Ir para conteúdo

O FTB foi atualizado e otimizado.

Antes, para visualizar todas as nossas salas, era preciso descer a barra de rolagem por muito tempo. Isto dificultava a nossa vida, principalmente a dos novos usuários, que não encontravam as salas/assuntos de interesse.

Agora as salas foram transformadas em "sub salas" e incluídas em grandes fóruns.

Esperamos que tenham gostado. :amigo:

Joao Manoel Leonello Lucas

Ajuda Motor Mercury 50hp

Posts Recomendados

Saudações ,muito se fala e na pratica estou convencido que não se deve elevar tanto um motor de popa. Já critiquei o fabricante sobre instalar o motor com a placa de anti cavitação no nível do fundo do barco. pelas fotos no barco em questão o motor esta acima do permitido pelo fabricante do motor e deve estar com leve cavitação ocasionando todo este transtorno. Se puder baixe ao nivel do fundo a placa de anti cavitação. espero ter ajudado. mesmo com flapes ,diga-se de passagem muito pequenos, não colocaria o motor tão alto. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
3 horas atrás, Sandro R. S. Buzatti disse:

Saudações ,muito se fala e na pratica estou convencido que não se deve elevar tanto um motor de popa. Já critiquei o fabricante sobre instalar o motor com a placa de anti cavitação no nível do fundo do barco. pelas fotos no barco em questão o motor esta acima do permitido pelo fabricante do motor e deve estar com leve cavitação ocasionando todo este transtorno. Se puder baixe ao nivel do fundo a placa de anti cavitação. espero ter ajudado. mesmo com flapes ,diga-se de passagem muito pequenos, não colocaria o motor tão alto. 

Amigo,os barcos Calaça já vem com a altura da popa exatamente na altura da placa anti-cavitacao.. não dá pra abaixar mais, só levantar com o toquinho mesmo...e não é esse o problema do amigo,o problema está talvez no tamanho do barco pro motor.. tenho um com motor 30hp que fica exatamente na mesma altura da placa e o desempenho é bom e não cavita..eu ainda acho que o motor dele tem algum probleminha...ou o casco exageradamente pesado,mas não conheço pra afirmar...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não sei oque anda ocorrendo com esse Mercury 50hp, não só aqui mas nos grupos de zap , etc,  vejo inúmeros relatos de problemas precoces com esse motor, não parece casos isolados ou mal uso.  Pessoas até experientes tendo problemas,  tendo que limpar carburador direto.

Nos 40 tinha um ou outro caso, mas nesse 50  meu Deus.  Acho que tá na hora da Mercury fazer alguma coisa pra sanar isso, de nada adianta ser um motor "barato" leve , econômico , andador se deixar o dono na mão direto.  

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Concordo contigo Guto embora o motor seja Tohatsu quem compra e comercializa é a Mercury devendo zelar pelo seu nome . o problema não é de hoje. a algum tempo li que estes motores foram projetados para funcionar com no máximo 10% de etanol e usamos mais que o dobro. A Mercury deveria resolver este problema , também li que o mercado nacional responde apenas por 1% das vendas nos colocando em enorme desvantagem. Se a Yamaha desenvolveu adequações para nosso combustível os órgãos fiscalizadores deveriam proibir a venda enquanto não houvesse adequação. Sofremos por essa péssima qualidade de combustível.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 10/04/2019 em 07:25, Guto Pinto disse:

Não sei oque anda ocorrendo com esse Mercury 50hp, não só aqui mas nos grupos de zap , etc,  vejo inúmeros relatos de problemas precoces com esse motor, não parece casos isolados ou mal uso.  Pessoas até experientes tendo problemas,  tendo que limpar carburador direto.

Nos 40 tinha um ou outro caso, mas nesse 50  meu Deus.  Acho que tá na hora da Mercury fazer alguma coisa pra sanar isso, de nada adianta ser um motor "barato" leve , econômico , andador se deixar o dono na mão direto.  

Realmente Os motores tohatsu,tem uma deficiência enorme quanto ao nosso combustível com 27% de etanol,mas esse novo 50hp está dando problemas demais.. vários problemas quanto ao desempenho e carburador sujo...Afinal,eu não entendo,qual a função de um motor ter 3 carburadores?3 chances de problemas?ou seria pro motor ser mais silencioso e econômico?isso é algo que não entendo....

