Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
Fabrício Biguá

Jack Plate. Pra que serve realmente?

Posts Recomendados

Imagem Postada


O Jack Plate


Já havia estudado um pouco a respeito dos jack plates, mas toda vez q alguém vem me perguntar pra q ele serve eu respondo q é para melhorar a performance, mas nunca consigo explicar o q ocorre na prática.

Posto aqui este tópico para tirarmos de vez toda e qualquer dúvida a respeito desta peça q se chama JackPlate.

Vamos começar do ponto q ninguém saiba o q é, ok!??!
JackPlate é uma placa de alumínio de alta qualidade q é instalada entre a popa do barco e o motor de popa.
Veja abaixo.

Imagem Postada

- Tem como função subir e descer o motor (na vertical mesmo, estou sendo redundante), apesar de poucos modelos tb afastarem ou aproximarem o motor do barco (trabalham na horizontal).
- Geralmente são fabricados com tamanhos de 4, 6, 8, 10 e 12 polegadas de comprimento.
- Podem ser mecânicos - o ajuste é feito torcendo uma porca ligada a um cabo de aço q sobe e desce o motor.
- Podem ser hidráulicos - onde uma bomba de óleo é instalada dentro do porão do barco e o jack é acionando por mangueiras q levam o óleo até ele. O líder do mercado são os da marca Bob's Machine.
- E podem ser elétricos - um motor elétrico (semelhante ao do TRIM do motor) é fixo ao jack, ou seja, é muito prático e simples de ser instalado. Ex: Atlas e Detwiller, sendo q a Bobs machine começou a produzir recentemente jacks elétricos.
Tanto os elétricos quanto os hidráulicos são acionados facilmente pelo piloto do barco e ajustados através de botões ou chaves de volante.

Vcs já devem ter reparado q no cavalete do motor de popa existem vários furos (geralmente 5), onde pode ser feito um ajuste de altura do motor no espelho de popa do barco.
Em barcos de alta performance (sim, segundo os entendidos norte americanos, jacks são efetivamente úteis acima de 70MPH) o ajuste ideal para altas velocidades é muito diferente para pequenas velocidades...então, o jackplate, ajuda muito no acerto destes ajustes. Imagine o q é ter de desparafusar o motor de popa todas as vezes q se queira testar o melhor desempenho?!?! Não dá né?!?! Então o jackplate é fundamental para se encontrar estes ajustes mais rapidamente.

Pois bem....procurei ler algo novo a respeito dos jackplates, mas a função que realmente todos os fabricante admitem ter é a de poder navegar, "sem perder performance", em águas mais rasas.
Dizem ainda q ele faz com q o barco atinja altas velocidades, assim como diminuem o chine walk.
Ah, dizem q melhora o consumo de combustível também.

Na minha prática, q ainda é pouca, o q percebi da utilização desta peça?!?!?
- Água entrando pela popa (backwasher):
Quanto maior o jackplate mais entrará água na popa do barco quando vc for parar (back washer).
Vi q jackplates com mais de 10 polegadas, caso o condutor do barco não fique esperto e pare o barco de uma vez, uma onda irá lavar toda a plataforma traseira do barco...hehee...chega a molhar os ocupantes.
No caso do meu jack de apenas 4 polegadas, eu posso parar o barco de imediato q nenhuma gota de água subirá pela popa.

- Melhora de desempenho:
Como meu barco não ultrapassa as 70MPH....hehee....não sei se um jack maior o menor ajuda muito. Fato q andei lado a lado com o Miquéias na SM (o barco dele com um jack de 14 e o meu com um de 4), mas não houve ganho de performance q justificasse a enorme diferença de tamanho.

- Mecânico ou Hidráulico, qual escolher?
Muitos dirão que não compensa comprar um jack hidráulico....Eu discordo totalmente. A possibilidade de vc ajustar "finamente" o seu motor é muito maior utilizando um jack hidráulico. Mas aí alguém dirá: "encontre a altura certa e pronto, pra q um hidráulico?!?!". Daí eu respondo: Pra largar/arrancar rapidamente o jack totalmente alto é muito melhor e, a medida q vc vai aumentando a velocidade vc vai diminuindo a sua altura. E se um mínimo toque no botão do trim faz um barco mudar totalmente de performance, pq com o Jack seria diferente???

