Ir para conteúdo

O FTB foi atualizado e otimizado.

Antes, para visualizar todas as nossas salas, era preciso descer a barra de rolagem por muito tempo. Isto dificultava a nossa vida, principalmente a dos novos usuários, que não encontravam as salas/assuntos de interesse.

Agora as salas foram transformadas em "sub salas" e incluídas em grandes fóruns.

Esperamos que tenham gostado. :amigo:

Entre para seguir isso  
Eduardo Chedid

Review técnico da nova LIGER POR EDUARDO CHEDID / LDS TUNING w

Posts Recomendados

1 hora atrás, Armando Ito disse:

interessante isso ... deixa te explicar pq ...

 

a alguns anos tive o privilégio de testar uma Chronarch Ci4 ( a famigerada e criticada por vc  ... rsrsrrs ) .... através de um Pro-Staff Shimano ...

fiquei impressionado como poder de arremesso ( com iscas leves ) dela e reparei que tinha "sapatas" na cor branca ( ao invés das tradicionais vermelhas ) ... e tbem comentei das críticas relacionadas à ela devido ao seu carretel ser pouco resistente ... através dele , fui direcionado  a  outro Po-Staff , só que da Shimano Jp ... a explicação segue : ( nas minhas palavras ) ...

 

a Chronarch é indicada à iscas mais leves , o seu carretel é de um material mais leve , justamente pra ter "menor" carga inercial ... e foi concebida pra ter o centro de gravidade mais "pra fora" ... e, com pouca massa , a aceleração se mantém mais constante e possui uma desaceleração mais uniforme ...

sabido que o arremesso se divide em 3 partes : ... a aceleração inicial ( hora que a isca traciona a linha ( não é o carretel que empurra e sim a inércia da isca que traciona ) ... a aceleração média ( constante ) e a parte final em que há a desaceleração da isca ( essa é a parte principal das cabeleiras ) ...

onde ele chegou .... as sapatas brancas são menores e de um material mais leve ( ação menor na fase inicial e mais constante na intermediária ...

como vc tem um carretel com "força inercial" maior , mas pouca massa , pra aproveitar isso , vc tem uma sapata mais leve e mais sensível , com atuação mais constante ...

tendo uma atuação mais constante , a fase final do arremesso é mais controlado  e justamente "mais solto" pra alcançar maiores distâncias ...

 

analisando o que me foi passado ... é completamente o "contrário" do que vc afirma dessa Liger ... 

se vc tem uma sapata mais forte em um carretel mais leve ,  certamente uma isca leve não tem poder de tracionar o conjunto na fase inicial ,   devido à pouca forca inercial da isca e prejudicado pela atuação mais forte das sapatas ... prejudicando totalmente o arremesso na parte intermediária e principalmente na parte final ( carretel leve - isca leve - freio forte ) .... só ver a Aldebaran que vem com 4 sapatas ( mais leves ) justamente pela aplicação dela ...

 

quanto ao carretel ... justamente pela tecnologia empregada , deram alguns problemas na pré-serie ... mas o que foi prontamente corrigida com o envio de novos carreteis aos compradores ... ( somente através das distribuidoras oficiais nos Eua ) ... e é sabido que os equipamentos por aqui são geralmente oriundos de mercado paralelo e ou através de viagens aos Eua ... daí a dificuldade de dar assistência nesses casos ...

 

mas ... sei la ... não trabalho na Shimano .... uehuheuehuehe

 

 

 

 

 

Se recorda o peso dessas iscas leves? eu uso molinete para ul, mas to sempre procurando alternativas para iscas leves, usando carretilha, as que consegui mais sucesso foram a alphas 103, e a pixy, ambas da daiwa. Mas issocom iscas na faixa de 4 e 3 gr, tenho iscas de 1gr, e 2 que só molinete mesmo. Eu tive essa chronarch, e não gostei.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sua contribuição para a pesca esportiva tem sido muito significativa, bom saber que podemos contar com profissional tão dedicado e atento aos anseios dos pescadores esportivos. Abraços e parabéns pela nova oficina. Depois deixa o endereço aqui no grupo ou envia pra mim, quando eu estiver em São Paulo vou tentar te visitar.

Quero adaptar uma relação mais rápida para uma Pixy de 5.8:1 queria algo por volta de 8.0:1 

Abraços.