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 19/04/2019 em 22:56, Sandro R. S. Buzatti disse:

Concordo contigo Guto embora o motor seja Tohatsu quem compra e comercializa é a Mercury devendo zelar pelo seu nome . o problema não é de hoje. a algum tempo li que estes motores foram projetados para funcionar com no máximo 10% de etanol e usamos mais que o dobro. A Mercury deveria resolver este problema , também li que o mercado nacional responde apenas por 1% das vendas nos colocando em enorme desvantagem. Se a Yamaha desenvolveu adequações para nosso combustível os órgãos fiscalizadores deveriam proibir a venda enquanto não houvesse adequação. Sofremos por essa péssima qualidade de combustível.

Essa parada de que os motores tohatsu portáteis de 10% de etanol máximo,veio escrito explicitamente no manual do meu 30hp....irei colocar um print....o problema que vejo é que tem ainda alguns postos que parecem colocar mais de 27% de álcool e outros produtos na gasolina, tenho amigos que tem o 40hp tem alguns anos e sem nenhum problema.. já tem outros que é só problema...agora,te perguntar...foi você que colocou.umas mangueiras pra drenar todos os 3 carburadores?se sim, resolveu o problema de sujar os carburadores?

 

_20190421_113922.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, Taylor Oliveira disse:

Agora eu pergunto.... será que já não está na hora do Yamaha lançar um 50hp de manche?pra concorrer com esse problemático Mercury....

Difícil pra não falar impossível, Yamaha esse ano já tirou o 50, 60 e 90 2T do mercado. Pode ser a  té que tenha 50 ou 60 com manche, mas será 4t sem duvida.  50 e 60 2t com manche a yamaha sempre teve assim como a mercury , só que acredito pela baixíssima demanda eles nem traziam pra cá, o que se vê muito aqui é pessoal que importa os manches e colocam neles, lembrando que esses 50 e 60 pesam entre 95 e 105 kg e tinha  quase 1000cc, nos arrancadões de barco é comum vê-los, o Paulinho aqui mesmo tem um Mercury Seapro 55hp com manche .   Muito difícil ver as fábricas investirem em motores 2t carburados hoje, a Austrália a partir de 1 de junho de esse ano proibiu a venda deles, se não me engano o último país de 1 mundo que eram permitidos ainda.  A tendência mesmo é ficarem só os pequenos c

E convenhamos acho que maioria do pessoal que quer um motor desse já parte pra um modelo com comando a distância, trim etc

outboard_motor_yamaha_50hp_20503221.jpg

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
22 minutos atrás, Guto Pinto disse:

Difícil pra não falar impossível, Yamaha esse ano já tirou o 50, 60 e 90 2T do mercado. Pode ser a  té que tenha 50 ou 60 com manche, mas será 4t sem duvida.  50 e 60 2t com manche a yamaha sempre teve assim como a mercury , só que acredito pela baixíssima demanda eles nem traziam pra cá, o que se vê muito aqui é pessoal que importa os manches e colocam neles, lembrando que esses 50 e 60 pesam entre 95 e 105 kg e tinha  quase 1000cc, nos arrancadões de barco é comum vê-los, o Paulinho aqui mesmo tem um Mercury Seapro 55hp com manche .   Muito difícil ver as fábricas investirem em motores 2t carburados hoje, a Austrália a partir de 1 de junho de esse ano proibiu a venda deles, se não me engano o último país de 1 mundo que eram permitidos ainda.  A tendência mesmo é ficarem só os pequenos c

E convenhamos acho que maioria do pessoal que quer um motor desse já parte pra um modelo com comando a distância, trim etc

outboard_motor_yamaha_50hp_20503221.jpg

 

Mas o que me referia Guto, é que nossos barcos hoje,a maioria são pra 50hp, então porque a Yamaha não tira o 40hp de linha e faz algumas modificações.pra tirar 50hp dele? será que isso não seria possível? na verdade a maioria das pessoas que compraram o 50hp Mercury,compram por andar mais e ser o mesmo preço do 40hp.. digo isso em motores 2t...

