Ir para conteúdo

O FTB foi atualizado e otimizado.

Antes, para visualizar todas as nossas salas, era preciso descer a barra de rolagem por muito tempo. Isto dificultava a nossa vida, principalmente a dos novos usuários, que não encontravam as salas/assuntos de interesse.

Agora as salas foram transformadas em "sub salas" e incluídas em grandes fóruns.

Esperamos que tenham gostado. :amigo:

Líderes


Conteúdo Popular

Mostrando conteúdo com a maior reputação desde 07-11-2019 em todas áreas

  1. 3 pontos
    E aí Werner, tudo bem? Estou passando só pra deixar aqui a impressão pessoal que tive acerca deste assunto que propôs. Acompanho sempre que posso suas postagens. São bem redigidas, fundamentadas e abrangem temas interessantes. Logo que vi este tópico e o de título "Anzóis no lugar de garatéias - como e porque", decidi acatar suas sugestões e testar algumas destas montagens inline na Amazônia. Sinceramente gostei bastante do resultado, que foi sim surpreendente. Tanto é que resolvi, doravante, abolir o uso de garatéias por lá. Confirmei cada vantagem apontada por você nos tópicos. Dentre tantas, de fato: * As fisgadas se mostraram mais eficientes, quase sempre no canto da boca, no canivete. De tão bem fisgado no canivete, dava mais trabalho extrair o anzol. * O anzol em si dificultou que os peixes escapassem na briga e as capturas foram mais esportivas, não tendo havido fisgadas que não fossem na boca do peixe; * As substituições que fiz, seguindo suas orientações quanto ao tamanho dos anzóis em algumas marcas de iscas, não desbalancearam, nem comprometeram o trabalho de nenhuma das iscas que testei. A desvantagem que destaca é sem dúvida que a substituição pesa mais no bolso. Uma vez que tive acesso a estes tópicos há poucos dias de nossa pescaria em SIRN, agora em Outubro 2019 e tendo em vista escassez no mercado nacional, não me foi possível adquirir os tão bem indicados Decoy Sergeant Jigging'n Single. Sendo assim, não me restou escolha senão improvisar: considerando a semelhança de qualidade/resistência e disponibilidade imediata, resolvi ir de Decoy Pike Type R - Js- 3 - Jigging, tamanhos 2/0 e 3/0 usado geralmente em pesca de água salgada com isca natural e como assist hook de slow jigging. Tem curvatura diferente dos Decoy Sergeant Jigging'n Single, mas se mostrou não menos eficaz. Eles foram parar em algumas de minhas principais iscas amazônicas: Trairão, River2Sea 128, Bonnie 128, Jumpin Minnow t20, Pop Queen 105; Red Pepper 110; Hunter Bait, Curisco 110 . . . E, os Lone Diablo BKK 4/0 foram para duas Hélices de minha predileção: Caribe Lures e High Roller. Estes anzóis não possuem olhal grande e invertido. Então, antes de comprar entrei em contato com o amigo Matheus da MVA Pesca e por Wathsapp pedi para que confirmasse se o olhal do azol tinha espaço suficiente para que o splint ring de 100lbs ficasse bem solto e ficou: VIDEO-2019-09-13-11-18-05.mp4 Nas iscas o anzol não travou, ficou livre, funcional. No pitão da barriga das River2Sea 128 e Bonnie 128 ficaram perfeitos, pois são cruzados, virados. Há quem diga que a manobra que fiz em seguida para que servissem nos demais pitões e iscas interfere na resistência do anzol e tals . . . Sendo certo ou não, pela urgência do momento - proximidade da viagem e interesse em testar as montagens - deliberadamente dei calor nos olhais e os torci alinhando-os com uso de dois alicates. Se esta manobra compromete ou não a liga do metal, o que por ora tenho condição de afirmar é que nenhum deles abriu. Resistiram tranquilamente a muitas capturas de pequenos e médios e tirei da água alguns bitelos bem nervosos. Com relação à iscas de hélice usei também esta tabela para substituir os anzóis Lone Diablo BKK, disponível na rede: Achei a espessura deles meio bruta, porém são bem leves. Quanto a resistência não deu para verificar, porque feita a substituição as fisgadas realmente ficam consideravelmente mais complicadas. O peixe dava cabeçadas na isca jogando-a pra todo lado, dando show de perseguição sucessiva, mas não entrava nem a pau. Enfim, cada um é cada um. Se naquele momento específico for possível ao pescador se permitir partir para a verdadeira diversão de pescar e não a de pegar peixe, acho que vale a pena os anzóis nas hélices no lugar das garatéias. Fico por aqui. Desculpa a delonga. Agradeço pelas informações disponibilizadas e influência na mudança de paradigma. Forte abraço meu irmão e linhas sempre esticadas!
  2. 2 pontos
    Abaixo, o gráfico do nível do Rio Negro em Barcelos. Em 28/10 de 2017 e 2019 os níveis estavam muito semelhantes. A diferença é que em 2017 o nível estava baixando e em 2019 subindo, ambos lentamente. Esta foto abaixo é de um barranco, acima do Paraná do Camuqual no Rio Demeni, acesso a um lago central, que, pelo esforço dos guias conseguimos pescar e rendeu bons açús e pacas em 2017 Este ano, não fotografei, mas o nível neste barranco estava na altura do assento da cadeira na proa do barco!!!. Isto comprova que o nível dos afluentes não tem nada a ver com o nível do Rio Negro em Barcelos. É que neste ano tanto afluentes e o Negro estavam numa condição de cheia nesta época. Deve ter chovido por todo lado na região do alto/médio Rio Negro. Abraços.
  3. 2 pontos
    Retornei ontem de Barcelos. Estive lá por duas semanas. Condições como todos sabem muito difícil. Na primeira semana devido ao nível alto do Negro resolvemos subir o Demeni assim como varios outros barcos. Lá em cima dava a impressão que o rio estava baixando muito pouco. Foi a pescaria mais fraca desde 2011 qdo começamos nossas aventuras amazônicas. Na segunda semana de 02 a 08 recebemos a informação que em Santa Isabel o Negro estava baixando, e zarpamos para lá sem paradas para pesca. Mais terra a vista, também por ser uma região mais alta. A pesca melhorou um pouco na região da ilha do Silva mas ainda longe de temporadas anteriores. Maior na semana 26 a 01, 78 cm. Na semana 02 a 08, 79 cm. Nao vi ainda a informação da CPRM sobre o nível em Barcelos, mas parece que estava baixando, esperança para as próximas turmas. Apesar da falta de peixes, nas nossas duas turmas a convivência foi maravilhosa, sem reclamações, muitas risadas e histórias do grande que escapou. Que venha 2020!!!!
  4. 1 ponto
    Custom by Marco

