Ir para conteúdo

O FTB foi atualizado e otimizado.

Antes, para visualizar todas as nossas salas, era preciso descer a barra de rolagem por muito tempo. Isto dificultava a nossa vida, principalmente a dos novos usuários, que não encontravam as salas/assuntos de interesse.

Agora as salas foram transformadas em "sub salas" e incluídas em grandes fóruns.

Esperamos que tenham gostado. :amigo:

Todas Atividades

Atualizada automaticamente     

  1. Recentemente
  2. Estou a uma semana em Santa Izabel e chove muito e quase todos os dias o Rio tah ganhando água de balde fomos em todos os pontos possíveis e entrou 4 peixes tah tudo gapó. Os Barcos estão todos tentando descer e batendo no Rio Negro mesmo pq os 4 que desemboca aqui na frente da cidade tah muito cheio. Dei o maior azar em ter vindo num ano assim. Mas vamos voltar sou mais temimoso que alemão.
  3. Hoje
  4. Ontem
  5. Eu queria ter uma pescaria “difícil” como essa. 😂😂😂 Parabéns a todo o grupo! 👏👏👏👏👏
  6. Pescaria fantástica! Parabéns pessoal! Se ficasse só com os tucunarés e as matrinxãs já estaria muito satisfeito.
  7. Obrigado @Eduardo Sone sem dúvida nossas expectativas foram superadas e muito. No último dia graças a Deus pegamos 23 troféus nos dois barcos. Muito obrigado Fabricio. Foi por meio do fórum que recebi as dicas para definir o destino e a excelente cabana Quatá. Vlw meu amigo.
  8. Q fera, Fabrício. Obrigado por compartilhar a sua aventura conosco... Belíssimos peixes...
  9. Excelente pescaria!! É muita satisfação quando acertamos a mão na pescaria! Parabéns!! Sone
  10. Ricardo pode ir com a certeza de que vai gostar. Desde o Bruno que organiza até o pessoal que atende agente lá são todos muito profissionais. Se possível tente pescar com Eduardo ou o Nias que os caras não medem esforços pra gente pegar peixe.
  11. Maurício muito peixe realmente ficamos impressionados. Nossa média de peixes todos os dias eram em torno de 60 a 80 peixes por barco. Pegamos muita chuva e praticamente todo dia de manhã e a tarde tivemos que parar de pescar por uma hora devido a chuva.
  12. Que beleza, pescaria show. Tenho ouvido excelente comentários da Pousada Rancho Quata, Em Marco estarei por lá conferindo.
  13. Bom meus amigos bora aproveitar o feriado para escrever o relato da melhor pescaria da minha vida. Devo muito ao fórum o sucesso desta viagem, pois aqui recebi a indicação da excelente Cabana Quatá. Cabe um elogio para a operação em geral (estrutura, cozinheira de primeira, guias excelentes, barcos novos e uma localização muito boa onde ficamos bem isolados e praticamente não vimos outros barcos. Na saída de Minas infelizmente tivemos um grande problemas com a LATAM e um atraso de mais de dez horas na chegada a Manaus. Enquanto a LATAM procurava nossas malas que tinham perdido, fui comer o tal KFC, Starbucks, tomar um choop e deu tempo até de jogar baralho. Chegando em Manaus já na madrugada do dia 16/10 ficamos no Hotel DaVinci e logo cedo já tomamos um café reforçado e partimos para o excelente passeio do encontro das águas, cidade flutuante e pesca do pirarucu. Turma uniformizada saindo do Hotel Pescaria do pirarucu é uma experiência sensacional Tomar uma cerveja num bar flutuante também foi bem diferente e divertido. A região de Presidente Figueiredo, caminho para Balbina, é muito famosa pelas belíssimas cachoeiras e paramos para almoçar em um restaurante bem ao lado de uma delas. Bora falar de peixe que é o que a turma gosta e graças a Deus teve de monte. No lago de Balbina habitam os tucunarés Cicla Vazorelli e são peixes muito fortes, mas que segundo tinham me falado dificilmente passam de 60cm. De acordo com alguns tucunarés acima de 50cm são