Ir para conteúdo

O FTB foi atualizado e otimizado.

Antes, para visualizar todas as nossas salas, era preciso descer a barra de rolagem por muito tempo. Isto dificultava a nossa vida, principalmente a dos novos usuários, que não encontravam as salas/assuntos de interesse.

Agora as salas foram transformadas em "sub salas" e incluídas em grandes fóruns.

Esperamos que tenham gostado. :amigo:

Cristiano Rochinha

Mod Temp
  • Total de itens

    1.088
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    20

Cristiano Rochinha venceu a última vez em Setembro 23

Cristiano Rochinha had the most liked content!

5 Seguidores

Sobre Cristiano Rochinha

  • Rank
    Super Pescador
  • Data de Nascimento 10-03-1987

Profile Fields

  • Sexo
    Masculino
  • Nome + Sobrenome (obrigatório)
    CRISTIANO APARECIDO ROCHA

Informações de Perfil

  • Localização
    Atibaia - SP
  • Interesse
    INTERAGIR COM PESCADORES ESPORTIVOS PARA CONSOLIDAR NOVOS AMIGOS.

Últimos Visitantes

2.508 visualizações
  1. Fala Roberto,blz??!! Como você mesmo já disse e todos nós sabemos,acertar data na Amazônia é quase impossível,principalmente pelas grandes variações climáticas de um ano para outro,mas em se tratando de MUTUCA eu ainda arriscaria no mês de outubro,principalmente após o dia 10....Esse ano a região permaneceu mais cheia que o normal nessa época,mas o Mutuca,por se tratar de um rio menor,em anos anteriores secou muito logo após o dia 25/10 +ou-,o que atrapalha muito a pescaria.....O ideal é sempre pegar o rio na caixa,e eu "ARRISCARIA ENTÃO EM MEADOS DE OUTUBRO",mas é sempre difícil acertar mesmo.....Marque a data que melhor lhe atender e vá curtir aquele belo lugar!
  2. Fala Mariano,blz??!! Sim,vc disse uma verdade...Não são todos que praticam a pesca esportiva lá...Pude presenciar um barco de Corrientes de pescadores,que segundo nosso guia,estavam lá pescando de maneira predatória,porém escondidos...Mas quando falamos em preservação,na verdade estamos fazendo um comparativo com nosso Brasil....Na semana que estive lá,haviam seguramente mais de 80 lanchas no rio,e todas estavam pescando esportivamente...São poucos os argentinos que ainda insistem em matar...Se fosse aqui no Brasil,dessas 80 lanchas,81 estariam matando quase tudo o que pegam....Lá,pelo menos existe a consciência e fiscalização dos guias e pousadas,algo que aqui só temos em poucos lugares...Por exemplo,você deve conhecer uma ilhota de pedra que tem um pouco abaixo do hotel do Pedrinho,bem próximo a margem do rio,acredito que a uns 100m do barranco...Ali estávamos pescando piaparas,que estavam num cardume imenso bem próximo dessa ilhota...Colado as pedras,existia um grande cardume de dourados também,a todo momento eles saltavam e caçavam,tudo isso à uns 100m apenas da margem do rio,quase dentro da área central de uma cidade que acredito eu,deva ter uns 30 mil habitantes....Se fosse aqui no Brasil,a tarrafa estava comendo tudo sem dúvida alguma...Lá não existe isso....A matança lá ainda é mínima,e pude perceber que a região ainda tem peixe demais demais.... Grande abraço!
  3. Realmente,borboleta desse tamanho eu nunca tinha visto.Parece até um açu...Parabéns pelo feito!
  4. Obrigado Sone...É isso mesmo...Eles continuam muito a nossa frente no quesito preservação...Quem sabe chegamos lá... Abraço!
  5. Belo relato....Com certeza uma semana de muitas felicidades! Parabéns!
  6. Parabéns à essa turma...E esses filhotes de pirarucu hein....Coisa linda.... Valeu por compartilhar!
  7. Opa ,blz Edson....To em Atibaia sim....Qualquer hora podemos tomar umas e contar umas mentiras por aí rsrsr... Fomos no total em 24 pessoas...Eu fechei com um grupo de 12 amigos e outros 12 pescadores de SP e BH foram avulsos...
  8. Fala Flávio,blz???!!! Pior que não cara,eram as piaparas mesmo que estavam detonando as tuviras na confluência do Paraguai com o Paraná....Acima de Paso,lá sim haviam algumas piranhas,porém poucas...As mordidas na tuvira são diferentes,as piaparas não chegam a detonar as tuviras por completo como as piranhas....Inclusive,uma delas com cerca de 2kg foi fisgada com tuvira a anzol 6/0 na rodada...
  9. Obrigado João.....Realmente muito boa pescaria....Mas Argentina é assim mesmo,são muitas variáveis que podem atrapalhar a pescaria,igual pescar tucuna na Amazônia...Difícil acertar,mas quando acerta......
