Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
Fabricio Maciel

Açude do Castanhão CE (16,17 e 18/07/11)

Posts Recomendados

A equipe Team Adventure fez a 2ª Expedição ao Açude do Castanhão CE, dessa vez pescamos eu, Fabrício Maciel e Robson SJE e os irmãos Eduardo e Marcello Gurjão, usamos 2 barcos, os irmãos Gurjão ainda puderam contar com o experiente guia Gilberto.

A expectativa era pegarmos um final de semana com pouca chuva e pouco vento, essa era a previsão que haviamos visto no climatempo, mais ás 4 da manhã quando levantamos para tomar café as coisas não eram bem assim, chovia bastante e fazia um frio daqueles, eu mesmo pensei em adiar nossa saida, mais os irmãos que tinham pescado no dia anterior disse que logo logo iria estiar, então seguimos para o local onde desceriamos os barcos e apesar do frio, da chuva e do nevoeiro preparamos tudo para nossa pescaria.

O trio adventureiro movido a Whisk estava todo animado, antes das 7 da manhã já estavam todos mamados, enquanto eu tentava me abrigar em baixo de uma latada de uma embarcação para aguentar o frio, mais com o passar do nevoeiro descidimos encarar as águas do grande açude, o fato lamentavel é que ao fazer as primeiras filmagens a lente de minha camêra embaçou e perdi qualidade tanto nas fotos quanto nos videos, além dela não funcionar em alguns momentos por causa da água, perdemos varias brigas e deixamos de fotografar e filmar alguns bons peixes.

No dia 16 seguimos o barco dos irmãos Gurjão já que estavamos sem guia e não conheciamos bem o açude, tanto eu quanto o Robson estavamos ali pela segunda vez apenas, mais em determinado momento da navegação até o ponto escolhido pelo guia vimos uma pequena ilha de pedras no meio do caminho e resolvemos parar para dar umas pinchadas, não deu outra, em apenas 40 minutos de pescaria embarcamos 6 bons exemplares, tive 2 linhas estouradas e perdi dois brutos, o Robson também teve boas ações e também embarcou bons peixes, a grande surpresa foi um ataque monstruoso em minha isca de helice de 12 cm, na hora eu e o Robson ficamos estáticos, pareciamos que tinhamos visto um fantasma, o peixe deu uma bote na isca e correu para as galhadas, fiquei totalmente sem ação vendo aquela cena, coisa de doido.

Enquanto isso os irmãos se distanciaram e perdemos eles de vista o que nos obrigou a termos que buscar sozinhos alguns pesqueiros para pincharmos, mais essa tarefa não foi das mais dificeis, em todos locais os peixes estavam atipicos, o Robson me propôs que fizesse o relato dizendo que era o relato das excessões, pois os peixes estavam atacando tudo, em especial a iscas de superficies e com helices, ele usou uma Jump Minow de 12 cm e detonou, eu começei com minhas waves e em apenas 1 hora de pescaria já tinha perdido 3, como estavamos sem guia e não tinhamos coragem de mergulhar só me restava estourar a linha e partir pra outra, dai então começei a usar uma bora 10 que logo também foi pras profundezas na boca de um bruto, ai então comecei a usar uma bora 12 que estava na caixa a quase um ano e nunca tinha ido pra água, ai começou o desmantelo, passei quase 2 horas com ela e devo ter embarcado uns 30 tucunas de todos os tamanhos, até um momento em que um cavalo encharutou-a e levou-a nas costas, a essa altura nossas 2 baterias já estavam detonadas devido a algum problema com o motor eletrico do Robson, então resolvi travar todo freio e travar a linha também com o dedo, e o monstro saltou e ao cair abriu a garateia zerada da bora 12 deixando-a igual a uma agulha, pense numa agonia, o Robson disse que nunca tinha visto alguem gritar tanto, kkkkkkkkkkk, logo em seguida ela também foi conhecer e ficar nas profundezas do açude do castanhão levada provalvelmente pela femea do primeiro que no mesmo local atacou-a quando dei o proximo arremesso.

Foi unaneme a constatação de todos de nossa equipe que fizemos a melhor pescaria de tucunarés de nossas vidas até o momento, foi um final de semana daqueles para ficar na memória pra sempre, desculpem o texto muito longo mais é que me empolguei um pouco.

Vamos então as imagens e fotos, como disse anteriormente com a lente embassada as imagens perderam muito da qualidade, com as que ficaram melhores resumi algumas cenas desse dia extraordinário.

1° dia - Fabrício e Robson

2º dia - Fabrício e Robson

Já no outro barco a galera também detonou, com auxilio do guia e com as baterias carregadas eles conseguiram embarcar alguns brutos, com destaque para o monstro que o guia Gilberto embarcou no segundo dia, pois é, apesar de estar guiando os irmãos fizeram questão que ele pescasse também e veio o resultado, parabens Gil, mais os Gurjões também embarcaram seus brutos, na parte do relato deles não coloquei no video as imagens porque o Eduardo usou uma camêra que filmava em Full HD e eu ainda tentei converter mais a qualidade não ficou satisfatoria, então coloquei no video deles só as fotos.