Acho que motor 4 tempos até 50hp ainda não valem a pena,pois são mt mais caros, manutenção complicada, revisões caras e a economia não se paga nunca dependendo do tempo que ficamos com o motor e a quantidade de uso....e sem contar no peso que é um absurdo e não tem o mesmo desempenho que o 2t...a.nao ser que você saiba de algo que valha a pena....

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
3 minutos atrás, Taylor Oliveira disse:

Mas o que me referia Guto, é que nossos barcos hoje,a maioria são pra 50hp, então porque a Yamaha não tira o 40hp de linha e faz algumas modificações.pra tirar 50hp dele? será que isso não seria possível? na verdade a maioria das pessoas que compraram o 50hp Mercury,compram por andar mais e ser o mesmo preço do 40hp.. digo isso em motores 2t...

Acho que motor 4 tempos até 50hp ainda não valem a pena,pois são mt mais caros, manutenção complicada, revisões caras e a economia não se paga nunca dependendo do tempo que ficamos com o motor e a quantidade de uso....e sem contar no peso que é um absurdo e não tem o mesmo desempenho que o 2t...a.nao ser que você saiba de algo que valha a pena....

Taylor  oque vejo que a Yamaha tá pouco se f.....  em competir com as outras marcas, pode ver que o preço deles sempre são mais caros, um 15 tá quase igual o merc 30 e  um 30 ta igual um 40merc e um 40 tá mais caro que o 50 merc.   Quanto a potencia de barco o que vejo que  eles não mudaram em nada a estrutura de um barco de 40 pra 50, apenas trocaram a plaquetinha pois de uns 5 anos pra cá começou a ter motor 50, assim como há um tempo atrás maioria dos barcos eram pra 25 e não 30, mudaram a plaquetinha pra fins legais.  Yamaha apesar de serem montados aqui são projetos globais , ou seja o 40 aqui é o mesmo que é vendido lá fora, não vejo muito o que fazer num motor consagrado a fim aumentar a potência sem prejudicar a durabilidade, o 40 yamaha já é bebedor imagina isso tunado pra 50.   Mercado nacional é um cisco perto do mercado mundial, difícil fazerem algo.  A Mercury não fabricou o 50 pra competir aqui, apenas pintaram o Tohatsu 50 e trouxeram pros paises de terceiro mundo, o tohatsu 50 é um projeto da década de 90, de novo eles não tem nada

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Quanto ao fato de motor 3cilindros e 3 carburadores, sim  o intuito é deixar o motor mais silencioso e econômico, na pescaria que fiz em  Planura  no começo do ano eu utilizei um Yamaha 40 3cil com comando e trim ( esse motor saiu uns tempos aqui mas devido ao motor ser na época praticamente o mesmo preço do 50 e 60  logo tiraram ele) , e meu irmão  um  Yamaha 40 2cil , o funcionamento é bem diferente, muito mais silencioso, quase sem vibração e no final da pescaria fizemos os gastos  meu irmão em 3 dias gastou 66 litros de gasolina e eu 54 andando o mesmo trajeto.  Isso que nosso barco era um Mogi Mirim amazonas 600 console e meu irmão um bico fino 6m mais leve, o 2cil andava na frente um pouco provavelmente pelo peso menor e barco diferente 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
24 minutos atrás, Guto Pinto disse:

Taylor  oque vejo que a Yamaha tá pouco se f.....  em competir com as outras marcas, pode ver que o preço deles sempre são mais caros, um 15 tá quase igual o merc 30 e  um 30 ta igual um 40merc e um 40 tá mais caro que o 50 merc.   Quanto a potencia de barco o que vejo que  eles não mudaram em nada a estrutura de um barco de 40 pra 50, apenas trocaram a plaquetinha pois de uns 5 anos pra cá começou a ter motor 50, assim como há um tempo atrás maioria dos barcos eram pra 25 e não 30, mudaram a plaquetinha pra fins legais.  Yamaha apesar de serem montados aqui são projetos globais , ou seja o 40 aqui é o mesmo que é vendido lá fora, não vejo muito o que fazer num motor consagrado a fim aumentar a potência sem prejudicar a durabilidade, o 40 yamaha já é bebedor imagina isso tunado pra 50.   Mercado nacional é um cisco perto do mercado mundial, difícil fazerem algo.  A Mercury não fabricou o 50 pra competir aqui, apenas pintaram o Tohatsu 50 e trouxeram pros paises de terceiro mundo, o tohatsu 50 é um projeto da década de 90, de novo eles não tem nada

