Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
Flávio Martins

+ 1 acidente

Posts Recomendados

Esse lago ta complicado!

Oficiais do Corpo de Bombeiros seguem as buscas pelo capitão do exército Luís Carlos. Ele era o terceiro integrante do barco de pesca que foi atingido por uma lancha no Lago Paranoá, no início da noite desta quinta-feira (01/05). Os barcos bateram atrás do Palácio da Alvorada. Foi resgatada uma mulher em estado de choque e um homem com ferimentos leves. Doze mergulhadores devem estender a operação até por volta da uma da madrugada, quando a neblina deve prejudicar a visibilidade na área.

A mulher resgatada sofreu traumatismo craniano e foi levada para o Hospital de Base do Distrito Federal (HBDF). Ela se encontra em estado grave e seguiu para a sala de cirurgia ainda na noite desta quinta (01/05). O outro resgatado, Carlos Eduardo de Oliveira, tinha cortes no braço, recebeu os primeiros socorros no local e depois foi removido para o Hospital Regional da Asa Norte (HRAN).

Ele informou que estava em um barco de pesca com mais duas pessoas quando houve a batida. Com uma das mulheres no braço, ele pediu socorro a uma lancha que passava no local, que levou a mulher até o ancoradouro do Clube Caça e Pesca e acionou o Corpo de Bombeiros.

Área de Segurança

Como, a princípio, as viaturas dos Bombeiros não receberam autorização para entrar no Palácio da Alvorada, o resgate da primeira vítima foi feito pelo Clube Caça e Pesca, atrás da Academia de Tênis. Posteriormente, foi autorizada a entrada de apenas uma viatura, e em seguida uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

A ambulância havia chegado ao local às 19h15 e aguardava autorização para entrada no portão da residência oficial do chefe do Executivo. O presidente estaria no Palácio da Alvorada e o procedimento é parte do protocolo oficial de segurança.

De acordo com o Centro Integrado de Atendimento e Despacho (Ciade) do Corpo de Bombeiros, a batida ocorreu entre uma lancha e um barco pequeno, com motor de popa. As duas embarcações estão ancoradas no Palácio da Alvorada.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sera que as duas lanchas estavam com as luzes de navegação em funcionamento,?os itens de segurança estavam completos? os dois comandantes estariam habilitados?e agora quem sera que estava errado ou foi um desastre?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Publicação: 02/05/2008 08:35 Atualização: 02/05/2008 09:19

A equipe de resgate do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal (CBDF) encontrou o corpo do capitão do Exército Luís Antônio de Mattos Lima, 38 anos, às 1h40 desta sexta-feira (02/05). O cadáver foi localizado boiando nas águas do Lago Paranoá próximo à bóia de sinalização da área de segurança do Palácio da Alvorada, a 80 metros da amrgem do lago. Carlos Eduardo estava no barco que foi atingido pela lancha

O militar morreu em conseqüência de um acidente náutico. O escaler (pequeno barco de metal com motor de polpa) em que ele se encontrava foi abalroado por uma lancha de porte médio. A colisão ocorreu no início da noite. O 1º Batalhão de Busca e Captura do Corpo de Bombeiros, nas proximidades do Moton Motonáutica, foi acionado às 18h40.

Outras duas pessoas se encontravam na pequena embarcação. Leizelane Aparecida Tenório Campagna, 30 anos, noiva do capitão, foi resgatada por volta das 19h, pelo cais do Clube de Caça e Pesca. Com traumatismo cranio-encefálico foi levada para o Hospital de Base do Distrito Federal (HBDF) e submetida a uma cirurgia para retirada do coágulo no cérebro. O seu estado é grave.

A terceira pessoa é Carlos Eduardo de Oliveira, 54 anos, amigo do capitão. Carlos pilotava o barco. O seu resgate ocorreu pela orla do Alvorada. Com escoriações leves e em estado de choque, às 21h foi encaminhado ao Hospital Regional da Asa Norte (HRAN). Depois de medicado e liberado pelos médicos, entre 0h e 1h ele foi ao HBDF levar os documentos de Leizelane, que até então estava sem identificação. Depois foi à 5ª Delegacia de Polícia prestar depoimento. A lancha era ocupada por dois homens.

A 5ª DP e a Capitania dos Portos investigam as causas do acidente. Segundo relatos, o choque ocorreu na altura do Paranoá. A lancha teria atingido o barco de pesca, que virou sob as águas do lago. Uma pessoa que estaria na lancha mergulhou e resgatou Leizelane e Carlos Eduardo. Os ocupantes de um pesqueiro que fica atracado no Clube de Caça e Pesca teria socorrido as vítimas.

