Ir para conteúdo

Líderes


Conteúdo Popular

Mostrando conteúdo com a maior reputação desde 20-09-2018 em todas áreas

  1. 4 pontos
    sugiro bloquear o usuario... registrado desde jun/07 e os unicos 2 posts do cara eh sobre o mesmo assunto .... se com essa idade ele ainda nao descobriu o que fazer, nao sera o forum q ira resolver a questao.
  2. 3 pontos
    É uma tarefa complicada... uma batalha... pra falar a verdade eu até hoje não achei uma coisa pra falar..."se fizer assim sempre da certo" Eu já percebi que as iscas pra peixes manhosos como jig e tcwitch bait não dão resultados nesse caso... pq na verdade não é o peixe que ta manhoso e sim fora da janela de ataque! O que tem que fazer é botar o piloteiro pra rodar procurando pontas de terra... barrancos... lugares que estejam passando alguma corrente como boca de igarapés ou curvas de rio que a correnteza esteja adentrando o igapó... nesses lugares tem peixes do lado de fora a espreita de vitimas... No igapó mesmo, procurar aquelas arvores mais grossas que o tuca gosta de chocar do lado e arremessar colado nelas... (Isca T20 mesmo) Ou então a velha manha de achar um vão entre as arvores e repetir o arremesso no mesmo lugar varias vezes com isca de helice e logo em seguida meter um jig ou uma meia agua... Né fácil não... rsrs
  3. 2 pontos
    Depois de algum tempo foi nos solicitado um trabalho em linhas um pouco mais elaborado. Gostamos de fazer, porque esse é o sentido, no mundo todo, de uma vara Custom personalizada Blank 8/17 lbs 5'8" fast Componentes Fuji Passadores Corrozion Fore grip em carbono Mate Cabo em Cortiça (AA) Trabalho em linhas trançado peixe Peças CBM componentes
  4. 2 pontos
    Bom - vou deixar claro que é a minha opinião. Iscas artificiais nascem pela curiosidade de pescadores, foi assim com Lauri Rapala e muitos outros, ou seja ao observar o que acontece na natureza procuram fazer algo que imite o que viram para despertar atenção do predador desejado. Obviamente que no mundo há evolução em tudo, na pesca não seria diferente, e hoje há projetistas com recursos tecnológicos a disposição para suas ideias em CAD, etc. Ou seja se pode fazer muitas simulações antes mesmo de ter o primeiro protótipo em mãos, depois disso há testes e mais testes realizados para se concluir que estamos reproduzindo a ação desejada - aquela que foi vivenciada junto ao ambiente natural que levou a criar mais um apetrecho para iludir nosso alvo (o peixe). Obvio que os projetos são baseados em especies de peixes e situações diversas e muitas vezes desejamos que esse modelo sirva para um especie que pescamos com mais frequência, é nesse momento que temos que compreender o que queremos de uma isca ! Se você gostou do nado (trabalho) da isca originalmente, mas essa não tem garatéias resistentes suficiente para o peixe que deseja iludir sua alternativa é troca-las. Mas você quer o mesmo trabalho, como a original o faz ! Trabalhe para isso, retire as garatéias originais com os split rings e pese, com a informação de quanto cada uma pesa e também do conjunto - vá atrás de um conjunto o mais semelhante possível e digo que é possível acha-lo e que será mais resistente. Não faça o inverso pegando a garatéias que você sabe que são resistentes e substitua as existente - isso vai desequilibrar o trabalho da isca que o agradou. Pesquise, tente, experimente esse é o encanto de nosso lazer também. A distração antes da pescaria ! Não achou as garatéias + split rings adequados, por que não tentar com anzóis adequados (tipo in line) elas são fortes, muitas vezes bem mais fortes do que garatéias - você pode não acreditar, mas eles são ! E isso tem a ver com o processo de confecção para te entregar anzóis e garatéias. Podem abrir, podem ! Por mais forte que sejam, podem ! Basta não entrar o suficiente, que é até a curva do anzol ou de uma perna da garatéia. A alavanca que fica numa penetração superficial é maior, e a pequena parte que entrou é a parte de menor resistência. Menor resistência + Alavanca maior = Desastre: quebra ou abre e o peixe se vai ! " Lembre-se sempre de uma regra importante: Iscas menores são muito mais difíceis de se ajustar do que iscas maiores, pois normalmente estão mais no limite de suas estruturas " Odeio regras, mas essa é bem real ! Tudo bem ser criativo ! Sim, você acredita que a isca x com trabalho mais lento ou que afunde um pouco ou muito mais que a original é melhor para a sua forma de pescar, bárbaro. Troque as garatéias por outras maiores e ou mais pesadas, experimente com anzóis, pinte e borde até fazer da forma que você acha adequado para ti. Essa é a magia de nosso hobbie, de nosso lazer. Só não estrague isso querendo impor verdades que são reais para sua forma de pescar, pois a forma de outros pode e normalmente é diferente da sua. Compartilhe a sua forma, isso é melhor e ajuda outros a descobrir o melhor caminho para eles. Abraços
  5. 2 pontos
