Ir para conteúdo

O FTB foi atualizado e otimizado.

Antes, para visualizar todas as nossas salas, era preciso descer a barra de rolagem por muito tempo. Isto dificultava a nossa vida, principalmente a dos novos usuários, que não encontravam as salas/assuntos de interesse.

Agora as salas foram transformadas em "sub salas" e incluídas em grandes fóruns.

Esperamos que tenham gostado. :amigo:

Pesquisar na Comunidade

Mostrando resultados para as tags ''bicuda''.



Mais opções de pesquisa

  • Pesquisar por Tags

    Digite tags separadas por vírgulas
  • Pesquisar por Autor

Tipo de Conteúdo


Fóruns

  • Bate Papo Geral e Assuntos Correlatos.
    • Selecione a sala abaixo:
  • Pesca em Água Doce
    • Assuntos Gerais (água doce)
    • Equipamentos de Pesca (água doce)
    • Relatos de pescaria (água doce)
  • Pescaria em Água Salgada.
    • Assuntos Gerais (água salgada)
    • Equipamentos de Pesca (água salgada)
    • Relatos de pescaria (água salgada)
  • Pesqueiros (pesca-e-pague), Fly Fishing e Caiaque.
    • Selecione o tipo de pescaria abaixo:
  • Náutica
    • Tudo sobre náutica
    • BassBoat Brasil
  • Eletrônicos
    • Selecione a sala
  • Aprenda a usar o fórum. Entenda como ele funciona.
    • Selecione a sala
  • Anúncios Globais e Anunciantes
    • Anunciantes do FTB. Promoções aos nossos amigos pescadores!
  • Club das 22lbs
    • Galeria 22lbs. Só monstro acima de 10Kg.
  • Pacotes de pesca dos nossos usuários
    • Em Andamento
  • Classificados
    • Selecione a sala abaixo:
  • Grupos Organizados
    • Traga a sua turma de pesca pra cá. É fácil e rápido.

Encontrar resultados em...

Encontrar resultados que contenham...


Data de Criação

  • Início

    FIM


Data de Atualização

  • Início

    FIM


Filtrar pelo número de...

Data de Registro

  • Início

    FIM


Grupo


Nome + Sobrenome (obrigatório)


