Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
Samuel Vaz

Pescaria de Carnaval - Porto Velho/RO

Posts Recomendados

Olá Amigos!

Neste carnaval passei por 2 situações distintas em 3 dias de pescaria, uma delas envolveu a quebra de 1 tabú.

No sábado fui pescar com o pessoal de meu trabalho (Paulo e Divino) aqui em Porto Velho/RO na barragem da UHE Samuel.

Está totalmente cheio, e os bichos não ficam mais nas galhadas, mas sim em gramados que ficaram submersos.

O dia estava nublado, pela manhã havia chovido, iniciamos a pescaria as 16:00, quando começou uma chuva, que parou as 17:20 e ainda o sol abriu.

Das 17:40 as 18:10, tivemos nada menos que 32 ações (somente eu e um dos parceiros), pegamos 13 (houve perda de iscas, enrosco em galhadas e até varas quebradas). Foi algo impressionante, não dava tempo de trabalhar a isca, os bichos abarcavam mesmo, teve até um momento que coloquei minha isca na água para arrumar a linha que havia enrolado na ponteira, pois o cara pegou ao lado da canoa. O Paulo fisgou 2 na mesma isca. Foi a melhor pescaria de Tucunarés da minha vida.

Obviamente marquei o ponto com GPS e no dia seguinte (domingo) a equipe foi em peso: Assis, César, e eu. A equipe da Eletrosul/Eletronorte também foi novamente (Paulo, Divino e Mendonça).

Pegamos um único Tucunaré fisgado por mim, e nem foi no local que havíamos pego no dia anterior. As condições climáticas não estavam boas, e choveu também, porém após a chuva o tempo continuou fechado. Nos divertimos muito foi com as piranhas pretas, que deram o ar de sua graça, com exemplares com média de 1,100 kg, fisgadas no coração de boi.

No dia seguinte (segunda feira), foi nova equipe, o Assis e o Reginaldo, levando o irmão do último a tira colo, relatos dizem que é um remador e beberrão eficiente, hahahahaha.

Os caras perderam a conta das ações, pegaram 21 tucunarés, chegaram bêbados de alegria.

Como o Assis, destes 21, foi responsável por 12 (eu havia pego 9 dos 13), tive que voltar ao local para ver se eu conseguiria ultrapassá-lo.

Fui ontem (terça feira) com o Serginho, que fisgou seu único e primeiro tucunaré. Infelizmente fisguei apenas 1, vi a cara dele mas não consegui tirá-lo d’água. As 17:00 tivemos que voltar pois os fortes ventos criaram ondas que são muito perigosas.

Eu nunca havia saído para pescar tucunarés e ficado sem embarcar nenhum, ontem isso ocorreu. Isso tudo é muito interessante, visto que na mesma seqüência fiz a melhor e a pior pescaria de tucunarés que já havia feito.

Obs: Na superfície, a TNT tem se mostrado muito eficiente, ganhando das Tucunarex de lavada. Na meia água, já tentei de tudo, mas a Inna 90 e a Wave 105 são insuperáveis.

A mulher do Serginho não acreditou que fomos pescar, então a câmera está em poder dele para registrar, mas assim que eu pegá-la de volta divulgarei as fotos.

O Tucunaré da UHE Samuel é o Tucunaré Amarelo, o maior exemplar já pego por nossa equipe foi de aproximadamente 3,5 kg. O Sr. Luiz, que mora às margens da barragem, onde guardamos barcos, acampamos (e muita gente faz o mesmo, ontem havia mais de 20 carros), disse que jamais viu um único exemplar de 4 kg. Embora a pressão sobre eles na região seja muita, ainda pescamos muito peixe por lá. Infelizmente não há fiscalização alguma, muita gente usa rede.

Abraços

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se registrar depois. Se você tem uma conta, CLIQUE AQUI para postar com a sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

Processando...
Entre para seguir isso  

×
×
  • Criar Novo...