Ir para conteúdo

Raphael Rp

Membro
  • Total de itens

    32
  • Registro em

  • Última visita

Sobre Raphael Rp

  • Rank
    Pescador de Lobó
  • Data de Nascimento 21-12-1974

Informações de Perfil

  • Localização
    São Paulo
  • Interesse
    amigos, técnicas...

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. Bela traíra heim Fernando!!! E o Angelo, abandonou as pescarias? rsrsrsrs Abç.
  2. Blzzzzzz Fabimm! Ficou bacana o relato.... Viagem tranquila, café da manhã bem reforçado e tucunas!!! Henrique tá de parabéns, esta pousada é bem superior ao lugar antigo. Desta vez, nossa pescaria foi de muitas ações. Foram mais ou menos uns 20 peixes fisgados, e uns 8 entre 800g a 1kg. Bem divertido, o lugar promete, pois nunca tinha visto tanto cardume de tricks atrás das iscas! Grande abraço.
  3. Se quiser a opção de uma usada, procura uma curadinho 100b, acho que aqui mesmo tem uma anunciada. É Shimano não é pesada e arremessa bem ou até uma scorpion 1000 antiga que é mais ou menos o mesmo preço e é muiiito boa. Abç.
  4. Ola Danilo!Não não ... pelo meu conhecimento 99,99% das vezes que se pesca a Piapara NÃO de arremessa, mas se solta a linha rente ao barco, deixando com que a própria força da água leve a isca no local desejado. Na "batitinha" ou "pingada" não é por menos! Sempre com uma varinha menor, solta-se o chumbo bem ao lado do barco, geralmente pertinho do canhão de ceva, e vai pingando a chumbada correnteza abaixo, procurando seguir sempre o "fio" de saída da ceva, pois a isca seguirá camuflada juntamente com o trato que o cevador libera. Agora, quando usar as varas maiores também não se arremessa! Há motivos importantes para que o arremesso seja inviável ou totalmente proíbido nessa pescaria! 1º - As grandes varas para pesca armada de Piaparas geralmente são tubulares, com apenas as ponteiras maciças. Imagine então, você arremessando um chumbo de 40 a 50gr com uma vara dessas??? Há grande perigo de quebrá-la, sem contar que ela sofrerá muita ação no Blank (enverga muito) e isso é fatal para que um arremesso fique curtíssimo e desajeitado. Outra coisa, é que os passadores dessas varas não são dispostos da mesma forma que as varas de Bait (proprias p/ arremesso), mas perceba que eles são pequenos e bem próximos um do outro, justamente para aumentar o poder de sensibilidade da vara. Sendo assim, podemos concluir que a "mecânica" dessas varas não é projetada para arremessos, mas sim para soltura, lembrando sempre que estamos tratando das variáveis na pesca de Piaparas. Podem existir pescadores que usam estas varas em outras pescarias (robalos talvez), onde as condições são diferentes, e as usam para arremesso, mas aí são outros "quinhentos". 2º - Isso é importante!!!! As Piaparas ficam paradas se alimentando no meio do fio onde a ceva passa, e para que você tenha mais sucesso na pesca, seria interessante que a vara/linha ficasse armada justamente no rumo de saída da ceva, concorda?? Pois então! Se arremessar, perderá com certeza a armada correta, fazendo com que o chumbo caia fora do fio da ceva. 3º - Muitas vezes, mas muitas mesmo, as Piaparas pegam em até 150mts de distância do cevador. E agora pense: Quem consegue arremessar 150mts, e ainda com a precisão de fazer com que o chumbo caia exatamente no fio de saída da ceva?? Dificil não acha?? Hehehe ... 4º - Imagine você arremessando com uma vara de 2.70 a 3mts dentro de um barco???? No primeiro arremesso, se não quebrar a vara, irá arrancar a orelha ou o boné do piloteiro! Não é pessimismo, mas quando falo de quebrar a vara, é fato! Pois muitas vezes já vi isso acontecer, como comigo mesmo já aconteceu. Mesmo que você esteja pescando com uma vara maciça, o perigo de fisgar os companheiros de barco é muito grande. Para que você consiga colocar a sua isca, no local exato com essas "varonas", existem os COPINHOS BIODEGRADÁVEIS, que são especiais para esta finalidade!! Assista este vídeo que irá entender melhor: Tenho por mim, que essas varas são proporcionais à distancia da armada, pois considerando as grandes distâncias, elas lhe dão ótimas condições de sensibilidade, alavanca de fisgada, conforto, etc etc etc etc, mas o tamanho dela, nessa pescaria, em momento algum tem relação com o arremesso, mas sim com a ESTABILIDADE de que você precisa pra pescar as Piaparas bem longe do barco. É isso aí amigo, espero que eu tenha ajudado mais uma vez!!! É fascinante pescar as "Amarelonas", e as vezes entra um "Curimbão" ou algum Pacú, e