Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
João Neto

NOTA DA SEMARH - GO

Posts Recomendados

Prezados,

Comunico que com a publicação da Portaria nº 141/2008 pela Secretaria de

Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos do Estado de Goiás - SEMARH, a pesca

durante a piracema somente é permitida em barranco e para consumo, não

podendo ultrapassar três quilos com a observação do tamanho mínimo exigido.

Portanto, o barco somente deverá ser utilizado para deslocamento e esclareço

que por medida de cautela não transportar nenhum tipo de instrumento, por

mais simples que seja, no barco, pois poderá causar constrangimento.

Observem a legislação abaixo e divulguem a todos, inclusive, os nossos

vizinhos de condomínio.

Outro aspecto, mas não encontrado na legislação, é que mesmo a pesca sendo

em barranco, também estaria proibido o uso de carretilha e molinete.

Um grande abraço a todos.

A pesca embarcada está proibida em Goiás até o dia 28 de fevereiro. A

proibição é decorrente do início da piracema, dia 1 de novembro, época em

que ocorre a reprodução das espécies. Neste ano, a Secretaria de Meio

Ambiente e dos Recursos Hídricos - Semarh está intensificando a fiscalização

nos pontos turísticos do Estado e reforçando sua atuação nos pontos de venda

de pescado.

Está permitida somente a pesca em barranco para consumo, que não ultrapasse

os três quilos e que possua o tamanho mínimo exigido na portaria 141/2008.

No verso da licença de pescador estão os comprimentos permitidos. O

superintendente de fiscalização da Semarh, Greide Ribeiro Júnior, avalia que

a população tem se conscientizado da necessidade da proibição e o reflexo

disto é a diminuição das apreensões ano após ano.

Para a fiscalização neste período, a Secretaria destinou oito equipes. Uma

atua de modo itinerante, outra é dedicada exclusivamente para apurar

denúncias e as outras seis estão fixadas em pontos estratégicos. O grande

diferencial de trabalho deste ano é monitorar diretamente as lojas que

comercializam pescado. “A intenção é evitar que o consumidor compre produtos

de origem duvidosa ou ilegal”, comenta Ribeiro.

O superintendente alerta que assim como os pescadores, os consumidores

também estão suscetíveis a penalidades. Para ambos ocorre a autuação,

fixação de multa e apreensão. Sendo que posteriormente é instaurado processo

criminal e cível. Os valores e punições variam de acordo com a gravidade de

cada caso. Exemplo disto é a pesca de espécies nativas e ameaçadas de

extinção. Como são terminantemente proibidas a penalidade é mais alta. A

pesca profissional também não é autorizada em Goiás.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Estou tentando buscar informações no site da SEMARH, mas o site praticamente está sendo construido ainda.

Não consegui encontrar nada ainda.

Tentarei por telefone.

Mas encontrei em alguns sites de jornais estas informações, vejam:

http://extra.globo.com/pais/plantao/201 ... 011639.asp

http://blogs.abril.com.br/programalinha ... marco.html

http://www.jornaldiariodonorte.com.br/s ... hp?cod=363

http://eldorado790.com.br/noticia/285/p ... _fevereiro

Ou seja, parece ser verdade. Sugiro a quem esteja com intenção e ir, procure informações concretas.

Uma coisa que não entendi, é porque usam uma portaria do ano de 2008. Pode ser que o orgão ambiental nao trabalhe como o nosso em Minas, que todo ano libera uma portaria nova para cada bacia.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Prezados,

a portaria é de 2008 e acredito que não tá vigendo mais. Tentei achar para ter certeza e realmente saber, mas nada.

Ademais, não é proibido pescar. Releia atentamente.

Se pode pescar de barranco, inclusive matar dentro da cota.

Mas se subir num barco e soltar 100%. Aí ferrou........., vai pegar 100 anos de cadeia.

Êita país de merda.

É uma pena que para mim fica difícil ir embora. Pois cada vez a vontade é maior.

PS: o Eribert disse que tá beleza. Vai pescar muito e trabalhar. Inclusive tá ajudando na fiscalização neste período. Ou seja, se a portaria tá valendo, os ficais tão preocupado com a matança, e não com pescador esportivo embarcado.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pelo que eu entendi..

Esta portaria é de 2008, será que esta em vigor ainda?

Quer dizer que nem pesca esportiva/pesque e solte na serra da mesa pode?

Alguém pode responder isso.

É Panga-Mor, tá difícil!!

doeu:: doeu:: doeu::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

liguei para uma pousada em serra da mesa e a informação é que pode pescar mas cota zero! o que deveria ser o ano todo ::tudo::

p.s devido a mudança do água boa só volto lá depois de janeiro to indo pra serra dia 8 danca::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu também não entendi mais foi publicado algo em um jornal local O POPULAR. Por favor se alguem tiver acesso a esse jornal que verifique esssas informações por que não podemos arriscar em perder nossas tralhas de pesca que custam muita grana por causa de decretos, leis e portarias regionais que simplesmente as publicam e pronto.

Obs:. Publicado no dia 12-11-2010 - Por: O Popular

Pesca embarcada está proibida até o dia 28 de fevereiro

Está permitida somente a pesca em barranco para consumo, que não ultrapasse os três quilos

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
Entre para seguir isso  

×