Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
Marlúcio Ferreira

PESCA COM REDE EM MINAS GERAIS - UM ABSURDO!

Posts Recomendados

MANIFESTO CONTRA A PESCA COM REDES EM MINAS GERAIS

MANIFESTO AO DEPUTADO TENENTE LÚCIO - MINAS GERAIS 11/2013

Manifesto da ASPESCA - Associação de Pesca Esportiva e Consciência Ambiental, AMAR – Associação do Meio Ambiente Regional Patrocínio e FBPE – Federação Brasileira de Pesca Esportiva, contra a pesca comercial profissional nos rios protegidos do Triângulo Mineiro.

Os pescadores profissionais originários da bacia do rio São Francisco, Vale do Jequitinhonha e outras colônias de pescadores de diversos cantos do Estado de Minas, onde a pesca se encontra em situação crítica devido a pesca sem controle, com o apoio do deputado Tenente Lúcio, propuseram a revogação das Portarias estaduais que regulamentam a pesca nas bacias dos rios Araguari, Tijuco e rio da Prata.

Em recente audiência pública realizada na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, o deputado Tenente Lúcio, apoiou e se manifestou a favor da abertura de rios protegidos do Triângulo Mineiro para a pesca comercial com redes, veja um trecho da ata da audiência pública acontecida em 21/10/2013:

“... O deputado Tenente Lúcio – Sr. Presidente, depois de conversarmos com vários pescadores, elaboramos os requerimentos que vou ler em seguida...

...Requerimento solicitando pedido de providências ao Instituto Estadual de Florestas – IEF, para liberação da pesca profissional no Rio Tijuco, no trecho entre o Córrego São Jerônimo até a sua foz no Rio Paranaíba, na área da represa da Usina de SãoSimão.”

Já está provado por estudos, que o frágil sistema hídrico deixado pelas hidrelétricas não suportam o extrativismo em grande escala. Em um passado recente, quando a pesca predatória com redes na região do Triângulo era permitida, a depredação reduziu o pescado a níveis críticos, fazendo com que entidades representativas se mobilizassem junto ao governo estadual, conseguindo a proteção desses três rios do Triângulo que são hoje verdadeiros santuários para a procriação dos peixes oriundos do rio Paranaíba.

As associações que assinam esse manifesto defendem que o extrativismo em águas interiores é um dos fatores da redução de grandes matrizes como o Dourado, Jaús, Piracanjubas, surubins e tantos outros peixes. Propomos também ao deputado Tenente Lúcio, que ele priorize a piscicultura, pois, trata-se de um meio de exploração econômica ambientalmente sustentável, sendo uma alternativa viável a pesca extrativista em nosso Estado. A piscicultura é uma atividade capaz de promover a dignidade humana, sendo agente de inclusão social, criando empregos e gerando de renda.

Em uma reunião na cidade de Patrocínio/MG, a AMAR- Associação do Meio Ambiente, a ASPESCA - Associação de Pesca Esportiva e Consciência Ambiental em conjunto com a FBPE- Federação Brasileira de Pesca Esportiva, realizou uma grande mobilização arquitetada pelo ambientalista Neudon Veloso, nesta reunião, onde a comunidade regional pôde ser ouvida, ficou bem claro o recado de que a região do Triângulo Mineiro “NÃO QUER A PESCA COMERCIAL PREDATÓRIA” nos rios Araguari, Da Prata e Tijuco.

Na oportunidade, ficou o pedido ao governo estadual, para que as portarias que regulamentam a pesca na região do Triângulo Mineiro sejam transformadas em leis com extensão para toda a bacia do rio Paranaíba.

Temos a certeza de que somente nos organizando e mobilizando, mudaremos o cenário da pesca em nosso Estado. O deputado Tenente Lúcio, está tratando a pesca em nossa região de maneira equivocada. Devemos lembrar ao nobre deputado, que as palavras MEIO AMBIENTE, PRESERVAÇÃO e SUSTENTABILIDADE, vêm em primeiro lugar, antes de incentivar a pesca comercial predatória nos rios do Triângulo Mineiro, como se fosse a solução das mazelas sociais do nosso Estado.

