Ir para conteúdo

O FTB foi atualizado e otimizado.

Antes, para visualizar todas as nossas salas, era preciso descer a barra de rolagem por muito tempo. Isto dificultava a nossa vida, principalmente a dos novos usuários, que não encontravam as salas/assuntos de interesse.

Agora as salas foram transformadas em "sub salas" e incluídas em grandes fóruns.

Esperamos que tenham gostado. :amigo:

Entre para seguir isso  
João Biguá

SERRA DA MESA -O FIM DO PARAÍSO

Posts Recomendados

É verdade, Luiz. Infelizmente ainda existem alguns imbecís que aproveitam as oportunidades e, principalmente, a ausência da fiscalização para burlar a lei. Mas, temos que denunciar, gritar, espernear etc.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Na minha opinião a SM está aguentando é muito ainda achamos peixe lá, essa represa é guerreira por que eu conheço lá desde suas primeiras águas e desde então vejo essa matança que não acaba nunca mau:: diabo::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pois é na minha opinião, o Ministério da Pesca junto com outros órgãos fiscalizadores deveriam estar a par disso e tomar as medidas cabíveis antes que seja tarde. Se esperarmos mais um pouco esses predadores acabarão com todo estoque pesqueiro desses locais que adoramos frequentar...

Nós estamos pagando por isso e não estamos tendo retorno, muito pouco está sendo feito pra se resolver a questão. Algumas iniciativas privadas, ou feitas por pescadores esportivos como nós, porém são irrisórias perto da atual necessidade.

É triste...

Pra mim peixe comercializado deveria vir 100% de criação em cativeiro, peixe da natureza só para consumo no local. Cota 0 para transporte em todo Brasil...

Pelo menos durante uns 5 anos...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Visitante

Infelizmente esta é uma realidade.

Existem pescadores que se pudessem levar a represa junto levaria, não perdoam nada. Quero ver o que vão fazer quando acabar os peixes, e se continuar desta forma um dia vai acontecer.

A pressão de pesca esta enorme.

Também estive na serra da mesa no fim de semana que passou.

Na pousada onde estava hospedado, os pescadores estavam pegando muito de fundo realmente, ao ponto de chegarem com 12 tucunas em uma só tarde.

O que vale é mostrar o peixe (não é nem para consumo), infelizmente esta é a mentalidade maioria destes pescadores.

Do mesmo jeito também nunca vi um fiscal pesar nada, muito menos contar peixe.

Infelizmente esse vai ser o fim da serra da Mesa, se nossas autoridades não fizerem nada

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Caro Luis,

Tuas afirmações/constatações são absolutamente verídicas!

Entretanto existem pessoas que estão trabalhando duro para que a "matança" tenha um fim... Como bom exemplo posso te citar a Pousada do Germano que está dando um desconto de 20% nas diárias para aqueles que praticam a pesca esportiva. Além do Ediley (e do grande trabalho do Eribert) ambos da PG cito também os esforços do Gil que também é dono de pousada e está lutando para a implantação da pesca esportiva.

De minha parte (sou Presidente da APEGO e vice da FBPE) estou fazendo o máximo possível para dar uma contribuição eficaz no que se refere a um ordenamento pesqueiro na bacia do Araguaia e do Tocantins, capaz de proteger o Tucunaré que por lá é endêmico...

Vocês não imaginam o que foi a reunião em Goiânia com o Ministério da Pesca! Jamais vi algo parecido e confesso que fiquei muito preocupado, não só com Serra da Mesa, mas com o ordenamento pesqueiro em todo o Brasil.

Por outro lado tenho a informar que os estados do Mato Grosso e Goiás, em função de um trabalho técnico de grande envergadura realizado por biólogos do IBAMA-DF, fizeram a opção de realizar o ordenamento estabelecendo o tamanho máximo, de forma que pelo menos as matrizes passarão a ter uma proteção adicional a partir de agora.