    Essa da até dó de usar....

    Blank 10/20 libras -5'8'- Rapida Passadores Fuji Reel Seat CBM preto piano Cabo em manta de carbono feito por CBM componentes Fore Grip com manta de carbono interno exclusivo Feito pela CBM componentes CBM componentes
  5. 1 ponto
    Bacana o relato! Uatumã promete hein, daqui há uns 2 anos vai bombar, espero!
  6. 1 ponto
    Agora foi a vez do Andrea bater o recorde do Tucunaré Borboleta. Em março o Andrea fez uma expedição para o Roçado. Em SIRN, pescando ainda no Negrão, o arrombado acerta este lindo borboleta com 72cm. Lindo peixe, e parabéns pela homologação.
  7. 1 ponto
    Turma, boa tarde! Instigado pela experiência em julho em São Simão/GO, e com a dica do amigo Tuênio de que a pesca era muito boa em setembro e outubro, resolvemos voltar pra São Simão/GO, dessa vez em 4 pescadores esportivos. Como disse em outro tópico, pescamos tucunarés esportivamente há três anos, desde outubro de 2016 e já estamos viciados na pesca de superfície desses lindos e vorazes peixes. São Simão possui o diferencial de oferecer diversos tipos de pesca esportiva, em diferentes modalidades, pois é banhada pelo rio Paranaíba e pelo reservatório de São Simão. Juntamos 4 amigos e partimos mais de 700km de sp até Goiás. Turma muito animada, saímos numa segunda-feira, com previsão de pescar terça, quarta, quinta e sexta! Fechamos tudo com o Tuenio pra pescar em dois barcos, com os guias Eder e Chereguini, dois dias na represa de São SImão e dois dias no rio Paranaíba, onde eu particularmente mais gosto, apesar de nunca ter pego bons exemplares lá. Chegamos bem no hotel e terça pela manhã já estávamos na água! O Eder - guia - tinha nos dito que a pescaria seria diferente, pois os azuis estavam de casal, com boa produtividade durante o dia todo, e baixa produtividade nos horrios de manhã cedo e fim de tarde. ´Não sou muito fã de pescaria no visual - caçando o peixe -, gosto mais de ser surpreso pinchando.....então, disse que queria aproveitar o dia todo. Primeiros dois ou três pontos, nada de ação....a represa estava num nível muito abaixo do que encontramos em julho, e quando encontramos o barco dos amigos Lucas e Akira, nos disseram terem tido boas ações e perdido peixes grandes, com leader estourando e tudo mais, nos deixando animados! Logo depois de irmos pro 4 ponto, meu parceiro Fabio já toma um susto na meia água, e um lindo amarelinho aparece pra foto! Como a gente costuma brincar, uma ação renova nossa energia pra mais uns 300 arremessos, e vamos lá pinchar o Stick! Já era mais de 13h e não tido nenhuma ação... Passando de frente pra um rancho, vejo uma onda seguindo minha Bonnie e o coração vai a mil, o guia grita não pára de trabalhar a isca, a mão já trabalha sozinha e pronto, estouro na isca, briga limpa e um bonito azul de seus 50cm!!! O dia estava díficil, avistamos alguns casais, mas estavam muito ariscos e mal chegávamos perto, afundavam. Meu parceiro pegou mais um amarelinho e no fim do dia, o guia Eder me conta a história de um um ponto e uma Firestick prateada.....olho na caixa, a Firestick olha pra mim....coloco na linha, 3º arremesso e....inacreditável, um lindo azul estoura na isca, com um lindo por do Sol ao fundo! Peixe com uma coloração incrível na água e que brigou lindo! Assim finalizamos o 1 dia, sem muitas ações, mas com certa qualidade no tamanho!!! Parceiros do outro barco não tiveram bons resultados de peixe, mas gostaram muito do local e da pesca. 