Ir para conteúdo

Pesquisar na Comunidade

Mostrando resultados para as tags ''barcelos''.



Mais opções de pesquisa

  • Pesquisar por Tags

    Digite tags separadas por vírgulas
  • Pesquisar por Autor

Tipo de Conteúdo


Fóruns

  • Bate Papo Geral e Assuntos Correlatos.
    • Selecione a sala abaixo:
  • Pesca em Água Doce
    • Assuntos Gerais (água doce)
    • Equipamentos de Pesca (água doce)
    • Relatos de pescaria (água doce)
  • Pescaria em Água Salgada.
    • Assuntos Gerais (água salgada)
    • Equipamentos de Pesca (água salgada)
    • Relatos de pescaria (água salgada)
  • Pesqueiros (pesca-e-pague), Fly Fishing e Caiaque.
    • Selecione o tipo de pescaria abaixo:
  • Náutica
    • Tudo sobre náutica
    • BassBoat Brasil
  • Eletrônicos
    • Selecione a sala
  • Aprenda a usar o fórum. Entenda como ele funciona.
    • Selecione a sala
  • Anúncios Globais e Anunciantes
    • Anunciantes do FTB. Promoções aos nossos amigos pescadores!
  • Club das 22lbs
    • Galeria 22lbs. Só monstro acima de 10Kg.
  • Pacotes de pesca dos nossos usuários
    • Em Andamento
  • Classificados
    • Selecione a sala abaixo:

Encontrar resultados em...

Encontrar resultados que contenham...


Data de Criação

  • Início

    FIM


Data de Atualização

  • Início

    FIM


Filtrar pelo número de...

Data de Registro

  • Início

    FIM


Grupo


Nome + Sobrenome (obrigatório)


