Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
Betho

Ajuda na criação-concepção de um nó.

Posts Recomendados

Certa vez, comprei uma vara de molinete e uma de carretilha, eram a quick retro da tacom e como a vida é uma caixinha de surpresa, a vara molinete quebrou, um tranco imbecil por estresse... então ao colocar o spincast na vara de carretilha, era um shakespeare mantis, grande drag, uma máquina, porém, não tinha antireverso, começava o uso de varas de carretilha com iscas artificiais...

Sempre tive dificuldade com nós... 

1) memorizar...

2) artrose...

3) visão embaçada...

.... Eram satisfatórios, afinal, pescava com varas de molinete que possuem guias/passadores largos e para quem eram, traíras, estavam bom demais, kkkk, pouca gente sabe, mas estes passadores e ponteiras largas é para ajudar os arremessos com travadores de boias de correr, assim o travador podia "passar" sem muito atrito....

mas, a vara de carretilha possui passadores/guias apertados, gastavam-se horas para confeccionar um nó, além disso não ficava perfeito, e o nós que tive acesso, tinham um inconveniente,  deixavam o arremate “saindo” voando em direção e sentido a ponteira, logo “desgastando-se”, enquanto o lado cônico era voltado para o molinete, pensei:

a) O nó deve ser com o lado cônîco voltado para a ponteira da vara

b) O nó deve ser fácil de fazer, pois as dores das mãos e a visão limitada não permitem muitos manejos...

c) O arremate deve ser estabilizador do arcabouço do nó nos passadores da vara.

 

Este nó, começa com a linha fluorcarbono (Figura A): 

img_como_fazer_um_no_de_marinheiro_simpl

Então, passa a linha multifilamento por dentro do nó ( da esquerda para direita) e faz-se dez voltas em torno da linha multifilamento da direita, segura com o dedo a ponta da linha multifilamento e retorna com dez voltas na mesma linha fluocarbono, isto é, da direita para a esquerda, passando por dentro da figura, passe silicone e aperte devagar, sempre acertando o "enrrugar" da linha multifilamento:

Desta forma, teremos o nó sem arremate, com a ponta do lado cônico voltado para o sentido do fluocarbono, este passará pelos passadores em direção a ponteira:

 

7vhYS1e.jpg

 

ZBOFugD.jpg

 

Aí estão as duas pontas de linha sobrando em forma de "V" na parte superior da figura, uma de fluorcarbono e a outra de multifilamento, que serão arrematadas sobre o multifilamento.

 

I) Qual será o melhor arremate para o nó?

II) Este nó super simples é malogrado?

Quem puder ajudar ou dar qualquer opinião, para que possa terminar este nó ou mesmo arrematá-lo por completo, serei grato. Estou postando FP também. 

Obrigado.

 

 

 

 

 

  

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Acabei de descobrir uma resposta consultando alguns livros, encontrei o fechamento do nó FG  no livro do Mestre Orozimbo José de Moraes, lembrando que a linha principal é o multifilamento e não o fluorcarbono, segue:

 

9wDAyQw.jpg

Então corto o fluorcarbono sobressalente aproximadamente  com 1cm, e faço a volta nele com a linha multifilamento restante.

.

.

Posso ainda optar por aquecer a base do fluorcarbono para aumentar a segurança do nó, desde que ele será a base do cone, não aumentando em tese o corpo do nó, mas isto terá que ser visto na confecção.        

 

De qualquer forma, esta aí  protótipo de nó,  vou chama-lo de Nó Akibiguá

   

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Betho disse:

......pescava com varas de molinete que possuem guias/passadores largos , pouca gente sabe, mas estes passadores e ponteiras largas é para ajudar os arremessos com travadores de boias de correr, assim o travador podia "passar" sem muito atrito....

passadores largos são pra evitar atrito pela oscilação de saída do molinete ... que é maior do que de carretilhas ... não tem nada a ver com "ajudar com travadores de boia de correr" ...

 

1 hora atrás, Betho disse:

img_como_fazer_um_no_de_marinheiro_simpl

Aí estão as duas pontas de linha sobrando em forma de "V" na parte superior da figura, uma de fluorcarbono e a outra de multifilamento, que serão arrematadas sobre o multifilamento.

 

I) Qual será o melhor arremate para o nó?

esse nó já existe ... é uma variação do GT knot para pesca vertical .... impróprio para pincho ... é para jiggng ...

o arremate é por uni knot com 4 ou 5 voltas ...

 

1 hora atrás, Betho disse:

Quem puder ajudar ou dar qualquer opinião, para que possa terminar este nó ou mesmo arrematá-lo por completo, serei grato.

esqueça esse nó para arremesso ... principalmente se usar fluor ...  faça o velho , bom e simples albright ... muito mais fácil de confeccionar e de acabamento melhor do que esse ( para pinho ) ....