- Mais alto ou mais baixo, qual a altura ideal?
Sei q vai depender de casco pra casco, de motor pra motor e etc...mas fato é q o BassMaster tem melhor performance com o Jack baixo (na posição 1,5).
Na teoria quanto mais baixo maior arrasto e menos velocidade né?!?! mas na prática meu jack não funciona assim.
O q percebo!?!? Q ao levantar o jack, a traseira do barco tb levanta, dai a frente abaixa e perco desempenho.
Quando eu abaixo o jack, a traseira do barco levanta e a cara do barco sai da água, ganhando desempenho.
Então pergunto, o q tem de errado no meu barco ou na minha tocada?!?!? hehehe...
Fato é q existem hélices de superfície (sim, elas tem o melhor desempenho quando a hélice está a metade pra fora da água), e rabetas esportivas/alta performance que ajudam nesses ajustes...mas somente os mais entendidos para darem dicas pra turma.

Bem....gostaria de contar com a ajuda do Tardeli, do Alex e outros amigos mais experientes para fazermos deste tópico uma referência.

Abs...e vamos q vamos... joia:::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fabricio,

Corretas suas informações. Estou fabricando um mecanico de 10 polegadas em chapa de 1/4 de polegada em aço carbono.para instalar no meu 490 Fibralar com 115 hp carburado. Semana que vem posto as fotos dele. Nos barcos que ja pilotei vi vantagens durante a navegação realmente em velocidades maiores. Quando se esta navegando em marolas ele não ajuda, pois o momento criado pelo afastamento do peso do motor da popa faz uma alavanca que faz com que a popa fique mais afundada na agua. Em situações de marola grande vem o arrependimento da instalação do jack, pois não se consegue planar, se conseguir tem que se navegar em uma velocidade maior do que a recomendada para a situação, ai bate muito o casco.

Abs,

luizão

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Em geral o Jack Plate é um item fundamental para melhorar o desempenho de um barco, seja ele qual for.

No Brasil ficamos um pouco fora dos padrões americano de espaçamento. Bassboat de 4,6m com Jack de 12" nunca vi, mas nosso jeitinho brasileiro faz coisa que até deus duvida.

Fabrício...acho que por isso você colocou seu Jack de 4" com base nos americanos.

O desempenho realmente melhora quando você não tem Jack e coloca um, da água para o vinho o ganho. Fiz diversos testes com meus 2x barcos e de vários amigos e sempre tive resultados positivos.

Lembro um teste no meu Trick, que sai de 10” para 14”. Pensei que ganharia 300 A 400RPM. Ganhei praticamente nada, a condução ficou ligeiramente melhor, ganhei 0,3 milhas.

Quanto ao espaçamento ideal para um barco vai muito do fabricante permitir o tamanho desejado. Sempre tive o aval do fabricante para meus testes. Maior espaçamento maior esforço do espelho de popa.

O tamanho tanto menor ou maior algum ganho você tem com ambos, o menor, por exemplo, não tem o backwasher e maior tem maior controle em altas velocidades, vai da prioridade de cada um.

O que temos que entender que um Jack de 6” ou 10” a velocidade teórica é a mesma, mas o que pode se aproximar mais dela geralmente é o 10”. Reduzimos o SLIP ou PERDA.

Para ganhar velocidade em barco aceleramos e utilizamos o TRIM, com o jack retardamos o ponto de desequilibro. Quando não temos o jack usamos o TRIM e precisamos levantar a proa o máximo possível no sentido do angulo de 90º para ganhar velocidade e quanto mais levantamos mais instabilidade criamos.

Para ter uma ideia o Bass boat Classic antes de usar Jack maior ficava limitado a 65 a 68 milhas (Jack 5” a 6”). Hoje tem alguns que já romperam as 70 e o mais rápido é o do João Caparroz que chegou a 75.1 milhas, ele usa 14” ( 175HP PRO XS).

O fundamental realmente é o tempo de acento, em minha opinião o X da questão é isso. O dia que rompi as 55 milhas no meu trick não sei o que meu deu, pilotei errado.

A dedicação na condução do seu barco é fundamental, fiz exatamente que um conhecido americano me falou, “deixe de pescar um dia e só navegue”.

Ache uma velocidade que se sinta seguro e permaneça nela por um tempo e vai aumentando gradativamente até que ele comece a balançar (chine walk ), volte antes deste ponto e conduza até realmente sentir seguro, após isso terá bagagem para entra na zona de CHINE.

O ideal seria ver ou estar do lado que alguém pilotando com o chine, mas pelo menos na minha região tive que apreender sozinho. ( se tivesse uma nota para minha condução de 0-10, seria 5).