    fala galera beleza!? Rir para não chorar, No dia 14/09/18, fiz uma pescaria na companhia de dois grandes amigos, luis e Renato, no rio Sepotuba/MT á 200km de Cuiabá capital, iniciamos o dia já sabendo que seria uma pesca difícil com poucas oportunidades, pois o rio vinha a vários dias indicando uma baixa produtividade, noites frias e sol intenso durante o dia igual água gelada! Iniciei usando a magno f11, essa isca de meia água da Rapala consegue atingir uma profundidade um pouco maior e foi ela que salvou a pescaria, já no inicio fiz aquele arremesso pra esticar a linha e grudei um belo dourado de 61 cm, todos foram ao delírio, foi uma grande surpresa (risos). Continuei assim o dia todo embarquei 4 dourados 60 up, e meus parceiros zero peixe e praticamente zero ação, já havia praticamente parado de pescar, deixando a janela aberta para os amigos que nada conseguiram, em um arremesso sem pretensão alguma sentado com o conjunto leve: vara 10lbs, carretilha aldebaram bfs, linha 18 libras lider 0,37 destinado as piraputangas, Entra um dourado giga power, o maior do dia!!! : O Eu sei que muitos vão fazer criticas pesadas e dar uma de profissional,mais no angulo que estávamos não era possível passar o passaguá pela cabeça, já que o luis que estava na ponta tinha enroscado a isca em um tronco na correnteza, e tivemos que apoitar, foi uma série de erros, quase quebrei a vara pois quando o peixe ia para o fundo era muito difícil trazer ele para superfície, veja o que aconteceu!!! Inscreve-se no canal e deixa o like
  6. 2 pontos
    Muito pessoal, mas é o que pratico. O item mais importante de minha tralha é a vara de pesca, procuro sempre investir no melhor que meu dinheiro (que é curto) possa comprar. Minha escolha é baseada na capacidade dessa em trabalhar e arremessar as iscas de minha preferência - ou seja escolho baseado no trabalho das iscas, pois se esse fica adequado eu tenho mais chances de capturas e na facilidade de arremessa-las que me é proporcionado. Fico atento nas escolhas de varas até 20 lb de resistência - pois nesse espaço entre 10 à 20 lb noto mais diferenças nas ações do que nas varas acima de 20 lb de resistência indicadas para pesca com iscas artificiais. Há situações que tenho varas de 10 lb onde a de custo mais baixo foi minha escolha por se adaptar mais ao trabalho da isca que desejo usar do que as mais caras ! Obvio que dá mais trabalho, e as vezes investimento duplo, para testar e escolher colocando a venda a não aprovada. Entendo que a rejeitada por mim pode ser excelente para outro que possui caracteristicas diferentes das minhas ao pescar. Sempre que optei pelo investimento duplo obtive retorno com a venda da não escolhida - não me apego, não se adaptou ao meu jeito coloco a venda ! O que me importa realmente é o trabalho da isca que ela vai me proporcionar e quanto confortável é para que possa pescar vários dias seguidos sem me expor a um esforço demasiado. Chega-se a um estágio que você deseja mais, percebe que seria melhor alterar caracteristicas do que vc encontra pronto no mercado. É a hora de colocar suas fichas em varas customizadas, desde a escolha da haste (blank), passando pelo formato do cabo, a escolha do tipo de passadores e sua disposição nela. Não são receitas prontas - isso existe nas lojas. Mas aquela vara com a ação um pouco mais rápida e ou mais lenta pode muitas vezes ser resolvida com uma escolha de passadores mais apropriadas a essa decisão ! Se você está nesse estágio e conhece um customizador que vai fazer o que é desejado ai vale a pena pensar em varas custom. Mas se é só para ter o seu nome na haste, não gaste, imprima seu nome e peça para resina-lo nas varas que já comprou !
  7. 2 pontos
    Entendo que muitos de nós passaram por esses locais (Intrépida, Caterva, Pescaki, entre outros...) e se torna muito difícil não ter algumas boas lembranças desses tempos já passados ! Acredito que mesmo com "propostas" diferentes, temos todos o mesmo objetivo de abordar as experiências em torno da pesca ! Podem ser relatos, barcos, tralhas, pontos de vista, etc... mas é algo que fazemos - quase sempre - com bastante prazer ! Os tempos de hoje são mais "corridos", além de outras concorrências que não existiam "naquele passado" ! Mas acredito que os Fóruns podem até "esmorecer" por um período, mas sempre existirão em versões diferenciadas (apesar de alguns títulos semelhantes). Não é por acaso que terminamos encontrando diversos "conhecidos" (ainda que virtuais) nessas diversas áreas de postagem ! Não cabe "competição" e sim um maior e melhor engajamento de todos em prol da pesca esportiva ! Nós da Equipe de Moderação do FTB permanecemos na torcida para que não só o Caterva volte com mais força, mas todos os demais que estejam se estruturando também ! No que depender de nossa ajuda, é uma coisa que certamente irá acontecer, inclusive com nossa participação...
  8. 2 pontos
    Pesco Matrinxãs praticamente o ano inteiro e um problema sempre foi os Split rings que não aguentavam o tranco desse peixe, aliás to pra ver outro peixe do mesmo padrão pra abrir tanto argolas e garatéias igual a esse , como uso iscas de em média 6cm as vezes tinha que colocar argolas maiores ou quando achava uma pequena e resistente era grossa o que não era legal, achei essa semana esse Split Ring da celta que apesar de pequeno é muito resistente e fino e tem resistência de 39lb, pra se ter uma idéia a argola comum da celta do mesmo tamanho tem resistência de 19lb, resultado ontem peguei muita matrinxã na faixa de 2 á 3 kg e nenhuma argola aberta o normal era duas ou três abertas no dia, fica a dica pra quem usa iscas pequenas em peixes fortes, outro material excelente da Celta são os snaps eu uso o nº 0 nas matrinxãs e nunca abriu nenhum, são excelentes.
  9. 1 ponto
    Armando Ito

