Ir para conteúdo

Bruno Rodrigo Nogueira

Membro
  • Total de itens

    73
  • Registro em

  • Última visita

2 Seguidores

Sobre Bruno Rodrigo Nogueira

  • Rank
    Já consegue zarar
  • Data de Nascimento 20-08-1977

Profile Fields

  • Sexo
    Masculino
  • Nome + Sobrenome (obrigatório)
    bruno nogueira

Informações de Perfil

  • Localização
    Goiânia - GO
  • Interesse
    pesca

Últimos Visitantes

405 visualizações
  1. Guilherme, faz um contato com o Júlio Basílio de Barcelos. O cara é campeão, e com certeza se tiver vagas ele encaixa sua dupla nessa semana!!!
  2. Fantástico esse tópico!! Me fez lembrar das minhas primeiras andanças pro lado do Comandante Fontoura( ano 2000). Graças ao vídeo do Gugu, comprei um pedaço de terra as margens do Fontoura!!! Infelizmente o tempo passa e o progresso chega!! Hoje aquele rio não é nem sombra do que já foi. A mata sumiu, o peixe acabou, e o que restou foi apenas saudades daquela época!!!
  3. Magrão, infelizmente vou discordar das opiniões acima! Fui ao Pantanal a primeira vez em 1989, e isso aconteceu seguidamente até o ano de 2012. Devido as idas na região amazônica, qual acho a pescaria muito mais esportiva, fiquei alguns anos sem ir no Pantanal. No ano de 2018 retornei na região de Barão de Melgaço e fiquei impressionado com a quantidade de peixe morto (nem os dourados respeitavam) e principalmente com a quantidade de lixo no Rio. Infelizmente, saí de lá com a promessa de que nunca mais voltaria!!
  4. Taí um dos próximos locais que pretendo conhecer. Só escuto elogios em relação a operação do Marcel!!!
  5. Grande Kid, acredito não se tratar do mesmo rio pelo que descreveu acima. O Curuá que me referi está localizado acima da cidade de Novo Progresso e é afluente do Iriri. E como de lá até Santarém ainda é uma "viagem", acredito serem dois tipos distintos. Vamos ver se alguém aqui do ftb tem uma informação mais precisa pra acrescentar.
  6. O Curuá é um rio raso, com muita pedra e pouca corredeira, então não era pro peixe ser tão bravo como é. Acredito sim que águas rápidas fazem o peixe ficar mais forte, mas existe algum outro mistério que não sei explicar!!
  7. Fiz uma conta aqui e já peguei dez espécies diferentes de tucunarés, mas se for escolher a mais bruta diria que é a melaniae( médio xingu). Acrescento ainda que pra mim o peixe mais forte do Brasil é o do Rio Curuá(PA). Não sei dizer o pq, mas pensa num peixe bruto!!
  8. Estive em Balbina em dezembro do ano passado, e só usei superfície. Disparado a que deu mais resultado foi a sará sará 100. De um modo geral iscas barulhentas de 9 cm são as que se saem melhor naquela região!!
  9. Vamos lá. Junho( apesar de um pouco cedo) tentaria ir em algum afluente do madeira( lá seca mais cedo). Indico o rio Camaiu( maravilhoso). Em outubro iria atrás dos açus( dando preferência para Barcelos)!!
  10. Bom dia turma, cheguei essa madrugada de Barcelos. Muita água, pouco peixe e o covid apavorando todo mundo. Manaus está um caos!!! O maior peixe do barco foi 72 cm e pela primeira vez não tive sequer um ataque em iscas de superfície( exceto hélice q deu o melhor resultado). Em resumo, a coisa por lá está complicadíssima
  11. Estou indo amanhã, e a notícia que tenho é que todos os afluentes estão subindo. Vou na fé!!!
  12. Acabei de falar em Barcelos. A princípio as operações continuam. O nível do negro e afluentes continuam subindo e a pescaria está muito difícil. Estou voando pra lá no sábado e o conselho do operador é entrar no Demeni e subir até acima do Araçá, ou descer sentido Manaus e pescar próximo ao animbá, acajatuba. Alguém com um conselho?
  13. Pescaria naquela região sempre vale a pena, mas pegar um "peixinho" deixa a coisa ainda melhor!!
×
×
  • Criar Novo...