Ir para conteúdo

Todas Atividades

Atualizada automaticamente     

  1. Hoje
  2. Temos ainda em Goiânia a https://www.rondon.com.br
  3. Fui em 2019, e assim como o Magrão minha experiência foi decepcionante!! Pouquíssimo peixe, sem falar q foi a pior pousada q já fiquei( inclusive tenho relato aqui no fórum)!!!
  4. Minha experiência no Trombetas foi decepcionante. Fomos em 10 amigos . Não sei se porque era a ultima turma da temporada ......os piloteiros doidos pqra irem embora, com má vontade... Tentei trairão na artificial ...nada. só na isca de peixe e ainda só num determinado lugar. Tucunare peguei 2 apenas na semana inteira. Meus amigos tambem foram ruins ...Pelo menos me confortou em saber que não seria sómente eu. O Lugar é lindo maravilhoso, corredeiras etc.. Mas..........pescaria um fracasso Enfim........ Grande abraço parceiro
  5. Cezar, boa noite! Pretendo voltar em 2022, entre janeiro e março, mas eu e meu parceiro ainda não definimos a data exata. Acho que você escolheu uma boa data. Boa pescaria!
  6. Excelente tópico... vou acompanhar... Meu maior peixe é no meio do lago... mais era muita estrutura intaum acredito que nao conta.. mais o companheiro pegou seu maior, da margem, arremessando pro meio... acredito que temos que investir mais pro meio... eu mesmo confesso que foco as margens...
  7. Ontem
  8. Parabéns Fabrício pelo belo relato da viagem que não está fácil para ninguém. Para esfriar a cabeça em primeiro lugar. Grande abraço
  9. Parabéns comandante Fabício! Show!!! Sempre muito bom pescar no AM. No Aracá então... Vixiiii!!!!
  10. Parabéns Edu. Belo Relato! É sempre muito bom pescar no AM. Parabéns ao grupo de alucinados.
  11. Pois é João , nas minhas observações , verifico que os grandes já respeitam mais sua área de captura se aventuram menos..gastam menos energia e usam a força na hora certa ... já os encardumados normalmente os médios são como adolescentes..detonando as piabas nas margens ..rsrsr ,ao menos nos lagos percebo que isso é constante .eles espantam o peixe o grande espera no meio e estoura na isca ....ai é show ...
  12. Tá chegando meu amigo !!! Devidamente GARRADO NA REZA !!! Só não leva o frango, pois não tem reza que quebre uma praga de esposa !! !! KKK
  13. Parabéns pelo relato, excelente. Estarei partindo pra Amazonia/Barcelos dia 18/11, sendo a minha primeira vez e espero ter pelo menos esse sofrimento que tiveram.
  14. Obs: Essa do Jufari e as do Sucunduri, o rio estava seco, muito baixo e aí era raso nas margens e mais fundo para o meio, onde achava os grandes. No rio Negro o rio estava na caixa, mas deu certo também
  15. No rio Negro esse meu peixe do perfil foi arremessando hélice pro meio do lago, no Jufari também acertei um monstrão dessa maneira e vários outros bons, foi o que salvou minha pescaria, dentro dos lagos, bem no meio deles, jogando jig. No sucunduri, bacia do Madeira, acertei pinimas grandes jogando para o meio, porém o jig também, arremesso, deixo cair e venho trabalhando com a vara para baixo, como se fosse uma isca de meia água. E vários outros peixes, nos lagos, sempre acertei os maiores para o meio. Eu boto fé de pescar assim, mas sempre nos lagos. Nos leitos, igarapés, ressacas, costumo pescar jogando para o barranco, nas margens. Minha experiência é mínima perto das feras aqui do fórum, só passando minha observação e resultado de algumas pescarias. Valeu!
  16. Vlw meu amigo...A idéia é essa mesmo. Pescar e se divertir. Aguardamos o seu relato... Vlw Guilherme... É isso mesmo...E, sem querer falar mal das outras redes sociais, onde tudo q é postado é "perdido" poucos segundos depois, postando o seu relato, seja bom ou sem peixe, fato é q ele estará aqui para sempre. Vlw, João... Vlw, Kid. Vlw, Rafa....eu é q agradeço pela leitura. Q bom q gostou. Marquinhos, vulgo Boto Maldito é um irmão que a vida me deu. E muito bem lembrado. Esqueçamos os chupetas de internet, que fazem parte do novo modelo de mundo, mas que acreditam que sabem de tudo antes mesmo de usar uma isca. Felizes nossos antepassados da pesca...Todos acampados, mulherada louca, cachaçada, sem internet ou fotos...e o melhor, peixe a dar no rôdo...rsrsrs....Hj tudo usa buff, luvinha e copo Stanley.....rsrs...(não sou preconceituoso turma, até aqui tudo bem, foda mesmo é não ter mais peixe...rsrs). Vlw a ajuda na pescaria... Vlw, Edu...Obrigado pelas palavras. A ideia é rir e se emocionar. Foi muito bom. Vlw, Vicente... Vlw, Tammer... Esse é outro irmão que a vida me deu...Vlw, Fabão....E tá foda acertar a mão no Negro...Imagina que pescamos uma dúzias de vezes em barquinho regional em SIRN, livres, podendo acessar qualquer rio, e ainda assim erramos a mão várias vezes...Imagina acertar agora. Fato é q já rimos muito...e em 2022 estaremos juntos novamente. Vlw, Vagner...
