Ir para conteúdo

O FTB foi atualizado e otimizado.

Antes, para visualizar todas as nossas salas, era preciso descer a barra de rolagem por muito tempo. Isto dificultava a nossa vida, principalmente a dos novos usuários, que não encontravam as salas/assuntos de interesse.

Agora as salas foram transformadas em "sub salas" e incluídas em grandes fóruns.

Esperamos que tenham gostado. :amigo:

Pesquisar na Comunidade

Mostrando resultados para as tags ''lago do maçarico''.



Mais opções de pesquisa

  • Pesquisar por Tags

    Digite tags separadas por vírgulas
  • Pesquisar por Autor

Tipo de Conteúdo


Fóruns

  • Bate Papo Geral e Assuntos Correlatos.
    • Selecione a sala abaixo:
  • Pesca em Água Doce
    • Assuntos Gerais (água doce)
    • Equipamentos de Pesca (água doce)
    • Relatos de pescaria (água doce)
  • Pescaria em Água Salgada.
    • Assuntos Gerais (água salgada)
    • Equipamentos de Pesca (água salgada)
    • Relatos de pescaria (água salgada)
  • Pesqueiros (pesca-e-pague), Fly Fishing e Caiaque.
    • Selecione o tipo de pescaria abaixo:
  • Náutica
    • Tudo sobre náutica
    • BassBoat Brasil
  • Eletrônicos
    • Selecione a sala
  • Aprenda a usar o fórum. Entenda como ele funciona.
    • Selecione a sala
  • Anúncios Globais e Anunciantes
    • Anunciantes do FTB. Promoções aos nossos amigos pescadores!
  • Club das 22lbs
    • Galeria 22lbs. Só monstro acima de 10Kg.
  • Pacotes de pesca dos nossos usuários
    • Em Andamento
  • Classificados
    • Selecione a sala abaixo:
  • Grupos Organizados
    • Traga a sua turma de pesca pra cá. É fácil e rápido.

Encontrar resultados em...

Encontrar resultados que contenham...


Data de Criação

  • Início

    FIM


Data de Atualização

  • Início

    FIM


Filtrar pelo número de...

Data de Registro

  • Início

    FIM


Grupo


Nome + Sobrenome (obrigatório)


