Ir para conteúdo

Rafael Takahiro

Membro
  • Total de itens

    80
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    4

Rafael Takahiro venceu a última vez em Abril 4

Rafael Takahiro had the most liked content!

1 Seguidor

Sobre Rafael Takahiro

  • Rank
    Já consegue zarar
  • Data de Nascimento 08-07-1987

Profile Fields

  • Sexo
    Masculino
  • Nome + Sobrenome (obrigatório)
    Rafael Takahiro Kobashikawa

Informações de Perfil

  • Localização
    São Paulo - SP
  • Interesse
    Tucunaré, pesqueiros, dourados

Últimos Visitantes

472 visualizações
  1. Haha, exatamente Fabiano, como era a primeira vez que meu parceiro tava pescando em rios e lagos, quis levar ele pro tucunaré no lago do peixe, mas se fosse por mim, ficava os 5 dias no rio Tocantins!
  2. Valeu Rogerio, vale a pena! Pescaria variada demais, é bacana!!! Aaah, lá é show, Isaias!!! Vai curtir demais!!
  3. Top demais, quando fui pra lá, pesquisei com eles também! Parecem ser excelentes, já fiz parada de almoço com Miller, manja demais também!!
  4. Valeu Fabricio!!! Gosto tanto de ler esses relatos! Tanto que só escolhi o Lago do Peixe lendo relatos aqui! Já vou todo ano desde 2018! Espero que logo possamos voltar!
  5. Turma, boa noite! Espero que estejam todos se cuidam, da saúde física e mental nessa pandemia. Não está fácil pra ninguém, sorte de quem tem um hobby como esse e pode se apegar a expectativa de futuras pescarias ou tem boas lembranças de uma pescaria passada, como essa que vou relatar! Ano passado não foi fácil, pra quem trabalha com eventos como eu. Em 4 amigos, sendo que um nunca havia arremessado uma carretilha, partimos pra Tocantins, Pousada Rancho do Kojak, com a promessa de uma grande experiência. Como tbm me considero iniciante, pesco em rios há menos de 6 anos, sempre tento levar amigos que não pescam em minhas aventuras, acredito que a pescaria pode transformar realidades, descansar a cabeça e proporcionar experiências inesquecíveis. Combinamos de pescar 5 dias, sendo 2-3 dias no lago do Peixe-Angical e 2-3 dias no rio Tocantins, sendo minha segunda vez nessa pescaria viciante que é das Cachorras na superfície. Ano retrasado pesquei 1 dia e meio no rio e como só tinha levado equipamento leve (14lbs), sofri demais nas Cachorras e Bicudas, não consegui embarcar quase nenhuma, na vdd só uma, dessa vez levei varas de 17 e 20 lbs também. A expectativa da turma era grande, iam Cocão e Akira, já pela 2 ou 3 vez no Kojak comigo e o Raffa Igor, que pescaria pela primeira vez em rios e lago, e a primeira vez com carretilha. Por ser mais próximo do Igor, fui a dupla dele nos 5 dias! 1º dia - já fomos pro rio, que estava seco. As notícias no lago também não eram muito boas, muito seco e peixe manhoso, mas quanto mais difícil, mais legal, né? Meu amigo logo no começo, já pega o jeito da carretilha, como não tem vícios, muito fácil aprendizado! Ele opta pela hélice e meia água enquanto bato as popper e sticks/zara. Logo no primeiro ponto, nos primeiros arremessos, já estoura na corredeira uma bela cachorra larga! No Popper da Yara e garatéias reforçadas! Briga boa, olho pro céu e agradeço a Deus e a família por estar ali. Só eles mesmo! Poucas ações, e bate peixe que acaba não entrando ou ficando na garatéia, normal pra cachorras e bicudas. Num ponto de bicudas, estoura uma enorme na Hélice dele, que trava, fica sem ação, não enrolava, nem mexia na vara, parecia o piripaque do Chaves, o peixe salta, vem na direcção do barco e escapa......aaaaaaaaaaaaaah, o primeiro susto dele.....hahaha, muito bom e as pernas tremiam. Estava picado pelo bichinho da superfície. Da artificial. Do rio. Da viagem pra pesca (Até então ele só pescava em pesqueiro). Mudamos de ponto e meu amigo de isca, como era primeira vez com artificiais, esse primeiro dia, fiz questão dele experimentar todo tipo de isca, ´ra não se acomodar na meia água, afinal, eu queria ele experimentando a explosão de superfície. Ele batendo uma zara da Heddon que ele comprou no escambo sem conhecer, estoura uma caranha que bate duas vezes, toma linha, abre a garatéia e escapa.....hahaha, o menino estava doido! E eu doido tentando entender uma caranha numa zara! Eu insistindo num remanso atrás de uma pedra e um baita estouro no popper, briga limpa, força, mas não era