Mas o Ministério da Pesca não aceitou e apesar disso o tamanho máximo será implantado nestes dois estados... Se as soluções ambientais tiverem que passar pelos conflitos que passem, mas as soluções haverão de ser adotadas por quem parece ter maior discernimento e bom senso!

Falei, pedi, implorei que pelo menos na Instrução Normativa fosse contemplada a pesca esportiva como categoria, não como solução de todas as mazelas, mas como uma forma de gestão dos recursos mais adequada as necessidades desses novos tempos em que os estoques pesqueiros brasileiros encontram-se combalidos! Mas o Ministério da Pesca fez ouvidos moucos... Não é fácil!

Quanto à fiscalização todos sabem a triste realidade... Ela não existe e parece que tudo está sendo feito para ela inexistir...Mas nem tudo está perdido! Aqui em Goiás já foi realizado o concurso da SEMARH e após as eleições serão chamados os 180 classificados, dentre os quais 40 vgas para a fiscalização.... Aleluia!!!!

Quanto ao Ministério da Pesca, posso considerar que a reunião em si foi um desastre, mas é do conflito que haverão de surgir as soluções! Fui convidado a ir à Brasília para discutir a IN depois dela feita e vou tentar um acordo que possa contemplar a todas as categorias de pescadores.

Atualmente o Ministério só pensa (e age) em função dos pescadores profissionais e a minha posição é clara: tenho um mandato para defender os pescadores esportivos (e amadores) de forma que se não for possível realizar o entendimento só restará um caminho: o do Poder Judiciário e então a pesca como um todo corre o risco (amparado pela lei federal 11.959/de 2009 e pelo decreto 6981 também de 2.009) de ser proibida em todo o território nacional e se só restar isso, quero ser o culpado por tudo o que possa advir desta decisão judicial, mas então restará uma grande discussão na grande imprensa e a verdade haverá de ser revelada.

abração

Kruel

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

È...Kruel!!!

È muito triste a realidade deste país, na qual o estado privilegia a destruição dos recursos naturais, fomenta a desordem e o caos apoiando ações terroristas como as do MST, na qual um cidadão honrado e trabalhador deve abrir mão do direito de sua propriedade, do direito ao porte de arma, de engolir o lixo televisivo...tudo isso com um único objetivo...a manipulação dos ignorantes! Tudo em detrimento da sobrevivência de alguns marajás que mandam e desmamandam nos políticos e no comportamento deste país...

Tudo isso fica cada vez mais claro para quem tem um pouco de cultura e dissernimento, pois o que o governo busca na realidade com este comportamento é que o cidadão seja cada vez mais dependente do estado, afinal se ele não tem mais o que pescar e o Lula dá um frango e um salário para ele "sobreviver" naquele mês, ele se contenta em sua ignorância achando que aquilo é bom pra ele e ele estará feliz... com isso ele irá parar de questionar, de trabalhar, de aprender e de lutar por seus interesses e ideais e consequentemente se comportará como o governo espera.

Mas este não é um mal só na pesca, infelizmente está enrraizado e cada vez mais latente em nosso cotidiano e em todas as esferas governamentais, inclusive no mundo corporativo.

Vejam como anda o crescimento dos dependentes de crack nos últimos 5 anos...jovens e crianças que se tornam zumbis!!!Você acha que se o governo tivesse vontade de acabar com as drogas já não teria feito!!! Qualquer um de nós sabe de ionde vem e para onde ela vai, porém como que o govermo vai combater a droga se quem se beneficia dos lucros da venda dela é quem manda neste país e paga as mordomias de grande parte dos políticos...

Existe algo mais fácil de se manipular do que uma geração de dependentes "mortos vivos"?

Será que agora fica mais claro porque o filho do Lula, até então um desconhecido virou dono de uma emissora de TV...Alguma semelhança com a gestão de Hugo Chaves, será???

