Ir para conteúdo

Marlúcio Ferreira

Membro
  • Total de itens

    414
  • Registro em

  • Última visita


Histórico de Reputação

  1. Upvote
    Marlúcio Ferreira recebeu reputação de Rodrigo Pontara em VITÓRIA-Fim da matança na piracema-Portaria 2011 tá valendo   
    Pescadores Esportivos,
    Nesta última Sexta Feira dia 11/11/2011, a pedido das colônias de pescadores profissionais, apoiadas por alguns políticos, foi realizada no IEF em Belo Horizonte a reunião em onde seria decidido pela flexibilização ou não da portaria que regulamenta a pesca no estado de Minas Gerais. A mobilização dos profissionais foi grande e coordenada e tinha tudo para voltar ao tempo da matança no período da piracema.
    Sabendo que algo deveria ser feito para que a portaria fosse mantida, a FBPE, FMPE, Amar Patrocínio e a ASPESCA,fizeram uma grande mobilização no sentido de apoiar a manutenção da portaria 156 de 2011. O resultado foi que a portaria foi mantida na sua íntegra.
    Quero salientar que o maiores beneficiados desta mobilização dos representantes da Pesca Esportiva, foram os peixes e o meio ambiente.
    Eu, em nome da ASPESCA, quero parabenizar o Neudon Veloso representante da FBPE, o Zeca (Alexandre) que representa a FMPE, pela grande capacidade de mobilização e principalmente pela competência dedicada a essa causa.
    Nós da ASPESCA agradecemos a todos pescadores esportivos que dedicaram um tempinho para participar desta empreitada e enviou o e-mail de apoio aos que decidem.
    Segue abaixo a carta da ASPESCA enviada a Subsecretária de Controle e Fiscalização Ambiental Integrada.
    Obrigado
    Marlúcio Ferreira
    À
    Ilustríssima Sra. Marília Carvalho de Melo, Subsecretária de Controle e Fiscalização Ambiental Integrada.
    A ASPESCA- Associação de Pesca Esportiva e Consciência Ambiental vêm por meio desta, manifestar-se a favor da manutenção das portarias nº154, 155 e 156, de 13 de outubro de 2011, que foram editadas no intuito de preservar as espécies de peixes que se reproduzem nessa época nos rios mineiros.
    Temos acompanhado de perto o sólido trabalho deste conceituado órgão governamental, que através de seus técnicos tem modernizado as políticas para o meio ambiente no estado de Minas Gerais, principalmente no que diz respeito aos recursos hídricos e da ictiofauna que neles habitam.
    Hoje nosso país vive uma realidade diferente de alguns anos atrás, quando o extrativismo era uma solução desesperada para a sobrevivência de parte da população ribeirinha. No entanto, agora, no século XXI, essa prática dilapida nosso estoque pesqueiro comprometendo o futuro das espécies.
    Conscientes de que vivemos um novo tempo, onde, as oportunidades batem à nossa porta, nós da ASPESCA temos a certeza de que o extrativismo com material predatório dará lugar a criatórios de peixes para um comércio sanitariamente mais adequado ao consumo humano e ecologicamente sustentável.
    Anexamos algumas fotos para que muitos que não tem a oportunidade de ir a campo possam ver as condições em que nossos recursos pesqueiros são dizimados e acondicionados para posteriormente serem vendidos no comércio para o consumo de nossas famílias.
    Certos de que as referidas portarias serão mantidas como foram editadas, deixamos protestos de estima e consideração.
    Marlúcio Ferreira
    ASPESCA- Associação de Pesca Esportiva e Consciência Ambiental
    Uberlândia/MG

    Pescaria feita com rede próximo a Três Marias/MG, no rio São Francisco.









    [/b]
×