2 dia! Animados com as ações de bons peixes no 1 dia, fomos sabendo que insistindo, eles entrariam! Logo meu parceiro começa com bastante ação na meia água, engatando dois ou três bonitos amarelos e um pequeno azul! Como faria duas pescarias de 4 dias em duas semanas, resolvi levar uma carretilha lado esquerdo tb - pesco de lado direito - afim de tentar aprender a pescar com os dois lados, pra não sofrer tanto com as dores de 6-8h de trabalho de Stick-zara-superfície......mas n fui muito bem não, só consegui meia água e jig....rsrs Mas com insistência, pego meu primeiro peixe com carretilha lado esquerdo: Pequeno, mas de grande valor emocional! rs Insisto num ponto perto de uma cerca e um bonito azul estoura na superfície!!! Briga limpa e gostosa, com tomada de linha e gritaria no barco!!! 54cm O Guia Eder diz que o peixe estava de casal, insistimos bastante no ponto e nada.... Batendo uma rapala pro meio do lago, isca que sempre salva a pescaria, tenho uma surpresa com uma forte arrancada! O dia estava muito bom e produtivo!!!! Já estava dando por satisfeito, quando lanço minha isca despretenciosa num raseiro e ouço um estouro, seguido de uma cantada de linha!!! Briga frenética, vai pra pauleira, sai, trava, toma linha, e até que se cansa....vem pra foto, troféu! Meu recorde de São Simão, 56cm, olha onde foi parar a Bonnie!!! 2 dia completo com expectativa muuuuito ultrapassada!!!! Encontrando meus parceiros do outro barco, fico muito feliz ao saber que eles tinham pego um troféu de 59cm!!! Assim terminamos nossa passagem no reservatório de São Simão, dormimos cedo pq no dia seguinte, começaríamos mais uma bela e mais difícil jornada atrás do azuis no rio Paranaíba!! 3 dia! O rio Paranaíba, que divide os estados de Goiás e Minas Gerais, permite a pesca de uma modalidade um pouco diferente. O grande diferencial pra pegar os tucunarés lá é usando iscas softs, na superfície, com sistema anti-enrosco, no qual aprendi em julho e viciei! Jogar a isca no meio das estruturas e ver o peixe estourando não tem preço. Aliás, tem, o preço é saber que o peixe tem muito mais chances de vencer do que o pescador, o que deixa a pesca esportiva mais atraente!!!! Os pontos são mais longes, a navegação é mais cansativa, mas o local é muito bonito!!! Pescando no meio dos "varjões", em meio às "quisaças" ou "malicias" ou "unhas de gato", precisamos ter habilidade no lançamento da isca, no trabalho e usar o anti enrosco, pra pescaria acontecer e ser efetiva. Suei muito na primeira vez pra não ter tanta cabeleira e trabalhar direitinho a isca a fim de atrair o peixe....tirar o peixe é outra história....rsrs O peixe estava muito manhoso, n estava batendo pra comer e dim pra afugentar, pelo comportamento de acasalar.....nos dois dias no rio, vimos muito peixe grande, diversos casais, e peixes que por achômetro, deviam ter mais de 60cm, mas n conseguimos tirar nenhum. O guia é fundamental pois o barco passa com elétrico em muita estrutura!!!! Em dois dias, tivemos menos de 15 ações por barco e embarcamos poucos, mas tivemos muita emoção....como emoção não vai pra foto, seguem as fotos dos exemplares que conseguimos embarcar - lembro que todos exemplares foram soltos, nem na beira do rio consumimos nenhuma peixe! Como disse lá no começo, o "como pegar o peixe" às vezes, pra mim, é muiuto mais importante que o tamanho do peixe, então fiquei muito feliz com a pescaria!!! Perdi muito peixe, cheguei a trzzer escama na ponta do off-set, mas perdi as melhores batalhas pro azul nos dias no Paranaíba!!! Ficou somente o desejo de voltar a batalhar com esses bocudos do Paranaíba nas iscas soft! O outro barco ainda tirou um bonito azul de 54cm no meio das estruturas, show de coloração!!! O mais legal disso é amizade feita com os guias e a turma voltar cheia de história!! Nossa galera começou há 3 anos, mas somos 100% pesque e solte, mas infelizmente em São Simão, nessa época de casal, há muito pescador matando