Concordo que não devemos nos calar e que se a única forma de tentar melhorar o pouco que nos sobra for proibir a pesca como um todo, que assim seja feita...Pelos menos pessoas de bem, mesmo que prejudicadas por não poderem usufruir do seu maravilhoso hobby, poderão deitar suas cabeças no travesseiro e dormirem em paz sabendo que fizeram de tudo por este nosso tão amado e sofrido país!!!

Peço desculpas ao criador do tópico pelo desabafo, mas precisava fazê-lo!

Abraços

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Caro Luis,

Tuas afirmações/constatações são absolutamente verídicas!

Entretanto existem pessoas que estão trabalhando duro para que a "matança" tenha um fim... Como bom exemplo posso te citar a Pousada do Germano que está dando um desconto de 20% nas diárias para aqueles que praticam a pesca esportiva. Além do Ediley (e do grande trabalho do Eribert) ambos da PG cito também os esforços do Gil que também é dono de pousada e está lutando para a implantação da pesca esportiva.

De minha parte (sou Presidente da APEGO e vice da FBPE) estou fazendo o máximo possível para dar uma contribuição eficaz no que se refere a um ordenamento pesqueiro na bacia do Araguaia e do Tocantins, capaz de proteger o Tucunaré que por lá é endêmico...

Vocês não imaginam o que foi a reunião em Goiânia com o Ministério da Pesca! Jamais vi algo parecido e confesso que fiquei muito preocupado, não só com Serra da Mesa, mas com o ordenamento pesqueiro em todo o Brasil.

Por outro lado tenho a informar que os estados do Mato Grosso e Goiás, em função de um trabalho técnico de grande envergadura realizado por biólogos do IBAMA-DF, fizeram a opção de realizar o ordenamento estabelecendo o tamanho máximo, de forma que pelo menos as matrizes passarão a ter uma proteção adicional a partir de agora.

Mas o Ministério da Pesca não aceitou e apesar disso o tamanho máximo será implantado nestes dois estados... Se as soluções ambientais tiverem que passar pelos conflitos que passem, mas as soluções haverão de ser adotadas por quem parece ter maior discernimento e bom senso!

Falei, pedi, implorei que pelo menos na Instrução Normativa fosse contemplada a pesca esportiva como categoria, não como solução de todas as mazelas, mas como uma forma de gestão dos recursos mais adequada as necessidades desses novos tempos em que os estoques pesqueiros brasileiros encontram-se combalidos! Mas o Ministério da Pesca fez ouvidos moucos... Não é fácil!

Quanto à fiscalização todos sabem a triste realidade... Ela não existe e parece que tudo está sendo feito para ela inexistir...Mas nem tudo está perdido! Aqui em Goiás já foi realizado o concurso da SEMARH e após as eleições serão chamados os 180 classificados, dentre os quais 40 vgas para a fiscalização.... Aleluia!!!!

Quanto ao Ministério da Pesca, posso considerar que a reunião em si foi um desastre, mas é do conflito que haverão de surgir as soluções! Fui convidado a ir à Brasília para discutir a IN depois dela feita e vou tentar um acordo que possa contemplar a todas as categorias de pescadores.

Atualmente o Ministério só pensa (e age) em função dos pescadores profissionais e a minha posição é clara: tenho um mandato para defender os pescadores esportivos (e amadores) de forma que se não for possível realizar o entendimento só restará um caminho: o do Poder Judiciário e então a pesca como um todo corre o risco (amparado pela lei federal 11.959/de 2009 e pelo decreto 6981 também de 2.009) de ser proibida em todo o território nacional e se só restar isso, quero ser o culpado por tudo o que possa advir desta decisão judicial, mas então restará uma grande discussão na grande imprensa e a verdade haverá de ser revelada.

abração

Kruel

Mestre Kruel,

Mais uma vez agradeço a sua contribuição aqui, bem esclarecedor para quem acha (assim como eu achava a pouco tempo) que nada está sendo feito.