Concordo plenamente contigo...uma pena ver um país assim, tantos usuários de motores sofrendo por causa da falta de investimentos aqui,em um produto voltado ao nosso uso... realmente os motores yamaha são mt caros comparados aos Mercury,eu também preferia Yamaha,gosto demais dos produtos Yamaha,mas pelo preço acabei optando pelo Mercury..e ate hoje,no meu caso,estou mt satisfeito..mas isso não é a realidade de muitas pessoas,que acabam sofrendo com esses motores,e não ficam satisfeitos com o produto...pois não foram feitos pro nosso combustível..

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
11 minutos atrás, Guto Pinto disse:

Quanto ao fato de motor 3cilindros e 3 carburadores, sim  o intuito é deixar o motor mais silencioso e econômico, na pescaria que fiz em  Planura  no começo do ano eu utilizei um Yamaha 40 3cil com comando e trim ( esse motor saiu uns tempos aqui mas devido ao motor ser na época praticamente o mesmo preço do 50 e 60  logo tiraram ele) , e meu irmão  um  Yamaha 40 2cil , o funcionamento é bem diferente, muito mais silencioso, quase sem vibração e no final da pescaria fizemos os gastos  meu irmão em 3 dias gastou 66 litros de gasolina e eu 54 andando o mesmo trajeto.  Isso que nosso barco era um Mogi Mirim amazonas 600 console e meu irmão um bico fino 6m mais leve, o 2cil andava na frente um pouco provavelmente pelo peso menor e barco diferente 

Entendi...mas o yamaha 40hp 3 cilindros não tinha problemas com entupimento de carburador?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Taylor Oliveira disse:

Entendi...mas o yamaha 40hp 3 cilindros não tinha problemas com entupimento de carburador?

Taylor nunca ouvi um relato, mas foi um motor que saiu uns 5 anos aqui só e então fica complicado. Eu sei que os Merc 50 e 60 americanos assim como os 50 e 60 yamahas não davam problema assim não, lógico um outro caso é normal,  não tão recorrente.   Meu amigo tem um Johnson  70hp 3cil e 3 carburadores, deve ser do começo dos 90.  Fica numa lancha lá no clube, ano passado ele foi dar partida e pasme com gasolina do carnaval de 2015 que tava no tanque, segunda girada o motor pegou, 3 anos sem ligar praticamente, lógico depois tirei o conector dele e esgotei com gasolina nova.  

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
7 minutos atrás, Guto Pinto disse:

Taylor nunca ouvi um relato, mas foi um motor que saiu uns 5 anos aqui só e então fica complicado. Eu sei que os Merc 50 e 60 americanos assim como os 50 e 60 yamahas não davam problema assim não, lógico um outro caso é normal,  não tão recorrente.   Meu amigo tem um Johnson  70hp 3cil e 3 carburadores, deve ser do começo dos 90.  Fica numa lancha lá no clube, ano passado ele foi dar partida e pasme com gasolina do carnaval de 2015 que tava no tanque, segunda girada o motor pegou, 3 anos sem ligar praticamente, lógico depois tirei o conector dele e esgotei com gasolina nova.  

Então esse problema quanto a carburador sujar mt precocemente só se dão nos Mercury/tohatsu japoneses.... já os outros motores tem o funcionamento normal...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

se me permitem discordar, acho que o problema não são os buras em si, e sim algo pre carburacao, pois de fato os buras sao os mesmos do 18 que nunca deram pau em nenhum relato., logo não são eles os problematicos da coisa.

 

volto a repetir aquilo que falo há dezenas de meses: a tohatsu fabrica um motor destinado ao terceiro mundo, sao os EVER RUN, a base é a mesma, muda carburacao e outros adendos menores, basicamente, é um motor com algumas peças mais robustas mas com a mesma base (bloco, rabeta, helice, compressao, cc, etc etc. etc).

