Ir para conteúdo

Pesquisar na Comunidade

Mostrando resultados para as tags ''RIO UATUMA''.



Mais opções de pesquisa

  • Pesquisar por Tags

    Digite tags separadas por vírgulas
  • Pesquisar por Autor

Tipo de Conteúdo


Fóruns

  • Bate Papo Geral e Assuntos Correlatos.
    • Selecione a sala abaixo:
  • Pesca em Água Doce
    • Assuntos Gerais (água doce)
    • Equipamentos de Pesca (água doce)
    • Relatos de pescaria (água doce)
  • Pescaria em Água Salgada.
    • Assuntos Gerais (água salgada)
    • Equipamentos de Pesca (água salgada)
    • Relatos de pescaria (água salgada)
  • Pesqueiros (pesca-e-pague), Fly Fishing e Caiaque.
    • Selecione o tipo de pescaria abaixo:
  • Náutica
    • Tudo sobre náutica
    • BassBoat Brasil
  • Eletrônicos
    • Selecione a sala
  • Aprenda a usar o fórum. Entenda como ele funciona.
    • Selecione a sala
  • Anúncios Globais e Anunciantes
    • Anunciantes do FTB. Promoções aos nossos amigos pescadores!
  • Club das 22lbs
    • Galeria 22lbs. Só monstro acima de 10Kg.
  • Pacotes de pesca dos nossos usuários
    • Em Andamento
  • Classificados
    • Selecione a sala abaixo:

Encontrar resultados em...

Encontrar resultados que contenham...


Data de Criação

  • Início

    FIM


Data de Atualização

  • Início

    FIM


Filtrar pelo número de...

Data de Registro

  • Início

    FIM


Grupo


Nome + Sobrenome (obrigatório)


