Ir para conteúdo

Eloy

Membro
  • Total de itens

    64
  • Registro em

  • Última visita

Sobre Eloy

  • Rank
    Já consegue zarar

Profile Fields

  • Sexo
    Masculino
  • Nome + Sobrenome (obrigatório)
    Eloy

Informações de Perfil

  • Localização
    Joinville - SC

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. Valeu a dica Fabrício, Como meu motor é pequeno não tem relógio de temperatura. Então sempre verifico se está circulando água corretamente e evito pilotar muito tempo em aceleração máxima. Meu objetivo em obter o máximo desempenho não é para correr, mas para poder ter a melhor relação consumo/velocidade possível. Mas fiquei curioso com esses 4 graus a mais. Até pensei em comprar um termometro, rsrsrs. Qual seria a temperatura ideal de funcionamento? Abraço.
  2. Boa noite, Tinha colocado a mensagem abaixo no tópico do Mercury 25hp Sea Pro, mas tem muita coisa que serve para este tópico também. Aproveito e atualizo as informações já que tem algum tempo e já pude testar mais. Gostaria de fazer algumas considerações sobre hélice, giro máximo, velocidade, altura do motor, inclinação do motor (trim) Há alguns meses fiz uma reforma no barco, um Karib 500 (1993), instalei plataformas, o peso do barco aumentou e a velocidade diminuiu. Estou usando o hélice original 9 7/8 x 13. Como levei só o barco o Levi, que fez a reforma (www.levinautica.com.br), não pode alterar a altura do motor, mas me orientou a deixar a placa antiventilação de 1 a 1,5 polegadas acima do fundo do barco, ao contrário do que indicam os manuais. Ele disse que talvez tivesse que regular novamente a inclinação do motor (trim) para não cavalgar (o que é extremamente simples de se fazer: basta deixar na regulagem o mais alto possível sem que o barco cavalgue/pule). E que provavelmente iria ventilar nas curvas em alta velocidade, mas como a maior parte do tempo navega-se em linha reta ou curvas suaves e não devemos fazer curvas em alta velocidade isso não seria um problema. Como ele tem mais de 20 anos de experiência com barcos e motor, resolvi testar. Comprei um tacometro xing-ling no Ebay (que não é pra motor 2 tempos 2 cilindros, e mostra o rpm em dobro) e pude testar diferentes configurações medindo velocidade (com GPS) e RPM. Depois da reforma o barco não passava dos 43 km/h (eu sozinho = 110kg). Levantei o motor 1,8 cm, o barco manteve os 43 km/h a 5000 RPM (máximo). Levantei o trim um ponto, a velocidade aumentou para 46 km/h, mas o motor ventilava muito. Levantei o motor mais um pouco cerca de 2,5 cm acima do fundo do casco. A velocidade pulou para 49 km/h e o giro foi a 5.200 RPM. Levantei o trim e o barco ventilava direto, abaixei o trim e a velocidade diminuiu para 44km/h. Deixei o motor com a placa anti-ventilação a 1 polegada acima do fundo do barco. Tenho usado assim desde junho de 2011, já reparei que o giro e velocidade variam dependendo do dia, pelo o que li é conforme temperatura do ar, pressão atmosférica, vento, maré, distribuição de peso no barco. A distribuição do peso no barco muda a velocidade, agora o parceiro vai ao meu lado durante a navegação, em geral aumenta de 3 a 4 km/h a velocidade máxima do que se o parceiro fosse sentado no meio do barco. Se tiver um pouco de marolas e o barco cavalgar peço pro parceiro ir pro banco do meio do barco, ou diminuo a aceleração. A velocidade máxima que alcancei até agora foi 51.4 km/h com duas pessoas no barco. E o giro máximo até agora foi 5.400 RPM. Mas na maior parte do tempo a velocidade máxima fica em 48 km/h e o giro em 5100 RPM. Reduzindo um pouco a aceleração, para economizar combustível, ando a 43 km/h e o RPM varia de 4.700 a 4.800. O manual indica RPM máximo de 5.600 a 6.000. E pelo o que pesquisei para cada polegada de passo que se reduz o hélice teoricamente aumenta 200 rpm. Estou considerando trocar o hélice para um de passo 12. O que teoricamente aumentaria o giro, a velocidade e reduziria o consumo. O objetivo é navegar mais rápido em cerca de 80% de aceleração. E assim diminuir o consumo sem diminuir muito a velocidade. Se conseguir economizar 1 litro de combustível por pescaria, considerando que pesco quase todo fim de semana, o custo do hélice novo se pagaria em menos de 1 ano. Porém ainda tenho uma dúvida: maior RPM não significa maior consumo? Ou a velocidade compensa? Enfim, daqui um tempo vou testar, mas provavelmente só ano que vem, pois fiz uma cirurgia de quadril e estou proibido de pescar. No sábado emprestei o barco pra um amigo, bem mais leve do que eu, e ele pegou 58 km/h com o meu barco. RESUMINDO: O motor com a placa antiventilação 1 polegada abaixo do casco dá mais estabilidade, por isso os fabricantes recomendam assim. Mas se você quer desempenho suba o motor, quanto menos rabeta na água menos atrito, menos atrito = mais velocidade (e RPM também), mas tem um limite de quanto subir. Quanto subir: tem que testar, subir o suficiente pra que o barco continue estável. Uma dica é que em curvas em alta velocidade vai ventilar um pouco, se não ventilar dá pra subir mais, se ventilar muito, foi demais. Em barcos com motores acima de 50hp também é recomendável afastar o motor do casco, uma peça que faz isso é conhecida como jack plate. Mas não vou falar sobre, porque não tenho conhecimento suficiente. Somente depois de ajustar a altura do motor, a inclinação do motor, a distribuição do peso dentro do barco (ítem que a maioria ignora mas faz muita diferença) e fazer vários testes com tacômetro e velocímetro (GPS) é que vai ter informações suficiente pra saber se precisa ou não trocar o hélice.
  3. Mandei vir pelo Ebay, metade do preço do que no Brasil. Abaixo de 50 dólares, deve passar direto na aduana.
  4. Boa tarde, Preciso trocar os anodos do meu Sea Pro 25hp (2008) (direcional e auxiliar), mas não estou encontrando. Alguém sabe onde eu posso comprar? Também preciso de um para o motor elétrico. Obrigado Eloy Labatut
  5. Eloy