 

Os tohatsus que vem pra ca assim como os mercurys, sao os tohatsus normais, portanto, propensos a esses problemas.

 

repito, o motor nao tem problemas, nem erros, é um motor da decada de 90 ou menos, ta a decadas trabalhando mundo afora, fabricado nao apenas para a mercury, mas pra nissan (extinta), mariner, entre outras empresas de renome.

 

O erro esta na importação que nao foi pensada para a realidade nacional.

 

tb discordo veementemente que os 4t sao inferiores e mais complicados que o 2t... na verdade, regular um 2t com exatidao, é algo bastante dificil, digo uqe 99% dos motores 2t nao estao em sua plena eficiencia... hj mecanico nao sabe lidar com eles, ja motor 4t qqr zé ruela de cidade pqna sabe mexer, é o memso motor de moto, carro etc... embora tenha mais peças, é muito mais facil e intuitivo pros mecanicos lidarem.

 

mecanicamente falando, o 4tempos tem uma folga muito maior de trabalho, ja o 2tempos se vc nao tiver certo, vai pipocar, melejar, nao pegar, gastar e nao ter rendimento.

 

ademais, motor 2t tem como premissa trabalhar bem em altas rotacoes, ou melhor dizendo, em plena acelaracao, abaixo disso perde desempenho, ou seja, barco vazio e manete torando, o 2 tempos pula na frente, barco cheio, lotado, em navegacao padrao, o 4t anda igual ou melhor.

 

nunca sequer vi um 40 4tempos na minha frente, mas tenho amigos que andaram no 4t e 2t e disseram que o 4 tempos nao perde com peso, mantem muito mais e com muito mais conforto.

 

Esses dias estive ao lado de ao menos uns 9 motores 2t.... 1 etec (2t injetado) e uns 3 yamahas 4t de diversas potencias...

 

vou falar, pode ser mais pesado e o kct, mas o 4tempo é simplesmente MELHOR... aind amais passeando , andando, ate ouvindo de longe, um parece um trator fundindo o motor e outro uma picape diesel moderna, ta loco a diferenca eh absurda, nao falha, liga na hora, ahhhh ta looco, outra vida!

 

eu tendo dinheiro pra pegar um 40 4t , pegaria facil.... e os novissimos 4t de 30 e 20hp tb estao cheio de modernidades, acho q logo irao superar os 2t em todos os quesitos, pena que vivemos num pais de bosta de gato pisada , aki 10 reais de diferenca eh um absurdo e por isso o peso financeiro faz muita diferenca.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Então   Astra concordo em partes,  carburador dos  15 Super, 30 Seapro, e os 40/50 são semelhantes, porém nos 15 e 30 se consegue esgotar quase que totalmente, sei disso pois quando abri o carburador do meu Seapro eu tinha esgotado ele há 2 dias apenas e não tinha um resquício sequer de combustivel dentro, já no  3 cilindros é sabido que nunca se consegue se esgotar completamente, se eu fosse dono de um motor desse com certeza mesmo sendo um porre eu abriria todos parafusos das cubas depois de cada uso, simples. 