  17. Rapaz, que relato bom de se ler. Você conseguiu passar tudo que aconteceu na sua pescaria, desde as angústias, acertos e erros. Pescaria na Amazônia é isso mesmo, sem termos certeza de nada. Alias, a única certeza que temos é de que vamos passar dias maravilhosos, apreciando uma natureza ímpar e desfrutando de momentos únicos. Tendo ou não peixe , cada arremesso é uma expectativa de entrar um peixe. Este dinamismo da pescaria com iscas artificiais é que atrai cada vez mais pescadores para esta modalidade de pesca. Parabéns pela pescaria, pelo relato. Grande abraço
  18. Nas pescarias a gente observa muita coisa.. as atenuantes para o comportamento do peixe, das pescarias que fiz lembro-me da que ficou mais característico a presença do peixe ou mesmo o ataque no meio de uma entrada do Rio Padauari acima da cachoeira, os 6 dias de pesca só valeram a pena naquele ponto e os ataques se concentraram sempre no meio dessa boca/entrada.. o rio estava cheio, mas acima da cachoeira estava um pouco melhor.. em outras pescarias não observei tanto esse comportamento como naquela ocasião.
  19. Em 2020 estive em Barcelos, quando entramos num lago em forma de Y de manha cedo no primeiro ponto de pesca do dia, podiamos ver muita ação de peixes nas beiras, começamos a bater nas margens com iscas zaras, pegamos alguns tucunas mas nada grande, quando estavamos mais proximos da parte mais larga do lago, o guia e meu parceiro voltados para a margem, eu virei e arremessei para o meio do lago sem nenhuma expectativa e trabalhando a isca em zara bem lento, tomei um baita susto e entrou esse bruto da foto, sempre ouvi sobre fazer arremessos no meio do lago mas geralmente procuramos estruturas para fazer os arremessos, mas o trofeu pode estar no meio do lago, hoje confirmo que vale a pena dar uns pinchos no meio do lago 😃 apesar que o maior saiu proximo a um estrutura 😁 MAH01711.MP4
  20. Concordo com muitas das afirmações do Barreto Entendo que "o piloteiro" (ou guia) podem ter uma "leitura" mais precisa dessas possibilidades Não se trata de "expertise" e sim de conhecimento prévio da estrutura onde se pesca. Valas, "drop off", bancos submersos, etc... são fatores importantes que desconhecemos, mas os piloteiros podem saber Acho válido estabelecer o hábito de "esticar as linhas" com arremessos mais longos para longe da margem. Algumas vezes acontecem capturas, quase sempre de locais onde se pensava "não existirem" peixes...
  21. Grande Vanderlei , Acredito que essa leitura da localização dos grandes exemplares é bem relativa e recheada de inúmeros fatores . A distância da margem varia muito e ai os guias podem fazer toda diferença, pois conhecem os pontos em todas as épocas do ano e a leitura do leito e da geografia e fundamental. Fato é que o peixe grande fica onde a comida está mais fácil , principalmente os grandes . Podem influenciar nesta avaliação ; Época de Acasalamento /Reprodução Coluna d´água -(profundidade) Topografia e estrutura do fundo dos lagos(areia/pedras/troncos) Temperatura da Água (Horários do dia) Vegetação aquática e das margens Oferta de alimento(cardumes de pequenos peixes ) Predadores Para cada condição dessa pode haver uma variável, assim no meu ponto de vistá e sempre importante OBSERVAR atentamente cada situação e JAMAIS deixar de dar um arremesso despretensioso no meio do lago . RsRsRs ...
  22. Rapaz, pois é! com intermediários a coisa não foi legal, aí entrei em contato direto com ele e resolvemos de forma correta! ainda vou pescar com ele só por essa atitude!
  23. Top Fabricio , uma pena os grandes nao aparecerem , parece que foi regra em todo lugar os peixes estarem dificil nessa primeira semana de ouutubro valeu por por compartilha com a gente
  24. Show de relato, Fabrício!! Acertar o médio Rio Negro não é fácil. Na minha experiência é um acerto para cada três erros. Mas com essa turma não tem erro!! A pescaria é top em 100% das vezes!! Resenha, risadas e muita birita... não tem preço. Em 2022, vamos acertar de novo!!
  1. Mais Resultados
×
×
  • Criar Novo...