Ir para conteúdo

O FTB foi atualizado e otimizado.

Antes, para visualizar todas as nossas salas, era preciso descer a barra de rolagem por muito tempo. Isto dificultava a nossa vida, principalmente a dos novos usuários, que não encontravam as salas/assuntos de interesse.

Agora as salas foram transformadas em "sub salas" e incluídas em grandes fóruns.

Esperamos que tenham gostado. :amigo:

Rafael Takahiro

Membro
  • Total de itens

    33
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    1

Histórico de Reputação

  1. Upvote
    Rafael Takahiro recebeu reputação de Cristiano Rochinha em [Relato] FIM DE SEMANA TOP...."Chupa" mundo chato!   
    Disse tudo Cristiano!
    Os equipamentos têm preço, isso que viveu têm valor!! E é muito diferente!!!
    Que show!!!
  2. Thanks
    Rafael Takahiro recebeu reputação de Edmar Alves em MELHORES BLANK'S e VARAS PARA PLUGS DE SUPERFÍCIE   
    Fala Edmar, gosto muito das Redai Viking e Black Mamba, 1 e 2 geração. Tenho e aprovo completamente!
    Extremamente leves e confortáveis.
    Já tive Venator 12lbs, que é mais leve, mas tem a desvantagem de ser menor (5´6). Mas também é muito boa!
    Numa última visita a uma loja, peguei na mão a SpeedStyle e a Benkei da Major Craft, achei bem confortáveis tbm!
  3. Like
    Rafael Takahiro recebeu reputação de Edson C. Martins (CAPITÃO) em São Simão/GO - Julho 2019   
    Fala turma do Biguá!
    Boa tarde!

    Cumprindo minha resolução pra 2019, quero pescar mais e compartilhar mais as experiências desse esporte que fascina com mais pessoas!

    Já com viagem marcada pro Lago do Peixe em outubro, mas com o vício da pesca que não sai da nossa cabeça, resolvemos conhecer São Simão/GO!
    Sem operador ou turismo voltado pra pesca, o que é ruim, mas é bom, pois a pressão é baixa, comecei a pesquisar, pegar algumas dicas com conhecidos e resolvemos ir, de 18 a 21 de julho, frio, e conhecido período de ventos.

    Éramos em 4, porém trabalho e um companheiro com amigdalite fez com que fosse pescar somente com um parceiro, no final!
    Fomos de carro, percorremos mais de 700km de estrada em busca de saciar o vício chamado Tucunaré na superfície. rsrs

    Pra quem não sabe, na cidade de São Simão/GO, há dois tipos de pescaria em dois lugares, para o Tucunaré (amarelo e azul), pescar no reservatório de São Simão, lado de cima da barragem e a pescaria nos "varjões" do rio Paranaíba.
    Como tínhamos 3 dias de pesca, o resolvemos que gostaríamos de experimentar pescar nos dois locais.

    Saímos de SP às 15h de quinta e de madrugada, por volta das 2h da manhã, indo tranquilo, parando quando cansado pra comer e tomar cafés.
    Nos hospedamos num hotel à beira da represa, esticamos os leaders e fomos dormir, pois tínhamos combinado as 07h com o guia no dia seguinte.

    O excelente guia Eder nos esperava num posto da cidade pra enchermos o tanque do barco e partirmos, lá conhecemos tb o Tuênio, da Maré Náutica, fabricante de excelentes embarcações de pesca e o barco era dele.

    No primeiro dia, pescamos no reservatório, poucas estruturas, vento sempre atrapalhando, e como indicação do Eder, pescamos arremessando pra dentro do lago, com iscas de superfície e meia água.
    Já eram 10h da manhã e nenhuma ação e uma vara partida (a titulaaar), por descuido e falta de comunicação.
    Às 10h, resolvo arremessar em direção ao raseiro e estoura um peixe bom. Pena que errou a isca.
    Animamos e resolvi seguir a dica do guia e colocar uma isca verde escuro (Bonnie 95).

    Arremessando pro meio do lago, com água cristalina, um lindo tucunaré azul sai do fundo e estoura na superfície!!!
    Coração a mil, meu parceiro engata a fêmea tb - que escapa - e consigo tirar meu primeiro tucuna goiano!!



    55cm e a isca aí, ó!
    Talvez o azulão mais bonito - em cores - que já pesquei!
    Devidamente solto, claro!! Comecei bem com os tucunas goianos!!!