No pouco que conversamos eu já estava incomodado com o fato de você não ter ainda colocado aqui seu resumo sobre este encontro, que como você citou foi LASTIMÁVEL, a apresentação máxima do despreparo e principalmente do descaso do Ministério da Pesca com o compromisso de uso sustentável dos recursos naturais.

Agora, como associado da APEGO eu gostaria de saber qual verdade é esta?? ::excl::

Se necessário abra um novo post e depois linkamos este aqui. joia:::

NOVO POST DO KRUEL

viewtopic.php?f=56&t=11863&p=126363#p126363

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

arrow:: Fui pescar na SERRA DA MESA semana passada,estava ótimo,a represa baixou 1 metro,voce não precisa ir na praia grande ou coqueirinho para pegar os tucunas,eles estão batendo em outros lugares também.

arrow:: O que gostaria de comentar é que os pescadores que estão frequentando todas as pousadas e os pescadores da própria região de Niquelândia estão matando os tucunas;

arrow:: A cota de tucunas é de 5 kilos por pescador,a maioria dos pescadores que frequentam as pousadas não são esportivos, pescam jogando lambari em cima dos tucunas que os piloteiros levantam;

arrow:: Nunca vi pesarem as cotas que levam,nunca fui fiscalizado,nunca me pediram a liçença de pesca,nunca vi um fiscal;

arrow:: Não culpo os donos das pousadas,é o negócio deles,os tucunas são O COMÉRCIO,COMÉRCIO,COMÉRCIO E COMÉRCIO,o pensamento é no lucro imediato,se eles não deixam os pescadores levarem os peixes,eles não voltam mais;os piloteiros incentivam os pescadores a praticar o pesque e solte,mas o que podem fazer com aqueles que estão pagando seu serviço;

arrow:: Há muitos anos quando começou a pesca de tucunas em PRESIDENTE EPITÁCIO não existia cota,a pesca era abundante,atualmente se pegar 5 peixes no dia é ótima pescaria,a cota atualmente é 5 peixes por pescador,também nunca vi contarem nas pousadas,mas na represa fui fiscalizado,pediram licença de pesca, e se pegarem algum barco com mais de 5 peixes por pescador, é o piloteiro que responde;conheço piloteiro que foi prêso,pagou multa, foi indiciado e condenado,tem que se apresentar regularmente na delegacia e não pode sair da cidade enquanto não for liberado;

arrow:: Infelizmente o que estou vendo, é que a SERRA DA MESA estão seguindo exatamente o mesmo caminho de PRESIDENTE EPITÁCIO,não se enganem ,pescadores esportivos como nós, que praticam o pesque e solte são uma minoria,outro dia vi no FÓRUM amigos malhando as pousadas de PRESIDENTE EPITÁCIO,amigos estão fazendo o mesmo na SERRA DA MESA,estão matando os tucunas aos milhares;

arrow:: Durante um dia de pescaria,o piloteiro identificou um barco da região de Niquelândia que estavam jogando lambari em cima de um bando de tucunas,mataram dezenas,inclusive os fora de medida;

arrow:: Não vejo na região o incentivo à pesca esportiva,não vejo fiscalização,só vejo muito COMÉRCIO em cima dos tucunas,em pouco tempo vão acabar com o PARAÍSO SERRA DA MESA;Um abraço.

Luiz, a realidade é triste sim, problemas, problemas e falta de ajuda de quem tem a obrigação e se omite (o estado).

Só não se pode comparar com o caso de Epitácio, primeiro porque aqui o tucunaré é nativo, ou seja, muito melhor adaptado, provavelmente com condições muito melhores para reproduzir. Talvez isto até responda a grande resistência da represa citada pelo Junior.

Segundo nas águas do Estado de Goiás não é permitido o uso de petrechos como redes, espinhéis, etc... (eles existem sim, de forma ilegal e numa quantidade muito menor do que se fossem permitidos como no estado de MG por exemplo). Vez em outra (muito menos do que se espera) há grandes apreensões de materiais predatórios por aqui, a não permissão do uso destes mesmo por pelos profissionais facilita bem este tipo de apreensão.