 

Para quem tem mais curiosidade sobre a nova Liger, fiz um vídeo dela arremessando isca de 2.9 gramas, publiquei no Youtube.

O peso do carretel sem o rolamento é de 8,3 gramas.

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
7 horas atrás, Andre slompo disse:

Se recorda o peso dessas iscas leves? eu uso molinete para ul, mas to sempre procurando alternativas para iscas leves, usando carretilha, as que consegui mais sucesso foram a alphas 103, e a pixy, ambas da daiwa. Mas issocom iscas na faixa de 4 e 3 gr, tenho iscas de 1gr, e 2 que só molinete mesmo.

Andre ... deixa eu ser bem claro ... rsrrs ... senão vai ter nego achando que vai comprar a Ci4 e mandar uma isquinha a 50 mts ... rsrrs

 

eu utilizei esses camarõezinhos , acho que eram de 1/8 Oz ... o que me impressionou foi a suavidade do arremesso e total controle da isca ... eu colocava aonde quisesse ... isso a uma distancia entre 15 a 20 mts  ... não precisa de um pincho mais forçado , a isca tem uma trajetória totalmente controlada ... quando digo que uma carreta arremessa "demais" ... sempre me refiro ao conjunto do arremesso ... não meço distancia ...

 

realmente , das que usei  ( tirando as Daiwa Air ) ... a Liberto Pixy arremessa como poucos que conheço ...

e assim como vc , iscas abaixo das 7 gms ... não perco tempo com carreta ... só uso molinete ... ficar se matando com isquinha de 3 gms é coisa pra sadomasoquista ... rsrsrsr

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
3 horas atrás, Augusto Mestieri disse:

Para quem tem mais curiosidade sobre a nova Liger, fiz um vídeo dela arremessando isca de 2.9 gramas, publiquei no Youtube.

 tva sumido hein ...

 

* põe o link ae ...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
15 horas atrás, Armando Ito disse:

Andre ... deixa eu ser bem claro ... rsrrs ... senão vai ter nego achando que vai comprar a Ci4 e mandar uma isquinha a 50 mts ... rsrrs

 

eu utilizei esses camarõezinhos , acho que eram de 1/8 Oz ... o que me impressionou foi a suavidade do arremesso e total controle da isca ... eu colocava aonde quisesse ... isso a uma distancia entre 15 a 20 mts  ... não precisa de um pincho mais forçado , a isca tem uma trajetória totalmente controlada ... quando digo que uma carreta arremessa "demais" ... sempre me refiro ao conjunto do arremesso ... não meço distancia ...

 

realmente , das que usei  ( tirando as Daiwa Air ) ... a Liberto Pixy arremessa como poucos que conheço ...

e assim como vc , iscas abaixo das 7 gms ... não perco tempo com carreta ... só uso molinete ... ficar se matando com isquinha de 3 gms é coisa pra sadomasoquista ... rsrsrsr

 

 

Eu considero 20 m um arremesso suficiente, é a marca que procuro para carretilha em ul. Já 1/8, salvo engano, são 4 gr, o peso do meu spinner carro chefe no ul.

Obrigado pela resposta.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não só a carretilha mas na minha opinião o mais importante pra arremessar isca leve é a vara e a linha.  O povo compra uma carretilha top, aí  coloca numa vara de 17lb 5.3  rápida,  linha 4x da China e culpa é da carretilha.   Pode pegar qualquer carretilha dessas intermediárias ou até entrada como uma  Brisa lite,  mas coloca numa vara top de 8 a 12 lbs uma YGK 8 pra ver se não arremessa bem,  se fizer isso com uma carretilha da tops aí sim não tem erro. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Guto Pinto disse:

Não só a carretilha mas na minha opinião o mais importante pra arremessar isca leve é a vara e a linha.  O povo compra uma carretilha top, aí  coloca numa vara de 17lb 5.3  rápida,  linha 4x da China e culpa é da carretilha.   Pode pegar qualquer carretilha dessas intermediárias ou até entrada como uma  Brisa lite,  mas coloca numa vara top de 8 a 12 lbs uma YGK 8 pra ver se não arremessa bem,  se fizer isso com uma carretilha da tops aí sim não tem erro. 

Eu uso vara de 2-6 lb lenta ^^.

Linha tentei algumas já.

Molinete é imbatível.  Mas to na luta pra arrumar algo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
9 horas atrás, Andre slompo disse:

Eu uso vara de 2-6 lb lenta ^^.

