Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
Flávio Martins

Poluição sonora ameaça espécies de peixes.

Posts Recomendados

Tal pesquisa foi destinado aos mares, mas é bom dar uma lida no estudo dos Hertz, pois cada espécie possui uma. Agora falta saber como será nos rios e nos lagos. Ja imamginou os Tucunas escutando um MP3 player.

Fonte: Trends in Ecology and Evolution

Peixes estão sendo ameaçados por crescentes níveis de poluição sonora, segundo um estudo realizado por cientistas europeus. A pesquisa, publicada na revista Trends in Ecology and Evolution, estudou o impacto que o barulho criado por plataformas de gás e petróleo, navios, barcos e sonares têm em espécies de peixes nos oceanos do mundo.

Segundo eles, a maioria dos peixes tem boa audição e os sons são parte ativa de suas vidas. O aumento nos níveis de ruídos afeta a distribuição dos peixes nos mares e suas capacidades de reprodução, de comunicação se de evitar predadores.

"As pessoas sempre assumiram que o mundo dos peixes era silencioso", disse o biólogo Hans Slabbekoorn, da Universidade de Leiden, na Holanda. O estudo dimensiona a capacidade de audição dos peixes e concluiu que os ruídos gerados por seres humanos embaixo d'água têm o potencial de afetar os animais assim como o barulho do trânsito afeta animais terrestres como aves.

"O nível e a distribuição do barulho aquático está crescendo em uma escala global, mas recebe pouca atenção", disse Slabbekoorn.

Alguns estudos relataram, por exemplo, que o arenque atlântico, o bacalhau e o atum-rabilho fogem de sons e formam cardumes menos coerentes em ambientes barulhentos.

Os cientistas constataram que a sensibilidade da audição varia de acordo com o peixe, que captam sons seja por um ouvido interno ou por uma linha lateral que corre ao lado do corpo de algumas espécies.

Bacalhaus do Atlântico, por exemplo, tem capacidade auditiva "média", segundo os cientistas, enquanto o peixe dourado de água doce consegue ouvir frequências mais altas.

Assim, a distribuição dos peixes nos mares pode ser afetada, já que eles evitariam áreas com muitos ruídos. No caso da comunicação, sabe-se que 800 espécies de peixes de 109 famílias produzem sons, geralmente em frequências menores do que 500Hz.

Os peixes emitem sons quando estão brigando por território ou por comida, em cardumes ou quando são atacados por predadores. Até hoje, a maioria das pesquisas tinham sido focadas no impacto que o som poderia ter em mamíferos marinhos, tais como baleias e golfinhos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Interessante hein!! Só não consigo imaginar solução para o caso...

Acho que essa poluição sonora não surge duma hora pra outra e sim com o tempo gradativamente...

Acredito que os peixes possam ir se adaptando a essas novas condições...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Interessante hein!! Só não consigo imaginar solução para o caso...

Acho que essa poluição sonora não surge duma hora pra outra e sim com o tempo gradativamente...

Acredito que os peixes possam ir se adaptando a essas novas condições...

Solução Bruca? Tem não camarada.

Como mesmo falou: Vão se adaptando. Ontem mesmo nadando na beira mar vi um Robalo com tapão de silicone, aqueles de natação e mais no fundo um cação escutando um MP3 na maior altura.

:gorfei:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Flávio

Não tive acesso a estes estudos publicados que vc citou mas posso lhe informar que a água é melhor condutora do som que o ar. Mas, aí uma observação pessoal de muitos anos atraz, anteriores as estas citações:- Quando participávamos de torneios de pesca oceânica, deslocamos os canos de descarga da lancha para ficar dentro d'água porque observamos que o barulho dos motores, ao se transmitir na água, era fator de atração dos peixes. Naquela época, com as primeiras plataformas submarinas sendo instaladas (talvez pelo barulho) eram locais de maior abundância de peixes, ao lado do dropp off da plataforma continental.

Atenciosamaente

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
Entre para seguir isso  

×