  10. Galera,acabo de retornar de uma pescaria no já tão conhecido e famoso destino de pesca de grandes peixes de água doce,nossa vizinha Argentina....O local escolhido em específico também já não é novidade pra nenhum pescador esportivo,Paso de Lá Pátria,na província de Corrientes,norte da Argentina. A última vez que eu havia estado lá foi em 2014,e não trazia boas recordações,pois pegamos uma semana realmente muito fraca de peixe..Se não fossem as piaparas,mais de 80% do grupo teria voltado de dedão atolado...O motivo para o fracasso daquela pescaria foram as fortíssimas chuvas que haviam caído na região de Foz do Iguaçu cerca de 10 dias antes,o que elevou o nível das águas e tornou o rio Paraná,que costuma ter águas límpidas,num rio de águas extremamente turvas,coisa difícil de acontecer... E mesmo sabendo que Paso se tornou um destino muito popular,melhor dizendo,batido mesmo,resolvemos arriscar mais uma vez,visto que alguns conhecidos haviam estado lá na temporada passada e conseguiram sucesso na pescaria.. Como sempre,antes de seguirmos a Paso,demos aquela passada por Foz do Iguaçu,alguns para fazerem as tradicionais compras no Paraguai,outros (como eu) apenas pra curtir um pouco dessa belíssima cidade e tomar umas antes de entrar em terras estrangeiras Aliás,boas opções gastronômicas não faltam em Foz,e uma dessas que eu recomendo, é o Bar Rafain Chopp.....Contra-Filé Argentino e chopp de qualidade... A partir de Foz,fizemos aquele tradicional esquema de fretamento de ônibus e adentrar na Argentina através de agência de turismo de pesca.... Passagem tranquila pela Aduana e viagem também.....Muita cerveja e truco foram nosso passatempo pelos 600km que separam Foz do Iguaçu à Paso de La Pátria... Como já havíamos fechado essa pescaria à pouco mais de um ano,dessa vez escolhemos uma pousada um pouco mais "requintada" ,pois essa foi a opção de maior parte do grupo (apesar de eu sempre querer o mais simples possível)demos preferência ao pedido da maioria do grupo e então escolhemos a pousada Jardin del Paraná....Pousada de estrutura realmente muito boa....Bastante ampla,comida muito boa e realmente um lugar muito bonito....Minha única reclamação é do ar condicionado tipo janela que urrava feito um bugio na madrugada kkkkkkk( mas dei um pouco de azar,apenas alguns quartos ainda não possuem ar split)..... Piscina com os quartos em toda a lateral... Restaurante e adega.... Como todos já sabem,a Argentina se tornou referência quando o assunto é preservação de seus rios...Rígidas leis fazem com que os estoques pesqueiros no norte da Argentina levem uma legião de pescadores de muitas partes do mundo em busca de seus grandes troféus,principalmente gigantes dourados e pintados,além dos grandes cardumes de piaparas...E mais uma vez confirmamos isso...Os gigantes continuam por lá...Em tamanhos e quantidades excelentes...Porém,pra quem nunca foi,pescaria na Argentina tem algumas particularidades,coisas um pouco diferentes do que estamos acostumados a ver por aqui...Por exemplo,os piloteiros seguem a risca uma espécie de CLT deles...Os horários de pescaria costumam ser cumpridos fielmente...Eles não saem pro rio antes das 7:30h,voltam as 12h pra almoço,retornam para o rio as 15h(alguns acabam saindo um pouquinho antes) e permanecem no rio até as 18:30.....Isso pode parecer um pouco estranho pra alguns,uma jornada de pesca um pouco reduzida em relação as nossas,porém em Paso isso não costuma ser problema,uma vez que normalmente navega-se no máximo 15 minutos pra se chegar nos pontos de pesca....Na verdade,boa parte desses pontos estão a no máximo 5 minutos do centro da cidade....Rio preservado realmente é outra coisa... Partimos para o primeiro dia de pesca para pescar na rodada na confluência do rio Paraguai com o Paranazão....Ali,a grande quantidade de cardumes de curimbas e piaparas chama a atenção dos grandes predadores,formando um excelente ponto de pesca...Porém,essa região (abaixo de Paso)fica numa outra província chamada de Chaco,província essa que proíbe a pesca em seu território todas as terças e quarta-feiras... Não demorou muito pra sentirmos as primeiras puxadas nas iscas,tuviras,porém