Ir para conteúdo

Líderes


Conteúdo Popular

Mostrando conteúdo com a maior reputação desde 11-01-2019 em todas áreas

  1. 3 pontos
    Fala turma, já tem dias que estou querendo escrever um pouco sobre isso para que abrimos um diálogo de reflexão. Nas redes sociais os assuntos sobre pesca esportiva tem se tornado chatos demais, muito glamour, muita purpurina e babação de patrocinador. Respeito à forma com que cada um tem que ganhar o seu, mas tenho visto que na pesca esportiva tem gente que força a barra demais. Claro que encontramos conteúdos muito bons e que ensinam muito, até mesmo através dos midiáticos. Tem alguns que são muito bons e humildes, mas a grande maioria esta fazendo com que a pesca esportiva se torne chata. Não vou citar nomes, mesmo porque se os amigos tem instagram e segue conteúdo de pesca, fatalmente vão lembrar de alguns nomes. O que tem incomodado muito também é a forma que vejo algumas mulheres se expor para marca “a” ou “b” se divulgar, mas nada diferente do mercado né? Afinal, marca de cerveja não faz o mesmo durante anos? O problema que muitas dessas meninas não pescam de fato, ou depenem de um pescador estar junto para que apenas a imagem delas seja usada. Claro que tem mulher que pesca muito e isso é ótimo. Como eu sou muito de reparar nas fotos, vejo algumas com aquela unha gigante e segurando o peixe. Ai penso: “como que troca uma isca do snap com esta unha”?” Onde esta a filmagem da captura?” Eu vejo isso como algo que tem tornado chato a pesca esportiva, e o que eu tenho feito é deixar de seguir alguns. Mas e ai, como você tem visto isso? Vamos conversa um pouco sobre o assunto.
  2. 2 pontos
    Vale lembrar que a internet proporciona uma particularidade que na época da revista e da TV não existia: consumo sobre demanda, você só consome o que você quer de conteúdo, quer melhor? Esse movimento que vem acontecendo na pesca esportiva como o @Rogério Araujo Pinheiro disse, vem acontecendo não somente no mercado da pesca, mas em todos os setores. A internet para todos trouxe para muitos o que era privilégio de poucos, logico que no meio disso tudo tem muitas pessoas querem aparecer mas não tem conteúdo, outras que tinham muito conteúdo (vide colocações anteriores) mas que hoje só faz propaganda, e outros ainda conseguem um espaço sem forçar a barra com conteúdo legal (no meu gosto) e ao mesmo tempo consegue equilibrar a exposição de marcar, exemplo Fabio Baca, os videos dele mostram a pescaria mesmo, de uma forma natural, porém ai entra os miimimis, ah mas ele agora começou a falar de produto, lógico não deve ser barato gerar conteúdo semanal, por isso ele precisa de patrocinadores. Eu sinceramente gosto de ver todos tipo e quando acho um bom, sigo, os demais ignoro. Só não entendo porque algumas pessoas insistem criticar alguns, pois se eles não gostam do conteúdo porque parar um tempo de suas vidas para criticar alguém se poderia procurar um conteúdo que lhe agrade, iao meu ver isso é vontade de aparecer e não conseguir ou não ter coragem, sei lá
  3. 2 pontos
    eu simplesmente nao sigo tambem... nossa tem gente insuportavel demais,incoveniente, ignorante,da vontade de dizer nomes kkkk mas nao é só na pesca...com tudo que a gente mexe sempre vai ter gente assim... só um exemplo:tem operador que amarra tucunare grande só pra tirar foto no outro dia,pra dizer que pegou outro grande aff....e os que trocam de roupa com o mesmo peixe? aonde vamos parar...é cada uma,mas deixa pra la
  4. 2 pontos
    Se existe hoje uma geração de frescos foi porque nós a criamos!!!! O pescador de hoje em dia diz que é "RAIZ" mas não pode ver uma carretilinha nova de 2 conto e uma nova isquinha da bunda fluorescente ,que já vai correndo comprar......Queira sim queira não,nós acabamos "alimentando" essa viadagem toda de hoje em dia.......Quer uma dica: preocupe-se apenas em PESCAR..........O resto é apenas modismo,como tudo hoje em dia.
  5. 2 pontos
    Vc simplesmente resumiu nossos tempos modernos (e chatos), onde ser diferente é ser errado. Seres humanos pausteurizados, politicamente corretos e insuportáveis. Quanto ao post em si. Quando pescar se torna status (minha shimano dc, pesca mais que sua mariner), e quando o mais importante deixa de ser pegar o peixe (e o prazer proporcionado) e se torna alguém ver (entenda-se curtir) a captura. o resultado é esse ai. Estrelinhas da pesca, para deslumbrados em geral ^^. Bom, meu pai me disse q eu entenderia eu não entender ele quando tivesse a idade dele, hoje eu entendo ele, mas deixei de entender a novidade do mundo kkkkkk
  6. 1 ponto
    Blank 6/12 libras 5'8" fast Passadores fuji Reel Seat Skelton Cabo em madeira amazônica Molongo Peças CBM componentes Trabalhos decorativos (Foto) e linhas
  7. 1 ponto
    Guto Pinto

