Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
Nelson Estêvão

Branco e prata, será que combinam?

Posts Recomendados

Mesmo de férias venho pescando pouco. As vezes sou refém das intempéries do clima, outras por compromissos e ate mesmo por uma preguiçinha básica digna de quem esta de folga. (risos)

Porem, desta vez, tinha um motivo para ir. Depois de muitos meses sem e alguns desencontros para pegar, recebi a camisa de um grupo de pesca ao qual tive o prazer de ser convidado a participar.

Com a camisa já em mãos, recebo a ligação de um grande amigo e companheiro de pesca, dizendo que chegaria de viajem na semana seguinte e que queria ir pescar. Como criança com brinquedo novo, louco que estava por estrear a camisa, só respondo: “...pescaria marcada...”

É chegado o dia da pescaria, porem antecedido por uma semana com condições bem adversas. Com fortes ventos norte e nordeste, água suja e marés muito baixas, o cenário não era muito animador.

No carro, eu animado para estrear a camisa e meu companheiro pela saudade dos prateados, nem nos abalamos com tanta adversidade. Porem quando chegamos no local, vimos que a maré estava bastante baixa mas não havia nada de vento e a água era um espelho.

Seguimos ate nosso barquinho.

Tralhas e tripulação a bordo, demos inicio a nossa “jornada”.

Enquanto nos deslocávamos para o primeiro pesqueiro desfrutava da paz e observava o cenário que só uma pescaria nos proporciona.

A água em um tom esverdeado translúcido, se mantinha em uma linha horizontal perfeita, abalada apenas pela proa do barco e pelas turbulências geradas a cada remada, o silencio de uma cidade ainda adormecida e os olhos em um manguezal pareciam te levar a outro lugar, que em nada me lembrava aquela velha e agitada cidade em que resido.

Os únicos barulhos em destaque eram de alguns biguás acordando e de gaivotas que brigavam por um peixe morto, já que as graças que ali pescavam eram tão silenciosas quanto nós em meio a tudo aquilo.

Já no pesqueiro, o Caio faz um arremesso digno de robaleiro, isca lançada entre a água e as folhas das arvores passando milimetricamente entre duas raízes expostas de mangue e caindo a poucos centímetros da margem. Ao ver aquilo digo: “esse arremesso merece!!! Trabalha com carinho que sai um peixe daí...”

Parei ate de preparar meu equipamento para ver aquilo por completo.

... três chamadinhas e um nado submerso. Duas chamadinhas e um pequeno nado submerso onde a isca não voltou mais, apenas o que se viu foi um flash prata e o tão esperado grito; Pego!

Alegria era pela captura e não pelo tamanho. Ate porque...(risos)

Imagem Postada

Sem mais ações, mudamos de local.

Enquanto nos deslocávamos, registrava as belezas dali.

Imagem Postada

Imagem Postada

Imagem Postada

Algumas horas se passaram sem que capturássemos mais nada. Foi onde o desanimo bateu e sol venceu a guerra da resistência. Então decidimos parar o barco em uma sombra e fazer a “manutenção” dos pescadores.

Depois de uma pequena parada e por estarmos em um lugar raso, o Caio resolve ir desbravar o lugar pescando desembarcado.

Sua iniciativa deu certo. Logo no primeiro arremesso ele me diz: “...bateu!!!...” e no segundo diz “... pegou!...”

Imagem Postada

Mais que de pressa pego minha vara e mando um arremesso na mesma direção que ele estava arremessando e sou contemplado com um robalinho.

Foi então que descobri: branco e prata combinam...!!! (risos)

Imagem Postada

Combinam tanto que repeti a dose mais vezes

Imagem Postada

Imagem Postada

Ate uma intrusa boa de briga apareceu para a foto.

Imagem Postada

Preservando o amanha

Imagem Postada

Gostei mesmo destas cores...(risos)

http://farm8.staticflickr.com/7165/6807480841_526754f594_z.jpg

http://farm8.staticflickr.com/7153/6807482233_043d90b181_z.jpg

Ao final de manha, o vento que já atrapalhava, fez com que a pescaria tivesse que ser interrompida. Findamos nossa pescaria muito felizes, não pelas brigas e duelos com os peixes, já que isso não foi possível, mas pela grande quantidade de ações que tivemos sendo muitas delas na superfície.

Isso só aumenta a certeza de que uma pescaria sempre renova o espírito não importa as circunstâncias. Nesta pescaria os peixes apareceram para a foto, mas se não tivessem aparecido todas as risadas, conversas e reflexões que a mesma nos proporcionou já teria feito valer a pena.

Um grande abraço a todos e boa pescaria!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Diversao garanida com os robalinhos , parabens o lugar e lindo , a mare seca serve tbm pra estudar os melhores pontos que serao cobertos pela agua , .

Os pequenos já fazem da pescaria uma festa!

Aqui era pra ser muito mais bonito, mas a cidade engole cada vez mais as belezas daqui.

Sim, no passado já fiz muitas expedições na mare torrada só pra ver como eram as estruturas do "fundo".

Hoje em dia, eles estao ferrados comigo, sei o endereço de cada um deles...kkkkkkkkk

Abração!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Show de relato! Em alguns momentos, pareceu-me trecho de um romance rsrsrs!!!

Parabéns à dupla pela bela pescaria! E o peixe é só consequencia.

Abrax

Edu

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Tomara que tu estejas te referindo apenas a um gênero literário!!!!

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Valeu.

Abraço.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Você trabalha com o que?...se não for escritor tá perdendo seu tempo... rindo3:: você é muito bom nisso. Parabéns pela pescaria.

Estou tentando ser Biólogo...kkkk

Esse tipo de retorno que motiva a gente a fazer os relatos.

Muito obrigado pelas palavras amigo.

Valeu!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Show de relato! Em alguns momentos, pareceu-me trecho de um romance rsrsrs!!!

Parabéns à dupla pela bela pescaria! E o peixe é só consequencia.

Abrax

Edu

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Tomara que tu estejas te referindo apenas a um gênero literário!!!!

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Valeu.

Abraço.

Sem dúvida que é sobre o seu texto.... Em momento algum pensei em outra coisa seila:: seila:: seila::

hauhauahauahauahaua

Parabéns mais uma vz, Nelson!!

Edu

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Show de relato! Em alguns momentos, pareceu-me trecho de um romance rsrsrs!!!

Parabéns à dupla pela bela pescaria! E o peixe é só consequencia.

Abrax

Edu

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Tomara que tu estejas te referindo apenas a um gênero literário!!!!

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Valeu.

Abraço.

Sem dúvida que é sobre o seu texto.... Em momento algum pensei em outra coisa seila:: seila:: seila::

hauhauahauahauahaua

Parabéns mais uma vz, Nelson!!

Edu

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

A ta. Pensei que tinha algo haver por eu ser gaúcho... seila:: seila:: seila::

kkkkkkkkkkkkkkkk

Abração meu velho!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se registrar depois. Se você tem uma conta, CLIQUE AQUI para postar com a sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

Processando...
Entre para seguir isso  

×
×
  • Criar Novo...