    Lá pelas 11h, mais um azulão enorme vem no visual e estoura na Bonnie, porém, esse errou a isca e o coração - meu e do guia - quase sai pela boca!
    Meu parceiro tb pegou um bom azul na meia água, que brigou e escapou num salto.
    Até o almoço, fiquei impressionado, pouca ação, porém, só peixe de qualidade.

    Paramos pra almoçar, levamos carne, pão e aproveitamos pra descansar.
     

    Pela tarde, achamos um casal de Amarelos e uma traíra bonita no por do Sol!
     


    Muito vento atrapalhou bastante a pescaria, e tomamos a decisão, seguindo as dicas do Guia Eder, de pescar no rio Paranaíba no dia seguinte, pois lá, pescaríamos em abrigados.

    2 e 3 dia - saímos cedo e às 08h já estávamos pescando, após 1h de navegação.
    Locais abrigados, porém água bem movimentada....pra lá a dica é levar iscas de superfície grandes ou pescar com iscas softs no meio das "malícias", tipo unha de gato, que ficam nas beiras dos abrigados.
    Como nunca tinha pescado com as iscas softs, mas as tinha na caixa, o guia Eder me indicou pra usar a Pop-Action branca que tinha.
    Mal sabia trabalhar e usar, coloquei uma na cor manjuba e montei na forma anti-enrosco e arremessei, ainda receoso com enroscos. Terceiro arremesso e pronto!! Sai o primeiro da vida na isca soft!!!!


    Pequenos peixes, grandes emoções, eeeeeira! rsrs
    A emoção é grande ao capturar um peixe numa técnica nova!!!!

    Daí pra frente, pegamos outros peixes, todos de porte pequeno a médio e vimos algumas ações de peixes grandes, porém sem sucesso.
     






    Esse amarelinho estourou na superfície numa Zig Zarão de 13cm!!! Impressionante a voracidade da espécie!



     
    Detalhe: não matamos sequer um peixe e levamos pão, carne, café, bebidas para os almoços no meio do mato.
    Detalhe 2: guia Eder não pescou.

    Equipamentos:
    Vara Redai Black Mamba 17lb 5´8
    Vara Redai Viking 20lbs 5´8
    Carretilhas Venator Lite, SE
    Linhas 40 lbs

    Iscas mais usadas:
    Bonnie 95, Pop Action 11cm, M Action 9 cm, Fusion Shad.
    Encerramos a pescaria agradecendo bastante a Deus por nos proporcionar mais uma grande empreitada, com pesca, viagem e muita risada garantida!
    Tuênio e Eder, muito obrigado pela recepção e dicas valiosas!! A vontade de pegar um 60UP goiano é tão grande que estou voltando logo!!!
    Quem quiser os contatos pra ir pra lá, só me chamar por MP!
    Grande abraço rapaziada!

    Instagram @rafatako
  4. Like
    Rafael Takahiro recebeu reputação de Edson C. Martins (CAPITÃO) em Redai Viking ou Majorcraft Speedystyle   
    Galera, vou adquirir uma nova vara pros azuis de Tocantins e Goiás, farei duas viagens nos próximos meses.
    Já uso uma BM 17lbs e tb uma Viking 20lbs, ambas 5´8, gostaria de adquirir uma vara mais leve, de 14lbs.
    Pescar com sticks como Bonnie 95, Firestick e tbm com Pop-Actions no meio das galhadas.

    O que aconselham?
    1) Viking 14lbs 5´8
    2) Major Speedstyle 5,8 14lbs - impressão de ser mais dura como a Black Mamba
    3) Major Benkei 12lbs 5,8 - acho que o casting n daria pra usar os Sticks.
    Que acham?
  5. Upvote
    Rafael Takahiro recebeu reputação de Cristiano Rochinha em São Simão/GO - Julho 2019   
    Fala turma do Biguá!
    Boa tarde!

    Cumprindo minha resolução pra 2019, quero pescar mais e compartilhar mais as experiências desse esporte que fascina com mais pessoas!

    Já com viagem marcada pro Lago do Peixe em outubro, mas com o vício da pesca que não sai da nossa cabeça, resolvemos conhecer São Simão/GO!
    Sem operador ou turismo voltado pra pesca, o que é ruim, mas é bom, pois a pressão é baixa, comecei a pesquisar, pegar algumas dicas com conhecidos e resolvemos ir, de 18 a 21 de julho, frio, e conhecido período de ventos.

