Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
JCKruel

CBPDS - A luta pelo futuro da Pesca no Brasil-(rs)

Posts Recomendados

Companheiros,

Recebi por e-mail do companheiro Giba da Liga Paranaense a "pérola" abaixo que está estampada no site da CBPDS. É dose... Estou ficando curioso com o final desta estória toda.

Sequer me animo a fazer qualquer comentário sobre o comportamento deste senhor que preside esta confederação. O nível é desqualificado e muito baixo! Pelo menos serve para demosntrar a todos vocês que tudo o que falei é pouco e corrobora o que tenho afirmado aqui no site.

Julguem vocês...

abs

kruel

A luta pelo futuro da Pesca no Brasil

Reunião em Tocantins entre o Presidente da CBPDS, Dr. Eduardo Bracony e a Ministra da Pesca, Sra. Ideli Salvati.

Depois da Pesca no Brasil evoluir tanto nas últimas 3 décadas não há como retroagir, lobbys de ONGs recém criadas, tendo por trás interesses voltados para a industria do turismo, ao ponto de criarem conflitos entre profissionais e amadores, tentam de todas as formas levar nosso esporte de volta a idade da pedra e implantar um cartel a serviço de empresas privadas. Acompanhe a luta que está sendo travada pelo nosso Presidente para tentar impedir que pessoas sem conhecimento de causa interfiram na Pesca, esporte de auto rendimento, onde nosso país é reconhecido mundialmente pelos seis títulos mundiais que ostenta.

O Presidente Eduardo Bracony em Palmas (TO), enfrentou com galhardia o lobby das ONGs e conseguiu que não fosse votado o projeto de Portaria atribuído ao GT da Pesca Amadora do qual fez parte por não ter o Relator apresentado da forma devida seus votos discordantes, tendo depois de seu discurso o apoio unânime dos quase 50 membros do CONAPE, que unidos pediram mais 15 dias para analisar o assunto – o resultado não sabemos qual será mas o fato é que não nos enfiaram goela abaixo o inadequado projeto.

Antes da Reunião de Palmas nosso presidente, face o projeto só dado a conhecer na véspera aos membros da Comissão, virou noite e publicou o trabalho abaixo, que também foi impresso e enteregue a todos os Conselheiros do CONAPE e demais autoridades presentes mostrando-lhes outra realidade.

Trabalho do Pte. Bracony defendendo nossa Pesca Esportiva

Prosseguindo em sua luta, novamente, o presidente Bracony e sua comitiva reuniram-se com a Ministra da Pesca no prédio da Superintendência do Ministério da Pesca e Aquicultura (MPA) no Rio de Janeiro durante toda a manhã desta última segunda-feira (28/02).

Na comitiva estavam Marta Xavier, presidenta da FEPDSRJ e bicampeã Mundial de Pesca, o Dr. Jefferson, cadeirante, em representação a cinco importantes instituições de deficientes físicos do Est. do Rio, também se fez presente o Sr. Eduardo, presidente da Empresa ProAcqua e o Sr. Valério Pedra representando associações desportivas outras.

O Dr. Eduardo Bracony, reconhecido em sua importância, foi convidado a ser o primeiro orador no encontro com a Ministra e fez sua apresentação de forma brilhante sendo muito aplaudido por todo o auditório, lotado pelas lideranças da pesca deste Estado e também elogiado pelo Superintendente do MPA no Estado do Rio, pela objetividade e forma ética de apresentação das posições de nossa pesca esportiva e pelo representante da Academia, Prof. Sidney Lianza, coordenador do SOLTEC da UFRJ.

O Pres. Bracony entregou em mãos da Sra. Ministra um trabalho com as reinvidicações de nosso esporte, de modificações na Portaria proposta em Tocantins pelo Relator do Grupo de Trabalho da Pesca Amadora com o qual como membro que participou dos trabalhos não concordou.

Portaria substitutiva proposta pela CBPDS

Declaração da confederação mundial (Como se organiza oficialmente a Pesca Esportiva no mundo)

Apresentação da Proposta feita pelo presidente da CBPDS, Dr. Eduardo BraconySobre a proposta original nosso presidente reescreveu, corrigindo artigos com textos substitutivos salientados com fundo amarelo e eticamente disse que quando não se concorda fazendo uma critica, ela só é construtiva quando justificada e se apresenta algo melhor como fazia na oportunidade, a Sra. Ministra agradeceu e certamente irá dar a atenção devida.

Nosso Presidente em público reiterou seu pedido de apoio para as Seleções Brasileiras já feito anteriormente a Sra. Ministra.

Para a CBPDS está claro que a maioria dos conflitos entre amadores e profissionais é provocado por ações de favorecimento de empresas de turismo que chegam ao extremo de através de seus lobbys querer privar os pescadores profissionais de áreas marítimas, fluviais e lacustres do direito de pescar em certas áreas. O Brasil é de todos nós, sejamos amadores ou profissionais.