considerados troféus e na maioria das vezes saem mais os pequenos. Na primeira manhã de pescaria já percebemos que realmente o peixe tem uma briga bruta e que exemplares acima de 50 não eram raros não. Até a hora do almoço já tinhamos capturados 12 peixes acima de 55cm e muitos peixes pequenos e médios em cardumes. Debaixo de chuva e o pau tava quebrando Destaque para a grande quantidade de cardumes, dubles e triples que pegamos todos os dias Teve um intruso nas nossas iscas também Todo dia chegar da pescaria e sentar na mesa da varanda da pousada e comer aquele tira gosto que já estava preparado e contar das capturas, peixes perdidos, troféus, e bichos avistados Realmente foram cinco dias maravilhosos de muito, mas muito peixe, bate papo, alegria e satisfação de ver um lugar tão maravilhoso e preservado como aquele. Foto do grupo com os guias Nias e Eduardo que se tornaram grandes amigos depois dessa empreitada. De muitos lugares que já fui pescar, sem dúvida estes foram os melhores guias que já tive contato Agradecer primeiramente a Deus por essa oportunidade maravilhosa de estar na Amazônia, a minha esposa que ficou cuidando da minha pequena durante essa semana, ao Cristiano que fez de tudo para que eu fosse nessa viagem, aos amigos Kayro e Mateus que fizeram parte dessa empreitada e a toda excelente equipe da Cabana Quatá. Um abraço pessoal e boas pescarias.
  14. Última semana
  15. Agradeço por seu comentário, é meu primeiro conjunto. Sou totalmente leigo, então um fala uma coisa, outro fala outra coisa e eu fico maluco tentando entender. Mas foi de grande valia seu comentário. Vou pedir meu filho para baixar o aplicativo pois ele manja dessas modernidades, depois volto para informar o resultado. Desde já agradeço de coração seu comentário, fique a paz.
  16. Grande Fabricio, Sempre entendi a pesca esportiva como uma forma de manejo sustentável e agora teremos a oportunidade de comprovar isso. Evidentemente podem ocorrer abusos, mas diminui a hipocrisia e a enganação e nós os pescadores esportivos teremos vez e voz de formas que poderemos contribuir muito com a fiscalização nos estados e, quem sabe até com a União. Estou muito otimista e, na medida que a tua reunião com o Carlos evolua e o FBT compre a ideia, tenho certeza que poderemos fazer muito pela pesca esportiva e até regulamentá-la nas normas federais!
  17. Deve ser um Karib 500 console. Esse barco anda bem pra caramba , se vc usa em água salgada é pra atingir em torno de 50kmh um pouco mais ou um pouco menos, baixe um aplicativo no celular tipo speeedometer e veja a velocidade atingida se o barco não tiver velocimetro. . O sintoma da hélice patinando normalmente o motor urra bem porém não desenvolve, aí só trocando a hélice. Quanto a comentário que o motor é violento, depende da visão de cada um e costume, tem gente que anda num barco 5m leve com 40hp no talo e acha de boa , ou igual meu pai que tá acostumado com o 5hp se pega meu 30 não passa da metade da aceleração, kkkkkk
  18. Kruel...muito bem lembrado. Já estava vindo pro fórum para confirmar que fora publicada a IN 10/2019 da SEMAD, liberando a pesca esportiva no GO. Estou com uma pescaria marcada na Serra da Mesa no dia 05/12 e já estava para desistir por conta da proibição. Ainda bem q resolveram voltar atrás. Aqui o link do site da SEMAD: http://www.meioambiente.go.gov.br Devemos tirar alguns ensinamentos importantes com este ocorrido. 