Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
Guilherme de Barros

Matrinxã e caranha no São Francisco

Posts Recomendados

Olá a todos.

Pois bem, no feriado irei para Ibiaí (rio São Francisco) e me disseram que o forte lá são principalmente os dourados, matrinxãs e caranhas, então estou tentando montar alguns equipamentos adequados para eles.

Tenho dúvida em especial com às matrinxãs, em relação à libragem das varas e melhores iscas. Tenho uma Procaster de 17 lbs, uma Greenbass também de 17 lbs e vou comprar uma Hunther Fish com libragem ainda a ser definida. As carretilhas são uma Lubina Tournament JH e uma Curado 201e7, ambas com linha Power Pro 0,25 mm. Com relação às iscas, tenho spinners da MS (Spinner Laser) de 7g e 9g. São muito grandes? Também pretendo comprar giradores de rolamento e creio que deveriam ser nº 1, correto? Tenho também outras iscas de meia água, com 7 e 9 cm.

Para os pacus, tenho uma vara Evolution de 30 lbs (talvez um pouco pesada, mas me disseram que os caranhas lá podem ser bem grandes e é uma vara flexível), um molinete Crossfire 3500 e linha 0,37 mm (28 lbs). Devo usar um chicote com cabo de aço? Se sim, qual libragem?

Quem tiver experiência com o local, peço, por favor, que também me dê dicas em relação às melhores iscas naturais para pacu e dicas em geral.

Novatos e seus extensos questionamentos... seila:: rindo3::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá Guilherme;

Tenho pescado boas caranhas lá pelas bandas do rio Urucuia no norte de Minas , nos meses de maio e junho , ficando hospedado na pousada Rancho Aladim . Por lá, o normal são caranhas na faixa de até 5 kg com histórias de exemplares entre 10 e 15 kg.

Utilizo varas de 17 ou 20 lbs, 6 pes, linha multi de 20 lbs, porém na extremidade utilizo uma chumbada solta, distorcedor , 50 cm de mono da max force 0,30 e anzol de haste longa 1/0. Caso deseje utilizar anzóis haste normal, utilize um encastor de aço de uns 5 cm e este deverá ser revestido com tripa de galinha amarradas com elástico tricô ( utilizado na pesca de praia com camarão ) . Fazer uma ceva com milho azedo jogando no mínimo 2 baldes de 18 litros por dia ( 01 pela manhã e outro pela tarde ), durante uns 3 dias.

Utilize o milho da ceva como isca colocando quantos grãos forem necessário para tampar todo o anzol. Não deixe o molinete travado no secretário do barco pois ele pega na porrada e sem aviso . Recomendo ainda, abrir uma delas no meio de forma a obter 2 badejas sem retirar as escamas . Coloque para assar na churrasqueira, sempre com as escamas para baixo . Quando estiver nos minutos finas para ficar no ponto, passe na carne requeijão ( destes que vem em potes ) e aguarde mais uns 15 min.. Isto se chama “caranha a mineirinho”.

Experimente e depois mande as fotos para galera .

Inté ;

Carlos Sá

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olha ;

Vontade para ir lá não falta . Credito que iremos retornar em maio 2012 . Se deseja pescar caranhas, posso lhe garantir que o ponto chave não é apensa o lugar mas sim o quandoe boa seva . No Urucuia em maio de 2009, pegamos 18 . Em outubro de 2010, no memlo lugar, com a mesma técnica, a mesma isca .... nem uma . Não vá em junho . A temperatura cai para 10 graus a noite e o peixe desaparesse . Veja as fotos no site da pousada Rancho Aladim. Gosto de ficar no Aladim pois não é caro e é confortavel.

Carlos Sá

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se registrar depois. Se você tem uma conta, CLIQUE AQUI para postar com a sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

Processando...
Entre para seguir isso  

×
×
  • Criar Novo...