Ir para conteúdo

Vicente_SennaJR

Membro
  • Total de itens

    730
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    8

Vicente_SennaJR venceu a última vez em Novembro 17 2021

Vicente_SennaJR had the most liked content!

Sobre Vicente_SennaJR

  • Rank
    Ativo no FTB
  • Data de Nascimento 19-11-1970

Profile Fields

  • Sexo
    Masculino
  • Nome + Sobrenome (obrigatório)
    Vicente Senna Jr

Informações de Perfil

  • Localização
    Rio de Janeiro - RJ
  • Interesse
    Pesca em geral.

Últimos Visitantes

2.592 visualizações
  1. Por isso eu falei homologar são outros quinhentos, pois existem regras a serem cumpridas, o que não aconteceu. Mas como falei, em nada desmerece o peixe.
  2. Peixe lindo, sensacional. Mas para homologar o recorde é outra história, o que não tira a beleza da façanha. Mas sensacional este peixe. Monstro mesmo. Abs
  3. Fábio, as pauleiras lá merecem nossa atenção mesmo. Material equilibrado é fundamental. Uma coisa que reparei é que os peixes de lá são menos agressivos do que os de Barcelos, por exemplo, o que possibilita uma material mais leve, daí minha escolha pela varinha 10 lbs este ano. E deu de boa. Claro que requer uma atenção e um cuidado maior. Pretendo voltar em 2022. Vamos trocando experiências. Grande abraço e boas pescarias
  4. Amigo, vou passar o que sempre levo para pesca em Barcelos. Se for Balbina, por exemplo, as varas mudam totalmente de libragem. Carretilhas (todas com multifilamento 50 ou 60 lbs): - Citica 201 HG (7.2:1) - Meia água, jigs - Venator roxinha (8.3:1) - Zaras, poppers, sticks - Black widow GTX (9.5:1) - Hélice - Curado 201 HG - coringa Varas: - Rapala TS2 5.6, 25 lbs - Hélices - Black Widow 6, 25 lbs - jigs, meia água - Rapala Bronse 5.6, 25 lbs - zaras, sticks, poppers - Lumis Infinity - coringa Levo sempre quatro conjuntos e deixo um de reserva. Pensando de levar uma vara mais longa da próxima vez, em torno de 6.3 pés. Espero ter ajudado. Abs
  5. Não fique assim. Meu irmão estava em um outro barco e não pegou quase nada. Abs
  6. Irmão, obrigado por compartilhar conosco sua pescaria em Balbina. Sou suspeito para falar de Balbina. Fui este ano pela segunda vez seguida e, como no ano passado, foi um espetáculo. Fiquei na Cabana Quatá e recomendo. Mas, em se falando de pescaria, parei de contar no 239 em três dias de pescaria. Muita ação, mas muita mesmo e muito peixe embarcado. Trabalho sempre com cota zero. Este ano usei material mais leve que ano passado. Pesquei na maior parte do tempo com uma vara 10 lbs, 6.3, carretilha curado 71 XG e foi a melhor coisa que fiz. Peguei bons peixes de 56, 57, 58cm, que na 10 lbs fica um espetáculo. Também levei outros dois conjuntos de 14 e 15 lbs. É impressionante como tem peixe lá. Diversão garantida. 90% do tempo na superfície (T10, Firestick e popper foram as mais efetivas).
  7. Ótima observação quanto ao trabalho. Entravam muito mais quando stickavamos as iscas lentamente.
  8. T20 e as de meia água na cor osso. Jigs brancos e vermelhos com amarelo. Prefira os com cauda em pelo sintético. Não tive ação nos que tinham colheres. Não tentei os com isca soft e nem spinner bait. Mas acho que vale a tentativa com os spinners. Não sei se curte pescaria de peixes de couro (eu não tenho muita paciência), mas no último dia, na verdade na última manhã, após o dia anterior muito ruim, tentamos peixes de couro e saíram quatro piraíbas. Grande abraço
  9. Amigo, sempre vamos com a intenção de usar ao máximo iscas de superfície, pois nada se compara às porradas dadas pelos peixes nessas iscas. Mas temos que ter em mente a dificuldade desta temporada e pensarmos em plano B, C, etc. As minhas preferidas nesta temporada tão difícil são T20 (pra mim a melhor isca para pesca na Amazônia) e hélices e, curisco e brava de 7 a 9cm (meia água) e jigs. Trabalhe a curisco dando toques fortes com a ponta da vara, mas sem ser muito rápidos. Os peixes estão difíceis mesmo. Então, vale a aquela parceria de um levantando o peixe com hélice e o outro na meia água logo atrás. Fez muito efeito na minha pescaria. Abs
  10. Amigo, tenho a intense e acho uma excelente vara. Pode ir de olhos fechados. Aliás, a LUMIS está com ótimas varas, tanto que tenho outros modelos. Atualmente é a marca que mais me agrada, de maneira geral, em se tratando de bom custo/benefício. Grande abraço
  11. Rapaz, que relato bom de se ler. Você conseguiu passar tudo que aconteceu na sua pescaria, desde as angústias, acertos e erros. Pescaria na Amazônia é isso mesmo, sem termos certeza de nada. Alias, a única certeza que temos é de que vamos passar dias maravilhosos, apreciando uma natureza ímpar e desfrutando de momentos únicos. Tendo ou não peixe , cada arremesso é uma expectativa de entrar um peixe. Este dinamismo da pescaria com iscas artificiais é que atrai cada vez mais pescadores para esta modalidade de pesca. Parabéns pela pescaria, pelo relato. Grande abraço
  12. Show de relato. O peixe é a cereja no bolo. Nada como estar entre amigos curtindo dias maravilhosos como os que passamos na Amazônia. Grande abraço
×
×
  • Criar Novo...