Localização

Encontrado 179 registros

  1. Bom dia a todos os pescadores! venho aqui para fazer o relato da nossa pescaria à bordo do "Tucuninha" na semana do 12/11 a 20/11. Como sabem, cheia histórica no Negro o que desanimou um pouco a turma.. a cota estava em 5m quando saimos e subindo 5cm por dia... como não temos uma flexibilidade tão grande por questões de férias não tínhamos outra saída a não ser acreditar, ir e curtir! foi o que fizemos. Nosso Grupo: Vitor (Sorocaba) Fábio (Carlópolis) Rodrigo (Campinas) Jefferson (Campinas). Jefferson foi encaixe de última hora, Rodrigo levaria o filho mas acabou não dando certo. Sobre o Barco Tucuninha Atendimento sensacional, tudo de qualidade... receptivo, bebidas, comida. Tem opção de carne todo dia para churrasco, fogo de chão, cerveja só as top... MUITO BOM MESMO! valeu muito a pena ter ido com eles. Afluentes Aquela escolha difícil, tudo subindo... sem notícia de nada bom.. decidimos encarar o Cuiuni. Subimos perto da pista, aí notamos que o Marreco passou direto na sexta, acreditamos que eles estavam sentido alegria. na parte de baixo do cuiuni ainda tinha barranco e dava para arremessar, porém o peixe inativo TOTAL. meu parceiro, Fábio, achou um bitelo na superfície que já saiu tomando linha mas infelizmente foi para o Pau e perdemos. Tinha dia de sair 1 peixe bom... tava bem difícil mesmo. Quanto mais a gente subia, mas cheio ficava. Decidimos voltar e ficar no Negro, ali na região do peixe boi (acho que é esse o nome). mesma coisa, pescaria sofrida... eu tava bemmmm panema, 2 Jacundás no mesmo dia rsrssrrsrsrrsrs Tentamos de tudo, hélice, zara, stick com ratlin, sem ratlin, jig, borracha, meia agua.. enfim, fomos lá para pescar e com o espírito de bater isca das 6 as 18 "esperamos por isso por 1 ano, no barco não vamos pegar nada" hahaahah" último dia de pesca resolvemos subir o Demeni, +- 2 horas de voadeira, região de umas queimadas bemmm grande... percebemos que tinha barranco... parecia estar secando. Manhã toda batendo isca, meu amigo engatou um de 70cm na bonnie 107, trabalho bemmm lento. e eu nadaaaaaaaa! já quase desanimando, 11:20 da manhã na sexta para vir embora, me entra um 80up... meu record! que emoção... que explosão na superfície... que peixe forte.. e onde, no Demeni! conhecido por só ter peixe pequeno... vai entender a natureza meus amigos! mas foi isso mesmo, meu record batido na minha "pior" pescaria... Esse peixe entrou na bonnie 107 cor arari e eu com medo da garateia não aguentar, era uma Decoy #2... por minha sorte engatou nas duras garateias só que na parte de fora da boca..! quando é para ser seu, será! Voltamos para o hotel e conversando com os pescadores vi que somente eu e + um pescador havíamos conquistado o boné "80 up" do tucuna... ou seja, foi uma pescaria bem sofrida... porém o jogo só termina quando o juiz apita! rsrssrrsrsrs Material Usado: Helice: Vara SC III By Waka 5'8 25lbs + Revo Rocket 10:1 Stick/Zara: Vara Redai Viking 5'8 25lbs + Metanium MGDC7 Meia Água: Vara Venator 6' 25lbs + Shimano Scorpion 1500-7 Espero que gostem do relato + fotos. IMG_0240.heicIMG_0235(1).heicIMG_0193.HEICIMG_0175.HEICIMG_0235(1).heicIMG_0243.heicBar IMG_0235.heic IMG_0240.heic IMG_0243(1).heic
  2. Blz pura, turma?!?! Faz tempo q não posto um relatinho aqui no FTB. Ando desanimado mesmo...rsrs. Contudo, com o relato do @Edu Garcia, apenas reforço que pescaria é muito mais q peixe. E postar um relato aqui, com fotos e detalhes, certamente poderá ser visto pelos meus netos e gerações futuras...então, lá vai. Ah, e é claro, por aqueles que se interessarem tb. BARCELOS - OUT21 (de 01 a 08) Barco: Angatu Açu Rio: Aracá Condição do rio: La Ninna na região inteira, recorde histórico de cheia, Negro com mais de 6m. O Aracá em específico estava com bom nível até o Bacuquara, e acima daqui tudo alagado. Fomos até a Pousada Tupanaçu. Pescadores: Eu, Fabiano Biguá, Gabriel Biguá (meu sobrinho), Marquinhos Biguá, Fábio Neves, Edu Camargo, Matheus Testa, Polegon, Hélio Augusto, Luis, Dentinho, Carpincho, Carlos Japa, Andrezão e Mateus Japa. Como eu disse no relato do Edu, essa turma não é uma turma "comum", composta apenas por pescadores de todo o Brasil, na verdade temos neste grupo amigos q frequentam a casa do outro há muitos anos, e que as famílias se relacionam fraternalmente durante o ano (férias, viagens, pescarias menores, confraternizações e etc.). O principal requisito para estar neste grupo é não ser chato, fissurinha, individualista, chorão, murrinha e por aí vai...rsrs. E olha que já fiz algumas dezenas de viagens com vários amigos q se tornaram verdadeiros irmãos, mas como neste grupo, difícil de encontrar. Turma em Brasília bebendo cafezinho. A sorte é q eram 6h da manhã, se fossem 7h, era cerveja... Pois bem, em Manaus fizemos o de sempre...Cachaçada e Sucuri... Direita pra esquerda: Luis, Polegon, Edu, Dentinho, Andrezão, Boto, Hélio, Eu e o Matheus ajoelhado. Outros chegariam mais tarde. Salomé: excelente opção. Não aguentava mais ir para a Cachaçaria do Dedé. Aqui a grande surpresa de Manaus. O restaurante La Vaca Negra....ah, detalhe, ela fica em frente ao Hotel Da Vinci...ou seja, tudo concentrado num lugar só. Cortes bovinos fantásticos e cerveja trincando. Tem área externa (muito quente durante o dia), e área climatizada tb. Recomandadíssimo, e vlw a dica @Thiago deRoure. Aliás, a Sucuri está cada dia melhor e com preços muito diferenciados. Encontrar Jumping Minnow a R$ 58,00, e Bonnie Silent a R$ 150,00, não é qualquer loja do Brasil q tem. A parede de iscas é completíssima, carretilhas top, acessórios náuticos, camping, lanternas top, vários tipos de linha, resumindo....a loja tá bombando. Ah, e ainda tem aquele cantinho da Heineken q é o meu ponto preferido. Até o Thiaguinho, que também é membro do TorresmAçu, mas estava a trabalho em Manaus, apareceu na loja para trocar ideia com a turma. Manhã seguinte e todos preparados para o téco-téco. Um detalhe, que pra mim foi muito importante, foi estar novamente pescando na AM com o meu irmão (Fabiano) e com o meu sobrinho Gabriel (indo pela primeira vez). O moleque pesca bem demais. Aqui no fórum temos toda a trajetória de pesca desse moleque que desde os 5 anos já pesca conosco nos torneios e etc...Bom demais. Tb tive a oportunidade de estar levando pela primeira vez o amigo Andrezão. Mais um que certamente somará ao grupo. Já o restante, tudo putavéia acostumada a se lascar na região...rsrs Em Barcelos fomos recepcionados por uma equipe da Secretaria de Saúde deles. Os exames negativos de COVID (dentro dos 7 últimos dias) já havia sido enviado pela empresa para a Secretaria de Saúde para adiantar o trabalho. Apenas checaram na listagem e nos mandaram pra beira do rio. Do aeroporto pra frente, ninguém na cidade usava máscara. No porto vimos o nível do rio. Puts, nenhuma ponta de praia do outro lado. Nem na pontinha da ilha tinha areia aparecendo. Todos embarcados, decidimos subir o Aracá. Enquanto isso...fomos aquecendo os motores (IPA da melhor qualidade). A informação era de q estava secando, e que o Alegria/Cuiuni estava subindo. É importante frisar o nosso grupo gosta de pescar em afluentes pelo simples fato de todos estarem mais próximos. Pedimos 10 picanhas de Manaus para os nossos almoços e, no Rio Negro, certamente estar todo o grupo reunido seria algo complicado demais. Daí a nossa opção de bater cabeça no Aracá, mesmo sabendo que lá estava alto. Logo na caída noite de navegação, assim q ultrapassamos o repartimento do Aracá/Demini, reparamos que vários barrancos e praias se espalhavam pelo Aracá, o que motivou a turma. Dia claro e partimos para o primeiro dia completo de pescaria. O nível do rio estava excelente. Muitas risadas, belo churrasco, e muito mel, só isso...rsrs E poucos peixes... Claro que aqueles que conhecem o Aracá esturricado estranhariam, mas tb sabemos que seco demais os peixes somem...Logo imaginei que arrebentaríamos de pegar peixe. Ledo engano.... Rio na caixa, água quente, tempo nublado...mas nada do peixe aparecer. E quando digo nada, é nada mesmo. Incrível ver um rio no ponto perfeito, e nada de ação. Aff, vá entender esses bichos?!?! Alguns passaram turnos inteiros sem sequer uma ação na isca. Eu cheguei a cruzar com um piaçabeiro pelo caminho e perguntei como estava lá pra cima. O féla disse q estava secando. E com isso mandamos nosso prático navegar a noite inteira. Amanhecemos o dia muito, mas muito acima do Bacuquara....e foi aí q a coisa ficou ainda mais feia...rsrs... As praias estavam todas debaixo da água. Piaçabeiro FDP. Ainda acertei um peixe de 76cm, mas magrelo, nem parecia um açuzão de verdade. Pesou apenas 13lb. Mas o bom mesmo foi ter acertado ele com o meu sobrinho, puts, q experiência show de bola. Ver o moleque puxando o peixe pra fora do barco, medindo corretamente, manuseando corretamente, e soltando corretamente, valeu demais o dia. Ah, e será q o moleque tem as manhas?!?! angatu21_49.mp4 angatu21_48.mp4 Não encontrei o vídeo dele mandando uma Rip Roller de 6.25 e zunindo ela no rio....rsrs. Caso encontre, eu posto mais pra baixo. A única coisa q precisava ver nessa pescaria era um bruto acima de 8Kg montando na isca dele e puxando ele pra dentro da água....hehehehee... E se não tem peixe, boas risadas, mel e churrasco não faltavam... Almoçamos na Tupanaçu...A água estava batendo próximo dos pilares da pousada. Aqui sim, a água estava mais fria. Hélio Augusto ainda acertou um de 72cm...mas o peixe já era mais troncudinho, e, tirando o fotógrafo maldito, tivemos uma bela foto. Resolvemos descer rapidamente para a região abaixo do Bacuquara...Mas olha a cara do prático. Brincadeira, esse era nosso amigo Polegon depois de beber uma Bhrama...rsrs Ainda pescamos no Aracá no último dia inteiro de pescaria. E, como disse, o nível estava show de bola. angatu21_43.mp4 Algumas praias estavam enormes. Mas peixe mesmo, nada...rsrs. Na quarta-feira, último dia inteiro de pescaria, paramos em frente a pousada do JJ. Vimos várias placas proibindo o acesso a um enorme lago q fica em frente a pousada e mais acima um pouco, outras placas proibindo o acesso aos lagos de boca franca. Sem querer polemizar nada, mas isso não ajuda a pesca esportiva. Além do mais, aquelas terras sequer tem escritura, e me refiro a todo o município de Barcelos mesmo. Tenho certeza q em breve teremos notícias de problemas vindos de lá, anotem aí. Mas esta foi a tarde/noite do churrasco (mais um, né...rsrs). angatu21_39.mp4 No último meio dia de pescaria descemos para o Negrão. Água no meio das árvores...mas o Negrão é o Negrão, né!??! Mesmo com nível pavoroso, tivemos ações de peixe. E olha q ainda ficamos parados por quase 1h esperando uma pesada chuva passar. Neste dia estava com o Polegon, figura única que ingressou na turma. Aos que não entendem o prazer de pegar um tucunaré, segue o vídeo abaixo: angatu21_47.mp4 Peixe de 75cm que abocanhou a isca antes do amigo travar a carretilha...rsrs. Vai entender esses bichos!?!?! Ainda tivemos dupla que pegou mais de 30 peixes nestas poucas horas de pescaria. Nada de grande, mas já se divertiram após 1 semana dura. E assim foi a nossa pescaria. Muitas risadas, muita amizade, muitos arremessos, churrascos, cachaçada, troca de experiências e novas tb, descanso da mente (pois no barco não tem internet), e por aí vai. Ah, e quase toda noite tínhamos uma mesinha de poder valendo 50 conto...rsrs. E tudo regado a um bom vinho, cerveja, gin, caipiroscas, Campari, e o q tivesse álcool...rsrs Melhor de tudo é q mesmo na dificuldade, mais uma vez este grupo se mostrou único. Não tivemos uma discussão, nenhuma cara feia sequer. Aqui ninguém tem o direito de estragar a pescaria e o momento do outro. Todos compreendem muito bem isso. Peixe é o detalhe, peixe é a cereja do bolo. Não saiu?!?! Uma hora sairá. Dessa pescaria levamos experiências únicas, novos amigos, umas 3 ou 4 viagens ao logo do ano, fora a próxima pescaria do grupo q já está fechada para 2022. Fica aqui o meu fraternal abraço a todos do grupo q mais uma vez me confiaram na condução de todos. É muito fácil lidar com pessoas que ajudam e mantem o astral alto. O trabalho foi mínimo. Agradeço tb a toda a tripulação do Angatu Açu. Tivemos sim, alguns probleminhas num motor de popa (o reserva foi pra outro barco), elétrico que deu um trabalhinho, e pescar com equipe de guias que não conhecíamos ou que não conhecia o Aracá atrapalhou um pouco....Mas revezávamos nas duplas/guias e de fato tais detalhes não prejudicaram a pescaria. Por outro lado todo o restante, pelo menos pra mim, foi impecável. Comida, bebida, garçom, voadeiras, baterias, serviço de quarto, lavanderia, tudo, tudo pra mim foi fantástico. O Angatu está sob a gerência do Rodrigo, garoto bom e que tem levado a operação a "outro pá tá má"....rss. Vlw, turma...E até a próxima.