Tenho muito que apreender e busco sempre isso. Logo estarei com meu no barco (novo Bassboat Trick) e farei varias filmagens e ajustes.

Grande abraço a todos

“Go fast is necessary”

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Agora sim ouvi uma opinião de quem entende. mestre::

Alex, sério mesmo...procurei em vários lugares na internet e não encontrei uma opinião tão top quanto a sua. palmas::

Claro q repassar conhecimento é sempre muito complicado. Não estou me referindo a vc, Eriba e ao Tardelli, q estão sempre dispostos a repassar conhecimento, mas já reparei q neste "mundo", muita gente não gosta de dar dicas com medo de ser superado... blink::

....mas acredito eu q "todos" saibam aquela fórmula mágica = motorzão + jack o mais longo possível + hélice certa + rabeta de competição e etc, etc, e etc....mas no fim, o q vale mesmo é a dedicação de cada um (investimento em material + em pilotagem, é claro)....então, o melhor a se fazer (na minha opinião), é reunir todas estas informações e aproveita-las da melhor maneira possível.

Eu mesmo, no barco do Trevisan não devo passar de 75MPH...kkkkk...ou seja, o neném aqui tem q aprender a tocar. vergonha::

Lembro de quando peguei o meu Master e fui testá-lo pela primeira vez...Eu consegui andar nele a 99Km/h sem descolar o casco da água...kkkkk.....Uma marca recorde mundial...kkkk....Foi vendo o Eriba pilotando e descolando o barco da água q aprendi como se fazer. Com 1 hora de pilotagem melhorei, com 2 melhorei mais, e com umas 20h (q é o q eu deva ter), já consigo brincar nesta "Zona do Chine", e isso no Master.

Ontem, pilotando um GrandBass com um 250hp, vi q terei q aprender tudo novamente....O Chine do GrandBass é totalmente diferente do Master....ou seja, o aprendizado começa do zero.

Voltando ao tópico...

Entendi e agradeçemos a informação. ::tudo::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Agora sim ouvi uma opinião de quem entende. mestre::

Alex, sério mesmo...procurei em vários lugares na internet e não encontrei uma opinião tão top quanto a sua. palmas::

Claro q repassar conhecimento é sempre muito complicado. Não estou me referindo a vc, Eriba e ao Tardelli, q estão sempre dispostos a repassar conhecimento, mas já reparei q neste "mundo", muita gente não gosta de dar dicas com medo de ser superado... blink::

....mas acredito eu q "todos" saibam aquela fórmula mágica = motorzão + jack o mais longo possível + hélice certa + rabeta de competição e etc, etc, e etc....mas no fim, o q vale mesmo é a dedicação de cada um (investimento em material + em pilotagem, é claro)....então, o melhor a se fazer (na minha opinião), é reunir todas estas informações e aproveita-las da melhor maneira possível.

Eu mesmo, no barco do Trevisan não devo passar de 75MPH...kkkkk...ou seja, o neném aqui tem q aprender a tocar. vergonha::

Lembro de quando peguei o meu Master e fui testá-lo pela primeira vez...Eu consegui andar nele a 99Km/h sem descolar o casco da água...kkkkk.....Uma marca recorde mundial...kkkk....Foi vendo o Eriba pilotando e descolando o barco da água q aprendi como se fazer. Com 1 hora de pilotagem melhorei, com 2 melhorei mais, e com umas 20h (q é o q eu deva ter), já consigo brincar nesta "Zona do Chine", e isso no Master.

Ontem, pilotando um GrandBass com um 250hp, vi q terei q aprender tudo novamente....O Chine do GrandBass é totalmente diferente do Master....ou seja, o aprendizado começa do zero.

Voltando ao tópico...

Entendi e agradeçemos a informação. ::tudo::

O Dr. o pouco que aprendi foi pesquisando, vendo principalmente os forum americanos (fundamental). Os americanos na maioria são pessoas abertas ajudar e super educadas.

A dupla dinâmica ( João e Tardeli) sabem muito, pode puxar a lingua deles que vai apreender muito.rsrsrsrsrsrs

Um forum decidado aos Bassboat Bullet, allison ou stroker é uma bíblia para quem quer aprender alguma coisa.