Quanto aos 4t sem duvida acima de 50hp não precisa nem pensar.  Os 40 também se forem ficar fixos tb não vejo problema, até seria mais vantajoso , visto que o grande empecilho dos 4t é o peso e posição de carregar ele que no caso de um motor fixo não existe isso.   Mas aí cai em dois problemas graves aqui, os 4T hj até os 20 novos estão vindo injetados, ou seja caso precise de uma manutenção mais especifíca terá que levar numa revenda grande ou concessionária pra diagnosticar problemas, necessita-se de scanner etc, é fácil pra quem mora num grande centro, mas pra quem mora na beira do rio já complica fora que se um bico desse travar na beira do rio, adeus pescaria, já um carburado se a pessoa tiver um pouco de noção limpa ele dentro da canoa.  Isso se citar diferença de preço que é gritante um 40 Yamaha manual 2t custa R$15000, o modelo de manche 4t R$ 23000, fora fato se não me engano só vir com rabeta 20 polegadas, ou seja não serve em 99% dos barcos com comando manual.   Lembro quando os 2T 60 e 90 existiam eles eram quase o mesmos preços do 4t, já nos portáteis essa diferença é absurda, um 20hp Merc EFI h é quase o dobro de um 15 Super é muita diferença de $$ pra um item que vai usar 3 a 4x no ano e vai levar ao ponto de pesca do mesmo jeito 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Na minha opinião,na minha mesmo,posso estar completamente errado no que falo...mas penso que motor de popa 4t pequeno é so pra quem tem R$ sobrando pra gastar,ou para quem usa demais o motor,a ponto de pagar a diferença de valor em curto período de tempo....quando fui comprar um conjunto,fiquei mt empolgado para comprar um motor 4t..eu ia de 20hp 4t yamaha...na hora de ver os preços...kkkkk,quase matei o vendedor..13.000 reais...o Mercury 30hp 2t(ultrapassado,como vocês dizem),foi 9.000..pensei,puts..4 mil de diferença vou demorar uns 10 anos pra pagar a diferença no consumo,fora os possíveis problemas quanto a peças e revisões.....optei pelo 2t mesmo... E também eu conversei com uma pessoa que tinha o f20 Yamaha e o cara me disse que fazia uns 4-5 litros por hora....e a velocidade 37km/h,mt bom consumo por sinal ....mas que o motor tinha as revisões absurdamente caras e as peças eram bem puxadas também....acho que o problema é esse..os 4t pequenos são mt caros e ainda desconhecido por Nós...o que acaba nos fazendo optar pelos 2t que são leves e confiáveis....eu tenho vontade de quando o dinheiro sobrar, não sei se vai acontecer nunca,irei comprar um conjunto de um flashbass 5.5 pra motor de 50hp 4tempos...irei colocar um motor 4tempos nesse barco,ou yamaha ou Mercury 4t... dizem ser mt econômicos os motores 4tempos portáteis,mas deixarei fixo no casco,mas isso é sonho a longo prazo . Vamos ver se até lá o valor se tornará algo mais em conta...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 23/10/2018 em 16:16, Joao Manoel Leonello Lucas disse:

Pessoal boa tarde!

 

Em discussões aqui no fórum e conversando com outros pessoas estou desconfiado que meu motor está com algum problema.

 

Até dois meses a traz eu tinha um casco da pantanaltica um baiha boats de 6 m, que pesava aproximadamente 200kg e tinha uma boca de 1,6m. nele estava equipado meu motor mercury 50hp rabeta curta. Nele eu aferi uma rotação de 5400rpm e uma media de velocidade final de 53 km/h. 

 

Pois bem, resolvi trocar de casco, e comprei um calaça gran flash bass profishing pois o grande marketing em cima dele era o melhor rendimento.

 

Assim que o casco chegou ansioso convidei dois amigos e fomos pescar, ai que começou meu calvario. 

 

Logo na estreia o motor ficou em 5000rpm e nao passava de 44km/h, muito abaixo do esperado, uma vez que estava em tres pescadores mais tralha para um dia de pesca. nada diferente do que o outro barco aguentava.

 

Liguei para a fabrica e começamos a conversar do que estava acontecendo, em um outro tópico aqui do fórum o Joao Calaça já interveio e esta me ajudando a resolver o mistério do mau rendimento do meu barco.

 

Todos os testes possíveis quanto regulagem já foram feitos. tirei varias fotos do trim e do placa anticavitação para ver se a instalação do motor esta correta, e até agora tudo ok.

 

O primeiro palpite foi trocar a hélice para uma menor, sair de passo 13 para 12. Confesso que não comprei a original devido ao preço comprei uma sorabo, melhorou um pouquinho, com duas pessoas um pouco mais leves (namorada e cunhado) ele já subiu para 5400rpm e uma velocidade final de 46km/h na media.

 

Ainda insatisfeito liguei na paraqueda nautica para conversar com eles. O mecânico recomendou uma hélice original, falou que a original em relaçao a sorabo é muito melhor que capta mais agua.

 

Uma pequena observação: logo quando chegou o 50 mercury de manche, eu comprei, foi a primeira venda deste motor da paraqueda, mas o motor veio com um "defeito de fabrica", ele morria na marcha lenta, tinha que sair acelerando, levei ele tres vezes na autorizada (motonautica mm) que é a parceira da paraqueda aqui em sao paulo e nada, eles trocaram o motor, o novo veio com o mesmo problema, ai o pessoal da paraqueda nautica entrou em contato com a mercury e descobriram que tinha que trocar uma peça devido a nossa gasolina e tals , fizeram o recall e pronto fim do problema.

