Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
João Biguá

COMO ESTE MUNDO É PEQUENO...

Posts Recomendados

Vejam só como este mundo é pequeno. Estando eu, João Biguá, Em caldas Novas neste fim de semana, assando o saco na água quente, eis que surge um cidadão afim de assar a coluna também, tentando dar fim às dores provocadas pelos bicos de papagaios, as famosas hérnias de disco.

Já que nossos problemas eram quase idênticos começamos a bater papo sobre diversos assuntos e, claro, o assunto principal foi sobre pescaria.

Eu disse que já sou aposentado e meu trabalho hoje é descobrir novas pescarias. Ele disse que trabalha demais e quando sobra tempo ele ajeita uma pescaria. Depois de trocarmos idéia sobre vários pontos ele disse que tinha uma pescaria marcada para o início de 2.012, em SIRN. Disse que ia com um pessoal de Brasília, mais precisamente com um tal de Fabrício Biguá. Foi quando ele quase caiu de costas de tanta surpresa quando eu disse que eu era o João Biguá, pai do Fabrício Biguá. Pensa na alegria do caboco.

O nome da fera?... Xexéu, mais precisamente JOFRE, Tio do Carocinho, ambos integrantes do nosso sgrupo de pesca.

Parece piada mais não é...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Caracas!!!! Um caroço nas costas no pai do Carocinho deu bons frutos. Rsrsrs Dahora!

Num churrasco em Sampa, um primo do anfitrião veio até mim depois que comecei a falar de pescaria. Ele disse: Vc não é o Leonardoroco do Pescaki? (e olha que eu acesso lá uma vez por bimestre. Rrsrs) Eu disse que sim. Ele então falou: “-Vc tem cara e jeito de ser mais bobo pelo fórum dq pessoalmente.” lacou:: lacou:: diabo::

Rsrsrs Sorte que eu já estava babado e não entendi direito. rsrsrsr blink:: vergonha::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Caramba, dessa eu nao sabia! Foi ele quem me ensinou o pouco que eu sei sobre a pesca ! haha !

Gente fina o velho ne?!

Joao vc tbm vai com agente?!

Abracos

Pois é, Carocinho, isto aconteceu neste fim de semana. Estaremos juntos nessa, sim, com muito prazer.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sr. João, lembrei de uma que aconteceu comigo e meu companheiro de pesca Rogério: Estávamos pescando no rio araguaia na pousada Asa Branca e tinha um piloteiro com o apelido de Amazonas pilotando para meu tio e meu pai, na hora do almoço nos encontramos e conversamos com o piloteiro Amazonas sobre pescarias no rio Negro e falamos a ele que tínhamos um sonho de pescar naquele lugar, ele disse que em determinadas épocas pilota por lá. Então +- um ano depois fomos realizar o nosso sonho com destino a Barcelos, no terceiro dia subimos o rio Negro e entramos em uma lagoa quando avistei um cara parecido com ele pilotando e falei para o nosso piloteiro: desacelera, parece que conheço esse rapaz de algum lugar, e o pior que era ele, aí ele gritou sorrindo, rapaz vocês falaram que íam vir um dia conhecer o rio negro e vieram mesmo, nesse momento pensei, ainda bem que trato todo mundo bem, já pensou se tivesse destratado esse caboco e ele nos encontra bem aqui no meio do nada lacou:: rindo2:: o que seria de nós doeu:: . É Sr. João o mundo é muito, mais muito pequeno mesmo joia::: .

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Caramba Sr. João....a pescaria nos proporciona cada coisa né.....show de bola a historia..

PS: Na boa Léo, vc é bem mais bobo pessoalmente...ahuuhahuahu

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Caramba Sr. João....a pescaria nos proporciona cada coisa né.....show de bola a historia..

PS: Na boa Léo, vc é bem mais bobo pessoalmente...ahuuhahuahu

Pois é, Bura. Eu até dei uma sugestão de que as turmas tenham suas bandeiras presas nos barcos. Assim, quando a gente encontrar um pescador em qualquer lugar, ao ver a bandeira (Turmado Cerrado, Tucunas , Féla Olho de Boi, Fura Poço) já ia logo se enturmar. Normalmente, quando chegamos em um pesqueiro e já tem alguém a gente se afasta. De repente é um conhecido...ou perdemos a chance de fazer mais um amigo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pequeno não é minúsculo!!!

Eu estava viajando a trabalho (Formosa – GO 1.000 km de casa), encontrei um amigo de infância, o Maurício.

Conversamos e nos despedimos. Como fiquei uns trinta dias na cidade, um belo dia conheci uma gatinha, começamos um namorico. Quando fui conhecer sua família, adivinha quem casou com uma de suas primas? Maurício!!!

Hoje 7 anos depois, estamos casados e temos dois filhos.

Formosa levou um Araçatubense e Araçatuba trouxe uma Formosense!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
Entre para seguir isso  

×