    A PESCA ESPORTIVA E OS MIDIÁTICOS!!!

    Concordo plenamente, só saber filtrar, o que não gosto eu nem vejo ou uso . Pesco do meu modo e do jeito que curto . Dicas, macetes , tralhas novas sempre é bem vindo , mas não que isso vai mudar totalmente meu jeito de pescar, se eu quiser ficar enchendo a lata e curtindo e o peixe batendo pedindo pra jogar a isca problema é meu, kkkkkkkkkk . Devemos nos preocupar menos com vida dos outros ou ficar olhando detalhes bestas, se o cara tira foto com peixe do guia problema dele, se é feliz assim bom pra ele e vamo tocando.
  8. 1 ponto
    Lamentável, mas é o que mais acontece, eu mesmo já vi isso tmb. Triste realidade! A ajeitada na isca já é padrão desses caras.
  9. 1 ponto
    Muito triste ouvir isso, mas infelizmente tem muita mentira no nosso meio.
  10. 1 ponto
    Muito bem dito, de fato boa parte é culpa nossa. Gostei do que disse.
  11. 1 ponto
    É meu amigo tá chato demais, o jeito é parar de seguir uma turma grande ai, kkkkk.
  12. 1 ponto
    Grande Kid, fantástico seu posicionamento, sempre um aprendizado ler seus textos. Abraço.
  13. 1 ponto
    Valeu Borin, vc é 10. Aqui no fórum além de aprendermos de fato uns com outros temos a chance de conhecer pessoas bacanas, assim como você.
  14. 1 ponto
    já presenciei um "midiático" pegando tucuna do piloteiro ( que foi pego no lambari ) ... engatar uma isca e bater foto ... já presenciei um renomado pescador ( muito conceituado e famoso ) ... encher 2 isopores de peixe e levar pra casa ... tem muita coisa que sequer imaginam ...
  15. 1 ponto
    Eu também não acompanho canais, gosto bastante do turma do biguá, devido a diversidade de informação e a disponibilidade para ajudar a galera. A alguns anos atrás eu até tentei acompanhar para aprender e conhecer novos lugares. Porém muito dessa turma não costuma compartilhar informação. kkkk Ai não faz sentido nenhum, você ver um vídeo achar legal, e não ter a oportunidade de viver por um momento aquilo. Mas ta bão. Boas pescarias a todos
  16. 1 ponto
    Kid M

    A PESCA ESPORTIVA E OS MIDIÁTICOS!!!

