Ir para conteúdo

O FTB foi atualizado e otimizado.

Antes, para visualizar todas as nossas salas, era preciso descer a barra de rolagem por muito tempo. Isto dificultava a nossa vida, principalmente a dos novos usuários, que não encontravam as salas/assuntos de interesse.

Agora as salas foram transformadas em "sub salas" e incluídas em grandes fóruns.

Esperamos que tenham gostado. :amigo:

Bruca

Tucunas Brasil Fishing Team
  • Total de itens

    4.400
  • Registro em

  • Última visita


Histórico de Reputação

  1. Like
    Bruca recebeu reputação de Fábio Silva em Aprendendo a pescar, fotografar e soltar... LAGO DO PEIXE TO - JANEIRO 2019   
    Show de bola SONE San!! Ficou dimais o relato.... Quase fui nessa empreitada mas não pude por estar trabalhando nessas datas... Vamos combinar uma esse ano hein!!
    Parabéns aos pescadores por ensinar o Gabriel como se faz logo na primeira pescaria, isso é um exemplo para as futuras gerações 👏💪
  2. Like
    Bruca recebeu reputação de Eduardo Sone em Aprendendo a pescar, fotografar e soltar... LAGO DO PEIXE TO - JANEIRO 2019   
    Show de bola SONE San!! Ficou dimais o relato.... Quase fui nessa empreitada mas não pude por estar trabalhando nessas datas... Vamos combinar uma esse ano hein!!
    Parabéns aos pescadores por ensinar o Gabriel como se faz logo na primeira pescaria, isso é um exemplo para as futuras gerações 👏💪
  3. Upvote
    Bruca deu reputação a Eduardo Sone em Aprendendo a pescar, fotografar e soltar... LAGO DO PEIXE TO - JANEIRO 2019   
    Amigos pescadores, 
    Faz anos que não faço um relato das minhas pescarias, porém eu não poderia deixar compartilhar com vocês esta última aventura. Trata-se do início da jornada no mundo da pesca esportiva de um jovem garoto, o Gabriel. Seu pai, @Fábio Silva, me chamou para levarmos o pequeno ao Lago do Peixe, Tocantins, local onde já fizemos boas pescarias e conhecemos bem a estrutura e o suporte da pousada do amigo Roberto.
    Nossa viagem foi de 2 a 6 de janeiro, sendo 3 dias completos (e um finzin de tarde rsrs) de pescaria. Quem nos conduziu em busca dos azulões foi o amigo Carlinhos, que não mediu esforços para dar todo conforto e suporte em nossa estada, inclusive auxiliando o pequeno aprendiz Gabriel a pescar. 
    Um agradecimento especial: logo que chegamos na pousada, encontramos o amigo @Emerson Matias, que estava lá com sua família. E mal nos cumprimentamos ele nos chamou para uma pescaria de corvinas. Descarregamos o carro, pegamos uma vara cada e fomos juntos com a Família Matias. Foi muita conversa, risadas e alguns peixes para celebrar o momento. E eis o que seria o primeiro peixe fisgado pelo Gabriel!!! Alegria pura!!
     

     
    No dia seguinte...
    ... inciamos a busca pelos lindos tucunarés azuis da região. Para o Gabriel foi montado um pequeno conjunto de vara 12lb e um Sedona 500 com multi 0,15mm e leader. Acho que acertamos na escolha, pois não sofreu com cabeleiras e ele conseguia fazer seus primeiros arremessos sem maiores problemas.
    E não demorou muito a saírem os primeiros peixes. Gabriel queria tirar fotos com todos os peixes, principalmente com os "diferentes" (traíras, piranhas etc)... hehehe
     

     
    Aqui um momento de encher os olhos.... A soltura de seus primeiros peixes.... 
     

     
    Pela manhã saíram peixes menores e a surpresa ficou para a tarde... No jig, depois de um grande rebojo na hélice de 11cm (contrariando a todos rs). Pesou 7.5lb (boga original). Medido, fotografado e solto. 
     

     
    E assim se foi o primeiro dia completo de pesca.
     
