirinhas e forçar sua aceitação ou oferecer algum $$$ para não influenciar na licitação. Caso isso ocorresse, a empresa seria imediatamente excluída do processo. Confesso que acreditei na conversa dita por ele. Era um cara que sabia da relação dele com uma quadrilha q tem ganhado projeção lá pra cima...mas, inocentemente, acreditei no trabalho que ele estava desempenhando para a FUNAI.

Licitação feita, e foi aí q todos os operadores de Barcelos e SIRN se surpreenderam com a notícia de que uma empresa do Mato Grosso, ou do Pará, havia ganhado a licitação. Ninguém tinha sequer ouvido falar nesta empresa e, na reunião, não havia qualquer representante desta.

Pior, no edital estava claro que qualquer consórcio de empresas que quisesse participar, deveria se fundir antes de oferecer lances. E que, ERA PROIBIDO, o repasse da operação do ganhador para terceiros.

Ao vasculhar informações sobre esta empresa gananhadora no Facebook, não é que me deparo com fotos e mais fotos daquele "representante da FUNAI" pescando na operação deles?!?! :suicide:

O mesmo cara envolvido nos estudos, envolvido com o cara do IBAMA  que fecha rios na cara dura, envolvido com a mesma empresa que fez de tudo para ganhar no Marié, e por aí vai. Ou seja, uma verdadeira quadrilha montada para tomar nossos rios. 
Turma...muitas empresas gastaram dinheiro acreditando no processo. Muitos saíram de outros Estados para esta reunião na FUNAI...

E para acabar de vez com tudo, não é que uma empresa estrangeira passou a anunciar os pacotes lá nos EUA da operação no Uneiuxi?!?! Sendo q não foi ela a vencedora!!! :choquei:
Sim, cara deu a dica para uma empresa estranha a região (em conluio com esta estrangeira), assediou os índios para que aceitassem a proposta ofertada por eles, e de quebra não cumpriu um edital em que ele mesmo trabalhou. É pra acabar mesmo!

Os caras fizeram um estudo de esforço de pesca durante 1 única semana no Uneiuxi. A água estava alta, ruim de peixe, usaram um ou dois barquinhos, fizeram um relatório de algo que precisaria de anos de estudo para ser sério.
E preparem-se, eles estão ganhando bem $$$ para fazer o mesmo procedimento em outras áreas de todo o Amazonas próximas a TI. Se tem rio bom de pesca, eles fazem estudos fajutos para justificar uma licitação de cartas marcadas.
Já disse por aí...Um dia eu vou vê-los todos indiciados e presos. Um dia a casa deles vai cair, pode apostar. Mais uma denúncia foi feita...Eles acham q não vai dar nada, mas, no dia que der, será uma avalanche na cabeça deles. Espero mesmo, que a justiça e a vergonha leve tudo o q eles tem.

Aposto q ele espalha por aí que isso é conversa de perdedor e blá-blá-blá...Mas o cara deveria ter vergonha de não se declarar, no mínimo, suspeito no processo. Imagine liderar uma equipe responsável por esta transição destas?!?!

Estamos fudidos como povo e nação. Mas torço mesmo, para q os filhos destes FDP nunca consigam pescar um açu de verdade lá pra cima. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Fabrício Biguá disse:

 

Ao vasculhar informações sobre esta empresa gananhadora no Facebook, não é que me deparo com fotos e mais fotos daquele "representante da FUNAI" pescando na operação deles?!?! 

O mesmo cara envolvido nos estudos, envolvido com o cara do IBAMA que fecha rios na cara dura, envolvido com a mesma empresa que fez de tudo para ganhar no Marié, e por aí vai

PQP...canalhas...isso é revoltante...

mas ja sebemos que no Brasil essas liçitações em todos os ramos sao piadas,só maracutaia,só rolo...é o fim mesmo

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Que inferno de país

Tá loko

Desanima até pra quem não está ligado no assunto. Imagina pra vc que está lutando junto pra colocar ordem por lá @Fabrício Biguá

 

Só nos resta torcer pra que esses caras encarem as consequências de suas bandidagens

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Que absurdo!

Eu tenho uma duvida....

Quem audita esse tipo de processo de licitação? Quem é o mediador?

Como pode no meio de uma grave crise política cujo assunto principal é a corrupção os processos permitirem esse tipo de comportamento?

Cada dia mais indignado com nosso Brasil (ou deles né)!

Enfim, pra mim já deu... próxima temporada vou atrás do sonho que me falta de pescar no São Benedito e esquecer aquela região de uma vez por todas! Meu 22Lbs vai ficar para o futuro distante.

Torcer para que tudo se esclareça e se houver algo de podre, que todos paguem por isso.

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Rogério Araujo Pinheiro disse:

Que absurdo!

Eu tenho uma duvida....