Localização

Encontrado 5 registros

  1. Bom demorei 1 ano para fazer este relato da pescaria mais louca que ja fiz , a mais aventureira a mais arriscada a mais tudo rs.. mas vamos la. Em setembro de de 2018 abri mao de ir mais uma ano para barcelos , para fazer uma pescaria no rio iriri -PA , 6 meses de preparacao atraas dos gigantes trairoes e o que mais tivesse que vir rs.... so que em 10 de agosto ,sofri um acidente de moto vindo a quebrar a clavicula , esquerda meus amigos da viagem imediatamente foram ate o hospital nao para saber se eu estava bem, mas pra saber se eu poderia ir na viagem ou ninguem iria rs...... atestado de 40 dias e viagem marcada para 23 dias apos o acidente , como era a esquerda ou seja o braco que uso para recolhimento , fui assim msm de tipoia e tudo rs , mas eu iria nem que fosse com um braço só . Saimos de goiania em duas camiontes toda equipada com todo tipo de coisa que puderem imaginar , 6 pescadores e rodamos cerca de 30 hrs sem parar ate a cidade de sao felix do xingu , la alugamos as canoas ,metemos no suporte que levamos em cima da camionete, atravessamos o xingu e 'investimos' mais 28 hrs para rodar 230 km, isso mesmo menos de 10 km por hr de media , nao existia estrada , o corpo ja nao aguentava mais tanto saculejo era como pescar em alto mar com dias agitados rs.... mas enfim chegamos , sem durmir em uma cama a 3 dias apenas banco de tras e com carro andando quem conhece a regiao vai confirmar meu relato. Fizemos uma pescaria de tudo é um rio extremamente farto , com variedade imensa de peixes , trairao , tucunare , bicuda de metro , pintado aos monte , cachorra,piau ,pacu borracha , ou seja tinha diversao pra tdo gosto . pegamos o rio um pouco cheio ainda o que nao e normal , mas mesmo assim fizemos uma otima pescaria. NOTA: chegando la achavamos que mais ninguem poderia estar em um lugar tao no meio do nada , mas surpreendentemente tinha e ao contrario de nos que somos praticantes do pesque solte , eles estavam de caminhao 6 freeezers e muitos metros de rede atravessando o rio em varios pontos , fora arma e tudo mais , tudo peao de um fazendeiro que mandou eles la pra matar o que desse para levar para os amigos. foi triste de ver , mas no ultimo dia passamos a faca na rede toda haahhahaha e saimos vazado. vou lembrando e vou colocando aqui rs... na ida paramos em uma currutela para almocar já la pra dentro da cultura, tinha dois caminhões de gado parado os motoristas da mesma fazenda a base do ribite e sei la oq mais , saímos depois deles do restaurante , derrepente um dos caminhões estava la parado no meio da estrada que so passa um , sem embreagem , la vamos nos amarrar cabo de aço no caminhão e amarrar uma camionete na outra pra puxar o caminhão para tras e abrir um espacinho p passarmos , la se foi mais de 1 hora parado e muita terra na cara . ACHAM QUE ACABOU?? NAO MEUS AMIGOS , O OUTRO CAMINHAO TAMBEM DEU PAU UNS 2 KM A FRENTE E BEM NA PONTE , VOCES CONSEGUEM IMAGINAR A CENA? KKKKKKKKK EU NAO SABIA SE SORRIA OU SE CHORAVA KKKKKK , MAS COM A EXPERIENCIA DO PRIMEIRO , FIZEMOS A MESMA COISA , DETALHES OS MOTORISTAS BEBADOS SO FALARAM : SE QUISEREM RETIRAR PQ EU NAO COLOCO A MAO , VOU BEBER. ARRASTAMOS E DEIXAMOS O CAMINHAO LA MEIO NO MATO MEIO NA ESTRADA. AINDA A 200 KM DE GOIANIA UM PEQUENO BURACO PRA ATRASAR AINDA MAIS A VIAGEM , BRASIL BRASIL!!! EM GURUPI PARA COMPRAR UM NOVO PNEU. JA NA BALSA AS 3:00 ATRAVESSANDO O RIO XINGU NA CIDADE DE SAO FELIX DO XINGU. DEPOIS DE UMAS 15 HRS RODANDO NA ESTRADA DE CHAO , OLHA O NIPE DO MEU AMIGO ... RSRSRS ,PIOR QUE TODO MUNDO TAVA DO MESMO JEITO RS.... MAS VAMOS LA FALTAVAM APENAS MAIS ALGUMAS HORAS. JIBOIA NA BEIRA DA ESTRADA MOSTRANDO TODA SUA BELEZA , SO NOS COUBE PARAR E ADMIRAR E AJUDAR A TIRAR DA ESTRADA. QUASE CHEGANDO FALTANDO APENAS 70 KM , CERCA DE 10 HRS E A BALSA NAO ESTAVA LA KKKK, O JEITO FOI ARRISCAR E VER SE ESSE 4X4 FUNCIONAVA MSM 20180922_165852.mp4 ULTIMA CIDADE , OLHA O NIVEL DA BOMBA DE COMBUSTIVEL , O FRENTISTA DISSE QUE GRAÇAS A DEUS COLOCARAM UMA BOMBA PRA PUXAR O COMBUSTIVEL , PQ ATE UNS DIAS ANTES ERA NA MANIVELA , O BRAÇO DELE DIREITO ERA MAIS GROSSO QUE O ESQUERDO KKKKKK. VAMOS AOS PEIXES........ A GRANDE MAIORIA FICOU NA NA CAMERA DO MEU PARCEIRO E ATE HOJE NAO PEGUEI COM ELE , DEPOIS EU POSTO AQUI QNDO ELE ME PASSAR ESQUECI DE DIZER QUE NO SEGUNDO DIA EU RETIREI A TIPOIA O MEDICO ME LIBEROU CASO ME SENTISSE CONFORTAVEL PQ O OSSO JA HAVIA COLADO NO OUTRO , POREM NAO HAVIA SOLIDIFICAÇAO ,OU SEJA ELE SUPORTARIA UM MOVIMENTO LIMITADO , MAS NAO ACEITARIA DESAFORO. POIS BEM NO 6 DIA VOLTANDO ANOITE DA PESCARIA ,LA É UM RIO COM MUITAS PEDRAS , ACHAMOS UMA NO CAMINHO E VOEI LA PARA A PONTA DO BARCO E POR EXTINTO COLOQUEI A MAO PARA NAO CAIR DE CARA , FEITO, O OSSO DESCOLOU E ACABOU COM A GRAÇA RS..... NA VOLTA CHOVEU NO ULTIMO DIA DE PESCARIA , TIVEMOS DIVERSOS ATOLEIROS , USAMOS A MOTO SERRA UMAS 4X DEVIDO AS ARVORES QUE CAIRAM NA ESTRADA , MAIS O PIOR FOI QNDO NA ULTIMA ARVORE A GASOLINA DA MOTO SERRA ACABOU E ONDE ESTAVA O COMBUSTIVEL? EXATAMENTE LA NO FUNDO DO BOLSAO DA CAMIONETE DENTRO DO COMPARTIMENTO QUE FIZEMOS PARA NAO TER RISCO DE VAZAR , EMBAIXO DE TUDO ISSO QUE PUDERAM VER NA FOTO , E DETALHE DEBAIXO DE CHUVA EM UMA ESTRADA QUE SO PASSAVA A CAMIONETE , COM MATO CHEIO DE ESPINHO E EU COM UM BRAÇO SÓ PRA AJUDAR EU TAVA MAIS PRA MAESTRO . MAS VALEU A PENA CADA KM RODADO , TENHO UMA HISORIA E TANTO PRA CONTAR PARA O MEU GURI. ABRAÇOS E SE DEUS QUISER EM NOVEMBRO ESTOU INDO A BARCELOS MAIS UMA VEZ E COM MAIS UM RELATO , MAS LA É LUXO NÉ PAE , BEM NUTELLA MESMO RS...... SEGUE UM VIDEO QUE AMIGO DO GRUPO FEZ PARA YOUTUBE. https://www.youtube.com/watch?v=2zCvjZMNm1Y
  2. Boa tarde galera!! Já faz um tempo que não adiciono um relato aqui no fórum devido as últimas pescarias serem sempre no mesmo local (no rio Tietê). Mas essa pescaria foi muito especial porque foi a realização de um sonho de pescar pelo primeira vez o tucunaré endêmico, sem ele ter sido introduzido. Eu e meu pai fomos em busca do tucunaré de la, o bruto CICHLA MELANIAE o famoso tucunaré das corredeiras do rio Xingu. Pescamos no Xingu e em seus afluentes no norte do Mato Grosso. Ficamos hospedados na cidade de Gaúcha do Norte - MT. No primeiro vídeo (dividido em 8 partes) pescamos numa lagoa do rio Xingu infestado de Cichla Melaniae e de Trairão, inclusive lá descobri que o tucunaré ta bem longe de ser o topo da cadeia alimentar kkkkkk na verdade eles são os pratos prediletos dos trairões. Segue a parte 1 de 8, se quiserem é só procurar pelas outras partes (inclusive numa delas um trairão arranca um pedaço de um tucunaré bem na minha frente): Nesse outro vídeo estamos pescando no rio Culuene (afluente do rio xingu) no rancho dos amigos. Fizemos uma pescaria só com iscas artificiais e pescamos muitas espécies nativas (bicuda, cachorra,corvina, trairão e tucunaré). Eu que nunca tinha pescado num rio sem ser represado, achei incrível!!! Inclusive a diferença do comportamento dos tucunarés nativos e quantidade de ações na artificial. Foi uma experiência incrível!!!! Me tornei mais um apaixonado pelo rio Xingu. grande abraço a todos;
  3. Fala galera, tranquilo? No ano de 2013 tive a oportunidade, juntamente com meus grandes parceiros de pesca, meu pai (Paulo) e meu irmão (Denis) de conhecer a pousada Thaimaçu, naquela época os comentários sobre a pousada já eram os melhores possíveis. Todos diziam sempre a mesma coisa, local extremamente preservado, comida fenomenal, guias de pesca bem preparados e estrutura da pousada top. Naquela época, me lembro que tínhamos agendado para o período de seca do rio (de Junho a Agosto) porém por motivos pessoais tivemos que remarcar nossa pescaria para o período de Novembro, ou seja, pegamos o rio bastante cheio, com condições não muito