aí é só festa!! Se houver algo mais a acrescentar ou me corrigir, com certeza os amigos do fórum farão! Abraços e boas pescarias! É isso aí Rodolpho! Qd se usa vara apoitada, geralmente são maiores, pois soltamos o copinho a longas distâncias e na hora da fisgada a alavanca de uma vara maior compensa a elasticidade de uma linha mono para fisgadas. Uso varinhas pequenas para fazer o "zé pedro" bem rente a canoa. Aproveitando para opinar, uso geralmente uma shakespeare 4,8 de 2 a 6lbs, originalmente para molinete e customizado para carretilhas um pouquinho mais alta mas na água forte é demais!.......... Pessoal aí da região de Rio Preto conhece bem essas varas e acredito que ainda consigam delas. Ando na secura de pescar umas piapara, mas depois que mudei pra SP fico meio difícil.... as vezes que consigo pescar, estou indo atrás dos tucunas. Grande abraço.
  5. Sou pirado na pesca da piapara........ Pesquei muito com as varinhas do Miguel. São boas, difícil quebrar, são de fibra de vidro. Para espera, tenho uma Shakspeare 8.6 que busca as piaparas bem longe, elas, só de olhar, já estão fisgadas................rsrsrsrs Acho que tem sim varinha de uns 2,5 do Mig, eu tive uma. Uma cx de chumbadas variadas, anzol eaglew claw 8 e linha 0,28 broad,,,,,,,, pronto, tá preparado!!!! Grande abç.
  6. Parabéns , bela pescaria... Ainda não acertei uma dessas lá viu... em Abril estarei novamente em Redenção! Abç.
  7. Pescaria top demais!!!!!!!! Parabéns, que belíssimos peixes!
  8. Ótimo custo benefício! Fiz um rolo um tempo atrás e peguei 2 tamanho 6´6 10/20lb . Vou me desfazer de uma, se lhe interessar, me mande mp. abç.
  9. Belíssimas imagens!! Um dos lugares que ainda quero conhecer.... Abç.
  10. Perder iscas assim, é fogoooooooooo A primeira coisa que faço quando chego no rio é pegar uma toalha que sempre carrego na bolsa, molho e coloco em cima do estojo. Todos já tem insulfilm mas não confio não... Já perdi maria the first, giant dog , algumas z90 e outras da deconto, tem umas que chegam a fazer uma bola próxima ao pitão traseiro. Alguns amigos penduram de cabeça para baixo em um de tipo varal adaptado nas canoas.
  11. Olá amigo, primeiramente obrigado pela informação.Mas agora fiquei mais em duvida.. o certo desse jig não é trabalhar ele no fundo? deixar cair no fundo e recolher...pra caso o tucuna tiver no fundo a isca passar na cara dele? Andei vendo vídeos de pescarias de jig e a maioria pelo que vi, deixam ele cair no fundo e depois recolhem.. e sempre mantém o jig no fundo. Grande Abraço! Opa Hikaro. Verdade, se trabalha no fundo. Depende do local que está pescando, particularmente gosto de pescar com a xuxinha em locais que não sejam muito fundo, as vezes, mesmo com o anti enrosco, vc dando toques secos ele acaba cravando em alguma estrutura. Trabalhe no fundo com toques mais lentos para evitar este tipo de problema. Mania minha, gosto de trabalhá-la rápida, por isso não deixo afundar muito.............rsrsrsr .........é bem pessoal , cada pescador com sua mania............... Abç.
  12. Bom dia. Esse jig, também conhecido como xuxinha é muito produtivo! Pode ser que nesse dia, as condições não estavam favoráveis para esse tipo de isca. Seria bom testar iscas de trabalhos diversos, para poder identificar o que o peixe está querendo. Já fiz pescarias, onde no dia, só atacavam na xuxinha! Na região de Sud menucci, no rio tietê, o pessoal idolatra tal isca... Nunca deixo de levar umas 5 para qualquer pescaria de tucunas. Arremesse, deixe afundar meio metro e venha dando um toque seco e uma enrolada.....Com certeza, uma hora vc acerta os bocudos! Grande abraço.
  13. Ainda bem que vcs estão vivos!!! Tralha, compra outra... Já passei momentos assim no rio Paraná e no Tietê, aguardamos melhorar o tempo, pois não dá pra brincar com a natureza... Certa vez, um amigo meu, dormiu dentro do barco na margem do rio grande (Guaraci), disse que não tinha condições de navegar até onde tinha descido a canoa... imagina... Abraço.
  14. Vlw parceiro! Tá até na Feipesca num banner do nosso amigo Lourenço! Abç.
  15. Estive ontem(8/03), na Feipesca e realmente está muiito fraca... No espaço reservado para lojista, deve ter algumas novidades de fabricantes e importadores mas como vc disse, não era pra nós.......... Tirando o estande da MTK, não tinha mais nenhuma marca de grande expressão. Se vc espera ver fabricantes ou representantes de marcas de carretilha, iscas, varas......, esqueça!
×
×
  • Criar Novo...