Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
Geordânio Félix

Em sentença inusitada Juiz ensina como pular a cerca:

Posts Recomendados

O Juiz, as Apaixonadas e o Amante Sincero

Imagem Postada

Uma sentença inusitada proferida por Carlos Roberto Loiola, 2º Juiz de Direito da Unidade Judiciária do Juizado Especial Cível de Divinópolis, interior de Minas Gerais, ganhou destaque na Folha de São Paulo, neste mês próximo passado:

Isto porque deu umas dicas a um rapaz disputado por duas mulheres de como mentir para uma quando estiver com a outra. doutor::

A Ação Judicial versava sobre um pedido de danos morais formulado por uma mulher decorrente da surra (unhadas, socos e puxões de cabelo) lacou:: que levou da outra namorada do homem com quem estava.

Segundo o magistrado, durante a audiência, o homem que fazia parte do triângulo amoroso estava tranqüilo praia:: , se sentindo o "rei da cocada, mais desejado que bombom de brigadeiro em festa de criança". " Veio sorridente, feliz da vida, senhor das moças lá do Halim Souki "( bairro de Divinópolis-MG), momento em que " os olhos das duas se encheram de alegria tchau:: e esfuziante contentamento com a chegada dele na sala love:: . Dava gosto de ver os olhos delas duas ".

Fez constar da decisão Carlos Loiola: "Estava tão soltinho na audiência, com a disputa das duas, que só faltou perguntar: tô certo ou errado?" anjo::

" - Seu juiz, eu sou solteiro, gosto das duas, tenho um caso com as duas, mas não quero compromisso com nenhuma delas não senhor", Naonao:: desabafou o namorado. ninja:: mestre::

Foi então que o Juiz lamentou profundamente: "Ele nem prá dizer que estava numa pescaria ::fisherman com os amigos! Foi logo entregando que estava com a rival. Êta sujeito despreocupado! Também, tão disputado que é pelas duas moças, que nem se lembrou de contar uma mentirinha dessas que a gente sabe que os outros contam nessas horas só prá enganar as namoradas. Talvez porque hoje isso nem mais seja preciso, como era no meu tempo de pescarias. Novas Leis de mercado."

E, para evitar futuros problemas, o julgador recomendou ao rapaz: mestre:: "Quanto tiver na casa de uma e a outra ligar para ele, ao invés de falar a verdade, recomendo que ele diga que está na pescaria com os amigos seila:: . Evita briga, litígio, quiproquó e não tem importância nenhuma. Isso não é crime. viola:: Pode passar depois lá no "Traíras" e comprar uns lambarizinhos congelados, daqueles de rabinhos vermelhos, e depois no ABC, comprar umas latinhas de Skol e levar para a outra. Ela vai acreditar que ele estava mesmo na pescaria. Trouxe até peixe. Além disso, ainda sobraram algumas latinhas de cerveja da pescaria...E não queira sair de fininho da próxima vez, se tudo der em fuzuê ou muvuca. Isso é feio, muito feio. Fica esperto: da próxima vez que você fizer isso você poderá ser condenado por danos morais." diabo::

Após análise da prova: "puxada de cabelo e unhada dói muito. Unhada, Deus me livre, dói demais da conta", o Julgador reconheceu os danos morais. Não sem antes explicar que fixaria em R$ 4 mil, mas reduziu o valor porque a autora chamou a ré de "esse trem". raivinha:: e, por isso decidiu minorar a condenação para R$ 3 mil, considerando que "ela também não é santa não, deve ter retrucado as agressões."

A sentença foi destaque na Web também.

Confira a íntegra, vale a pena ler : http://www.jurisciencia.com/noticias/em-sentenca-inusitada-o-juiz-carlos-roberto-loiola-ensina-como-pular-a-cerca-e-comenta-as-novas-leis-de-mercado-dos-namoros/1262/ ::link2::

Oh! Minas Gerais

Quem te conhece

Não esquece jamais...

Rs...

Forte abraço a todos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Agora foi :gorfei: :gorfei: :gorfei: :gorfei: Se falarmos que estamos pescando o pau vai comer... :gorfei: :gorfei: :gorfei:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
Entre para seguir isso  

×