  3. Olá amigos pescadores! Na segunda semana de novembro estarei indo pela primeira vez encarar os gigantes açus na região de Barcelos, minha primeira pescaria na Amazônia havia sido na região do Rio Urubu em outubro de 2020. Pois bem, este ano estarei indo, mais precisamente, para a boca do Rio Arirarrá. Gostaria de saber dos pescadores mais experientes quais podem ser as expectativas para a pescaria neste local e se existem alguns macetes ou segredos para se ter sucesso por lá! Desde já agradeço a atenção! BOAS PESCARIAS E GRANDE ABRAÇO PARA TODOS!!!
  4. REVIEW - Abrimos a caixa do molinete que substituiu o fantástico Stradic Ci4+ O NOVO SHIMANO VANFORD 4000XG Este review está em nossos REELS DO INSTAGRAM no canal MOMENTO SHIMANO CUCA PESCA
  5. Olá amigos! Pelo segundo ano consecutivo realizamos o acampamento no rio Aracá. Desta vez o acampamento foi realizado com mais pescadores, mais dias de pesca e uma área maior. Vou tentar relatar tudo com os mínimos detalhes para vocês leitores da Turma do Biguá. Relato completo, descrevendo como chegar em Barcelos, retorno a Manaus e total de tucunarés capturados diariamente. Só não descrevo neste relato os locais de pesca, como diz meu amigo Juliney, cantinho secreto (risos). Vale a pena lembrar que, como estamos numa “Pandemia”, todas as medidas de precaução foram tomadas. Todos pescadores e equipe Ney Pesca fizeram o exame, todos respeitamos a medidas de segurança, tanto na ida como na volta fomos direto para nossos destinos e graças a Deus todos envolvidos estão bem. Vale a pena também salientar as autoridades de Barcelos que possibilitam os testes dos operadores e colaborados, a fiscalização realizada no aeroporto e a orientação de como ambas as partes devem proceder. Dia 1 - 23/02/2021 – viagem para Manaus/Barcelos Os cinco pescadores desembarcaram em Manaus entre 10:00 e 11:30 da manhã, reunidos embarcamos no voo para Barcelos às 15:00, e às 16:30 já estávamos em Barcelos. Recepcionados pelo amigo Juliney e sua equipe fomos direto para o barco hotel Vitória de Deus, daí seguimos rio acima até o ponto inicial de nossa aventura. Dia 2 - 24/02/2021 – primeiro dia de pescaria Um pouco pra cima do repartimento Aracá, Demeni iniciamos nossa pescaria. Rafael, Flávio e Moreno, Bruno. Marcos e Edvan, Ney, Max e Gordinho, assim foram a duplas e piloteiros para os dias de pesca. Dia com muitas ações, muitos peixes, 02 70UP. Capturamos neste dia um total de 102 tucunarés. Se contássemos traíras, bicudas, jacundás e aruanãs este total seria o dobro. Dia 3 - 25/02/2021 – segundo dia de pesca Devido ao nível baixo do rio, o barco hotel Vitória de Deus, mesmo com seu calado de 60cm não conseguiu progredir muito, e em certo ponto do rio não teve profundidade para prosseguir, à partir daí começamos nossa subida com acampamento móvel, um barco grande e duas voadeiras de apoio, subimos pescando enquanto os barcos de apoio subiam com barracas, comidas, bebidas, etc. Dia farto, 6 70UP. Capturamos neste dia um total de 124 tucunarés. Este dia foi marcado pela captura do maior peixe da operação, que até o momento também é o maior peixe da região de Barcelos nesta temporada. O pescador Max conseguiu capturar um lindo açu de 86cm. Dia 4 - 26/02/2021 – terceiro dia de pescaria Após uma noite de descanso, alguns em barracas, outros em redes fomos para mais um dia de trabalho duro (rs). Seguindo o mesmo sistema do dia anterior, barco de apoio subindo e nós subindo pescando. Mais um dia farto, 2 70UP. Capturamos neste dia um total de 160 tucunarés. Embora a captura de 70UP que era o objetivo não foi tão grande, todos os dias a captura de 60UP e borboletas na faixa de 55cm ocorriam com bastante frequência. Dia 5 - 27/02/2021 – quarto dia de pescaria Como de costume, logo cedo voadeiras navegando e nós atrás de nossos objetivos. Seguindo o mesmo sistema do dia anterior, barco de apoio subindo e nós subindo pescando. Mais um dia farto, 5 70UP. Capturamos neste dia um total de 140 tucunarés. Dia 6 - 28/02/2020 – quinto dia de pescaria Neste momento já estávamos num ponto bem avançado do rio Aracá, chegar a esta localização somente com uma operação fora do normal, com uma maior quantidade de dias, um bom preparo e principalmente uma equipe disposta a tal façanha, aí vem o diferencial da equipe Ney Pesca & Aventura que nos proporcionou esta façanha, sempre com sorriso no rosto. Seguindo o mesmo sistema do dia anterior, barco de apoio subindo e nós subindo pescando. Este foi o último dia de subida nosso, no final da tarde alcançamos nosso ponto final do rio Aracá, após percorrermos aproximadamente 300KM de navegação. O dia mais farto, 4 70UP. Capturamos neste dia um total de 101 tucunarés. Dia 7 - 01/03/2021 – sexto dia de pescaria Neste momento o cansaço já era visível, só não era maior que a vontade de pescar (rs). Assim foi, saímos mais um dia para capturar nossos sonhos, correr atrás dos nossos objetivos, a única diferença é que agora vamos iniciar nossa descida. O dia mais farto, 8 70UP. Capturamos neste dia um total de 170 tucunarés. Dia 8 - 02/03/2021 – sétimo dia de pescaria Continuamos rio abaixo, descendo pescado, como agora estávamos pescando em regiões que havíamos pescado a dias atrás, podemos ir atrás daqueles gigantes que somente atacaram nossas iscas e não entraram e explorar as lagoas que ainda não exploramos na subida. Mais um dia farto, 5 70UP. Capturamos neste dia um total de 163 tucunarés. Dia 9 - 03/03/2021 – oitavo dia de pescaria Pescar na Amazônia já é um sonho, fazer uma pescaria com os amigos deixa o sonho maior, pegar muitos peixes e grandes exemplares é o sonho perfeito de todo pescador. Assim foram todos os dias, e este não poderia ser diferente, 6 70UP. Capturamos neste dia um total de 110 tucunarés. Dia 10 - 04/03/2021 – nono dia de pescaria Último dia de pescaria, no final deste dia já estaríamos novamente a bordo do barco Vitória de Deus para retornarmos a Barcelos. Mesmo cansados de oito dias pescando na pauleira ainda conseguimos fazer um bom dia de pesca, 2 70UP. Capturamos neste dia um total de 76 tucunarés. Dia 11 - 05/03/2021 – retorno para Barcelos Este dia como não íamos pescar, acordamos um pouco mais tarde, enquanto o barco navegava destino a Barcelos desmontamos nossas tralhas e ficamos apreciando pela última vez nesta temporada a beleza exuberante da nossa grandiosa Floresta Amazônica. Para finalizar ainda tivemos uma costela preparada pelo amigo Bruno, após comer foi descansar no próprio barco para enfrentarmos a viagem de volta no dia seguinte. Dia 12 - 06/03/2021 – viagem para Manaus/retorno para casa As 06:00 todos prontos para o café, em seguida fomos para o aeroporto, próximo das 08:30 embarcamos e próximo das 10:00 estávamos em Manaus. A partir dai cada um pro seu destino, eu (Rafael) e Fávio para São Paulo, Bruno e Marcos para Brasília e Max para Santarém. Podemos dizer que aí finalizamos mais uma pescaria na modalidade acampamento organizada pelo grande Amigo Juliney e sua equipe. Mais uma vez muito bem sucedida e segura. O saldo total da pescaria foi o seguinte: Total de dias.................................................. 12dias Total de dias pescando................................ 9dias Distância percorrida na pescaria................. 600km Total de tucunarés capturados.................... 1.146 exemplares Total de tucunarés de 70 a 79cm................. 34 exemplares Total de tucunarés 80up............................... 6 exemplares Maior tucunaré.............................................. 86cm Trouxemos na bagagem muitas histórias, fotos de peixes grandes e a satisfação de passar dias maravilhosos em companhia de pessoas sensacionais. Obrigado meu grande amigo Juliney e dona Jake por ter organizado tudo com tanto carinho, obrigado aos piloteiros, Moreno, Edvan e Gordinho, obrigado a cozinheira, Dalva, obrigado ao Gerente da Vitória Barata, obrigado ao prático Domingos e obrigado ao ajudante, faz tudo e um pouco mais, Ricardo, vulgo “Cebola”. Quer fazer uma igual? Ney (92) 9.9509-9576 Rafael (11) 9.8403-9864
  6. Olá Amigo Pescadores. Realizamos a pescaria em Barcelos-Am de 08 a 16 de Março. A equipe do ótimo Barco Kalua montou uma semana de pescaria de Amigos, que todos eram muito gente boa muitas risadas e fomos muito bem atendido por todos desde Manaus, a tripulação do barco e os Guias que batalharam para conseguir tirar os bocudos da água. Pegamos uma semana de muita chuva com todos os rios enchendo(repiquete ou inicio da cheia) desde o rio Jurubaxi até o Rio Aracá mas a equipe não poupou força de vontade e não economizou combustíveis em momento algum, saíram bons Tucunarés e peixes de couro. Grandes iscas customizadas Saad Lures, qualquer interesse estou a dispor para ajudar. Peixes de Couro que a Turma pegou. A equipe montando o Luau e é presenteado com essa beleza de Deus. Para finalizar o raiar e o por do Sol na nossa linda Amazônia. Obrigado a Direção do Kalua e Amigos. Abraço e até a próxima.
  7. Bom dia amigos do blog do biguá. Estamos com um grupo formado para a data informada, mas temos 06 (seis) vagas ainda disponíveis. Data fantástica. Confirmando os dados do pacote: - Barco Angatu Açu - Data: 15 a 22 de outubro de 2021. - Partida: Barcelos - AM - Valor: R$ 5.950,00 (fluvial). - Valor: R$ 1.450,00 (fretamento Manaus/Barcelos/Manaus). Os interessados poderão manter contato direto comigo. Fernanda Maritan (Barcos Angatu). 16 3951 1070 16 99773 6639
  8. Olá amigos, eu e outros 2 amigos estaremos indo para Barcelos na semana de 13 a 20/03 e surgiu uma vaga no grupo, pescaria de acampamento. Caso alguém tenha interesse em nos acompanhar nessa empreitada chama inbox.