boas para a pesca, porém fizemos uma pescaria fantástica e todas as qualidades que ouvi durante as pesquisas pré pesca se confirmaram. Realmente a pousada Thaimaçu era "tudo aquilo" Nos anos seguintes tentamos por diversas vezes retornar aquele lugar maravilhoso, porém conseguir data na pousada é muuuito difícil. Justamente por isso que na metade do no de 2015 fiz uma reserva para Agosto de 2017, isso mesmo, fiz uma reserva para mais de 2 anos pra frente. rsrs. Depois de tanta espera enfim chegou a data da pescaria. Infelizmente, por motivos profissionais meu irmão não pode estar conosco nessa aventura, e com certeza fez bastante falta. No dia 13/08 embarcamos de Guarulhos meu pai e eu rumo a Alta Floresta, conexão rápida (nem tanto ) em Cuiabá e enfim desembarcamos em Alta Floresta, lá nos aguardava o Beto (gerente da pousada), cara muito gente boa, que rapidamente nos colocou nos transfers com o restante do grupo e seguimos para a pousada. No inicio da noite já havíamos chegado, arrumamos as tralhas, tomamos algumas Originais geladas e fomos descansar ansiosos para o dia seguinte. No dia seguinte as 05h30 café da manhã já estava servido, aliás, a parte da comida deles realmente é um capítulo a parte. Todas as frutas, verduras e legumes servidos na pousada são plantadas lá mesmo, tudo muito fresco e bem preparado. Todos os dias antes do jantar são servidos caldos e porções, as refeições sempre com bastante variedade de um dia para o outro e sobremesas sensacionais. Saímos para pescar por volta das 06h00 da manhã com o guia Joel, rapaz extremamente atencioso, prestativo e gente boa. Nesse dia pescamos no Rio São Benedito, entravamos em lagos, ressacas e pescávamos também no leito do Rio. Logo nos primeiros arremessos percebemos que o Tucunaré estava bastante ativo, muita pancada na superfície, a maioria dos peixes na faixa de 2,5kg. Nessa região se pesca o Tucunaré Fogo, que na minha opinião é um dos mais bonitos da espécie, além de ter uma força impressionante. Neste dia foram muitos ataques na superfície. Diversão garantida, e uma perspectiva de pescaria sensacional. No segundo dia de pesca decidimos subir bastante o Rio Azul, afluente do São Benedito, subimos cerca de 01h30 e iniciamos nossa pescaria em alguns lagos. Logo nos primeiros arremessos percebemos que além dos Tucunarés Fogo o dia seria dos pré históricos Trairões. Detalhe abaixo para a isca na boca do Tucunaré, o que mostra a voracidade que eles estavam atacando as iscas Quando estávamos entrando em um desses lagos do Rio Azul, bem na boca dele, onde havia aproximadamente uns 2 metros de profundidade, vejo uma mancha enorme, parecia um toco, e logo percebi que se tratava de um trairão enorme, porém ao perceber a aproximação do barco o gigante sai assutado e some na vegetação, batemos algumas iscas ali naquele ponto e nada. Depois de bater essa lagoa e pegar alguns tucunas pequenos, estávamos saindo do lago e brinco com meu pai "Vou jogar lá novamente, vai que o mostro voltou pra lá. rsrs" Ao arremessar a trabalhar uma Bonnie 95 vejo o gigante vindo como um raio atrás da isca, e quando espera a pancada ele muda a direção e some novamente no fundo do lago. Arremesso novamente e dessa vez acelero o trabalho da isca, dessa vez não vi de onde veio, uma pancada inesquecível na superfície e la estava o bicho tomando linha. Depois de algumas indas e vinda, peixe no boga e festa no barco. Neste dia continuamos com muitas ações no período da tarde. Cada peixe era motivo de festa e de cerveja. Ao passar por uma praia no leito do rio, jogo a isca e percebo que um tucunaré pequeno vem atrás, ele pega timidamente e ao recolher percebo que um macho de tamanho bem maior esta do lado dele, tentando tomar a isca, meu pai havia acabado de arremessar a zara dele longe do meu peixe, porém ao perceber o barulho da isca esse macho vira e vai como um foguete e da aquela pancada. Dublê