Localização

Encontrado 7 registros

  1. Bom dia amigos pescadores, estou com uma dúvida cruel, gostaria de uma dica de pessoas com mais experiência, 2021 vou realizar minha primeira pescaria na Amazônia (para ser mais especifico em balbina) um outro amigo nosso do grupo falou que no rio Uatumã a chance de pegar um peixe maior é melhor, já que em balbina os peixes ficam no máximo até 65cm. A quantidade de peixes acima dos 60cm sai com abundância no lago de balbina ? Qual vocês indicariam para uma pescaria amazônica? Lembrando que estamos passando por um momento de crise, então não podemos gastar muito.
  2. Olá amigos pescadores!! Estou aqui para fazer um relato muito especial para mim, minha primeira pescaria no território dos gigantes tucunarés, a Amazônia Brasileira!! Tudo começou em Novembro de 2014, quando meu tio Carlos voltou de uma pescaria no Rio Itapará e disse que tinha um convite a me fazer.. Eu pensei, oque será agora??!!! Ele estava querendo voltar a pescar no Rio Uatumã em 2015, ele esteve nesse rio a mais ou menos 12 anos atrás, e disse que os maiores tucunarés que ele já pegou havia sido lá e olha que ele já pescou em muitos lugares propícios para os gigantes.... Pois bem, convite aceito, alvará concedido pela esposa, pescaria marcada para 09/out/2015 até 17/out/2015... Mas... E agora, o que fazer, por onde começar? Nunca havia pescado com isca artificial antes da minha vida, sempre ia a pesqueiros, mas somente com isca natural e etc... e sabia que no Amazonas a pegada seria totalmente diferente. Comecei a ver vídeos e me empolgar com o assunto... Devo admitir que aprendi teoricamente quase que 70% vendo os vídeos do Pesca Pará, atual Pura Pesca.. Para mim, o Eduardo Monteiro tem o dom de transmitir a informação, muito didático, calmo... Arrisco a dizer que, assisti todos os vídeos do canal dele. Iniciei minha participação mais ativa do fórum, lendo relatos sobre equipamentos, dicas e tudo que era relacionado a pescaria de tucunaré, isca artificial.... Fazendo perguntas, pegando carona na pergunta de outros pescadores e assim foi indo... Até que comecei a treinar, ainda com os equipamentos do meu tio.. Fomos ao sitio no Natal de 2014, os meus primos me chamavam de louco: "E Octávio, na piscina não tem peixe, não vai arrumar nada ai" mas eu nem ligava.... Continuava a treinar os arremessos com carretilha, que também nunca havia praticado, sempre utilizei molinetes... Fiz minha primeira aquisição, uma carretilha Venator da MS, já pensando na hélices rsrsrs (não vou entrar em detalhes, pois esse nome Venator é muito polêmico e não quero desvirtuar o tópico, rs), depois comprei uma vara TBlade VFOX 5'6 25lbs. Sempre antes de comprar pedia diversas opiniões, tanto aqui no fórum, quanto para meu tio, já pescador experiente.... E assim foi indo.. compra uma isca aqui, uma linha ali, um alicate de contenção, mais uma carretilha, mais uma vara, mais algumas iscas e mais iscas e mais iscas.... vocês sabem como funciona... é um vicio, vou procurar tratamento... rsrsrsrsrs Agora a historia já tinha mudado... quando ia para pesqueiros, sempre levava vara, carreta e algumas iscas para praticar.... tornou-se uma realidade as iscas artificiais nas minhas pescarias... Treinava o trabalho das iscas, zaras, helices, poppers, arremessos, regularem da carretilha, e vou falar que, para quem estava começando, não fiz muitas cabeleiras... rsrsrs Depois de longos 10 meses pensando em tudo que poderia precisar lá na pescaria, longos 10 meses na ansiedade de chegar logo o grande dia da pescaria, eis que ele chegou... No aeroporto de Guarulhos com destino a Manaus. Já no aeroporto de Manaus, com alguns dos integrantes do Malacabados, essa turma conheci pelo fórum de pesca Pescaki, através de um convite que fiz para essa pescaria no Uatumã. Eu, Joberto, Eduardo e Raffaello. Faltou o Tiagão para a foto... Todos dentro da Van, sentido a Taquatiara, onde o Barco Amazon Prince nos aguardava... Já no barco apreciando uma cervejinha, caipirinha e posteriormente arrumando as tralhas para o dia seguinte. O barco navegou durante a noite e quanto acordamos, estávamos aqui. Bom, vamos ao que interessa: TUCUNARÉ! Meu tio abriu a contagem com um pequeno, mas não deixa de ser Tucunaré. Indo atrás dos próximos pontos de pesca... Ninguem