Ir para conteúdo

O FTB foi atualizado e otimizado.

Antes, para visualizar todas as nossas salas, era preciso descer a barra de rolagem por muito tempo. Isto dificultava a nossa vida, principalmente a dos novos usuários, que não encontravam as salas/assuntos de interesse.

Agora as salas foram transformadas em "sub salas" e incluídas em grandes fóruns.

Esperamos que tenham gostado. :amigo:

Gabriel Bragatto

Membro
  • Total de itens

    204
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    2

Gabriel Bragatto venceu a última vez em Outubro 23 2019

Gabriel Bragatto had the most liked content!

Sobre Gabriel Bragatto

  • Rank
    Já consegue zarar
  • Data de Nascimento 27-10-1987

Profile Fields

  • Sexo
    Masculino
  • Nome + Sobrenome (obrigatório)
    G. Bragatto

Informações de Perfil

  • Localização
    São Paulo - SP
  • Interesse
    Trocar informações de pesca.

Últimos Visitantes

899 visualizações
  1. Fala amigo, Bão? Vc já chegou a justar as pás da hélice curvando elas? Vc terá que achar o ponto certo pra que ela faça aquele barulho matador. Abs. Bragatto.
  2. Fala Octávio. Bão? Então, conheci os 3 Franks. Seu Francisco, Frank e o Junior. Quem estava em Barcelos era o Frank "Frank", nãi o Junior. Papo de loco esse hein? Kkkkkk E o pior é que os 2 são bem parecidos. No primeiro dia eu encia o saco deles falando que não conseguia destinguir um do outros.kkkkkk O Junior marodo da Jane é gente finíssima. Sr. Francisco tmb, não mede esforços para agradar. Abraço.
  3. Fala metirosos, Bão? Vou postar um breve resumo da minha pescaria realizada em Barcelos na semana de 8 a 16 de novembro. Bem, como todos já sabem esse ano a pescaria foi muito difícil devido as chuvas e o nível dos rios. Essa é a segunda viagem que realizo atrás dos bocudos amazônicos. Tudo se iniciou em março de 2019, temporada de pesca ainda longe mas como de costume ansiedade a mil. Como sempre fica a dúvida, Que região? Em qual data? Com que operadora? Meu grupo de pesca já tinha agendado sua data e local para o final de outubro com destino ao Uatumã. É um prazer pescar com os amigos mas queria algo diferente com que tenho sonhado a muito tempo, conhecer a tão sonhada região do negro. Pronto, destino escolhido (Barcelos) e parceiro nota 10 na companhia. Porém, uma semana antes de fechar o pacote minha avó adoece e acaba ficando internada, não sendo possível confirmar a viagem. Em primeiro lugar a família, pois Deus nos proporciona outras oportunidades e podemos adiar. Infelizmente, após 3 meses ela acabou não resistindo a uma pneumonia. Mas agradeço a Deus por ter o privilégio de conhece-la. Velha crica, reclamona demais, 91 anos muito bem vividos mas nessa idade qualquer coisa é um perigo. Após sua partida, voltei aos planos novamente. Infelizmente a vaga almejada já tinha sido preenchida e teria que correr atrás de um encaixe sem um parceiro. Olha, é muito difícil conseguir uma vaga em cima da hora, sem parceiro é quase impossível. Após muitos contatos com alguns operadores consegui um encaixe com o Osmar da pousada Rei da Amazônia, o qual me atendeu de forma fantástica. Pacote fechado, agora era só arrumar a traia, segurar a ansiedade e esperar chegar a tão sonhada data. Como todos já sabem, 4 semanas antes de iniciar a batalha as notícias eram desanimadoras, água, água e mais água descendo sobre a região do Negro. Bem, não adianta estressar o negócio é se divertir e bola pra frente. Partindo de São Paulo sentido Manaus. Chegando em Manaus era só aguardar pra conhecer a turma formada por 15 Gaúchos, 4 Goianos, 2 Paranaenses e 1 Argentino. Sem palavras para descrever essa turma. Creio que isso é umas das partes mais prazerosas da viagem, poder fazer novas amizades. Foram 6 dias de pesca, muita alegria, muitas risadas, festa, diversão e claro, da minha parte não podia faltar muita mas muita piada de gaúcho. Kkkkkkkkkk. Marcio Costelinha, Abner vulgo Rick Ramos e eu. Uma parte da turma. Chegando na pousada no sábado à tarde, já parti para aquele almoço bem rápido e borá montar as traia. O coração saindo pela boca. A subida no barco treme as pernas, ai é só gritar: -Borá piloto, acelera o bicho. Pronto, chegamos ao local sugerido pelo piloteiro, região ainda muito alagada e trabalhos iniciados, logo vem a pancada na Realis. Alguns tucuninhas engatados. Após engatar alguns peixinhos, arremesso lá no fundo da mata entre as arvores e venho trabalhando. Quase perto do barco vem aquele monstro e powwww. O Infelizmente o nojento veio para rebojar e espantar a isca. O lombo do bicho era imenso, mas era só ar água na boca. O safado não quis voltar, joguei meia agua, jig, quase entrei na agua armado, mas nada. Foi embora. Vida que segue. 