Ir para conteúdo

Rafael Mauricio

Membro
  • Total de itens

    467
  • Registro em

  • Última visita


Histórico de Reputação

  1. Upvote
    Rafael Mauricio recebeu reputação de Lorena Almeida em Pegando as manhas da pescaria de tucuna - pesca de barranco   
    E aí Danilo,tudo bom ?
    Ja comprovem na prática muitas das suas dicas. Faço +ou- 50% das minhas pescarias de barranco ou em pedrais no meio do Xingu e o vento é um inimigo mesmo, principalmente para iscas leves. Na minha experiência de pescador de barranco, cheguei a conclusão que o arremesso as vezes tem que serem longos, coisa de 30/40 MTS ou muito precisos, pois um erro, pode custar uma isca...por isso, aconselho a todo pescador treinar o flip casting (no meu caso aprendi vendo vídeos do Nakamura). Com esse tipo de arremesso, melhores muito minha precisão, depois de muuuito treino é claro...
    No quintal aqui de casa, "desenvolvi" um método de treino :
    Num arremesso tu deixa a bóia de treino, bater no tronco da árvore, no outro, tu para a iscas antes dela bater... Mire em baldes e bacias... fazer a isca cair lá dentro...
    Isso pra mim, fez muita diferença, principalmente em alguns lagos da região do Xada e nas lagoas, atrás das traíras, onde tem muita estrutura, onde a precisão é mais importante que a distância.
    E pra pescar nos pedrais próximo a corredeiras, atrás de tucunarés e principalmente de cachorras, o importante e a distância e aí o conjunto balanceado é o mais importante, e iscas de bom peso.
    E é claro, ir explorando os barrancos, procurando pontos bons pra pescar, que só o "barranqueiro" conhece; cada local com a suas particularidades. Tem certos barrancos e pedrais aqui da minha região, que dependendo a época, as pescarias costumam a ser bem produtivas...
×