é de ferro... Mais um pequeno.... Confesso que durante boa parte da manhã eu estava Dedon (sem pegar nenhum peixe) mas até que as coisas começaram a mudar... Bom, esse foi o primeiro dia de pescaria... fisguei ao todo acho que 4 tucunarés nesse dia e uma linda e grande Aruanã, mas não consegui embarca-la para sair na foto.. No segundo dia de pesca, posso dizer que achamos o ponto ideal! O local se chama lago do Leandrinho... Ficamos a manhã inteira pegando peixe atrás de peixe. Ao todo acho que mais de 80 peixes, de 1 a 4 kilos na média... No começo eram só os pequenos, mas meu tio disse: “Onde tem pequeno, tem grande” e tinha mesmo. Esse cara na água é nosso piloteiro, Caio. Cara nota 1000000000, sem palavras! Recomendo, de olhos fechados. Meu tio com o belo Paca Açu. Meu primeiro tucunaré na hélice, Rip Roller 5.25 halloween. Até que o piloteiro falou: “Você tem um jig branco? Testa ele aqui” Testei e olha o resultado: Esse lindo Açu totalmente diferente de todos os outros peixes que eu já tinha visto por foto, em vídeo ou qualquer lugar... Esse pesou 5Kg no boga... Pra mim, toda a viagem, toda a preparação já tinha valido a pena, eu tremia de alegria, felicidade, emoção, adrenalina... Nossa, que emoção... E outros peixes foram saindo... No terceiro dia de pesca, o Barco Amazon Prince já estava em outro local, se eu não me engano no rio Jatapu. Entramos na voadeira e começamos a navegar, não tinha navegado nem 3 minutos e o piloteiro desliga ao motor no meio do rio e fala: “Olha os peixes batendo ali na beira”. Eu não tinha arrumado nenhuma vara ainda, estava colocando as luvas.. quando peguei a primeira isca, o JIG branco e joguei ele na agua... Meu tio pegou esse primeiro. E depois, eu peguei esse lindo Açu!! Que peixe lindo, que pintura. Esse peixe pesou pouco mais de 6,5kg no boga. E durante o dia quem mandava na água era o JIG branco. Não fiz a pescaria somente com o JIG, pois queria ver as porradas na superfície... Voltei com a Rip Roller e mais um lindo peixe... Foi pra galhada e lá foi o Caio atrás dele novamente... Meu tio fisgou esse lindo Tucunaré usando a isca Lorão, da Lori... muito barulhenta, isca show. Quarto dia de pescaria e essa Aruanã quis sair para foto, então lá vamos... Mais um belo tucunaré. E outro... Até que.... Esse lindo AÇU Travessa (como os locais chamam) deu as caras pra mim! Eu estava feliz? Olha o sorriso da criança aqui... rs Cara, que sensação, que adrenalina... Deus é muito bom! Primeira vez na Amazônia e consegui fisgar esses gigantes, sem palavras. Esse pesou 7,5kg no boga. Quinto dia... Estávamos em outro lugar e fomos conhecer uma lagoa... Não foi muito produtiva, mas saíram alguns peixes! Barco Amazon Prince. Sexto dia de pescaria.... Mais um belo bocudão... E mais um belo Açuzão fisgado por mim, foi demais!!!! Admito que eu estava iluminado por Deus!! Só pode ser... Achamos um ponto que muitas trairas, algumas bem pequenas, outras um pouco maiores, mas nada que impressionasse... Peixe assado na beira, que delicia.... Aqui, eu (esquerda), meu tio Carlos (centro) e nosso piloteiro Caio (direita), baita equipe!!! Aqui toda a galera da Equipe Marupiara!!! Galera nota 10000!!! Sem palavras. Dois faltaram na foto pois estavam tendo um piriri no banheiro. rsrsrsrs Bom, desculpem o tamanho do relato, mas não podia deixar nada disso de fora... Agradeço a Deus pela oportunidade e ele fez com que tudo fosse perfeito. Agradeço a minha esposa pelo alvará concedido, ao meu tio pelo convite, aos meus parceiros de pesca, Família Malacabados, ao nosso piloteiro Caio que sempre nos deixou na cara dos gigantes.. Obrigado a todos e se Deus quiser ano que vem estaremos lá novamente! Conjuntos utilizados: 1º conjunto - Vara TBlade VFox 5'6 25lbs, Carretilha Venator, Linha Power Pro 65lbs, Leader Intergreen 60lbs 2º conjunto - Vara Pinnacle Vertex 5'3 25lbs, Carretilha Curado 201hg, Linha Sufix 832 63lbs, Leader Intergreen 60lbs. Iscas mais matadeiras: - Jig branco, Jumping Minnow T20 cor Osso, Bora 12 Osso e verde limão, Devassa 14cm Cor coral, Zig Zara qualquer cor, Lorão 12cm, Rip Roller 5.25 Halloween, se lembrar de mais alguma eu mando aqui... Abraços, Octávio
