Ir para conteúdo

O FTB foi atualizado e otimizado.

Antes, para visualizar todas as nossas salas, era preciso descer a barra de rolagem por muito tempo. Isto dificultava a nossa vida, principalmente a dos novos usuários, que não encontravam as salas/assuntos de interesse.

Agora as salas foram transformadas em "sub salas" e incluídas em grandes fóruns.

Esperamos que tenham gostado. :amigo:

João Baptista

Membro
  • Total de itens

    77
  • Registro em

  • Última visita

Sobre João Baptista

  • Rank
    Já consegue zarar
  • Data de Nascimento 26-08-1983

Profile Fields

  • Sexo
    Masculino

Informações de Perfil

  • Localização
    Itápolis - SP
  • Interesse
    Pesca e amigos
  1. Lamana, Orindiuva me interessou bastante. Vi alguns vídeos do Rodrigo Amaral por lá. Vc costuma pescar o que lá? Astra, Desculpe sair um pouco do prumo do seu tópico. vergonha::
  2. Astra, O Euclides e o Negão vão sempre pra lá e são umas figuras... rsrs A pesca de espera é com o chumbo apoitado no fundo mesmo e a pernada de +ou- 2,5m e, como o Lamana disse, o caranguejo bóia... vai ficar ondulando um pouco acima do fundo. Se você pescar na meia-água ele vai ficar mt pra cima e vai ser mt difícil pegar esses tipos de peixes. O que eu aprendi em pescaria é ser observador e não teimoso. Lá a pescaria é muito técnica, o que funciona de manhã pode não mais funcionar a tarde. O negócio e observar os outros barcos e ir tentando aproveitar informações. Bom, eu achei que não tínhamos acertado, mas pelo jeito até que fomos tão mal. Abc.
  3. Boa tarde Astra. Também sou de Itápolis. Sabe o nome dos senhores que estavam por lá? Euclides Costa e Negão Biffi? Esses estão sempre no Gino. Eu fui conhecer o tal Paranazão no final de maio e pegamos chuva e um frio lascado tb. Fiquei maravilhado com a cor da água e com o lugar! Fui com um amigo de Ibitinga que tem rancho em Paulicéia (perto da Pousada do Renato e da Marina do Cebeira) e vai todo mês, está muito acostumado. Ficamos 3 dias e pescamos um pouco pra baixo do Jupiá, num lugar chamado Mata-fome (30min rio acima com motor 25HP partindo da Marina do Cebeira). Segundo o meu amigo, o Jupiá é impraticável na temporada, a não ser que vc vá msm com um piloteiro ou alguém mt acostumado. No Mata-fome é bem tranquilo e a correnteza não é tão forte: varas de espera com chumbo 90gr e rodadinha com 20-25gr. Na vara de espera usamos caranguejo e caramujo e não tivemos mts ações: 3 piaparas 2kg e 1 piavuçu 2,3kg. Confesso que esse piavuçu não teve graça nenhum. Pra vc ter uma idéia, qndo o fisguei a 120m do barco vim reclamando a subida toda da "moita" e só percebi que era peixe qndo estava mt perto do barco. Já as piaparas foram mais valentes, mas nd espetacular. Acredito que se forem peixes maiores como um piavuçu de 8kg que vimos, piaparas de 4kg e caranhas de 15kg que dizem fisgar deva ser bem diferente a história. Assim como vc, apanhei bastante com a tal da rodadinha. Esqueça molinete e vara comprida, não dá certo. Eu pesquei com linha mono 0,30mm, mas notei que a diferença é a chumbada. Vc deve ter bastante opção de chumbada pra ir pegando o feeling da pingada. Eu comecei com 35gr e fui reduzindo o peso até pegar a manha no 3º dia (25gr). O meu amigo que está bem acostumado pescou com 18gr e pegou mt mais peixe... rsrs. Essa modalidade foi a que mais gostei, mesmo apanhando, pq qndo vc fisga o peixe com a tralha UL, a briga na correnteza é sensacional. Fisguei uma piapara na medida e um piau criado que vou te falar: brigou muuuito. Hj eu montaria um conjunto com vara específica para essa pescaria e linha multi 0,12mm ou 0,15mm na carretilha. Dá pra pescar com mono, mas qndo mais fina a linha, mais fácil de vc trabalhar e sentir o chumbo. Esse meu amigo tem um outro tipo de pesca ali que não vi ninguém comentar ainda por aqui. Ele deixa sempre uma vara com caranguejo apoitada no pé do barco (usamos uma chumbada de 100gr pra segurar). Eu pra ser sincero não estava botando mt fé nisso, msm pq eu fiquei responsável por ela e nos 2 primeiros dias não deu nenhum puxão considerável, só miudeza roubando pedaços do caranguejo. Com isso, no 3º dia não tinha colocado na água. Ele inconformado com isso, acabou entralhando e colocando na espera do jeito de costume (no pé do barco). Lá pelas 10h da manhã, enquanto ele recolhia sua carreta, a tal vara deu uns toques e