    Éramos em 4, porém trabalho e um companheiro com amigdalite fez com que fosse pescar somente com um parceiro, no final!
    Fomos de carro, percorremos mais de 700km de estrada em busca de saciar o vício chamado Tucunaré na superfície. rsrs

    Pra quem não sabe, na cidade de São Simão/GO, há dois tipos de pescaria em dois lugares, para o Tucunaré (amarelo e azul), pescar no reservatório de São Simão, lado de cima da barragem e a pescaria nos "varjões" do rio Paranaíba.
    Como tínhamos 3 dias de pesca, o resolvemos que gostaríamos de experimentar pescar nos dois locais.

    Saímos de SP às 15h de quinta e de madrugada, por volta das 2h da manhã, indo tranquilo, parando quando cansado pra comer e tomar cafés.
    Nos hospedamos num hotel à beira da represa, esticamos os leaders e fomos dormir, pois tínhamos combinado as 07h com o guia no dia seguinte.

    O excelente guia Eder nos esperava num posto da cidade pra enchermos o tanque do barco e partirmos, lá conhecemos tb o Tuênio, da Maré Náutica, fabricante de excelentes embarcações de pesca e o barco era dele.

    No primeiro dia, pescamos no reservatório, poucas estruturas, vento sempre atrapalhando, e como indicação do Eder, pescamos arremessando pra dentro do lago, com iscas de superfície e meia água.
    Já eram 10h da manhã e nenhuma ação e uma vara partida (a titulaaar), por descuido e falta de comunicação.
    Às 10h, resolvo arremessar em direção ao raseiro e estoura um peixe bom. Pena que errou a isca.
    Animamos e resolvi seguir a dica do guia e colocar uma isca verde escuro (Bonnie 95).

    Arremessando pro meio do lago, com água cristalina, um lindo tucunaré azul sai do fundo e estoura na superfície!!!
    Coração a mil, meu parceiro engata a fêmea tb - que escapa - e consigo tirar meu primeiro tucuna goiano!!



    55cm e a isca aí, ó!
    Talvez o azulão mais bonito - em cores - que já pesquei!
    Devidamente solto, claro!! Comecei bem com os tucunas goianos!!!

    Lá pelas 11h, mais um azulão enorme vem no visual e estoura na Bonnie, porém, esse errou a isca e o coração - meu e do guia - quase sai pela boca!
    Meu parceiro tb pegou um bom azul na meia água, que brigou e escapou num salto.
    Até o almoço, fiquei impressionado, pouca ação, porém, só peixe de qualidade.

    Paramos pra almoçar, levamos carne, pão e aproveitamos pra descansar.
     

    Pela tarde, achamos um casal de Amarelos e uma traíra bonita no por do Sol!
     


    Muito vento atrapalhou bastante a pescaria, e tomamos a decisão, seguindo as dicas do Guia Eder, de pescar no rio Paranaíba no dia seguinte, pois lá, pescaríamos em abrigados.

    2 e 3 dia - saímos cedo e às 08h já estávamos pescando, após 1h de navegação.
    Locais abrigados, porém água bem movimentada....pra lá a dica é levar iscas de superfície grandes ou pescar com iscas softs no meio das "malícias", tipo unha de gato, que ficam nas beiras dos abrigados.
    Como nunca tinha pescado com as iscas softs, mas as tinha na caixa, o guia Eder me indicou pra usar a Pop-Action branca que tinha.
    Mal sabia trabalhar e usar, coloquei uma na cor manjuba e montei na forma anti-enrosco e arremessei, ainda receoso com enroscos. Terceiro arremesso e pronto!! Sai o primeiro da vida na isca soft!!!!


    Pequenos peixes, grandes emoções, eeeeeira! rsrs
    A emoção é grande ao capturar um peixe numa técnica nova!!!!

    Daí pra frente, pegamos outros peixes, todos de porte pequeno a médio e vimos algumas ações de peixes grandes, porém sem sucesso.
     






    Esse amarelinho estourou na superfície numa Zig Zarão de 13cm!!! Impressionante a voracidade da espécie!



     
    Detalhe: não matamos sequer um peixe e levamos pão, carne, café, bebidas para os almoços no meio do mato.
    Detalhe 2: guia Eder não pescou.

