Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
Ronaldo G Martins

Lago do Rumo Certo - Represa de Balbina - AM

Posts Recomendados

Introdução

Eu e meu amigo Henrique Dayan decidimos ir conhecer a Ilha do Jeff que fica localizada na represa de Balbina no estado do Amazonas, mais precisamente na comunidade Rumo Certo que é um pequeno distrito do município de Presidente Figueiredo.

Claro que o nosso alvo eram os Tucunarés, para mim era um retorno uma vez que a minha primeira pescaria na represa de Balbina tinha ocorrido em 2004 e após longos seis anos estava voltando a pescar naquelas águas. Se bem que agora o local era mais de 100 km distante de onde pesquei na primeira vez que foi no parte do espelho d’água que fica em Vila Balbina. Tanto é que este lado da represa é conhecido como Lago do Rumo Certo.

A História da Represa

Imagem PostadaImagem Postada

A Usina Hidrelétrica de Balbina está localizada no rio Uatumã (Bacia Amazônica), município brasileiro de Presidente Figueiredo, precisamente no distrito de Balbina, no estado do (Amazonas. Cada uma das 5 unidades geradoras tem capacidade de geração de até 55 MW de energia elétrica, totalizando 275 MW.

Inaugurada no final da década de 1980, a usina é citada como um erro histórico por cientistas e gestores pela baixa geração em relação à área alagada, e pelas conseqüências disso. Balbina é apontada como problemática também no que diz respeito à emissão de gases de efeito estufa, considerados causadores do aquecimento global, a liberação de dióxido de carbono e metano é superior à de uma usina térmica de mesmo potencial energético.

E foi justamente esta grande geração de gás metano que deu origem ao segundo desastre ecológico na região. Em 1994 o reservatório foi esvaziado em função de grande pressão dos ambientalistas (como se esvaziar o reservatório pudesse desfazer o erro inicial) e esse ato insano gerou três conseqüências sérias; Primeiro a mortandade de milhões de peixes, incluindo é claro os Tucunarés que naquela época passavam de 5 kg fácil em qualquer pescaria.

Imagem Postada

-A represa antes do incêndio de 1994-

A segunda conseqüência foi expor todo este gás metano em plena atmosfera. O gás é gerado pela decomposição de matéria orgânica da floresta alagada, que antes do ezvaziamento, era contido pelo espelho d’água.

Com isso foi gerada uma equação perigosa, Metano no ar + Madeira e Matéria orgânica abundante + Grande incidência de raios = Combustão.

E foi essa justamente a terceira conseqüência , um grande incêndio que dizimou o que restou de floresta sobrevivente no espelho d’água, gerando uma paisagem ao mesmo tempo bonita e desoladora.

Imagem Postada

Imagem Postada

Recentemente um apresentador de um conhecido programa de pesca da televisão e internet afirmou que os tocos calcinados eram fruto de quedas de raios, alguns sim, mas nem todos, a grande maioria ainda exibem os sinais do grande incêndio de 1994.

Após esta catástrofe o lago foi cheio novamente e aos poucos os Tucunarés voltaram, mas nunca mais com o tamanho que existiam no passado. Este verdadeiro desastre ecológico nunca foi noticiado ou divulgado no restante do Brasil o que mostra o descaso da época com esta parte nem tão remota assim do Brasil.

Material Utilizado

Eu tilizei os seguintes materiais de pesca:

Carretilhas/ Varas

[*:17uq2esm]Rapala Bronze I classe 12lbs e 5.6"+ Citica 200e - Para os "Popocas"

[*:17uq2esm]Shimano Clarus Classe 17lbs 5.6" + Lubina Black Widow GTO - Com esta peguei a maioria dos peixes

[*:17uq2esm]Intergreen Hércules Classe 20Lbs 5.6"+ Abu Revo Inshore - Para as iscas de Hélice e zaras maiores, mas nem cheguei a utilizar.

Todos os conjuntos estavam carregados com linha 50Lbs da Shimano, a princípio pode perecer que estava desbalanceado, mas quem já pescou na Amazônia sabe que a linha tem que suportar a pancada do Tucunaré e principalmente (junto com um bom Drag na carretilha) propiciar o controle da situação evitando que o mesmo vá para os diversos tocos de madeira, ainda mais em Balbina.