    Mercury 25hp Sea Pro.

    O motor é bom mesmo mas e o transporte? Não se arrependeu? Lembro que voce queria comprar um 15hp justamente por esse motivo. Compartilha a experiência para ajudar outros a decidirem (eu já tenho o meu. rs)
  6. Eloy

    Mercury 25hp Sea Pro.

    Maicon, O motor é bem maior que um 15hp e transportar não é tão simples, mas já que tocou no assunto: Se levar no porta malas verifique que o motor tem que ser levado em uma posição certa pra não vazar óleo (tem no manual). Os carros sedans tem porta malas com maior capacidade para bagagens pequenas, mas tem dificuldade de acomodar itens grandes, por causa da pequena abertura da porta. (http://ig.vrum.com.br/app/301,19/2011/1 ... lume.shtml) Se levou em pé, na área para passageiros, não esqueça de prender o motor com o cinto de segurança, no caso de uma batida o deslocamento do motor pode machucar seriamente os ocupantes. Carros 4 portas tem portas menores que 2 portas e isso também dificulta para colocar itens grandes dentro do carro.
  7. Eloy

    Mercury 25hp Sea Pro.

    Olá Leonardo, A altura do motor vai variar conforme o formato do fundo do casco e peso do barco também. Não esqueça de fixar bem o motor. O meu depois que acertei a altura fixei com parafusos na popa e não apenas com as borboletas. O bom deste motor é que se o giro ultrapassar muito ele corta o motor. Mas se já está ventilando muito, provavelmente já está no limite. Ajustou a inclinação do motor? No meu, depois que levantei o motor tive que abaixar um pino a regulagem de altura (trim). Outra coisa que esqueci de escrever na outra mensagem, quando estou so eu, agora o barco entra em planeio em 5 segundos, em dois plana em 8 segundos. Tá bonzinho né. rs. alegre:: danca::
  8. Olá Biguazada, Postei uma mensagem no tópico do Sea Pro 25hp, mas acho que serve para esta questão também, talvez até mais para esta. Para não repetir segue o link: viewtopic.php?f=74&t=1528&p=201613#p201613
  9. Eloy

    Mercury 25hp Sea Pro.