    Varas The Flash vs venator sw

    na minha opinião , melhor que as duas ( citadas anteriormente ) ... mas 12 lbs indico pra robalos no mangue .... pra tucunas do sudeste melhor acima das 14 lbs ...
  10. 1 ponto
    Wellerson Santana

    OPÇÕES BARCO HOTEL BARCELOS

    Obrigado pelos elogios e considerações Rogério. Pessoas como você sempre nos ajuda a entender melhor e avaliar tudo o que podemos sempre estar melhorando. Toda a equipe do Kalua, além é claro do Mega e Ian estarão sempre de braços abertos para recebê-lo da melhor maneira possível. Como você bem colocou, não existe perfeição em tudo ou maneira de agradar 100% a todos, mas seu depoimento nos mostra que estamos no caminho certo. Um grande abraço e até breve.
  11. 1 ponto
    Pepe Melega

    Sobre trocas anzóis e garatéias

    Bem legal, se não tentar não tem graça ! Sucesso no teste. Abs
  12. 1 ponto
    Mas é claro q me lembro.....Ainda me considero um "Caterveiro", um "Intrépido" e um "Fishpointer"...rsrsr...Só um "EcoPesqueiro" q não me considero mesmo...rsrsr...Considero normais as "panelinhas", afinal, como vc mesmo disse, afinidade é algo q não se consegue controlar......mas baba ovo discarado, aff, estes eu não suporto.
  13. 1 ponto
    Eder Nascimento

    [APROVADO] Super Split Ring - SW CELTA

    Split Ring ou Argola? kkkkkkk Lembra que Split Ring é uma argona que não tem abertura como você mesmo disse, hauhauhauhau. Ela é soldada, ops kkkkkk. Pesquisei aqui estou enganado, kkkkk. Brincadeiras a parte (que não podia deixar passar) boa dica. Abraço meu amigo.
  14. 1 ponto
    Minha esposa adorou, ficou muito contente, amanhã já vamos pescar....
  15. 1 ponto
    Bom dia turma, estava semana passada em barcelos, pescaria muito difícil, todos afluentes bombando de água, mas o rio negro estava secando, acertamos alguns peixes no negrão mesmo.
  16. 1 ponto
    Odirlei Borin