Iscas

Nada de iscas gigantes, o negócio lá são iscas de 10cm no máximo, esta época que fomos a represa está baixando o nível sendo o período mais adequado para as Zaras, Popper e Twitch baits. Lógico que a meia-água sempre pode ser utilizada, mas não lancei uso deste tipo de isca.

De longe a isca mais eficiente foi a Super Spook jr. da Heddon em conjunto com as Corisco (Nakamura) e as boas e velhas Lelé da Borboleta e Popper Cetus da King Fisher. Eu em especial tive uma isca que foi a matadeira com quase 90% das grandes capturas e explosões cinematográficas, uma Super Spook jr. já bem antiga (comprei em 2002) de corpo original semi-transparente e que depois de três idas a Amazônia e outras tantas pescarias fizeram com que a minha ficasse quase transparente.

Vale ressaltar que esta isca foi destruída nesta pescaria e agora vai para a Galeria da Fama curtir uma merecida aposentadoria.

Imagem PostadaImagem Postada

As cores Osso e cítricas são as mais indicadas se bem que as de cor Rosa também pegaram bem.

A Pescaria

Um pacote bem completo, de baixo custo e um roteiro que permitiria uma pescaria de curta duração era nosso alvo como opção ideal para esta pescaria.

Escolhemos a estrutura da Ilha do Jeff em função do mesmo prestar um serviço completo por um preço mais que justo, no valor da diária estão incluídos:

[*:17uq2esm]Transfer Manuas - Balbina - Manaus

[*:17uq2esm]Barco, Piloteiro e Gasolina

[*:17uq2esm]Quarto

[*:17uq2esm]Pensão completa

[*:17uq2esm]Bebidas diversas para a pescaria

Imagem Postada

Imagem Postada

Imagem Postada

https://lh5.googleusercontent.com/-SCwaT8Wbg-w/Tpx5ZtziWEI/AAAAAAAAAGI/IHwnsuU9J6s/s800/IMAG0148.jpg

https://lh3.googleusercontent.com/-4vxGEvC97Ro/Tpx56h8c3VI/AAAAAAAAAGQ/wOjyK7chi7o/s800/IMAG0152.jpg

https://lh5.googleusercontent.com/-fZh_O9OcjAQ/Tpx6sj2OhnI/AAAAAAAAAGg/B8_2dU8VPFg/s800/IMAG0153.jpg

- Henrique com o Jeff, o nosso Anfitrião -

Embarcamos para Manaus no dia 13/10 com o planejamento de pescarmos nos dias 14/10 e 15/10 com retorno no mesmo dia em vôo quase de madrugada.

A pescaria foi realmente muito boa, bem melhor que a feita do outro lado da represa em 2004, o que não deixa de ser espantoso pois quase todos os roteiros de pesca que conhecemos deteriorou com o tempo. Acredito que isso se deva a fiscalização do Ibama, a total ausência de redes (pelo menos eu não vi) e aos pescadores que praticam pesque e solte (não são todos).

Lá podem ser pescados além do Tucunaré Açu e Paca, as Aruanãs, Traíras (Lobó) e as piranhas Pretas. Claro que nosso objetivo eram os Tucunas.

O Primeiro Dia

No primeiro dia pela manhã a pescaria começou bem com exemplares de até 2.5kg pegos todos na isca de superfície.

https://lh6.googleusercontent.com/-55Q62_wH4fI/TpyD6B8hB7I/AAAAAAAAAJA/wZwdpfhtPDw/s512/IMG_0007_lite.jpghttps://lh5.googleusercontent.com/-sC5jx4BCtko/TpyEb9x5m1I/AAAAAAAAAJI/JZHemT9FZbo/s640/IMG_0008_lite.jpg

https://lh5.googleusercontent.com/-5H3V4NdJK2U/TtJzzQShmcI/AAAAAAAAApM/HrcUbpB41EM/s640/IMG_0049.JPG

Os "Popocas" sempre deram as caras, principalmente no Popper e na Twich.