  9. Essa foi minha segunda viagem em busca dos grandes tucunarés do Rio Negro. Da primeira vez, em novembro de 2018, acertei na veia de cara! Pescaria inesquecível com grande quantidade e qualidade de peixes. Daquelas que se leva uma vida inteira para acertar. A contagem final dos guias ficou em mais de 110 tucunarés açu acima de 60 cm numa equipe de 4 pescadores sem contar os popocas, borboletas e outras espécies. Dentre eles, provavelmente o maior tucunaré que verei em minha vida: um açu de 89cm e 26lb fisgado pelo amigo Amâncio. Ciente de que já tinha feito uma pescaria excepcional da última vez, fui sem grandes expectativas de superar o sucesso de 2018. No entanto, fui mais uma vez abençoado com outra pescaria farta de peixes. Particularmente peguei ainda mais peixes grandes dessa vez. Parece que sou pé quente para encontrar os gigantes. Peguei um 20 up logo na minha segunda pescaria de açus! Marcamos a data em fevereiro e seguramos a ansiedade até chegar o grande dia. Reservamos com o Ney 10 dias de pescaria: embarcando no dia 16 e desembarcando dia 27/10. Formamos a mesma equipe planejada em 2018: eu, Amâncio, André e Teodoro. Equipe firme que se manteve mesmo com todo o desenrolar da pandemia que acometeu dois dos nossos que resistiram bravamente e se recuperaram a tempo de embarcar para a nossa aventura. Equipe confirmada, ainda recebemos mais um companheiro advindo de uma das muitas outras operações canceladas por conta da pandemia. Sempre existe o lado bom nas dificuldades. Ganhamos a companhia de um grande pescador que durante a semana se tornou também um grande amigo. O Rogério, com toda sua paixão pela pescaria de açus cruzou o país para se juntar a nós em Manaus. Na viagem de ida a notícia não era das melhores. Depois de secar forte desde setembro, o Rio Negro e afluentes estavam voltando a subir e a previsão era de mais chuva. Combinamos, então, de subir o máximo possível para buscar locais com bom nível de água. A estratégia deu certo. Já no primeiro dia à tarde saiu peixe de 70cm. Um paca açu fisgado pelo amigo André que chutou pra longe a fama de pé frio pegando sucessivamente peixes entre 70 e 80cm nos primeiros dias de pesca. No início da pescaria tentamos apelidá-lo de AndrElsa de Arendele (Frozen), mas o apelido não colou. O cara arrebentou! Alternamos dias bons e dias ruins à medida que avançávamos pelo Rio Negro e diferentes afluentes. De forma geral os peixes não estavam seguindo as iscas para atacar. Normalmente entravam nos primeiros metros de trabalho quando a isca caia bem perto do seu raio de ação. Apesar de o nível da água estar bom, a temperatura estava baixa devido às chuvas recorrentes. Observamos que as hélices não estavam tão produtivas e alternamos bastante com T20, zaras e, em último caso, iscas de meia água. Sempre preferência pelas iscas de superfície para ver as explosões que ficam marcadas na memória. A fama de pé frio estava quase recaindo para o Teodoro (Japa), já que nos primeiros dias ele não acertou grandes exemplares, mas logo ele tomou um banho de sal grosso e voltou ao seu normal de pegar belos açus acima de 13lb. Sorte mesmo tive eu que logo no segundo dia completo de pescaria acertei um animal de 87cm e 21lb. Neste dia, no sorteio, saí para pescar sozinho com o guia Edivan. As ações começaram logo cedo. Saíram alguns exemplares entre 50 e 60 cm. Próximo das 9h, o Edivan indicou uma árvore caída na beira do lago e tocou o elétrico na sua direção. Como estava um pouco distante, resolvi dar uma esticada na linha e joguei minha hallowen próxima a um barranco embaixo do galho de uma árvore. A hélice nem roncou direito e veio a explosão. O peixe saiu debaixo da árvore como um submarino e acertou minha isca com toda força jogando água pra todo lado. Logo firmei a linha e tive dificuldades de confirmar a fisgada, já que o monstro utilizou toda a ação da minha vara de 40lb logo na primeira corrida. Foi difícil segurar o bicho! A essa altura, já com as pernas tremendo, consegui quebrar o queixo dele e com a valiosa ajuda do Edivan, que puxou o barco pro meio do lago, consegui tirar ele do meio dos garranchos. Daí foi só aliviar o freio da carretilha e desfrutar a batalha com o animal. E como tem força o danado! Depois de algumas idas e vindas, quando fomos passar o passaguá na cara do bicho ele ainda tirou forças para uma nova disparada que quase acabou com minha alegria. Ele destruiu o passaguá deixando somente a isca presa na rede. Uma debatida mais forte e ele abriria a garatéia rumo à liberdade. Para azar do peixe o Edivan foi mais rápido e segurou no rabo enquanto eu peguei o alicate de contenção para, enfim, embarcar o troféu. A partir daí, só alegria. Tocamos pra uma praia próxima para tirar fotos e ainda avistei vários outros peixes correndo enquanto encostávamos, mas a essa altura, nada mais importava. Eu queria registrar o momento e devolver o bicho à liberdade. 87cm e 21lb. Que maravilha de peixe! E não foi só esse 20up que saiu, não! No dia seguinte, o Catarina disse que gostaria de ir a um local onde ele tinha deixado escapar um gigante numa das pescarias passadas. Como o local era distante de onde estávamos, ele organizou uma expedição com o guia Negão para sair bem cedo e voltar só no fim da tarde. Como ninguém mais se habilitou para encarar a missão ele partiu sozinho mesmo. No fim da tarde, voltou com as histórias das aventuras para vencer um trecho de corredeiras e dos muitos troféus fisgados, dentre eles o sonhado gigante de 20up que ele perseguia desde sua primeira pescaria na Amazônia. Daí eu percebi o quanto fui sortudo em fisgar um desses já na minha segunda empreitada. Quando cheguei ao barco fiquei sabendo da saga. Depois de mais de 2 horas rio acima e diversos obstáculos, a pescaria começou animada com bons peixes, mas nenhum troféu. Por volta de meio dia, quando chegou ao ponto onde havia deixado escapar um gigante, não deu outra: pancada na isca e briga com o bruto. Novamente o peixe venceu a batalha e escapou. O desânimo abateu o pescador que nem quis almoçar, mas o Negão não se deu por vencido e motivou o Catarina a voltar a buscar seu troféu. Poucos minutos depois a perseverança foi recompensada: um troféu de 82cm e 20lb. Esse peixe foi o último pesado no boga grip do Catarina. Um ou dois dias depois, num dia muito difícil de achar peixe, eu e Catarina só tivemos um rebojo de peixe bom durante toda a manhã. Já próximo da hora do almoço avistamos a outra equipe com Japa e André e nos aproximamos para descansar um pouco. Enquanto estávamos conversando e tomando umas, bate um cardume ao lado dos nossos barcos. Mais que depressa lancei minha isca na direção dos ataques. Mal bateu na água fisguei dois belos pacas na mesma isca. Os dois próximos de 60cm. Foi aquela farra até a hora de preparar os bichos pra foto. Quando fui deixar um peixe respirar para pegar o outro e posar pra foto, o danado deu um supapo e arrancou o boga da minha mão. Ainda tentei recuperar alcançando o rabo dele, mas com mais uma batida ele se livrou facilmente e foi embora levando o alicate. Prejuízo! Depois disso o Catarina entrou numa sequência de azar: deixou a vara cair num lugar aonde tinha acabado de avistar um jacaré e, no reflexo, mergulhou atrás. Recuperou o equipamento, mas passou um belo aperto quando lembrou que o jacaré poderia estar à espreita. Não vou esquecer a cara de desespero dele quando submergiu. No outro dia, foi demostrar pro Amâncio como eu havia deixado o peixe levar o alicate e encenou tão bem que perdeu outro boga também! Kkkk. Apesar da semana chuvosa e da baixa atividade dos peixes, conseguimos superar as dificuldades e obtivemos ótimos resultados na pescaria. Muito açu entre 70 e 80cm, além dos dois troféus acima de 80cm e 20lb. Novamente uma excelente pescaria do ponto de vista de produtividade de peixes e, como sempre, ótimos momentos vividos na companhia de velhos e novos amigos que deixarão belas lembranças e histórias para contar: teve gente perdendo vôo na ida, virando porco espinho, usando ninho de jacaré como banheiro no aperto, novos sinais de zap no truco e por aí vai... Obrigado aos companheiros de pesca André, Amâncio, Rogério e Teodoro e, principalmente, à equipe do Ney Pesca liderada pelo Barata e composta por Pulga, Cristo, Cláudia, Neli, Andres, Edivan, Welington (Gordo) e Valciclei (Negão) que, como de costume, nos atendeu com o maior profissionalismo e cuidado para que tudo corresse bem durante a semana com todas as mordomias possíveis (devo ter engordado uns 5kg nesses dias). Obrigado pela paciência e dedicação de todos. Abraço e até a próxima!
  10. Quando uma pescaria se torna especial , antes de começar? quando vamos explorar um local novo, ou quando vamos retornar a um local que temos boas lembranças, ou quando pescamos com pessoas especiais…. Então todas minhas pescarias no Rio Negro e seus afluentes seja em Barcelos seja em SIRN seriam especiais, acredito que sim, mas tem um fator diferente nesta pescaria, imagina seus parceiros de pesca aqui do Paraná , que pescam tucunaré a mais de 20 anos junto com você aqui no Rio Paraná, e que não conheciam o Rio Negro, Barcelos e o Tucunaré Açú ….o meu lugar favorito o peixe que dedico todo meu tempo livre e todos meus recursos destinados à pesca . Então os ingredientes estão postos para uma pescaria especial, pessoas especiais em um local ímpar de ótimas lembranças….. O prenuncio de uma pescaria diferente, foi a formação do grupo metade com experiência na pescaria amazônica Andre Rocha BJJ , Ramon Tucuna Paz, Rogério_mga , e a outra metade sem nenhuma experiencia em pescaria amazônica Fernando Moraes, Valmir Zampronio e Wilson, este ultimo um companheiro profissional , trabalhamos na mesma empresa a Agroindustrial Irmãos Dalla Costa a muitos anos, não tinha quase nenhum conhecimento sobre pesca. Começamos nossa aventura pela floresta da forma tradicional em Manaus, com a apresentação do meu irmão mais velho, que cuida de mim desde 2008 nas minhas viagens o Magal, seguimos deixar as malas no hotel Quality, e para o almoço no restaurante Morada do Peixe, para apresentações à banda de tambaqui e a cerveja Tijuca. Devidamente alimentados pela comida manauara, fomos para o zoológico do CIGS, insetário, aquário, e diversos animais como o jacaré açú , a sucuri, a arpia e várias onças fazem qualquer um ficar encantado… Terminamos o dia na bonita e espaçosa nova loja da Sucuri na Vieria Alves para que os visitantes de primeira viagem carinhosamente apelidados de “prego” adquirissem iscas e linhas adequadas para a empreitada amazônica … Segundo dia , seguimos para Barcelos de manhãzinha, e la chegando a tradicional foto da turma agora completa .... Confesso que todas as vezes que chego em Barcelos no porto para embarque, a emoção é a mesma das primeiras vezes, é uma empolgação única e a visão do ExplorerXX vindo nos buscar inicia o processo de transformação de nossos sonhos em realizações ...... Vamos falar um pouco então das condições .... como esperado pelo monitoramento que fazemos das condições , os afluentes Cuiuni/Alegria e Araca/Demini tinha pego água novo, tínhamos também a informação que vinha água nova pelo Rio Negro proveniente de SIRN, Arirarrá, Itu e Padauari não tínhamos informações mas deduzimos como os outros afluentes estavam com informação de agua nova acreditamos que não seria diferente, e por consequência disso a melhor saída seria , pescar no Rio Negro abaixo de Barcelos , por entre as ilhas de canais, no meio do Rio, pois longe das margens distanciaríamos mais da agua de chuva, buscando sistemas de agua isolados ou com pouca interferência da agua nova, lagoas de cano, ou boca franca invertida a correnteza do rio..... então partimos para os canais e ilhas do Rio Negro abaixo da cidade de Barcelos, sentido Manaus.... Informação sobre a região denominada Arquipélago de Mariuá ... Localizado no município de Barcelos, no Estado do Amazonas, o Arquipélago de Mariuá é o maior do Brasil em águas fluviais e abrange um conjunto de ecossistemas de águas negras da Amazônia, incluindo rios, florestas inundadas e pântanos. São mais de 1.400 ilhas, com cerca de 140 km de extensão e 20 km de largura. Com fauna e flora riquíssimas, o Arquipélago integra o Parque Nacional do Jaú e o Parque Estadual da Serra do Aracá. Navegando neste