Quem audita esse tipo de processo de licitação? Quem é o mediador?

Como pode no meio de uma grave crise política cujo assunto principal é a corrupção os processos permitirem esse tipo de comportamento?

Cada dia mais indignado com nosso Brasil (ou deles né)!

Enfim, pra mim já deu... próxima temporada vou atrás do sonho que me falta de pescar no São Benedito e esquecer aquela região de uma vez por todas! Meu 22Lbs vai ficar para o futuro distante.

Torcer para que tudo se esclareça e se houver algo de podre, que todos paguem por isso.

 

Ninguém audita, Rogério. Na verdade a decisão dos índios é o q valerá...ou seja, basta agradar a pessoa certa para se lançar na frente.  

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Neco disse:

Que inferno de país

Tá loko

Desanima até pra quem não está ligado no assunto. Imagina pra vc que está lutando junto pra colocar ordem por lá @Fabrício Biguá

 

Só nos resta torcer pra que esses caras encarem as consequências de suas bandidagens

Nem me fale, Neco...

Já fui mais brigador....mas tem muita gente de dinheiro operando na região que não se esforça 1% do que me esforçava. 

Hj estou deixando eles se virarem...

Mas é certo...um dia todos estes caras (envolvidos na entrega dos nossos rios e terras) serão presos. Se não forem, eles serão os responsáveis por uma futura guerra na região. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fabricio,

O texto reflete a realidade brasileira foi institucionalizado a corrupção, a falta de caráter , o errado ficou certo !!!!!!!!!

 

“De tanto ver triunfar as nulidades; de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça. De tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto.”
Ruy Barbosa

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
6 horas atrás, Shoji Ito disse:

Fabricio,

O texto reflete a realidade brasileira foi institucionalizado a corrupção, a falta de caráter , o errado ficou certo !!!!!!!!!

 

“De tanto ver triunfar as nulidades; de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça. De tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto.”
Ruy Barbosa

 

Agora você foi cirúrgico!

Parabéns pela citação.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não é por acaso que temos um retrato do nosso País em qualquer ponto do território brasileiro ! :help:

Claro que existem situações opostas, mas estas perdem sua expressão positiva pelo contínuo descaso e impunidade do que vai se tornando uma generalidade.

Esse nosso país precisa ser re-inventado da base ! E preparemo-nos pois não há mais "gordura", e vai precisar cortar na carne...  negativo::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Capitão,

Me lembro da gente conversando sobre esse assunto na cabeceira do Uneiuxi nessa ultima temporada e sabiamente você já havia cantado a bola.

Apesar dos esforços de alguns para mudar o cenário, estamos vendo tudo acontecer de acordo com o triste cenário que já prevíamos.

Uma pena, mas a justiça dos homens tarda e as vezes até falha, mas a divina não tem jeito.... essa eles vão pagar com ctza.

O que nos resta é tomar umas, dar risadas, e aproveitar os dias naquele local maravilhoso como sempre fizemos, pq isso ninguém nunca vai tirar da gente.

Abraço meu amigo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Resumindo...esse ano as Empresas que nos conhecemos mais irao operar em SIRN? E Barcelos esse ano, vai entupir de empresas ja que "ninguem" pode ir pra SIRN? Estou pra fechar um grupo pra outubro ou novembro, mas agora nao sei qual lugar e nem qual empresa...HELP, RS

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 09/08/2018 em 18:26, Fabrício Biguá disse:

Postei este assunto em outro tópico mas eu não sou cadeado para ficar guardando segredo. Pago meus impostos, não devo ninguém, e acho q todos vocês deveriam saber o q ocorreu neste processo.

Na verdade o que ocorreu nessa licitação foi o seguinte:

- Uneiuxi = acima da placa, dentro da tribo, uma empresa que nunca esteve em SIRN ganhou a licitação, mas colocou a velha conhecida de guerra pra operar lá dentro, o que é proibido pelo edital. Vai dar rôlo, mas em nada influenciou a pesca por lá, já que o Roçado era TI.

- Jurubaixi = o rio foi dividido em duas partes (boca para o meio, e do meio para a cabeceira)...Duas empresas (três, na verdade) ganharam e estarão operando nele. Não posso falar nada sobre estes ganhadores porque os conhecidos operadores de SIRN não ofereceram lances neste rio.

- Téa e Aiuanã = apesar de ser considerado "TI", não há comunidade ou povo morando em suas margens. Na verdade foi uma jogada esperta dos órgãos indigenistas para conseguirem arrecadar um trocado futuramente dos operadores.

Essa questão da TI que vem ocorrendo no Brasil é muito desgastante. E por ser desgastante, os interessados, os pseudos índios, os caboclos e espertalhões de plantão, estão conseguindo êxito a cada dia.