    Amigo Éder, Não sou muito de seguir "redes sociais" (deve ser coisa "da idade"), mas concordo com seu ponto de vista que estamos perdendo o foco das "boas conversas" em torno daquilo que realmente interessa nas nossas pescarias ! Claro que respeitados os diversos interesses (que não são poucos - comerciais, exibição, curtição, etc...) está difícil estabelecer um tema que agregue a participação dos pescadores ! Sem dúvida alguma os "Relatos" são o principal alvo de muitos daqueles que frequentam os fóruns de pesca (e não somos exceção), mas a essência daquelas conversas (tipo "beira de barranco") que gostaríamos não tivessem fim, estão cada vez mais escassas... Temo que parte dessa questão esteja ligada à impaciência das pessoas (coisa crescente em qualquer segmento) no lidar com outras pessoas ! Conversa que se preza é feita por um que fala e outro que escuta e geralmente responde seu entendimento do que foi dito ! Observo que hoje estamos (em termos gerais) mais direcionados a querer "impor" nosso ponto de vista do que escutar o que o outro tem a dizer ! Uma das coisas boas de "conversas escritas" é que dá tempo de colocar seu ponto de vista sem ser interrompido ! Mas e sobre a pescaria propriamente dita, quantos são os temas que podem (e deveriam) ser tratados nessa plataforma digital de inclusão aos adeptos de "pescar esportivamente" ? É tudo uma questão de "estar disposta a começar", tal qual você fez essa "provocação" ! Os temas deverão (poderão) aparecer... Minha contribuição seria a de comentar pescarias em mar aberto, coisa muito pouco comentada no FTB (nada nos impede de tratar disso, mesmo que a maioria fale de pesca fluvial) Morar em Salvador - BA gera algumas boas perspectivas de pescarias no mar, sejam dentro da baía de todos os santos (BTS), sejam no mar aberto (azul). Já temos diversos operadores para ambas opções, alguns deles com excelentes serviços para os que assim desejarem usar uma dessas alternativas ! Vou postar (como provocação) uma captura feita nesse sábado, de um peixe relativamente frequente por aqui ! Sabem dizer qual é ? Dica : Não é xaréu..
  17. 1 ponto
    Bem interessante seu ponto de vista, para mim tudo continua da forma que sempre pesquei, nada mudou, não acompanho esses midiáticos.. Boas pescarias....
  18. 1 ponto
    Procura no Mercado Livre
  19. 1 ponto
    Meu camarada, coincidentemente hj em um grupo de whatsapp um amigo citou lá como um lugar que esta saindo grandes azuis. Porem uma breve pesquisa na internet, a unica coisa que encontramos foi que o lugar é extremamente perigoso, dizem que roubam muito os carros que deixam na rampa de descer o barco, e que esta tendo uma matança muito grande de peixe, vi vários posts da policia ambiental com apreensões de redes e peixes.
  20. 1 ponto
    Vagner

    amazonas julho vale a pena?

    ilha do jeff, muito top la, se nao achasse vaga la ia na cabana quata
  21. 1 ponto
    João_Medeiros

    amazonas julho vale a pena?

    Olá Fabio, em Julho você pode se arriscar nas cabeceiras dos rios do sul da Amazônia (afluentes do Madeira) como o Camaiú, Sucunduri e outros, talvez pode estar um pouco cheio ainda mas sempre dá peixe por lá, da espécie tucunaré pinima (não é o açu - temensis). Outro local que você pode ir nessa época é na Represa Balbina, relativamente perto de Manaus, onde a espécie é o tucunaré Vazzoleri, mas não são muito grandes, segundo relatos tem bastante ação e já vi boas pescarias nessa época por lá. Mas se você quiser mesmo o tucunaré açu, aí tem que mudar de data e ir entre setembro e fevereiro no rio negro ou afluentes ou entre setembro e novembro nas regiões próximas de Manaus (Juma, Uatumã, Mutuca, etc). Não tenho tanta experiência como muitos aqui do fórum, mas espero ter ajudado. Valeu
  22. 1 ponto
    Kid M

    Amazônia: outubro ou fevereiro?