https://lh4.googleusercontent.com/-o9f65MuXBFY/TpyFFzb4QfI/AAAAAAAAAJo/26YyuKYZH2E/s720/IMG_0042_lite.jpg

https://lh4.googleusercontent.com/-ovFk_mA3Ano/TpyFWmAVdOI/AAAAAAAAAKA/A138V7D-uQg/s640/IMG_0043_lite.jpg

https://lh3.googleusercontent.com/-VMGLbUOnjuM/Tpx_NORWNsI/AAAAAAAAAHw/KsOvmhUl2lQ/s800/IMAG0164.jpg

https://lh6.googleusercontent.com/-Jrii_4nQBV0/TtJ1BE8nZII/AAAAAAAAApk/mCYSfGtTa_M/s640/IMG_0056.JPG

Houve um ataque que foi mais que cinematográfico na zara do Henrique, um grande Tucunaré disparou para cima da isca, vindo pelo lado e colocando parte do corpo fora d'água em uma velocidade impressionante. No último instante alguma outra presa deve ter tirado a atenção dele que nem sequer tocou na Zara do Henrique. Acabou dando o bote final um pouco depois da isca e todo o lago voltou ao silêncio de antes.

Tentamos vários arremessos no local mas ele não deu as caras, deixamos para voltar lá no dia seguinte.

Na tarde do primeiro dia os Tucunas começaram a aumentar de tamanho.

https://lh3.googleusercontent.com/-hUjj7T1b8Ew/TpyEsYiZO8I/AAAAAAAAAJY/g_9US4_0-HE/s640/IMG_0009_lite.jpg

Tive alguns ataques de Tucunarés de grande porte, alguns refugando a isca, pois estão começando a formar ninhos e outros conseguindo escapar por não terem sido bem fisgados... o segundo dia prometia.

https://lh4.googleusercontent.com/-coqtHUeI6fg/TtJwpt4rE1I/AAAAAAAAAok/Kfh9AJ63pt8/s512/IMG_0012.JPG

O Segundo Dia

O segundo dia começou como o primeiro, com capturas logo no início da pescaria. Mas uma mudança sutil no comportamento dos peixes me deixou preocupado, tive seis ataques de peixes de grande porte (confirmado pelo Piloteiro Roni) com explosões maravilhosas e que nem sequer bocavam a minha boa e velha Heddon Super Spook Jr.

Até que voltamos ao ponto que no dia anterior o Henrique teve a melhor ação comprovada em termos de peixe de porte, onde um grande Tucunaré tinha disparado pelo lado da isca e desistiu do bote no último momento.

O Henrique novamente lançou uma zara e desta vez não teve acordo, o grande Tucunaré estourou na isca mais parecendo um homem-bomba (ou seria peixe-bomba?. Com a violência rapidez da ação o tucuna conseguiu dar a volta num tronco e se meteu na relva.

Não teve jeito, o piloteiro Roni teve que descer na água, deslocar o tronco liberar a linha para que meu parceiro pudesse embarcar um belo tucuna de 3 kg.

https://lh5.googleusercontent.com/-BEut0QlqLn4/TpyTeduvseI/AAAAAAAAAK0/XuMY_gMcIQI/s800/tucuna3kghenrique.jpg

https://lh6.googleusercontent.com/-VP06X0r7mPw/TpyZ8vZHk-I/AAAAAAAAAME/cnozEGHZkxc/s912/tucuna3kghenrique2.jpg

https://lh4.googleusercontent.com/-3aeleTHbj-o/TtJwzxMaLqI/AAAAAAAAAos/TMmKe3s5pJ0/s640/IMG_0025.JPG

https://lh4.googleusercontent.com/-qdVfqNQBOhI/TtJxULwlugI/AAAAAAAAAo0/6CfmSVW2sfQ/s640/IMG_0026.JPG

https://lh4.googleusercontent.com/-sLe_ulWhVYA/TpyZ6WjydNI/AAAAAAAAAL8/bUKq9xi-J7k/s800/tucuna3kghenrique3.jpg

No meio do dia as Aruanãs deram as caras com boas capturas:

https://lh4.googleusercontent.com/-QR6lTVnQ1tc/TpyFIMAH7TI/AAAAAAAAAJw/CjuUyD4Ouv8/s512/IMG_0034_lite.jpg