    Equipamentos:
    Vara Redai Black Mamba 17lb 5´8
    Vara Redai Viking 20lbs 5´8
    Carretilhas Venator Lite, SE
    Linhas 40 lbs

    Iscas mais usadas:
    Bonnie 95, Pop Action 11cm, M Action 9 cm, Fusion Shad.
    Encerramos a pescaria agradecendo bastante a Deus por nos proporcionar mais uma grande empreitada, com pesca, viagem e muita risada garantida!
    Tuênio e Eder, muito obrigado pela recepção e dicas valiosas!! A vontade de pegar um 60UP goiano é tão grande que estou voltando logo!!!
    Quem quiser os contatos pra ir pra lá, só me chamar por MP!
    Grande abraço rapaziada!

    Instagram @rafatako
  6. Like
    Rafael Takahiro recebeu reputação de Fabrício Biguá em São Simão/GO - Julho 2019   
    Fala turma do Biguá!
    Boa tarde!

    Cumprindo minha resolução pra 2019, quero pescar mais e compartilhar mais as experiências desse esporte que fascina com mais pessoas!

    Já com viagem marcada pro Lago do Peixe em outubro, mas com o vício da pesca que não sai da nossa cabeça, resolvemos conhecer São Simão/GO!
    Sem operador ou turismo voltado pra pesca, o que é ruim, mas é bom, pois a pressão é baixa, comecei a pesquisar, pegar algumas dicas com conhecidos e resolvemos ir, de 18 a 21 de julho, frio, e conhecido período de ventos.

    Éramos em 4, porém trabalho e um companheiro com amigdalite fez com que fosse pescar somente com um parceiro, no final!
    Fomos de carro, percorremos mais de 700km de estrada em busca de saciar o vício chamado Tucunaré na superfície. rsrs

    Pra quem não sabe, na cidade de São Simão/GO, há dois tipos de pescaria em dois lugares, para o Tucunaré (amarelo e azul), pescar no reservatório de São Simão, lado de cima da barragem e a pescaria nos "varjões" do rio Paranaíba.
    Como tínhamos 3 dias de pesca, o resolvemos que gostaríamos de experimentar pescar nos dois locais.

    Saímos de SP às 15h de quinta e de madrugada, por volta das 2h da manhã, indo tranquilo, parando quando cansado pra comer e tomar cafés.
    Nos hospedamos num hotel à beira da represa, esticamos os leaders e fomos dormir, pois tínhamos combinado as 07h com o guia no dia seguinte.

    O excelente guia Eder nos esperava num posto da cidade pra enchermos o tanque do barco e partirmos, lá conhecemos tb o Tuênio, da Maré Náutica, fabricante de excelentes embarcações de pesca e o barco era dele.

    No primeiro dia, pescamos no reservatório, poucas estruturas, vento sempre atrapalhando, e como indicação do Eder, pescamos arremessando pra dentro do lago, com iscas de superfície e meia água.
    Já eram 10h da manhã e nenhuma ação e uma vara partida (a titulaaar), por descuido e falta de comunicação.
    Às 10h, resolvo arremessar em direção ao raseiro e estoura um peixe bom. Pena que errou a isca.
    Animamos e resolvi seguir a dica do guia e colocar uma isca verde escuro (Bonnie 95).

    Arremessando pro meio do lago, com água cristalina, um lindo tucunaré azul sai do fundo e estoura na superfície!!!
    Coração a mil, meu parceiro engata a fêmea tb - que escapa - e consigo tirar meu primeiro tucuna goiano!!



    55cm e a isca aí, ó!
    Talvez o azulão mais bonito - em cores - que já pesquei!
    Devidamente solto, claro!! Comecei bem com os tucunas goianos!!!

    Lá pelas 11h, mais um azulão enorme vem no visual e estoura na Bonnie, porém, esse errou a isca e o coração - meu e do guia - quase sai pela boca!
    Meu parceiro tb pegou um bom azul na meia água, que brigou e escapou num salto.
    Até o almoço, fiquei impressionado, pouca ação, porém, só peixe de qualidade.

    Paramos pra almoçar, levamos carne, pão e aproveitamos pra descansar.
     

    Pela tarde, achamos um casal de Amarelos e uma traíra bonita no por do Sol!
     


    Muito vento atrapalhou bastante a pescaria, e tomamos a decisão, seguindo as dicas do Guia Eder, de pescar no rio Paranaíba no dia seguinte, pois lá, pescaríamos em abrigados.