peixe. Arpão, rede, embarcado, pescando perto da barragem.....uma pena, pois acabam pouco a pouco com o que a natureza demora anos pra construir. Equipamentos: Vara Redai Viking 14lbs 5´8 Vara Major Craft SpeedStyle 14lbs 5´8 Vara Redai Viking 20lbs 5´8 Carretilhas Venator Lite, SE Linhas 40 lbs Iscas mais usadas: Bonnie 95, Pop Action 11cm, M Action 9 cm, Rapala X-rap Encerramos a pescaria agradecendo bastante a Deus por nos proporcionar mais uma grande empreitada, com pesca, viagem e muita risada garantida! Tuênio e Eder, muito obrigado pela recepção e dicas valiosas!! A vontade de pegar um 60UP goiano é tão grande que estou voltando logo!!! Quem quiser os contatos pra ir pra lá, só me chamar por MP! Grande abraço rapaziada! Instagram @rafatako
  8. 1 ponto
    Fala pessoal, queria uma ajuda de vocês para me ajudar a escolher uma das 3! É para pesca de tucuna azul somente. Queria saber qual a melhor entre elas sobre arremesso, durabilidade e desempenho! Se tiverem outras sugestões, meu orçamento é de 850 reais. Obs: Já tive a curado 71, quero inovar! Muito obrigado a todos.
  9. 1 ponto
    Considerando a temporada e nível do Cuiuni e Alegria em Setembro deste ano quando estive por lá, pude testar e verificar que o sistema in line é bom mesmo, o nado e facilidade de arremesso (precisão) da bonnie 128 melhorou muito, tanto quanto da duo reallis 110, deu pra tirar alguns peixes do mato, capim e perto de outras estruturas como cipós e molongos sem dificuldade, inclusive, da pra arremessar no meio sem medo, o que muda é que quando a ponta dos anzois batem de frente nos molongos ou outras estruturas, finca na hora e não sai facil não. Resumindo, foi muito boa a experiência e já mantive algumas iscas montadas no sistema in line com certeza. Final de janeiro/2020 estou voltando pra BAZ pra complementar esta temporada e compensar com uns açus mais brutos. O importante é estar lá.
  10. 1 ponto
    Concordo com tudo o que o @Guto Pintodisse, mas gostaria de sugerir a santiago de 10 libras e 6' da albatroz. Excelente vara. O blanck tem ação parecida com as enzo. Muito leve, sensível e rápida. Comprei esses dias por 150 reais.
  11. 1 ponto
    Tenho sim. A que tenho é a modelo 601MFBA 16lb 6'0. É um espetáculo de vara, na vdd é minha xodó rs. Pesa 90g e é muito resistente. O que impressiona é que arremessa de 3,5g a 17g. Deve ter quase uns 10 anos. Pena que não encontra mais dela no mercado. Mas a Tatula lembra muito ela e é top tbm...
  12. 1 ponto
    Uma pescaria para ficar eternizada em nossas memórias. Muito peixe, muita diversidade e muita diversão. DEVIDO A PROBLEMAS COM MEU COMPUTADOR, DESTA VEZ TIVE QUE OPTAR POR UM RELATO SEM COTAR DIA-A-DIA DE PESCA COMO JÁ É TRADICIONAL DA MINHA PARTE, JÁ PEÇO DESCULPAS POR ISSO. Chegamos em Manaus no dia 19 de Outubro de 2019 e ficamos hospedados no novíssimo Hotel Noblie Suites, muito próximo ao aeroporto, já incluído no pacote da Vilanova Amazon. Desta vez não ficamos no Quality como de costume da operação, pois estava lotado devido a um evento do Comitê Olímpico Internacional. Mas fomos muito bem atendidos pelo Noblie. No outro dia bem cedo o translado já nos buscou e fomos direto para o aeroporto embarcar em dois hidroaviões. Turma de alta categoria, muito extrovertida e ótima de estar junto. Na foto: Branco, Tucunaleo, Edinho, Branco, Tássio, Piuí, Ricardo, Gabriel, Marlon, Gildasio, Eder,Talma, Mozart, Bruno, Dalcio e Pedrojr. Marlon, Gabriel (filho de Marlon), Gildasio e Piuí (Fábricio) Chegamos no Sucunduri e vimos que o Rio esta um pouco abaixo da caixa, nível muito promissor. No ano anterior fizemos uma grande pescaria no mês de setembro com rio mais cheio, então esta seria a chance de pescar em outras