Localização

Encontrado 4 registros

  1. Pescaria Realizada de 17 a 24 Novembro 2017 no Lago do Maçarico-AM na pousada Caramuri, nos reunimos em 8 pescadores, uma parte do Mato Grosso do Sul e outra parte de São Paulo. Tive o prazer de presentear meu pai com essa pescaria, no dia de seu aniversário eu imprimi as passagens e o “enganei” dizendo que não tinha tido tempo de comprar um presente, mas que eu tinha escrito uma carta, pois bem, quando ele abriu o envelope, ficou meio sem entender, mas logo captou a mensagem do presente, para minha surpresa o coroa caiu no choro de tanta emoção, mal eu sabia que era o sonho da vida dele um dia pescar na Amazônia. A partir daí comecei a montar nossa “traia de pesca” para o amazonas, os dias iam passando e a expectativa aumentando e meu pai contando os dias....kkkkkk. Como tenho acompanhado os vários relatos dos amigos aqui no fórum, a expectativa era muito grande em conhecer a Amazônia e proporcionar para meu Pai uma pescaria muito boa e produtiva, eu e ele nunca tivemos a oportunidade de pescar na Amazônia, e Graças à Deus a pescaria foi muito boa ! Mesmo com o nível do rio subindo conseguimos pegar alguns belos exemplares. Saímos do aeroporto de Guarulhos num voo direto para Manaus, que por sinal uma viagem tranquila! Enfim chegamos a Manaus e quando a porta do avião se abriu já sentimos aquele “bafo” de calor em nossa cara, logo pensei.....essa semana vai se quente...kkkkk. Partimos para o hotel para passar a noite (que por sinal demorou demais para passar, a ansiedade estava muito grande) e no sábado por volta do meio dia o pessoal da pousada passaria no hotel para nos levar ao porto e seguir para pousada. Todos embarcados no micro-ônibus, partimos para nossa jornada! Chegando no porto embarcamos para fazer a segunda perna da viagem, onde passaríamos pelo encontro das águas do rio negro e Solimões. Novamente embarcamos em outro ônibus, entre estrada de asfalto e estrada de terra chegamos ao local para pegarmos o barco com destino à pousada. Abaixo seguem algumas fotos das capturas durante nossa pescaria. A cara de Felicidade do meu Pai com o troféu na mão !!!! Belo Tucuna !!! Nosso Piloteiro Flávio que prestou um serviço Excelente, um cara gente boa demais, humilde e que sabe ensinar as "manhas" para as belas capturas !!! Flavião PARABÉNS e OBRIGADO. Robson com seu exemplar !!!! A Cara de felicidade !! Bruno Com seu Troféu !!!! Cesar mostrando sua captura !!! E como tudo que é bom dura pouco, nossa semana se encerrou com uma experiência fantástica neste paraíso chamado Amazônia, mente renovada, bagagem cheia de histórias e relatos ! Com toda certeza voltaremos para novas aventuras e capturas dos Açus ! Hora de partir...... Quero agradecer à Deus por essa oportunidade de conhecer mais um pedaço do nosso Brasilzão e por proporcionar para o meu Pai essa pescaria ! Por isso dedico esse relato para ele Sr. Valmir Gomes, valeu Pai !!!!
  2. 14 de Novembro/2016 fui conhecer a nova pousada do Moises Rodrigues, Recanto do Maçarico, situada proximo a Manaus na área do rio juma afluente do Rio Madeira. Após a recepção no aeroporto, pelo Moises, em aproximadamente duas horas estavamos na pousada, por sinal muito bem montada. Eu estava cheio de expectativas pois havia pescado nesta região no ano passado, no final de outubro/inicio de novembro e havia feito uma pescaria muito boa. As noticias eram de que os peixes não estavam atacando as iscas e as ações eram muito poucas, fiquei preocupado! Fiquei sabendo qeu a pescaria , ap contrário do ano passado seria mais no lago do maçarico e não no juma cujas aguas estavam barrentas. Mas.... com a graça de Deus eu havia comprado, tres dias antes de viajar, alguns streamers adaptados para uso em vara de bait, e levado bastante jigs e isto fez toda diferença. Parecia brincadeira, enquanto a maioria dos pescadores não pegava quase nada eu estava pegando um peixe atrás de outro!!! e peixes entre 4 a 9 kg a maioria deles! foram muitas brigas memoráveis e pouco peixes escaparam! No sabádo quase na hora de viajar de volta a Manaus, no final da manhã, um peixe de força descomunal agarra meu streamer e sai disparado levando grande quantidade de linha da carretilha, eu gritando pro piloteiro ir atrás e ele dizendo pra segurar pra não ir pra galhada e eu..... apertei mais a ficção e ... o anzol saiu da boca do peixe!!!!!! troféu perdido! tristeza mas alegria da breve valente briga, ficou só o sonho e a imaginação se seria um açu de mais de 12 kg, quem sabe??? No total foram 93 bons peixes capturados ( eu conto todo os dias os peixes pegos juntamente com o piloteiro) e bons peixes. Fiquei muito bem impressionado com a pousada que foi perfeita, alimentação, acomodação, pilotos, o cuidado do Moises para que tudo estivesse bem, enfim recomendo muito! è uma região de tucunares grandes! e a gente fica sempre com a expectativa de um troféu! O contado da pousada (recanto do maçarico) e do Moises Rodrigues estão no facebook. video-1479661739.mp4