Cachorra, nem bicuda, nem apapá, um belo azul, briguento e forte veio pra foto! Das 10h até umas 15h, as ações foram devagar, almoçamos tranquilos, meus parceiros n tinham conseguido embarcar nada e meu parceiro estava ansioso. Sua hora ia chegar! Fim do dia já, braços cansados de bater hélice, mais recolhia que trabalhava....rsrs, e estoura uma bicuda enorme! Dessa vez ele firma, briga, vamos descendo a corredeira, adrenalina a mil!!! Abre freio, fecha, segura, dá ponta de vara, levanta, troca de lugar, vai pro fundo do barco e finalmente, ela cansa e vem pra foto! Olha o tamanho da Bicuda! Imaginem a força desse bicho no meio da corredeira. Fiquei muito feliz com isso! E reparem na marca de ataque de peixe no dorso dela, pqp, imagina! Dia 2 - Lago do Peixe No segundo dia, iríamos pro lago, onde as notícias não estavam boas entre os outros pescadores da pousada. Mas a gente queria mesmo era achar uns cardumes e fazer meu amigo se divertir nos tucunarés! E bóra treinar ele na zara e stick! Realmente bem poucas ações, muito quente, peixes batiam pra afugentar e difícil definir padrão de alimentação dos azulões. De manhã só umas 2 ações, Arremesso num raseiro de, no máximo 30cm, e uma estoura na minha bonnie, ele cobre (sim, o bicho até cobrindo já estava com a zara dele) e pega tbm! Dublê!!!!! Não eram grandes, mas a satisfação que tive ao pegar esse dublê com ele é imensurável!!! Primeiro tucunaré da vida do Raffael! Bem poucas ações no dia, mas foi bom pq treinamos muito as ações das iscas pra ele ficar acostumado! Fim do dia, despretenciosamente arremessando pro meio do lago uma pop queen que eu nunca tinha usado, já que mal usava popper (comecei nas cachorras), estoura uma bela azulona!! 49cm, mas brigava como um 60tão! rsrsrs, como diz o Beiçola, nosso piloteiro, não importa o tamanho, mas como a gente pegou o peixe! Dia difícil, mas show de dia! Dia 3 - Era rio de novo! Estava melhor lá, optamos por ir pro rio e a outra dupla ficou no lago! Agora sim, devidamente treinado, era dia do Raffa aproveitar melhor a pescada! Dia beeeem dificil também, insistimos na superfície, tivemos poucas ações, num ponto de Cachorras, consegui o meu trofeú da viagem, num popper antigo da Zagaia, que ganhei! 83 cm de emoção! Cara, nunca pesquei um açu, mas será que a briga é tão boa quanto de uma cachorra dessa na corredeira? Mudamos um pouco pra meia água, o Raffa embarcou uma piranha preta....rsrs, jogou no meio dos rebojos das Cachorras e entrou uma! Como era tudo novo pra ele, nos divertimos!!! Fim do dia, batendo a tal da famooosa Pop Queen, mais stickando que poppando, estoura um belo peixe na minha linha! Briga surreal, muita força e velocidade! Não medimos a bicuda, pq ela ficou muito estressada e estávamos com medo de perde-la. Solta com sucesso. Mais um dia de muito aprendizado! Tínhamos mais dois dias e eu e o Raffa decidimos fazer mais um dia no rio e um no lago, no último dia. Dia 3 - Queríamos ir atrás dos lindos e esportivos apapás, também conhecidos como douradas. Não tínhamos visto nenhum cardume nos dias anteriores....mas queria pegar! Dia bem difícil também, muitos arremessos e poucas ações, e muita escapada também! Logo cedo, encaixei uma bela cachorra, minha terceira na viagem, média de 1 por dia, fiquei bem satisfeito, pq foi tudo na superfície! Pensa na briga boa de ter com peixe!!!! Avistamos alguns cardumes de apapás, mas estavam dificil, no jig tinha bastante ação, mas perdi meu único jig de 15g numa ação na corredeira e ne vi a cara do peixe! Fomos num ponto diferente, mais profundo, não via pedra, nem ponto de referência nenhum, até brinquei que parecia ponto de corvina....batendo stick e popper pros dois lados do barco, estoura uma apapá gigante na minha Pop Queen!!! Briga demorada, nunca tinha visto desse tamanho, na minha última eram apapás de, no máximo, 50cm. As fotos ficaram horríveis, uma pena, mas eu guardo na memória essa briga! 