    No segundo dia...
    ... o sol tava ligado no máximo e o Gabriel finalmente conseguiu fisgar seu primeiro tucunaré. Mérito do Carlinhos que o ajudou no arremesso certeiro. Foi o menino recolher a isca de subsuperfície e o peixe entrou: "pai... tá puxando!!!!". Pense na aflição do Gabriel, pois o peixe embolou na vegetação subaquática e ele não tava conseguindo dar as maniveladas rs... Mas no final, o peixe saiu para a foto! Parabéns, pequeno pescador!! Que seja o primeiro de muitos!!!
     

     
    E o sol continuava a castigar. Muito calor pela manhã (na verdade, em todos os dias rs). Não estava fácil achar os peixes: ora manhosos, ora refugando iscas, as vezes sumiam. Mas acertamos um macetão perto do meio-dia!! Peixe muito manhoso. Só que não resistiu às catimbadas da isca (depois uns 20 arremessos rsrsrs).
    Ele deu trabalho demais. Tive que pular na água para quebrar um pau que o peixe deu 2 voltas rsrsrs e seguir a linha para desenroscar o peixe das outras estruturas. Nessa hora, apesar de toda adrenalina, agir sem precipitação e com calma foi fundamental. Fora o trabalho em equipe, pois sem eles esse peixe não teria saído.
    No final, 9lbs de muita satisfação!! Pesado, fotografado e solto.
     

     
    Ainda deu tempo de tirar mais um bitelo antes do almoço (depois de mais uns 30 arremessos para atiçar o bicho rsrs)!!! Gabriel não podia perder a oportunidade de mais uma foto heheheh... 
    7.5lbs!! Medido, fotografado e liberado!!! 
     

     
    Depois do almoço, o tempo ficou esquisito. Os passarinhos pararam de cantar, os peixes sumiram...Ainda saiu um peixinho aqui, outro acolá.
     

     
    E assim terminou o segundo dia.
     
    Derradeiro dia.
    Já bate aquele aperto no peito.. mas não vamos sofrer por antecedência. A pescaria só acaba "quando termina" rs.
    Nos primeiros arremessos uma "xupita" grudou na minha isca... E o pequeno pergunta: "Eu já tirei foto com esse peixe?" kkkkk
     

     
    Um tucunaré pode representar apenas mais um peixe para muitos pescadores... mas este eu acho que foi especial... A pegada na isca, o enrosco, o peixe embarcado, Alívio. Vejam a coloração do peixe...
     

     
    Que esse peixe cresça e dê muitas alegrias ainda a outros pequenos pescadores... E que estes tenham a mesma atitude!
     

     
    Nesse dia o lago havia secado consideravelmente durante a noite. O peixe deve ter sentido. As ações diminuíram. Então, vamos antecipar o almoço hehehe. Carlinhos mimava demais a gente kkkkkkk
     

     
    Pela tarde, o céu foi fechando, as nuvens foram carregando... Não deu tempo de bater muita artificial, pois também começou a relampejar. Hora de encostar na margem e se abrigar. Mesmo assim, para o pequeno Gabriel tudo era festa... faça sol, faça chuva.
    Passado o pior momento, a temperatura caiu muito, o tucunaré sumiu.
    Mas nem tudo estava perdido. Justamente naquele dia, nós havíamos encomendado lambaris para tentarmos corvinas ao entardecer. Queira ou não, para uma criança que acabara de fazer seus primeiros arremessos com iscas artificiais, era natural que cansasse rápido e tivesse poucas capturas. Isca viva apoitado seria o ideal para ele sentir peixe na linha!! E olhem o resultado!! Várias capturas!!

     
    E assim se foram três dias de uma aventura que o Gabriel jamais se esquecerá.
     Obrigado ao Carlinhos que nos deu todo apoio e suporte nesses dias e ainda nos colocou na cara do gol hehehe.
    Obrigado à família Matias e à família do Roberto pelos dias de convivência e amizade de sempre. Sempre mesmo. Fabão... valeu pelo convite! Tu és meu irmão de coração.
     

     
    É isso.
    Espero que o Gabriel cresça, estude, namore, pesque muitos peixes... mas que algum dia - lá na frente - ele veja esse relato que foi feito com muito carinho e relembre de cada peixe capturado, fotografado e solto à vida.
     
    Sone


























×
×
  • Criar Novo...