1 - Comecemos pela publicação da IN02/2019 - SEMAD, publicada em abril deste ano, QUE PROIBIA TODOS, sim, TODOS os tipos de pesca dentro do estado do Goiás. E me pergunto, como que os donos de pousadas instaladas no GO esperaram até a chegada da piracema (01/11) para terem conhecimento desta IN02 q fecharia as suas pousadas por 04 meses?!?! Rapaz, somos amadores demais, aff. 2 - No Brasil é assim, ou é 8 ou é 80! O Governo rouba os impostos dos proprietários durante 08 meses, não fiscaliza quase nada, não ajuda em quase nada, não incentiva nada, e depois me fecha as pousadas por 1/3 do ano??? Tá de brincadeira, né?!?! Quem publicou essa IN02/2019 é tão sem noção, que caso ela se mantivesse, além de quebrar vários estabelecimentos comerciais dentro do GO, estaria selando de vez o propósito da Pesca Esportiva (pesque-e-solte). Ou o Estado apoia o pesque-e-solte como algo sustentável, retirando o pescador profissional e os matadores dos nossos rios e lagos, ou podemos acabar logo com essa porcaria toda e jogarmos fora a chave do Brasil. Um Estado sério, com uma Secretaria do Meio Ambiente séria, deveria é aumentar, a cada ano, os meses onde fosse permitido apenas o pesque-e-solte em seus estados. Este ano, 4 meses SOMENTE de peque-e-solte; ano que vem, 5 meses; e por aí vai. Fazia um estudo muito bem elaborado, e, caso os estoques aumentassem, juntamente com a economia, poderiam investir mais em fiscalização e irem aumentando assim os meses somente de pesque-e-solte. Certeza q daqui 5 anos os outros estados estariam copiando a mesma prática. Já vi q esta secretária é muito ativa, mas precisa ouvir a turma do pesque-e-solte. Em todos os lugares do mundo onde o pesque-e-solte é praticado e a fiscalização é forte, os estoques pesqueiros se mantém ou só aumentam. E Kruel... Será muito legal poder trocar umas ideias com o Carlos sobre o aplicativo q eles q querem lançar.
  19. Pois é companheiros! Depois de muita mídia, entrevistas etc sobre a IN 02 da SEMAD que regulamentou a pesca na piracema em Goiás venho informar que a Secretária de Meio Ambiente Andrea Vulcanis , atendendo as ponderações da cadeia produtiva da pesca (lojas, pousadas, associações de pesca, guias) concordou em rever a IN e ouvida a área técnica do órgão, revogou o inciso I do art.9 proporcionando que os pescadores esportivos possam pescar 12 meses por ano em Goiás! E´uma conquista que vai envolver muita responsabilidade por parte dos usuários dos rios e reservatórios.... Para começar quero lembrar que a pesca esportiva em Goiás está regulamentada em lei e, como consequência, é imprescindível que para pescar na piracema que os interessados tirem a licença de pesca esportiva no site da SEMAD. Vem algumas novidades por aí, inclusive um aplicativo sensacional para os pescadores que na minha opinião trará enorme benefícios a quem se utilizar dele! Vou conversar com o Fabricio, colocar ele em contato com o autor desta maravilha (ele é de BSB- Carlos Pesque Já) e ver como poderá ser disponibilizado aqui no site FBT. Que quiser contribuir com a pesca esportiva, em vez de ficar reclamando, poderá contribuir com denuncias de infrações ou de crimes ambientais! E´a sociedade que não pergunta o que o governo poderá fazer por ela, mas o que faremos para contribuir com o governo (sem ideologias). Mas a ferramenta vai para auxiliar (muito) nas pescarias e é exponencial que significa que pode ser usada em qualquer rio, reservatório, mar ou no exterior (qualquer país) e para quem pode pescar no Alasca e outras paradas mais $$$ Esta conquista devemos especialmente a três pessoas: vereador Gustavo Cruvinel ( pres. da comissão de meio ambiente), que abriu as portas para falarmos com o governador e o vice, ao Engº Ambiental Marco Minami e ao Ademir (viver Pesca) que conduziram de forma brilhante uma negociação difícil, sem atritos, confusões ou mal entendidos. Parabéns aos três!!! abração a todos
  1. Mais Resultados
×
×
  • Criar Novo...