Por último há sim pousadas que batem de frente e não permitem nada acima da cota e ainda incentivam o pesque e solte, como já foi acima citado a POUSADA GERMANO, que oferece desconto ao cliente cota zero.

Veja bem, concordo que falta muuuuuuito, mas tem coisa acontecendo sim. Não podemos só espancar, temos também que elogiar por exemplo o fato de ser umas das únicas represas do Brasil livre de redes legalizadas e outros petrechos.

Mas a cena está triste e preocupante mesmo. buaa::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Cadê a opinião dos pescadores esportivos, esta luta e de todos nos, ou vão sentar no próprio rabo.

Um assunto tão grave que mexe com toda a nossa categoria, e fica todo mundo calado, vamos agitar.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Essa questão é um sequência de falhas em diversos setores.... É a falta de consciência dentre os pescadores. Impunidade dos órgão com competência para fiscalizar e punir. Falta de vontade política devido a busca frenética deste políticos por votos.

Uso as palavras do Xande: "A cena está triste e preocupante mesmo."

Mas existem sim algumas "poucas" ações de pescadores esportivos e de pousadas que incentivam o pesque e solte.

Pena que a maior parte dos brasileiros querem levar vantagem em tudo. E enquanto isso não mudar, o povo Brasileiro tem mesmo é que se lascar. Pois são eles que colocam os políticos que temos hoje.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Situação dificil essa, será que o proximo presidente colocara um ministro que faça alugma coisa?? Pq tb não adianta ficar trocando 6 por meia duzia.

O grande problema das eleições sempre é essas, quem sera ministro disso ou daquilo, acredito que podiamos esperar alguma coisa da Marina Silva, mas não tenho esperança que ela ganhe.

A situação esta dificil, as coisas em vez de melhorar estão piorando, o que podemos fazer???

Abaixo assinado, campanha, mandar email para emissora de televisão??

Alguem sabe de algum politico que acha esse projeto interessante, alguem que posso nos apoiar, pq só assim para ter alugma coisa nesse pais, pq aqui em MG só na justiça...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Leis existem, fiscais não, a cultura é sempre a de levar vantagem (lei de Gerson). "para os mais novos - Lei de Gerson, após a copa de 70, a Souza Cruz (cigarros), lançou uma propaganda do CARLTON em que aparecia o Gerson (canhotinha de ouro) com uma carteira de Carlton em uma mão e um cigarro acesso na outra, entre um "baforada e outra" ele falava "CARLTON, este é pra quem sabe levar vantagem". A DESGRAÇA ESTAVA FEITA.

Eu e outros dependemos de peixes vivos, peixe morto não tem valor comercial pra mim.

Por ano, devo "perder" uns 4 a 5 grupos quando explico que a viagem é para pesca esportiva, não congelo peixe, não trato peixe e que MINHA cota é ZERO.

Aponto os estado: Minas é campeão, SP em segundo, Goias(inc. DF), terceiro e por ai vai...

Isto com certeza é um fato que a grande maioria aqui desconhece - O operador perde muito por não "carregar" matadores.

Aqui é comum um monte de "pescadores esportivos" irem até ao nosso litoral e dizer " tenho que pegar peixe para PAGAR a viagem", não vão se divertir, vão abastecer a geladeira.

Tucuruí - em tamanho só perde para Itaipú, as pousadas faliram, eu não opero mais lá, o lago se formou em 1985, abrange 6 municípios, todos abastecidos(em peixe) pelo lago, levantamentos apontam que saem do lago 4t de peixe por dia, abastecendo inclusive parte do interior do Maranhão.

O Pantanal 1 dia secou (de peixe) "fizeram algo depois que o leite derramou".

Os demais lagos do Brasil, certamente vão no mesmo caminho.

Solução: COTA ZERO

Proibido a transporte de pescado

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá maninhos... Não ia manifestar... Mas resolvi palpitar...