condições. Angler I - nossa casa por uma semana Partida do Hidroavião Foram seis fantásticos dias de pesca, pegamos muito peixe, muito peixe mesmo. Desta vez não vou fazer um relato contando dia por dia como já informei , mas as fotos vão falar por si só. Porém tem alguns pontos altos da pescaria que posso destacar aqui: - No meu bote em um único dia pegamos 30 pirarucus (pequenos) no Lago de difícil acesso, além de bons pinimas, aruanas e até cachara no jig. Esse dia foi extraordinário. - Muitos tucunarés grandes nas praias, e claro os maiores sempre escapam, mas eles estavam lá só não quiseram sair para foto. - Uma única dupla tirou o final do dia para pescar peixe de couro e o Grabriel (jovem de apenas 12 anos) acertou uma Piraíba para alegria de seu pai que testemunhou tudo. - A quantidade de jacarés foi impressionante. - Tucunarés perdemos as contas. Fica aqui o registro de algumas fotos (é muito foto e nem todos do grupo mandaram ainda). DUPLA: EDER E MOZART(mais conhecido como moranguinho) DUPLA: BRUNO E TALMA (Bruno acertou muitos peixes grandes, destaque para uma linda Aruanã com seus 92cm) DUPLA: DALCIO E RICARDO DUPLA: MARLON E GABRIEL (destaque para Piraíba do Gabriel, menino pesca muito) IMPRESSIONANTE COMO O RIO SUCUNDURI/CAMAIU É MUITO BOM PARA PEIXE DE COURO, MAS POUCOS PARAM PARA FAZER ESTA PESCARIA, ESTA PIRAÍBA FOI CAPTURADA COM POUCOS MINUTOS E ANO PASSADO COM POUQUÍSSIMO TEMPO ACERTEMOS 3 PIRARARAS. SEM CONTAR QUE JÁ VI SAIR CACHARA MUITO GRANDE POR LÁ. DUPLA: PEDROJR E EDINHO MAIS ALGUMAS FOTOS DE DEMAIS PESCADORES DO GRUPO, COMO EU DISSE ALGUMAS FOTOS AINDA NÃO RECEBI. TEM MUITA FOTO DE JACARÉ, MAS ESTA CAPTURADA PELO EDINHO MERECE DESTAQUE (poderia postar aqui mais de 20 fotos só de jacarés kkkk) Peço desculpas mais uma vez por não ser um relato como eu tenho costume de publicar turma, meu pc esta muito ruim. AGRADECIMENTOS: Em primeiro lugar a Deus, que o Senhor da minha vida e me sustenta a cada amanhecer. Não podeira deixar de agradecer a cada um do grupo que esteve junto durante esta semana que ficará marcada em minha vida para sempre. Agradeço também a toda tripulação do Angler I e aos excelentes guias da Vilanova Amazon, em especial a meu amigo @Victor Vilanova que não mede esforços em nos atender. Fica aqui uma menção especial a Presa Viva na pessoa do meu amigo @Francis Pinto que se desdobrou para confeccionar nossas camisas seguindo a risca o que eu tinha em mente e ficou espetacular. Faço também uma menção honrosa ao Carlos da Impacto Jigs, com apenas um jig embarcamos muitos pirarucus e tucunarés e jig esta perfeito. Para mim o melhor jig do mercado disparado, não ganho nada por mencionar, apenas pratico o princípio da honra e o que é bom merece ser lembrado. 2020 - tem mais e já estou organizando um novo grupo, quem tiver interesse será muito bem vindo. Para vídeos de soltura e mais fotos podem acompanhar no meu instagram: @ederfishing Obrigado a todos. Momento de agradecer a Deus por nossa Amazônia - SIM ELA É NOSSA Camisa Presa Viva - Top demais Turma sensacional, faltaram alguns para fotos, mas todos tem meu carinho e agradecimento.
  13. 1 ponto
    Obrigado Ricardo, tamo junto. Sempre bom trocar informações com vc. Abraço.
  14. 1 ponto
    Gigante! parabéns ao Andrea por mais esse recorde
  15. 1 ponto
    Obrigado dr. Se precisar de contatos do pessoal estou a disposição pra passar. Abraço.
  16. 1 ponto
    Top demais Eder. Parabéns pela pescaria, pela turma e pelo belo relato. Abraço.
  17. 1 ponto
    Show de pescaria, estou afim de conhecer esse Rio. Deus não conta os dias que passamos pescando!!!!😁😁😁
  18. 1 ponto
    Obrigado Kayro, foi top demais esta pescaria.
  19. 1 ponto
    Henrique Mendonça