A CBPDS também é contra a “abertura” da pesca na época do defeso para amadores, mesmo para praticantes de Pesque-solte, pois isso afeta o ciclo reprodutivo e, é por estas nossas posições que existe a necessidade desses interesses darem origem a ONGs, cuja representatividade no segmento é apenas ilusória.

Seja qual for o resultado, a Diretoria da CBPDS confia, no discernimento da Ministra Ideli Salvatti e dos Conselheiros do CONAPE, na avaliação da situação apresentada que repercute diretamente no futuro da pesca esportiva brasileira.

Caso o projeto contestado por nosso presidente passe sem as emendas sugeridas no trabalho substitutivo, teremos catastróficos resultados e o ridículo nos cobrirá de vergonha perante a comunidade da pesca esportiva internacional, destruindo anos de trabalho que fizeram o Brasil ser reconhecido como um dos líderes mundiais do esporte. É hora também do CONAPE proteger-se acolhendo em seu seio a real liderança da pesca esportiva de nosso País que tem 33 anos de existência e certamente não é nenhuma ONG.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

É impensavel que essas idéias venham de um "representante" da pesca esportiva ou amadora. Exatamente a contra-mão de tudo que a maioria dos pescadores imagina como o rumo ideal do nosso esporte.

O texto chega a ser quase cômico de tantos elogios tecidos ao presidente da confederação, parece ate propaganda da época da ditadura.

Deposito minhas esperanças no seu trabalho e também no do Michel

bração Kruel

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

imagino Kruel o que tem passado com toda essa nojeira,esse cara vai acabar ferrando tudo chorei:: ,e como tem cartaz esse bosta,depois de um passo pra frente de um GT ele vem fazer onda contra suici:: ,incrível,só me resta secar esse cara e te desejar toda sorte na nossa luta,abração. :amigo:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Kruel

De vez em quando fico pensando se não seria melhor mudarmos o nome do tipo de pesca que praticamos. Toda vez que se discute o que é pesca esportiva, não se chega a uma conclusão definitiva pois o termo "esportiva" remete à esporte, competição. Querendo ou não, o Sr. Bracony representa pessoas (?) que tem a pesca como esporte, participam de torneios etc... As idéias dele tem absolutamente nada a ver com as nossas. A presença dele, como representante da pesca esportiva só está atrapalhando pois ele está sendo capaz de confundir àqueles que não vivem no meio nos enfraquecendo e denegrindo a nossa imagem. Porque não criamos um novo nome para o tipo de pesca que praticamos, por exemplo, "PESCA ECOLÓGICA" OU "PESCA CONCIENTE" ou outro termo qualquer para nos diferenciar deste indivíduo aí. Acho até que o apelo social seria melhor e nossas reinvindicações teriam mais relação com o nosso nome.

Quanto ao texto.... tá igual ao jornal do Sindicato a que eu pertencia..... para cada 10 palavras 9 citam o nome do presidente e tentam o qualificar como se fosse uma pessoa importantíssima.... ridiculo.

Do jeito que está, acho muito dificil conseguirmos alguma coisa pois estamos sendo misturado com gente que não tem nada a ver com a gente mas que usa o mesmo nome que a gente.

Abraços

Beto-BH

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Kruel

De vez em quando fico pensando se não seria melhor mudarmos o nome do tipo de pesca que praticamos. Toda vez que se discute o que é pesca esportiva, não se chega a uma conclusão definitiva pois o termo "esportiva" remete à esporte, competição. Querendo ou não, o Sr. Bracony representa pessoas (?) que tem a pesca como esporte, participam de torneios etc... As idéias dele tem absolutamente nada a ver com as nossas. A presença dele, como representante da pesca esportiva só está atrapalhando pois ele está sendo capaz de confundir àqueles que não vivem no meio nos enfraquecendo e denegrindo a nossa imagem. Porque não criamos um novo nome para o tipo de pesca que praticamos, por exemplo, "PESCA ECOLÓGICA" OU "PESCA CONCIENTE" ou outro termo qualquer para nos diferenciar deste indivíduo aí. Acho até que o apelo social seria melhor e nossas reinvindicações teriam mais relação com o nosso nome.

Quanto ao texto.... tá igual ao jornal do Sindicato a que eu pertencia..... para cada 10 palavras 9 citam o nome do presidente e tentam o qualificar como se fosse uma pessoa importantíssima.... ridiculo.

Do jeito que está, acho muito dificil conseguirmos alguma coisa pois estamos sendo misturado com gente que não tem nada a ver com a gente mas que usa o mesmo nome que a gente.