    2 e 3 dia - saímos cedo e às 08h já estávamos pescando, após 1h de navegação.
    Locais abrigados, porém água bem movimentada....pra lá a dica é levar iscas de superfície grandes ou pescar com iscas softs no meio das "malícias", tipo unha de gato, que ficam nas beiras dos abrigados.
    Como nunca tinha pescado com as iscas softs, mas as tinha na caixa, o guia Eder me indicou pra usar a Pop-Action branca que tinha.
    Mal sabia trabalhar e usar, coloquei uma na cor manjuba e montei na forma anti-enrosco e arremessei, ainda receoso com enroscos. Terceiro arremesso e pronto!! Sai o primeiro da vida na isca soft!!!!


    Pequenos peixes, grandes emoções, eeeeeira! rsrs
    A emoção é grande ao capturar um peixe numa técnica nova!!!!

    Daí pra frente, pegamos outros peixes, todos de porte pequeno a médio e vimos algumas ações de peixes grandes, porém sem sucesso.
     






    Esse amarelinho estourou na superfície numa Zig Zarão de 13cm!!! Impressionante a voracidade da espécie!



     
    Detalhe: não matamos sequer um peixe e levamos pão, carne, café, bebidas para os almoços no meio do mato.
    Detalhe 2: guia Eder não pescou.

    Equipamentos:
    Vara Redai Black Mamba 17lb 5´8
    Vara Redai Viking 20lbs 5´8
    Carretilhas Venator Lite, SE
    Linhas 40 lbs

    Iscas mais usadas:
    Bonnie 95, Pop Action 11cm, M Action 9 cm, Fusion Shad.
    Encerramos a pescaria agradecendo bastante a Deus por nos proporcionar mais uma grande empreitada, com pesca, viagem e muita risada garantida!
    Tuênio e Eder, muito obrigado pela recepção e dicas valiosas!! A vontade de pegar um 60UP goiano é tão grande que estou voltando logo!!!
    Quem quiser os contatos pra ir pra lá, só me chamar por MP!
    Grande abraço rapaziada!

    Instagram @rafatako
  7. Like
    Rafael Takahiro recebeu reputação de Fábio Tittoto em ajuda!!! serra da mesa x lago do peixe????   
    Eu iria de Lago do Peixe, sem pensar duas vezes!
    Não conheço a Serra da Mesa, mas pesquisei muito e conversei com muita gente antes de decidir ir pro Tocantins (estava na dúvida entre 3 Marias, Serra da Mesa e Lago do Peixe)....resultado, já tô indo a 4 vez em dois anos....rs
  8. Upvote
    Rafael Takahiro recebeu reputação de Fábio Tittoto em Lago do Peixe - TO - Abril/19   
    Olá turma do Biguá!
    Boa tarde!

    Como resolução pra 2019, quero pescar mais e compartilhar mais as experiências desse esporte que fascina com mais pessoas!
    Afinal, pescar já é bom, pescar com amigos então!

    Comecei a pescar tucunaré há pouco tempo, mas sempre fui adepto de pesqueiros, herança de meus avós maternos!
    Essa é a terceira vez que vou ao Lago do Peixe, já fui em abril e novembro do ano passado e minha experiência com tucunaré se resume a essas pescarias e mais duas em Bataguassu/MS e Panorama/SP - aliás péssimas pescarias, não pela quantidade e qualidade de peixes, mas pela conduta no geral, mas que fizeram o bichinho da pesca com artificial me morderem! 

    Todo meu grupo, no geral, pé iniciante também, ambos fui eu que apresentei a pesca esportiva!
    Detalhe que o grupo todo é 100% pesque e solte, não matamos 1 peixe sequer!

    Pra quem não sabe, o Lago do Peixe ou Angical é um lago artificial, em decorrência da Usina de Peixe - TO, localizado a aproximadamente 350km de capital, Palmas, de estrada não muito boa, vindo via Natividade e melhor vindo via Gurupi, com alguns 50kms a mais.

    A logística é ir de aéreo até Palmas e de lá alugar um carro ou fechar o transfer com a operação escolhida.
    Nós escolhemos o Rancho do Kojak pela terceira vez, que faz o trabalho de transfer pra 4 pessoas num veículo caminhonete.
    O que nos faz voltar pro Peixe todo ano, além da pescaria ser formidável, é que a pescaria é feita, se não 100, 95% na superfície, usando meia água ou fundo apenas pra cobrir ações.