72 cm de Apapá!!! Sé looooco! Fim do dia ainda fomos premiados com outra bitela apapá do meu parceiro, que definitivamente, ficou alucinado! Bitela também de 69cm! Eu peguei mais uma, logo depois da dele, menorzinha, mas saltou demais!!! Aaaah, o rio Tocantins, soltamos todos os peixes, espero que vcs sempre preservem esse templo sagrado! Estávamos mais que satisfeitos com a pescaria no rio! Raffa estava cheio de adrenalina, faltou a cachorra dele, mas não vai faltar oportunidade! Pegou piranha, bicuda, apapá e teve ação até de caranha na superfície! Dia 5 - Último dia era hora de relaxar no lago do peixe e tentar pegar o maior da viagem, já que não tinha saído nenhum azul maior de 50cm. De manhã, poucas ações, meu amigo engatou um trick na hélice (ele viciou em pescar de hélice haha). Trickão abusado! No almoço, meus amigos relataram que tinham pego um de 60cm e perdido mais dois ou três do mesmo porte, sendo que um levou jig e outro Bonnie limão dos parceiros....tristeza e felicidade juntos! Piloteiros ganhariam uma caixinha a mais pelo maior azulão, então meu piloteiro Sorriso (Kezin) ficou doido!! Disse que pegaríamos um maior, mesmo quase sem ação até dos tricks, e todos os dias que pesquei com ele (só tinha ido uma vez em 2018), eu tinha pego um 60up. Fim do dia, aquele ponto guardado pelo piloteiro pras emergências, como ele disse....haha No raseiro, já cantou um azul médio, estouro bonito!! Mas estava loooonge da troféu! rsrs 17h e pouco já, hora de ir embora, resolvemos bater as iscas voltando no ponto....meu parceiro pegou um jig e eu uma Rapala Xrap, que tb só pra uso emergencial..... Sinto uma batida forte na meia água, travo a vara, briga comprida, limpa, gostosa.... Não é possível!! Parecia grande, será que batia 60cm? Acho que não, mas era quadrado e bravo demaaaaais....medindo, coração a mil..... 61,5 cravado! Hahahaha Último peixe, último arremesso, último dia..... Nem acreditei, fiquei até sem graça, parecia gol no VAR! Alguns peixes dos parceiros: A maior Cachorra foi deles, de 84cm! Cocão e Sorriso! Na frente meu parceiro, que pela primeira vez, esbanjou categoria, pescou demais, vantagem demais que ele ouve muito, aprendeu muito com os guias Sorriso e Beiçola (o rei do Tocantins!). Jornada épica! Gostei muito mais de ter levado meu amigo e ter feito ele conseguir uma experiência inesquecível do que pelos peixes, fizemos as contas e foi bem difícil dessa vez, com média de 3 peixes embarcados por barco por dia. Mas foi bem legal, pq entraram peixes de qualidade!! Equipamentos: Vara Redai Viking 20lbs 5´8 Vara Black Mamba (1st) 17lbs 5´8 Vara Major Craft SpeedStyle 14lbs 5´8 Vara Black Mamba (2nd) 14lbs 5´8 Carretilhas Venator SE, Black Widow e Curado Linhas 40 lbs Iscas mais usadas: Bonnie 95, Pop Queen 105, Jet 120, Zagaia Mintoauro, Yara Mambinha, Zara Heddon, Olhete KV, Rapala X-rap. Encerramos a pescaria agradecendo bastante a Deus por nos proporcionar mais uma grande empreitada, com pesca, viagem e muita risada garantida! Beiçola, Sorriso, Vera, Kojak, Rally, muito obrigado sempre pela recepção e dicas valiosas!! Viciei nessa pescaria de Cachorra, Bicuda e Apapás, uma pena essa pandemia afetar tanto a saúde de todos e nosso bolso também, esse ano será bem difícil retornar. Quem quiser os contatos pra ir pra lá, só me chamar por MP! Grande abraço rapaziada! Instagram @rafatako
  6. Rapaz, que delícia de pescaria, Cristiano! Já pesquei no rio Grande, na região de Orindiúva há uns anos atrás......peguei só uns amarelinhos bem pequenos....mas foi legal! Região tem muito potencial, se preservado!
  7. Vicente, dólar inflacionou legal as Bonnies né, lembro de pagar cerca de 100,00 numa 95 ou 128 uns anos atrás....o que seria preço justo pra vc?
  8. Acompanhando o tópico! Acostumado a pescar cachorras nas corredeiras do Tocantins, pescaria que vicia! Aí tbm sai nas corredeiras? Na superficie?
  9. Brasília pra vida de Peixe é relativamente perto, demora um pouquinho mais pq tem muito radar saindo da capital. No seu caso, iria dirigindo de carro, se dirigir não for um problema.
  10. Só pelos textos e posts aqui já vi que tem muito conteúdo! Com certeza vou assistir e acompanhar, Marcel!
  11. Já usei Power Pro e Gsoul, pesco tucunarés azuis, particularmente gostei mais da GSoul.
  12. Fala Olavo, só conheço a rampa/marina que fica na cidade de Chaveslândia, ainda em MG, na divisa.
  13. Inspirado pelo excelente tópico, vou experimentar em poppers nas cachorras do Rio Tocantins! Trago os resultados aqui! Werner, excelente tópico! Quais in line vc sugere usar nas Mambas (popper) da Yara? Innas ou Borá 14? Muito legal toda ideia, explicação!
×
×
  • Criar Novo...