sistema podíamos comprovar a nossa teoria com locais de agua marrom , com material em suspensão , e ph variando entre 6,00 e 6,50... locais com pouca incidência de ataques, e com locais de água preta, limpa de sedimentos sem nenhum material em suspensão com ph variando entre 4,60 e 5,00, locais aonde encontramos o tucunaré muito ativo atacando na superfície , inclusive nas iscas de hélice com muita voracidade. Os equipamentos que usei nesta pescaria, foram as Varas Black Mamba , da Redai 10-20 para as iscas Jumping/Stik/zara e 15-25PS para as hélices, carretilhas ABU Garcia Revo Rocket nas Hélices e Shimano Chronarch 150HG nas Jumping/Stick/Zara, as iscas artificiais que deram resultado.... Hélice de madeira Caribe Lures Slim By Beto Caranha , Deconto Z-130 antiga, Deconto Stiknina 110, Rebel T-20, Deconto Biruta 100, as linhas foram um episódio a parte, como na pescaria de setembro perdi alguns peixes por estar com a linha puída .... voltei ao modelo que mais gosto..... Nesta pescaria todos acabaram de certa forma tendo êxito, atendendo as expectativas de todos o peixe, ativo em alguns locais e inativo em outros , as vezes demorava a achar um local em condições mas garimpando aquela imensidão entrecortada os experientes piloteiros do barco explorerXX iam encontrando situações positivas para todos, claro que com a falta de experiencia de alguns do grupo , muitos peixes foram perdidos e claro que são os maiores! sempre.... o meu que escapa geralmente é do dobro do que fica...kkkk Mas falando da minha experiência com o peixe nesta pescaria, eu resumo em uma frase "corta o bico com a hélice, e se chover volta la e corta novamente !" Saindo para pescar..... Escolhendo os locais.... como planejado.... Aos poucos o resultado foi aparecendo A nota especial desta pescaria fica para o Wilson, que chegou em Manaus sem saber a diferença entre molinete e carretilha, e que volta desta pescaria arremessando e trabalhando iscas de superfície, e pegando peixes..... O troféu de maior peixe ficou com o Fernando 74 cm e 14lbs ( eu não participei mas meu maior não foi mais que isso 76cm e 15lbs) Enfim foram muitos peixes, entre 50 e 76cm posso contar que todos pegaram muitos peixes, quem quisesse trabalhar Zara ou stick no processo varredura de lago, ficaria um dia inteiro em um so lago tirando peixes na faixa de 40 a 50cm o dia todo, isso mostra que nosso rio esta se renovando e que em muito breve de preservado teremos muitos peixes de 70-80cm no parquinho...... Nao posso deixar de mencionar o trabalho fantástico desempenhado pelo Angelo e os piloteiros.... Almir Chupita Ademir Dias intensos de pesca que precisam de um conforto para o final da tarde, encontramos nas belas imagens da floresta, no conforto do barco e principalmente na disposição da tripulação em atender ao pescador.... Neste SPA em meio a floresta amazônica aderi a dieta detox ( Peixe assado + Chá verde ).... Para quem gosta, segue as fotos de algumas regras da pescaria : Agradecemos a Deus por esta grande oportunidade que tivemos , ao Ramon Paz o grande idealizador deste barco, e destas turmas que tenho participado, aos amigos envolvidos na pescaria pela parceria nota 1000, todos os amigos de mais de 40 anos e os novos amigos, todos em uma única sintonia, o que trouxe conforto e liberdade a todos, aos tripulantes do Barco que estão sempre muito atentos não só em atender ao pescador, mas também com a segurança deles, a cozinha , que tempero fantástico.... E projetamos já a próxima pescaria se Deus quiser para Janeiro.......abraços a todos de coração . Obrigado a minha esposa, e filhos por me aturar durante a preparação e por cuidar de mim no retorno, na próxima tem curso de arremesso com o mestre Wilson / confiança e cerveja gelada são tudo!
  11. Amigos... Em setembro estivemos em Barcelos para a primeira pescaria do meu pai na região, a pescaria foi top ele ficou feliz demais, adorou a amazônia, porém em termos de peixe acabou não pegando peixes maiores. Em fevereiro/2020 encerrei um ciclo profissional e me mudei de São Paulo para Franca (cidade que nasci) no meio de tanta mudança, nada melhor que uma semaninha relax em um dos melhores lugares do mundo, a amazônia. Desta vez foi apenas eu e meu pai, fechamos a pescaria 20 dias antes do embarque, as noticias eram as melhores, rio muito seco e secando. Nos ultimos anos estive sempre na operação Tayaçu2 e Açu3, como desta vez era só eu e meu pai, Paulo e Guerreiro prontamente nos ofereceram uma operação um pouco diferente, desta vez a viagem seria no barco de apoio das lanchas maiores, foi feito uma suíte com ar condicionado e banheiro neste barco e ficou excelente para pescaria em dupla. Fomos, eu, meu pai Valtinho, Azamar (capitão do Tayaçu2), Pedro (piloteiro), Sr Origó, Pedrinho (filho do Pedro) e a Cozinheira/Arrumadeira Mara. Apesar de um barco menor e mais simples, a operação como de sempre foi de ponta, tudo exatamente como nas lanchas maiores Tayaçu2 e Açu3. Destaque para comida, se não se cuidar a chance de voltar mais fortinho é grande, vantagem que nessa pescaria conseguíamos andar bastante. Azamar, Pedrinho, meu pai e eu. Aqui era onde tomava uma gelada no final da tarde. Jantar sempre uma delicia. Café da manhã de hotel 5 estrelas. Vamos a pescaria.. Começamos a pescar já na tarde de sexta-feira, saimos por volta das 14:30hrs, foram pouco mais de 3hrs de pesca de inicio tivemos varias ações de peixar pequenos, muito Tucunaré Borboleta atacando na superfície e no final da tarde acerto um peixe bom, vimos ele atacando e T20 em cima.. não deu outra. 76cm No sábado começamos a desfrutar o nível baixo do rio, em várias situações descíamos do barco, quem já fez uma pescaria na cheia sabe como é passar uma semana em cima de um barco. Neste dia, meu muita ação de borboletas e alguns açús ja deram as caras. Detalhe: Na hora do almoço paramos numa praia para almoçar e vejo peixes caçando bem na nossa frente, ai já viu né.... meu pai diz que sou fominha demais... kkkkkk Final de tarde que dá saudade no meio desta pandemia! No domingo, bastante peixe médios na parte da manhã... No almoço aquela vista paradisíaca... tem gente que prefere shopping... VID_20200307_132235.mp4 Saindo do almoço já acerto esse belo açu na Hélice, porrada inesquecível na Rip Roller 5.25 Na Adrenalina não tirei foto dele na régua, mas foram 72cm. No mesmo ponto outro peixe estourou na hélice, mas não saiu para foto. Aqui cabe um parentese... Como estava muito raso, o peixe estava atacando na superfície e não queria meia água, apesar do meu pai pescar há aproximadamente 45 anos, desde que começou a pescar com iscas artificiais nunca foi fã de iscas de superfície, sempre pescou tucunarés azuis/amarelos e traíras na nossa região, usando iscas de meia água. Porém aqui foi a virada de chave, depois de ver as explosões na superfície não resistiu e pediu para ensiná-lo a trabalhar, como ele ainda não tinha muito jeito, sugeri que começasse com a hélice que era a isca que o peixe estava mais ativo. Meia horinha e 💥💥💥💥 seu primeiro peixe na superfície... Um tucunaré açu de 76cm e 16lbs No final do dia fomos verificar uma passagem para parte de cima do rio que estávamos pescando. No dia seguinte segunda-feira saímos de madrugada para conseguirmos começar a pescar bem cedo na parte de cima. Na ida é uma alegria só... Equipe disposta a te levar de cara com o peixe grande. VID_20200309_072227.mp4 Cenário impar.... eram paisagens deslumbrantes... nem parecia que em setembro pescamos ali com a água na copa das árvores. Depois de 1:30hrs puxando barco (nós muito pouco, a tripulação não deixava ajudar) e 6km pelo GPS. Chegamos ao ponto que o rego d'agua volta a ser rio, não precisa de muitos arremessos para entrar os primeiros peixes, a expectativa já estava la em cima. Quando de repente vejo um peixe caçando... Hélice neles! Powww 💥💥💥 Segundo parenteses... Nesta pescaria estava comum o estouro dos açús atras dos cardumes de pequenos peixes.... principalmente dos cardumes de araris. Eu vejo uns cardume de araris correndo e uns 20 pulando para fora, cena linda... mando a hélice 10 metro para o lado.... Com as pernas ja tremendo do que aconteceria.... powww 💥💥💥 Black Mamba trabalhou.... Até o Pedrão quis tirar foto com o peixe... Quero deixar meu agradecimento ao Pedro, é muito bom quando o Guia entra na vibe e vibra cada peixe que conseguimos pegar... Cada peixe no puçá era grito em cima de grio... vibe sensacional! SL_MO_VID_20200309_103007.mp4 No meio tempo muito peixe médio e borboleta eu acelerava a isca para não perder tempo... era uma região com muito peixe grande. Logo após o almoço chegamos numa praia que tinha um pauzinho dentro bem na beiradinha... o Pedro diz... seu Valter manda la... (precisa nem falar né) powww 💥💥💥 Peixe toma linha e vai embora, arremesso em cima.. eeeeee..... Parecia que eu estava num sonho, sabe aqueles dias pré pescaria que deitamos na cama e ficamos pensando como poderia ser?? Na volta para o barco o fominha aqui vai andando com uma vara na mão.. e vê uma lagoinha resolver dar um pincho... não vejo que é muito raso e no primeiro arremesso pego uma traíra (na jet 120)... Mas estava sem alicate..... aiaiai 😥 Vale lembrar que neste dias só meu pai pegou mais de 40 peixes, muito tucunaré borboleta, cansou de tirar peixe, mas esses foram os maiores. Na terça feira foi um dia engraçado, tivemos muitas ações de peixes grandes, mas o impressionante que o macho batia, errava e na sequencia a fêmea acertava. Tucunaré Açú com 4 listras (eu nunca tinha visto pessoalmente) No final da tarde estava bem cansado por subir as rasuras por dois dias seguidos, estávamos descendo para o barco quando vemos um cardume atacando, eu (o fominha) nem pensei em arremessas, meu pai corre, joga a helice e trabalha umas 3x, um peixe grande da uma enorme batida mais erra, então essa fêmea acerta na segunda batida. Gostei de ver meu pai, quando viu os peixes batendo foi direto na vara com isca de hélice... Na volta uma pintura para fechar o dia! Na Quarta-feira foi um dia incrível! Entramos em uma lagoa que tinha no máximo 1 metro de água, vi peixes gigantes perto do barco, porém não estavam atacando (segundo o Guia estavam nos vendo). Alguns peixes entraram quando arremessava bem longe, quase descarregando a linha da carretilha. No final da lagoa o guia fala... de entrar um peixe aqui, tenta segurar, se correr e for na galhada mata o ponto... uns 10 arremessos.... 💥💥💥 A primeira corrida já foi pro rumo da galhada e o guia diz, vira ele, segura, segura... Resultado... Depois dessa foi só risada! Após o almoço entramos em outras lagoas, meu pai querendo aprender a pescar com outras iscas encana com um popper e pede para o Pedro escolher uma isca... Pedro escolhe a Maria Pop Queen 105, os primeiros arremessos para aprender a trabalhar e já foi melhorando... Vimos um cardume de açus grande caçando... insisto na hélice e nada, meu pai continua no mesmo ponto com a Pop Queen. 