    20lb cabo dê Molongó

    Valeu!!!!! Notícias de melhoras lá pra cima. Bora,bora. Abraços
  17. 1 ponto
    Fala Silvião,entendo perfeitamente o medo rsrs...nas carretilhas com distribuidor da problema sim,agora nos passadores nao da nada nao,é tranquilo de boa...valeu abç!!!
  18. 1 ponto
    Parceiro tem muitas, mas muitas mesmo. Mas o ideal é ir sempre nas que são recomendadas para não cair em barca furada porque isso tem muito também. Tem um conhecido que só pesca com a TauáAdventure e elogia muito. Uma novidade que pouco gente sabe é que a Vila Nova Amazon vai começar a operar na região norte e me atrevo a dizer que será top demais pela qualidade prestada pela empresa.
  19. 1 ponto
    Pessoal devido ao rio negro estar muito alto nesta época aonde era para estar baixo, gostaria da opinião de vocês qual isca usar para tentar capturar os tucunarés açus nas proximidades do igapó..
  20. 1 ponto
    Eu gosto de insistir no stick nessas situações... se conseguir jogar o mais dentro do igapó, e trabalhar ele no mesmo lugar, mantendo a isca mais tempo possível lá dentro... Antes, eu bato umas 10/20 vezes de hélice só pra eles ficarem espertos.. kkkkk Ah, Stick com anzol ao invés de garateia ajuda bastante... se o peixe bater e for pro toco, a nossa chance é um pouco maior...
  21. 1 ponto
    saudações; sou eletrotécnico aposentado e gostaria de te ajudar . aqui no sul do pais acredito que 30% dos motores utilizam a bobina de energia para repor energia da bateria. temos um custo em torno de R$ 50,00 com componentes ,fios e fusivel de proteção. Sei que você tem peças de moto e se possivel venda e compre o material que descreverei e tenho certeza que você ficara feliz. Em loja de componentes eletrônicos compre : ponte retificadora de 16 amperes ,uma peça que vale uns R$ 20,00 ,quatro terminais de conexão tipo terminal de fiação de carro, um porta fusivel de rosquear e fusivel de vidro de 6A, alguns metros de fio vermelho e preto 2 x 1,5mm flexivel tipo usado em som automotivo, quantidade equivalente a distancia motor a bateria +- 3metros. ,duas garrinhas jacaré para conexão a bateria ,vermelha + , preta -. fita isolante 1m. vou descrever o passo a passo para qualquer leigo executar. a ponte retificadora tem que ser fixada em posição afastada das velas ,melhor lado do motor próximo ao carburador. observe que na ponte retificadora tem dois sinais ~~ e outros dois + - . onde tem os dois sinais ~~ ligue os dois fios vindos do motor . no sinal + ligue o fio vermelho para positivo da bateria e no sinal - ligue o fio cor preto ,negativo da bateria. Eu prefiro fixar ao terminal sinal+ uma ponta do porta fusivel e ligar o fio cor vermelha a outra ponta do porta fusivel tendo assim protegido algum curto circuito indesejável. ligue as garrinhas a bateria observando a polaridade + positivo , - negativo antes de ligar o motor para evitar faiscas. Bom trabalho e qualquer duvida solicite. a corrente de recarga é determinada e maxima dividindo os watts da bobina por 12 volts. exemplo .: 60 w quer dizer 60/12 = 5 amperes máximo.
  22. 1 ponto
    Marcelo Senninha

    MG Pesca - Aprovadissimo

    Já comprei várias vezes. Sempre campeão
  23. 1 ponto
    Preto.. Na ultima temporada a isca que consegui ter bons resultados nessa estrutura foi a Spitfire 120 da OCL, pois eu arremessava e trabalhava ela no lugar, dentro da estrutura. Detalhe estava em repiquete. Boa sorte!
  24. 1 ponto
    Sérgio Catto

    DC shimano (digital control) opnião

    Muito boa sua análise. Concordo.
  25. 1 ponto
    Léo Andrade

    motor tohatsu .bom ou ruim?

    Pesquei muito em um Tohatsu 18hp... Anda muito, bebe pouco... Excelente desempenho, tem um torque excepcional... E tem um barulho macio, quase imperceptivel... Muito bom motor...
×