Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
Marcos A Cavalcanti

REPRESA CAPIVARI CACHOEIRA - PARANA

Posts Recomendados

Imagem Postada

CAPIVARI CACHOEIRA MINHA REPRESA QUERIDA

Agora muitos irão entender porque nos artigos que escrevo, sempre evidencio a Represa Governador Parigot de Souza, mais conhecida por Capivari Cachoeira, cuja extensão vai desde o município de Bocaiúva do Sul até Campina Grande do Sul, na RM de Curitiba/PR e obviamente, não dá para negar pela foto, mais uma das belezas que a natureza nos presenteia, como tantas outras existentes em nosso maravilhoso País.

Outro detalhe que vale “salientar” é a preservação da mata nativa, bem como, de sua flora e fauna e que por decisão imposta pelos órgãos governamentais, através da Copel, que desde a formação da barragem, vem cuidando para que ela permaneça da forma em que se encontra.

Como assíduo freqüentador e usuário, procuro divulgá-la na tentativa de sensibilizar os demais, á também fazê-lo, em especial aos inúmeros pescadores que usufruem dos pesqueiros públicos, onde infelizmente, existe uma minoria que por ter de pagar uma pequena taxa para freqüentá-los, acham este, ser motivo suficiente para poluir, deixando em suas margens o lixo sob todas as formas.

E vou além: “Creio ser um dever de cada um, se quiser ser chamado de “CIDADÃO” não se omitir, diante desta realidade e de outras, destacando a pesca predatória que por lá acontece diuturnamente, pois os pseudos-pescadores, fazem uso de tarrafas, redes, espinheis, bóia louca, sempre na calada da noite, face a inexistência de fiscalização e mesmo quando ela acontece, se dá no período diurno, então, devemos NOS OBRIGAR, á no mínimo DENUNCIAR ás nossas autoridades todo tipo de abuso que presenciarmos.

Eles são tantos, que para se ter uma idéia, agora as tilapias estão DESOVANDO e é muito fácil vê-las em casais nas margens da represa, cuidando de seus ninhos, cheios de ovos ou de filhotes então, estes “INFELIZES” usando tarrafas, vão dizimando-as e como conseqüência, já a alguns anos, podemos constatar a diminuição deste e de outros peixes, tanto em tamanho como em quantidade, por isso, apelo á todos vocês “pescadores” a aderir neste propósito, para que no futuro, não tenhamos de abandonar mais esta represa, como tantos outros lugares que não vale a pena freqüentar.

Marcão.

Postado por Blog do Marcâo Tilápia - O Pescador às 04:55 1 comentários

domingo, 22 de novembro

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

É Marcos...

Esse é um mal que atinge "TODAS" as represas que conheço ou ouví falar.

Quem aqui não ouviu hitórias de pescarias fantásticas em Furnas, Tupaciguara ou Pereira Barreto. Hoje só escutamos as lamúrias afirmando que não tem mais peixe e muitos desses comentários vem exatamente de quem cometeu tal sandice.

Se não tomar-mos uma atitude já, esse será o mesmo fim para "sua" Capivari ou a "minha" Serra da Mesa e Corumbá IV.

Continue na sua proposta, divulgue ao máximo suas idéias conservacionistas pois se atingirem ao menos um desses matadores já terá valido a pena.

Abração

PS.: Realmente linda essa represa.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Faz agora, mais de um ano que postei o artigo, então tenho novidades:

1a) Soube por um freqüentador da represa que informou por e-mail, ter presenciado em novembro a ação de fiscais, que prenderam e apreenderam materiais de pesca predatória e que os multaram em R$2.500,00 cada um.

2a) Num pesqueiro público de frente daquele que freqüento, a proprietária "expulsou" o "cara" responsável pela lanchonete do local, por ele, seu genro e outros, estarem armando redes na propriedade, bem como, como o local era reduto dos pseudos-tilapeiros que usam garateias no lugar do anzol comum e pescam de lambada, outra providência que todos aplaudimos, foi proibí-los de pescar no local.

3a) Para nossa tristeza, o genro do cara citado, agora cuida de uma chácara da região e não há de ver que o infeliz continua armando redes ao longo da represa, se deslocando de barco á motor do dono da propriedade, tanto que no mês passado, vendeu 400 kilos de peixe e conta tal façanha com a maior "cara de pau".

Deste fato, procurei "apoio" de alguns companheiros para denunciá-los em conjunto ás autoridades, mais sabem o que me responderam:

"Não querem se comprometer".

Bem tentei, mais como em outras oportunidades, nem sequer recebi resposta das autoridades.

Pior é ser considerado "dedo duro", sacaram?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se registrar depois. Se você tem uma conta, CLIQUE AQUI para postar com a sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

Processando...
Entre para seguir isso  

×
×
  • Criar Novo...