2° dia. Peixe muito manhoso, muito poucos ataques. Insisti muito na realis e acertei uns peixinhos com ela. 3° dia. Dia mais difícil de pesca. Foi o dia que mais saiu peixe, mas percebi que os nojentos não estavam atacando, vinham e rebojavam. Quando grudavam na garatéia, muitos vinham com a parte exterior da cara fisgada. Nada de abocanhar. No final do dia estava irritado e pensei: -Esses safados estão dando o maior trabalho de serem fisgados, chegam perto e rebojam. Quer saber, vou apelar (RIP ROLLER na cara deles). 4° 5° e 6° dia O VROOOOOP reinava em meio a floresta. Foram 3 dias seguidos das 7 ás 18 sem trocar de isca, só na Rip Roller. Acertei muita tiriça na hélice, peixes bem pequenos mas pelo menos atacavam a isca e não vinham para rebojar. A pescaria foi difícil, mas me rendeu meu maior tucuna até hoje, 17lbs. Meu piloto segurando o bicho. Sidney o melhor piloteiro da amazônia. 15 minutos antes dessa foto dizia que ele era o pior. kkkkkk Perdi outros bons também. A turma sabia que puxava hélice o dia inteiro e no final do último dia de pesca, meu novo amigo Jacks, um gaúcho daqueles tiradores de sarro nota 1000 já tinha tomados todas e ficou só esperando eu chegar da pescaria pra me zuar. Quando desci do barco lá vinha ele gritando e dando muita risada: -O Bragatto. corre aqui, corre aqui! Paulista, tu precisa ver a lapa de Açu que o Vidal pegou. Um monstro! Sabe como ele pegou? Na meia água! Eu fiquei imaginado tu arrastando aquela bosta daquela isca o dia inteiro debaixo sol escaldante e não pegar nada de bom e vem um cara que só pesca sentado, vive enroscando a isca nas arvores e pega um monstro na meia água. Kkkkkkkkkkkkk Nunca dei tanta risada na vida. Kkkkkkk. Ajudar ninguém ajuda, agora pra tirar sarro o pessoal é uma maravilha. Segue algumas fotos da pescaria. Tirei poucas fotos pois a maioria dos peixes eram pequenos e não sou dos melhores fotógrafos. Aqui meu piloteiro pescando um pouco. Ensinei o garoto a puxar hélice e pegou um tucuninha safadinho. Meu amigo argentino Nacho, apelidado de tarantula para os intimos, comendo um assado de tartaruga. Gente fina, bom amigo. O retorno da pousada para Barcelos é realizado através de uma lancha com vários assentos, cobertura superior e um MOTORZIN 160Hp. No trajeto de volta pegamos uma chuva daquelas bem fracas, sabem? Daquelas que só de olhar já ficamos molhados. Misture isso a 50km por hora. A chuva batia que machucava. Graças a Deus estava com uma jaqueta de capuz dentro da mochila que estava na minha mão. Mas nem todos deram a mesma sorte. Olha o Clovis se protegendo como dava. Aqui a chuva tinha acabado de começar e já estavam agachados. Quando bixo pegou pareciam avestruz com a cabeça enterrada. 20191115_142209.mp4 Quem foi na frente se molhou todo, já o pessoal do fundo quase nada. -Peraí, eu vou chegar todo ensopado e o pessoal lá de trás vai chegar sequinho? NUM VAI NÃO! O pessoal tudo de cabeça baixa pra não tomar agua na cara. Ai eu pegava uma garrafa de água gelada no gelo, dentro do isopor, abria e CHAAAAAAP lá pra trás. Jogava e ficava quietinho. Quando chegou em Barcelos fui brincar com eles e disse: -Poxa, deram sorte de estarem lá trás, nem se molharam. -Você que pensa Bragatto. Não batia muita água, mas quando batia parecia água de congelador. GELADAAAAA que doía. Kkkkkkkkkk. E assim se foi uma semana maravilhosa. No retorno a SP, fui agraciado com esse belo pôr do sol. Só tenho a agradecer a Deus pela oportunidade e minha esposa pelo apoio. Abraço. Bragatto.