Linha tentei algumas já.

Molinete é imbatível.  Mas to na luta pra arrumar algo.

A sim se comparar arremesso de isca leve molinete não dá nem graça, eu tb  só usos eles aqui, carretilha só isca 6g pra cima.   

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Iscas leves precisam de um freio centrífugo mais eficiente. E não há nada de complexo na razão.  Com iscas mais leves, há uma maior tendência  em querer transferir mais energia pro blank, pra vencer a inércia de repouso do carretel e ainda for cima, uma maior sensibilidade à ação do vento, principalmente na parte inicial do arremesso. Tá aí a receita pra cabeleira, a de começo do arremesso.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
53 minutos atrás, Victor Cedro disse:

Iscas leves precisam de um freio centrífugo mais eficiente.

 

Tá aí a receita pra cabeleira, a de começo do arremesso.

Victor ... isca leve precisa de um carretel leve , com força inercial menor e que tenha centro de gravidade mais externo ... por isso carretel mais leve e raso ... todo mundo faz isso ... ninguém tá colocando o ovo de pé ...

vc não pode colocar um freio forte em um carretel leve ... vc mata o arremesso ... consequentemente , é lógico que não vai dar cabeleira ...

 

já foi provado que cabeleira se dá na parte final do arremesso ... devido à força inercial de um carretel inadequado ( mais pesado ) ... girando mais tempo que o necessário enquanto que a isca ( no terço final )  já começa a desaceleração ...

 

não sou eu que to afirmando ... isso foi passado por um técnico do staff da Shimano ... acho que ele entende um pouco mais que nós ... :good:

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Concordo plenamente, um carretel mais leve tem menor inércia. Porém uma carretilha com um carretel um pouco maior, que se proponha a arremessar iscas leves, como uma Abu Revo SX4/Lubina, vai ter que ter um freio mais eficiente, pra tirar esse carretel do repouso. Em relação à matar o carretel, vai depender do ajuste das sapatas e quantidade delas. Mais ou menos inércia pra elas entrarem em contato com o carretel. O que ainda não coloquei na equação é o efeito desses carreteis free-floating no processo, quero testar mas o tempo não deixa.

 

Ademais cabeleira se dá em três momentos: no começo do arremesso, se vc transferir muita energia pra vara e fizer o carretel girar mais rápido do que o carregamento da isca. No meio, quando a isca atinge a aceleração máxima em uma trajetória balística e por fim, na hora que desacelera bruscamente na água.

 

Já que vc tem contato com esse pessoal Pro Staff, pergunta a eles, por favor, qual a vantagem de um eixo sem-fim  e unha de plástico, frente aos metálicos?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Victor Cedro disse:

Já que vc tem contato com esse pessoal Pro Staff, pergunta a eles, por favor, qual a vantagem de um eixo sem-fim  e unha de plástico, frente aos metálicos?

isso foi a quase 5 anos ... não tenho mais contato com eles ...

 

isso foi discutido a algum tempo lá no JP mesmo ... pelo relato deles , tem a ver com flexibilidade do nylon em contato com a carcaça mais sólida ...

um guia e o pino de metal ( se travassem ) iriam comprometer a carcaça devido à pouca flexibilidade ( e menor quantidade de material ) ....

eles entendem que é melhor perder o guia fio do que trincar a lateral do body ...

 

eu tbm não sou muito adepto desse guia e da unha serem de nylon .... mas não crucifico a carretilha por esse detalhe ....

é mais fraco ? ... com certeza ... mas do modo que eu uso ... não vai me interferir em nada ( eu acho ) ....

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Victor Cedro disse:

 O que ainda não coloquei na equação é o efeito desses carreteis free-floating no processo, 

menor área de contato ( atrito ) no arremesso ....

 

e , eixo de apoio mais próximo do centro de tensão  = maior rigidez no conjunto ... 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pois é... Preciso testar minha Revo MGX2 pra ver como vai ficar na prática e como deve ser o comportamento do freio centrífugo. Testando o giro na carretilha desabastecida, não senti nenhuma diferença perceptível em relação à lubina Gtx 2018. Mas não dá pra comparar com um teste de arremesso. 