a quantidade de piaparas nessa região é tão grande,que elas vão mordendo tuviras de quase 30cm até comerem pelo menos metade delas rsrs....Numa dessas,uma piapara de cerca de 2kg foi fisgada com tuvira e anzol 6/0..... Mas os dourados também estavam por lá,e logo os primeiros apareceram...Nada muito grande,mas já muito animador pra uma primeira manhã de pesca. Agora por favor,não riam muito desse óculos que tive que usar nessa primeira manhã de pesca.....Esqueci o meu no quarto da pousada e acabei pegando um que meu amigo Flávio tinha nas tralhas dele (óculos da filha dele por sinal)....Trata-se de um óculos de quem é realmente muito,muito macho Na parte da tarde resolvemos ir atrás das piaparas....Demorei um pouco pra pegar o esquema da rodadinha naquele lugar...Quem pesca piapara nesse esquema de rodadinha sabe que em cada tipo de água existe uma diferença na pescaria,uma certa manha até acertar o peso ideal do chumbo e tamanho do leader,pra conseguirmos sentir o fundo do rio....E esse local era de águas bem rápidas...Pingadinha nível hard....Mas essa região tem tanta piapara que as vezes elas acabam atacando de qualquer jeito..... Curimba fisgada com milho e que deu um trabalhão danado pra sair da água... E vejam só....Na parte da tarde eu novamente esqueci meu óculos...Será que eu estava gostando daquele???? Nesse primeiro dia pescaria,grandes dourados já foram fisgados..... Inclusive uma monstrona de uma fêmea de quase 17kg.... Animados com o resultado do primeira dia,resolvemos repetir a dose no segundo,porém só mudamos de ponto e pescamos mais no canal do rio Paraná,numa região conhecida pelas torres de transmissão de energia existentes no local... Decisão acertada,pois nessa manhã embarcamos 4 dourados,de 8 a 12kg.....Pensa numa alegria que ficamos..... A tarde pegamos mais algumas piaparas...Algumas eu digo no nosso barco,pois teve barco nessa tarde que contabilizou mais de 60 piaparas...Absurdo mas é isso mesmo...60 piaparas numa tarde de pesca,3 pescadores.... E mais excelentes dourados foram fisgados,além de 2 grandes patis (peixe que era muito comum principalmente no Pantanal)hoje cada vez mais raro em nossas águas... Nosso terceiro dia de pesca caiu num terça-feira,e como já havia falado no início,a pescaria nesse dia fica fechada na região do Chaco,justamente a região onde pegamos todos esses lindos peixes nos 2 dias anteriores.Um certo clima de preocupação começou a tomar conta da galera,pois ainda não nasceu pescador que queira mudar de ponto quando está pegando peixe....E pra aumentar esse clima que pairava no ar,o dia amanhece com muito vento...Subimos então até o ponto acima da cidade onde poderíamos pescar pelos próximos 2 dias,e ao chegar a esse ponto,cerca de 5 minutos apenas de barco da praia de onde estávamos saindo,mais um "provável problema" que eu e outros amigos imaginávamos se confirmou...Com a proibição da pesca rio abaixo,nesse ponto rio acima logo de manhã já havia umas 30 lanchas...Confesso que meio "incrédulo" da situação,lancei minha isca na água só pra ver mesmo que bicho ia dar....E eis que ali começou um dos dias mais surreais de pescaria já vivi em minha vida....Vento forte,30 lanchas rodando pra cima e pra baixo o tempo todo,fazendo barulho,enroscando e desenroscando anzol no fundo do rio,barcos passando praticamente "em cima de nossas linhas" e adivinhem....PEIXE PRA TODO LADO.....SEM EXAGEROS OU PUXA-SAQUISMO PRO LADO DOS ARGENTINOS....Quem me conhece sabe que não troco uma pescaria em nossas águas por nenhum outro lugar desse mundo,mas o que vi nesse dia realmente foi algo marcante...Era barco tirando peixe pra todo lado....Dourados gigantes,pintados,barbados,jaús na rodada com tuvira,pacus também sendo fisgados na mesma modalidade,equipamento,isca e local...Toda essa farra de peixe em meio á uma verdadeira farra de barcos e todo aquele escarcéu..... Ali,naquele dia,mais do que nunca,consegui mais uma vez compreender profundamente o significado da palavra PRESERVAÇÃO....Putz....Quem sabe um dia chegamos lá... Consegui ver um pescador tirar um dourado que seguramente estava na faixa de 20kg,e em determinado momento,estávamos rodando a pouco mais de 10m de distância de outra lancha,quando senti um tranco em minha isca que estava