  4. Boa noite meu amigo, Marcos, a pousada é sensacional. Ótima estrutura, suits climatizadas, ótima comida (não há palavras para o pirarucu a parmegiana) e tem um diferencial, internet muito boa, muito boa msm. Fiquei até surpreso pois em Barcelos pode se dizer que não tem internet pois é muito ruim, e a da pousada é top. Não ligo para ter internet na pousada, pq vc chega cansado da pescaria, dá uma conversada com os amigos, janta e dorme, mas é ótimo poder mandar uma mensagem pra Nega Véia e dizer que está tudo bem. O Junior, um dos sócios e gerente da pousada tmb é um cara nota 10. A mulher dele, Jane, tmb é fantástica. Manda um abraço pra ela em meu nome, e diz que ela é uma ótima pessoa "FRITA ou DORMINDO" KKKKKKK. Ela vai endoidar. E enche o saco do guia Ronaldo, diz que eu espalhei que o sonho dele é pescar comigo, que eu dei uma surra nele puxando hélice. Não fique preocupado se o rio subiu seus 10 cm. O segredo está na insistência. A pescaria não está fácil mas pescar é assim. Cara, não sei se e ajuda, eu não subi para o estreito do rio Itu mas os colegas que subiram disseram que está mais seco que o resto da região e que foi aonde mais tiveram ações. Pena que só dedcobri no ultimo dia. Tenta ir nos primeiros. Abraço e boa pescaria. Se precisar de algo me avise. Bragatto.
  5. Galera, Voltei ontem de Barcelos. Estive na pousada Rei da Amazonia, nas intermediações do Itu. Rio baixando cerca de 4 cm dia, quase nada. Ontem pela manhã quando ainda estava em Barcelos deu uma chuva braba de 2 horas sem intervalos, torrencial. A pescaria foi muito dificil mas sairam alguns peixes de 70 e 80 up para o grupo. O peixe não estava comendo, apenas rebojando. Abri mão da pescaria para tentar acertar um grande e fiquei só na hélice. Se puder dar uma dica de iscas de superficies seriam DUO RELLIS PENCIL, SPIT FIRE da OCL e HÉLICE. Daqui uns dias posto o relato. Boa pesca pra quem ainda vai subir. A dica é perseverar, porque vai sair uns bocudos. Abraço.
  6. Octávio, Muito obrigado pelo esclarecimento. Espero que toda essa água desça e vá embora ainda essa semana. Estou torcendo para baixar uns 42 cm e estabilizar, ai vai dar pra brincar um pouco. Agora é relaxar e aguardar a ida. Vlw, E boa pescaria pra ti, se ainda estiver para ir. Abraço. Bragatto.
  7. Galera, bom dia. Aparentemente o ralo foi fechado em Manaus, pois já é o 5º dia que não desce 1 cm. Pelo contrário, só sobe. Ontem em 1 dia subiu 12cm em Manaus e em Barcelos 10 cm em 4 dias, marcando 4,42. Tendo em vista que faltam 10 dias para minha pescaria, faço uma pergunta aos mais experientes em nível das águas do Rio Negro. Há a possibilidade do nível do RN baixar em Barcelos ou no máximo é torcer para estabilizar? Abraço. Bragatto.
  8. Bom dia Marcus. Sim, iremos na mesma pousada. Já tinha lido uma resposta sua comentando sobre a pousada a uns dias atrás. Falei com o Osmar ontem e ele disse que tinha dado uma estabilizada. Pela previsão do tempo obtida no google, é que teremos sol entre hj e amanhã em Barcelos. Depois volta a chuva, mas espero que com menor intensidade. Quanto ao nível das aguas em Manaus, é aquilo, descendo seus míseros 5cm por dia. O de Barcelos só subindo.😒 Tenho amigo que encerrará a pescaria hj. Quando tiver noticias postarei as novidades. Vou dia 08/11. Você vai quando? Abraço. Bragatto.
  9. Também estava acompanhando o nível pelo site e acabei me assustando. Não postei pra não matar ninguém do coração. Hj falei com o pessoal da pousada que vou pescar e falaram que deu uma parada nas chuvas e o rio Itu deu uma estabilizada. Agora é torcer. Abraço Bragatto.
  10. Boa noite Tammer. Nunca pesquei no Uatumã, mas dizem que é normal a represa soltar agua, pois faz quase que diariamente e não afeta a atividade do peixe. Mas quanta agua eu não sei. Se for muita com certeza deve lascar tudo. Acredito que não tenha o que fazer. Com tanta chuva caindo sobre o Amazonas é normal que eles abram as comportas de balbina pra mandar água pro Uatumã. Como sua pescaria é semana que vem, o melhor a se fazer é torcer pra parar de chover. Em uma semana, tudo pode mudar. Abraço e boa pescaria amigo. Bragatto.
  11. Bom dia Vanderlei. Nunca usei a 130, mas tanto a 110 quanto a 95 são criminosas. Em 2017 no Juma a 110 foi crucial, tendo em vista que o peixe não comia. Realis 110 e spitfire OCL fizeram a diferença. Se achar necessário, leva uma 130. Eu irei dia 08.11 para Barcelos e vou levar as minhas 110. Ta indo quando? Abraço. Bragatto.
×
×
  • Criar Novo...