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
45 minutos atrás, Betho disse:

Acabei de descobrir uma resposta consultando alguns livros, encontrei o fechamento do nó FG  no livro do Mestre Orozimbo José de Moraes, lembrando que a linha principal é o multifilamento e não o fluorcarbono, segue:

 

9wDAyQw.jpg

Então corto o fluorcarbono sobressalente aproximadamente  com 1cm, e faço a volta nele com a linha multifilamento restante.

fechar com half hitch sobre o nó ? ... esqueçe ...

repito ... nó no fluor/mono é totalmente inviável em se tratando de pincho ....

 

faz o albright e dá o acabamento na multi com um uni knot  .... pra quê quer inventar ?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ok. Obrigado pelos comentários.

.

1) Não citando a figura a seguir, inclusive da inclinação "moderna" da alça dos molinete que algumas marcas projetaram para diminuir a oscilação que citou:

 

Spinning-Rod-Versus-Casting-Rod.png

 

 

isto é, não estou me referindo ao fato de ser necessário ter passadores grandes perto do molinete para se evitar a torção, mas passadores grandes no final da vara, inclusive a ponteira da vara, o que era voga nas varas antigas..

 

Quanto ao restos dos comentários vou ver os vídeos, analisar depois comento aqui.

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
12 minutos atrás, Betho disse:

isto é, não estou me referindo ao fato de ser necessário ter passadores grandes perto do molinete para se evitar a torção, mas passadores grandes no final da vara, inclusive a ponteira da vara, o que voga nas varas antigas..

passadores maiores evitam atrito por oscilação ( nos molinetes ) .... molinetes necessitam de um ângulo de entrada maior .... não são para evitar torção ...

 

varas antigas o próprio nome já diz .... concepção antiga ... não é pelo fato de se ter que utilizar travadores ( ou stop ) ...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Então, seja "torção" ou oscilação, não é a isto que estou me referindo. vou tentar achar uma foto, independente da foto, vou deixar aqui minha dúvida sobre a confecção do nó na linha fluorocarbono para pincho, pois pesco peixes pequenos e a linha que uso é bem flexível, permitindo diversos nós, talvez aí esteja a minha falta de visão.   

 

Aqui está já um conceito moderno de ponteira larga na ponta da vara, que também exigirá guias mais largos na ponta:

 

https://www.mudhole.com/CRB-SSR-Light-Duty-Tip-Top-Guides-Model-XLT

 

61RO84WNZsL._AC_SX450_.jpg

 

 

Desta forma lança-se a boia com o chumbo, próximo a ponteira da vara vara, já que o "stopper"  vai passar pelos passadores do topo da vara sem atrito. Estava afirmando que aquelas velhas varas nas lojas de pesca com passadores enormes no topo, geralmente de cor branca, tinham uma utilidade que se perdeu com o tempo....

Editado por Betho
Inserção da informação

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
46 minutos atrás, Betho disse:

vou deixar aqui minha dúvida sobre a confecção do nó na linha fluorocarbono para pincho, pois pesco peixes pequenos e a linha que uso é bem flexível, permitindo diversos nós, talvez aí esteja a minha falta de visão.   

vou repetir aqui o que te respondi lá no Pescaki ...

 

se vê problema em um albright ( que é uma dobra no fluor ) ... vc quer fazer um nó que se inicia com "nó" ? ...( desculpe a redundância ) ...

 

se tem dificuldade em confeccionar ( entendo perfeitamente ) SF , FG , Midnight , RF , etc .... use o albright e finalize com uni knot na multi ...

 

seu problema é desgaste ( no atrito nos passadores ) ? ... refaça o nó ...

 

ou use mono direto ( ou fluor ) .... já que comentou se tratar de peixes pequenos ...

 

abraço e boa sorte ...

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Com base nas informações do vídeo que passou, agora de manhã fiz umas pesquisa no canal do vídeo no Youtube e conseguir achar o vídeo do nó que estava querendo, a primeira é que realmente o nó já existe, claro, está no youtube, sobre ele: 

.

1) Matt Hayes mostrou isso 15 ou mais anos atrás, no Fox Advanced Carp Fishing VHS. Abuso do nó desde esses dias, nunca me decepciona. "El Carpo", no vídeo Youtube.

.

2) Este nó era chamado de "Bug Knot" por 20 anos, por Dave Stone.

.

3) Há uma série de nós que são comumente usados para conectar os líderes e mainlines - por isso, quando recebemos pedidos de clientes perguntando a melhor forma de conectar Kinetic Distância Braid ao nosso novo trançado Sinking Líder Choque nós pensamos melhor gravar um vídeo rápido para mostrar aquele que a maioria de nossa equipe usa no dia a dia. É chamado de Mahin Knot (às vezes chamado de Carrot Knot) e neste breve vídeo Lewis mostra como dar esse nó da forma mais forte que ele conhece. Quando bem amarrado e acamado, o Mahin tem uma bela forma cônica, que flui naturalmente através dos anéis da haste, mantendo a boa força do nó. Gardner Tackle TV Carp Fishing

.