  3. Fui conhecer o Rio Juma afluente do Rio Madeira com a Turma do Choma de Curitiba no período entre os dias 19 e 24/09/17. Ficamos hospedados no Lago do Maçarico na Pousada Amazon Rain Forest do amigo Douglas por sinal muito bem montada com uma equipe dedicada e que fez de tudo para que nossa estadia fosse a mais agradável possível. Nossa turma de 22 pescadores do Paraná e Santa Catarina, amigos que pescam juntos há muitos anos. Alguns que estiveram no ano passado no mesmo local e tiveram uma pescaria memorável com excelentes peixes nos deixaram cheios de expectativas. Chegando na pousada no dia 19 a noite as notícias não eram muito animadoras pois houve uma chuva forte e com uma grande queda de temperatura que chegou a 28°C ( o que é muito frio para a região). O rio estava uns 2 metros acima do ideal e os peixes estavam sentindo muito essa variação e as perspectivas não eram as melhores. Sabe quando bate aquela dúvida em relação a data escolhida para a pescaria: será que não chegamos cedo demais? Será que vai entrar peixe? Só restava esperar e torcer. No primeiro dia de pesca saímos cedo para um local chamado Boto, próximo a pousada. No caminho um alerta, havia uma grande quantidade de peixes grandes boiando no rio, eram tucunarés açus e pacas grandes, uma verdadeira lástima. Segundo o guia eles morreram devido ao frio. Chegando no ponto de pesca, iscas na água e pouquíssima ação como era de se esperar. Nada na superfície, nada na meia água, alguma ação de peixes pequenos nos jigs que salvaram o dia, apenas os jigs pequenos e sem aquela extensão no rabo. Na parte da tarde o tempo começou a esquentar e o sol saiu rachando, o Lago do Maçarico estava acordando...a ação que era rara começou a aumentar gradativamente. Chegou o fim da tarde e retornamos a pousada com uma certeza que o segundo dia seria melhor. No segundo dia fomos pescar no alto Juma pois segundo os relatos do pessoal da pousada era lá que estariam os maiores exemplares. Fomos num local chamado Boca do Furo do Madeirinha há 1h 45min aproximadamente da pousada. Chegando lá, meu parceiro Choma pegou seu equipamento de fly e logo nos primeiros arremessos conseguiu fisgar um bom exemplar. Eu estava tendo pouca ação nas iscas maiores tentei hélices, poppers, zaras, meia água e nada... Então o guia vendo que eu estava com a caixa cheia de iscas grandes de 12 a 17 cm, me emprestou uma brava 90 com costas preta e barriga prata e boca vermelha... Eu pensei, vou tentar a isca do guia fazer o que? Testei a bravinha do Lucas... Ele me disse 3 toques rápidos e fortes e uma pausa e repete: pip pip pip... pip pip pip ... pip pip pip... pip pip pip ... pip pip pip... pip pip pip ... e POW! Era minha primeira ação um tucunaré paca bruto que deu uma briga muito boa e que já valeu a viagem. Vai uma dica se você está “pipoqueiro” no barco e não consegue o primeiro peixe enquanto o parceiro pega um atrás do outro, relaxe fique tranquilo e peça uma isca emprestada do guia. Comigo funcionou e depois disso foi só alegria. Era ação sem parar, só porrada, entraram tucunas de 2 a 7 kg e até algumas aruanãs, piranhas e traíras. Na hora do almoço o Douglas e sua equipe prepararam comida e bebidas e levaram redes para o pessoal dar uma descansada de 15 minutos para então voltar para a pescaria. Tivemos uma tarde com muita ação e bons peixes retornando para a pousada com os braços doloridos mas com um grande sorriso no rosto e com a certeza de que no outro dia voltaríamos à Boca do Furo do Madeirinha. No terceiro dia amanheceu chovendo e quando chegamos ao nosso ponto mágico já tinha 2 barcos de colegas da nossa turma em cima do pesqueiro. Então ficamos numa outra ponta que o piloteiro disse que havia peixe grande também. A ação não demorou a acontecer nas meia águas pequenas e jigs e pegamos uma grande quantidade de peixes nesse dia batemos o recorde com mais de 50 peixes. No sábado último dia de pescaria resolvemos fazer uma pescaria mais próxima à pousada no Igarapé Santo Antonio, um local muito bonito e com muita ação pegamos muitos peixes na meia água e nos jigs a tarde quando não havia mais braço resolvemos partir para o corrico com meia água e impressionantemente pegamos mais vários tucunarés de bom tamanho e um deles acredito que seria meu troféu de dois dígitos que escapou (como sempre o maior sempre escapa mas esse com certeza tinha uns 12kg). Nunca tinha visto cardumes de tucunarés se alimentando dos pequenos peixes e estourando na superfície, foi lá que percebemos que a pesca esportiva e a conscientização da cultura de preservação é muito importante e está dando ótimos resultados naquela região. Ficamos muito impressionados pela beleza da região, pelo atendimento da Pousada Amazon Rain Forest e do Douglas, tivemos um excelente atendimento, ótima estrutura, comida excelente, guias muito bons e o local realmente excepcional que nos faz sempre sonhar com aquele troféu que pode aparecer a qualquer momento. VID-20170926-WA0065.mp4
  4. Pousada recém inaugurada porem com grande profissionalismo no atendimento, acomodações, alimentação e logistica de pesca mutio boas. Proprietário sempre presente e atento às necessidades dos clientes. Local de grandes tucunarés.
×
×
  • Criar Novo...