 

Pois é. A solução se mostrou terrível pois é a maior reclamação nos fóruns estrangeiros. Pra isso existe departamento de marketing. Transformar economia de material e barateamento de produção em processo inovador... 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
28 minutos atrás, Victor Cedro disse:

A solução se mostrou terrível pois é a maior reclamação nos fóruns estrangeiros. Pra isso existe departamento de marketing. Transformar economia de material e barateamento de produção em processo inovador... 

isso faz parte do processo de se procurar carretilhas cada vez mais leves ... e pela procura da redução de custos ... faz parte ...

por isso eu não troco minhas Shimanos ou Daiwas ( made in Japan ) por nenhuma outra atual ( oversea ) ... mas um dia posso mudar de opinião ...

 

o que eu vejo de diferente ( do consumidor americano x brasileiro ) ... é de que eles ( quando prontamente atendidos pela ass tec ...  que assim de fato aconteceu ) ... eles exaltaram o pronto atendimento e resolução do caso ( troca do carretel por uma série nova - parede mais grossa e anodização mais dura )  ... e relatando que sempre confiaram ( e continuam ) a confiar nos produtos e na marca ( cientes de que problemas sempre ocorrem ) ...

enquanto que , o que eu ví por aqui , foi um ataque desenfreado e críticas em relação aos produtos e qualidade final , relatando que era uma porcaria e que nunca mais comprariam produtos dela ( só pq ouviu ou leu em algum lugar ) ( nesse caso específico ) ...

 

complicado isso ... 

 

 

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A Shimano tem o hábito de ter um projeto só, mudar detalhes estéticos e vender como carretilhas diferentes, até por não terceirizar a produção. E o aumento do preço entre produtos similares é gritante. 

 

A Shimano nunca colocaria uma Curado K no mercado nipônico, seria um escândalo. Seus melhores materiais vão pra lá. 

 

Um sistema de distribuição de linha em plástico não existe pra reduzir peso. É economia vagabunda no projeto, haja vista que temos carretilhas com menor peso do que a Curado K, sem apelar pra algo tão grosseiro. Por sinal, nem carretilha leve a curado K é, pois tem incríveis 220g. Olha aí a Liger como melhor exemplo de leveza sem apelar pra projeto porco. Toda a série de frame de alumínio perfil baixo da Abu é mais leve, com talvez a revo SXIII no mesmo peso da K. Tatula, idem. 

 

A questão é que nome famoso não dá direito a tirar onda com a cara do consumidor. Quem sentiu isso na pele foi o Kevin VanDam, que assinou uma série da Quantum que deu muito problema. E o pessoal caiu matando em cima dele, alguns anos atrás. 

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 07/08/2019 em 20:46, Armando Ito disse:

 tva sumido hein ...

 

* põe o link ae ...

Verdade ando sumido, mas estava com saudades. 
Fiz muita amizade neste meio.

 

O link dela arremessando isca leve é:

 

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Gostei do vídeo, Mestiere. Mandou longe a isquinha micro 👍

Pode informar qual o tamanho desses rolamentos hedgehog q cabem na liger nova?

Grato 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 10/08/2019 em 00:38, Pedro Dib disse:

Gostei do vídeo, Mestiere. Mandou longe a isquinha micro 👍

Pode informar qual o tamanho desses rolamentos hedgehog q cabem na liger nova?

Grato 

Os rolamentos são os mesmo que vai na Lubina e Abu Revo 3x10x4  lado da tampa e carretel 5x11x4 eh o mesmo padrão DOYO soh que nessas novas com apoio no pinhão não tem mais o da sintonia fina pra apoio do eixo do carretel.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
13 horas atrás, Diego Juliana disse:

Os rolamentos são os mesmo que vai na Lubina e Abu Revo 3x10x4  lado da tampa e carretel 5x11x4 eh o mesmo padrão DOYO soh que nessas novas com apoio no pinhão não tem mais o da sintonia fina pra apoio do eixo do carretel.

Massa, Diogo. Grato.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 10/08/2019 em 01:38, Pedro Dib disse:

Gostei do vídeo, Mestiere. Mandou longe a isquinha micro 👍

Pode informar qual o tamanho desses rolamentos hedgehog q cabem na liger nova?

Grato 

Na verdade tirei da minha Daiwa T3-1016SH , então deve ser fácil de comprar. Eles tem a Medida desta carretilha.  

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

Processando...
  • Pré-visualizar Post
Entre para seguir isso  

×
×
  • Criar Novo...