Foi justamente isto que estava procurando em um nó: Uma forma cônica que fluísse pelas hastes da vara, mas ficou evidente que se trata de um nó para pesca de carpas, e que, não poderá ser um bom nó para pincho ou de fato, que não seja mesmo. Segue os vídeos e links:

 

 

 

 

Gostei dele, pelos motivos que já foram descritos, foi justamente a busca de um nó com menos atrito que me levou a pensar isto, e graças ao link do vídeo que postou, eu encontrei, se é eficiente ou não, forte ou não, é o que afirmou, é outra estória...

.

.

Quanto a fio de aço, é que se diz: Que o líder de aço atrapalha o trabalho "movimento" do jig, principalmente no microjig, por ser duro, assim, sem flexibilidade e de nós mal arrematados. Porém, tempos atrás, quando o dólar ainda era acessível, comprei o líder de aço AFW e ainda o tenho, que muda todo este cenário:

Fio líder revestido de nylon AFW Surflon Micro Supreme 7x7

Talvez o melhor fio líder disponível! Surflon Micro Supreme é um fio de aço inoxidável de 49 fios em miniatura que é extremamente flexível e resistente a torções. Este fio é ideal para muitos tipos de pesca esportiva porque pode ser amarrado à sua isca e linha como monofilamento, fornece maior flexibilidade e menos elasticidade do que o monofilamento, e geralmente tem diâmetro menor por libra teste e, portanto, menos visível na água . Surflon Micro Supreme é extra flexível e virtualmente não tem memória ou elasticidade. O fio aumenta a ação de iscas vivas e artificiais e adiciona um nível de realismo nunca antes alcançado com o uso de fio ou outros materiais líderes, como monofilamento e fluorocarbono.

Este arame é ideal para apresentar uma isca real em qualquer profundidade e pode enganar o tímido Billfish enquanto resiste aos ataques violentos e afiados da Cavala e de Tubarão. Excelente para lançar moscas e atrair os peixes com dentes mais exigentes para a superfície. Nenhum outro fio oferece uma ação mais realista, tanto acima quanto abaixo da água. A baixa elasticidade e a alta sensibilidade permitem que você fixe os ganchos com mais rapidez e precisão. Prenda usando nós de monofilamento comuns, como Albright Knot, Clinch Knot, Nail Knot, Perfection Loop, Surgeon's Loop ou Uni-Knot. Fabricado nos EUA pela AFW.

 

https://www.afwfishing.com/afw_products/Surflon_Micro_Supreme_Leader_Wire_Nylon_Coated_7x7.asp

 

De qualquer forma, repito novamente o obrigado, não conseguiria achar as informações sem a sua ajuda.

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 08/05/2021 em 23:27, Armando Ito disse:

vou repetir aqui o que te respondi lá no Pescaki ...

 

se vê problema em um albright ( que é uma dobra no fluor ) ... vc quer fazer um nó que se inicia com "nó" ? ...( desculpe a redundância ) ...

 

se tem dificuldade em confeccionar ( entendo perfeitamente ) SF , FG , Midnight , RF , etc .... use o albright e finalize com uni knot na multi ...

 

seu problema é desgaste ( no atrito nos passadores ) ? ... refaça o nó ...

 

ou use mono direto ( ou fluor ) .... já que comentou se tratar de peixes pequenos ...

 

abraço e boa sorte ...

 

 

O colega está certo.

 

O nó cenoura flui muito bem pela linha, inclusive usei uma capa de silicone para protege-lo, mas não se mostrou confiável para os lançamentos repetidos, apesar de ainda não compreender muito bem as razões contidas na sua frase "... vc quer fazer um nó que se inicia com "nó", mostrou-se verdadeira. 

.

De fato, a sua resposta é a melhor solução, porém. ficarei atento para alguma alternativa.

 

Obrigado

 

https://www.boaisca.com.br/product/conetti-in-gomma-art-239-stonfo/

 

8eD4qJ7.jpg

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Betho disse:

 apesar de ainda não compreender muito bem as razões contidas na sua frase "... vc quer fazer um nó que se inicia com "nó",

* trecho da conversa no Pescaki ....

 

 você : ... a questão desse nó é que ele "bate" muito em micro passadores, é só isso, há um desgaste no excesso de lançamentos, se não fosse isso, acharia ele perfeito

 

eu: ... só não entendi o pq da questão do albright ( que é uma "dobra" da fluor ) ... "bater" nos passadores ( que é seu problema ) ....

e vc quer criar justamente um nó que se inicia com nó no fluor ?? ( e justamente fluor que é muito mais duro que mono ) ...

 

você: ... o nó de fluor é quase imperceptível e ele fica protegido pelo cone de multifilamento que vai recebendo os trancos

 

eu: ... não entendo como vc pode achar um "nó" no fluor imperceptível .... e questionar que o albright ( que é uma dobra ) bater e sofrer desgaste ...

 

:good:🏴󠁧󠁢󠁳󠁣󠁴󠁿

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se registrar depois. Se você tem uma conta, CLIQUE AQUI para postar com a sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

Processando...
Entre para seguir isso  

×
×
  • Criar Novo...