Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
Fabricio Maciel

Paraíba Kayak Fishing - Castahão-CE - CORREÇÃO DE VIDEO

Posts Recomendados

Olá pessoal,

obs: Fala galera, queria pedir desculpas pelo erro que cometi colocando o link errado do video do castanhão, na hora de editar o relato acabei cometendo esse erro, infelimente só vim ver isso agora e acabo de corrigi-lo, ME DESCULPEM

A meu pedido o amigo e parceiro Albano me autorizou a reproduzir aqui o relato que diga-se de passagem é um dos mais bem elaborados que tive o prazer de ver até hoje sobre o Castanhão CE, também ao meu pedido ele esta providenciando o seu cadastro aqui nesse forum para que o mesmo em outras oportunidades possa fazer o post em seu login.

Desde já fica aqui o meu agradecimento pela autorização a mim consebida, valeu parceiro. ::tudo:: ::tudo::

Paraíba Kayak Fishing - Expedição Castahão-CE

em Busca dos Tucunarés do Sertão

Segundo ensinamento universal e compulsório dos dicionários, EXPEDIÇÃO é a "remessa de tropas ou de navios de guerra ou mercantes com determinado objetivo...". Acometidos por este conceito, imaginamos desvirtuar da originalidade dele, esquecendo finalidades bélicas e comerciais, mas mantendo a determinação em um só objetivo. Não tive como prever, muito menos como recusar o convite irrecusável desferido por Fabrício - o de aproveitar o feriadão de 1º de maio para conhecer a afamada Barragem do Castanhão-CE.

Imagem Postada

O Castanhão está localizado no município de Jaguaribara-CE, barrando o leito do rio Jaguaribe, e estando situado a mais de 600Km aqui de João Pessoa-PB. Represa 6,7 bilhões de metros cúbicos de água cristalina, constituindo um dos maiores reservatório para múltiplos usos da América Latina, e abrigando várias espécies de peixes - destacando-se no cenário nacional da pesca esportiva. De lá saiu o recorde brasileiro de tucunaré capturado fora da bacia amazônica. O responsável pela façanha foi Rômulo Patrick, que fisgou um tucuna com nada menos que 11,8Kg... um espetáculo! E se eu tivesse tido tempo, acho que nem dormiria de tanta ansiedade... mas foi tudo marcado em cima da hora mesmo.

Pela imediatidade dos planos e improvisação da aventura, nenhum de nossos outros companheiros puderam completar a lotação. Então, deixamos para planejar e arranjar as pendengas durante a viagem - e que viagem! Amarramos os caiaques sobre o barco e cortamos a noite da sexta-feira, ansiosos pela chegada do sábado. Misturamos as curvas e tons das estradas da Paraíba, remendando as fronteiras com o Rio Grande do Norte e o Ceará. Entre uma parada e outra para esticar a coluna, boas doses de prosa e causos de pescaria e de vida.

Apesar de havermos realizado a viagem no período da noite, Fabrício esteve muito atento ao trânsito. A malha viária, bem conservada, nos permitiu um trabalho a menos. Apenas dois contratempos demandaram mais de nossos sentidos - os jumentos soltos nas estradas do sertão cearense (onde todo cuidado é pouco), e uma pequena errada de caminho que nos custou 150Km a mais de estrada! Ao passarmos por Mossoró-RN, por causa das obras de recapeamento asfáltico da BR-340, desorientados com a escuridão, pegamos a 405 pensando estarmos na estadual RN-015 (distante 300 metros da entrada da 405). Resultado: percorremos 75Km de uma interminável e inabalável reta, até a cidade de Apodi-RN, para descobrirmos que - para não nos aventurarmos em uma estrada de terra - teríamos que voltar para Mossoró. Mas foi válido: descobri a maior estrada reta e plana da minha vida, e que há sim um acesso alternativo através do município de Apodi. Na próxima viagem exploraremos o trecho.

Antes de passarmos pela encantadora Limoeiro do Norte-CE, o cansaço adquirido no dia anterior falou mais alto e o sono bateu forte. Na condição de co-piloto fiquei preocupado em deixar o piloto "sozinho". Resolvemos então fazer um pitstop. Uma horinha de sono no carro foram fundamentais para recarregar as baterias. Os primeiros raios de sol do sábado nos revelava o tabuleiro cearense... paisagem linda, porém não fotografada. Ainda estava acordando.

Descobri também que em Limoeiro o que menos tem é pé de limão... já as majestosas carnaubeiras - estavam por todo lado.

Imagem Postada

Imagem Postada

E após 09 horas de viagem, eis que surge o portal do Castanhão.

Imagem Postada

Imagem Postada

Fomos até Jaguaribara, cidade bem projetada que foi remanejada do leito do rio Jaguaribe para se livrar da inundação causada pela construção da barragem. Lá nos instalamos na pousada de Pereirinha, figuraça que nos recebeu com a alegria e hospitalidade pertinentes aos sertanejos. As instalações são modestas, mas ofertam tudo que um pescador pode precisar. Quartos com ar e frigobar, área reservada de garagem, churrascaria e aparato logístico. Tudo com preços justos e acessíveis.

Imagem Postada

Devido às suas dimensões, é bastante interessante o apoio de um guia de pesca para explorar o Castanhão. De cara já soubemos que a demanda pela pesca esportiva havia ocupado tudo quanto era profissional do ramo. Vários pescadores estavam na área. Perguntamos para alguns guias e pescadores como estava a produtividade das pescarias no período - e as respostas foram modestas. As noites eram de lua forte, e na semana anterior havia ocorrido um grande torneio de pesca. Mas estávamos no Castanhão, e isso já era um grandioso feito.