Uberlândia 19 de Novembro de 2013

ASPESCA - Associação de Pesca Esportiva e Consciência Ambiental

AMAR – Associação do Meio Ambiente Regional Patrocínio

FBPE – Federação Brasileira de Pesca Esportiva

Imagem Postada

Em uma reunião na cidade de Patrocínio/MG, a AMAR- Associação do Meio Ambiente, a ASPESCA - Associação de Pesca Esportiva e Consciência Ambiental em conjunto com a FBPE- Federação Brasileira de Pesca Esportiva, realizou uma grande mobilização arquitetada pelo ambientalista Neudon Veloso, nesta reunião, onde a comunidade regional pôde ser ouvida, ficou bem claro o recado de que a região do Triângulo Mineiro “NÃO QUER A PESCA COMERCIAL PREDATÓRIA” nos rios Araguari, Da Prata e Tijuco.

Imagem Postada

Com a falta de estruturas próprias, os peixes antes de irem para a mesa dos consumidores são acondicionados em condições sanitárias deploráveis. Essas são as condições sanitárias que encontramos na pesca extrativista nos rios e lagos de Minas Gerais. É esse o peixe que compramos nos supermercados e feiras e levamos para o almoço em família.

Imagem Postada

Cardumes inteiros de Dourados e Surubins são capturados a jusante da hidrelétrica de Três Marias, onde não há como escaparem das redes devido a monumental parede de concreto que cerca o rio.

Imagem Postada

Cardumes inteiros de Dourados e Surubins são capturados a jusante da hidrelétrica de Três Marias, onde não há como escaparem das redes devido a monumental parede de concreto que cerca o rio.

Imagem Postada

Minas Gerais precisa urgente de uma política de pesca moderna que valorize e dê dignidade ao verdadeiro pescador artesanal. É preciso um recadastramento dos pescadores artesanais pelo MPA e IEF, para que sejam eliminados os aproveitadores que se passam por pescadores, mas, que exercem outras atividades profissionais, prejudicando quem tem na pesca seu único meio de vida. O verdadeiro pescador artesanal mineiro é quem paga a conta de uma política estadual de pesca arcaica, na contramão da modernidade.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Marlúcio,

Imagens deploráveis essas de cardumes inteiros capturados. Deve haver um jeito de fazermos alguma coisa. Não dá pra continuar assim. Pesco na região de Pirapora e acontece a mesma coisa, durante a noite, arrastões de 300 metros são jogados na água e levam tudo que encontram pela frente. É triste ver aquilo e não poder fazer nada.

Conseguiriamos fazer algo para tentar mudar isso? Afinal somos mais de 9.000 membros.

Thiago

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Realmente é muito triste. A população vai crescendo, mas não se moderniza!

Gostaria que os integrantes do Turma do Biguá acessassem a página da FBPE- Federação Brasileira de Pesca Esportiva para COMPARTILHAR o máximo as fotos deste manifesto, essa simples atitude será muito positivo para nossa causa.

https://www.facebook.com/federacaopescaesportiva

Imagem Postada

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Realmente é muito triste. A população vai crescendo, mas não se moderniza!

Gostaria que os integrantes do Turma do Biguá acessassem a página da FBPE- Federação Brasileira de Pesca Esportiva para COMPARTILHAR o máximo as fotos deste manifesto, essa simples atitude será muito positivo para nossa causa.

https://www.facebook.com/federacaopescaesportiva

Imagem Postada

Marlucio,

Não consigo vislumbrar benefícios concretos em compartilhar as fotos do face. Não haveria como montar uma espécie de abaixo assinado ou algo que o valha?

Abs.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Redes sociais causam pavor a pessoas que tomam rumos contra o meio ambiente, que é esse caso. Acreditamos que um compartilhamento vale tanto quanto uma assinatura, com o diferencial de que poderá se propagar, alastrar... já é o que está acontecendo. Uma TV e um jornal, ambos de grande influência, já procurou a Federação e o deputado para cada um dar sua versão. joia::: Só que nossa versão vai ser protocolada no ministério público pedindo explicações ao deputado sobre o assunto e o embasamento que está alicerçando o pedido do deputado para abertura dos rios que já são protegidos por portarias estaduais, protegidos da pesca profissional predatória com redes.

Por isso, preferimos o " Acima COMPARTILHADO", ao invés do abaixo assinado. :gorfei:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se registrar depois. Se você tem uma conta, CLIQUE AQUI para postar com a sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

Processando...
Entre para seguir isso  

×
×
  • Criar Novo...