Ir para conteúdo

BetoLaureto

Membro
  • Total de itens

    176
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    2

4 Seguidores

Sobre BetoLaureto

  • Rank
    Já consegue zarar
  • Data de Nascimento 01-08-1986

Profile Fields

  • Sexo
    Masculino
  • Nome + Sobrenome (obrigatório)
    José Roberto

Informações de Perfil

  • Localização
    Goiânia - GO
  • Interesse
    desconhecido

Últimos Visitantes

1.107 visualizações
  1. Vejo muita gente citando a Papa Black. Eu tenho três, da Ocambé, e todas tem rattling. Ela tem duas versões, com e sem?🤔
  2. Fora a OCL Spitfire já citada, gosto muito das Rapala Flat Rap e Shad Rap, são matadeiras 👌🏼
  3. Não vejo diferença. Já utilizei linha vermelha, amarela, azul claro, verde escuro, verde limão (chartreuse), com líder e sem líder, nunca percebi diferença na produtividade. Se até em relação a isca em si não há consenso sobre ter influência ou não, acredito que a cor da linha seja um elemento sem “valor”.
  4. Fui em Setembro de 2017 e abril de 2019..pra te animar um pouco, em setembro tive melhores capturas e mais ações 👍 Na segunda vez tinha muita gente apostando na isca viva e pegando bons peixes. Utilizei pouco shad pois não gosto mas da bons resultados (acredito que mais em quantidade do que qualidade)..a que teve melhores resultados foi a monster e-shad verde claro - 9cm, salvo engano - e um shadzinho generico tipo no formato do j-strike, pérola, 7cm. Acredito que 17cm seja muito grande, a maioria dos dourados que bateram no shad eram pequenos, com um shad de 17cm ele nem alcança o anzol, então acho que vai ser difícil fisgar. Eu nem levaria, pq capaz que vai só perder isca, cortando ela antes do anzol. Nas duas Vezes a matadeira, que pegou os maiores peixes, foi a Rapala Flat Rap de 9cm. Pena que o dourado arregaça ela, então coisa de metade da pescaria já não tinha mais nenhuma 😂 Depois parti pra Borá plus 10, peguei alguns bons peixes também. Se estiver muito ruim de peixe vale tentar isca viva ou corricar (um amigo pegou um grande numa rapala magnum). Em todas as vezes tentei bastante superfície (Olc spitfire) mas nunca peguei. Twitch (ocl jerk ss) peguei alguns mas nenhum troféu. Boa pescaria!
  5. Daiwa j-braid costuma ter um preço top e são linhas ótimas, tanto a x4 quanto a x8!
  6. Posso estar falando besteira mas não vejo tanta evolução assim nas carretilhas, salvo em relação ao peso, que essas duas que possui já estão no padrão moderno, até mais leves que algumas atuais. Velocidade de recolhimento era uma febre por carretilhas cada vez mais velozes mas parece que não vingou muito e voltaram para o padrão entre 7.0 e 8.0. E, pra completar, com esse dólar está tudo extremamente caro..com o valor dela vc não conseguirá pegar algo do mesmo nível. Uso uma core mg7 (versão americana da Aldebaran), dentre outras antigas (alphas) e me atendem plenamente até hoje, nunca deixaram na mão e são extremamente leves e anatômicas.
  7. Opa, obrigado, Fabrício! Minha esperança era talvez um gps mais preciso que o celular e de quebra usar como controle pra gopro..mas pelo valor elevado só pra ter o “controle” como benefício, além da fragilidade que citou, só pra preocupar na pescaria e aproveitar menos...acho que vou deixar passar mesmo! Valeu 👍👍👍