Combinamos pescar embarcados no primeiro dia, deixando os caiaques para o dia seguinte. Compramos carne e verduras para preparar o almoço e, antes da saída, recebemos a indicação de alguém que poderia nos auxiliar na localização de alguns pesqueiros próximos, o jovem guia Daniel - então, fomos pra água!

Imagem Postada

Imagem Postada

O cenário é encantador, merecendo nosso respeito e preservação - o Castanhão é mesmo tudo o que falam:

Imagem Postada

Serra da Micaela - A Rainha do Castanhão

Imagem Postada

Um dos vários ninhos

http://img31.imageshack.us/img31/2972/img5049i.jpg

Pequeno-grande cacto

http://img205.imageshack.us/img205/9729/img5133e.jpg

Estruturas

Eram tantas as atrações que eu quase esqueci de pescar... brincadeira, claro que não esqueci. Vamos às capturas:

http://img201.imageshack.us/img201/2024/img5169kb.jpg

http://img535.imageshack.us/img535/1613/img5155ac.jpg

http://img254.imageshack.us/img254/4176/img5141i.jpg

http://img252.imageshack.us/img252/2026/img5059d.jpg

http://img24.imageshack.us/img24/8448/img5185i.jpg

http://img215.imageshack.us/img215/5148/img5147r.jpg

http://img829.imageshack.us/img829/2062/img5148n.jpg

O reservatório é imenso, quase um mar, mas deu para explorarmos excelentes pontos. As estruturas estavam presentes em todo e qualquer lugar. Víamos árvores inteiras sob o barco. Galhadas e pedras nos tentavam em dar uns pinchos a mais. Apesar do longo período de estiagem que assola a região nordeste de nosso país, e de notarmos a baixa considerável no volume do Castanhão, sua profundidade é impressionante. Depois de várias capturas não registradas, voltamos para pousada encantados com o por do sol.

http://img444.imageshack.us/img444/2460/img5052j.jpg

E finalmente chega o domingo. Após uma noite completa de sono, acordamos revigorados e dispostos em colocarmos os caiaques na água. O barco é perfeito e insubstituível para se pescar no Castanhão, mas os caiaques é quem embalam o coração. A chatinha de Fabrício, além de muito bem projetada com viveiros e plataformas que facilitam nossa vida, estava super bem servida com um motorzão de 25HP - sobrando força. E exploramos bem esta caracteristica da embarcação; fixamos nossos caiaques sobre tudo, e partimos sem guia, mas com um mundão d´água para descobrir. Em cada ponto promissor, estacionávamos o barco e batíamos cada galhada com os caiaques.

http://img96.imageshack.us/img96/2805/dsc08648h.jpg

http://img805.imageshack.us/img805/1892/img5026n.jpg

http://img580.imageshack.us/img580/1356/img5124c.jpg

Acreditem, foi um dos melhores dias de pesca que já tive. A composição colorido-cinza do cenário, com o verde das algas reluzindo através da transparência sonora das águas do Castanhão, me deixaram meio "abobado". Os peixes grandes eram esperados a cada arremesso, mas não apareceram. Entretanto, os de menor porte nos propiciaram excelentes e inúmeras ações durante todo o dia. Ao trabalho de cada isca, os tucuninhas ferviam para disputá-las. Vimos traíras, piranhas, tambaquis, e "zilhões" de tucunarés... aquele lugar é um santuário abençoado por Deus.

Agradeço o companheirismo, disposição e disponibilidade do amigo adventureiro, Fabrício Maciel. Através da portunidade de ouro que me foi veiculada, conheci e me encantei pelo Castanhão. Pretendo voltar lá assim que possível - e com um comboio completo de caiaqueiros. Peço desculpas pelo racionamento na exposição das fotos que registraram os momentos com caiaques. Apesar de todos os atributos e merecimento do lugar, a demanda exaustiva do trabalho aqui não me permitiu realizar um relato digno e pormenorizado. Os vídeos podem revelar mais detalhes deste super-feriado que passamos curtindo a maresia do Castanhão.

E assim, que falem as imagens:

http://img69.imageshack.us/img69/4020/img5106r.jpg

http://img851.imageshack.us/img851/5201/img5116r.jpg

http://img846.imageshack.us/img846/5766/img5112v.jpg

http://img23.imageshack.us/img23/3100/img5091rn.jpg

http://img825.imageshack.us/img825/4283/img5097jv.jpg

http://img221.imageshack.us/img221/1135/img5099j.jpg

http://img853.imageshack.us/img853/5818/img5120vj.jpg

OS VÍDEOS

Pescaria com Caiaques

http-~~-//www.youtube.com/watch?v=0LHhNsJq7bM&list=UU8HMv_ezPsGnJqMJ8j74Z5w&index=1&feature=plcp

Pescaria com Barco

http-~~-//www.youtube.com/watch?v=0LHhNsJq7bM&feature=relmfu

Visitem e Preservem o Castanhão-CE - santuário nordestino da pesca esportiva!

IMPORTANTE: Estive no Castanhão e trouxe em minha bagagem outros tantos bons momentos de recordação, mas foi de passagem por Itajá-RN que me apaixonei de vez. Para quem não lembra, Itajá é berço de pessoas guerreiras, fortes e de bom coração - João Clayton, Leonardo e Chicão. Contudo, foi a pequena e doce Thayná que me fez ter a certeza de que seu pai (João Clayton) é mesmo um homem feliz. Parabéns pela princesa, amigo! Abraço à toda família.

Valeu galera!

Álbano F. A. Córlet

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se registrar depois. Se você tem uma conta, CLIQUE AQUI para postar com a sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

Processando...
Entre para seguir isso  

×
×
  • Criar Novo...