Mas o melhor ainda estava por vir, eram precisamente 12:15h do dia 15/11 quando já estávamos quase voltando para almoçar (estavamos discutindo isso) que, contrariando todas as regras, tive um ataque na minha velha Heddon que parecia mais um botijão de gás sendo jogado no espelho d'água. Logo o Roni avisou o que eu já sabia, era um grande peixe provavelmente fora dos padrões normais do lago. A força que tive que fazer para não deixar o bruto ir para as pauleiras foi enorme levando meu equipamento ao extremo, aqui ajudou muito o drag da Lubina BW (ponto para a Mariner) que não cedeu linha para o bruto, no que pese eu estar utilizando a vara de 17lbs.

Foi tudo muito intenso e alguns poucos minutos depois (mas que para mim foram horas) estava embarcando um exemplar raro no lago, um Tucunaré Açú de 5.1kg, foi o meu maior Tucunaré pego em represa até hoje e ao embarcar o Peixe comemorei como se meu Mengão tivesse sido campeão...

Vídeo das Duas Capturas

http-~~-//www.youtube.com/watch?v=zuXJjtE02gk

https://lh3.googleusercontent.com/-KbfTnNnIDvQ/Tpx0VmxIjnI/AAAAAAAAAEM/tlZ33eAhvG8/s640/IMG_0064_lite.jpg

https://lh6.googleusercontent.com/-kW33eHwIusc/Tpx0TY-ctrI/AAAAAAAAAEE/UP1_NvLc7kA/s800/IMG_0065_2.jpg

https://lh4.googleusercontent.com/-vDLoQGO8s_Y/TpyW0emSHVI/AAAAAAAAALc/XbArHek9fI4/s800/VIDEO0009%2525281%252529.jpg

https://lh5.googleusercontent.com/-AMUq4PqEGL0/TpyYqCeMeTI/AAAAAAAAAL0/lQBb9Rs1nVw/s912/soltando%252520o%252520bigtuca.jpg

https://lh5.googleusercontent.com/-t0y0RHn0TCo/TpyYpIjQCrI/AAAAAAAAALs/ECJVxD-R3yA/s912/soltando%252520o%252520bigtuca2.jpg

No período da tarde novas capturas, mas estávamos certos que conseguimos uma captura que não é todo dia que acontece no Lago de Balbina. Fechamos a pescaria com a certeza de voltarmos em fevereiro de 2012 quando as hélices serão mais eficientes e os grandes não refugarão tanto as iscas.

A Rota da nossa pescaria

Fazendo uso do GPS foi possível traçar com a ajuda do Google Earth todo o trajeto que fizemos nos dois dias de pesca, ao contrário de muitos dos pescadores que lá estavam e que navegaram mais de 3h para ir a pontos distenates da represa, nós ficamos mais perto e a estratégia deu resultado. Pescamos mais tempo e fizemos as maiores capturas dos dois dias.

https://lh3.googleusercontent.com/-fa7UdI8AtU4/TqCGTw0XPBI/AAAAAAAAAPY/frCEl_CjeJk/s800/roteiro%252520de%252520pesca.jpg

Nos despedimos de todos com a certeza que é só um até breve.

Todos os peixes capturados foram soltos novamente no lago

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Balbina é um lugar que me atrai muito joia::: , pesco nesta represa anualmente desde 2004, não sabia do esvaziamneto do lago sabia da gde queimada , mas eu achei que tinha sido uma gde seca.

Realmente peixes de mais de 10lbs são raros no lago, o meu recorde é um de 9,5lbs(no boga original), Parabens pela captura. ::fisherman

O jeff é um cara muito bacana, gosto da pousada pelo contato com a Natureza.

Abs

Dini

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Lindos Tucunas, com muita força, deu pra ver pela isca toda detonada.

Parabéns pela pescaria, abraço!

Obrigado.

Que peixe é esse na foto do seu avatar?

Belos tucunares... Amazonia eh o paraiso desses peixes... Tenho tambem muito interesse em conhecer esse local...

A foto do avatar dele provavelmente é uma traira.

Abracoos

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se registrar depois. Se você tem uma conta, CLIQUE AQUI para postar com a sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

Processando...
Entre para seguir isso  

×
×
  • Criar Novo...