Abraços

Beto-BH

Beto a vara desses caras é ARPÃO doeu::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Kruel,

Imagino o que tem passado, lembro muito bem deste indivíduo na reunião em Brasília, vaiado todas as vezes que se pronunciava, teve uma participação vergonhosa no evento!

Não sei como tem "pescadores" que ainda acreditam neste falastrão. Me parece que o CONAPE é composto de pessoas inteligentes, não acredito que deixariam ser enganados por este ......... vitalício.

Neudon Veloso

FBPE

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

OLA AMIGOS , ACHO QUE AGORA O SENHOR BRACONY DEVE SOSSEGAR .......

ABAIXO RESPOSTA DO MINISTERIO DA PESCA AS COLOCAÇOES DO SENHOR BRACONY.

À Presidenta do CONAPE, Ministra Ideli Salvatti,

Às Conselheiras e aos Conselheiros

E prezados Membros do Grupo de Trabalho da Pesca Amadora.

A razão principal deste e-mail é recuperar a história do Grupo de Trabalho da Pesca Amadora, criado no CONAPE, bem como esclarecer e informar sobre os encaminhamentos tomados na última reunião do Conselho, com relação ao Relatório Final apresentado pelo GT Pesca Amadora.

O Grupo de Trabalho da Pesca Amadora foi formado no âmbito do CONAPE, por indicação do 1º Encontro Nacional de Pesca Amadora, realizado em Setembro/2010;

A constituição do Grupo foi oficializada através da Portaria nº 525/2010 e publicada no Diário Oficial da União em 07 de Dezembro de 2010;

O Grupo tinha 60 dias para apresentar Relatório Final “e ao final desse prazo será considerado extinto” (Inciso V, do Artigo 3º, da portaria 525);

A composição do Grupo era de 15 membros assim distribuídos:

a. Um representante da Secretaria Executiva do CONAPE;

b.Três representantes do Plenário do CONAPE;

c. Três representantes do MPA;

d. Dois representantes da Comunidade Científica;

e. Seis representantes das entidades do setor – pesca amadora/esportiva;

O Grupo contou com uma assessoria valiosa de convidados, dos Ministérios do Turismo, Esporte e Meio Ambiente;

O Grupo concluiu seus trabalhos no prazo definido e seu Relatório Final foi votado e aprovado em sua maior parte por consenso;

Trata-se de uma proposta de ato normativo com 34 artigos, cujo objetivo é “Estabelecer normas gerais para efetivação do Registro Geral da Atividade Pesqueira (RGP) relacionada à pesca amadora e para o exercício da pesca amadora sustentável em todo território nacional”.

É claro que no debate de um tema como esse e considerando a amplitude do Grupo alguns itens mereceram destaque e algumas propostas foram a voto, sendo considerada vitoriosa aquela que recebeu a maioria dos votos.

Destacamos que em dois momentos houve declaração de voto contrário, dos Senhores Eduardo Bracony, da CBPDS e João Carlos Kruel, da Associação de Pescadores Esportivos de Goiás;

Portanto a aprovação do Relatório Final foi por maioria ampla, absoluta;

Vencida essa etapa o Grupo de Trabalho decidiu por remeter o Relatório Final ao Plenário do CONAPE para análise e posterior envio à Ministra da Pesca e Aquicultura Ideli Salvatti;

A apresentação do Relatório no Plenário do CONAPE estava pautada para o dia 25/02, na reunião de Palmas/TO, como último ponto de pauta;

Considerando que os debates no CONAPE foram muitos e se estenderam além do previsto, ocorreu que ao final da reunião o tempo disponível para o Relatório do GT da pesca amadora foi pouco, o que acabou inviabilizando a leitura de todo o documento;

Diante disso alguns Conselheiros sugeriram um prazo maior para que cada Conselheiro fizesse a leitura do documento com calma e com a profundidade necessária;

A proposta foi acatada e estabelecido 10 dias de prazo para que cada Conselheiro, se assim o desejar, envie à Secretaria Executiva do CONAPE sua análise a avaliação do Relatório;

Findo esse prazo a Secretaria do CONAPE encaminha à Ministra, aos Conselheiros e lideranças das entidades da pesca amadora o texto final com as observações apresentadas;

Para finalizar, diante de emeios recebidos por alguns Conselheiros e de informações veiculadas no site da CBPDS é necessário esclarecer:

No Plenário do CONAPE, em Palmas, não foi realizada qualquer discussão de mérito ou de conteúdo com relação ao Relatório do Grupo de Trabalho e muito menos feita qualquer deliberação;

Registramos que o representante da CBPDS, presente na reunião, usou por diversas vezes da palavra encaminhando ao Plenário do CONAPE a defesa de suas posições, as mesmas que não foram acatadas pelo GT da Pesca Amadora;

A Secretaria do CONAPE respeita, acata e mantém o que foi aprovado por maioria absoluta no GT Pesca Amadora;

Em nenhum momento, desde a conclusão dos trabalhos do GT da Pesca Amadora até a presente data, foi formalizado perante o Conselho qualquer “projeto substitutivo” ao Relatório aprovado no

Grupo de Trabalho;

Continua valendo o que foi aprovado no GT da Pesca Amadora e os Conselheiros do CONAPE estão avaliando apenas esse documento oficial, aprovado no Grupo de Trabalho;

O Grupo de Trabalho está extinto, conforme Portaria nº 525/2010.