    Saindo de Guarulhos-SP.
    Fomos via Latam, 140,00 por bagagem especial por trecho. Acho bem difícil um porta varas passar como bagagem despachada comum.
    1h40 de viagem  e chegamos em Palmas onde o responsável Rally nos buscou, sem atrasos!
    Paramos pra jantar em Gurupi - excelente - e de lá chegamos no Rancho, cerca de 5h depois de pousar em Palmas.
    Chegando lá, pela manhã, já notamos o lago bufando...já pescamos com lago cheio e baixo, e tivemos bem melhor resultado com lago baixo.
    Tinha a informação de um amigo que tinha ido semanas antes de que os Tucunas só estavam pegando em pontos longe da pousada, cerca de 40 min de navegação.....a mudança de lua e a subida no lago mudou o comportamento do peixe, que não estava comendo, só atacando pra afugentar.....estava tudo previsto pra nossa pescaria mais difícil.

    Dos meus amigos, apenas eu e mais 1 já tínhamos pego o tão cobiçado 60UP - em novembro/18.
    Meu recórde era um belo Tucuna de 62,5cm.
    1 dia - peguei logo um trick num dos 5 primeiros arremessos, até me enganei que a pescaria seria fácil....Bonnie 95 não falha.

    Até o fim do primeiro dia e a metade do segundo dia, eu tinha pego só 3 tricks e meu parceiro Fabio, 2 tricks.
    Mais de 1000 arremessos por dia com pouca ação cansa bastante....rsrs
    Algumas poucas ações, peixe seguindo isca, explodindo, mas errando as iscas.....por uma dica que vi no Purapesca, levei os sticks sem ratling, que deu resultado....dois peixes bons explodindo e errando, apenas.....no Sol de TO, estava bem cansativo....o outro barco tbm com poucas ações....mas pescar nunca cansa e o lema de pescaria, até sendo ruim, é boa, prevaleceu!

    2 dia a tarde - Acertamos um ponto, entre raseiro e galhada que pegamos bem, várias ações.
    Peixes bem magros, mas acertamos cerca de 5-6 peixes entre 52 e 55cm, pra mim e pra situação de pesca, foram muito comemorados!

    Fui presenteado com esse belo por do Sol e esse lindo azul! Notem peixes bem magros e compridos, esse, se não me engano, bateu 55cm.
    Ações na Bonnie, Top Stick e Fire Stick....ações em zaras mais barulhentas, praticamente nulas.

    2 dia acabou animador, então voltamos ao rancho já pensando nos próximos 2 dias!

    Por uma questão de superstição e coincidência, o 3 dia de pesca sempre me reserva bons peixes....então, a animação estava inda maior, até pq queria muito que meu parceiro entrasse pro Clube do 60UP!
    Logo pela manhã, fomos bem distantes da pousada, combinado já com o guia, ações melhores, pegamos alguns tricks e logo avistamos um belo casal no raseiro....
    Fomos atrás, aquela pressão pra n errar, alguns barcos perto pra aumentara  tensão, algumas cabeleiras, coração a mil e resultado: estooooouro na superfície!!
     

    67,5cm de pura adrenalina!
    Uma pintura de peixe!! Meu récorde batido!!

    Momento da soltura!
    Por pura erro nosso e pressão do momentom, não conseguimos pegar o outro peixe que estava junto....rs

    Saímos do ponto, eu já feliz da vida por ter batido meu recorde pessoal, mas eu queria mesmo era que meu parceiro pegasse o 60up dele.
    Num ponto seguinte, mais próximo ao rio Paranâ, com as águas mais sujas - raro no lago Peixe - , ele resolve bater uma meia água despretenciosa....emprestei uma X-rap branca que não costuma falhar.....

    Numa esquina de ponto, olho pra trás e o vejo quase com a vara dentro da água, gritando, é graaaaande!
    Após uma briga que levou ao limite sua vara de 15lbs, saiu o bitelo!
    65UP não tenho foto na régua aqui pra mostrar - pois as fotos ficaram no celular dele, mas dá pra ter uma ideia pelo tamanho do azul! Nunca vi um Tucunaré tão grande - até maior que o meu, mesmo medindo menos!

    Missão cumprida, sorriso no rosto do parceiro, a viagem estava paga!
    A tarde pegamos mais alguns tricks e o companheiro no outro barco que não tinha pego de 60cm, tb acertou um belo azul de 60cm na Bonnie.

    4 dia - mais fraco, estávamos já cansados de bater stick e zara e plenamente satisfeitos com os recordes batidos, mas pegamos alguns cardumes e a risada foi garantida!!