💥💥💥💥 Explosão na superfície! Arremesso do lado e pego um paquinha (que não era tanto Paquinhaaa assim rs) Briga linda.... Pedro gritando é grande Sr Valter.... kkkkk que alegria! Esse momento acredito que nunca mais esquecerei! Logo na sequencia resolvo pescar com a Hunter Bait de 14cm... Trabalhando o stick bem lento, não foi aquela pancada... o peixe só suga a isca e saí tomando linha!! SL_MO_VID_20200311_095116.mp4 Gostei dessa isca... trabalhando bem lento e..... Humn... nao ficou! rs Garatéia substituída e segue o jogo! Nesse dias perdi alguns peixes grandes que batiam e simplesmente não ficavam... Não batia e saia tomando linha, só dava uma porrada e só! No almoço eu brinco com o Pedro que ia colocar a camiseta da sorte que o 80up viria!! Entramos numa lagoa e começamos a ter bastante ação! Desta vez na Sara Sara 120 Tic Tac Tic Poooow 💥💥💥💥 Por favor não me acordem!!! Essa hora meu pai só queria tomar uma e curtir o final da pescaria! Eu ainda dando uns pinchos agora com sara sara 120. Logo após esse peixe me lembro que não tinha dado um arremesso com isca de meia agua e resolvo por um jig para dar uns arremessos... mas foi só isso! rsrs Chegando no barco com esse visual era o êxtase da melhor pescaria da minha vida! Não tinha como ser melhor! Foram 5 dias e 3 horas de pescaria intensos! Pescaríamos mais um dia, mas a noticia que um provável voo para Manaus poderia acontecer no dia seguinte nos fez regressar a Barcelos. (até então estava planejado voltar de barco) No dia seguinte não deu certo o vôo e resolvemos então ir de recreio, uma vez que esse sairia um dia antes do expresso. No mesmo barco foram os Atletas de Jiu Jitsu de Barcelos, muito legal ver a esperança que o esporte possa mudar a vida de cada um ali. Eram 54 crianças e lá foi meu pai comprar bala para todos eles. kkkkkk Cresci assistindo os programas de TV na amazônia e os grandes tucunarés, comecei a pescar com iscas artificias por volta de 97/98, porém sempre aqui na nossa região. Poder ter uma semana como essa, num lugar como esse, realiza um sonho de criança e com meu parceiro junto é para ficar na história! Quero agradecer meu pai, por ser sempre parceiro, foi ele quem me ensinou a pescar em ambos sentidos! Quero agradecer também minha mãe, que sempre me motivou a correr atras dos meus sonhos. Minha Esposa Verônica e minha filha Maria Flor pela paciência com minhas pescaria. E por último, queria deixar aqui para quem quiser visitar meu projeto profissional atual, deixei minha vida em São Paulo, onde trabalhei na área comercial do varejo por 12 anos para seguir outro sonho, empreender! no caso já que é no ramo de pesca ai fica melhor né?rs http://www.focanapesca.com.br Quem precisar de algum material de pesca ou só bater um papo é só me chamar será um prazer atende-los. Desculpe se me estendi demais, é que fazendo esse relato revivi essa pescaria! A pesca nos conecta!
  12. Com tantos problemas que enfrentamos este ano a temporada 20/21 tinha que começar , precisávamos disso….buscar o abrigo da floresta, o aconchego do Rio Negro a purificação das águas cor de chá e principalmente e sentir novamente a sensação de um ataque na superfície de um tucunaré açú. Para começar tínhamos algumas dúvidas e alguns medos, então combinamos antes da viagem que se alguém apresentasse problemas de saude ,como gripe, febre, a viagem seria abortada e todos retornariam imediatamente para Manaus….e o Ramon proprietário do Barco ExplorerXX, providênciou o teste de todos os tripulantes que nos atenderiam.... Assim cada um começou a jornada de ida para Manaus de acordo com a disponibilidade de voo que cada cidade apresentava, o grupo Bernardo Cassundé , Carlos Dini, Edson Coimbra, Enio Felipe,Marco Kudaka, Ramon Paz, Rogerio Araujo, foram chegando aos poucos e acabou se reunindo todos no início da madrugada de sábado, seguindo para o aeroporto de manhã as 6hs…. Em Barcelos muito tranquilo, aeroporto e porto com poucas pessoas, tudo organizado pela guarda municipal mantendo distanciamento entre as pessoas e o uso de mascara por todos, inclusive tivemos que colocar as nossas para transitar em locais públicos, mantendo apenas os momentos do grupo sem o uso. Bom mas vamos falar de pescaria que é o que interessa!!!! Esta pescaria de setembro para terceira semana saudosamente começou para mim nas viagens que fiz para Santa Izabel do Rio Negro nas concorridas turmas do Ramon e do Dini para tentar pegar a primeira seca dos Rios Eneuxi e Jurubaxi…. Que hoje estão loteados, e transportando esta realidade para Barcelos o que temos mais próximo destes rios é o Alegria que nasce em uma lagoa de agua preta as margens do Rio Japurá, local próximo das nascentes dos rios citados acima. Então nossa pescaria neste caso independente de informações de situação dos demais rios seria para uma jornada ao Alegria, definido na formação do grupo 1 ano antes da data..... Como o itinerário já era predefinido, com a imagem tranquila de Barcelos ao fundo, partimos para o barco ExplorerXX, nossa casa pelos rios amazônicos nos próximos dias Subindo o Rio Cuiuni, encontramos no inicio uma condição boa de altura de água, porem o peixe não estava ativo, encontramos ele chocando, em alguns pontos específicos havia um ou outro mais ativo, na região da comunidade.... Nos dias seguintes encontramos uma melhor ação na região do Paraná do Arabá, e da pista de pouso.... no Partimento e no início do Alegria na subida também tivemos ações , porém conforme subia o Alegria as ações foram diminuindo gradativamente, a acima da lagoa dos Patos o peixe estava parado, nesta região apesar do rio estar na caixa, tinha a presença de água nova, que nos fez retornar para a região do Paraná do Arabá para termos novamente ações de peixes..... Apenas para constar - Informações da água- coletada no Rio abaixo da superfície no final da manhã; Região da Lagoa dos Patos - água com ph entre 5,5 e 5,8 e temperatura da abaixo de 26graus celsius Região do Paraná do Araba - agua com ph entre 4,4 e 4,7 e temperatura da água acima em torno de 29graus celsius Mapeada toda a situação encontrada, nossos guias convidam a ver de perto os peixes encontrados nesta pescaria Não obstante as condições climáticas , com chuvas em pelo menos 2 dias de pesca, e a presença de água nova, tivemos bons ataques de peixes de maior porte, que atacavam as hélices mas com a intenção clara de espantar a isca, davam cabeçadas, e como ficavam fisgados por fora, com as garrastéias presas na cara do peixe acabavam escapando.... Sucesso obtivemos dois peixes 80 UP dos amigos Edson ( Marior peixe da pescaria e ganhador de nosso trofeu/lembrança) e do Marco Kudaka desempatado por milímetros ..... Tivemos bons momentos de descontração, e de boa comida em grupo, durante toda a viagem Entendo que muitos gostam de avaliar os peixes em suas medidas, então segue alguns peixes da pescaria na régua..... O sentimento de amizade e de companheirismo norteou esta jornada, graças a Deus todos os participantes da pescaria retornaram a suas casas com segurança e com muita saude após uma semana , longe da civilização e seus problemas.... por uma semana nossa preocupação era a chuva, era encontrar os pontos e segurar os brutos...... boas lembranças e a certeza do retorno em breve ..... IMG_8186.MOV Video de nosso amigo Bernardo..... PS: pena que ninguém filmou ele correndo entre as borboletas Barco adquirido pelo amigo Carlos Dini.... nao se aguentou quando viu o nome da embarcação ! AHHH o Marco Kudaka perguntou se tem conserto.... IMG_5832.HEIC
  13. Vindos de Curitiba Amarildo, Gustavo e Roberto chegaram em Manaus na quinta, de São Paulo vieram na sexta o Edson e o Kudaka, eu sai do Paraná na noite de sexta-feira e encontrei a turma no aeroporto as 5hs da manhã de sábado dia 18, e seguimos para Barcelos aonde Ramon Paz, proprietário do barco ExplorerXX nos aguardava ….Com a cultura e a culinária local devidamente apreciadas em Manaus, chegamos em Barcelos e com um roteiro definido .... faltando apenas os atores principais os valentes tucunarés aparecerem...... Barco pronto, turma embarcada, seguimos rumo ao Rio Arirarra, o qual já pescamos no segundo dia, partido dali para dentro do Rio até aonde o barco conseguiu passar, fixando o barco como apoio em um ponto , de onde saímos três dias para pescar, sendo que dois deles subimos quase 2 horas de voadeira, pescando o dia inteiro em pontos do Rio que acreditamos ter pouca pressão de pesca….. O Rio estava na caixa, sem a presença de água nova, com ph em torno de 4,5 e 5,0 em todas as medições feitas, principalmente nas lagoas, que tinham uma coloração de água bem mais escura que a do rio e sem a presença de sedimentos em suspensão ….. Os tucunarés borboletas estavam extremamente ativos atacando sticks, zaras e para nossa alegria hélices, em lagos com cardumes muito grandes, podia pescar um atras do outro o dia todo se assim quisesse….. Nas praias e pontas de ressacas grandes borboletas com comportamento similares aos Açú….a maioria dos peixes entre 3 e 6lbs, mas saíram uns bem grandes como um exemplar de 60cm e 11lbs de encher os olhos pego em uma praia na isca de hélice….. Estes tucunarés estavam muito ativos tivemos duplas, que chegaram a pescar quase 300 peixes.... Os tucunarés com a coloração Paca, estavam também ativos, tomando conta das pontas dentro das lagoas , atacando as iscas de hélice nestes pontos, e os barrancos com pauleiras do rio, sendo que nestes pontos as iscas stick foram as efetivas…. Os tucunarés Açus estavam no choqueiro, visivelmente inativos, em locais de difícil acesso, porém em algumas lagoas rasas foi possível capturá-los inicialmente trabalhamos as iscas de hélices nos pontos conhecidos dos Açús, pontas e praias com Drop nas lagoas, fazendo eles se mostrarem e daí vem a captura com sticks ou com Jumping Minow, em outras lagoas trabalhando iscas de hélices, ouvia-se os estrondos em meio a vegetação ( molongós ) aonde estavam chocando, e saíram para fora dos choqueiros, em local aberto e para nossa alegria comendo, e atacando hélices, talvez algum peixe atrasado para a procriação , digo isto por causa do galo na cabeça de alguns machos que capturamos. Os Açus variaram de 6 a 12 lbs com alguns peixes maiores na faixa de 80 cm, a mudança de coloração e de comportamento era visível nos Açus de acordo com a incursão dentro do Rio... perto da boca o peixe estava bem escuro ainda, e praticamente sem muitas ações , conforme adentrávamos apareceram peixes mais claros.... No último dia a pescaria foi na boca do Aracá aonde saíram alguns peixes também, e neste caso estavam com uma coloração mais clara também.... Nosso amigo Kudaka pegou o maior peixe da pescaria,.... aqui ele soltando a fera... Enfim tivemos uma semana abençoada por Deus, Rio na caixa e sem água nova, fazia tempo que não via, uma semana praticamente sem chuva, amigos fantásticos, boa prosa muita troca de informações muitas risadas …. Muita cerveja gelada, um barco extremamente confiável e confortável, uma tripulação sempre pronta a servir e piloteiros extremamente experientes e conhecedores da sua função de guia de pesca nos conduziram com muita segurança o tempo todo.... Concluida mais uma etapa já planejando retorno em setembro, agradeço nominalmente os integrantes desta jornada...grandes companheiros , grandes amigos até próxima Amarildo Pescoço Edson Coimbra Gustavo Bizinelli Marco Kudaka Ramon Paz Roberto Borba
  14. Bom dia pessoal, faço parte de um grupo de 16 pescadores de Brasília. E estamos a procura de um barco hotel em Barcelos que suporte essa quantidade de pessoas. Alguma indicação? Conversei com o Anildo Soares (www.anildopescaeturismo.com.br), alguém conhece? O barco que ele opera é o Amazonian, capacidade 18 pessoas, calado de 1 metro. Opiniões são muito bem vindas! Obrigado! Perdigão
