Ir para conteúdo

Cristiano Rochinha

Membro
  • Total de itens

    1.348
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    35

6 Seguidores

Sobre Cristiano Rochinha

  • Rank
    Colaborador
  • Data de Nascimento 10-03-1987

Profile Fields

  • Sexo
    Masculino
  • Nome + Sobrenome (obrigatório)
    CRISTIANO APARECIDO ROCHA

Informações de Perfil

  • Localização
    Atibaia - SP
  • Interesse
    INTERAGIR COM PESCADORES ESPORTIVOS PARA CONSOLIDAR NOVOS AMIGOS.

Últimos Visitantes

3.515 visualizações
  1. Já usei a TS2 25LB pros açus e dá pra arrastar hélice super de boa com ela.O problema é que achar ele em 6" parece estar quase impossível.Só acha 5,6".
  2. Assim como o Bruno disse,eu também já desisti várias vezes de pescar naquela região devido o preço da passagem...A pescaria lá já é cara,aí na hora de ver o preço e as condições das passagens pra lá,acabo desistindo mesmo....Somando tarifas,taxa de despacho de bagagens,deslocamento ao aeroporto e estacionamento pra deixar o carro,pode colocar 2 conto aí...Pra mim sem chance....
  3. Próximo ao Fio Velasco tem o Rancho do Matuto....Só digitar no Google que acha o contato.
  4. Sempre que vou a Manaus só fico no GO Inn...Ótima localização, ótimas instalações e bom preço.
  5. Boa noite.... Na minha opinião os midiáticos mostram coisas boas e muitas,muitas merdas também...Mas mostrar fazendo um ou dois peixes assados na beira do rio não acho errado e nem que careça de explicações,pois a imagem já fala por si só...São poucos peixes abatidos e de tamanhos adequados... Um grande abraço!!
  6. Arthur,tudo bem? Quero comentar sobre o item 3 que você citou...Em 100% das pescarias que faço,como peixe na beira do rio sim...Desses 100%,acho que entre 80 e 90% são peixes abatidos no próprio rio para consumo,e o restante,peixe de cativeiro fornecido pelas pousadas...E não vou dizer que acho isso normal,MAS QUE TENHO CERTEZA QUE ISSO É NORMAL E FAZ SIM PARTE DA PESCA ESPORTIVA,lógico que,quando praticado sem exageros,ou seja,abater 2 ou 3 peixes na pescaria para consumo no local de espécies consideradas menos nobres na região e que jamais sejam matrizes ou peixes pequenos,que ainda não se reproduziram...Peixes de tamanho médio.E tenho a total consciência que devemos sim ensinar isso as crianças que hoje estão entrando no mundo da pesca,e que diferente de nós,já vão começar aprendendo a pescar esportivamente,pois na nossa época,era diferente...E por que digo que consumir um ou 2 peixes faz parte???Só ensinando dessa maneira as crianças é que eles vão aprender...O peixe,além de animal silvestre,é também alimento,é um recurso natural deixado por Deus pra nós...Se colocarmos isso na cabeça deles,que peixe só serve para alimentação quando se é a quantidade suficiente,sem exageros,com certeza essa mulecada vai aprender muito melhor que nós sobre a importância da preservação...PRESERVANDO,SEMPRE VAI TER,SEJA PRA COMER COMO PARA NOS DIVERTIRMOS,FAZENDO AQUILO QUE TANTO AMAMOS,e não foi assim que aprendemos com nossos pais ou avós...Na nossa época,a cultura era de levar pra casa o máximo de peixes possível.PEIXE NÃO VIAJA DE CARRO,mas continua sendo além de tudo,alimento...Por isso,consumir peixe sem excessos no local da pescaria,faz parte sim.Qualquer coisa que fuja dessa flexibilização vira radicalismo,e radicalismo como sabemos é algo ruim em todos os sentidos.
  7. Fly Park...Já usei várias vezes e sempre bem atendido.
  8. Aff,nem me fale CAC kkkkk......Sistema vive mais fora do que funcionando,sem falar na demora do Exercito pra analisar os processos...Mas isso é outra história que não tem nada a ver com o assunto aqui né....Abraços pescador!!!
  9. Tiago,sobre as iscas já fiz isso,porém coloquei elas num pote plátisco de macarrão...Ele é fino e comprido,se não for levar muita isca,da pra fazer assim...Fiz isso porque fui viajar sozinho,levei apenas o tubo de varas com as iscas e até carretilhas dentro,e uma mala dentro das medidas para embarcar com ela...Assim,despachei apenas uma bagagem extra que foi o tubo,e que já tinha comprado junto quando reservei a passagem.
  10. Então fu deu mesmo....A Gol era a única que ainda não tinha essas pu tharias.....Agora lascou mesmo....
  11. Muito bacana o relato! Embora hoje eu faça mais o uso das carretilhas,vira e mexe dou minhas "molinetadas" também.
  12. Fui pela primeira vez ao Araguaia em 2010,e de lá pra cá já foram 10 incursões a aquele lindo rio.Sou suspeito pra falar,pois amo aquele lugar.Ainda vejo muitos pescadores "torcerem o zóio" quando falamos em Araguaia,principalmente pela fama dos botos de atrapalharem as pescarias.Pois bem,essa situação é real,os botos enchem o saco mesmo,porém mesmo assim,desconheço outro lugar no Brasil onde se pegue tantas piraíbas e pirararas enormes como lá...Além de uma variedade muito grande de espécies,ainda temos uma Natureza muito bela,que apesar de já não estar mais intacta devido a ação do homem,ainda se faz encantar aos que vão pela 1° vez...Agora,junte isso tudo ao bom custo x benefício da viagem....Pousadas com ótima estruturas e excelentes guias...O velho BOM,BONITO E BARATO... Pra mim,posso conhecer todos os destinos de pesca do Brasil,mas jamais deixarei de ir ao bom e velho Araguaia.
  13. Isso,iscas pequenas...Iscas maiores só alguns amigos pegaram uns na MEGABASS 95 se não me engano..
×
×
  • Criar Novo...