Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
Leonardo Fernandez

Dúvida Melhores Points para Robalo em SP

Posts Recomendados

Pessoal, conheço mto pouco sobre o robalo, alguém pode me ajudar com os melhores pontos em São Paulo e com as dicas básicas.

Estou muito interessado em conhecer melhor esse peixe, costumo pescar mais em agua doce.

Os locais abaixo são bons? :

- Canal santos/são vicente

- Canal de bertioga

- Canal de itanhaém

- E os canais do litoral norte, qq um é possível realizar boas pescarias?

Outra coisa, quais são os melhores lugares para encontrá-los? Nos mangues? Nas barras? etc?

E última dúvida por enquanto (rs), quais as melhores luas e marés para encontrá-los ?

Agradeço desde já. Grande abraço !!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Opa Leonardo,

O Robalo é encontrado em todos os locais que você citou.Aqui em SP temos o Robalo Flecha que pode atingir 25kg de peso, o Peva até 5kg e o "discutível" Trick que é muito parecido com o Peva e não atinge 1Kg.Eles são encontrados durante o ano todo, sendo mais comum a captura dos grandes Flechas no Verão a partir do mês de Outubro e dos Pevas e Tricks no inverno.

Mesmo sendo adepto do pesque, fotográfe e solte, seguem as medidas mínimas de captura aqui em SP:

35cm para o Robalo Peva e 50 cm para o Robalo Flecha. ::tudo::

Todos os locais que citou são bons pontos de pesca de Robalo próximos a SP e ainda temos outros um pouco mais distantes como Cananéia e Barra do Una em Peruíbe. Ao meu ver, dos que você citou, não tem nenhum local que seja melhor que o outro, o que pode variar é a condição de pesca de cada um deles na data escolhida.

A pesca do Robalo exige muito estudo e observação por parte do pescador, que deve conhecer muito bem a região e saber fazer a leitura das condições para aplicá-las no dia da pescaria, esta é sem dúvida a parte mais importante. ::tudo::

A pescaria do robalo é um grande desafio pois o comportamento do peixe é diretamente influenciado por fatores externos como pressão atmosférica, temperatura, salinidade, visibilidade da água, etc... doeu:: A leitura correta destes fatores aplicados ao conhecimento do local como saber se determinado ponto de pesca é mais produtivo na enchente ou na vazante da maré, com qual altura de maré, na escolha da isca conforme a visibilidade da água, se o robalo está se alimentando na superfície ou no fundo e assim por diante aumentarão e muito a sua chance de capturas.

Como em outras pescarias, na de Robalo não existem regras absolutas, mas deixo aqui algumas dicas com base em minha experiência:

- Em mangues e canais, dê preferência para pescar em luas de quarto minguante ou crescente, dias em que a maré corre de maneira mais lenta e uniforme, sem muita variação, (ideal de 0,6 a 1,2 mt) o que faz com que o robalo localize visu mais facilmente suas presas, ou melhor, suas iscas. Evite dias de maré "morta", lembre-se que o robalos caçam e movimentan-se com as marés. ::tudo::

- Em lajes e parcéis na região costeira, prefiro pescar em dias de lua grande com maior aplitude de maré.

- Evite dias em que haja muita variação da pressão atmosférica, indiferente se está sol ou frio há 3 dias ou mais, o importante que o clima esteja estável no dia da pescaria como ocorreu nos dias anteriores, como citei antes, o Robalo é muito sensível as variações. doeu::

- Dias que atecedem a entrada de frentes frias normalmente são bem produtivos, pois o Robalo se alimenta mais para ter uma reserva de energia para enfrentar o período de frio, período em que ele ficará inativo e a pesca dificultada.Mas não se preocupe se o frio durar mais de 3 ou 4 dias, pois chega um momento em que a reserva de energia acaba e ele se vê obrigado a abrir a boca e nesta hora, nossas iscas devem estar lá! joia:::

- Busque o máximo de informações sobre o local e procure pescar com Guias de pesca ou pescadores de Robalo experientes na região que saibam fazer a leitura correta.

Equipamentos que eu utilizo e recomendo para a pesca de Robalo com iscas artificiais:

Varas- Tamanho de 5,0´ a 5,6´ com ação moderada de 12 a 14 lbs e varas de ação rápida de 17 lbs.

Carretilhas ou Molinetes abastecidos com linhas multifilamento de 20 a 40 lbs com líder de fluorcarbono.

A pescaria pode ser realizada com iscas artificiais (plug´s plásticos) de meia água e de superfície, com jumping jigs e camarões ou shad´s de silicone, dependendo da condição da maré e visibilidade da água.

As iscas mais produtivas são: 3D minow da Yo-zure, Smith Saruna 90, NN Borá 7,5, Tienco Flat Pepe 60, Jackal Bonnie 85, NN Magic Stick 8, NN Fatal 60 e 70, etc... nas cores transparente, verde limão, amarelo e laranja.