 

Antes de sair gastando mais dinheiro, queria a ajuda de vocês aqui do forum para resolver este mistério.

 

E se possível, alguém daqui de são paulo, ou que pesca em paraibuna que tenha este motor, se toparia ir pescar um dia la, usando o motor no meu casco, assim teria como ter uma certeza maior se o problema é o meu motor ou não.

Olá, comprei um motor igual ao seu.

Tive problema muito parecido o que foi uma dor de cabeça.

Liga muito fácil mantém a lenta, mas ao engatar para sair nas rotações de 1000 a 2000 giros apagava, e não tinha o que fazer. Até que peguei o jeito puchando o afogador até passar o giro de +- 2500 giros quando engatado. Depois desta rotação alinhava.

Encomodado, levei em uma casa de carburadores e foi trocado chicle de alta para a próxima medida maior q a original, melhorou mas não foi suficiente e assim trocando em outra ocasião por uma próxima maior. Quase solucionou, 95 %.

Havia guardado os xicles originais, então fiz uma revisão em uma casa Nautica com mecânico qualificado. Comentei do problema e ele pediu os originais. 

Resultado ficou 100% para um carburado. Mas me incomodei com o tal.

Motor econômico, forte baixo ruído.

Das medidas e dimensões

Alumibarcos semi chata 5.5, boca 1.5, fundo 1.22.

Velocidade 54/56 e máxima alcançado 58 km/h com 3 pessoas.

Neste mesmo barco com 5 pesados, 90 litros combustível, trabalha, bateria, botijão médio, panela, carne, água, gelo... 45 km/h

 

Mais algum detalhe posso ajudar afinal já com 65 hrs com este motor.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 19/04/2019 em 22:56, Sandro R. S. Buzatti disse:

Concordo contigo Guto embora o motor seja Tohatsu quem compra e comercializa é a Mercury devendo zelar pelo seu nome . o problema não é de hoje. a algum tempo li que estes motores foram projetados para funcionar com no máximo 10% de etanol e usamos mais que o dobro. A Mercury deveria resolver este problema , também li que o mercado nacional responde apenas por 1% das vendas nos colocando em enorme desvantagem. Se a Yamaha desenvolveu adequações para nosso combustível os órgãos fiscalizadores deveriam proibir a venda enquanto não houvesse adequação. Sofremos por essa péssima qualidade de combustível.

Boa

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 23/10/2018 em 16:16, Joao Manoel Leonello Lucas disse:

Pessoal boa tarde!

 

Em discussões aqui no fórum e conversando com outros pessoas estou desconfiado que meu motor está com algum problema.

 

Até dois meses a traz eu tinha um casco da pantanaltica um baiha boats de 6 m, que pesava aproximadamente 200kg e tinha uma boca de 1,6m. nele estava equipado meu motor mercury 50hp rabeta curta. Nele eu aferi uma rotação de 5400rpm e uma media de velocidade final de 53 km/h. 

 

Pois bem, resolvi trocar de casco, e comprei um calaça gran flash bass profishing pois o grande marketing em cima dele era o melhor rendimento.

 

Assim que o casco chegou ansioso convidei dois amigos e fomos pescar, ai que começou meu calvario. 

 

Logo na estreia o motor ficou em 5000rpm e nao passava de 44km/h, muito abaixo do esperado, uma vez que estava em tres pescadores mais tralha para um dia de pesca. nada diferente do que o outro barco aguentava.

 

Liguei para a fabrica e começamos a conversar do que estava acontecendo, em um outro tópico aqui do fórum o Joao Calaça já interveio e esta me ajudando a resolver o mistério do mau rendimento do meu barco.

 

Todos os testes possíveis quanto regulagem já foram feitos. tirei varias fotos do trim e do placa anticavitação para ver se a instalação do motor esta correta, e até agora tudo ok.