garantido, festa e cerveja. Em 2015 fiz uma pescaria com a turma Torresmaçu que foi até o momento a pescaria da minha vida. inclusive quem ainda não viu esse relato vale a pena conferir: https://www.turmadobigua.com.br/forum/topic/38725-angatu-açu-em-sirn-só-pancada-na-superfície-super-pescaria/ Me lembro que após o primeiro dia de pescaria e algumas capturas, no barco hotel a noite perguntamos ao @Fabrício Biguá o que estava faltando em relação as condições para fazermos uma pescaria fantástica. Ele disse que o Rio estava na condição perfeita, que estava tudo certo, e que era assim mesmo, que de uma hora pra outra o peixe iria abrir a boca. Foi dito e feito, de uma hora para outra, sem explicação nenhuma os peixes começaram a espancar as hélices. Dessa vez aconteceu igualzinho, porém ao contrário. rsrs. o peixe sem explicação nenhuma resolveu parar de comer. A partir do terceiro dia de pesca, fizemos algumas capturas, porém estava muito mais difícil, o peixe estava manhoso, refugando bastante na superfície, nem parecia que estávamos pescando no mesmo rio. Mesmo assim com bastante insistência conseguimos algumas capturas. No terceiro dia de pesca, estávamos batendo isca no leito do Rio e de repente ao jogar uma Curisco e vir trabalhando uma cachorra enorme entra e sai tomando linha na vara do meu pai, já havíamos perdido várias cachorras, pois a boca da bicha é ruim de fisgar, mas dessa vez, foi até engraçado, meu pai deu umas 4 fisgadas, daquelas com raiva mesmo. . Peixe capturado, foto e cerveja. Nesses dias também entraram algumas cachorras menores e trairões. No final do último dia de pesca, já estávamos um bom tempo sem pegar nenhum tucunaré, fomos bater a entrada de uma última lagoa. batemos uma lateral e nada, quando reparamos que tinha um barco já dentro da lagoa, resolvemos então voltar batendo esse mesmo local que havíamos batido, quando de repente, novamente na curisco, entra um peixe que sai tomando linha e rapidamente já estava enroscado la pauleira, com muita calma, e um pouco de sorte o peixe sai para o limpo e depois de bastante tempo de briga ele se entrega. Um lindo Tucunaré Fogo para fechar a pescaria com chave de ouro. E assim finalizamos nossa pescaria na pousada Thaimaçu. Posso concluir que o local conseguiu melhorar ainda mais em relação a atendimento, comida, estrutura (agora tem piscina) e manter a qualidade e quantidade de peixes. Depois disso tudo só tenho que agradecer a Deus por me proporcionar momentos como esse, estar um um local tão preservado e bonito como esse já seria uma oportunidade fenomenal, mas poder estar num local como esse com alguém da família se torna ainda mais especial. Ao meu pai meu agradecimento especial por esses dias maravilhosos, por ter me ensinado sempre a dar valor a família, a ter me ensinado a praticar sempre a pesca esportiva. Cada peixe fisgado, cada peixe perdido, cada cerveja tomada, cada risada dada, ficará pre sempre em minha memória. Que venham as próximas pescarias, e que nas próximas o time esteja completo para ser mais divertida ainda. Sobre a pescaria, continuo com o meu pensamento, ainda mais forte depois da queda de rendimento da pescaria. Peixe é apenas consequência, o conjunto da obra vale muito mais do que qualquer captura. A pousada Thaimaçu muito obrigado mais uma vez, infelizmente por ter tantas qualidades conseguir uma vaga se torna cada vez mais difícil, porém assim como fiz em 2015, já reservei nosso retorno para daqui dois anos. rsrs Valeu Galera. até mais!
  4. Do álbum: Pescarias Pontara

    Bicuda capturada no lago do Rio Paranã, com isca artificial de superfície. Uma briga memorável.
  5. Pescaria no TO em Set/Out 2014 Peixe: Bicuda Isca: Curisco 90 Carretilha: Aldebaran mg7 Vara: 17lb Linha: PowePro 30lb Muita emoção, estava em busca dos tucunas e quando eu menos esperava entrou essa bicuda maravilhosa! abs turma.
×
×
  • Criar Novo...