  8. Boa noite pessoal. Estive dando uma olhada em uns relógios que possam auxiliar com algumas funções para a pescaria (gps preciso, barómetro etc) e, se possível, aliado a funções úteis para atividade física (frequência cardíaca, oxímetro etc). Mas há uma infinidade de modelos e marcas, a gnt fica até meio perdido com tanta opção. Primeiramente: vale o investimento em um relógio smart com funções mais direcionadas a pescaria (vi,por exemplo, que o Suunto Traverse Alpha Tem algo neste sentido) ou um Apple Watch faz tudo que esses outros fazem? Dei uma olhada em alguns da Garmin, como Instinct, Venu, Fenix..mas se um Apple Watch fizer tudo que esses fazem acredito que seja mais vantajoso pela fluidez do sistema, compatibilidade com a GoPro, etc. Enfim, caso alguém tenha sugestões, agradeço pela ajuda!
  9. Testei dentro do casco,colando com uma fita dupla face no viveiro (no meu barco tem uma na parte de trás,ao lado do motor) mas ficou com um pouco de “ruído” no sinal devido a chapa metálica do barco, sendo mais grave no caso da utilização da função downscan, que prejudicou bastante. Da pra usar desta forma pra quebrar um galho mas preferi buscar outra alternativa. Peguei um suporte de metal em “L”, tipo aqueles para estantes, fixei no casco, no local onde ficava originalmente, e depois fixei a sonda nele com duas abraçadeiras de plástico. Testei hoje e ficou 100%, então fica a dica pra quem estiver com o mesmo problema.
  10. Sim,estava instalada da forma tradicional,na popa,próximo ao motor. Provavelmente acertou algum toco e quebrou,só vi quando cheguei em casa (isso há uns 4 anos,no relaxo acabei deixando ele parado 😂 agora que estou correndo atrás pra consertar). A única opção viável que estou vendo é no elétrico mesmo,mas aí mata um pouco da utilidade dele,já que não dá pra usar em cruzeiro..minha intenção era mais pra usar navegando, procurando estruturas submersas pra descobrir novos pontos.
  11. Boa noite colega. Então, pelos comentários que li na internet ele perde bastante na qualidade da leitura/sinal de fixado por dentro do casco de alumínio.. Sobre a gambiarra 😂 é uma boa ideia..se fizer um suporte de metal (como uma cantoneira) e fixar ele na parte de baixo com uma ou duas abraçadeiras..será que as abraçadeiras dão interferência?
  12. Boa tarde pessoal, tudo bom? A base de plástico que fixa a sonda/transducer do meu sonar (Lowrance) quebrou. Alguém sabe onde eu consigo comprar a peça avulsa aqui no Brasil ou tem uma solução alternativa (gambiarra hehe) pra esse problema? A única solução que achei até o momento seria instalar no elétrico mas isso impediria de utilizar o sonar durante a navegação.
  13. Fala parceiro,blz? Pesco há muitos anos no lago de Palmas,minha família mora lá então vou pelo menos uma vez ao mês. Os meses realmente bons que tenho observado há alguns anos já são março,abril e maio. Normalmente em fevereiro ainda está chovendo muito e a partir de junho já começam os ventos fortes,que duram até setembro e em outubro volta a chover novamente. Iscas que são mais produtivas pra mim: Ninja 85, Chug Bug 80, Firestick, Shad Rap 9, Curisco e Jig Marine Sports. Não pesco com isca viva. Lago do Peixe fui apenas duas vezes então não posso opinar com propriedade.
  14. Última vez que fui ao Uatumã foi em 2017 e passei por essa situação, abriram as comportas com vontade..a pescaria foi péssima em termos de peixe, chegando a não ter nenhuma ação em um período inteiro e dia onde conseguimos embarcar 2, 3 tucunarés (pequenos) por barco. Vendo que cada dia ficava pior encerramos a pescaria no Uatumã antes do programado e subimos para pescar no lago de Balbina..aí foi só alegria, muito tucunaré na superfície.
  15. Tenho a Metanium hg e a Core 51mg7. Como disseram, a Metanium é meio grande, se comparada com a Core. Vc não listou, mas eu iria de Daiwa Alphas SV. Muito boa, arremessa muito, pesa 175g (mesmo sendo de alumínio) e é a carretilha mais ergonômica que conheço, tem a pegada muito boa.
×
×
  • Criar Novo...