 

O primeiro palpite foi trocar a hélice para uma menor, sair de passo 13 para 12. Confesso que não comprei a original devido ao preço comprei uma sorabo, melhorou um pouquinho, com duas pessoas um pouco mais leves (namorada e cunhado) ele já subiu para 5400rpm e uma velocidade final de 46km/h na media.

 

Ainda insatisfeito liguei na paraqueda nautica para conversar com eles. O mecânico recomendou uma hélice original, falou que a original em relaçao a sorabo é muito melhor que capta mais agua.

 

Uma pequena observação: logo quando chegou o 50 mercury de manche, eu comprei, foi a primeira venda deste motor da paraqueda, mas o motor veio com um "defeito de fabrica", ele morria na marcha lenta, tinha que sair acelerando, levei ele tres vezes na autorizada (motonautica mm) que é a parceira da paraqueda aqui em sao paulo e nada, eles trocaram o motor, o novo veio com o mesmo problema, ai o pessoal da paraqueda nautica entrou em contato com a mercury e descobriram que tinha que trocar uma peça devido a nossa gasolina e tals , fizeram o recall e pronto fim do problema.

 

Antes de sair gastando mais dinheiro, queria a ajuda de vocês aqui do forum para resolver este mistério.

 

E se possível, alguém daqui de são paulo, ou que pesca em paraibuna que tenha este motor, se toparia ir pescar um dia la, usando o motor no meu casco, assim teria como ter uma certeza maior se o problema é o meu motor ou não.

Olá, comprei um motor igual ao seu.

Tive problema muito parecido o que foi uma dor de cabeça.

Liga muito fácil mantém a lenta, mas ao engatar para sair nas rotações de 1000 a 2000 giros apagava, e não tinha o que fazer. Até que peguei o jeito puchando o afogador até passar o giro de +- 2500 giros quando engatado. Depois desta rotação alinhava.

Encomodado, levei em uma casa de carburadores e foi trocado chicle de alta para a próxima medida maior q a original, melhorou mas não foi suficiente e assim trocando em outra ocasião por uma próxima maior. Quase solucionou, 95 %.

Havia guardado os xicles originais, então fiz uma revisão em uma casa Nautica com mecânico qualificado. Comentei do problema e ele pediu os originais. 

Resultado ficou 100% para um carburado. Mas me incomodei com o tal.

Motor econômico, forte baixo ruído.

Das medidas e dimensões

Alumibarcos semi chata 5.5, boca 1.5, fundo 1.22.

Velocidade 54/56 e máxima alcançado 58 km/h com 3 pessoas.

Neste mesmo barco com 5 pesados, 90 litros combustível, trabalha, bateria, botijão médio, panela, carne, água, gelo... 45 km/h

 

Mais algum detalhe posso ajudar afinal já com 65 hrs com este motor.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tenho uma dúvida.

Hélice original veio passo 13 e rotação chega a 5850 giros, comprei um passo 15 fmx e continua passando dos 5700 giros.

Colocando um passo 17 aumentará a velocidade???

Obs. com muito peso, 5 pessoas combustível e tralhas a rotação chegava a 5300 giros

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Boa tarde, vamos la.
Inicio do ano comprei 
Granflash bass 6mts + mercury 50hp 
Rio braço norte, interior de mato grosso em 3 pessoa + bateria 45a + 8 caixa de breja latinha = 63km descendo e 58km subindo.
Fiz algumas outras pescaria com 5 pessoas pesadas + traia pra 2d media de 50km.
 

Tenho os mesmo problemas de lenta do amigo acima é um pé no saco isso, sorte que ele é partida. Ele veio com uma helice passo 13 qual passo seri mais recomendado pra ganhar um pouco de velocidade?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Opa,

  Hélice, acredito que vai um 16 com menos peso, pois coloquei passo 15 e não mudou nada, 
obs.: no motor com comando vem passo 14 original

  Quanto a lenta, levei a um bom mecânico e melhorou 95%, os outros 5% deve ser combustível e claro não injetado,
segundo ele, fez um avanço no carburador de baixo em relação a sincronia dos dois acima, ficou bem tolerável, 

um detalhe, vi que o parafuso do ar deixou 3 voltas nos dois de cima e 2,5 voltas no carburador de baixo

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

Processando...

×
×
  • Criar Novo...