    Olá Biguazada, Reativando esse excelente tópico, para acrescentar informações e alterar uma coisa que escrevi antes. Informações relacionadas a: hélice, giro máximo, velocidade, altura do motor, inclinação do motor (trim) Há alguns meses fiz uma reforma no barco, um Karib 500, instalei plataformas, o peso do barco aumentou e a velocidade diminuiu. Estou usando o hélice original 9 7/8 x 13. Como levei só o barco o Levi, que fez a reforma (www.levinautica.com.br), não pode alterar a altura do motor, mas me orientou a deixar a placa antiventilação de 1 a 1,5 polegadas acima do fundo do barco, ao contrário do que indicam os manuais. Ele disse que talvez tivesse que regular novamente a inclinação do motor (trim) para não cavalgar (o que é extremamente simples de se fazer: basta deixar na regulagem o mais alto possível sem que o barco cavalgue/pule). E que provavelmente iria ventilar nas curvas em alta velocidade, mas como a maior parte do tempo navega-se em linha reta ou curvas suaves e não devemos fazer curvas em alta velocidade isso não seria um problema. Como ele tem mais de 20 anos de experiência com barcos e motor, resolvi testar. Comprei um tacometro xing-ling no Ebay (que não é pra motor 2 tempos 2 cilindros, mostra o rpm em dobro) e pude testar diferentes configurações medindo velocidade (gps) e RPM. Depois da reforma o barco não passava dos 43 km/h (eu sozinho = 110kg). Levantei o motor 1,8 cm, o barco manteve os 43 km/h a 5000 RPM (máximo). Levantei o trim um ponto, a velocidade aumentou para 46 km/h, mas o motor ventilava muito. Levantei o motor mais um pouco cerca de 2,5 cm acima do fundo do casco. A velocidade pulou para 49 km/h e o giro foi a 5.200 RPM. Levantei o trim e o barco ventilava direto, abaixei o trim e a velocidade diminuiu para 44km/h. Deixei o motor com a placa anti-ventilação a 1 polegada acima do fundo do barco. Tenho usado assim há uns 2 meses, já reparei que o giro e velocidade variam dependendo do dia, pelo o que li é conforme temperatura do ar, pressão atmosférica, vento, maré, distribuição de peso no barco. A distribuição do peso no barco muda a velocidade, agora o parceiro vai ao meu lado durante a navegação, em geral aumenta de 3 a 4 km/h a velocidade máxima em relação a ele sentado no meio do barco. Se tiver um pouco de marolas e o barco cavalgar peço pro parceiro ir pro banco do meio do barco, ou diminuo a aceleração. A velocidade máxima que alcancei até agora foi 51.4 km/h com duas pessoas no barco. E o giro máximo até agora foi 5.350 RPM. Mas na maior parte do tempo a velocidade máxima fica em 48 km/h e o giro em 5100 RPM. Reduzindo um pouco a aceleração, para economizar combustível, ando a 43 km/h e o RPM varia de 4.700 a 4.800. O manual indica RPM máximo de 5.600 a 6.000. E pelo o que pesquisei para cada polegada de passo que se reduz o hélice teoricamente aumenta 200 rpm. Estou considerando trocar o hélice para um de passo 12. O que teoricamente aumentaria o giro, a velocidade e reduziria o consumo. O objetivo é navegar mais rápido em cerca de 80% de aceleração. E assim diminuir o consumo sem diminuir muito a velocidade. Se conseguir economizar 1 litro de combustível por pescaria, considerando que pesco quase todo fim de semana, o custo do hélice novo se pagaria em menos de 1 ano. Porém ainda tenho uma dúvida: maior RPM não significa maior consumo? Ou a velocidade compensa? Enfim, daqui um tempo vou testar, mas por questões pessoais, só vou poder testar daqui uns 3 meses.
  10. Desculpem por ressucitar o tópico. Mas o assunto evoluiu? Alguém chegou a instalar?
  11. Um amigo tem um desse. Funciona muito bem, dá pra regular o nível que quer que fique a água no viveiro. Quando no elétrico a água não entra com pressão, mas circula sim, pouco, mas circula. Também tem a opção de fazer uma adaptação com canos de pvc com a mesma funcionalidade, mas o problema é a rosca. A rosca dos bueiros dos barcos não é igual a nenhuma rosca padrão de cano. No antigo barco do meu pai tinha um sistema de pvc bem eficiente, com vários furos pequenos nos canos, a água circulava e não fugiam as iscas que ele usava. Eu fiz uma gambiarra cortando o fundo de um bujão (desses comuns http://www.matsupesca.com.br/produtos.asp?produto=1069) e adaptando um cano de pvc. O problema é que esses bujões são de qualidade muito ruim e em pouco tempo danifica a rosca. Agora estou fazendo as contas se compensa fazer outro de pvc ou se compro esse da Martinelli.
  12. Qual a melhor opção: Maruri ou Marine Sports? Ouvi que os Marine Sports tem dado problema com o rompimento do cabo, pois os comandos são mecânicos. Os Maruri não ouvi nada a respeito, vi que o controle é elétrico com botões Esquerda e Direita, ao contrário do Marine que é mecânico, inclinando o pedal. Qual a melhor opção?
  13. Boa Noite Biguazada, Quero fixar meu Mercury Sea Pro 25hp com parafusos e não apenas com as borboletas. Alguém sabe as dimensões dos parafusos?
  14. Tenho um Sea Pro 25/30 modificado para 30hp, com hélice original em um Karib 500. Em aceleração máxima ando a 47km/h com + ou - 270kg de carga, o consumo fica em cerca de 10 a 11 litros/hora Em 80% de aceleração ando a 43 km/h com a mesma carga, o consumo baixa para cerca de 7 litros hora.
  15. Estou considerando a "velocidade de cruzeiro" a que me garante a melhor relação velocidade x consumo, resultando em maior autonomia. No meu caso, e na maioria dos barcos, isso se obtém de 70 a 80% da rotação máxima (RPM), o que não significa que será 70 a 80% da velocidade máxima.
×
×
  • Criar Novo...