    Vara Daiwa Steez

    Rapaz, acho que essa vara virou mosca branca no Brasil. Tente falar com algum vendedor da Casa Japon, às vezes tem alguma remessa pra chegar.... http://www.casajapon.com/mobile/vendedores
  20. 1 ponto
    2 excelentes carretilhas, ambas fabricadas pela doyo, a mgx 2 é muito top mesmo, a liger chegou com aquele jeitao de aldebaran, pessoalmente pesquei com as 2 originais, a mgx 2 rende mais, mas a maciez da liger é ergonomia é melhor, de qq maneira, 2 excelentes opções pelos internos e peso que oferecem.
  21. 1 ponto
    Fabrício Biguá

    Concorrente das Shimanos ?

    Puts Grilha. Numa mesma semana @Victor Cedro e o@Luciano Lopes discutindo novamente por conta de carretilhas?!? Tá Fóda, hein. Claro q não é a carretilha em si, mas falta de tolerância de ambos os lados e, na primeira alfineta o outro resolve alfinetar mais pesadamente. Tá na hora de parar, né?!?! Já chamei a atenção de todos e peço mais uma vez, encarecidamente, parem de buscar a verdade real daquilo que é pessoal. Se alguém der a primeira alfinetada, recue. Recuar é sinal de maturidade. Reparem q a maioria dos tópicos é formado de mimimi. Assunto técnico ficou lááá pra trás. Ah, e eu poderia estar vendo o jogo, bebendo uma, ao invés de estar aqui mediando conflitos, né?!? Vamos dar um tempo das chatices?!?! 👍
  22. 1 ponto
    Luciano Lopes