praticamente embaixo dessa lancha...Fisguei e ao olhar para a ponta da linha já vi um dos pescadores do outro barco fisgar também...Pensei comigo: PEGAMOS O MESMO PEIXE! Porém em questão de segundos,os outros 2 pescadores da outra lancha também fisgaram e as linhas correram em sentidos opostos..Aí sim eu disse :EITA POHA....ESTAMOS COM 4 DOURADOS AO MESMO TEMPO.....Deus do céu...Que coisa mais linda!!!Embarquei e rapidamente soltei o meu,que nem era muito grande,para fazer questão de comprovar e registrar esse momento...Os 4 juntos não saíram na foto,mas o triplê eu consegui registrar... Passada toda essa euforia da manhã,obviamente que antes do almoço tivemos que brindar.... Sashimi de piapara,já que ninguém é de ferro.. Na parte da tarde,novamente muitos peixes fisgados... Nosso local de embarque e desembarque... Na manhã seguinte,obviamente repetimos o ponto de pesca,mas como era de se esperar, o peixe finalmente começou a se incomodar um pouco com aquela algazarra toda,e ficaram mais manhosos...Mesmo assim,alguns excelentes exemplares foram fisgados,inclusive um jaú de cerca de 30kg e um pintado de cerca de 35kg... Devido à essa alteração no comportamento dos peixes,na parte da tarde nosso piloteiro disse que mudaríamos o ponto de pesca....Rapidamente concordamos,só não esperávamos que esse ponto fosse ainda mais perto que os outros rsrsrs....Apenas chegamos até o canal do rio,menos de 2 minutos de navegação,e começamos a pescar.... Nessa tarde,conheci os dourados mais espertos que vi em minha vida rsrsrs....Acho que 100% dos dourados que bateram em nossas iscas,mordiam e já saíam nadando rio acima...Após a primeira e segunda fisgada,logo já sentíamos a linha totalmente bamba e leve...Pensávamos:perdi o peixe...Mas ao começar recolher,sempre vinha aquele inesperado tranco,ou até mesmo dourado saltando as nossas frentes...Hora então de fisgar novamente,porém quase sempre tarde demais rsrsrsr.....Perdemos seguramente umas 9 ou 10 fisgadas dessa maneira....Outro fator que influenciou também nisso foi o fato de que todas as tuviras eram bem grandes,e nesse ponto havia uma grande concentração de dourados menores,com cerca de 3kg, o que também dificultou as fisgadas...Talvez um suporte hook ajudasse nessa hora,mas como era a última tarde de pescaria ninguém quis saber de inventar moda... Numa dessas fisgadas perdidas,presenciei mais uma daquelas cenas de gravar pra sempre na memória....Um dourado mordeu minha isca e errei a primeira fisgada...Como sempre o dourado faz,logo em seguida ele volta e dou a segunda fisgada...Senti o peso do bicho na ponta linha,brigou no fundo por alguns segundos e escapou...Aí realmente não vi mais o que fazer...Comecei então a recolher vagarosamente já sentindo que o dourado havia comido toda a tuvira,mas eis que a uns 5m do barco,ao ver que ainda restava apenas um pequeno pedaço da tuvira no anzol,um dourado maravilhoso,de cerca de 6 a 7kg surge calmamente e literalmente "sugou a isca"colocando todo seu lombo dourado pra fora da água...Que cena incrível...Rapidamente fisguei,vi ele afundar e já subir rapidamente pra saltar...E cuspir meu anzol longe,mais uma vez kkkkkk.... Mas,com muito custo consegui tirar 2 peixes... Tuviras,conhecidas por lá como "morenas" Em nosso barco,pra finalizar,só faltava mesmo um pintado...E no final da tarde,do último dia de pesca,ele veio... É isso aí amigos...Mais uma vez a Argentina dando uma verdadeira aula à nós brasileiros de como cuidar de seus rios....Não é de hoje que isso acontece...Turistas brasileiros indo pescar por aquelas bandas pelo simples fato de que lá existe algo que sonhamos muito por aqui: PRESERVAÇÃO..... E dias de tantos dourados assim,não poderiam terminar sem o maior dourado que podemos ver na Terra..... Um forte abraço à todos!
  11. Parabéns pelos peixes....Esse ano realmente foi surpreendente a quantidade de grandes barbados nesse fim de temporada...Todos os dias penso comigo mesmo como seria esse rio se fosse preservado....Meu amigo....Isso aqui ia ser a MECA DA PESCA no Sudeste sem dúvida alguma...
  12. Esses relatos divertidos são sempre os melhores...E com certeza reflete bem a maravilhosa semana que vocês viveram lá....Bão demaiiiiiisssssss.... Parabéns galera!
×
×
  • Criar Novo...