Os jigs devem ter no máximo 30 gramas e os mais produtivos são os conhecidos popularmente como "sapinhos" das marcas NS, LDK ou Dinâmica nas cores dourado, prata, verde limão,com Glow, Laranja com Glow e Preto com holográfico.

Camarões de silicone de 8 e 10 cm nas cores Natural, verde limão, ferrinho e chá com Jig Head de no máximo 15 gramas (os melhores são os da marca Gamaktsu 2/0).

O que levar além das tralhas:

Licença de pesca amadora (http://www.mpa.gov.br), Protetor solar fator 20 ou superior, Repelente, Òculos de Sol, Máquina fotográfica, roupas leves e capa de chuva.

Em uma rápida pesquisa na Web você encontrará muitas outras informações.

Espero ter ajudado e qualquer dúvida, é só falar.

Boa pescaria!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Opa Schmidt, como diz o craque Neto, baita aula vc deu agora.

Muito obrigado por todas informações...

Ouvi dizer que no canal de são vicente/santos é um pouco perigoso devido a assaltos. Será que é verdade?

Mas de qq forma, vou partir para a prática e ver o que aprendo.

Deixa eu ver se entendi certo, é bem mais fácil achá-lo no momento que a maré está correndo (período da enchente ou vazante) do que nos momentos que a maré está parada? Ou não, isso varia ?

Dentre as opções de iscas que vc passou, o stick é a que mais se destaca? É a mais produtiva?

Se possível vamos agendar uma pescaria um dia desses, é sempre bem mais fácil aprender olhando quem conhece como vc...

Mais uma vez obrigado.

Abraço.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Opa Leonardo,

Isso é um pouco do que aprendi nestes anos e que continuo aprendendo a cada dia com estes prateados.

Eu fiquei sabendo de alguns assaltos na região do Jd. Casqueiro sim, mas isso já faz um tempo e ultimamente não soube de mais nenhum episódio por lá.

Vai variar de acordo com o ponto de pesca, existem locais de pesca no reponto que são muito produtivos. joia::: O roteiro da pescaria deve ser planejado na véspera e torcer para seus indicadores estarem corretos no dia seguinte,hehehe.

Ao meu ver, os Jumping Jig´s são as iscas mais produtivas, porém nada se compara ao ataque de um Robalo a uma isca de superficie, principalmente se for um flechão em cima de um stick... È indescritível e viciante. ::tudo::

A pescaria no pincho envolve a técnica de precisão dos arremessos nas estruturas, além do correto trabalho da isca. Por isso o Stick é uma isca muito utilizada pelos pinchadores de robalo, além de ser muito produtiva quando corretamente trabalhada.

Vamos sim é só agendarmos por e- mail.(pescarobalo@gmail.com)

Abraços

Opa Schmidt, como diz o craque Neto, baita aula vc deu agora.

Muito obrigado por todas informações...

Ouvi dizer que no canal de são vicente/santos é um pouco perigoso devido a assaltos. Será que é verdade?

Mas de qq forma, vou partir para a prática e ver o que aprendo.

Deixa eu ver se entendi certo, é bem mais fácil achá-lo no momento que a maré está correndo (período da enchente ou vazante) do que nos momentos que a maré está parada? Ou não, isso varia ?

Dentre as opções de iscas que vc passou, o stick é a que mais se destaca? É a mais produtiva?

Se possível vamos agendar uma pescaria um dia desses, é sempre bem mais fácil aprender olhando quem conhece como vc...

Mais uma vez obrigado.

Abraço.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Amigo Schmidt falou tudo. Pesco no casqueiro há mais de 15 anos, nunca vi nenhum assalto, e olhe que eu entro bem dentro do mangue. robalo tem ponto hora e mare certa, aconselho inicialmente pescar com um guia, pois se não a chance de fracasso é gde, pois o canal é gigantesco, e os pontos são muito diferentes, e dificil de aprender de primeira.

A bola da vez no momento é o jighead, produtividade e qualidade inquestionaveis.

Na verdade canais em SP são só 2 o complexo lagunar Lagamar(cananeia-Iguape) e Canal Santos, são vicente-Bertioga. O restante são rios de maior ou menor volume Una, Itanhaem, Guarau, Itaguare, Guaratuba, Puruba.

O canal de São Sebastião, não é um mangue, é na verdade o espaço entre a Ilhabela e a cidade de São Sebastião, deve exstir robalos, mas não é um ponto.

No litoral norte se destacam os pequenos rios, os 2 principais Puruba e Guaratuba.

Canal só depois em RJ e abaixo de cananeia no parana o canal de paranagua.

Abs

Dini

Conselho-vai pescar com o amigo schmidt para conhecer o nosso prateado favorito. ::fishing

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

Processando...
Entre para seguir isso  

×
×
  • Criar Novo...