Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
João Luiz Lusardo

Abu Garcia Revo Elite Aurora X Daiwa Zillion Type R

Posts Recomendados

Amigos, eu estava pensando em uma carretilha nova pra usar na Amazônia no final do ano, pesquisando, achei essas duas opções bem legais:

1) Abu Garcia Revo Elite Aurora - Revo Premier tunada para o mercado japonês pelo Imae Katsutaka da Evergreen

2) Daiwa Zillion Type R - Nova Zillion tunada para o mercado americano

Aqui vão as imagens e especificações:

Abu Revo Elite Aurora

Imagem Postada

Imagem Postada

Frame & sideplates made of K-ALLOY

Sideplates & star wheel with Titanium coating in aurora colour

Extra super duralumin spool

Infini Spool II

Gear ratio 7.1:1 (Handle retrieve 78cm per turn)

Big flat handle knobs made of Lightweight

Crank handle arms made of EVA

Linear Mag Brake II

Extra super duralumin drive gear

PowerDisk drag washer

Mechanical brake with click

9HPCR BB

Model Revo Elite Aurora

Line Capacity 145 m 0.30mm

Weight 195 g

Bearings 10 (9 Ball Bearings + 1 Roller Bearing)

Gear Ratio 7.1:1

Drag 4.5 kg

Daiwa Zillion Type R

Imagem Postada

Imagem Postada

Imagem Postada

Line Capacity (lbs / yds) 14/120, 16/100 (Rated)

Gear Ratio 7.3:1

IPT 32 (81 cm)

Measured Weight 8.5 ounces (241 g)

Max. Drag 15.5 lbs. (5,79 kg)

Number of Bearings 11 BB + 1 RB

Features Magforce-Z, Carbon Swept handle, "Ultimate Tournament" drag system, aluminum frame and handle side sideplate, soft touch grips, left hand retrieve available

Origin Japan

Acho que as duas tem especificações que permitem a pesca na Amazônia.

Qual vcs acham que seria a melhor opção para a pescaria dos açus amazônicos?

A pergunta é para uma pescaria com todos os tipos de iscas, zaras, poppers, hélices, etc...,ou seja, não somente com hélices.

Abs.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

ô Gaúcho!!!! :amigo: :amigo:

Leve a mais leve a mais leve a mais leve... joia::: joia::: joia:::

Se não aguentar, conte pra nós... mau:: mau:: mau:: chorei:: chorei:: chorei:: rindo3:: rindo3:: rindo3::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Escolha difícil, que acaba sendo decedida por critérios subjetivos como simpatia pela marca, anatomia etç. Ainda assim iría de ZILLION, pela cor.... :gorfei:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Mestre, é que são somente 45 gramas de diferença, como dizia um amigo meu, um "cabelinho de sapo", hehehehe rindo2::

As diferenças maiores são no peso, que favorece a Abu, e no drag, que favorece a Zillion, a outra diferença notável seria no IPT, e seria 1 polegada a favor da Zillion, acho que não muda quase nada, mas nesse item quem pode dar opinião abalizada é quem possui uma Zillion Costal ou uma Anniversary..

Dúvida cruel hehehehe doeu::

Abs.

ô Gaúcho!!!! :amigo: :amigo:

Leve a mais leve a mais leve a mais leve... joia::: joia::: joia:::

Se não aguentar, conte pra nós... mau:: mau:: mau:: chorei:: chorei:: chorei:: rindo3:: rindo3:: rindo3::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pô Lamana, vc não acha bonita a cor (ou seria furta cor) da Abu? Eu a achei linda, mas a Zillion é bonitona tbém, pretona, clássica, ::tudo:: outro ponto que gera dúvidas é o arremesso, a minha Abu Revo premier modelo 2009 arremessa mais que a minha zillion SHA 100 prateada, será que a nova Type R tbém arremessa mais? Eu imagino que sim, pq ela é uma versão "tunada", mas aí quem poderia falar algo seriam os felizes proprietários de uma Zillion Limited japonesa, a qual eu imagino que, em termos de máquina, rolamentos, etc.., seja a mesma Type R, com diferenças no drag e em alguns detalhes... legal::

Abs.

Escolha difícil, que acaba sendo decedida por critérios subjetivos como simpatia pela marca, anatomia etç. Ainda assim iría de ZILLION, pela cor.... :gorfei:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Heheheheh

Este cabelinho de sapo, 5dias seguidos, dá uma alergia danada, íngua nas axilas, etc...

Não conheço as Revos, mas as minhas 217g andam pelo banco de reserva.

O drag é secundário... o peixe não é para ser dragado, guinchado, ou etc...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Parceiro...

Esta Daiwa aí tem o mesmo peso da minha curado 200DHSV, é pesada pra baraio...