Trabalho e vivo da pesca esportiva em Serra da Mesa...Na pousada onde trabalho os peixes da cota são pesados e apartir de cota completa o cliente é obrigado a praticar o pesque e solte.... Além da pousada oferecer um desconto de 20% para quem não leva peixe pra casa ( transporte zero), os guias são treinados a levar seus clientes em cardumes onde a cota será completada rapidamente com peixes pequenos. Mas infelizmente nem todas pousadas são iguais.... Realmente esses fatos chocam a gente... Tem horas que até fazemos loucuras em forma de protesto. (com certeza em vão).

Mas no meu ponto de vista, analisando o que vimos desde 1998, (bomba, arrastão, milhares km de redes... Pousadas matando tudo, Caminhões de peixes saindo pra Brasília e Goiânia...)

Apesar de ficarmos chocados com tudo isso, estamos passando por uma grande evolução em nosso esporte. Em particular no lago de serra da mesa...

Nos dias de hoje temos leis, estudos, pesquisas, projetos, apoio de pousadas, sites, revistas, programas de pesca e etc...Ou seja...Muitos amigos trabalhando em off praticando realmente pesca esportiva usando serra da mesa como um espelho para o Brasil.

Se olharmos pra traz até mesmo em questão de fiscalização a evolução é muito grande...Só no ano passado (2009) tivemos mais de 10 operações de fiscalização e pesquisas do IBAMA dentro do lago de serra da mesa. Quantidade não suficiente, mas muito expressiva...

O que dói é saber que se fossemos mais unidos (como são os pescadores profissionais) deixando a vaidade pessoal de lado, concorrência entre pousadas, preguiça, descaso e fazendo a nossa parte. Com certeza os políticos iriam nos atender com outros olhos.

Para terem uma idéia. Ontem mandei um email para 7 mil pescadores esportistas e postei em 3 fóruns os acontecimentos que foram citados pelo kruel, e junto foi o endereço de email para protestarmos diretamente com os “donos do boi”.

Por email recebi no Maximo umas 50 confirmações e indignações. Pelos fóruns até com os moderadores ajudando respondendo e colocando como tópico fixo. É lamentável o resultado...

Uma vez o Kruel comentou em um desses nossos encontros de beira de rio regados de cerveja...Que Pra reclamar, desagregar, e não somar...Um tópico tem milhares de acesso,

Já um tópico em favor do meio ambiente que geralmente não tem fotos, é visto pela maioria como um tópico chato.

Por mais que descordei na hora.... Hoje podemos todos constatar a realidade.

O importante é não desistir nunca.

E aproveitando a deixa, peço a todos que realmente praticam pesca esportiva. (sem demagogia) Que continuem a freqüentar o lago de serra da mesa. Pois somente pescando e relatando a realidade como foi o caso do nosso amigo (Luiz Gusso) que contribuiu com esse maravilhoso tópico, estaremos preservando mais.

Ou seja... Pescar para Preservar.

Obrigado Luiz...

P.S. ( e ta muito bom de peixe.)

Um grande abraço!!!

Eriba.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Visitante

Na verdade o que ocorre pra serra da mesa continuar resistindo bravamente... é que os tucunarés são nativos, a temperatura da agua é alta e facilita a reprodução do tucuna 3 vezes ao ano, e por que é muita agua gente é a 2ª maior represa do Brasil em volume d'agua, com 54,4 bilhões de m3 de agua... por que se fosse só depender da qualidade da agua do rio maranhão e das almas e da depredação de alguns pescadores...já tinha ido pro saco.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Visitante

e quanto a fiscalização até esta indo mais ou menos na medida do possivel.....tenho relatos de barreiras nas estrada de terra que dão acesso ao lago nas bandas de niquelândia......e no trevo de dois irmão... fora na barreira de brazlãndia chegando em brasília feita pela PMDF pelo pessoal da CPMA (ambiental)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

Processando...
Entre para seguir isso  

×
×
  • Criar Novo...