  15. Represa de Balbina - AM Operação exclusiva Cuca Pesca No início do mês fui conhecer um destino que já me chamava atenção há um tempo: Represa de Balbina - Amazonas. Imagine você pescando em uma represa: estruturas e paliteiros alagados e tradicionais de tucunaré okay? Porém agora eleve essa pescaria a outra potência: uma represa com tucunarés amazônicos! A pesca e foco na região são os Tucunarés Cichla vazzoleri de 60-70cm que explodem ao lado das galhadas ou riscam a superfície na margem para atacar a sua isca artificial. A emoção de pescar em Balbina é garantida. São muitos ataques ao lado do barco ou colados em paliteiros ou estruturas submersas. A Temporada ao contrário de outros locais na Amazônia que dependem muito do regime de águas (seca e cheia), Balbina tem o seu nível de água regulado pela Usina, o que faz com que durante o ano todo tenhamos possibilidade de pescar. Esta é a grande cartada de Balbina, que nos permite pescar em todos os meses do ano fazendo pescarias com qualidade. Agenda corrida e pesquei somente dois dias. No primeiro pegamos uma chuva fria e forte. E ainda veio com vento = nada bom para tucunaré. Com o clima mais estável, no segundo dia o aumento de ações e ataques foram bem maiores. Gostei muito da Ilha de Cara Lodge do meu brotherzão Antonio! Será uma honra trabalhar nesse time! tucunaré pesca esportiva organização de pesca tucunaré áçu pescaria na colombia Barcelos - am pesca em barcelos grupos de pesca rio juma pesca no rio juma dica de pesca rio manso Pescaria em barcelos barco hotel em barcelos barco hotel pesca pescaria no panamá barcelos amazonas barcelos am fotos voos para barcelos amazonas pescaria tucunaré pesca de tucunare
  16. Saudações amigos pescadores !!! Estou procurando vaga em uma pescaria no estilo acampamento em Barcelos(devido ao custo menor e vontade de conhecer o esquema tb...) para janeiro ou fevereiro de 2021, de preferência nas duas últimas semanas de janeiro e/ou primeira semana de fevereiro... as outras semanas são complicadas pra mim, mas podemos analisar... Estou em contato com alguns operadores, mas o fato de eu estar sozinho dificulta o encaixe em algum grupo já montado... Abraço
  17. Amigos...vi que a Fernanda anunciou uma semana muito especial de pescaria (Lago do Canumã) e perguntei sobre outras datas também interessantes para a temporada 2020. Ela me ofertou uma semana muito top (13 a 20 de outubro) em Barcelos. O barco será o Angatu Açu, e acredito que a turma do FTB já conheça bem como funcionam as operações na região de Barcelos, então, não vou incluir aqui o q tem ou não no pacote. Fato é que por sermos anunciantes do Angatu há muito anos, eles resolveram ofertar 2 vagas a um preço exclusivo para fechar esta semana. Apenas R$ 5.000,00/pescador para 6 dias inteiros de pescaria. Como ela disse, apenas estas 2 vagas para que o grupo esteja fechado. Fretamento aéreo +/- R$ 1.400,00 por pescador. Os interessados deverão ligar diretamente para a empresa e falar da promoção 02 VAGAS FTB. Fernanda = 16 997736639 Oportunidade única.
  18. Olá pessoal tudo bem? Estou com um pesca fechada em novembro 2020 para Barcelos, já com passagem e barco hotel comprados. Alguns amigos estão procurando pacotes para esse ano, e estão ouvindo de operadores de varias regiões da amazônia que não estão fechando porque corre risco da temporada não acontecer por conta do coronavirus. Gostaria da opinião dos mais experientes no assunto sobre isso... Será que vamos ter problemas com a temporada desse ano? já não temos problemas o suficiente com os repiquetes? rsrs Abraço a todos
  19. A atualização demorou mas voltou, em parte pela irregularidade da CPRM/ANA na coleta de informações do nível do Rio Negro em Barcelos. Nas temporadas 15/16, 17/18 e 18/19 o retorno da cheia atrasou possibilitando pescarias em Março. Será que vai se tornar uma constante este atraso? sds PS, Quem quiser ver melhor a planilha é só importar no final deste post. 2007/8 2008/9 2009/10 2010/11 2011/12 2012/13 2013/14 2014/15 2015/16 2016/17 2017/18 2018/19 Média 9-set 6,3 6 6 5,2 4,2 5,4 6,3 6,7 5,8 5,7 4,8 7,1 5,79 16-set 5,8 5,1 4,9 4,8 3,5 5 6,1 6 5 4,8 4,4 6,7 5,18 23-set 5,2 4,9 4,2 4,5 3,3 4,9 5,8 4,9 4,5 4,3 3,9 6,3 4,73 30-set 5 4,6 3,9 4 3,2 4 5,5 4,6 3,5 4,3 3,8 5,8 4,35 7-out 4,7 4,4 3,6 3,4 3,4 3,8 5,2 4,3 3 4,2 3,76 5,12 4,07 14-out 4,4 4,2 3,6 2,9 3,4 3,8 4,8 3,7 1,8 4,1 4,12 3,98 3,73 21-out 4,2 4,1 3,7 2,5 3,5 3,5 4,1 4 1,9 4,2 4,45 3,43 3,63 28-out 4,2 4,3 3,7 2,5 3,5 3,3 3,8 4,5 2,1 4,1 4,35 3,28 3,64 4-nov 4,1 4,4 3,8 2,6 3,3 3,5 3,3 4,5 2,4 4 4,27 3,21 3,62 11-nov 3,9 4,4 3,6 2,4 3,3 3 3 4,4 2,6 4 4,14 3,11 3,49 18-nov 3,5 4,2 2,5 2,5 3,4 2,8 3,4 4,3 3 3,75 3,9 3,05 3,36 25-nov 3,5 4,1 2 3,6 3,9 2,6 3,9 4,1 2,8 3,5 3,72 2,98 3,39 2-dez 3,5 4,2 1,7 3,8 4 2,7 4,2 4,3 2,8 3,2 3,36 3,3 3,42 9-dez 3,4 4,4 1,4 4,1 4,1 2,5 4,3 3,8 2,8 3,68 2,9 3,8 3,43 16-dez 3,1 4,9 1,5 4 4,1 2,4 4,1 3,2 2,2 3,5 2,55 4,28 3,32 23-dez 3,5 5 2 3,9 3,9 2,5 4,2 3 2 3,7 2,66 4,3 3,39 30-dez 4,1 5,2 2,7 3,9 4 3 4,3 2,8 2,1 4,38 3,12 4,3 3,66 6-jan 4,5 5,6 2,5 3,9 4,3 3,2 3,8 2,9 2,5 4,86 3,53 4,15 3,81 13-jan 5 5,9 2 4 4,7 3,5 4 2,8 2,7 5,5 3,7 3,66 3,96 20-jan 5 6,2 1,6 4,1 5 3,2 4,2 3,1 2,1 6 3,64 3,72 3,99 27-jan 4,8 6,7 1,7 4 5,1 2,8 4,1 3,5 1,9 5,8 3,7 3,72 3,99 3-fev 4,5 6,7 2 3,9 5,1 2,2 3,7 4 1,3 5,54 4,05 4,1 3,92 10-fev 4 6,5 2,1 3,8 5,2 2,2 3,4 4,2 1 5,32 3,98 4,15 3,82 17-fev 3,5 6,4 2,1 4,1 5,5 2,8 3,6 4 1 5,4 3,62 4,36 3,87 24-fev 4 6,2 2 4,2 5,8 3,7 3,7 3,9 1,3 5,3 3,4 4,43 3,99 3-mar 4,4 6 1,9 4,2 6,1 4,9 3,7 3,9 1,6 5,12 3,56 4,06 4,12 10-mar 5 5,8 2 4,3 6,3 5,8 3,8 4 2 5,2 3,08 3,7 4,25 17-mar 5 5,7 2,1 4,7 6,5 6,1 4,3 4,2 2,8 5,8 2,76 3,55 4,46 24-mar 5,2 5,8 2,2 5 6,7 6,1 4,7 4,5 2,7 6,14 2,4 3,76 4,60 31-mar 5,3 6 2,8 4,9 7 6 5 5,1 2,8 6,8 2,28 3,96 4,83 7-abr 5 6,84 3,5 5 7,8 5,9 5,5 6 3,6 6,5 3,23 4,1 5,25 14-abr 4,3 7,04 4,2 5,1 8,3 5,7 5,9 6,1 4,3 6,8 4,3 5,64 21-abr 4,4 7,11 5 5,7 8,6 5,5 6 6 4,8 7 4,84 5,90 28-abr 4,8 7,18 5,8 6 9 6 6,1 6,3 5,2 7,3 5,46 6,29 5-mai 5,6 7,2 6,5 6,5 9,3 6,6 6,6 6,6 6 7,6 6,09 6,78 12-mai 6,1 7,2 7,4 7 9,7 7,3 7,3 7,3 6,6 7,9 7 7,35 19-mai 6,5 7,3 8,1 7,8 10 8,1 8 7,4 6,9 8,1 7,7 7,81 26-mai 7 7,2 8,5 8,6 10 8,4 8,2 7,6 7,2 8,3 8,26 8,11 2-jun 7,7 7,22 8,5 8,9 9,8 8,6 8,5 7,9 7,4 8,3 8,7 8,32 9-jun 8,4 7,3 8,4 8,4 9,5 8,7 8,4 8,2 7,6 8,1 9,04 8,37 16-jun 8,7 7,9 8,5 9,2 9,2 8,8 8,4 8,3 7,8 8 9,22 8,55 23-jun 9 8,4 8,6 9,4 8,9 8,9 8,5 8,4 8 8 9,3 8,67 30-jun 8,9 9,1 8,6 9,4 8,5 8,8 8,6 8,5 8,1 8 9,42 8,72 7-jul 8,8 9,4 8,6 9,5 8,4 8,6 9 8,5 8,1 8,2 9,6 8,79 14-jul 8,7 9,1 8,6 9,3 8,2 8,3 9,7 8,5 8,2 8,3 9,64 8,78 21-jul 8,6 8,8 8,4 8,9 8,4 8,1 9,8 8,4 8,4 8,3 9,6 8,70 28-jul 8,5 8,5 8 8,5 8,5 7,9 9,8 8,3 8,5 8,2 9,54 8,57 4-ago 8,3 8,1 7,6 7,9 8,4 7,7 9,6 8 8,4 7,96 9,49 8,31 11-ago 8 7,8 7 7,4 8 7,5 9,1 7,6 8,2 7,65 9,36 7,96 18-ago 7,5 7,3 6,5 6,9 7,6 7,1 8,6 7,3 8 7,13 9,11 7,55 25-ago 7 6,8 6 6 6,8 6,8 8,2 6,9 7,4 6,38 8,7 7,00 1-set 6,5 6,5 6,4 5,8 5,5 6 6,5 7,8 6,3 6,6 8 6,54 nivel Rio Negro Barcelos 2007 2019.xlsx
  20. Olá Amigos Pescadores Venho através desta convidar a todos a realizarem o sonho de pescar os mais cobiçados peixes da bacia do Rio Negro e Afluentes nesta TEMPORADA DE 2021 (Janeiro, Fevereiro, Março ....... Setembro, Outubro, Novembro, Dezembro) conosco em Barcelos, Amazonas. Devido a Pandemia que atingiu o mundo e consequentemente o Brasil também, iremos retornar a Operação Premium em JANEIRO de 2021 para garantir a todos melhores condições de segurança a todos. Portanto estamos aproveitando este tempo para preparar mais ainda a nossa temporada de Pesca Esportiva em Barcelos no inicio de 2021 para atende-los com mais melhorias. Agora é a hora de você organizar sua viagem com tranquilidade e bastante antecedência, tendo a oportunidade de adquirir seu pacote com parcelamento mais longo para que possa usufruir da nossa OPERAÇÃO PREMIUM. SOBRE A OPERAÇÃO PREMIUM A nossa OPERAÇÃO PREMIUM consciente em proporcionar um atendimento personalizado a nossos clientes com prestação de serviço profissional, nossa base principal que no LODGE, conta com uma estrutura e gastronomia de alto padrão, está localizada em frente ao maior arquipélago fluvial do mundo, o Arquipélago Mariuá que nos possibilita uma operação bate e volta de alta performance onde utilizamos nossas embarcações BASS BOAT NITRO(USA) COM MOTOR MERCURY 100 HP navegando assim em um raio de mais de 100 km acessando inúmeros excelentes pontos de pesca, (onde já foram capturados o MAIORES TUCUNARÉS-AÇU DO MUNDO) que possibilita você ter acesso além do Rio Negro e vários afluentes (Cuiuni, Itu, Demini, Aracá, Caurés e Jufari) na mesma pescaria. Para sua segurança possuímos um sistema exclusivo de rádio que proporciona a toda nossa operação comunicação direta com a base na cidade Barcelos. Além de tudo isso, temos também um grande diferencial que oferecemos como CORTESIA, 3 pernoites em nosso POSTO AVANÇADO no RIO ARACÁ, localizado a mais de 200 km de navegação da nosso LODGE no Rio Negro, proporcionado a você um tour exclusivo de pesca esportiva ao longo da subida pelo rio Aracá e também em pontos de pesca no Rio Curuduri, onde você percorrerá pescando em nossas embarcações BASS BOAT um período de 10 horas de pescaria. Após um dia todo de pesca você chegará a nossa estrutura de 256m², onde estará preparada pela nossa equipe, sua hospedagem com todo conforto e segurança. O nosso posto avançado está bem localizado no melhor ponto de pesca do Rio Aracá, contendo inúmeros lagos marginais com acesso ao rio e também a vários lagos centrais, onde disponibilizamos também barcos de alumínio para acessá-los. Neste pacote de 7 dias você terá a oportunidade de pescar 4 dias no Rio Aracá, que é considerado um dos melhores rios para pesca do tucunaré açu do mundo, com suas belezas naturais exuberantes, água preta e lindas praias de areia branca que contrasta com o verde da bela floresta amazônica, proporcionando a vocês experiências sensacionais. Este pacote está disponível para SINGLE, DUPLA e TRIO, no caso de duplas e trios o pescador deve trazer os seus parceiros. Grupo de SINGLE de no máximo 4 pessoas. Grupo de DUPLAS de 8 pessoas. Grupo de TRIOS mínimo de 9 e máximo de 12 pessoas. Pacote disponível em TODAS AS TEMPORADAS (de SETEMBRO a MARÇO de cada ano). Então, que tal realizar este sonho conosco?Agora você já sabe que é possível vivenciar essa EXPERIÊNCIA, confira abaixo o descritivo de todos nossos diferenciais e tarifário do nosso PACOTE (ALL INCLUSIVE). Aproveite o momento para planejar sua próxima pescaria e venha sentir na pele as emoções que PERSONAL FISHING pode lhe proporcionar, com a melhor experiencia de Pesca Esportiva na Amazônia! Entre no SITE e conheça a ESTRUTURA, DIFERENCIAIS e TARIFÁRIO que só nós temos a lhe oferecer. http://WWW.PERSONALFISHING.COM.BR
  21. Carnaval 2020, estivemos em Barcelos com os amigos: Pedro, Celso, Roberto, Silvio, Renato, Rui e os ilustres Toninho e Ramon( proprientarios do Explorer XX), situação de alta temporada e o barco Explorer XX excelente para pescarmos os tucunas. Segue o link dos videos:
  22. Amigos, Na semana passada tive a felicidade de registrar uma cena, que embora se não filmada, com certeza nunca mais sairia da minha cabeça. Essa viagem pra mim foi diferente, pois meu pai me acompanhou, nesse momento fazia algum tempo sem ação e quando vi uma parte com terra acreditei, no oitavo ou nono arremesso eu ainda brinquei, vou chamar o peixe e ele vai vim, vcs vao ver! No vem titio.. o bixao nao resistiu! kkkkk GOPR0607_1569078437816_high_3.mp4 grande abs