Minha opnião:

Qual o valor dos brinquedos?Dependendo do preço compensa pegar outra curadinho E7 ou outra xt 1500...que estará bem servido!

Assim como o Eloy comentou, estas 40 gramas de diferença serão lembradas diariamente,kkkkk.

Abraços

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Mestre Eloy, eu tbém penso muito no aspecto peso, sempre tento favorecer a leveza no equipo, mas tem muita gente que acha que um conjunto bem balanceado mais pesado é melhor que um conjunto não tão balanceado mais leve...

Mesmo entre os rodbuilders temos alguns que não esquentam a cabeça com o peso das varas, preocupando-se mais com o balanceamento do equipamento.

Acho que esse debate teria de ser aprofundado no Fórum, cotejando-se as opiniões dos mais abalizados conhecedores da pesca amazônica, frequentadores do FTB, para definir a importância do peso (ou leveza) nas varas e carretilhas amazônicas....

Afinal, muitos dos colegas do FTB usam as suas zillions cinzas (247 gramas) direto na amazonia , sem se preocupar com o peso das carretilhas. buaa::

Abs.

Heheheheh

Este cabelinho de sapo, 5dias seguidos, dá uma alergia danada, íngua nas axilas, etc...

Não conheço as Revos, mas as minhas 217g andam pelo banco de reserva.

O drag é secundário... o peixe não é para ser dragado, guinchado, ou etc...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Schmidt, a Daiwa Zillion Type R pesa 245 g, já a Curado 200 DHSV pesa 277 g, não é o mesmo peso Naonao:: Essas 32 gramas entre a DHSV e a Zillion são quase a mesma diferença que tem entre a Abu e a Zillion, ou seja, a questão é se essas cerca de 40-50 gramas fazem tanta diferença assim numa pescaria doeu::

Outra questão, relacionada ao motivo do tópico, é que eu não compro duas carretilhas iguais, hehehe, tenho que variar, por isso sempre estou procurando modelos novos rindo2::

Abs.

Parceiro...

Esta Daiwa aí tem o mesmo peso da minha curado 200DHSV, é pesada pra baraio...

Minha opnião:

Qual o valor dos brinquedos?Dependendo do preço compensa pegar outra curadinho E7 ou outra xt 1500...que estará bem servido!

Assim como o Eloy comentou, estas 40 gramas de diferença serão lembradas diariamente,kkkkk.

Abraços

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Heheheheh

Este cabelinho de sapo, 5dias seguidos, dá uma alergia danada, íngua nas axilas, etc...

Não conheço as Revos, mas as minhas 217g andam pelo banco de reserva.

O drag é secundário... o peixe não é para ser dragado, guinchado, ou etc...

Concordo em relação ao drag...é algo que não presto atenção ALGUMA quando vou comprar uma carretilha. Mesmo as de drag "normal" (4kg) eu não uso muito apertado...o gostoso da pescaria é brigar com o bicho, não fisgar e já rebocar

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Opa João Luiz,

Tem razão, na minha cabeça sei lá porque a 200dhsv pesava 247 e não 277...mesmo assim acho pesada. joia:::

Talvez com iscas de meia água não sinta tanto estas 40 gramas de diferença, agora nas hélices e zaras, 10 gramas a mais fazem diferença, pelo menos para mim e depois do 4º dia então...tiro até o relógio para aliviar o braço! chorei:: Este foi um dos motivos de ter reformado aquela varinha de 25lbs que quebrou na SM, queria diminuir pelo menos 20 gramas dela e consegui tirar 30,hehehe;

Vamos ver o que falam o mais experientes.

Abração

Schmidt, a Daiwa Zillion Type R pesa 245 g, já a Curado 200 DHSV pesa 277 g, não é o mesmo peso Naonao:: Essas 32 gramas entre a DHSV e a Zillion são quase a mesma diferença que tem entre a Abu e a Zillion, ou seja, a questão é se essas cerca de 40-50 gramas fazem tanta diferença assim numa pescaria doeu::

Outra questão, relacionada ao motivo do tópico, é que eu não compro duas carretilhas iguais, hehehe, tenho que variar, por isso sempre estou procurando modelos novos rindo2::

Abs.

Parceiro...

Esta Daiwa aí tem o mesmo peso da minha curado 200DHSV, é pesada pra baraio...

Minha opnião:

Qual o valor dos brinquedos?Dependendo do preço compensa pegar outra curadinho E7 ou outra xt 1500...que estará bem servido!

Assim como o Eloy comentou, estas 40 gramas de diferença serão lembradas diariamente,kkkkk.