Viaturas do Corpo de Bombeiros e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) enfrentaram dificuldades para entrar no Alvorada, considerada área de segurança nacional. A lancha de resgate só pode atracar no cais depois de negociações do comando do CBDF com a segurança do Palácio. Uma ambulância do Samu esperou cerca de uma hora para entrar e a dos Bombeiros, 20 minutos. Até dois oficiais do Exército, que chegaram à guarita do Alvorada às 12h30, tiveram que esperar autorização. Depois que eles entraram, a Polícia Civil não encontrou dificuldades para entrar no Palácio.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pois é amigo, tudo indica que não, até mesmo porque uma das embarcações era de pescadores do lago paranoá estilo essas de alumínio 5metros que usamos por aí, com certeza essa não estava com as luzes acessas, aliás, eu sei que esses barcos tem as lâmpadas, o meu também tem, mais nunca vi ninguém usando elas acessas ao entardecer, assim como os coletes que não estavam usando, tá aí mais um recado, e essa brincadeira que agente faz tipo """NÃO SE PREOCUPE, BOSTA NÃO AFUNDA E TAL", só tem nego afundando, perdi um colega ano passado na serra da mesa, por conta disso, o colete estava no barco, mais ele caiu, o barco foi embora e ele se afogou, por isso que agora só uso o colete com a chave do motor presa a ele e carrego uma bateria 24hs no barco para acionar as luzes e um cilibrim, mandei instalar até um chicote que me auxilia a carregar essa batreria direto do motor de popa.

TÁ AÍ O RECADO, VAMOS NOS PRECAVER DE TODAS AS FORMAS, AFINAL, DIVERSÃO COM SEGURANÇA É IGUAL SEXO COM CAMISINHA, SE ESQUECER DEPOIS SÓ DA PROBLEMA, heheheheheh..........

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

E galera acho que todos deveriam se conscientizar mais e ter mas cautela com isso, meu pai ja afundou uma canoa no lago paranoa por sorte todos estavam com coletes salva vidas e ele estava sem mas graças a Deus ele nao sofreu nada a não ser a perca do barco com motor, hoje temos outra canoa completa.

Agora peço a todos que navegam e pescam vamos andar com os equipamentos de segurança ( luzes de navegação um cilibim coletes salva vidas caixa de primeiros socorros e etc) e nao vamos esquecer de retirar a carteira de arrais.para uma brincadeira nao virar uma tragedia como essa do lago.

Eu ja vi no site que tinha uma criança pilotando um barco, nada contra mas estava sem coletes salva vidas e sem o cordao de segurança do motor,provavelmente se a rabeta do motor bater em um toco ou algum obstaculo dentro da agua com o tranco que a canoa proporcionar concerteza iria aremeçar ele pra fora do barco. falo isso pois ja aconteceu comigo.

um amigo meu tem uma lancha de passeio navega no lago paranoa ele tomou umas e bateu em outra lancha.isso a 3 anos atras e o mesmo estava sem a arrais e ate hoje responde um processo pois alem de esta alcoolizado estava sem a habilitaçao.para que isso nao aconteca com ninguem de voceis retirem a arrais e barato e vc fica tranquilo, e o seguro contra terceiros tambem e barato vc paga 15 reais e tem seguro a terceiros de a te 10 mil por acidentes.

Quem precisar tirar a arrais eu tenho todo o materia para a prova e tenho um grande banco de questao e so dar um toque, um abraço a todos e vamos se divertir com segurança.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Joelson

meu brother eu vi que era seu filho, assim nada contra vc ou quem queira fazer isso eu vi la a sua explicação e parabens pela sua atitude e que por um discuido acontece acidentes como aconteceu com meu pai e graças a Deus uma brincadeira nao se tornou uma tragedia por inresponsabilidade dele mesmo., so um toque pra galera mesmo. e se falei alguma coisa que eu te ofendi me desculpe pois nao quero que aconteca oque aconteceu com meu pai.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

É isso aí rapaziada. Muitas vezes é preciso que aconteça uma tragédia para que as providencias sejam tomadas. Aos donos de barcos com motor, matenham suas embarcações em dia com as normas de segurança da Marinha.

Não é raro em nossas aventuras pesqueiras voltarmos após escurecer, portanto as luzes de navegação e de alcançado são fundamentais assim como coletes em número suficiente pata todos a bordo.

Abração,

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Hoje eu vi a lancha de fibra na marina. Só arranhou a pintura e ainda ficou com a tinta do barco estampada. Segundo informações os dois barcos e respectivos tripulantes estavam regulares e habilitados. Informações contraditórias a respeito do horário (dia ou noite) não permitem, ainda, chegar a alguma conclusão sobre responsabilidades. O fato, incontestável, é que navegar no lago Paranoá com embarcações miúdas requer atenção triplicada, pois as lanchas de grande porte dominam a paisagem. Quanto ao uso de colete acho que a gente deve parar de falar e agir! Não custa nada usar o colete enquanto estiver navegando! Eu mesmo não sei nadar e não uso colete quando estou navegando. É ser muito burro!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se registrar depois. Se você tem uma conta, CLIQUE AQUI para postar com a sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

Processando...
Entre para seguir isso  

×
×
  • Criar Novo...