Pior, temos pessoas nossas, sim, pescadores esportivos conhecidos que estão trabalhando em prol deste avanço. São técnicos super capacitados que se venderam para as maracutaias lá de cima. Tem um caso que preciso repassar pra vcs.
Estivemos na FUNAI aqui de Brasília para tratar da licitação na região de SIRN. Na reunião, que em princípio achávamos ser séria, foi exposto tudo o q estava ocorrendo lá pra cima, e que aqueles povos precisavam "aproveitar melhor suas terras e águas", que a lei tem evoluído, todo o certame foi lido, e por aí vai....mas um representante da FUNAI, biólogo, e ex-funcionário do Ministério da Pesca (acho q ex) em específico, o cara envolvido nos estudos feitos no rio, disse a todos os operadores que, depois de enviarem as suas propostas, estes não poderiam entrar em contato com as tribos/comunidades ribeirinhas e forçar sua aceitação ou oferecer algum $$$ para não influenciar na licitação. Caso isso ocorresse, a empresa seria imediatamente excluída do processo. Confesso que acreditei na conversa dita por ele. Era um cara que sabia da relação dele com uma quadrilha q tem ganhado projeção lá pra cima...mas, inocentemente, acreditei no trabalho que ele estava desempenhando para a FUNAI.

Licitação feita, e foi aí q todos os operadores de Barcelos e SIRN se surpreenderam com a notícia de que uma empresa do Mato Grosso, ou do Pará, havia ganhado a licitação. Ninguém tinha sequer ouvido falar nesta empresa e, na reunião, não havia qualquer representante desta.

Pior, no edital estava claro que qualquer consórcio de empresas que quisesse participar, deveria se fundir antes de oferecer lances. E que, ERA PROIBIDO, o repasse da operação do ganhador para terceiros.

Ao vasculhar informações sobre esta empresa gananhadora no Facebook, não é que me deparo com fotos e mais fotos daquele "representante da FUNAI" pescando na operação deles?!?! :suicide:

O mesmo cara envolvido nos estudos, envolvido com o cara do IBAMA  que fecha rios na cara dura, envolvido com a mesma empresa que fez de tudo para ganhar no Marié, e por aí vai. Ou seja, uma verdadeira quadrilha montada para tomar nossos rios. 
Turma...muitas empresas gastaram dinheiro acreditando no processo. Muitos saíram de outros Estados para esta reunião na FUNAI...

E para acabar de vez com tudo, não é que uma empresa estrangeira passou a anunciar os pacotes lá nos EUA da operação no Uneiuxi?!?! Sendo q não foi ela a vencedora!!! :choquei:
Sim, cara deu a dica para uma empresa estranha a região (em conluio com esta estrangeira), assediou os índios para que aceitassem a proposta ofertada por eles, e de quebra não cumpriu um edital em que ele mesmo trabalhou. É pra acabar mesmo!

Os caras fizeram um estudo de esforço de pesca durante 1 única semana no Uneiuxi. A água estava alta, ruim de peixe, usaram um ou dois barquinhos, fizeram um relatório de algo que precisaria de anos de estudo para ser sério.
E preparem-se, eles estão ganhando bem $$$ para fazer o mesmo procedimento em outras áreas de todo o Amazonas próximas a TI. Se tem rio bom de pesca, eles fazem estudos fajutos para justificar uma licitação de cartas marcadas.
Já disse por aí...Um dia eu vou vê-los todos indiciados e presos. Um dia a casa deles vai cair, pode apostar. Mais uma denúncia foi feita...Eles acham q não vai dar nada, mas, no dia que der, será uma avalanche na cabeça deles. Espero mesmo, que a justiça e a vergonha leve tudo o q eles tem.

Aposto q ele espalha por aí que isso é conversa de perdedor e blá-blá-blá...Mas o cara deveria ter vergonha de não se declarar, no mínimo, suspeito no processo. Imagine liderar uma equipe responsável por esta transição destas?!?!

Estamos fudidos como povo e nação. Mas torço mesmo, para q os filhos destes FDP nunca consigam pescar um açu de verdade lá pra cima. 

A muito tempo já me manifestei sobre esse "consorcio" que estava sendo criado, infelizmente é isso que colhemos quando queremos trabalhar com mais seriedade e respeito as populações ribeirinhas que não reconhecem a possibilidade real de trabalho e optam pelo sistema de compensações já que nada têm para oferecer a não ser águas que são da união. Uma pratica antiga de um um operador que acabou sendo passado para três a quatro oportunista de plantão que hoje atuam sem o menor pudor por lá. Uma lastima Fabrício, mas o sonho de pescar na Amazônia está se tornando um pesadelo muito parecido com o pescar no pantanal nos anos 90, só que com menos opções e mais "extorsão".  Abraços

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
Entre para seguir isso  

×