Abraços

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Amigos, acho que o drag é secundário na maioria das pescarias, mas não na Amazônia, quando vc está atrás dos grandes açus, lá eu acho que uma fricção porrada é muito importante, pra mim não adianta somente usar o dedo pra frear, até pq numa fração de segundo, antes de vc poder reagir, o bitelo vai pras galhadas, o mesmo pode acontecer se vc queima o dedo e não consegue segurar o suficiente. Se já estamos usando linhas de 80 lbs, snaps de 80 a 120 lbs, leaders de fluor 0,70 mm, split rings 100 lbs, garatéias 4X ou 6X, não acho razoável deixar o drag em 2 kgs, aí, salvo melhor juízo, penso que teremos alguma coisa desbalanceada no equipamento... doeu::

Numa briga limpa, creio que poderíamos pescar com 1 kg de drag, deixando o peixe levar linha, cansando o bruto, mas nos lagos da amazônia, cheios de galhadas e pauleiras, isso não é possível, sob pena da perda de muitos bons peixes. A meu ver, equivaleria a pescar no Rio Negro com linhas 30 lbs, o que eu não vejo ninguém defender ou fazer... Naonao::

Por isso a preocupação com o Drag das carretilhas referidas no tópico, até pq eu tenho uma Revo Premier 2009 e o drag dela é bem fraco, perde em muito pro das Curado 200E7, Zillion e Scorpion 1500XT, o que já me levou a perder um dourado de cerca de 10 kgs que não consegui segurar no dedo (queimou) e acabei perdendo nas pedras, quando ele arrancou e conseguiu tomar muita linha, prendendo a isca numa pedra, no meio das corredeiras. chorei::

Abs.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

João Luiz,

Tenho a prata e a vermelha. Usei a preta do Vini, arremessa muito. As Zillion entre outras coisas tem um formato e diametro da manivela que para mim se encaixa perfeitamente. Uso um terceiro conjunto com a Curado, sinto muita diferença, acabo emprestando pro piloteiro.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Galera, sem ilusão, na hora que um bruto bater na sua isca e começar a levá-la para a pauleira e você ficar ali, impotente, com o dedo queimado, vocês vão lembrar de mim!!!

Já perdi um tucunaré cavalo no Sucunduri por causa disso (Scorpion 1500 antiga). Quase perdi um em SIRN em outubro de 2009 por causa disso (Curado 200 E7). Só não perdi por que tive sorte de ele passar por baixo de uma pauleira sem enroscar a isca nela...

Não subestimem a força de um tucunaré! Só para terem uma idéa, foram feitos testes tentando estimar a força que um peixe pode exercer durante uma briga. Teste simples: linha multi presa a um dinamômetro. Na arrancada inicial, ele exerce o equivalente à sua massa fora da água, i.e., um tucunaré de 10 kg, exerce 10 kg, ou 22 lbs de força no conjunto. Supondo que linha absorva um pouco dessa força, em função de sua elasticidade (1% nas multi, 10% nas demais), que a vara faça bem seu trabalho, absorvendo 30% dessa força. Sobram para a carretilha ainda 14,40 libras para a frição da carretilha!

Pensem nisso!

Abraço!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Lamana, então tá muito bom pilotar pra vc, pescando de Curado, hehehehe, o meu piloteiro eu nem deixo pescar, ainda mais com uma curado minha, hehehe rindo3::

Quanto ao aspecto ergonômico eu me adapto bem com o formato da maioria das carretilhas atuais, lógico que a minha Aldebaran, p. ex., pelo reduzido tamanho, encaixa super bem na mão e tals, mas eu não tenho uma mão das mais "exigentes" rindo3:: Qualquer Zillion, Curado ou Scorpion já fica legal, hehehehe

Até os knobs da Curado, que tem gente que reclama, eu acho bons, acho que pelo tamanho eles dão mais firmeza na mão, pelo menos pra mim, claro ::tudo::

Abs.

João Luiz,

Tenho a prata e a vermelha. Usei a preta do Vini, arremessa muito. As Zillion entre outras coisas tem um formato e diametro da manivela que para mim se encaixa perfeitamente. Uso um terceiro conjunto com a Curado, sinto muita diferença, acabo emprestando pro piloteiro.

É isso aí Gustavo, eu concordo com vc em 100%, não sou tão esportivo ao ponto de deixar o peixe fazer o que quiser com minha linha e isca, eu meto o Drag e faço o bicho suar, :gorfei: e pra isso um drag forte é fundamental, lógico que numa briga limpa eu poderia dar mais chance, mas no meio das pauleiras, não tem de frescura, é arrocho no Drag mesmo, se ainda assim não segurar, aí sim, o dedão entra em ação legal:: .

A força do bicho é enorme, e digo a mesma coisa de um dourado nas corredeiras, onde fica mais forte que um açu do mesmo porte, ontem mesmo eu tava testando e o drag da minha Revo Premier é bem mais fraco que o da Aldebaran doeu:: Até já encomendei os dicsos de carbontex pra ela, vamos ver se consigo reforçar essa fricção...