    3ª viagem ao Tocantins finalizada com muita felicidade e alegria!

    Detalhe: não matamos sequer um peixe e a pousada disponibiliza pacus caranhas - criadas em cativeiro - para os almoços no meio do mato.
    Detalhe 2: guias não pescam, nem por insistência.

    Equipamentos:
    Vara Redai Black Mamba 17lb 5´8
    Vara Redai Viking 14lbs 5´8
    Vara Redai Viking 20lbs 5´8
    Carretilhas Venator Lite, SE e GTS
    Linhas 35 lbs

    Iscas mais usadas:
    Bonnie 95, Firestick, Top Stick da Iara e Rapala XRap10

    Que Deus sempre nos abençoe com essa interação com a natureza e amizades!
    Agradeço desde já as dicas lidas neste fórum, que contribuíram muito pro sucesso dessa pescaria!
    Gostaria também de deixar claro que não ganho nada em divulgar o nome da pousada, operação, apenas cito quando sou bem atendido!!

    Grande abraço rapaziada!

    Ps. volto em outubro, se tiver interesse, me chama por mensagem!

    Instagram @rafatako
  9. Like
    Rafael Takahiro recebeu reputação de Edson C. Martins (CAPITÃO) em Lago do Peixe - TO - Abril/19   
    Olá turma do Biguá!
    Boa tarde!

    Como resolução pra 2019, quero pescar mais e compartilhar mais as experiências desse esporte que fascina com mais pessoas!
    Afinal, pescar já é bom, pescar com amigos então!

    Comecei a pescar tucunaré há pouco tempo, mas sempre fui adepto de pesqueiros, herança de meus avós maternos!
    Essa é a terceira vez que vou ao Lago do Peixe, já fui em abril e novembro do ano passado e minha experiência com tucunaré se resume a essas pescarias e mais duas em Bataguassu/MS e Panorama/SP - aliás péssimas pescarias, não pela quantidade e qualidade de peixes, mas pela conduta no geral, mas que fizeram o bichinho da pesca com artificial me morderem! 

    Todo meu grupo, no geral, pé iniciante também, ambos fui eu que apresentei a pesca esportiva!
    Detalhe que o grupo todo é 100% pesque e solte, não matamos 1 peixe sequer!

    Pra quem não sabe, o Lago do Peixe ou Angical é um lago artificial, em decorrência da Usina de Peixe - TO, localizado a aproximadamente 350km de capital, Palmas, de estrada não muito boa, vindo via Natividade e melhor vindo via Gurupi, com alguns 50kms a mais.

    A logística é ir de aéreo até Palmas e de lá alugar um carro ou fechar o transfer com a operação escolhida.
    Nós escolhemos o Rancho do Kojak pela terceira vez, que faz o trabalho de transfer pra 4 pessoas num veículo caminhonete.
    O que nos faz voltar pro Peixe todo ano, além da pescaria ser formidável, é que a pescaria é feita, se não 100, 95% na superfície, usando meia água ou fundo apenas pra cobrir ações.


    Saindo de Guarulhos-SP.
    Fomos via Latam, 140,00 por bagagem especial por trecho. Acho bem difícil um porta varas passar como bagagem despachada comum.
    1h40 de viagem  e chegamos em Palmas onde o responsável Rally nos buscou, sem atrasos!
    Paramos pra jantar em Gurupi - excelente - e de lá chegamos no Rancho, cerca de 5h depois de pousar em Palmas.
    Chegando lá, pela manhã, já notamos o lago bufando...já pescamos com lago cheio e baixo, e tivemos bem melhor resultado com lago baixo.
    Tinha a informação de um amigo que tinha ido semanas antes de que os Tucunas só estavam pegando em pontos longe da pousada, cerca de 40 min de navegação.....a mudança de lua e a subida no lago mudou o comportamento do peixe, que não estava comendo, só atacando pra afugentar.....estava tudo previsto pra nossa pescaria mais difícil.

    Dos meus amigos, apenas eu e mais 1 já tínhamos pego o tão cobiçado 60UP - em novembro/18.
    Meu recórde era um belo Tucuna de 62,5cm.
    1 dia - peguei logo um trick num dos 5 primeiros arremessos, até me enganei que a pescaria seria fácil....Bonnie 95 não falha.