Sem mais para o momento.

Att.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Embora eu ache esse "calaboca" providencial, não deixarei de externar aqui minhas preocupações.

Como sou adepto ao jeito "Jack" de lidar com as coisas, aqui também vou por partes, e, já começo com algumas perguntas:

Que legitimidade tem o CONAPE para aprovar ou não propostas normatizando a pesca Amadora/Esportiva, visto que não há cadeiras ocupadas por representantes deste segmento?

"Trata-se de uma proposta de ato normativo com 34 artigos, cujo objetivo é “Estabelecer normas gerais para efetivação do Registro Geral da Atividade Pesqueira (RGP) relacionada à pesca amadora e para o exercício da pesca amadora sustentável em todo território nacional”.

"Vencida essa etapa o Grupo de Trabalho decidiu por remeter o Relatório Final ao Plenário do CONAPE para análise e posterior envio à Ministra da Pesca e Aquicultura Ideli Salvatti;"

Se está valendo o que o GT Pesca Amadora decidiu, por que submeter ao CONAPE? oloko::

"Continua valendo o que foi aprovado no GT da Pesca Amadora e os Conselheiros do CONAPE estão avaliando apenas esse documento oficial, aprovado no Grupo de Trabalho;

O Grupo de Trabalho está extinto, conforme Portaria nº 525/2010."

Nós da Pesca Esportiva quando nos defrontamos com o MPA, a exemplo da plenária "manipulada"em BSB, sempre estivemos em desvantagem, sempre! Quem conheçe política, sabe que nesse campo o MPA realmente é competentíssimo. Até no GT Pesca Amadora/Esportiva os números não foram favoráveis a nós Pescadores Esportivos, 9x6. E nesses seis, nem todos estavam do lado da Pesca Esportiva:

a. Um representante da Secretaria Executiva do CONAPE; raivinha::

b.Três representantes do Plenário do CONAPE; oloko:: sono:: sono::

c. Três representantes do MPA; tchau:: caveira:: diabo::

d. Dois representantes da Comunidade Científica; oloko:: oloko::

e. Seis representantes das entidades do setor – pesca amadora/esportiva; surtei:: surtei:: raivinha:: praia:: danca:: ninja::

O GT Pesca Esportiva/Amadora teve 60 dias para decidir sobre décadas de conflitos em nosso meio. Quantas reuniões fizeram o GT? Será que foram suficientes?

"O Grupo tinha 60 dias para apresentar Relatório Final “e ao final desse prazo será considerado extinto” (Inciso V, do Artigo 3º, da portaria 525);"

Pelo que foi apresentado, na última IN editada pelo MPA, embora tenha muitos avanços, ainda penso que poderia ter sido uma "coisa mais profissional", feita para durar muito tempo. Do jeito que está teremos trabalho para ajustar com "remendos" Estaduais, e, até Municipais. Perpetuando os conflitos políticos.

Digo isso porque acabou ficando uma salada de Pesca Amadora/Esportiva/Torneios, e sei lá mais o que? lacou::

A grande verdade é que nós "praticantes da Pesca Esportiva" foi quem realmente "começou" a "oragniazr" doeu:: o setor.

Claro, que em um mundo novo e sem leis,e, até certo ponto desacreditado, figuras bizarras se apoderam de maneira oportunista das rédeas da situação. Agora que temos que nos sentar à mesa dos que decidem, mostramos nosso lado "amador" e despreparado, e pior, representados por figuras caricatas. Tem hora que dá vontade de enfiar a cabeça na terra.

Claro, com a "popança"encostada na parede.Pois, tem muito oportunista solto por ai.: mau::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

tem muita sacanagem nisso ne, meu deus, em todos os lugares, vemos que o estoque pesqueiro vem acabando, vc vai pescar e se pegar 5 peixes, ta com sorte, e neguinho ainda acredita que o melhor jeito e fazer uso da pesca profissional, e matar peixe....

Profissional para mim, e aquele que se preocupa com o peixe, e nao aquele que faz isso por negocio..

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se registrar depois. Se você tem uma conta, CLIQUE AQUI para postar com a sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

Processando...
Entre para seguir isso  

×
×
  • Criar Novo...