Abs.

Galera, sem ilusão, na hora que um bruto bater na sua isca e começar a levá-la para a pauleira e você ficar ali, impotente, com o dedo queimado, vocês vão lembrar de mim!!!

Já perdi um tucunaré cavalo no Sucunduri por causa disso (Scorpion 1500 antiga). Quase perdi um em SIRN em outubro de 2009 por causa disso (Curado 200 E7). Só não perdi por que tive sorte de ele passar por baixo de uma pauleira sem enroscar a isca nela...

Não subestimem a força de um tucunaré! Só para terem uma idéa, foram feitos testes tentando estimar a força que um peixe pode exercer durante uma briga. Teste simples: linha multi presa a um dinamômetro. Na arrancada inicial, ele exerce o equivalente à sua massa fora da água, i.e., um tucunaré de 10 kg, exerce 10 kg, ou 22 lbs de força no conjunto. Supondo que linha absorva um pouco dessa força, em função de sua elasticidade (1% nas multi, 10% nas demais), que a vara faça bem seu trabalho, absorvendo 30% dessa força. Sobram para a carretilha ainda 14,40 libras para a frição da carretilha!

Pensem nisso!

Abraço!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Luiz, eu acho que a Zillion Type R, até por ser mais pesada (245 g) que a Limited Japonesa (220 g), deve ser mais reforçada, não sei quanto ao rebite esse, mas talvez seja de aço. legal::

A grande questão, para mim, é que essas versões limited são sempre planejadas para o mercado japonês, onde se usa as carretilhas mais para Bass, ou seja, uma pesca muito mais leve que a dos Açus amazônicos, dái a necessidade de reforçar algumas coisas. tchau::

Eu agora estou pensando mais em levar uma Aurora, mas o meu receio é o Drag dela, acho que os discos não são bons, como os da minha Revo Premier 2009... chorei::

Mas há a possibilidade de trocar os discos pelos Carbontex da Smooth Drag, que sempre reforçam a fricção. Acho que os discos da Aurora são iguais ao das demais Revos, pelo que eu vi nos diagramas esquemáticos o da Premier 2009 se diferencia das demais Revos pelo número de discos, enquanto a STX-HS tem três discos grandes e um pequeno, a Premier tem um grande e um pequeno, acho que pela questão do peso, o que pra mim é bobagem, pq o que deve pesar um disco de teflon? 2 gramas?

Já encomendei os Carbontex para a Revo, assim que chegar e eu colocar nela, eu relato por aqui o resultado em termos de aumento do drag.

A Aurora já foi testada na amazônia pelo Ramon Paz (do fórum caterva), que tem quase todas as carretilhas lançadas nos mercados americano e japonês doeu::

Ele me disse que, depois de 2 pescarias por lá, ela tava se entregando justamente na fricção caveira:: e que já estava mandando a carreta para o Renato Badejo colocar uns discos de poliacetal, me parece, mas não sei como funciona esse material (espécie de plástico) nos discos de fricção...

Abs.

arrow:: Amigo ,carretilha nova ,que ninguem testou ,é uma caixinha de surprêsas;

arrow:: Tenho uma Zillion Limited Japonesa,220 gramas,linda,quanto ao arremesso pode ficar sossegado,arremessa muito;

arrow:: Levei em fevereiro deste ano para o Amazonas,quando o operador viu a carretilha disse:esta carretilha não aguenta o tranco por aqui mau:: ,foi feita para uma pesca mais leve,me mostrou duas escostadas,uma que a manopla da manivela tinha soltado e outra que estava com problema na Tração Conada ,e falou voce vai ficar com a manopla da manivela na mão rindo2:: ;

arrow:: Adivinhe o que aconteceu,no segundo dia trabalhando uma isca de superfície,fiquei com a manopla da manivela na mão lacou:: ;

arrow:: Levei num especialista,ele me falou, o rebite da manopla é de alumínio,material leve para aliviar o pêso, mas fraco e alem disse dos 11 rolamentos 4 ficam nas manoplas das manivelas Conada , me indicou um pessoa que trabalha com torno,que colocou rebites nas duas manoplas de material mais resistente,ficou bom,mas perdi a confiança,vou levar de novo esta temporada para o Amazonas ,depois te conto buaa:: ;

arrow:: O amigo Vini tem uma Daiwa Zillion Limited Japonesa,que leva para o Amazonas e deixa na reserva,só fica babando em cima e tem dó de usar ::medo:: ;

arrow:: Visto o pêso, te recomendo a Abu Revo Elite Aurora,estou louco para comprar uma destas,só estou esperando alguem testar palmas:: ,abraços.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
Entre para seguir isso  

×