levou pra baixo com vontade msm. Não perdi a oportunidade, fisguei o bicho e brigou bonito mesmo! Um piavuçu de 3,3kg. Deu gosto a briga hein. Bom, pegamos ainda alguns piaus-banana (mt valente e saboroso tb), alguns piaus de medida e várias peixes fora de medida. Trouxemos só os maiores, liberando inclusive vários na medida (exagerar pra quê?), Esse meu amigo é acostumado com o lugar, mas é bem teimoso! Eu gostaria de ter tido a oportunidade de ter tentado uns piaus na telescópica e uns curimbas mais próximo à margem, porém, ele não arredava pé do lugar que chegávamos de manhã. Vi vários dourados batendo nas margens (era peixe que voava pra todo lado), mas não havia argumento que o fizesse mudar de ponto ou tentar outro peixe. :( Em resumo: mesmo sofrendo na primeira vez, eu adorei o lugar! Voltaria qntas vezes tivesse oportunidade. Na quinta-feira passada conversei com esse meu amigo que voltou de lá faz uma semana. Me disse que estava mt frio, pior do que a vez que eu fui. Mas pegaram mt peixe nos mesmos 3 dias e lugar: 25 piaparas de medida e ótimo porte, 1 piavuçu de 4kg, 9 curimbas de 2-4kg, fora os outros 16 perdidos por não estarem acostumados a pescá-los (sim, do jeito que eu queria fazer! imagine o raiva que fiquei não termos tentado qndo fui!). Ah vontade viu! Uma pena vc não ter se acertado por lá, pois é um rio sensacional! Espero que tenha mais sorte da próxima vez. Grande abraço.
  4. Deus, daí-me paciência... pq se der dinheiro eu compro uma dúzia!!!!! chorei:: Show Marcão! Parabéns! ::tudo::
  5. Muito legal a iniciativa de vocês Leonardo! Parabéns! O pesque e solte eu já pratica há muito tempo (aliás, acho que nem me recordo quando foi a última vez que fui abati... rsrsr), porém, não dou conta de pescar com I.A., senão ia pedir vaga no grupo seila:: Quando tiverem algum projeto de pescaria que tenham membros linguiceiros feito eu, não esqueça de convidar. Abc.
  6. Legal Leonardo! Estou bem perto de vcs. Vcs costumam pescar só de IA? Onde pescam e onde? Abc.
  7. Boa noite galera! Como é um dos meus sonhos a pescaria do Pirarucu, de vez em quando dou uma fuçada na net. Achei um vídeo espetacular que achei interessando compartilhar com vocês. Pesquisei e não encontrei esse vídeo no Fórum. Peço desculpas se postei no lugar errado. https://www.youtube.com/watch?v=ACyxJbNJLsA (não consegui postar o vídeo direto, mas segue o link). Quando vi o primeiro salto do animal gritei como se fosse eu quem tivesse fisgado!!! Que monstro!!! Só achei que esse sistema de deixar o peixe engolir pra fisgar acabar dando pouca chance de vida pro peixe, pois ele deve ter acabado com um anzol 9/0 no bucho (notem que no final da briga se vê o girador bem próximo da boca do peixe e não mostram a retirada do anzol = a linha deve ter sido cortada). Mas que a briga é inesquecível é. Abc.
  8. Carocinho, já fechou? Pode me passar informações? jpaulobap@gmail.com Obrigado.
  9. Eu ouço até hj relatos das pescarias do meu pai e meus tios no Rio São Lourenço que passa por meu Município. Há mt tempo atrás chegaram até comentar se iria ser sempre bom de peixe daquele jeito (porém não pensavam em soltar qualquer peixe). Hj quem pesca no mesmo rio não consegue acreditar nas histórias tamanha dificuldade pra pegar uns peixinhos e eu acredito que nem é tanto por poluição e sim pela contínua pesca predatória. Ano passado quase apanhei duns pescadores por ter solto um curimbatá. Pergunto o mesmo: Será que nossos filhos e netos verão fartura de peixes? Tomara que, mesmo que pequenas, nossas atitudes da pesca esportiva surta algum efeito futuro. Uma beleza e uma pena ao mesmo tempo a foto acima.
  10. Votado Perazio! Mas acho que não precisa nem torcer hein! Parabéns! Abc.
  11. Nelson, as que encontrei com opção de tablado são: Pousada Cururu; Pousada Rancho Mirassol e Pousada Sossego.
  12. Tô vendo que o esquema é esse de ir e voltar de barco msm. Obrigado pelas informações turma.
  13. Pelo jeito não tem não Nelson! chorei:: Faz tempo que estou afim duma pescaria dessas no Paranazão, mas não conheço nada por lá. Pousadas com flutuantes e que eles te levam lá do outro lado de barco e vão buscar a tarde eu encontrei, mas não gostei mt da idéia... imagine se arma um temporal? Poderia ser até de barranco, mas me informaram que de barranco não tem como tb. Se descobrir algo me avise.
×
×
  • Criar Novo...