Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
Rodrigo Yamaki

monopolio

Posts Recomendados

Tentarei discutir um assunto diferente. Não é nada sobre pesca, mas acaba por atingir nós pescadores.

Todos temos notado que no mundo empresarial está ocorrendo a fusão de concorrentes , sejam bancos, frigoríficos ou redes de varejo. É natural que em um ambiente capitalista altamente competitivo os menores sejam absorvidos por empresas maiores ou mais eficientes. No ramo da pesca não tem sido diferente.

Hoje a Rapala tem sobre controle muitas marcas que eram seus concorrentes, exemplo: Storm, Sufix, Williansom etc...

Além de que já fabrica e coloca a sua marca em diversos produtos no seguimentos da pesca. Oque antes era uma marca de iscas agora fabrica de jogos eletronicos a jacketas.

Certa vez perguntei a um vendedor de uma das lojas virtuais famosas, por que não encontrava iscas de uma determinada marca. Ele me disse que como a Rapala havia comprado a empresa, não era interessante para ela importar produtos concorrentes. Ou seja, não acha mais. doeu::

Então o que não sai da minha cabeça é; Será que daqui a algum tempo só teremos produtos da Rapala pra comprar? Será o monopólio de uma marca? Penso desta forma porque não existe hoje outra empresa do seguimento que possa se equiparar à Rapala (mundialmente).

Vejam, no ramo de motores a concorrencia é grande e feroz, com os fabricantes se superando: Yamaha, Mercury, Envirude, Suzuki, Honda, Tohatsu, Sailor :gorfei:

Carretilhas: Daiwa, Shimano, Abu, MS, ....

gostaria que os companheiros opinassem sobre o tema. Não estou a discutir a qualidade dos produtos Rapala, mas simplesmente a possibilidade de uma empresa dominar um seguimento e eliminando a concorrencia que sempre é benéfica ao consumidor.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

NÃO SEI QUAL É O MEDO...POIS MESMO COM ESSE MONOPOLIO NAÕ VAMOS FICAR SEM BOAS OPÇÕES TANTO EM RELAÇÃO A CUSTO QUANTO QUALIDADE....VEJAMOS BEM. AS ISCAS RAPALA SÃO MUITO BOAS, MAS OQ TORNARAM ELAS ASSIM FORAM NOS PESCADORES, SE COLOCALAS A PONTA DA LINHA E DEIXA-LAS PARADAS NÃO FUNCIONA, O FATO É QUE ELAS PRIMEIRO NOS PEGA E SO DEPOIS BEM DEPOIS O PEIXE...

COM O DESENVOLVIMENTO DE NOSSOS FABRICANTES NACIONAIS LOGO NÃO VAMOS COMPRAR AS IMPORTADAS...VAI DEMORAR MAIS UM DIA VAI SER ASSIM..PELO MENOS ESPERO...

ATT....

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Rodrigo,

Como tudo na vida, tem o lado ruim, mas tem também o bom...

O processo de "gigantismo" que tem feito com que as aquisições & fusões aconteçam com uma frequência cada vez maior deve-se ( não necessariamente ) a impedir o crescimento do concorrente, mas ( principalmente ) uma oportunidade de ampliar seu escopo de ação, e ganhar uma fatia maior de mercado !

Claro que a "competição" é boa e saudável, MAS ainda melhor é ver empresas capitalizadas fazendo pesquisas para evoluir ( principalmente em seus custos de produção ) para patamares ainda mais atrativos !

No fundo, tudo depende mesmo de margens e ganhos, e nisso não há nada de errado...

Errado, na minha opinião, é ter uma situação de monopólio, subsidiado pelo Estado, que faz com que o desenvolvimento necessário a saúde empresarial seja colocada em risco...

Apenas para exemplificar isso, há tempos atrás, nosso país adotou uma política protecionista para o setor de informática ! Ou seja, ou era fabricado / desenvolvido no Brasil, ou não era viável...

Resultado, ficamos a reboque no setor, e certamente atrasadíssimos em relação as descobertas e aprimoramentos mundiais...

Pergunto-lhe ( sobre isso ), será que podemos competir ( nesse segmento ) com quem investe bilhões de dólares e tem um mercado mundial ? Claro que não... Nem por isso deixamos de ter nossos produtos e desenvolver algumas ações focadas em qualidade ( sem o afã de competir no varejo... ).

Na pesca, também existe isso ! Veja que usamos durante bastante tempo iscas artificiais importadas, adaptando-as às nossas necessidades ! Nem por isso deixou de haver desenvolvimento industrial interno e hoje já preferimos ( muitas vezes ) nossas iscas brasileiras às estrangeiras !

Porém, será que haveria mercado de compra se o esporte da pesca não pudesse ter evoluído através do uso de equipamento estrangeiro ? Podemos não admitir, mas sabemos a resposta...

Essa pode se tornar uma conversa comprida, mas não é o meu objetivo !

Tente ver os dois lados da questão, até porque sempre haverá - pelo menos - dois lados a serem avaliados !

Não me preocupa esse processo que relatou !

Acho que ele vai trazer - cada vez mais - uma melhor tecnologia a preços cada vez mais atraentes para todos... joia:::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Acho que se considerarmos essas fusões somente no âmbito da "indústria" da pesca esportiva, creio que não teríamos grandes consequências práticas. Todavia, somente o tempo nos dirá o quanto estamos certos ou errados em relação à questõa levantada aqui o tópico.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se registrar depois. Se você tem uma conta, CLIQUE AQUI para postar com a sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

Processando...
Entre para seguir isso  

×
×
  • Criar Novo...