  23. Olá Amigos pescadores Venho através desta relatar sobre a participação da empresa PERSONAL FISHING no 1º TORNEIO INTERNACIONAL DE PESCA ESPORTIVA DE BARCELOS, AM. O evento do Torneio foi realizado na Praia em frente a cidade de Barcelos, AM nos dias 22 e 23 de Fevereiro 2020 sendo que a competição de pesca foi no dia 23/02 com largada as 06:30 horas e finalização as 17:00 horas. Foram mais de 90 equipes competidora inscritas com diversas embarcações variando entre de Barcos de Alumínio a Bass Boa. Foi um torneio bem difícil, pelo nível das equipes compostas por bons pescadores e guias nativos profissionais, tornando a competição bem acirrada, onde alem de competidores amadores estavam competindo também profissionais de renome da pesca esportiva como, Johnny Hoffmann, Ian Solocki, Franklin Kil, Denis Garbo, Paula Mazzuch e outros, assim como também guias de pesca que também participaram como pescadores e operadores de Turismo de Pesca Esportiva que são profundos conhecedores da pesca do Tucunaré Açu criando um cenário extremamente competitivo. PERSONAL FISHING participou com 2 equipes, sendo a EQUIPE 01 nº 37 composta pelos pescadores José Jorge e Franklin Kil com guia Adilson e na EQUIPE 02 nº 40 composta pelos pescadores José Gomes Filho e Herivelto Oliveira da Silva com guia Janio. PERSONAL FISHING - EQUIPE 01 com nº 37 composta pelos pescadores José Jorge e Franklin Kil com guia Adilson apresentaram os 3 peixes sendo 72cm, 64cm e 47cm somaram 183 pontos ficando em 12 lugar. PERSONAL FISHING - EQUIPE 02 com nº 40 composta pelos pescadores José Gomes Filho e Herivelto Oliveira da Silva com guia Janio apresentaram os 3 peixes medindo 75cm, 74cm e 69cm somaram 218 pontos conquistando o 3º LUGAR no Podium. Reparem que nas imagens a nossa régua do evento estava com problema pois foi colada a lona na madeira e que a mesma descolou a parte de baixo e portanto estava roubando 1cm de cada peixe, portanto tivemos 3 cm perdidos no total. Mas mesmo assim a Equipe 02 conquistou o 3º COLOCADO no podium. Este foi o 1º Torneio em Barcelos que as Equipes PERSONAL FISHING participaram e ja estamos nos preparando para o próximo! Parabéns a todos os Participantes e até o 2º Torneio Internacional de Pesca Esportiva de Barcelos, AM. José Jorge http://www.personalfishing.com.br
  24. IPBC em Barcelos- Outubro 2019- Barco Angatu Mirim Galera, é com muita felicidade que venho aqui escrever mais um relato de viagem para compartilhar com vocês um pouco do que passamos nessa semana amazônica! São 11 anos já fazendo pelo menos uma pescaria por ano na região do médio Rio Negro e se Deus permitir quero estender ainda mais! (Só espero também que parem com essa de "vender" rio, pedaço de rio e etc! Mas esse papo chato deixarei de lado como sempre!) Bom, nosso grupo tá chique demais agora! Tem nome, uniforme e logomarca! Instituto de Pesca Beto Caranha - IPBC A turma sabe que eu não suporto ser chamado de "professor" . . . Que morro de medo de ser confundido com um "midiático" . . . Mas como gosto de fazer de tudo para ajudar meus amigos capturarem seus troféus, tive que aceitar o nome! E confesso que agora estou até gostando. . . rsrs e muito! O grupo já tava definido em Eu, Rogério, Sone, Tracajá, Paulo. . . faltava o sexto elemento. . . O cabra pra entrar no nosso grupo precisa saber se divertir! Saber pescar não é nem critério. . . Parece fácil né? Mas acreditem, hoje em dia nesses tempos modernos a coisa tá difícil. . . Como diria um amigo meu que quer casar- "mulher direita já ta casada! As que se encontra nas baladas são tudo complicadas!" Então, faltando somente 2 meses para a pescaria que meu amigo Vicentão deu sinal de que iria conosco! Pense que acertamos em cheio na escolha! Cabra sangue bom! Se tem peixe ele dar risada, se não tem ele da também! Fiz o convite e ele me pediu 1 semana pra responder. . . no outro dia me manda um print das passagens aéreas compradas! hahaha já sabia que o cabra ia agregar! Somar! Multiplicar! Lá vamos nós pra Manaus. . . Almoço tradicional de comida típica regional! Restaurante escolhido dessa vez foi o Moquém do Banzeiro Boa comida! Temperos e acompanhamentos um tanto exóticos digamos assim. . . Valeu a experiência! Tinha gente que já tava de olho miúdo de cerveja. . . Depois das compras na Loja de Pesca Sucuri seguimos o procedimento normal de ir à Cachaçaria do Dedé! Voo pra Barcelos partiu muito cedo. . . e não se pode mais nem tirar um cochilo em paz! kkkk Alegria em pousar em Barcelos-Am Angatu Mirim a poucos minutos da zarpada. . . Povo ansioso arrumando a tralha! Réplica do tucunaré de mais de 29lbs que é o recorde mundial! Pra quem não sabe. . . o recordista, o pescador Andrea, é um dos donos da empresa Angatu! Empresa com a qual eu pesco desde 2008 e tenho um enorme carinho! Sempre me atende muiiiiiiito bem! Recomendo com louvor! Dessa vez então deram show! ( antes que me joguem pedra- esse bichinho verde fomos nós que colocamos na boca do peixe! não faz parte da réplica! Mas bem que poderia fazer né? kkkkk) Deixando de papo furado, vamos aos peixes que é o que todo mundo quer ver! Só mais uma mensagem pra começar. . . A vida passa muito rápido! Aproveitem cada segundo como se fosse seu último! Se vc deixar passar por conta de bobagem quando querer voltar no tempo já não vai conseguir mais! Cultive amigos e amizades! E esqueça (em partes kkk) a Puts desse peixe de 22lbs/10kg! Tinha que começar o relato com o pescador revelação que mandou muito mais muito bem! Vicentão! Vicentão envelhece cachaça por hobby, mas merecia ser um exportador! A cachaça Vale do Vicentão é uma delícia! Paulo, mineiro fino! Tem classe até na pose com o tuca! Não gostava de ser chamado de "Catatau" mas já aderiu. . . apelido liberado para os amigos mais íntimos! Rogério "Catarina" era fã do Juninho e agora virou fanático mesmo! Segundo o Sone, o Roger usou cuecas J-Feeling a pescaria inteira. . . como o assunto é delicado, vou parar por aqui! kkk Brincadeiras a parte, pense num cara top 10! Até pra se manifestar em uma conversa, ele só entra na boa! Foge de polêmica e etc. . . Eu acertando um peixinho nesse mundão de água! Olhem o nível lá trás! Tava difícil demais! Tive que esticar bem o braço pra valorizar o peixe, pois não foi fácil . . . Tracajá! O sorrisão já diz tudo! Vivendo a vida com intensidade e curtindo cada peixe! Sone- Esse japa é batalhador! Um vitorioso na vida graças a muita luta sua! Merece tudo de bom! Como todo japonês é bom pescador. . . já sabem né? Bi campeão no troféu de maior peixe da pescaria pelo Angatu! Paulo, Tracajá e o guia Sabá lá no fundo! Pensem numa pescaria descontraída! Comilança a todo momento! Dublê de aruanãs é sempre festa garantida! Comemorando a vitória! Admirando o açu que foi "impresso" em alta resolução! Muito top a coloração desse peixe! Tracajá ferrador! Paulo fazendo a pose clássica IPBC! Peixe em uma mão e Heineken na outra! Borboleta bitelo! Mais uma vez olhem o nível do afluente. . . tava de lascar! Paquinha! Onde tava mais seco. . . o peixe tava manhoso! Esse bicho aí refugou t20! Refugou subwalk! Só saiu no shad! Como diria Fabrício. . . "Ah! vão se lascar seus peixes!" kkkk Culinária do Angatu tava daquelas de engordar 10kg numa semana! Top demais Botar de dose em dose no copo tava dando trabalho demais! Adiantando o serviço! Cafezim top! Acertando as estratégias do dia! Roger curtindo o momento! Desenferrujando . . . eu já tava com medo de mudarem meu apelido pra Beto Popoca! Tracajá pesca 99% com isca de hélice! Mas abre exceções de vez em quando. . . Sone acertou esse monstro e Paulo acertou essa foto! Top demais! IPBC - Pegou peixe grande tem que beber cerveja! Sone tava demais! 2 peixes grandes por dia- já pode pedir música no Fantástico! Ou ficar bebum se vc não bebe normalmente né Sone? Da-lhe comilança! Banho pra reativar! De volta aos trabalhos! A Equipe toda aí! Guias da esquerda pra direita- Sabá- Adriano-Kiko! Pense numa equipe de guias top! Sone com jigs atados por ele mesmo! Felicidade dobrada! Detalhe além da soltura bacana- Afluente de água preta tava com a água parecendo água branca por conta das chuvas e repiquete! Esse peixe aqui vale uma historia demorada! Pescado exatamente no mesmo lugar que outros amigos do FTB Nosso grupo é curtidor, mas não abandonamos em nenhum momento as estratégias e técnicas para fisgar um peixe grande! Exemplo- Nessa pescaria, sabíamos que íamos sofrer com a grande pressão de pesca que vive Barcelos , então navegamos o primeiro dia quase a madrugada inteira aproveitando a lua cheia! E pescamos praticamente sozinhos no alto do afluente , só viemos encontrar com outro barco no ultimo dia de pesca! Claro que pra isso dependemos de um bom operador e de uma boa relação com ele! Voltando ao peixe, olha só que legal! Eu tenho uma boa memória fotográfica e alguns lagos de alguns afluentes eu consigo reconhecer por fotos! Essas fotos foram postadas aqui no FTB anos atrás! Se o dono da foto não gostar, eu retiro! Mas acho que não é nada demais! Essa foto se não me engano foi do grupo do Gustavo Stringueta! Postada aqui anos atrás! Não lembro o nome do pescador que fez a captura! Me desculpem Essa aqui o nosso amigo Marcelo Rodrigues! Também postada aqui anos atrás Essa pedra tem a forma de um bicho que da nome ao lago em questão! Essa aqui nosso amigo Teodoro brigando com um açu de 18lbs Olhem só que legal- É exatamente o mesmo lugar! Eu tenho uma teoria de que alguns lagos tem características que fazem com que sempre tenha peixes grandes neles! Meus maior peixe (22 ,5lbs) foi nesse lago! Tirei a foto la no fundo perto daquelas arvores! Ah! E já pulei no meio dele em comemoração! kkkkk então conheço cada centímetro de terra e cada milímetro cúbico de agua aí! Voltando mais uma vez pra minha captura desse ano! Tocamos pra aí- Pedi pro Adriano (guia) parar bem onde eu queria! (cara de pau minha pedir isso pra um guia experiente como o Adriano! mas são 11 anos de amizade!) Dei 3 arremessos de hélice mas senti o clima frio (eram umas 16 horas já e nesses lugares top é bom pescar das 11 as 15) e mudei pra t20! Cantei pro Paulo - "Entramos no campo de guerra!" rapaz , no primeiro arremesso na região exata dessas fotos aí o peixe entrou! Correu pra pauleira! Adriano pediu pra deixar o peixe ir! Foi uma loucura! Eu não sabia se brigava ou se pedia a Deus pra conseguir embarcar esse peixe! Na minha cabeça era outro de mais de 22lbs com certeza! Foi um sapeco! Adriano pulou na agua com o boga e foi mergulhar atrás do peixe! Eu com a carreta destravada e o dedo em cima do carretel controlando pra o peixe tomar linha suave! Eu quem controlava a fricção com o dedo! Peixe saiu da pauleira e foi pro meio do lago e lá vai Adriano brigar com ele de linhada de mão! Até que o peixe se entregou! No momento da bogada eu percebi que não era grande nem perto do que eu imaginava! Mas quer saber? Que se dane o tamanho! Nunca mais vou esquecer desse peixe! Essa é zueira pra terminar o relato em alto astral! kkkk Que venha 2020!
  25. Olá Amigos Pescadores Estamos em momento muito especial de condições excelente de pesca no RIO NEGRO e AFLUENTES no município de BARCELOS AM. O RIO NEGRO vem SECANDO FORTE em torno de 10 cm por dia e isto esta dando excelente condições de pesca no Rio NEGRO e nos AFLUENTES, principalmente no RIO ARACÁ. Agora neste mês de FEVEREIRO e MARÇO 2020 será o melhor momento de toda a temporada 2019/2020. Portanto venho através desta convida-los a realizar pescaria neste 2 meses especiais. AINDA TENHO VAGAS em algumas datas que da para encaixar aqueles que se interessarem em ter a oportunidade impar de acertar pescaria boa em BARCELOS AM. Deem uma conferida no DESCRITIVO, TARIFÁRIO e nas IMAGENS e VÍDEOS que postei aqui no FTB https://www.turmadobigua.com.br/forum/search/?tags=aberto para terem ciência dos DIFERENCIAIS que PERSONAL FISHING oferece na minha OPERAÇÃO PREMIUM de ALTA PERFORMANCE na AMAZÔNIA. INTERESADOS ENTREM EM CONTATO o quanto antes para terem a oportunidade de garantirem suas vagas! WWW.PERSONALFISHING.COM.BR
×
×
  • Criar Novo...