Bem galera, essas foi nossa melhor pescaria de tucunarés até o momento, não que não tinhamos feitos outras boas pescarias, mais é que nesse final de semana os Deuses da pesca nos presentearam com varias grandes ações que só em nossas mentes ficaram para eternidade, nos dias 5,6 e 7 retornaremos ao açude do Castanhão para 3ª Expedição do Team Adventure, espero que passamos ter a mesma sorte que tivemos na 2ª.

Grande abraço a todos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

doeu:: doeu:: doeu::

QUE QUE ISSO HEIN!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Nunca vi tanto peixe rapazzzzzz!!! Pesquei muito lá, conheço bastante o açude e posso te dizer que realmente foi A PESCARIA hehehehehe

Show !!!

Galkera animadona dimais!!! E tome goroó!! hehehehee LOGAN piou hein na mão da galera ::fishing ::fishing

Parabéns Fabrício e equipe!!! Dimais o relato! ::tudo:: ::tudo:: aplauso:: aplauso::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fabricio e turma!

Parabens a todos pela maravilhosa pescaria.

É impressionante,o Castanhao difere de todos os outros pontos de tucunas quando o assunto é a CHUVA. Em dias que a agua cai naquele paraiso, os BOCUDOS ficam doidos, tao doidos, que até mesmo na supericie os bichos são capturados . ( Os tucunas do castanhao diferente dos da serra da mesa e barcelos preferem sempre as iscas de meia agua ).

Nos dias 14,15 e 16 de agosto proximo, irei com minha turma pescar no castanhao e sera a nossa 08 Expedição na aquele acude, conhecido como " Paraiso dos tucunares do NOrdeste" e posso te dizer que todas as vezes as expectativas criadas pelos pescadores são superadas pelos presentes que ganhamos naquele paraiso.

Segue como sugestao, como observei que voces tinham apenas uma guia " O gilberto " que na proxima visita procurem entrar em contato com o guia LUCIO, um grande conhecedor daquela regiao e que dispoe de uma estrutura em uma ilha que serve de ponto de apoio para almoco e descanso. ( isto quando os tarados resolvem parar de pinchar pelo menos 01 hora para esticar o corpo em uma rede e comer uma calderada de tucunare, que fique claro que tambem fotografamos e soltamos nossos peixes apenas pegamos alguns explares de 1,5Kg para o almoço )

Abraço a todos e sucesso nas proximas pescarias.

Kerlon

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Valeu,

Eduardo Arruda, com certeza um dia vc também vai acertar a hora em que os peixes estiverem tão ativos quanto nesse final de semana que estivemos.

Bruca, realemente essa foi a PESCARIA, e olha que não pude colocar algumas imagens iradas de varas vergadas ao limite e linhas de fluor sendo estouradas nas galhadas, lacou:: como falei no relato, minha maquina ficou com a lente embassada e molhou as engrenagens, e tinha hora em que ela simplesmente não ligava, tinhamos que esperar secar para poder usa-la, a minha mini dv ficou no carro de um amigo na semana anterior a essa quando fui a Cunhau pescar de caiaque e acabei esquencendo no carro dele e ele mora em Recife, fazer o que, pelo menos deu para mostrar alguma coisa.

Kerlon, muito obrigado pela dica pescador, nós conhecemos sim o Lucio, é que essa pescaria foi marcada apenas uma semana antes em João Pessoa por ocasião da formatura do Robson que mora em São Jose do Egito PE e estudava medicina em jampa, durante a cahaça que a galera tomava no baile resolvemos que no proximo final de semana iriamos comemorar também com uma pescaria no Castanhão, ai vc sabe, de ultima hora não tinhamos guias a disposição e nem barcos, tivemos que levar da PB para podermos pescar, mais valeu assim mesmo, e aproveitando desculpe pelo erro do nome do guia, aquele é o Gilmar e não o Gilberto como escrevi.

Desde já desejo toda sorte a sua equipe na sua expedição.

Grande abraço a todos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Parabéns parceiro pela pescaria e pela atitude de soltar o peixe!

Estive lá em abril e bati meu record particular no Açude, 6.2 kg de pura emoção!

O C. Pinima de lá é bruto demais e quando chove por conta do camarão que procura águas frias nas beiras para reproduzir os bitelos vem atrás!

GRANDE Abraxxx

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Valeu Sgambatti, vi o seu relato na epoca e confesso que foi um dos motivos de nos inspirou a ir pro Castanhão.

Caramba fiquei feliz aqui, é importantíssimo pessoas como vcs cada dia mais lá!

GRANDE Abraxxx

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Valeu galera, amanhã rodaremos 700 km para repetir a dose no Castanhão, retornaremos no domingo, espero que tenhamos a mesmo sorte que tivemos nesse final de semana espetacular.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se registrar depois. Se você tem uma conta, CLIQUE AQUI para postar com a sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

Processando...
Entre para seguir isso  

×
×
  • Criar Novo...