    Concorrente das Shimanos ?

    não , a questão não é essa eu não entendo como é que tem pessoas que pegam uma carretilha pra Jesus Cristo e saem metendo o pau nela aí a pergunta: já teve ou usou ? , não , comprei outra , como assim ? mete o pau e nunca usou ? quer dizer , gente que ficam fuçando comentários na net e depois vai em forum e mete o pau na carretilha , nunca usou e acha que tem gabarito pra palpitar . é ruim ? pode ser , mas usa primeiro e depois palpita , esse povo é chato demais fica vendo post na net , depois vai em foruns e fica metendo o pau na carretilha , aí , se tem alguem que gosta , ou palpita contrário , tá errado ou é defensor de shimano povooooo chatoooooooooo
  23. 1 ponto
    Guto Pinto

    Concorrente das Shimanos ?

    Questao não é essa, questão é que o pessoal gasta energia demais discutindo sobre caretilha, tem gente que prefere algumas marcas e vão defendê-la, seja na esfera que for, de chuteira até carro, isso é normal, se a pessoa tem preferência por certa marca não é vc ou alguém que vai mudar isso , é mesma coisa convencer o tiozinho que não compensa gastar R$200mil numa hilux zera pra ir no shopping , ou cara comprar um bass boat com 300hp pra pescar no açude de casa Quanto ao projeto eu não posso falar, nunca usei esse modelo da Curado, usei outros modelos, vendi por gosto pessoal , não gosto de carretilha pesada . Quanto a review acho interessante , dá pra ter uma base, mas nada como a opinião de quem tem e usa direto o equipamento , tanto pra falar bem como falar mal. E se realmente a carretilha for ruim ou for boa daqui menos de 2 anos pode ter certeza que um novo modelo virá essa discussão toda não serviu de nada útil, eu participo do fórum há 10 anos e digo que essas dicussões sobre carretilha ( que inclusive participei num passado distante) nunca levaram a nada, ao nao ser desentedimentos aos usuários. Quer ver confusão é montar um tópico carretilha X vs Y no inverno onde ninhguém tá pescando, kkkkkkk. E viva o capitalismo onde podemos gastar nosso suado $$ com que temos vontade e podemos de comprar . Moramos num país onde temos inúmeros peixes e rios pra pescar, deixa os gringo la discutirem pois aqueles Bass de 500g até uma Intruder oxidada tira.
  24. 1 ponto
    Guto Pinto

    Concorrente das Shimanos ?

    Resumindo, compra quem quer e confia na marca e no modelo, se for ruim e mesmo assim o consumidor querer comprar problema dele. A Curado é uma carretilha intermediária da marca então o preço é o normal que se cobra por ela, se vale o investimento? Depende do bolso e gosto de cada um, tem carretilhas que são melhores e mais baratas? Sim, mas tem pescador que gosta de certa marca ou modelo, conheço gente que teve todos modelos da Curado, acha que vai convencer o cara trocar por uma Daiwa, MS, Maruri na base de um ou outro relato de quebra?. Graças a evolução do mercado hoje temos centenas de modelos de carretilhas pra todos bolsos e gostos. Do jeito que o povo fala parece se comprar essa carretilha ela vai quebrar no segundo arremesso, assim como falam de tantas outras. Pessoal em média pesca 1x no mês , em dois anos já trocou tudo, até quebrar já trocou ou vendeu. kkkkkkkkkkkk Depois de passar mais de 60 carretilhas em casa nesses 25 anos de pesca de coisa barata a coisa cara eu vi que carretilha é umas das coisas menos importantes na pesca, um bom lugar de pesca , época e condiçãos climáticas favoráveis, um guia experiente, a isca certa o trabalho correto , uma boa vara e linha são na minha opinião muito mais importante que a famigerada causa de discussoes . Com tempo percebi que o tesão da carretilha é muito mais na pré pesca , no entusiasmo de ter um equipamento que tanto queremos ou sonhamos do que na hora que estamos realmente pescando.
×
×
  • Criar Novo...