O que você falou de motorzão é muito comum, para aumentar velocidade é só colocar um motor maior. Eu particularmente gosto de barco pequenos e até poderia comprar um Grand bass mais não minha praia. Meu máximo seria o classic mas é questão de gosto e por isso preciso me dedicar mais para conseguir um acerto satisfatório com motores menores.

Grande abraço

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

DEsculpe a intromissão, mas é correto afirmar que o Jack aumenta a velocidade porque afastando o motor da popa do casco, o hélice sugaria a água mais livremente e teria mais empuxo ?

Desta forma, aí reside a razão de que se não trocar o hélice por outra que possa captar mais água, não haverá ganho?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

DEsculpe a intromissão, mas é correto afirmar que o Jack aumenta a velocidade porque afastando o motor da popa do casco, o hélice sugaria a água mais livremente e teria mais empuxo ?

Desta forma, aí reside a razão de que se não trocar o hélice por outra que possa captar mais água, não haverá ganho?

Opa Rodrigo...sem problemas quanto a intromissão....hehee...Perguntas são sempre bem vindas.

Eu não sou o mais indicado para falar, mas acredito q a sua pergunta não proceda na prática.

Como o amigo acima informou, um jack maior "aumenta" o comprimento do barco e, quanto maior, mais tempo ele demora para perder o ponto de equilíbrio e dar chine walk.

Inclusive acredito q quanto mais perto da popa, "mais livre" a hélice consiga trabalhar.

joia:::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

DEsculpe a intromissão, mas é correto afirmar que o Jack aumenta a velocidade porque afastando o motor da popa do casco, o hélice sugaria a água mais livremente e teria mais empuxo ?

Desta forma, aí reside a razão de que se não trocar o hélice por outra que possa captar mais água, não haverá ganho?

Opa Rodrigo...sem problemas quanto a intromissão....hehee...Perguntas são sempre bem vindas.

Eu não sou o mais indicado para falar, mas acredito q a sua pergunta não proceda na prática.

Como o amigo acima informou, um jack maior "aumenta" o comprimento do barco e, quanto maior, mais tempo ele demora para perder o ponto de equilíbrio e dar chine walk.

Inclusive acredito q quanto mais perto da popa, "mais livre" a hélice consiga trabalhar.

joia:::

Fabricio a afirmação do rodrigo esta correta mas isso é umas das vantagens.

Se fosse somente isso ele seria um espaçador. O jack espaça e regula a altura do motor.

Tem varios fatores que melhora mas tem suas consequências.

Grande abraço

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

DEsculpe a intromissão, mas é correto afirmar que o Jack aumenta a velocidade porque afastando o motor da popa do casco, o hélice sugaria a água mais livremente e teria mais empuxo ?

Desta forma, aí reside a razão de que se não trocar o hélice por outra que possa captar mais água, não haverá ganho?

Opa Rodrigo...sem problemas quanto a intromissão....hehee...Perguntas são sempre bem vindas.

Eu não sou o mais indicado para falar, mas acredito q a sua pergunta não proceda na prática.

Como o amigo acima informou, um jack maior "aumenta" o comprimento do barco e, quanto maior, mais tempo ele demora para perder o ponto de equilíbrio e dar chine walk.

Inclusive acredito q quanto mais perto da popa, "mais livre" a hélice consiga trabalhar.

joia:::

Fabricio a afirmação do rodrigo esta correta mas isso é umas das vantagens.

Se fosse somente isso ele seria um espaçador. O jack espaça e regula a altura do motor.

Tem varios fatores que melhora mas tem suas consequências.

Grande abraço

Poisé Alex, . Eu perguntei porque numa conversa com Levi sobre Jack, ele me deu esta explicação. Aí eu lembrei de um casco que o Douglas da Duraboats tem em sua fábrica (protótipo) , que possui um recorte na popa logo a frente do motor, que em tese, facilitaria a captação de água.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Opa. como sempre muito elucidativo, parabéns.

Poxa, esse tópico é só para cachorro grande.

Não me atrevo a colocar minha colher.

Muito obrigado pelas informações.

Abraços

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Esclarecedor, mas na prática é dificil acertar o hélice depois que se coloca o jack plate, meu barco mudou

completamente o comportamento. Já testei pelo menos 5 hélices e depois que conversei com o Juarez (Megabass)

ele me informou que os barcos Classic com Optimax 115 saem com o hélice 13,5 x 22 (lasee II Mercury).

Consegui o hélice com o Ricardo (Propcon) e vou fazer os testes para ver o que dá.

Abraços a todos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
Entre para seguir isso  

×