    Até o fim do primeiro dia e a metade do segundo dia, eu tinha pego só 3 tricks e meu parceiro Fabio, 2 tricks.
    Mais de 1000 arremessos por dia com pouca ação cansa bastante....rsrs
    Algumas poucas ações, peixe seguindo isca, explodindo, mas errando as iscas.....por uma dica que vi no Purapesca, levei os sticks sem ratling, que deu resultado....dois peixes bons explodindo e errando, apenas.....no Sol de TO, estava bem cansativo....o outro barco tbm com poucas ações....mas pescar nunca cansa e o lema de pescaria, até sendo ruim, é boa, prevaleceu!

    2 dia a tarde - Acertamos um ponto, entre raseiro e galhada que pegamos bem, várias ações.
    Peixes bem magros, mas acertamos cerca de 5-6 peixes entre 52 e 55cm, pra mim e pra situação de pesca, foram muito comemorados!

    Fui presenteado com esse belo por do Sol e esse lindo azul! Notem peixes bem magros e compridos, esse, se não me engano, bateu 55cm.
    Ações na Bonnie, Top Stick e Fire Stick....ações em zaras mais barulhentas, praticamente nulas.

    2 dia acabou animador, então voltamos ao rancho já pensando nos próximos 2 dias!

    Por uma questão de superstição e coincidência, o 3 dia de pesca sempre me reserva bons peixes....então, a animação estava inda maior, até pq queria muito que meu parceiro entrasse pro Clube do 60UP!
    Logo pela manhã, fomos bem distantes da pousada, combinado já com o guia, ações melhores, pegamos alguns tricks e logo avistamos um belo casal no raseiro....
    Fomos atrás, aquela pressão pra n errar, alguns barcos perto pra aumentara  tensão, algumas cabeleiras, coração a mil e resultado: estooooouro na superfície!!
     

    67,5cm de pura adrenalina!
    Uma pintura de peixe!! Meu récorde batido!!

    Momento da soltura!
    Por pura erro nosso e pressão do momentom, não conseguimos pegar o outro peixe que estava junto....rs

    Saímos do ponto, eu já feliz da vida por ter batido meu recorde pessoal, mas eu queria mesmo era que meu parceiro pegasse o 60up dele.
    Num ponto seguinte, mais próximo ao rio Paranâ, com as águas mais sujas - raro no lago Peixe - , ele resolve bater uma meia água despretenciosa....emprestei uma X-rap branca que não costuma falhar.....

    Numa esquina de ponto, olho pra trás e o vejo quase com a vara dentro da água, gritando, é graaaaande!
    Após uma briga que levou ao limite sua vara de 15lbs, saiu o bitelo!
    65UP não tenho foto na régua aqui pra mostrar - pois as fotos ficaram no celular dele, mas dá pra ter uma ideia pelo tamanho do azul! Nunca vi um Tucunaré tão grande - até maior que o meu, mesmo medindo menos!

    Missão cumprida, sorriso no rosto do parceiro, a viagem estava paga!
    A tarde pegamos mais alguns tricks e o companheiro no outro barco que não tinha pego de 60cm, tb acertou um belo azul de 60cm na Bonnie.

    4 dia - mais fraco, estávamos já cansados de bater stick e zara e plenamente satisfeitos com os recordes batidos, mas pegamos alguns cardumes e a risada foi garantida!!



    3ª viagem ao Tocantins finalizada com muita felicidade e alegria!

    Detalhe: não matamos sequer um peixe e a pousada disponibiliza pacus caranhas - criadas em cativeiro - para os almoços no meio do mato.
    Detalhe 2: guias não pescam, nem por insistência.

    Equipamentos:
    Vara Redai Black Mamba 17lb 5´8
    Vara Redai Viking 14lbs 5´8
    Vara Redai Viking 20lbs 5´8
    Carretilhas Venator Lite, SE e GTS
    Linhas 35 lbs

    Iscas mais usadas:
    Bonnie 95, Firestick, Top Stick da Iara e Rapala XRap10

    Que Deus sempre nos abençoe com essa interação com a natureza e amizades!
    Agradeço desde já as dicas lidas neste fórum, que contribuíram muito pro sucesso dessa pescaria!
    Gostaria também de deixar claro que não ganho nada em divulgar o nome da pousada, operação, apenas cito quando sou bem atendido!!

    Grande abraço rapaziada!

    Ps. volto em outubro, se tiver interesse, me chama por mensagem!

    Instagram @rafatako
×
×
  • Criar Novo...