  3. Olá pescadores! Olha eu aqui novamente... Hoje, compartilho um vídeo da pescaria de uma Pirarara no Rio Uatumã, até que pequena para os padrões Amazônicos, mas que nos rendeu uma grande surpresa....... A forma que ela fisgou foi muito estranha, pois ela pegou a isca, correu, conforme dá pra ver no vídeo, e parou... mais de 3 minutos depois que fomos recolher a linha, meu tio percebeu que tinha peixe na linha!!! Não sabíamos se era uma arraia, se era pirarara... isso explica a euforia ao descobrir que era a Pirarara!! Não sei quem ficou mais feliz...... kkkk alegre:: alegre:: alegre:: alegre:: Espero que gostem! Abraços,
  4. Tucunarés Explosivos da Reserva RDS Rio Uatumã Fala Galera, Voltando ao fórum com bastante fotos, infos e tucunas para vocês. Faz um tempo que escuto de grandes amigos que o Rio Uatumã e outros próximos a Manaus estão trazendo bons resultados com a preservação e nova cultura que temos conquistado cada vez mais em termos de responsabilidade ambiental e preservação das espécies em geral. Ano passado fizemos boas pescarias no Rio Juma e agora, o foco foi na RDS (Reserva de Desenvolvimento Sustentável) do Rio Uatumã. Agradecimentos ao Grupo de Pesca: Eu Cuca Buriman; Flavio I; Nelson e Rafa Baba; André Michel e Alfredo; Carlos e Eric; Marcio e Elton; arrow:: Sobre o Local: A pescaria ocorre no Rio Uatumã aprox. A 50km abaixo do Porto da Morena. A reserva tem apoio do Idesam (Instituto de Conservação e Desenvolvimento Sustentável do Amazonas – uma organização não governamental sem fins lucrativos sediada em Manaus) e pelo Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas – IPAAM. O pessoal da pousada respeita muito a região!!!! Não se mata tucunaré além da cota estabelecida de UM peixe por pescador para A SEMANA de pesca. Também existem praias que não podemos desembarcar para fazer almoço de mato por serem reservas de quelônios. Existem alguns lagos “fechados” destinados para a reprodução aonde é proibido a navegação no local. arrow:: Estrutura: Com fundamentos sustentáveis, a pousada Uatumã Ecofishing de exclusividade e parceria com a Buriman Viagens e Turismo, é um estrutura que desenvolve a economia local contratando guias de pesca e equipe de terra da própria comunidade. A pousada rústica com liberação para operar com o “turismo de comunidade” é muito simpática, extremamente organiza e toda a família do proprietário João Paulo recebe as turmas de pescadores com o maior carinho e atenção. São 5 chalés duplos ou triplos com ar condicionado, um salão principal e externo para confraternizar. Também contamos com um barco de apoio regional, utilizado em algumas oportunidades como base avançada para buscarmos novos pontos e cenários de pesca dentro da RDS. arrow:: A Pescaria: iniciamos a temporada dia 27/09 à 03/10. O nível de água ainda estava 1,7m acima, mas os tucunarés já estavam aguardando para atacar nossas artificiais. Logo a pesca não foi fácil, mas muito divertida. Encontramos alguns cardumes de tucunas com 1,5-3kg. De repente no meio do cardume recebíamos porradas na superfície de tucunas de 5-6kg. Show!!! A pesca ocorre nos grandes lagos e ressacas do Rio Uatumã. As bocas de lagos e igarapés estavam sensacionais para capturar “pacas” nervosos com as hélices. Média de 40 peixes por dia e alguns dias mais difíceis com alguns exemplares beirando os 7kg. arrow:: Como chegar lá: www.burimanviagens.com.br/rio-uatuma WhatsApp do Cuca (11) 99995-6914 cuca@burimanviagens.com.br Estamos abrindo convites aqui no Biguá no link ao lado: http://www.turmadobigua.com.br/forum/topic/37128-buriman-convite-pescaria-dentro-da-rds-rio-uatum%C3%A3-amazonia-por-r3550/?hl=uatuma ESPERO QUE CURTAM BASTANTE E POR FAVOR, COMENTEM POIS ISSO MOTIVA O FORUM A COMPARTILHAR INFOS! valeu
  5. Amigos pescadores, boa tarde. Estou indo pescar no rio Uatumã - AM, no final de setembro, alguém tem noticias recentes do nível da água lá? A ultima informação que tive era que estava muito alto, mas começando a abaixar aos poucos. Obrigado
  6. Confiram mais um video top, no canal do Baquara Team Dessa vez uma pescaria no Rio Uatuma, Otima opção pra quem tem o tempo corriddo e quer gastar pouco! Detalhe, o meu parceiro do bote, era a primeira pescaria dele, e pegou meu bogagrip e foi querer pegar o peixe, isso no ultimo video, resultado, boga na agua kkkkkkkk... Mas me pagou um novo, ta valendo. Pescador: Chrystiano Ricardo
×
×
  • Criar Novo...