    Amigos, Depois de diversas idas à região amazônica, a certeza que existe é de que "não há certeza" quando falamos em fatores climáticos ! Historicamente falando da bacia do rio Negro, a partir de Setembro as águas começam a baixar com força e aparecem os primeiros pontos de praias... Lembrando sempre que as cabeceiras de qualquer dos afluentes se situam em pontos mais elevados do que o Negro, forçando o rumo das águas para o leito maior... Nas imediações de Barcelos existem muitos lagos e igarapés que terminam gerando um enorme berçário de todas as espécies. Há uma combinação de temperatura da água, ph, oxigenação, condições de procriação e auto-defesa dos alevinos absolutamente insuperável ! Essas lagoas, igarapés e até mesmo outros rios se interligam ao Negro, e geram uma enorme explosão de cardumes com o nível das águas quando estas estão abaixo dos 4 metros... Como já foi dito antes, em SIRN, local mais acima de Barcelos, a pescaria já passa ser diferenciada, pois os cardumes são em menor número (quantitativamente) e os peixes maiores... A combinação mais desejada e aparentemente profícua, é quando as águas não interrompem sua marcha em direção à foz (no caso o rio Amazonas em Manaus) Nem precisam estar aceleradas, bastando não deixarem de descer ! Qualquer coisa diferente disso é crítico para o peixe parar de comer... (chamada água boa ou nova) Isso normalmente acontece em função de grandes volumes de chuva nas diversas cabeceiras e suas influências no descer das águas... Quando isso acontece, o peixe fica "manhoso" pois "entende" ser um sinal da mãe natureza de estação de chuvas, ou seja, época de procriação... e não raramente vemos os casais com suas proles... Depois de tudo isso, desculpem pelo tamanho do texto, me pergunto como querer arriscar um "sucesso programado" com um ano de antecedência ? Pode parecer exagero, mas dificilmente seu "investimento" numa operação de pesca referendada será viável com uma disponibilidade de reserva inferior à um ano às vezes mais até...! Fechando o raciocínio iniciado ao indicar Setembro como um começo de época promissora, neste mesmo aspecto, a segunda quinzena de novembro já é sujeita às chuvas tropicais, cujos efeitos já foram mencionados anteriormente... Claro que existem "janelas de tempo" onde esse comportamento climático não é exatamente assim, e por conta disso, as pescarias se tornam fantásticas experiências... Também no início do ano (Jan - Mar), há um pequeno período ("veranico") onde o movimento de descida das águas permite que o peixe volte a comer forte, mas isso é imprevisível ! Depois de tudo isso relatado, não perca seu propósito de ir pescar naquela região fantástica ! NUNCA é ruim, bastando que se motive com o que está no seu entorno, e não apenas com os cobiçados troféus que são "caçados" ! A parte gastronômica é excepcional, bem como a convivência com seus parceiros de pesca (frustrados ou não). A Amazônia é única e como tal pode nos oferecer cenas e situações que nos acompanharão pelo resto de nossas vidas... Não é por acaso que quem vai só pensa em voltar...(independente do peixe, que nada mais é que uma "mera consequência")
  23. 1 ponto
    Olá amigos. Vou relatar mais um caso de entupimento do carburador do motor Mercury 30Hp. O motor é NOVO. Não veio com o carburador entupido de fábrica, como no exemplo citado pelo Guto, mas na segunda pescaria entupiu! Cheguei na beira do rio, coloquei o motor no barco, fui dar a partida, apertei a "pera" para mandar combustível para o carburador e a pera não quis endurecer. Abri o capô e estava vazando o combustível do carburador. Dei umas fieiradas mas o motor não pegou. Por sorte tinha um mecânico no rancho vizinho. Levamos o motor para ele arrumar. Ele abriu o carburador. O problema era na bóia, que estava travada, sem ação. Segundo o mecânico o carburador veio com defeito de fábrica pois o pino da bóia estava trabalhando penso. Então o mecânico cortou um pedaço de plástico e fez um calço (gambiarra) e colocou embaixo do pino da bóia. Testou assoprando o furo onde passa a gasolina e depois montou o carburador no motor. Aí ele ligou o orelhão e deu algumas fieiradas e o motor pegou. Ele cobrou R$30,00 (preço bem camarada) pois salvou nossa pescaria do domingo passado. Aqui em casa já tivemos experiências 100% felizes com um motor Mercury Sea Pro e ainda temos um Mercury 15 Super muito bom também. Agora estou pensando se deixo o motor do jeito que está e testo ele em mais algumas pescarias ou mando logo resolver esse problema pela garantia.
  24. 1 ponto
    Guto Pinto

    2 ou 4 tempos ?????

    Isso é uma coisa que muitos não sabem os motores Rabeta Longas( 20 polegadas) foram feitos pra andar em barcos com popa altas , o intuito de ter uma popa mais alta é pra agua não entrar por trás principalmente em locais com ondas como no mar, tb são utilizados como motores auxiliares em Veleiros devido ao mesmo motivo ,existe no exterior até os extralongos de 25 polegadas. O problema que 99% dos barcos usados no Brasil são para motores de rabeta curta( 15 polegadas), se colocar um rabeta longa nesses barcos a hélice trabalha muito no fundo comprometendo o desempenho e aumentando o consumo . Outro mito muito comum que ouço é que os motores de 25hp e 40hp tem rabeta longa e são ruins de andar em água rasas, na verdade o tamanho é o mesmo de um 5hp o que acontece que esses motores por serem mais pesados a popa fica mais enterrada quando parados ou em baixa velocidade. Hoje todos motores até 40hp aqui usam rabeta curta( 15 polegadas) e os acima de 50hp já são todos de 20 polegadas , os rabetas longas abaixo de 40hp tem que encomendar e são usados só como motores auxiliares. Olhe um rabeta longa colocado no barco correto pra ele.
  25. -1 pontos
    Jorel

    Equipamento Lago do Peixe

    Uma vez um amigo me falou que enquanto nascem 5 pessoas inteligentes nascem 58 idiotas, na época discordei.
×